JORNAL O MARISCO 30

 

Embed or link this publication

Description

Pérolas da Concha - verão 2005 - Todas as Bandas de Cidreira na Concha / Dunas em Perigo - Manejo Natural respeita as dunas e livra as casas da Zona A / Cantos da praia - I Festival Estudantil de Cidreira - Inscrições abertas / Pedro Gonçalves lança o Liv

Popular Pages


p. 1

www.omarisco.com.br informativo comunitário da casa da cultura do litoral ano iii nº 30 verão 2005 todas as bandas de cidreira na concha pela primeira vez na história de cidreira todas as bandas da praia tiveram a oportunidade de mostrar o seu trabalho a excelente atuação do diretor de cultura jociel lima fez com que tivéssemos valorizados e divulgados os nossos artistas com o apoio da prefeitura municipal de cidreira e da univias o projeto pérolas da concha alcançou o seu principal objetivo dar lugar aos nossos artistas no palco principal do verão cidreirense apresentando a riqueza da diversidade de ritmos que temos em nossa praia encerrando o projeto estiveram na concha a banda bad rabbit cia da vanera e novo samba o projeto foi conduzido pelo diretor de cultura e acompanhado por reuniões periódicas onde todas as bandas discutiram os passos a serem seguidos garantindo a participação direta da comunidade cultural no projeto o vice-prefeito e secretário de obras nequinho conseguiu junto a fepam autorização para fazer o manejamento das dunas que estão ameaçando invadir as residências da zona a executando um trabalho de contenção natural com o uso de costaneras a secretaria de obras pretende desviar o rumo de movimentação das dunas impedindo o avanço sobre as casas da zona a nós já fizemos isso antes fazíamos a contenção com palha de tiririca disse o nequinho com esse processo as dunas não são agredidas apenas desviadas das áreas já urbanizadas da praia.

[close]

