Cisco Live Magazine

 

Embed or link this publication

Description

Projeto editorial, com sugestões de assuntos a serem abordados, identidade visual e nomes de seções Capa Reportagem, redação, edição e revisão de textos Artigos Diagramação Comercialização de Anúncios (publicidade) Gerenciamento da Gráfica Gestão d

Popular Pages


p. 1

4º trimestre 2012 edição 9 verde e amarela presidente global de vendas da companhia dá pontapé à série de investimentos no país a cisco robert lloyd presidente global de vendas suporte equipe se capacita para manter comunicações funcionando em zonas de desastres negÓcios cisco se volta às pmes com soluções e estratégia comercial verticalizadas voz do cliente redes de alto desempenho integram as duas novas torres do esporte clube palmeiras 1

[close]

p. 2

andeloce.com soluções cisco para pequenas e médias empresas produtos que possibilitam a melhor comunicação conexão e segurança telefones ip spa 525g2 roteadores rv180 switches sg500-52p access point wap121 a cisco ajuda as empresas a enfrentar os desafios tecnológicos soluções de rede sem fio infraestrutura de rede e comunicação unificada visite a página de lançamento da linha cisco para pequenas e médias empresas e saiba como podemos ajudá-lo a resolver sua crise tecnológica www.cisco.com.br/desconectadosanonimos 2

[close]

p. 3

1 editorial sumário curtas um passo adiante 04 emergências equipe de resposta a desastres mantém comunicações funcionando em zonas de tragédia s e há como traduzir o nível de comprometimento de uma empresa com a economia na qual ela está inserida esta leitura deve ser os investimentos por ela promovidos um passo do qual muito nos orgulhamos em 2012 e que foi sacramentado com a visita do vice presidente de operações globais da cisco robert lloyd para inaugurar a linha de produção nacional de roteadores estamos orgulhosos não só pelo investimento anunciado mas pela consistência do plano de crescimento desenhado pela cisco no brasil o projeto como já anunciamos contempla a fabricação de equipamentos investimentos em pesquisa desenvolvimento e em alianças com empresas nacionais ações de sustentabilidade como o treinamento de jovens aprendizes de baixa renda além de outras iniciativas estruturadas com os nossos parceiros em todas as regiões em entrevista à live magazine lloyd garantiu que não estamos diante de uma empolgação momentânea mas de um compromisso de longo prazo e prontos para acompanhar e contribuir com o crescimento sustentável da economia nosso foco não estará restrito às grandes corporações ou operadoras de telecom estaremos depositando esforços para também suportar pequenos e médios negócios assim como iniciativas inovadoras e novas tecnologias sejam elas encabeçadas pela cisco seus parceiros globais ou mesmo projetos locais e por falar em alianças trazemos nesta edição o guia de parceiros cisco uma nova ideia da equipe de marketing para facilitar a identificação das empresas que trabalham com a nossa marca o caderno especial lista os parceiros da cisco nas categorias distribuidores parceiros de negócios treinamento serviços gerenciados e alianças estratégicas a consulta poderá ser feita tanto nesta edição quanto nos meios eletrônicos como internet tablet e smartphones mais um facilitador para os negócios locais por fim em nome de todo time da cisco do brasil aproveito para brindar com nossos clientes e parceiros este excelente ano e desejar-lhes um 2013 tão ou mais realizador boa leitura marco barcellos ethernet 06 metrodesafia operadoras que tecnologia evento em são paulo conclui ainda alianÇas 08 programa de canais iniciativa ganha força com crescimento da cisco no brasil 10 live méxico a presença da marca evento reforça na américa latina 12grandesefabricantes unidos soluções cisco se une a grandes produtores de software hardware para compor competitivas negÓcios 16 resistênciado país as provas de mountain bike executivos enfrentam mais difíceis de mercado 18 conquistamultiplicar negóciosestratégias para distribuidores apresentam suas atrair reter e junto às revendas 20 show room tornarem showrooms e demos e parceiros apostam técnicas para soluções mais palpáveis aumentar número de clientes 24 small business estratégia para alavancar negócios junto a empresas com até 99 funcionários 28 capa da cisco acredita que brasil manterá entrevista robert lloyd vice presidente global 32 colaboraçãocom parceirosunificadas cisco divide receita para crescer em comunicações investimentos e continuará crescendo mesmo após os grandes eventos esportivos 34 telemedicina tecnologia democratiza atendimento e agiliza processos voz do cliente 36 comunicações unificadas sicoob trentocredi troca telefones analógicos por plataforma cisco/intelbras 38 alto desempenho clube palmeiras duas redes de alto desempenho integrarão as novas torres do esporte conectividade 40 varejoapresenta soluções para o varejo 2.0 cisco 42 casa de ferreiro em casa o que oferecem integradores provam ao mercado infraestrutura cisco live magazine é uma publicação da cisco do brasil conselho editorial adriana bueno carolina morawetz isabela polito isabella micali jackeline carvalho kiki gama mariana fonseca monica lau e marco barcellos produÇÃo comunicação interativa editora jornalista responsável jackeline carvalho mtb 12456 diretora de redação jackeline carvalho reportagem jackeline carvalho marcelo vieira revisão comunicação interativa asssessoria de imprensa in press porter novelli arte marcelo max capa glenn douglas gráfica intergraf tiragem 5000 exemplares equipe responsável cisco do brasil presidente rodrigo abreu diretor de engenharia marcelo ehalt diretor de canais eduardo almeida diretor de marketing rp marco barcellos 46 futurecom 2012 cisco apresenta soluções debate tendências e anuncia parcerias 49 data center parceiros se dedica ao ucs novo time de 50 sustentabilidade quereverte a jam session de executivos arrecadação à entidade fomenta musicalidade infantil 3

