EDIÇÃO 40

 

Embed or link this publication

Description

Edição 40 Jornal Comunitário O samburá

Popular Pages


p. 1

o samburá barra de caravelas bahia ano iii ediÇÃo nÚmero 40tiragem 2.000 exemplares jornalosambura@gmail.com mensal período outubro/novembro 2012 homem de ação joão da padaria o empresário e morador de ponta de areia joão da padaria vem realizando durante muito tempo no distrito de ponta de areia pequenas atividades voltadas para a jardinagem que dão um colorido todo especial às ruas o município página 07 flic completa 12 anos de reativação creche modelo começa a ser construída na barra diante desses empecilhos a secretaria de obras municipal decidiu fechar a rua manoel maria da cruz e juntar outro terreno ao já adquirido aumentando assim sua abrangência porém com essa atitude chateou os moradores daquela localidade que acabaram ficando sem acesso à suas casas e juntos procuraram a promotoria pública entrando com uma ação contra a secretaria de obras para que se possam devolver a rua ou indenizar alguma propriedade em volta da construção que venha permitir novamente que essas pessoas tenham de volta o acesso livre a seus lares pág 06 nesta edição veja também editorial pág 02 cepene de caravelas foi apresentado em congresso pág 03 dragagem no canal do tomba pág 04 programa bolsa verde pág 05 edital de intimação pág 05 a sua primeira apresentação se deu no dia 29 de junho de 2001 festa de são pedro em barra de caravelas e apresentouse pela segunda vez na trezena do padroeiro de caravelas pág 03

[close]

p. 2

o samburá editorial chuvas fortes causam os mesmos problemas na barra de caravelas todos os anos ouvimos as mesmas coisas parece que o roteiro é o mesmo só muda o ator falam-se muito em implantação da rede de esgoto na barra porém passa o tempo muda prefeito vêm às chuvas e as ruas continuam sendo tomadas pelas águas e mais uma vez os moradores são expulsos de seus lares caso contrário serão também eles levados pela correnteza é isso mesmo porque os interiores de suas residências viram um grande rio portanto o que ouvimos são apenas promessas já falamos várias vezes aqui neste jornal trouxemos os moradores para fazerem seus apelos às autoridades e nada até hoje foi feito para se não sanar ou menos diminuir o problema É fácil lembrarmos que em uma oportunidade teve um determinado prefeito que trouxe a imprensa se juntou ao povo que ali estava vivendo mais um episódio triste de sua vida e este só faltou tomar banho na água barrenta e poluída que passavam pelas ruas e invadiam as casas naquela ocasião um leitor do samburá e morador da barra fez o seu apelo através de um texto que foi publicado na edição de numero ii em 2009 quero aqui novamente trazer esse texto para que os senhores possam fazer suas avaliações se três anos depois existe alguma mudança nessa situação _havia um burburinho o pessoal da santa cruz chegou referiam-se a tv o caos era total móveis casas ruas entre todo esse clima que aliás é recorrente em nossa comunidade um fato diferente observava-se o chefe do poder executivo municipal e grande comitiva juntos num esforço grande e repetitivo buscando uma solução imediata para o problema havia quem comentasse isso é plausivo vermos o prefeito encharcado mergulhado os pés e mãos literalmente na lama sim pensei os políticos são às vezes muito engenhosos e fazem esforços plausíveis para conquistar o assédio da população mas o fato é que havia um burrinho vocês viram o pessoal da santa cruz perguntaramme referindo-se ao pessoal da tv sim respondi mas não imaginavam que me referia aos que carregam a santa cruz de todos os dias na fila do sopão improvisado nas salas do colégio desabrigados das casas e ruas encharcadas e do que realmente necessitam luz e câmeras certamente não ação certamente sim cabal contundente definitiva ou do contrário cabe a nós perguntarmos até quando agora perguntamos o que mudou por que tanta exposição se na verdade não se chega a lugar nenhum infelizmente as ruas continuam alagando casa enchendo moradores desabrigados e mais uma vez descaso É a palavra que nós temos que conviver esperamos que algum dia a capa desse jornal traga a seguinte manchete finalmente chegou a barra o tão sonhado esgoto página 2 o samburá