p. 2

pág 2 verão de 2005 opiniÃo o que É no dia da mulher canto à menina em vigília cecília pires garota menina teu corpo franzino de alma sobreba te faz vivenciar um desejo eloqüente uma prece de gente ecoa no ar menina ligeira sorriso maroto apressa garota constrói o cominho o tempo anda logo a norma te apanha e nas suas entranhas tu ficas sozinha menina rebelde no teu alvoroço te sinto tão moça quando falas um não mas eis que agora a vida te exige os outros esperam de ti decisão menina travessa eu não te esqueço momento algum avançando as estradas no grito no canto no pranto na luta teu medo é nenhum menina em vigília essa imensa alegria se faz melodia se ouviu a canção teu caminho tem muro mas tua voz é futuro e tua vida paixão atitude cobranÇa de taxas o nosso município carrega mais uma marca ruim a de ser o município com taxas públicas mais caras do litoral enquanto em tramandaí um habite-se custa menos de r$10,00 dez reais em cidreira custa r$84,00 oitenta e quatro reais enquanto uma averbação em balneário pinhal é de graça em cidreira custa r$10,00 dez reais e tantas outras coisas que estamos fazendo um levantamento em todo olitoral para informar a conseqüência disso é que vamos perdendo investidores e alguns conhecidos já se mudaram para tramandaí e lá estão fazendo os seus investimentos esta na hora da câmara de vereadores e a administração pública fazerem uma revisão nos valores cobrados sob pena de não termos para quem administrar e o que administrar pois a maioria está indo embora o lixÃo da 15 não houve solução para o lixão da 15 publicação anterior e as autoridades constituídas somente deram uma espalhada no lixo e não coibiram a colocação de lixo e entulho no local os moradores e veranistas das proximidades do herlita estão fazendo umna relação para não pagar mais o iptu será que é isso que a administração quer sem nunca ter sido principalmente depois do projeto pérolas na concha fica difícil de acreditar que a nossa comunidade não goste de ver e ouvir as nossas bandas da praia exercendo o seu direito de se manifestar culturalmente na sua própria casa o que vimos durante o projeto foram pais tios avós amigos vizinhos e várias pessoas da nossa praia vindo até a concha para ver seus filhos sobrinhos netos amigos enfim para ver os nossos músicos aqui da praia gente que não aparecia na concha há muito tempo saiu de casa para ver seus filhos tocar famílias inteiras se deslocaram para a concha dando uma cara diferente à platéia nem sempre muito seleta os comentários passeavam pelas ruas de nossa praia o filho do fulano o sobrinho do beltrano o irmão do cicrano tudo gente nossa nosso povo orgulhoso de seus filhos tudo porque houve oportunidade para que se mostrassem as qualidades do nosso povo este fato só aconteceu durante o projeto pérolas da concha que mostrou o que é nosso nos demais salvos os grandes shows o público não era tão expressivo e a qualidade musical da nossa gente não ficou devendo em nada aos artistas de fora agora teremos uma nova atividade na praia vem aí a chocopraia do dia 18 ao dia 27 de março serão 10 dias de show´s na nossa praia se o interesse da festa for atrair pessoas de fora nada impede que tenhamos também as nossas bandas tocando pois serão novidade para os turistas se o interesse for o de fazer uma festa para a nossa comunidade sem dúvida nosso povo vai gostar de ver novamente no palco os nossos filhos mas se os interesses não forem estes então poderemos correr o risco de ver nossos músicos discriminados e mais uma vez para satisfazer interesses alienígenas teremos nosso direito de subir ao palco de nossa casa usurpado quem está comandando a programação é a diretoria de turismo e cabe a ela a responsabilidade e o compromisso de colocar as nossas bandas nestes 10 dias de festa tem lugar para todos mesmo que em algum momento e por qualquer motivo a programação seja dirigida por pessoas de fora da nossa comunidade e que não tenham qualquer compromisso com a nossa gente ainda assim a festa é da administração beto pires e este sem dúvida têm compromisso firmado com o povo que o elegeu o povo de cidreira passou muitos anos lutando para poder entrar na sua própria casa passou anos vendo pessoas de fora descompromissadas fazendo promessas mirabolantes e não resolvendo nada a chocopraia é um bom exemplo disto ninguém da praia quer continuar brigando pelos espaços que são seus por direito só se for preciso este poema foi extraído do livro olhares poéticos de cecília pires que além de poetisa é professora de filosofia política na unisinos cecília pires esteve em cidreira na iii feira do livro lançando seu livro a Ética da necessidade matando cÃes tem alguém matando cães em cidreira e não são cães de rua mas os que ficam dentro dos pátios será que não daria para investigar os pátior ficando desguarnecidos de seus guardas naturais os cães ficam a mercê dos ladrões e invasores até quando poder de polÍcia a prefeitura de cada município é que tem o poder de polícia na fiscalização e a nossa devia fazer como a prefeitura de porto alegre já está fazendo há muitos anos não fornece alvarás para quem é encontrado com produto de roubos tais como fios alumínio carros e tantas outras coisas que estão sendo vendidas nos ferrosvelhos não dando alvarás e fiscalizando os compradores de produtos roubados são obrigados a mudarem-se para outros municípios vamos fiscalizar sou cidreirense e nÃo desisto nunca o pioneirismo a coragem e o talento do fotógrafo pedro gonçalves está ricamente registrado nestelivro que trata do nosso maior tesouro a natureza com fotografias magníficas e um relato acessível estão expostas nossas maravilhas e riquezas da fauna e flora um livro obrigatório para quem é da praia.

[close]