[close]

p. 4

1 curtas em caso de emergÊncias equipe de resposta a desastres da cisco do brasil está preparada para manter comunicações funcionando em zonas de tragédia voluntários brasileiros do dirt aprendem a operar kits de comunicação de emergência c 4 om a chegada do verão e o aumento da frequência de chuvas algumas regiões do país acendem as luzes de alerta para a possibilidade de desastres naturais como alagamentos e deslizamentos de terra tragédias como as que afetaram a região serrana do rio de janeiro no início de 2011 deixando mais de 900 mortos trazem uma série de dificuldades não só para os moradores mas também para quem atua no resgate e na assistência às vítimas fundamentais na comunicação entre as áreas afetadas e as equipes de resgate serviços como internet e telefonia podem fazer a diferença na hora de salvar vidas É com isso em mente que a cisco criou em 2002 o tacops tactical operations support equipe de voluntários que em situações de tragédia buscam manter as comunicações de voz e dados funcionando mesmo nos pontos mais remotos do planeta o tacops é responsável por gerenciar os times de resposta a inci dentes de desastres da cisco dirt do inglês disaster incident response team que operam equipamentos de rede de fácil montagem baseados em satélite além de tecnologias avançadas ­ como 3g switching e voip entre outros ­ e veículos de emergência da cisco ou nervs estes voluntários funcionários da empresa são treinados para prestar auxílio em zonas de desastres nos eua existem equipes na costa leste e na costa oeste ajudar em incidentes no mundo todo com apenas dois times era difícil explica tiago silva membro do tacops e responsável pela coordenação dos dirts surgiu então um programa de expansão internacional em zonas chave do mundo para atender às solicitações mais rapidamente e também para facilitar questões do ponto de vista cultural a primeira equipe internacional foi criada em 2010 na china depois em dezembro de 2011 outras duas foram alocadas na europa reino unido e rússia este ano tiago silva veio ao brasil para criar e treinar a equipe sul-americana sediada em são paulo o time brasileiro vai prestar suporte a incidentes ocorridos no brasil nos demais países da américa do sul e se necessário na américa central foi instalada na sede da cisco do brasil a infraestrutura necessária para que os equipamentos da equipe brasileira funcionem quatro roteadores e dois kits portáteis de comunicação de emergência entre os voluntários no país estão funcionários de todos os níveis incluindo diretores e técnicos É importante que as pessoas conheçam e divulgem a existência desse grupo da próxima vez que acontecer um desastre as organizações que precisam de nossa ajuda poderão solicitá-la salienta silva ·