[close]

p. 3

o samburá flic completa 12 anos de reativação ram o sr manoel sebastião músico maestro e natural de maceió para dirigir e coordenar os serviços da renascente filarmônica com a sigla flic filarmônica lira imaculada conceição a sua primeira apresentação se deu no dia 29 de junho de 2001 festa de são pedro em barra de caravelas e apresentou-se pela segunda vez na trezena do padroeiro de caravelas santo antonio patrocinada pela comunidade da barra no dia 10 de junho de 2002 levando aplausos da comunidade fazendo relembrar os áureos tempos da flic hoje a flic está tocando até fora do município parabéns instituição filantrópica fundada em 08 de dezembro de 1938 situada em barra de caravelas possui sede própria um dos seus grandes maestros foi o músico idial rocha por falta de apoio e na época do difícil acesso de deslocamento a filarmônica sentiu-se obrigada a ser desativada por várias décadas a comunidade barrense sentindo necessidade de apoio em suas festividades religiosas através de um grupo de religiosos resolveu pedir a reativação da filarmônica reativada e devidamente regularizada em 08 dezembro de 2000 trouxe resultados do cepene de caravelas foram apresentados em congresso novos estudos sobre espécies como caranguejo-uçá guaiamum e aratu após estadia em caravelas seguiu juntamente com ulisses scofield coordenador da base avançada do cepene dr anders schmidt e msc orlando galli para belém do pará onde participaram do vii congresso brasileiro sobre crustáceos no período de 11 a 14 de novembro neste evento dra diele e dr schmidt organizaram o seminário especial bioecologia pesca e gestão dos caranguejos explorados do manguezal que reuniu importantes pesquisadores de todo o brasil tendo-se como destaque a pesquisa desenvolvida em caravelas sobre os ritmos de andada do caranguejo-uçá em outra seção dr schmidt e dra diele palestraram sobre a facilitação intra -específicas do recrutamento do caranguejo-uçá ao longo de gradientes ambientais estudo que demonstrou a importância dos apicuns espacelados para a renovação da população de caranguejo-uçá e tamo samburá osscaranguejos de caravelas já ganharam fama nacional e internacional a base avançada do cepene em caravelas recebeu no período de 29 de outubro a 05 de novembro a phd karen diele titular da universidade de edimburgo napier escócia uma das maiores especialistas em caranguejos de manguezal do mundo além de conhecer a cidade de caravelas a resex do cassurubá e o parnam dos abrolhos este contou-se com cortesia da empresa horizonte aberto juntouse aos pesquisadores do cepene projeto manguezal na condução de bém participaram da mesa-redonda carcinologia e a gestão integrada de ambientes costeiros e oceânicos crustáceos como modelos biológicos onde apresentaram respectivamente as palestras conhecimento atual sobre caranguejos explorados do manguezal e sua aplicação para conservação e gestão pesqueira a importância da abordagem ecossistêmica e o papel das áreas protegidas de manguezal para a pesquisa conservação e uso sustentável de crustáceos a importante passagem da dra diele pela base avançada do cepene projeto manguezal e suas palestras em conjunto com a equipe desta unidade no referido congresso significará a continuidade da divulgação dos resultados obtidos em caravelas em artigos especializados e em eventos científicos na europa e países asiáticos onde a mesma atua É a ciência divulgando para o mundo caravelas e o projeto manguezal cepene patrocinado pela fibria página 3

[close]

p. 4

o samburá novo período de dragagem de manutenção do acesso ao canal do tomba a dragagem nada mais é do que a retirada de materiais depositados naturalmente no fundo do canal através da utilização de uma embarcação adaptada e seu descarte em uma área pré-estabelecida por determinação legal a área de dragagem e descarte dos sedimentos é considerada área de exclusão de pesca e deve ser respeitada durante os períodos em que a dragagem estiver ocorrendo portanto não lance redes de pesca na área de dragagem durante este período desta forma os acidentes poderão ser evitados por que a dragagem é necessária a dragagem é necessária para garantir a segurança da navegação de todas as embarcações que utilizam o canal do tomba em qual período será realizada a dragagem o período de dragagem está previsto para iniciar a partir de 15 de novembro de 2012 e terminar em 31 de março de 2013 em qual horário ocorre a dragagem as atividades de dragagem ocorrem de forma contínua durante 24h por dia sendo que em alguns momentos ela pode ser interrompida para que a embarcação seja além disto para garantir o cumprimento destes monitoramentos a empresa mantém uma equipe que acompanha de perto a realização dos trabalhos além da comissão de abastecida ou até mesmo para acompanhamento da dragagem onque sejam feitas manutenções de participam organizações não governamentais locais representantes existe autorização para realização da dos pescadores e representantes do dragagem governo icmbio e ibama a fibria recebeu do ibama a licença de operação 898/2009 que apresenta uma lista de condições para que a atividade possa ser realizada onde podem ser encontrados mais detalhes mais informações você encontra no terminal de barcaças da fibria localizado em caravelas ou no site existe algum tipo de monitoramento www.fibria.com.br e acompanhamento desta atividade desde o início da operação de dra você também pode contribuir para o gagem em caravelas a fibria monitoramento desta atividade caso mantém uma série de monitora você tenha alguma crítica sugestão mentos e programas ambientais ou denúncia entre em contato atracom o objetivo de verificar possí vés do canal de comunicação fale veis impactos ocasionados pela com a fibria que permite ligações atividade gratuitas por meio do número 0800283-8383 além do fale com a fibria pode-se ligar para a resex do cassurubá 73 3297-2258 ou 73 3297-2260 e também para o linha verde do ibama que também oferece ligações gratuitas pelo número 0800-618-080 ou pode-se enviar e-mail linhaverde.sede@ibama.gov.br o samburá página 4