p. 3

tarrafadas verão de 2005 pág 3 pérolas da concha oportunizou o acesso de todas as bandas de cidreira a concha acústica palco principal do nosso verão um excelente trabalho do diretor de cultura jociel lima tá na rede tafona da canção duas músicas representando cidreira magia do mar jociel lima e conversê de botoivan therra/jociel lima/humberto cunha tá na rede cantos do mar i° festival estudantil de cidreira acontece dia 26 de março no palco da chocopraia participe inscrições abertas tá na rede iluminação pública começa a ser notada a diferença na iluminação das nossas ruas mas ainda tem muito que fazer tá na rede vacinação geral sábado dia 12 no asun e dia 19 na chico mendes aproveitem para colocar em dia a vacina da gurizada tá na rede vice-prefeito nequinho consegue autorização da fepam para fazer manejo das dunas livrando as casas da zona a de serem soterradas tá na rede i° surf treino de cidreira foi organizado pelo nosso shaper tião e trouxe competidores de várias cidades e até de fora do estado tá na rede verão foi dez um grande número de veranistas movimentou nosso comércio e a nossa praia cumprindo as expectativas tá na rede vereador paulo catarina quer quiosques em pratos limpos tá na rede imperdível vem aí a i° noite da diversidade cultural de cidreira mais um projeto da diretoria de cultura com a participação da comunidade tá na rede trabalho de coleta de lixo durante o verão foi exemplar tá na rede vereador lobão apresenta projeto que cria o conselho municipal da juventude.boa hora para os estudantes se mobilizarem para comparecer em massa na sessão da câmara de vereadores tá na rede prefeito beto pires vai à brasília levar nossos projetos entre eles o de reforma do estádio e instituição da casa de cultura tá na rede vereadores lobão e jurê acompanham o prefeito beto pires para buscar recursos e defender os projetos de cidreira em brasília tá na rede projeto da secretaria da saúde quer trazer uti mÓvel para cidreira prefeito está em brasília buscando recursos tá na rede cachorros de rua estão sendo recolhidos pela secretaria de saúde vai começar uma campanha contra o bicho-de-pé pulga e carrapato tá na rede nequinho assume como prefeito durante viagem do prefeito beto pires à brasília sistema democrático funcionando em cidreira tá na rede festa n.sra da piedade dias 16 e 17 de abril na fortaleza tá na rede tem eja no raul pilla diretoria da escola juntamente com o gerp e umesc conseguem aprovação do projeto eja inscrições abertas tá na rede simcra assina convênio com timm e agafarma tá na rede banda municipal está aprovada a compra de instrumentos novos em breve nossa banda poderá voltar ao seu compromisso cultural e social tá na rede elimar pacheco diz não ao aumento de salário dos vereadores tá na rede cachorros de rua estão sendo recolhidos pela saúde tá na rede tarrafadas rasgou a rede famílias da rua 14 continuam sem água enquanto os responsáveis irresponsavelmente assistem inertes as dificuldades alheias rasgou a rede atrás da escola herlita na rua 18 a escuridão é apavorante comunidade reclama pois não tem nenhuma lâmpada acesa rasgou a rede tá difícil para alguns setores do executivo entenderem a importância das ações culturais envolvendo e valorizando os nossos artistas e a nossa cultura praieira a não ser que as coisas estejam sendo feitas por pessoas que não são da praia e que não tenham nenhum compromisso com a nossa comunidade rasgou a rede e a bibliteca pública ainda não está funcionando a biblioteca é um serviço prioritário para a comunidade e deve ser tratado como tal rasgou a rede obras eleitoreiras inauguradas às pressas estão caindo creche da costa do sol e auditório estão com o forro desabando rasgou a rede banda municipal não recebe desde dezembro rasgou a rede quando foi para desviar o pessoal da banda para a diretoria de turismo foram rápidos para pagar o trabalho nem tanto rasgou a rede salários continuam os problemas com servidores que receberam em cheque o salário de dezembro/2004 tem que pagar é claro mas por que receberam em cheque se os salários deveriam ter sido depositados no banco rasgou a rede as calçadas chamam-se calçadas porque são calçadas rasgou a rede o lixão da 15 foi espalhado mas não removido e muito menos menos coibido já estão lá sacos e entulhos de novo rasgou a rede matador de cachorros apavora a cidade rasgou a rede!

[close]

