JORNAL O MARISCO 05

 

Embed or link this publication

Description

Cidreira: 15 anos de Emancipação - 274 Anos de História / Secretário de Turismo declara: É impossível Trabalhar Assim / De Micro escolar para a Festa / A Festa da Padroeira de Cidreira - N.Sra. da Saúde / Truco de Cidreira é premiado / Uergs no Rodeio de

Popular Pages


p. 1

nº 05 em 1729 a localidade chamada de campos das cidreiras é oficialmente reconhecida pelos lagunistas em 1749 domingos fernandes de oliveira sargento-mor da colônia de sacramento é proprietário da estância das cidreiras e vendeu para o almoxarife-mor manuel pereira franco que recebe em 1767 da corôa de portugal a sesmaria das cidreiras que possuía 4,5 léguas de frente e 2,5 léguas de orla era composta por cinco estâncias estancia da cerquinha estância da rondinha estância da roça velha estância da ponta do mato e estância da porteira além da estância das cidreiras que já era de sua propriedade por faltar com os impostos da corôa os bens doados foram-lhe confiscados restando de sua propriedade apenas a estância das cidreiras deixa a estância das cidreiras como herança para o padre anacleto pinto gomes brandão morador do rio de janeiro a 25 de agosto de 1819 a estância das cidreiras foi vendida para luiz jose ferreira saraiva por 8.000$000 mais 1,5 léguas da estância do quintão conforme escritura lavrada no rio de janeiro pelo tabelião josé pires garcia rancho da família saraiva célula formadora de cidreira de herança o filho joaquim rodrigues saraiva recebe as terras do sul que compreendiam a estância da cerquinha estância da ponta do mato estância da porteira e 1,5 léguas da estância do quintão seu outro filho francisco saraiva recebe as terras do norte estância da roça velha estância da rondinha e estância das cidreiras começa uma nova etapa na história de cidreira a família saraiva recebeu em seu rancho na fortaleza os primeiros turistas da história de cidreira dando início aos atuais veraneios diligência espécie de ônibus para cidreira em 1900 arquivodigital:o marisco imagem cedida por jociel lima o secretário de turismo adriano lima pede demissão alegando total incompatibilidade com o modo de administrar do executivo considera que sendo cidreira uma cidade turística deve no mínimo ter turismo com projetos e recursos o diálogo com a comunidade é condição base para o desenvolvimento cidreira é a mais antiga das praias gaúchas e deve usar a sua história a memória e a cultura pois é através d o tu rismoculturalqueencontrar á o desenvolvimento.o turismo não pode ficar à mercê do amadorismo e das soluções caseiras carta aberta à comunidade na Última página num mundo cada vez mais globalizado não há mais espaço para pessoas egocêntricas governarem destinos jÁ se passaram 1.185 dias micro escolar vai À festa pág.4 comeÇou o rodeio de cidreira pág.7 gerp tem novo presidente pág.7 e cidreira ainda não tem conselho municipal de cultura

[close]

