Revista Digital ACLAC - 10ª Edição

 

Embed or link this publication

Description

Revista Digital ACLAC pertencente à Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo - RJ

Popular Pages


p. 1

1

[close]

p. 2

acadÊmicoa adquira você também a pelerine da aclac 65 reais 35 reais do sedex um livro total r 120,00 2 contatos pelo e-mail poesiarte@hotmail.com

[close]

p. 3

visÃo acadÊmica por rodrigo octávio pereira de andrade rodrigo poeta poeta professor pesquisador e presidente da aclac gotas do movimento poesiarte a origem o movimento poesiarte nasceu na itália na década de 70 do século xx em 1975 na cidade de firenze ocorreu o primeiro movimento poesiarte congregando poetas artistas plásticos e outros artistas de tendências diversas o poeta que se destaca é pietro civitareale que apresenta hobgoblin em 1975 no poesiarte de firenze vejamos um trecho do poema os pássaros de maio de pietro civitareale os pássaros de maio dão cumprimento ao sol por vários anos o movimento teve força em firenze no século xxi o movimento poesiarte se instalou com força na cidade de milão o primeiro poesiarte de milano foi realizado no dia 28 de junho de 2004 tendo como destaque o poeta giuseppe scarfiglieri que escreveu o poema poesiarte a voz da alma em 2006 o movimento em sua visão tem como intuito congregar a poesia com a arte outro poeta que se destaca na itália no movimento poesiarte é o poeta pietro emilio franchioli que fortalece a associação da poesia com as artes plásticas a poesiarte no brasil no brasil quem trouxe essa tendência foi a poeta curitibana livia tucci ao realizar na década de 90 o projeto poesiarte mensalmente em sua cidade outro poeta que se destaca é o poeta cabo-friense rodrigo octavio pereira de andrade rodrigo poeta que começou a desenvolver a doutrina poesiarte a partir de 2002 em cabo frio criou o blog poesiarte em 2005 com o endereço www.poesiarte.blogspot.com escreveu o manifesto poesiarte em 2005 vejamos na íntegra 3

[close]

p. 4

manifesto poesiarte a poesiarte nasceu da imagem floresceu na linguagem oral dos tempos até a escrita magistral que é imortal a poesiarte é arte dos versos das estrofes da livre e presa poesia pela rima ou não a poesiarte é o descrever o narrar o cientificar o informar o dissertar sobre a vida humana no seu habitat a poesiarte é matéria É cosmos é utopia É ilusão sonho e nostalgia a poesiarte é parte de um todo que se parte em mil átomos de impulsos do abstrato a poesiarte é mística É hístória é essência É filosofia anti-platão a poesiarte é do povo É um manifesto rico de linguagens a poesiarte é simultânea complexa meio jamais mas fim de um tudo ao servir do escravo que é o poeta e vice-versa ou não 4

[close]

p. 5

realizou o i° concurso poesiarte em 2007 com o apoio do jornal o popular da costa do sol de iguaba grande-rj o concurso teve 175 participantes de todo o brasil e com participações internacionais de poetas de portugal e japão criou também em 2005 a comunidade poesiarte no orkut uma rede de relacionamentos da internet tem um livro no prelo de nome poesiarte que reúne poemas de sua autoria desde 1997 a 2007 outros poetas brasileiros que se destacam são o poeta nordestino gustavo dourado que cita o nome do movimento em uma de suas poesias e o brasiliense morvan ulhoa que é um poeta poesiarte completo por ser artista plástico e ao mesmo tempo fazedor de versos vejamos um poema de sua autoria o processo se os encantos do absurdo habitam-me todos os cantos vasculho praga seus castelos e encontro kafka nas águas góticas do rio vltava a poesiarte na amÉrica do sul o poeta uruguaio césar horácio espinosa cria em 2007 um blog de divulgação artística com tendências ao movimento poesiarte É criado em 2005 o site www.poesiarte.com que fica por dois anos no ar divulgando os grandes e novos talentos da poesia da américa latina espanhola a poesiarte no continente africano o poeta afonso vaz vassoa da cidade de maputo mocambique se destaca como nome forte do movimento poesiarte no continente africano escreve o poema poesiarte em 2003 vejamos o poema na íntegra 5