[close]

p. 5

o samburá resex a resex do cassurubá beneficiará 28 familias da reserva extretivista do cassurubá com o programa bolsa verde o programa bolsa verde faz parte do plano brasil sem miséria e seu nome oficial é programa de apoio à conservação ambiental o programa é coordenado pelo ministério do meio ambiente mma e possui vários parceiros os objetivos do programa são · incentivar a conservação dos ecossistemas entendida como sua manutenção e uso sustentável · promover a cidadania · melhorar as condições de vida e elevar a renda população beneficiária e · incentivar a participação de seus beneficiários em ações de capacitação ambiental social educacional técnica e profissional para participar do programa a família deverá atender cumulativamente às seguintes condições programa bolsa verde encontrar-se em situação de extrema pobreza equivalente a renda per capita mensal de até r 70,00 estar inscrita no cadastro Único além das condições citadas acima as famílias deverão desenvolver atividades de conservação ambiental nas seguintes áreas · florestas nacionais reservas extrativistas federais e reservas de desenvolvimento sustentável federais administradas pelo icmbio · projetos de assentamento florestal projetos de desenvolvimento sustentável ou projetos de assentamento agroextrativista instituídos peloincra · territórios ocupados por ribeirinhos extrativistas populações indígenas quilombolas e outras comunidades tradicionais e · outras áreas rurais definidas como prioritárias pelo governo federal cumpridos estes requisitos a família deverá assinar o termo de adesão ao bolsa verde que especifica as atividades de conservação a serem desenvolvidas o programa bolsa verde efetua repasses trimestrais no valor de r 300,00 trezentos reais por meio do cartão do bolsa família durante o prazo de até dois anos este prazo poderá ser renovado o pagamento do benefício seguirá o calendário de pagamentos do programa bolsa família os beneficiários do bolsa verde que também são inscritos no bolsa família receberão os benefícios de forma conjunta a família será excluída do programa quando deixar de cumprir os requisitos para participar do bolsa verde estar em situação de extrema pobreza como e inscrita no cadÚnico descumprir atividades de conservação ambiental previstas no termos de ades ã o vier a ser habilitada para outro programa federal de incentivo à preservação ambiental o jornal comunitário o samburá está intimado pela exma sra dra nemora de lima janssen juiza de direito da vara cível da comarca de caravelas a ceder sempre que precisar um espaço para divulgações de editais neste jornal o samburá página 5

[close]