p. 2

pág.2 verão de 2003 opiniÃo o marisco a mula sem cabeÇa o marisco foi objeto de manifestação de vereadores durante sessão na câmara municipal este fato muito nos dignifica se as manifestações foram positivas ou negativas é irrelevante no momento o importante é que fomos citados sabemos que estamos começando o nosso trabalho e estamos apenas na 5ª edição e este pouco tempo de circulação já foi suficiente para sermos merecedores da atenção do poder legislativo de nossa cidade isto significa que é correta a linha seguida pelo marisco de compromisso com a comunidade com a cultura e com a verdade e que as matérias editadas estão identificadas com os desejos da comunidade e despertando reações nos poderes instuídos e conseqüentemente resultados o marisco é um veículo de comunicação que prioriza a valorização dos feitos culturais do nosso povo o marisco luta pelo desenvolvimento cultural de nossa comunidade o marisco quer ver acontecer a cultura em nosso município e está dando certo o marisco noticiou o desaparecimento de nossa biblioteca pública e estamos prestes a presenciar o seu reaparecimento deu resultado o marisco noticiou a exploração do trabalho de crianças e adolescentes e os jovens estão voltando para assumir a sua função legal na banda municipal novamente deu resultado o marisco noticiou que nenhum músico de cidreira estava sendo contratado para fazer parte dos eventos do executivo já tivemos pelo menos um músico de cidreira contratado na chocopraia deu resultado aconteceu alguma coisa o marisco noticiou e a história mudou este é o papel do marisco divulgar e valorizar os feitos de nossa comunidade denunciar os maus feitos e reivindicar para que se faça o que ainda não foi feito sempre mantendo a coerência pois sabemos que nosso município vem há anos enfrentando dificuldades mas com a certeza de que é possivel fazer muito mais do que está sendo feito não é demais exigir que os nossos músicos sejam contratados em eventos municipais pois a verba existe e será aplicada então é melhor que seja aplicada também em nossos artistas não é demais exigir que tenhamos um diretor municipal de cultura uma pessoa que represente as ações do executivo na área cultural o cargo existe e teóricamente ninguém o está preenchendo ainda não temos o conselho municipal de cultura não é demais exigir que a lei se cumpra e que o executivo crie o conselho é da sua competência não custa um centavo sequer criar esta ferramenta de participação da comunidade não é demais exigir que a nossa comunidade esteja representada nas ações da administração de nossa própria cidade ninguém é dono da verdade para decidir sozinho o que é bom ou ruim e por certo não existe ninguém dentro da administração municipal que saiba tudo o que a comunidade cultural quer e precisa porque senão já teria feito há muito tempo enquanto nossos artistas conquistam troféus e reverências em todo o lugar em que se apresentam aqui na nossa casa não ganhamos nem bom dia temos cinco grupos musicais profissionais em nossa cidade que divulgam o nome e a cultura da cidade e trazem reconhecimento premiações em nível estadual e notoriedade a nossa comunidade e não possuímos sequer um local para ensaios pois a atitude desastrada do executivo municipal destruiu o prédio histórico da sapc onde estava sendo erguida a casa de cultura deixando os músicos sem local de ensaio o nosso ctg piazito está fazendo sucesso em todos os rodeios conquistando troféus divulgando a cidade e a cultura popular e no entanto a invernada enfrenta dificuldades sem ter um lugar para ensaiar pois o seu galpão está sem condições de uso fruto de uma administração equivocada é certo mas é o nosso piazito o executivo deveria quando solicitado ajudar esta instituição cultural comunitária e parar de usar o nome do ctg apenas para aparecer nos jornais regionais divulgando projetos culturais do executivo que nunca aconteceram ninguém responde pela cultura municipal a comunidade possui valores relevantes que elevam nossa auto-estima engrandecem a nossa cidade mas quando nos reportamos ao nosso executivo municipal para falar em cultura é um pavor não somos recebidos não tem responsável parece que nos deparamos com uma imensa mula-sem-cabeça cidreira jÁ tem biblioteca pÚblica o marisco noticiou e a história mudou inaugura no dia 09 de maio a nova biblioteca pública municipal de cidreira depois de longos anos de sumiço a nossa biblioteca reaparece instalada no andar térreo da prefeitura o que é excelente pois facilita o acesso da comunidade o local foi reformado e oferece ótimos condições para os usuários além do acervo que a biblioteca já possuía soma-se mais 2.600 novos volumes provenientes do programa federal uma biblioteca em cada cidade nossa biblioteca estará com o acervo totalmente informatizado sendo possível a busca de títulos por autor obra e editora também estará disponível um computador para que a comunidade tenha acesso à internet todos estes melhoramentos são frutos do trabalho do executivo municipal que através da secretaria municipal de educação consegue devolver à comunidade cidreirense a sua bilbioteca pública depois de um longo período em desuso a secretária de educação maria luiza da cunha lemos juntamente com a sua equipe tiveram um árduo trabalho para colocar os livros em condições de serem acessados pela comunidade a limpeza restauração e catalogação dos livros foi concluída e hoje a comunidade de cidreira já pode acessar um dos seus bens maiores a biblioteca pública de cidreira atenção alunos professores leitores inveterados e ratos de biblioteca a biblioteca de cidreira já é novamente da comunidade expediente associação de cultura do litoral associação casa de cultura do litoral cnpj o3.671.776/0001-02 este informativo é um equipamento de comunicação comunitária da acl e accl rua cauby da silveira n° 286 cidreira rs cep 95.595-000 fone 51681-3456 98226998 e-mail kikumbi@terra.com.br nÃo editamos matÉrias pagas coordenação geral ivan therra direção liziane barbosa colaboradores lutiano weiss anderson rolim este informativo É editado e diagramado em cidreira.