[close]

p. 6

poesiarte quem não toca nas raízes do teu id só cheira os teus contrários como eu tenho só a ti nos meus inventários mergulho-te e defendo o teu ego com profundos repertórios sei que plantas e colhes penetrantes verdades e ajudas na remoção de mortíferas paredes por isso sempre brilhas e nunca perdes o que seria deste invertido e dilacerado mundo se não incorporasses no centro do teu oriundo as artes e as poesias que amenizam o imundo a tua valente e luminosa arte antes de se introduzir na comunidade dos terços É molhada por poesias magnéticas da tua alma forte a tua ardente e envolvente poesia antes de regar atrofiados universos É concebida por artes pragmáticas da convivência 6

[close]

p. 7

Índice cuidado com as críticas poesias diversas ser feliz o poder das palavras tardes de domingo galeria aclac entrevista com o presidente da aclac rodrigo poeta 1ª antologia digital diplomação e comemoração do aniversário do patrono pÁg 10 pÁg 12 pÁg 20 pÁg 22 pÁg 24 pÁg 26 luciana silva é homenageada pÁg 44 lançada antologia farol literarte homenagem a marcelo oliveira fotografia cabo frio entrevista iva maria o que é amar uma mulher pÁg 46 pÁg 48 pÁg 50 pÁg 88 pÁg 94 pÁg 95 pÁg 32 pÁg 40 pÁg 41 caricaturando expediente fundada em 12 de dezembro de 2005 no município de arraial do cabo/rj patrono cecílio barros pessoa símbolo o farol cores azul e amarelo end rua campos salles nº 11 centro cep 28930-000 arraial do cabo rj e-mail aclac.academiadearraialdocabo@gmail.com site http aclacademiacabista.blogspot.com endereço postal para presidente acadêmico rodrigo o pereira de andrade rua jorge lóssio nº 1.478 bairro vila nova cidade cabo frio/rj cep 28907-015 diretoria para o biênio 2012/2013 presidente rodrigo octavio pereira de andrade vice-presidente wenceslau da cunha secretário executivo fernando luiz de lima secretário mateus azevedo gago diretor de biblioteca e patrimônio adari lacerda tesoureiro nélio aguiar diretor de comunicação tony fonseca diretora do centro de estudos e pesquisa luciana netto conselho fiscal sotero t souza normando cardoso e reinaldo martins fialho colaboradores roldão aires fernando aires antonio francisco cândido josé luiz zel humor alex feitosa editado por fernando aires mtb 45.161-sp portal r.a.j www.portalraj.com.br 7

[close]

p. 8

antologias revistas e muito mais a 10ª edição digital da revista aclac traz duas ótimas entrevistas uma com o presidente desta entidade o confrade rodrigo octávio pereira de andrade que faz uma balanço de sua gestão apontando também algumas mudanças em 2013 a segunda com a radialista e artesã iva maria carvalhaes que conta um pouco sobre sua arte que tem como base as conchas das praias de arraial trabalhos inspirados na arte e cultura indígenas da região dos lagos há ainda artigos poesias e contos preciosos de grandes poetas e escritores como luciana netto ferreira gullar dhiogo josé caetano roldão aires sonia nogueira além é claro da galeria aclac e da seção de fotojornalismo cabo frio mais uma edição para se apreciar sem qualquer moderação edição ix ano i agosto de 2012 cabo frio-rj como você nunca viu na página 48 comentários do leitor gostei muito da entrevista de weslei mostra o quanto temos pelo brasil a fora artistas tão talentosos e que muitas vezes não encontram o devido reconhecimento nem espaço na mídia melhor ainda é saber que veículos como esta revista lhes dão o devido valor e respeito roberto valentin jornalista rs linda edição parabéns a todos pela revista daniel oliveira escritor em sp uma bela iniciativa flávio machado membro da aclac em rj a revista digital aclac faz um trabalho de expansão literária na divulgação dos seus membros acadêmcos ou correspondentes com igual valor vejo neste trabalho o brilhantismo dos textos variados quer em prosa ou em verso enriquecendo a cultura e a arte de forma contínua na forma e bom gosto sonia nogueira membro da aclac no ce 8