[close]

p. 5

5

[close]

p. 6

1 curtas metro ethernet ainda desafia operadoras para cisco telcos devem planejar migração observando a qualidade dos novos serviços ofertados d urante o mef metro ethernet forum que aconteceu em outubro em são paulo executivos da cisco calix dragonwave entre outras empresas líderes no mercado de carrier ethernet abordaram a tendência da tecnologia para as operadoras e entre assuntos técnicos apresentaram os desafios para fabricantes prestadoras de telecomunicações e profissionais segundo emerson moura um dos líderes do mef e arquiteto de soluções da cisco o carrier ethernet tem oportunidades bilionárias em 2016 o mercado em 2016 o mercado de metro ethernet pode chegar a us 48 bilhões em vendas de tecnologia e serviços emerson moura da cisco por exemplo você usa uma frequência não exclusiva por isso tende a sofrer mais interferência pontua sobre a migração das redes tradicionais tdm para metro ethernet moura afirma que as operadoras precisam investir nas redes e entregar serviços de qualidade as redes tdm são fáceis de operar sempre responderam muito bem às questões de gerenciamento de serviços e desempenho então quando as prestadoras passam a olhar para o mundo carrier ethernet elas precisam pensar na entrega de um serviço de qualidade observa · em wi-fi você usa uma frequência não exclusiva e por isso tende a sofrer mais interferência fabiano chagas da dragonwave pode chegar a us 48 bilhões em receitas não apenas em tecnologia mas em serviços É uma área que cresce com o aumento do tráfego de dados ressalta em relação ao cenário tecnológico marcelo sena gerente de pré-vendas da calix e fabiano chagas gerente da linha de produtos da dragonwave destacaram o carrier ethernet 2.0 e tendências de redes wifi e small cells para sena a modalidade 2.0 agrega serviços como granularidade para mobile backhual e acrescenta que o metro ethernet é uma tecnologia agnóstica que permite diversas formas de interconexão chagas afirma que há demanda de usuários pelos dois serviços mas os cenários são desafiadores e diferentes no wi-fi metro ethernet é uma tecnologia agnóstica que permite diversas formas de interconexão marcelo sena da calix 6

[close]

p. 7

a fundamentos desenvolve e implementa projetos sob medida no formato de turn key realizamos todos os serviços ligados as áreas de infraestrutura rede elétrica rede de telecomunicações cabeamento estruturado metálico cabeamento Óptico wireless indoor e outdoor controle de acesso telefonia ip sistemas de monitoramento vídeo conferência construção e normatização de data center projeto de ti/telecom sistema de detecção e combate a incêndio equipe d técnicos residentes lan switching outsourcing entre em contato conosco 12 2139-6600 fundamentos@fundamentos.com.br endereço av francisco josé longo 1612/1614 vila bethânia s josé dos campos sp www.fundamentos.com.br

[close]