[close]

p. 3

o marisco tarrafadas pág.3 verão de 2003 michael dantas e vinicius loló músicos de cidreira estiveram em estúdio gravando o novo cd da banda amil de sto antônio da patrulha a competência dos músicos de cidreira é requisitada em todo o estado tá na rede música na escola é o projeto que já está em andamento na escola herlita proporcionando o acesso dos alunos a cultura musical no comando o músico e compositor de cidreira jociel lima tá na rede a rádio do gerp grêmio est do raul pilla é o primeiro projeto da nova diretoria e já está rolando o som na escola durante os intervalos tá na rede tião e bacana estiveram representando a galera de cidreira no campeonato de surf em atlântida tá na rede motopraia é excelente nome do evento que os motoclubes de cidreira estão preparando na nossa praia motoclubes de todo o estado tá na rede ivan therra e o grupo de cultura popular kikumbí receberam do instituto estadual de música da secretaria de cultura do estado o troféu de destaque cultural do projeto verão cultural 2003 tá na rede o grupo mente nativa a mais nova banda de cidreira está ensaiando com afinco para em breve promover a sua estréia tá na rede o gaiteiro leovani do túnel verde deu show e venceu na categoria gaita ponto nos rodeios de imbé capão da canoa e osório tá na rede a prefeitura municipal de cidreira foi sensível as matérias editadas pelo o marisco nº3 e nº4 e voltou atrás fazendo com que alguns dos menores que trabalhavam ilegalmente na prefeitura voltassem a sua função legal de componentes da banda municipal tá na rede a festa do camarão já tem nova data o evento ocorrerá de 13 à 22 de junho de 2003 tá na rede o dia da cidadania evento que compõe a semana de aniversários de cidreira será dia 16 de maio das 8 às 17 horas no ginásio municipal de esportes onde a comunidade terá acesso a vários serviços sociais tá na rede vem aí o pealo do canto xucro festival de música de tramandaí mais um espaço de manifestação da cultura do litoral tá na rede lutiano weiss empresário de cidreira promoveu junto com as matrículas dos cursos de informática um projeto de ação social arrecadando alimentos para beneficiar a comunidade carente de nosso município tá na rede o grupo eco nativo de cidreira salvou a festa da padroeira os festeiros mais uma vez contrataram um grupo de fora e se deram mal com a ajuda da padroeira o santo de casa é quem fez o milagre tocaram o baile e a comunidade gostou muito tá na rede cidreira 15 anos de emancipação 236 anos de história e cultura a primeira praia gaúcha a pioneira parabéns a toda comunidade cidreirense tá na rede a chocopraia sem o secretário adriano lima derreteu rasgou a rede no rodeio de cidreira não teremos músicos de cidreira.rasgou a rede o conselheiro do piazito kiko da nivi esqueceu de indicar o seu próprio ctg para fazer parte da organização da artística do rodeio apesar das relações íntimas com o executivo.rasgou a rede a vereadora lenaptb usou o plenário da câmara e pensou xingar o nosso informativo comunitário chamando-o de jornal de duas folhas pelo menos nisso falou a verdade nós só temos duas folhas mesmo rasgou a rede a micro escolar um bem público serviu para levar para a festa em são leopoldo os convidados da professora aline filha do vereador zerinhoptb e da vereadora lenaptb rasgou a rede o secretário da administração municipal alexsandro dias foi quem autorizou o uso indevido do bem público rasgou a rede rally é o que a comunidade está fazendo pelas ruas de cidreira que viraram verdadeiras lagoas.rasgou a rede o departamento muncipal de cultura continua sumido.rasgou a rede o estádio municipal depois de todo o dinheiro público que foi gasto com as reformas foi usado para que rasgou a rede o vereador zerinhoptb solicitou e recebeu democráticamente do nosso o marisco um espaço para responder as questões levantadas por este informativo sobre a sua filha que recebe pela banda municipal nunca foi a uma aula de música e é a única menor que ainda continua trabalhando ilegalmente em desvio de função no gabinete da prefeita até fecharmos esta edição o vereador não nos apresentou absolutamente nada!rasgou a rede!

