Jornal Empresários

 

Embed or link this publication

Description

Novembro_web/2012

Popular Pages


p. 1

maÇonaria caderno especial www.jornalempresarios.com.br novembro de 2012 fotos bruno de menezes uma sessão magna pública foi realizada em comemoração dos 140 anos da loja maçônica união e progresso que contou com a presença de maçons do quadro e convidados os 140 anos da loja união e progresso a loja maçônica união e progresso foi fundada em 8 de novembro de 1872 e é a mais antiga do estado o dia 7 de novembro foi realizada no cerimonial le buffet grande recepção para os irmãos do quadro familiares e convidados em comemoração aos 140 anos da loja união e progresso o salão estava decorado com símbolos maçônicos ­ as colunas zodiacais a corda de 81 nós o esquadro e o compasso o farto coquetel foi abrilhantado pela orquestra dom américo o vepedro josé gomes da silva é o atual venerável mestre da união e progresso chada original a partir da década de quarenta aumenta seus membros e as atividades beneficentes ao longo dos 140 anos de sua existência a loja sempre conta em seus trabalhos com a participação de pessoas fraternas que hoje emprestam seus nomes a diversas entidades maçônicas no estado a história da loja união e progresso sintetiza o percurso da maçonaria em vitória e no espírito santo n nerável pedro josé gomes da silva pronunciou bonita alocução relativa ao evento na quinta-feira dia 8 de novembro ocorreu uma sessão magna pública foto para assinalar o 140º aniversário de fundação da loja no trono de salomão estavam o venerável pedro josé gomes da silva presidindo a sessão o grão-mestre geral do grande oriente do brasil soberano irmão marcos josé da silva e o grão-mestre estadual do gob-es irmão américo pereira rocha o comparecimento dos irmãos do quadro e familiares foi muito grande inúmeros maçons de outras lojas também estavam presentes no tempo de estudos o irmão genício mendonça de amorim proferiu proveitosa palestra discorrendo sobre a história da loja e narrando alguns episódios de que participou em seguida fo ram conferidas distinções maçônicas a vários irmãos da união e progresso após a cerimônia foi servido um coquetel no restaurante da loja a história da loja união e progresso começa com sua fundação em 8 de novembro de 1872 ­ é a mais antiga do estado depois de ocupar imóveis alugados inaugura sua sede atual em 5 de julho de 1913 o templo reformado em várias ocasiões conserva a fa-

[close]

p. 2

2 novembro de 2012 vitÓria/es fotos bruno de menezes 12 anos 1 2 3 4 na noite do dia 7 o venerável mestre loja maçônica união e progresso pedro josé gomes da silva recebeu membros e convidados para o coquetel em comemoração aos 140 anos fundação da loja que contou a presença do soberano grão-mestre marcos josé da silva e de representantes do grande oriente da itália no dia 8 aniversário da fundação da loja união e progresso foi realizada uma sessão pública comemorativa com de 224 presenças de irmãos do quadro e convidados e helal que 94 anos é um 1lea aosconstanteen assíduo frequentador da loja união e pro 5 6 gresso ao lado de pedro gomes da silva e iane rogger gaggiato vice-côn2sul dadaitália no espíritodasanto membro loja cavaleiro justiça gennaro zanfardino representante do grande oriente da itália para o espírito santo stefano paolini da loja união e progresso e romano sciarretta presidente da segunda seção do superior tribunal maçônico do grande oriente da itália tutti buona gente jesus de souza o zinho e luciano trabalha3josÉorganizaçãopetrieventozeram na do no 7 8 9 10 le buffet garantindo o brilho da festaanimadapelabandadomamérico com a esposa maria iracema 4humberto da silva neto mestre elvi elias duailibi reuniu 5o ex-venerÁvelmesauma animada turma em sua e estava acompanhado por regina ronchi genício de amorim tem a seu lado 6o irmÃoquemuitomendonça naa esposa laís foi aplaudido noite do dia 8 quando apresentou um trabalho sobre os fatos históricos envolvendo a loja união e progresso 11 12 13 ericsson marcel tem a lado a es7pinto queregina.seusalazaro posa sandra ele ocupa cargo de primeiro vigilante da união e progresso lima o mais descontraído irmãos união pro8nelindosao lado daesposaesydgresso tem a neia marcelo rossoni dos homenageados e rece9umtítulo de beneméritofaria foi beu o estadual da ordem ao lado da esposa regina lucia 14 pedro alves de to o a esposa 10lucia pepeu commelo nemaria soberano marcos silva veio de 11o para ajosé dagrão-mestre brasília comemoração dos 140 anos da união e progresso teixeira na e a esposa 12o irmÃo edgarluzia sera soares ao lado de ma13sÉrgio roberto ferreiria sua esposa 15 16 17 e a esposa neidh 14luizarturmonteirocruz o venerÁvel mestre da loja joacy 15costalonga e palhano alvim josé sua esposa elizabeth alvim foi iniciado na união e progresso ondefoi membroatuante tendo ocupado com brilhantismo o importante cargo de orador murilo zampirolli mon16teiro posou para fotografia com o segundo vigilante da união e progresso marcelo luiz chiabai e cristiane frauches chiabai eterno venerávelmestrecésarronaldoviei17o nossoesposa regina ra gomes e sua