p. 8

1 alianÇas passaporte para o mundo cisco programa de canais ganha força com o crescimento da empresa no país evolução deve privilegiar tecnologias emergentes e m um momento de intenso crescimento dos investimentos e de participação no mercado brasileiro um dos pilares de atuação da cisco no país ganha ainda mais importância os canais afinal uma das poucas empresas cujo modelo de ida ao mercado é totalmente baseado em canais a fabricante tem seus negócios extremamente orientados às parcerias nessa perspectiva os programas de incentivo surgem como ferramenta que oferece ao parceiro de negócios uma oportunidade para aumentar a rentabilidade a cisco preserva a margem do canal oferece reconhecimento e faz do fator financeiro um diferencial para a fidelização nossas parcerias de canal são fundamentais tendo em vista que o modelo de negócios da cisco é baseado em vendas indiretas explica eduardo almeida diretor de canais da cisco do brasil a saúde financeira e a rentabilidade do nosso parceiro são itens fundamentais para nós ele precisa ser rentável ao fazer negócios com a cisco diz o programa de reconhecimento da cisco divide os canais pela geração de negócios e pela venda de valor agregado quanto mais complexo o negócio em que o parceiro trabalha maior é o incentivo oferecido para efetivar a venda segundo almeida um exemplo se o parceiro vender um switch ganha um determinado percentual de incentivo se a venda além do switch incluir segurança ou recursos de vídeo e colaboração a rentabilidade é ainda maior na verdade o que a gente faz é estimular o parceiro a agregar valor e conhecimento à oferta explica o executivo parceiros aproximadamente 3500 parceiros fazem negócio com a cisco atualmente o perfil é bastante amplo indo de revendedores e distribuidores a integradores de sistemas isvs independent softwares vendors que vendem aplicações integradas à infraestrutura de rede e data centers além de empresas que utilizam tecnologia como negócio secundário nesse último grupo estão construtoras por exemplo que com a cisco podem integrar tecnologias para edifícios inteligentes automação industrial entre outras aplicações existem ainda programas específicos para distribuidores que não são focados na venda direta ao cliente nestes casos o reconhecimento se dá pelo número e tamanho das revendas atendidas além da velocidade de renovação do estoque e de conquista de novos clientes entre outros parâmetros a saúde financeira e a rentabilidade do nosso parceiro são itens fundamentais para nós eduardo almeida da cisco 8

[close]

p. 9

almeida explica que são outros indicadores de desempenho mas que também reconhecemos o distribuidor diferenciando e oferecendo verbas e vantagens comerciais para que ele se sinta motivado a trabalhar com a cisco a cisco tem servir bem também ao cliente final queremos estar bem representados nossos clientes são bastante seletivos então o parceiro precisa ter consistência explica o executivo de canais 6 em trÊs nÍveis as categorias de relacionamento comercial com a cisco associados ao gerar um novo negócio o parceiro obtém crédito sobre o valor da transação venda de valor agregado parceiro trabalha em conjunto com os times da cisco na montagem de planos estratégicos ações de pré-venda implantação das soluções etc vip associados à venda de arquiteturas e soluções complexas com ciclo de venda mais longo e maior investimento por parte do parceiro certificações as certificações na perspectiva da cisco são elementos fundamentais na relação com os canais elas diferenciam uma parceria oportunista de uma realmente estratégica pondera almeida quando o parceiro se certifica o que acontece na realidade é que ele sobe o nível na relação com a cisco o executivo explica que é fundamental que o parceiro especializado se certifique adquirindo o privilégio de vender alguns produtos o vip por exemplo oferece condições de até 20 de remuneração porcentagem só possível com certos níveis de certificação na arquitetura vendida essa é a uma preocupação que horizontes o pilar do programa de canais da cisco não muda responde almeida quando perguntado a respeito do futuro das parcerias nossa meta é a rentabilidade ajudar os parceiros a faturarem mais seguindo essa lógica e conforme os produtos comercializados pela empresa e a forma como o cliente se serve deles evolui os programas deverão ser cada vez mais focados em tecnologias emergentes incluindo cloud computing consumerização etc É muito interessante incentivar os parceiros a terem um papel relevante nessa evolução afirma almeida programas de canais em aplicações de negócios onde o parceiro teria mais rentabilidade agregando conhecimento ao nível de aplicação e à camada de rede a evolução corre nesse sentido · 9

[close]