[close]

p. 4

pág.4 verão de 2003 cidadania o marisco enquanto boa parte dos alunos vão a pé para a escola não importando se está chovendo ou fazendo frio enquanto boa parte dos alunos da nossa comunidade sente a falta de pelo menos um transporte à noite que os conduza para casa depois das aulas enquanto nossos alunos enfrentam a escuridão e as lagoas que se formam em nossas ruas esburacadas realizando um verdadeiro rally para chegar na escola e outro para voltar para casa no dia 18/01/03 período de férias escolares um grupo de pessoas resolveu ir para uma festa de formatura na unisinos em são leopoldo para tanto usaram o micro-escolar da prefeitura de cidreira veículo público que pertence a comunidade este micro foi enviado para cidreira pelo governo tele-entrega 681-3001 toda linha de medicamentos e perfumarias rua giácomo carniel 356 café shopping federal programa nacional de transporte escolar para atender exclusivamente aos alunos da nossa comunidade segundo o art.1º 2º letra a 1 objetivo do programa destinados exclusivamente para o transporte dos alunos da rede pública tudo ia muito bem a formatura estava linda até que retornando da festa exatamente a 1:05 da madrugada o grupo foi surpreendido pela fiscalização do daer em capivarí o veículoda prefeitura municipal de cidreira por conduzir passageiros ilegalmente foi multado em 80 ufir neste dia formava-se na unisinos em são leopoldo aline sesim ferreira fraga filha do vereador zerinhoptb e da vereadora lenaptb assim é muito fácil fazer festa cafeteria bazar jóias consertos de óculos relógios revelação de fotos aviamos receitas fone:681-4464 rua giácomo carniel,380/loja 03 quem paga a multa quando por algum motivo surge a necessidade de se deslocar em grupo para fora de cidreira a comunidade costuma usar os qualificados serviços das van´s que existem em cidreira a comunidade aluga o transporte paga por ele e realiza a viagem esta ação é perfeitamente legal o uso das van´s da iniciativa privada prestigia e movimenta os negócios em nossa cidade todos os cidadãos tem acesso aos serviços sendo portanto indesculpável o uso indevido do bem público para proveito próprio seja ele qual for segundo declaração da própria formanda esta admite que usou o veículo público escolar que foi enviado para a nossa comunidade com o objetivo de atender aos alunos da rede pública para outros fins que não os da lei usaram o micro para ir para a sua festa de formatura levando colegas pagaram a gasolina e o motorista mas acontece que isto não cobre e nem encobre o ato ilegal de mau uso do bem público em proveito próprio a ilegalidade foi cometida e alguém deve ser responsabilizado a formanda funcionária pública o secretário da administração municipal sr alexsandro de azevedo dias que autorizou o uso indevido ou a prefeita de cidreira que responde por todos os atos do executivo quer legais ou ilegais alguém deve sofrer as sanções da lei pelo ato ilegal ou os atos ilegais ficarão impunes o secretário alexsandro de azevedo dias foi quem autorizou o uso do micro que deveria ser de uso exclusivo dos alunos de nossa comunidade conforme documento de próprio punho determina que a funcionária iara ferreira responsável pelo dep de transportes da smec libere o veículo para o tranporte dos convidados para a formatura o secretário sabe ou deveria saber pois está em um cargo público sendo pago pela comunidade que o micro pertence a comunidade é um bem público e não pode sob as penas da lei ser usado em proveito próprio responde como responsável pela autorização que gerou o delito o secretário sabe ou deveria saber que este veículo é para facilitar o acesso dos estudantes de cidreira às escolas e não pode sair da cidade não possui autorização para trafegar fora do município e que por isso estaria correndo o risco de ser autuado como de fato aconteceu portanto o delito foi feito conscientemente e não por ignorância a ignorância das leis que administram o projeto federal é a única desculpa para que o secretário autorizasse o ato ilegal a lei é clara e o secretrário ainda não se declarou ignorante 003 ec 1/2 sm a 0 17 nsp s d rido tra ônibu na fo eb a esp ro as rec r o mic coleg ga n om a 3c ira ia dseree 0 f f c err a f cedên essor ssim 8/01 h e ar a se rof rª i :30 ea1 a s torizo r os p aline no di as 16 rida c au leva profª oldo rio d refe de op c a da orá a pio me tura ão le no h atura unicí da o s ma os s evista form ao m man o a st us pr for isin un saída após em ôn do a el e ga rno é s ben stív reto ência ira ca ombu soal d dre c es ias ci gtº de com p ra-se edo dpvp cum e azestração ro d mini and da ad xs ale sec.