p. 4

pág 4 verão de 2005 garrafas ao mar escrever é como lançar uma mensagem ao mar em uma garrafa umberto eco a paisagem ali era bem diferente um campo verde um lagoa imensa farta vegetação nas margens ali mesmo descansaram comeram algumas frutas silvestres encheram as pequenas barricas de água doce e se puseram a cavar entre as dunas e a lagoa o tempo passou voando e o capitão parecia inquieto enquanto cavavam capitão bird riscava e escrevia coisas em uma folha de papel enterraram a arca nas areias brancas e voltaram para a nau do alto das dunas já quase na beira da praia o capitão bird parou olhou para trás e viu a lagoa e as dunas douradas pelo pôr de sol do tombadilho o capitão bird deu ordens para içarem velas rumo ao sul tinham que chegar a colônia de sacramento o barulho do vento nas velas foi cortado a maré baixa facilitou o desembarque do capitão bird e seus marujos já haviam passado por uma noite de borrasca e tiveram que se abrigar na entrada da barra do rio taramanday o dia ainda nem havia nascido e eles içaram velas rumo ao sul estavam cansados mas tinham que cumprir as ordens lançaram o bote ao mar o local não era próprio para desembarcar mar aberto sem baías ou enseadas nada que quebrasse as ondas parece que foi por isso mesmo que o capitão bird ordenou que fizessem o desembarque ali depois de descarregar uma enorme arca os marujos davam com os remos n´água para manterem o rumo lutando contra as ondas que os empurravam para a praia remem não temos muito tempo disse o capitão bird segurando o seu chapéu azul o que tem nessa arca capitão perguntou coll o imediato nada que seja do seu interesse apenas reme respondeu o capitão bird visivelmente contrariado com aquelas perguntas que local é esse capitão perguntou coll algum lugar ao sul das conchas é isso que sei respondeu o capitão olhando para todos os lados como que procurando alguma coisa o capitão desconfiava que estavam sendo seguidos a borrasca os tinha escondido acreditava ter visto uma bandeira negra tremulando sob o mastro de um galeão que aparecia e desaparecia entre as espumas das ondas e os clarões dos relâmpagos ao chegarem na praia os marujos carregavam com dificuldade a grande arca e pequenas barricas vazias o capitão bird olhou na volta e só via areia com passos firmes rumou para as altas dunas chamando os marujos caminharam rumo ao leste por cerca de duas horas até chegar perto de uma lagoa pelo grito do marujo no alto do mastro principal velas a estibordo piratas piratas a suspeita do capitão estava confirmada icem todas as velas rumo ao sul a nau de bandeira inglesa do capitão era mais leve que o galeão pirata e os bons ventos que vinham do nordeste fizeram com que bird e sua tripulação escapasse a nau de bird jamais chegou na colônia de sacramento pois foi atingida por uma tempestade na entrada da barra do rio da prata na areia da praia entre os destroços foi encontrado o diário do capitão onde estava escrito o tesouro da rainha está em lugar seguro sob as dunas douradas do pôr do sol de uma praia com cheiro de cidreira

[close]

p. 5

garrafas ao mar festa grande no templo de umbanda nagô ogum 7 ondas o belíssimo templo de umbanda nagô ogum 7 ondas de cidreira esteve no dia 27 de fevereiro recebendo convidados de nossa comunidade e de todo o estado para comemorar os 75 anos do pai marçal acompanhado de sua esposa dona maria e da anfitriã maria da iansã receberam com muita alegria os amigos que vieram abraçá-los o evento valeu também como uma prévia da festa de bodas do ouro do casal pai marçal em sua fala agradeceu o carinho e desejou a todos que pai oxalá e mãe iemanjá protejam e guiem os caminhos dos seus filhos bem como de toda a nossa comunidade da praia o prefeito beto pires esteve no evento parabenizando o homenageado também esteve o dep valdir fraga representando o governador do estado além de outras autoridades municipais beto do xangô falou sobre a importância de se fazer reviver a festa de iemanjá de cidreira pois se trata da cultura popular religiosia de origem africana de nossa gente concluindo por propor ao prefeito que se unam esforços para que cidreira torne-se um pólo emanador de cultura e de fé do povo gaúcho pai marçal 75 anos dedicados a fé verão de 2005 pág.5 agora tem música em todas as escolas de cidreira o diretor de cultura jociel lima em reunião com todos os diretores das escolas de cidreira lançou o projeto música na escola este projeto tem por objetivo oportunizar a todos os estudantes de cidreira o acesso a um trabalho especializado em música o projeto não tem qualquer custo adicional para as escolas e contempla os alunos com aulas de canto coral flauta doce teoria musical e banda marcial com o projeto música na escola em breve teremos uma banda marcial e um grupo de canto coral em cada escola de nosso município o projeto pretende envolver 300 crianças a partir deste mês os alunos podem se inscrever diretamente nas secretarias das escolas para participar do projeto música na escola as aulas do projeto serão ministradas pelos instrutores da banda municipal e serão em turno inverso ao da escola o objetivo é que tenhamos sempre em todas as escolas algum tipo de atividade artístico cultural à disposição da juventude de cidreira temos que tirar a nossa gurizada das ruas onde são presas fáceis caracemos de um espaço para que a juventude possa canalizar e extravasar as suas energias de forma positiva acredito que a música é um bom caminho para isso o poder público tem que viabilizar para que tenhamos uma juventude voltada às artes e à cultura estamos fazendo a nossa parte disse o diretor de cultura jociel lima a festa da mÚsica na escola