[close]

p. 9

atenÇÃo acadÊmicos artigo do regimento interno que deve ser cumprido pelos correspondentes e honorários art 6º os correspondentes e honorários deverão respeitar os seguintes parágrafos deste artigo i divulgar a entidade em sua cidade e em todo território nacional e possivelmente no exterior ii usar a logo marca da entidade mas somente para cunho cultural iii a divulgação pode ser em meio de comunicação como jornal impresso eventos a serem realizados tv internet e outro meio que possa levar o nome da entidade iv nunca usar o nome da entidade em vão v sempre que possível enviar ao endereço da academia livros cds fotos obras de arte cartazes que divulgam a sua arte com a logo da entidade podendo ser aceito via e-mail caso não possa enviar a postagem vi aos que receberem o diploma via e-mail deverão imprimir e tirar uma foto para ser enviada a entidade vii como nossa entidade não cobra ônus ao membro correspondente ao membro honorário ambos acadêmicos dependentes de título deverão fazer um relatório todo ano para mostrar sua atuação em favor da entidade viii o membro correspondente e honorário será divulgado no blog da entidade e por outros meios de comunicação ix poderá participar de antologias de encontros culturais fazer palestras e terá toda à logística caso venha à sede da entidade em arraial do cabo para ser divulgado tanto o seu nome como o seu trabalho x ao fazer o juramento passará ser um imortal correspondente ou honorário da academia tendo sua cadeira perpétua só perderá sua honraria caso não se comunicar-se durante um ano com a entidade usar o nome da entidade se não for para fins culturais morte ou por falta de decoro xi só serão aceitas inscrições para o quadro de membro correspondentes artistas que não residam na região dos lagos xii os escolhidos para serem membros honorários poderão ser de qualquer cidade brasileira e estrangeira serão escolhidos pelos seus trabalhos desenvolvidos nas letras artes e ciências rodrigo octavio pereira de andrade presidente da academia cabista de letras artes e ciências de arraial do cabo-rj visite o blog da entidade sua foto e dados agora constam lá segue o link aclacademiacabista.blogspot.com 9

[close]

p. 10

conhecendo a arte cuidado com as críticas por roldão aires acadêmica honorário de são paulo/sp albercht durer quem se principia a conhecer e a entender o universo da arte geralmente tem dificuldade de estudo da lebre 1502 assimilar a capacidade do artista e sua forma de retratar as coisas como ele vê no mundo esta que pode ou não estar de acordo com as nossas ideias nestas horas é bem comum encontrarmos até uma certa vaidade por trás de alguns comentários nada construtivos assim algumas pessoas gostam de pinturas e desenhos que se aproximam ao máximo da realidade não se pode negar que estejam certas nestes casos o artista terá que ter habilidade e capacidade de reproduzir o mais fiel possível o mundo que é visível a todos mas será que apenas o que se parece real é arte no passado os grandes artistas pintavam com tamanha exatidão colocando até certos pormenores que a muitos passavam despercebidos como o artista albrecht dürer fez quando pintou apenas um estudo de uma lebre este é o exemplo maior de paciência e habilidade mas por outro lado teríamos alguém capaz de dizer que o elefante desenhado por rembrandt seja menos perfeito ou tenha menos detalhes na realidade rembrandt tinha algo de mágico consigo 10 rembrandt estudo elefante