[close]

p. 5

o marisco associaÇÕes comunitÁrias pág.5 verão de 2003 a festa da padroeira de cidreira nos dias 03 e 04 de maio de 2003 acontecerá a festa da n sra da saúde padroeira de cidreira os vários momentos que compõem o evento acontecerão em diversas localidades do nosso município visando atingir a maioria da comunidade o casal festeiro elvídio e eva germann e o pároco pe celso reúnem esforços juntamente com os noveneiros e a comunidade para que esta seja uma das mais grandiosas festas em homenagem à nossa padroeira como acontece a cada ano é esperada a participação de todos os que moram ou possuem alguma ligação com a nossa cidade a festa da n sra da saúde é um ato público de fé que faz parte da cultura popular religiosa de nosso município momento em que a comunidade cidreirense reunida agradece as benéfeces alcançadas e ora pela nossa cidade e por seus habitantes a festa tem programação de cunho religioso e também festivo começa no dia 29 de abril e encerra no dia 04 de maio programaÇÃo programação dia 29 de abril terça-feira 18:45 procissão capela da zona a dia 30 de abril quarta-feira 18:45 procissão salinas saída do calderon dia 01 de maio quinta-feira 18:45 procissão capela da chico mendes dia 02 de maio sexta-feira 18:45 procissão parque dos pinus após a procissão sopão dia 03 de maio sábado 18:00 missa matriz 23:00 baile salão paroquial dia 04 de maio domingo 10:00 missa festiva matriz 12:00 almoço À tarde leilão concurso da rainha e atrações 19:00 baile documento encontrado nos arquivos da cúria metropolitana em poroto alegre dando contas da inuguração da capella da cidreira fonte a saga das praias gaúchas leda saraiva soares cidreira é históricamente a primeira praia do estado do rio grande do sul os primeiros registros datam do final do séc xix por volta de 1890 os banhistas hoje veranistas vinham para nossa cidade principalmente para tratamento da saúde os banhos serviam para curar de reumatismos articulites e dores lombares ocorriam sempre às 5 horas da manhã e às 5 horas da tarde quando as águas do mar estavam com maior índice de iodo muitas pessoas vinham para nossa praia curar-se de problemas respiratórios como bronquite asma e raquitismo aproveitando as virtudes do ar marinho muitos banhistas após passarem uma temporada em cidreira voltavam para suas casas completamente curados de seus males a notícia das curas foi se espalhando e cada vez mais pessoas chegavam enfermas em nossa praia e saíam curadas a grande maioria mesmo curadas voltava no verão seguinte para usufruir dos benefícios locais desta forma a cada verão aumentava o número de pessoas que vinham para passar a temporada em cidreira assimfoi dado o primeiro passo para que o hábito de veranear que hoje alcança todo o estado do rio grande do sul se tornasse um dos maiores movimentos migratórios de temporada de todo o país antigamente nossos visitantes ao chegarem para o tratamento faziam promessas para obter a cura porém ao alcançarem a graça não tinham um local apropriado para que pudessem pagar as suas promessas foi por isso que os veranistas organizados resolveram construir uma pequena capela de madeira onde pudessem orar pedindo por sua saúde e pagar as promessas feitas a capela foi erguida pelos fiéis veranistas de cidrera e inaugurada em 12 de fevereiro de 1924 com uma missa celebrada pelo pe josé mencke posteriormente a capella da cidreira alcançou o status de igreja e foi consagrada à n.sra da saúde pdroeira de nossa cdade.