p. 10

1 alianÇas live méxico expÕe a força da cisco na américa latina evento recebeu mais de 3,3 mil visitantes foco foi dado no atendimento a setores como saúde educação e governo ancun paraíso tropical mexicano foi a cidade escolhida para sediar o cisco live méxico 2012 o evento realizado no início de novembro recebeu mais de 3.300 visitantes de 32 países para discutir como as tecnologias da empresa ­ incluindo roteamento switching colaboração vídeo byod e outras ­ podem tornar mais eficientes setores como saúde educação governomanufatura e finanças na américa latina estas cinco verticais serviram de tema para as trilhas do simpósio do qual participaram mais de 125 executivos da empresa em mais de 130 sessões também foi oferecido um programa de treinamento para gestores de ti que contou com a participação de 225 executivos tomadores de decisão foram feitas ainda 60 demonstrações de soluções e produtos da cisco com o objetivo claro de aumentar os ganhos e a produtividade das empresas rogelio velasco como vp anfitrião do cisco live mexico e jordi botifoll na sua estreia como líder da américa latina fizeram um grande trabalho ao permitir discussões muito relevantes com clientes e parceiros para continuar a posicionar a cisco como líder na região permitindo a transformação da experiência de países governos clientes e cidadãos em parceria com nosso ecossistema declarou o diretor de marketing para américa latina da cisco javier camacho salientando o sucesso do evento essa atenção que a cisco vem dedicando à américa latina tem uma razão clara afinal com as incertezas econômicas na europa e a fraca retomada do crescimento dos estados unidos a região passou a ser o motor de crescimento da empresa com o brasil como carro-chefe recentemente a empresa anunciou investimentos de r 1 bilhão para os próximos quatro anos no país há mais de 30 mil profissionais ligados à empresa na américa latina ­ 6,3 mil por meio de parceiros ­ além de 25 escritórios · 6 intensivÃo os números do cisco live méxico 05 verticais foram alvo das palestras e treinamentos c 125 executivos da cisco participaram do simpósio 130 sessões 225 executivos tomadores de decisão participaram do programa de gestão 60 demonstrações de soluções e produtos da cisco cisco live méxico reuniu 3,3 mil visitantes na cidade de cancun no méxico 10

[close]

p. 11



[close]

p. 12

1 alianÇas cisco e parceiros safra abundante vmware panduit emc verint furukawa e fluke networks são algumas alianças estratégicas da cisco juntas as empresas têm liderado áreas e conquistado novas vertentes do mercado global m obilidade convergência e ambientes virtualizados têm mudado a dinâmica do setor corporativo no mundo e de acordo com uma pesquisa do gartner até 2015 serão questões prioritárias para os cios eduardo almeida diretor de canais da cisco revela que de olho nesse processo a empresa tem se preparado para as mudanças de mercado há décadas tempo em que investe em alianças com players de diversos segmentos para conquistar a liderança em novas áreas de atuação no ano fiscal de 2012 nossa presença na área de automação por exemplo foi superior a 80 esse resultado reflete o investimento estratégico em alianças seladas com em presas como a fluke networks que tem forte presença nesse segmento por atuar com dispositivos de chão de fábrica e robôs que exigem uma porta ip ­ o nosso dna afirma almeida segundo carlos gustavo werner gerente de desenvolvimento de negócios de data center da cisco o foco além de contar com parcerias é formar alianças estratégicas a exemplo da joint venture vce vmware cisco e emc acho que o conceito vendido por essas empresas tanto de virtualização cloud e desenvolvimento de soluções beneficiam o mercado afirma werner ao mencionar a solução vblock esse produto sintetiza nossa aliança pois integra virtualização rede e servidor dentro de um mesmo pacote almeida também acrescenta que quando enxergamos as oportunidades no brasil como demanda por infraestrutura segurança pública e grandes eventos trazemos as parcerias que mais podem ajudar a resolver dilemas e encaminhar as oportunidades eduardo almeida da cisco 12

[close]

p. 13

reduza o tempo de inatividade e tenha maior visibilidade e controle de sua infraestrutura com soluções panduit as soluções panduit para gerenciamento da infraestrutura em data centers dcim possibilitam que sua empresa gerencie visualmente a conectividade da rede em tempo real e rastreie os ativos de ti em instalações e escritórios remotos em qualquer lugar do mundo a maior visibilidade das informações relevantes da rede ajuda a minimizar riscos reduzir o tempo de inatividade e obter vantagens operacionais as soluções de hardware inteligente pviqtm potencializam a solução ao incluir gerenciamento remoto de mudanças e ampliações e ao rastrear todos os enlaces e equipamentos da rede minimize o risco de tempos de inatividade · resolva problemas de conectividade da rede de forma 80 mais rápida em relação aos sistemas não gerenciáveis utilizando o software pimtm para gerenciamento da infraestrutura · identifique a localização física exata de um acesso não autorizado à rede com agilidade até 90 maior se comparada à ausência de um sistema iplm reduza custos · realize mudanças e ampliações com precisão e rapidez superior em 75 do que nos sistemas não gerenciáveis · consolide as soluções de gerenciamento para camada física energia e gerenciamento ambiental na plataforma única do software pimtm melhore a capacidade da rede e a colaboração · melhore a colaboração entre pessoas processos e sistemas através de interconectividade confiável e de alta performance entre os sistemas de gerenciamento de rede e as aplicações · gerenciamento baseado na web para acesso local e remoto via um navegador web faça o download do folheto sobre o software pimtm em http ittybitty.bz/pim1 para mais informações visite o site www.panduit.com/software envie um e-mail para info@panduit.com.br ou ligue 55-11-3613-2353