[close]

p. 11

pois no elefante notamos a pele rugosa do animal a cada traçado mais forte dado pelo artista porém não é o desenho em si que aborrece os admiradores das coisas que parecem ou não reais o que tais admiradores abominam nas obras seriam as chamadas imperfeições no desenho ou na técnica sobretudo no período moderno onde o artista experimenta mais intensamente algo novo contudo caros amigosas não existem mistérios sobre estas distorções por exemplo quem gosta dos filmes da disney ou lê histórias em quadrinhos sabe que o artista às vezes tem que distorcer determinadas coisas desta forma mickey em nada se parece com um rato mas não há quem se importe com o pablo picasso 1941 despropósito da figura ou do tamanho de sua cauda isto porque os que gostam da disney galinha com pintos não vão se importar em ver ou não arte com a maiúsculo mas muitos assim que virem uma obra moderna de um artista certamente irão achá-lo incapaz de fazer coisa melhor quer um outro exemplo então está certo picasso que fez uma galinha perfeita com seus pintinhos fez também um galo de forma caricata ­ uma caricatura convincente quem poderá julgar que uma seja mais arte do que a outra quem irá se atrever a dar nota ou classificar uma vez que ambas são apaixonantes cada qual têm o seu valor artístico em razão do seu estilo o que torna o universo da arte ainda mais especial e cativante assim todo cuidado é pouco na hora de criticar existem perguntas que deveriam ser feitas antes de proferirmos os comentários não sabemos quais os motivos levaram o artista a elaborar sua obra desse jeito a verdade é que nós nunca devemos condenar um artista por acharmos a sua obra incorretamente desenhada a menos que tenhamos a plena certeza de estarmos certos e o artista por sua vez errado galo 1938 pablo picasso 11

[close]

p. 12

o sol de verão acadêmico emérito da aclac em arraial do cabo/rj por reinaldo martins fialho o seu fulgor no horizonte quanta beleza encerra traz vida alegria e tanto o esplendor de viver na terra que beleza quando vimos saindo do mar o horizonte fica rubro parecendo ouro o sol quando sai parece que está rindo sol tu és a vivência de tudo és o nosso tesouro no ocaso quando à tardinha no mar entra deixa muitas saudades na gente o dia que vai ficando tudo vai escurecendo o negro véu cobre a terra notamos a noite chegando namorados abraçados aproveitam a escuridão deitados na relva beijam-se e trabalham suas mãos ali bem perto um grito canta para eles é como se fosse uma canção 12

[close]

p. 13

você membro honorário da aclac rj por ferreira gullar você é mais bonita que uma bola prateada de papel de cigarro você é mais bonita que uma poça dágua límpida num lugar escondido você é mais bonita que uma zebra que um filhote de onça que um boeing 707 em pleno ar você é mais bonita que um jardim florido em frente ao mar em ipanema você é mais bonita que uma refinaria da petrobrás de noite mais bonita que ursula andress que o palácio da alvorada mais bonita que a alvorada que o mar azul-safira da república dominicana olha você é tão bonita quanto o rio de janeiro em maio e quase tão bonita quanto a revolução cubana 13

[close]

p. 14

paz na terra membro correspondente da aclac no japão por edweine loureiro na líbia tunísia e egito ouvem-se os gritos contra a opressão e as lágrimas dos aflitos na somália e no japão treme a terra eclodem as guerras e em meio a preces o homem com fome tenta ver o futuro mas tudo lhe parece tão escuro deus onde escondeste o futuro nota poema que obteve o 2° lugar no concurso literário de nordestina ba e foi um dos finalistas no v concurso poesiarte 14

[close]

p. 15

finados membro titular da aclac em arraial do cabo/rj por sotero t de souza se no dia de finados flores é sua preocupação transforme-as em alimento dando aos pobres muito pão se você quer comprar flores para alguém que já morreu alimente seu irmão que nesse dia não comeu a flores colocadas em cima de lousa quente ficam secas perdem vida murcham logo de repente elas são tão delicadas sofrem até com o transporte vieram alegrar a vida e não enfeitar a morte mas se quer realmente seu ente agradar transforme-as em pães para a fome amenizar mande as flores em pensamento sem tristeza e sem queixume porque essas ele recebe orvalhadas e com perfume 15

[close]

Comments

no comments yet