[close]

p. 6

pág.6 verão de 2003 arte poemas da praia vem aÍ a 4ª onda o projeto da associação de cultura do litoral poemas da praia vai continuar a sua exitosa realização até o dia 30 de maio estaremos recebendo os poemas que devem ser temáticos sobre a nossa praia ou sobre as características singulares do litoral os poetas de cidreira podem entregar seus poemas diretamente no marisco ou nas escolas raul pilla e marcílio dias os poemas classificados farão parte do 2º cd da música da praia e serão editados divulgados e distribuídos nos apoiadores culturais para que a nossa comunidade conheça e nossos poetas e tenha contato com a arte da poesia pealo da canÇÃo nativa os compositores e músicos que quiserem participar do festival pealo do canto xucro que acontece juntamente com o rodeio crioulo de tramandaí podem inscrever-se diretamente na secretaria de turismo do município vizinho mário tressoldi um dos organizadores do evento divulgou que este ano o festival estará mais voltado para a valorização da musicalidade litorânea portanto os compositores da música da praia estão conquistando mais um palco o espaço que antes era voltado quase que exclusivamente para a música campeira agora servirá também para divulgar o trabalho praieiro o marisco truco cd poemas da praia o trio composto por sandro ferreira edinho e anderson rolim representando cidreira ganhou o troféu de 3º lugar no torneio de truco do rodeio de capão da canoa o truco é um jogado com baralho espanhol e faz parte das atividades tradicionalistas do mtg por ser um jogo de origem fronteiriça há pouco tempo está fazendo parte também da nossa cultura do litoral o fato tornou-se histórico porque é a primeira vez que nossa cidade é representada nesta modalidade em um rodeio sem levar o nome de qualque entidade jogando aragano o trio trouxe mais um troféu de participação da nossa comunidade em atividades culturais ligue 3681.13456 e receba em casa apenas r$10,00 uergs no rodeio os alunos da uergs estão arrumando as mochilas para o primeiro acampamento da uergs que acontecerá durante o rodeio de tramandaí está prometida muita festa e participação da comunidade universitária de cidreira todos estão convidados a visitar o acampamento e tomar um bom chimarrão quem comanda o acampamento é o modesto aluno do 2º semestre cantoria e fandangos estão programados tudo com muita pedagogia pelo menos um mÚsico de cidreira na chocopraia o músico clédio de cidreira foi o representante da cultura de nossa cidade durante a festa apresentouse na quinta à noite já é alguma coisa 1º canto das Águas de sal ainda sem muita divulgação em nossa cidade mas já divulgado pela mídia especializada o festival de música de cidreira segundo o secretário de turismo adriano lima estará acontecendo no mês de novembro a notícia foi colhida das páginas do jornal do nativismo se o festival não tiver donoa e os músicos de cidreira desta vez puderem participar será muito bom!