[close]

p. 6

pág 6 verão de 2005 conhecimento a iii feira do livro de cidreira trouxe para nossa praia um pouco do mundo mágico da literatura brindou a comunidade com a presença de três escritores identificados com as questões do nosso povo foram destaques da iii feira do livro de cidreira iii feira do livro pedro gonçalves é fotógrafo e reuniu em seu livro dunas uma série espetacular de fotos das nossas paisagens praieiras o livro dunas é pioneiro no registro de nossas riquezas ambientais de fauna e flora bem como na valorização de nosso meio ambiente um livro obrigatório para quem quer saber mais sobre o litoral dos gaúchos o escritor e professor humberto cunha é engenheiro agrônomo mestre e doutorando em educação por sua atuação enquanto professor da uergs quando criou um projeto de envolvimento entre universidade e comunidade foi escolhido o patrono da iii feira do livro de cidreira apresentou o livro as garças estão maduras e falou sobre a importância dos momentos culturais para a comunidade de cidreira a escritora cecília pires é professora da cadeira de filosofia política na unisinos esteve em nossa feira lançando o livro a Ética da necessidade um escrito imperdível sobre as questões que envolvem o comportamento social destaque super especial para a competência o profissionalismo e a alegria com que a trupe halle hou executou o seu trabalho na iii feira o poder do povo está na cultura paulo ricardo accinelli a questão cultural é fundamental para o desenvolvimento do cidadão e do município a cultura atua no resgate da comunidade na sua identidade e resulta em crescimento econômico e social o trabalho cultural deve ser voltado para a reflexão para o diálogo para experiências onde se discuta o que se necessita e se aborde a construção do futuro no município a abordagem cultural decorre de conhecimentos da legislação vigente de capacidade administrativa e técnica no gerenciamento de recursos e de designação de recursos humanos e financeiros quando referimos que o poder do povo está na sua cultura queremos dizer que é necessário formar agentes culturais públicos e privados capazes de operar no contexto brasileiro de buscar a sua identidade É lamentável salientar mas 98 dos produtores culturais e empresários desconhecem as leis federais de incentivo e quase cinco mil prefeituras desconhecem os benefícios que a cultura pode trazer de forma estratégica nossa experiência como secretário da cultura desporto e juventude no município de canoas revelou que o município necessita ter um plano diretor para a cultura tal plano é um conjunto de definições que expressa a visão da cidade no longo prazo no caso a atitude é estimular ações culturais como cursos oficinas festivais casa de cultura publicações literárias etc vital é observar a cidade sentir seu potencial suas tendências deficiências comparar experiências e informações neste cenário o plano diretor pode levar para muitos caminhos reunindo o que há de tecnologia e conhecimentos em termos de equipamentos culturais que acima de tudo devem ser renovados e conservados pode se estimular um sistema de cultura que envolva além do plano diretor para a cultura o conselho municipal de cultura e o fundo municipal de cultura o conselho municipal de cultura serve como instrumento de diálogo do governo com a sociedade e neste a comunidade exerce o seu real poder mostra a sua cultura os seus desejos tal órgão é de caráter fiscalizador e consultivo auxilia na formulação e na implantação das linhas mestras da gestão é importante não esvaziar o conselho pois as pautas de reunião e as decisões valorizarão o envolvimento de cada conselheiro nas questões da gestão municipal importante que o conselho seja formado de integrantes de setores culturais empresariais da sociedade civil e do governo a formação do conselho tem um duplo efeito estabelecer as políticas culturais para o município e ao mesmo tempo a dos que produzem e consomem a cultura no sistema cultural poderá ser formado um fundo executivo para o financiamento destinado para projetos da comunidade É recomendável a idéia de a cidade possuir um centro cultural que comporte espaços diversos e sincronizados tais como teatros cinemas oficinas galerias auditórios etc participamos do i fórum social do litoral onde verificamos que é difícil pensar cultura no município quando temos um universo de diferenças sociais políticas educacionais e econômicas qual o perfil do trabalhador da cultura qual a identidade do litoral seus costumes e valores diante destas questões necessário abordar a questão cultural como conhecimento da comunidade que atuamos seus hábitos costumes e valores o poder do povo está na sua cultura e neste contexto vital o sistema para manter o direito básico e primeiro do cidadão necessário elencar prioridades dentro das necessidades mas ir a busca dos objetivos é sonhar é ser sensível dramatizar ter noções de arte de música pintar o cultural com as cores e os sons de nossa realidade secretário de cultura desporto e juventude do município de canoas 2002 2004