[close]

p. 3

12 anos fotos bruno de menezes vitÓria/es novembro de 2012 3 gabriel leônidas dos arcos rodrigues entrega homenagem a waldemar gracelli homenagens prestadas por ocasião da passagem dos 140 anos de fundação da loja maçônica união e progresso o grande oriente do brasil ­ espírito santo gob-es resolveu prestar diversas homenagens no recinto dessa oficina mais do que centenária o grão-mestre estadual do gob-es irmão américo pereira rocha e sua diretoria tomaram a iniciativa de acordo com os regulamentos e estatutos da sublime ordem as homenagens consistiram na entrega de medalhas e diplomas a maçons e pessoas ilustres que contribuíram para o engrandecimento da maçonaria em geral e para a valorização da loja união e progresso em particular cinco irmãos do quadro foram agraciados com a comenda da ordem de mérito domingos josé martins a mais alta condecoração conferida pelo gob-es e respectivo diploma sob os aplausos dos presentes três deles receberam a comenda por terem comparecido à cerimônia os irmãos hélio djalma carvalho josé alberes da silva e waldemar gracelli o título de perfeição maçônica foi entregue aos irmãos cesar ronaldo vieira gomes e antonio rodrigues de albuquerque sobrinho o irmão nelson josé moschen recebeu o título de mérito maçom estadual mesma distinção conferida ao irmão fernando antônio de moraes achiamé finalmente a medalha de benemérito estadual da ordem junto com o ato concessivo foi entregue ao irmão marcelo luiz rossoni faria já que os outros agraciados estavam ausentes da sessão stefano paolini entre gennaro zanfardino e romano sciarretta maçons da itália prestigiaram evento nos festejos dos 140 anos da loja união e progresso marcaram presença dois maçons do grande oriente da itália o irmão gennaro zanfardino da rl giosuè carducci nº 824 oriente de follonica itália representou condignamente o grande oriente da itália nas celebrações do aniversário de fundação da união e progresso o irmão romano sciarretta da loja roberto mantilacci oriente de terni na itália também esteve presente aos eventos dos dias 7 e 8 de novembro por outras vezes o eminente irmão já assistira a sessões de trabalho em nosso templo na sessão magna pública esses dois ilustres irmãos italianos manifestaram-se com palavras fraternas agradeceram o convite para estarem presentes às cerimônias e transmitiram os cumprimentos de suas lojas aos membros da oficina aniversariante à qual desejaram constante prosperidade deve-se ressaltar que o querido irmão stefano paolini membro atuante do quadro de nossa loja acompanhou com dedicação seus compatriotas fernando achiamé recebendo três medalhas do ex venerável cesar ronaldo genÍcio mendonÇa de amorim memórias da loja união e progresso 1 ­ o que é maçonaria É uma instituição essencialmente filosófica filantrópica educativa e progressista prega a prevalência do espírito sobre a matéria 2 ­ a augresploja união e progresso nº 236 foi fundada em 08/11/1872 pelo irdr miguel maria de noronha feital a boa semente plantada naquela ocasião continua produzindo bons frutos através dos tempos na época de 1930 quando getúlio d vargas presidia o brasil a maçonaria era muito perseguida pelos integralistas que inclusive ameaçavam invadir nosso templo porém lá estavam alguns irmãos ­ dentre eles meu saudoso pai genésio mendonça de amorim ­ que faziam a guarda armada no local pra evitar que uma possível tragédia acontecesse fui iniciado em 26/08/1972 portanto 100 anos após a fundação desta querida escola onde estão verdadeiros formadores de opinião foi inesquecível a festa do centenário realizada no teatro carlos gomes e revestida de toda a pompa que o evento merecia e exigia 3 12/07/78 ­ fundação do gror da maçonaria no e santo gomes hoje denominado grordo brasil no e santo gob-es a sessão de criação do gob-es foi realizada no templo da união e progresso mas funcionava provisoriamente no ed heitor lugon passando depois para ambiente mais amplo no ed renata 4 ­ 1979 ­ fortes chuvas provocaram grande enchente no rio doce região norte do nosso estado especialmente em linhares diante da gravidade da situação toda nossa loja mobilizou-se promovendo grande mutirão para socorrer os flagelos buscava-se onde fosse possível algum auxílio roupas calçados lençóis alimentos remédios etc nosso departamento feminino abraçou a causa e nossas cunhadas reuniamse diariamente com suas máquinas de costura e outros apetrechos para costurar roupas remendálas e providenciar acabamentos separavam alimentos calçados e remédios destinados aos necessitados as reuniões realizavam-se no único local disponível na entrada principal do nosso prédio a motivação foi enorme razão pela qual o departamento feminino realizou um belíssimo trabalho de solidariedade humana 5 ­ 15/05/1992 ­ aconteceu a construção em condomínio do prédio onde funcionam além de nossa sede o gob-es a delegacia litúrgica e o restaurante atual a delegacia litúrgica utilizavase das instalações da união e progresso esta grande obra foi executada na administração do vemmestre ronaldo negreiros lyrio quando irmão eval galazzi ocupava o cargo de grão mestre estadual histÓrias recentes 1 ­ na administração do vemmestre cesar ronaldo vieira gomes foi criado o museu maçônico da loja trabalho de fôlego para resgate de nossa história vale lembrar que este museu constitui-se hoje em um ponto turístico aberto ao público por solicitação da prefeitura municipal de vitória 2 ­ criação da ação social maçônica na gestão do ven estre hélio soares da luz sodré um grande irmão sempre voltado para as causas sociais uma iniciativa de alto alcance e que atendeu a milhares de pessoas nas suas mais diversas necessidades genício mendonça de amorim é mestre maçom iniciado em 26/08/1972 na loja união e progresso sendo uma loja centenária a história da união e progresso confunde-se com a própria história da maçonaria no e santo genício mendonça de amorim agosto de 1988