p. 6

o samburá creche modelo começa a ser construída na barra a presidente do brasil dilma rousseff lançou no dia 14 de maio de 2012 o novo programa do governo federal chamado de brasil carinhoso que tem o objetivo central beneficiar em torno de 2 milhões de famílias que tenham crianças de até 6 anos em sua formação um dos objetivos do governo é expandir o número de creches e pré-escolas no país os recursos destinam-se à construção e aquisição de equipamentos e mobiliário para as unidades de educação infantil na execução do programa o governo federal libera os recursos de forma progressiva 30 no momento da licitação mais 50 no início da obra quando 80 das obras estão concluídas são destinadas verbas para a aquisição do mobiliário escolar À prefeitura cabe oferecer o terreno para uma escola que atenda 240 crianças o terreno deve ter dimensão mínima de 40 por 70 metros quadrados para atender 120 crianças as medidas devem ser de 45 por 35 metros quadrados a transferência de recursos para a execução de projeto aprovado no âmbito do pac 2 ocorre por meio de termo de compromisso assinado pelos prefeitos e por preencher as exigências do projeto a cidade de caravelas foi contemplada com a construção de uma creche tipo a brasil carinhoso do governo federal o povoado escolhido para receber a obra creche foi a barra de caravelas porém o terreno adquirido pela prefeitura no primeiro momento não atendia aos requisitos do programa o espaço físico era insuficiente para atender a estrutura da creche modelo diante desses empecilhos a secretaria de obras municipal decidiu fechar a rua manoel maria da cruz e juntar outro terreno ao já adquirido aumentando assim sua abrangência porém com essa atitude chateou os moradores daquela localidade que acabaram ficando sem acesso à suas casas e juntos procuraram a promotoria pública entrando com uma ação contra a secretaria de obras para que se possam devolver a rua ou indenizar alguma propriedade em volta da construção que venha permitir novamente que essas pessoas tenham de volta o acesso livre a seus lares enquanto não sai a decisão da justiça os empreiteiros continuam a construção outro agravante é que o local onde está sendo construindo a creche tipo a não foi aterrado devidamente e com a chuva forte que caiu no povoado no último mês as primeiras paredes já foram tomadas pela água inclusive as ruas que dão acesso a creche será que esse o samburá realmente é o melhor lugar para se construir essa tão importante conquista para o povo barrense porém um dos termos do projeto arquitetônico exige que as escolas ou creches construídas ou reformadas devem garantir condições de acessibilidade com adequações que permitam o acesso e pleno atendimento a crianças com deficiência entre os itens indispensáveis estão a sinalização de entradas e saídas de todos os ambientes escolares de acordo com orientações da norma nbr 9050 da associação brasileira de normas técnicas abnt esse é um dos projetos que a comunidade da barra sempre sonhou agora uma vez que essa conquista foi alcançada é importante que sejam respeitados os direitos dos beneficiados que é o povo página 6

[close]

p. 7

o samburá homem de ação joão da padaria o empresário e morador de ponta de areia joão da padaria vem realizando durante muito tempo no distrito de ponta de areia pequenas atividades voltadas para a jardinagem que dão um colorido todo especial às ruas do município já foram feitas obras praticamente em toda cidade especialmente na estrada que liga caravelas ao distrito entre suas criações estão banco para descanso de pedestre em frente a praia do kitongo o banco do caroneiro que fica depois do trevo da fibria sentido aeroporto das conchas espaço para musculação ao lado da ponte mexendo com imaginário das pessoas criou o porto das garças uma alusão às garças que vivem em torno dos manguezais caravelenses um jardim na praça da rodoviária um outdoor com a foto do cantor milton nascimento painel que retrata a principal rua da comunidade além de muitas plantas ornamentais agora suas criações chegaram à barra de caravelas valorizando a cultura local joão contratou o jovem pintor e artista plástio samburá co laércio freitas para retratar em painel a antiga prática artesanal da pesca de rede grande a arte está exposta na praça ary leite na barra de caravelas por lá passam dezenas de pessoas durante todo o dia e podem não só admirar mas também conhecer um pouco da história local durante a edição desse jornal muitas pessoas nos procuraram para deixarem seus agradecimentos ao idealizador joão da padaria pela homenagem feita a comunidade da barra de caravelas página 7

[close]

p. 8

a melhor mensagem de natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida autor desconhecido desejamos a todos feliz natal feliz 2013 amarina antunes antonio emidio camila cajueiro cida macário corina melgaço ceça de yayá dadá souza jose esperidião jorge magalhães jorge oliveira marcia dos santos mª de lourdes p inácio marilene fgueiredo vanessa santana É amigo do samburá quem acredita na força da comunicação de base comunitária obrigado a todos por nos ajudar a produzir e divulgar esse importante veículo de comunicação da comunidade de barra de caravelas amigos do samburÁ o jornal comunitário o samburá surgiu entre um grupo de jovens da pequena comunidade de pescadores e pescadoras artesanais de barra de caravelas em 2009 e hoje tem distribuição gratuita mensal de 2.000 exemplares em toda região de caravelas para saber mais visite o blog http jornalcomunitarioosambura.blogspot.com ou entre em contato jornalosambura@gmail.com diagramaÇÃo robson falcão reportagem adriene coelho e edvaldo souza imagens girlândia rodrigues edvaldo souza supervisÃo antônio emídio colaboradores nesta edição resex do cassurubá fibria e cepene.

[close]

Comments

no comments yet