[close]

p. 7

cotidiano verão de 2005 pág 7 da segurança do coletivo chegaram no dia 05 de março os novos reforços da dp de cidreira agora para poder limpar os cartórios que estão cheios das ocorrências do verão chegou-se a falar que não viriam os reforços de março mas a sjs e o gov do estado não poderiam cometer com a população de cidreira este crime sempre que se fala em segurança esta se falando de gastos e medos comprar o que lhe foi furtado dói más pode ser feito pior é perder um amigo filho ou parente na mão de um criminoso que por efeito da droga muitas vezes nem sabe o que esta fazendo outros arrumam esta desculpa para encobrir o seu feito macabro os estados não tem mais condições de manter a segurança do seu povo e nossa saída no futuro bem próximo são as guardas municipais que com verba federal e estadual poderão direcionar a segurança para o seu município no foco do problema cuidar de todo o estado é difícil mais se dividirmos as tarefas com certeza será muito mais fácil e controlável porque se apagarmos os focos municipais de trafico furto e roubo e tendo um setor estadual só para apoio contra o crime organizado e com ramificação estadual nacional ou internacional teremos um município e estado seguro a lei 10.826/03 no seu art 6º alínea iv permite a guarda municipal armada em municípios com mais de 50.000 habitantes senhores prefeitos vamos brigar por este direito contra a criminalidade e em favor dos município da frase a resignação é carcerária da liberdade e inimiga do crescimento conformados não progridem em aspecto algum jfk vacinaÇÃo geral sábado dia 12 no asun e sábado dia 19 na chico demora no atendimento do 24h várias pessoas da comunidade reclamaram pela demora no atendimento no posto 24 horas tiveram que esperar pelos médicos que estavam em reunião com a secretaria de saúde muitos pacientes tiveram suas consultas remarcadas por causa da demora na reunião o secretario de saúde paulo da farmácia informou que a reunião aconteceu para regularizar a situação dos médicos que estavam com pendências da gestão passada resultando na dispensa dos serviços da pediatra dra gerda e do cardio dr aldo o secretário de saúde já anunciou para esta semana a contratação da nova pediatra e para a próxima à contratação do cárdio a secretaria da saúde lança a campanha da vacina geral toda a equipe da saúde estará à disposição da comunidade para colocar em dia as vacinas os pais ou responsáveis que por qualquer razão perderam o dia da vacina da gurizada poderão agora regularizar a vacina aproveite participe 1º surf treino rosa da costa e l&t nos dias 26 e 27 de fevereiro aconteceu no mar de cidreira o 1° surf treino o evento foi organizado pelo nosso shaper tião e trouxe para a praia um grande número de competidores o prefeito beto pires esteve prestigiando o evento e anunciou o apoio da prefeitura para as próximas edições os resultados foram 1° lugar até 16 anos rodrigo peters quintão 1° lugar acima de 16 anos rafael aguiar garopaba ferrugem os organizadores prometem a realização de mais eventos abertos à comunidade e agradecem o apoio recebido pelos patrocinadores bem como a galera que esteve presente nos dois dias de competição.

[close]

p. 8



[close]

Comments

no comments yet