[close]

p. 4

4 novembro de 2012 vitÓria/es 12 anos fábio pelegrini antonio r albuquerque nicanor da m rodrigues constanteen helal osly ferreira da silva dário giestas soares elpídio f dos reis e gabriel dos arcos rodrigues conhecem a história da loja muita história para contar a foto acima mostra os membros conhecidos como colunas do templo referências positivas para aprendizes companheiros e mestres oda instituição no decorrer de sua história possui membros que se distinguem pela dedicação que prestam para seu engrandecimento referida situação não se manifesta diferente no caso das entidades maçônicas e também da nossa loja ao longo dos seus já extensos 140 anos de vida a união e progresso sempre possuiu em seu quadro de obreiros irmãos que souberam levá-la a bons destinos com determinação coragem e devotamento a esses irmãos a tradição maçônica se refere como colunas do templo numa analogia às colunas que o sustêm seja do ponto de vista físico seja principalmente no que diz respeito ao plano simbólico na atualidade a união e progresso conta com muitos e veneráveis desses irmãos-colunas eles se salientam não somente por sua antiguidade como membros da loja mas também por manterem com ela um vínculo fiel e participativo por se constituírem em nossa reserva moral eles se apresentam como referências positivas para todos os aprendizes companheiros e mestres pelo seu modo de agir tanto na vida profana quanto na maçônica da esquerda para a direita mencionemos os irmãos-colunas que posaram para a foto no restaurante da loja no dia 8 de novembro após a sessão magna pública t o irmão fábio pellegrini comerciário iniciado na loja domingos martins de vitória es em 7 de setembro de 1964 e filiado na loja união e progresso em 26 de março de 1966 durante muitos anos foi porta-bandeira em nossa oficina o irmão antônio rodrigues de albuquerque sobrinho antigo comerciante em vitória foi iniciado na loja em 16 de julho de 1987 o irmão nicanor da motta rodrigues advogado tendo feito sua carreira na empresa espírito santo centrais elétricas s/a ­ escelsa foi iniciado na loja em 11 de maio de 1978 o irmão constanteen helal que já foi venerável da loja atualmente com 94 anos de idade e 67 de maçonaria é o mais antigo do grupo pois iniciado na união e progresso em 13 de junho de 1945 o irmão osly da silva ferreira desembargador aposentado foi presidente do tribunal de justiça do estado no biênio 1990-1991 iniciado em nossa loja em 20 de setembro de 1979 o irmão dario giestas soares que trabalha para companhia de seguros teve sua iniciação na união e progresso em 11 de dezembro de 1970 o irmão elpídio furtado dos reis servidor estadual aposentado foi iniciado na loja em 5 de agosto de 1967 o irmão gabriel leônidas dos arcos rodrigues advogado iniciado na união e progresso em 25 de outubro de 1972 que se distingue por ter sido venerável da loja em duas gestões e grão-mestre estadual da ordem todos esses irmãos têm muitas histórias para contar sobre a trajetória da união e progresso nas últimas