[close]

p. 14

1 alianÇas as parcerias acontecem de formas diferentes como injeção de capital ou desenvolvimento conjunto de soluções entendemos a fortaleza da empresa que compreende a solução da cisco e a importância para o cliente e fazemos a combinação diz a área de canais na visão do executivo é estratégica nessa composição pois se responsabiliza pelo matrimônio entre os parceiros para atuar em setores de alta demanda como infraestrutura e grandes eventos quando enxergamos as oportunidades como demanda por infraestrutura segurança pública e grandes eventos trazemos as parcerias que mais podem ajudar a resolver dilemas e encaminhar as oportunidades resume werner atuação com parceiros o portfólio da cisco é amplo em relação às parcerias globais sendo que com algumas empresas o histórico tem mais de 10 anos caso da panduit emc fluke networks e verint as quais atuam estrategicamente em diversas áreas com e para a cisco complementando soluções serviços e até arquiteturas o principal incentivo para investir nessas alianças é a dinâmica do mercado que compra e se abastece de soluções que fazem o negócio evoluir no caso das parcerias estratégicas como vmware emc furukawa panduit entre outras cada empresa pretende complementar a oferta para atender melhor nossos clientes relata o diretor de canais para jim daves diretor de vendas da américa latina da fluke networks a atuação em parceria exerce duas forças parceiro e integrador somos parceiros de desenvolvimento e construímos equipamentos de testes que se comunicam com dispositivos da cisco mas também treinamos parceiros com a cisco um relacionamento longo e que tem nos ajudado a realizar o trabalho de certificações das instalações de cobre fibra e wireless e beneficiado a cisco com a camada física ­ infraestrutura que se não está em boas condições degrada o desempenho dos equipamentos relata com a emc o relacionamento também é longo e welson barbosa diretor de negócios em cloud para américa latina da empresa afirma que a cisco é um dos parceiros mais estratégicos em 2009 quando surgiu o conceito de infraestrutura convergente nós decidimos que valeria a pena entrar nesse mercado e surgiu a vce welson barbosa da emc a cisco é estratégica na composição de soluções e a prova disso é a nossa joint venture que virou uma empresa em 2009 surgiu o conceito de infraestrutura convergente nós decidimos que valeria a pena entrar nesse mercado e surgiu a vce explica o executivo o gerente de alianças estratégicas da panduit mark hwang conta que o relacionamento entre as empresas inclui colaboração das áreas de engenharia e estratégia a panduit e a cisco desenvolvem soluções para infraestrutura física e arquiteturas para implementação das tecnologias da cisco colaboramos no lançamento de plataformas catalyst e nexus e somos patrocinadores do networking academy que habilita estudantes a projetar construir e realizar manutenção de redes com isso temos mais conhecimento das aplicações e tecnologias que nossos clientes implementam em seus ambientes de ti e nosso know-how em camada de aplicação plataformas de rede processamento e storage permitem melhores soluções para infraestrutura física e arquiteturas a parceria com a verint começou em 1998 quando a empresa produziu o primeiro gravador de voz e começou a instalar sistemas em clientes da cisco atuando como parceira de tecnologia hoje a verint é membro do cisco developer network cdn pelos investimentos na parceria não só garantimos que nossas tecnologias interoperem como os clientes esperam mas colaboramos para trazer novos recursos que não seriam possíveis se as empresas trabalhassem sozinhas afirma a empresa por meio da assessoria de imprensa · 14

[close]

p. 15



[close]

Comments

no comments yet