[close]

p. 7

o marisco comunidade pág.7 verão de 2003 eleiÇÕes do grÊmio estudantil a comunidade escolar do raul pilla esta em pleno momento eleitoral a escola está repleta de faixas e cartazes os debates acalorados completam o clima os alunos ouvem fazem perguntas conhecem as propostas e decidem para qual chapa irão dedicar seu voto o processo eleitoral invade as rodas de conversa invade as salas de aula todos querem participar e viver a festa da democracia as chapas divulgam suas prioridades para conquistar o eleitor tudo é democracia no processo eleltivo do grêmio o marisco qual importância do grêmio estudantil chapa 1 o grêmio existe para ajudar os alunos com cestas básicas e materiais escolares chapa 2 o grêmio tem por objetivo realizar aquilo que os alunos desejam levar idéias e reivindicar à direção são os alunos que mandam no grêmio o marisco o equipamento sala de informática só é utilizado com o acompanhamento do professor como o grêmio vê esta situação chapa 1 o grêmio buscará a indicação de responsáveis que permaneçam à disposição dos alunos nos turnos da manhã tarde e noite facilitando o acesso a sala de informática chapa 2 acontece que no ano passado três ou quatro alunos acessaram os computadores e colocaram um vírus que mostrava figuras pornográficas o problema é como colocar um instrutor na sala se prá conseguir uma professora de inglês que está faltando já é difícil imagine um instrutor de informática o marisco como o grêmio vê a qualidade dos professores da escola e de que forma pode intervir na questão da falta de professores chapa 1 conseguir professores não é prioridade do grêmio.É da diretoria o ensino que temos na escola é excelente em porto alegre não tem melhor chapa 2 na nossa turma falta professor de inglês no 3º ano um aluno me falou que falta professor de português acredito que isto não é uma responsabilidade direta do grêmio a obrigação principal com certeza é da direção da escola a qualidade dos professores que temos é excelente o marisco como o grêmio pensa a questão de atividades extra-classes dentro da escola chapa 1 atividades extra-classe são difíceis pois não temos orientadores é disposição nas salas para que se possa realizar estas atividades chapa 2 está nos nossos planos o projeto contra o analfabetismo onde os pais poderão vir à escola para aprender a ler e escrever temos o projeto de reciclagem do lixo o projeto da horta comunitária onde os alunos virão em turno inverso ou nos períodos de biologia e ciências trabalhar na horta tudo isso valendo nota projeto lixo seco onde os alunos podem participar separando ou preparando o material coletado tudo isto pode ser feito também como um trabalho voluntário o projeto da rádio das escola também pode contar com a colaboração dos alunos como um trabalho extra-classe o marisco quais são os três principais projetos da tua chapa chapa 1 fazer festas para o lazer dos alunos construir a sede d o grêmio para que os alunos possam reunirem-se realizar campeonatos na área esportiva chapa 2 projeto escola pública educação melhor que pretende construir a calçada da escola o projeto recicle sua atitude que é o da reciclagem do lixo e o projeto rádio é cultura na escola criação de uma rádio dentro da escola o marisco como o grêmio estudantil pretende agir em relação ao trabalho que vem sendo feito pela associação de cultura e pelo ctg piazito do litoral na área de cultura do litoral chapa 1 pretendemos fazer faixas incentivando e ajudando nos projetos de cultura do litoral chapa 2 dentro da diretoria da nossa chapa nós temos um departamento de música e de dança formado por pessoas ligadas às áreas.temos o projeto da rádio da escoal que pretende divulgar a música da praia o grêmio através dos seus departamentos irá com certeza divulgar e valorizar a cultura litorânea o marisco uma frase chapa 1 a idÉia É sua o trabalho É nosso chapa 2 forÇa vontade e criatividade a chapa 2 faz a uniÃo da comunidade