décadas e eles não se recusam a repeti-las em conversas informais geralmente nos ágapes que sucedem às sessões da loja os relatos abordam antigas e exitosas iniciativas para praticar a filantropia que tiveram como objetivo ajudar irmãos do quadro ou pessoas necessitadas da sociedade capixaba e os depoimentos que narram fatos negativos também são úteis para apontar os caminhos trilhados para superá-los o jornal empresários® empenhado em registrar para a posteridade o comparecimento dos irmãos-colunas nos festejos dos 140 anos da loja união e progresso reuniu em uma foto histórica aqueles presentes à sessão magna pública do dia 8 de novembro deve-se notar que outros irmãos que também merecem essa distinção de colunas do nosso templo deixaram de ser aqui mencionados por não terem comparecido àquela cerimônia ou já terem se ausentado quando a foto foi feita obrigado zezinho na loja união e progresso quem não conhece o irmão josé jesus de souza o popular irmão zezinho a partir da loja maçônica mais antiga do estado em funcionamento o irmão zezinho realiza boa influência sobre os membros da sublime ordem orienta os neófitos em suas dúvidas acerca da ritualística estabelece benéfico contato dos maçons com a delegacia litúrgica do supremo conselho do rito escocês antigo e aceito reaa presta seus serviços para organizar banquetes e cerimônias maçônicas e outras atividades enfim se constitui numa pessoa sempre presente na vida da loja nos eventos que marcaram a passagem dos 140 anos de fundação da loja união e progresso o irmão zezinho se desdobrou nas providências para que tudo ocorresse a tempo e a hora e com a correção e o brilho devidos no que se refere à grande recepção que aconteceu no cerimonial le buffet no dia 7 de novembro o irmão zezinho caprichou ­ providenciou a requintada decoração com diversos símbolos maçônicos a distribuição de convites para os irmãos além de inúmeras outras medidas que seria cansativo enumerar sempre trabalhando em perfeita sintonia com a diretoria da loja que não mediu esforços para que a passagem do aniversário da união e progresso fosse marcante o irmão zezinho chegou mesmo ao cuidado de nas mesas do cerimonial dispor os irmãos familiares e convidados de acordo com suas afinidades de forma que o congraçamento se desse num nível fraterno e isso somente pode ser feito por quem vivencia o dia a dia da loja na sessão magna pública ocorrida em 8 de novembro a contribuição do irmão zezinho estava por toda parte desde a convocação dos irmãos a serem homenageados para que apresentassem os documentos necessários até a decoração da loja a arrumação do átrio e as providências para o oferecimento do coquetel por tudo isso devemos proclamar em alto e bom som obrigado irmão zezinho É publicado por nova editora empresa jornalística do espírito santo ltda me jornalista responsável textos fernando antônio de moraes diagramação márcio carreiro marcelo luiz rossoni faria achiamé e genício mendonça de amorim fotografias bruno de menezes

[close]

Comments

no comments yet