[close]

p. 8

associação de cultura do litoral associação casa de cultura do litoral tudo começa com o mestre da música da praia mestre julinho um dos maiores nomes da música praieira mora em cidreira desde guri quando pequeno ao ouvir o ronco do motor do teco-teco que sobrevoava cidreira corria para o alto das dunas e pegava os jornais diários que eram lançados pelo avião levava para distribuir e ganhava uns trocados pelo feito quando não estava ganhando uns pilas mestre julinho encontrava-se ouvindo atentamente as lições de música que seu pai mestre tobias ensinava a todos os garotos que moravam entre a vila da fumaça e a vila da viola hoje imediações do cpc duas vilas de comunidades negras que existiam aqui em cidreira o guri foi crescendo e o gosto pela música era evidente mestre julinho esteve presente em todos os grandes momentos musicais de cidreira na criação do conjunto serra e mar no primeiro grupo musical que saiu para representar cidreira em um festival sob a batuta do profº guido weiss nas famosas e saudosas festas do bar joão primeiro com o musical do julinho depois com o pagode do julinho enquanto componente do grupo kikumbí criou e registrou no palco da xi tafona da canção o ritmo praieiro que hoje é reconhecido em todo o estado mestre julinho criou a levada a cadência a ginga o modo peculiar de executar o praieiro mestre julinho realizou do alto de sua simplicidade escola herlita aprova projeto cultural a diretoria da escola herlita teixeira aprovou e já está sendo executado o projeto herlita em sol maior o projeto comandado por jociel lima estará levando a todos os alunos da escola a oportunidade de aprender teoria musical instrumentalização e canto coral no primeiro momento o projeto estará compondo a banda marcial da escola herlita em seguida teremos um grupo de flauta doce e a seguir um trabalho percussivo com ritmos litorâneos jociel lima é membro da associação de cultura do litoral compositor e músico premiado em vários festivais estará regendo os alunos e começando a concretizar o sonho de poder proporcionar a todos os alunos de nossa comunidade o acesso as informações da cultura musical o projeto acontecerá em turno inverso facilitando o acesso de todos os alunos da escola maiores informações podem ser obtidas diretamente com jociel lima ou na secretaria da escola um trabalho de extrema importância para a cultura e para a musicalidade do estado do rio grande do sul o nosso mestre julinho pode ser visto andando pelas ruas de nossa praia normalmente de bicicleta ou conversando com amigos da comunidade normalmente sobre música mas quando abrem-se as cortinas dos palcos dos festivais no litoral é certo que veremos uma figura ímpar com seu chapéu de palha e todo o conhecimento de quem é o mestre da música da praia a escola herlita proporciona aos seus alunos o acesso à manifestação musical e valoriza os profissionais da cultura de cidreira aprovando o projeto herlita em sol maior comeÇaram as filmagens o longa metragem bens confiscado produzido pela casa de cinema de porto alegre produtora 19 de são paulo e super nova do rio de janeiro está finalizando a etapa de pré-produção quandosão preparadas as locações figurinos ambientação e acessórios agora já está tudo pronto os artistas principais juntamente com o elenco de apoio estão chegando na nossa praia a atriz global betty faria e o mais novo galã gaúcho werner schunemann estarão em cidreira filmando e quando der tempo atendendo aos seus fãs a movimentação começa a ser mais intensa já podemos sentir o brilho de uma produção de peso e a nossa comunidade poderá interagir com a magia da 8ª maravilha do mundo ondazul elÉtrica hidrÁulica tintas 681-1530 móveis e eletrodomésticos

[close]

Comments

no comments yet