Protótipos Didáticos para os multiletramentos

 

Embed or link this publication

Description

Roxane, Rojo

Popular Pages


p. 1

série estratégias de ensino 29

[close]

p. 2

série estratégias de ensino 1 2 3 4 5 6 7 8 9 o ensino do espanhol no brasil joão sedycias [org português no ensino médio e formação do professor clecio bunzen márcia mendonça [orgs gêneros catalisadores letramento e formação do professor inês signorini [org a formação do professor de português que língua vamos ensinar paulo coimbra guedes muito além da gramática por um ensino de línguas sem pedras no caminho irandé antunes ensinar o brasileiro respostas a 50 perguntas de professores de língua materna celso ferrarezi semântica para a educação básica celso ferrarezi o professor pesquisador introdução à pesquisa qualitativa stella maris bortoni-ricardo letramento em eja maria cecilia mollica marisa leal 10 língua texto e ensino outra escola possível irandé antunes 11 ensino e aprendizagem de língua inglesa conversas com especialistas diógenes cândido de lima [org 12 da redação escolar ao texto um manual de redação paulo coimbra guedes 13 letramentos múltiplos escola e inclusão social roxane rojo 14 libras que língua é essa audrei gesser 15 didática de línguas estrangeiras pierre martinez 16 a sentença e a palavra estudo introdutório ronaldo de oliveira batista 17 coisas que todo professor de português precisa saber luciano amaral oliveira 18 gêneros textuais ensino a paiva dionisio a r machado m a bezerra [orgs 19 as cadeias do texto construindo sentidos cláudia roncarati 20 produção textual na universidade désirée motta-roth graciela rabuske hendges 21 análise de textos fundamentos e práticas irandé antunes 22 dicionários escolares políticas formas usos orlene lúcia de sabóia carvalho marcos bagno [orgs 23 inglês em escolas públicas não funciona uma questão múltiplos olhares diógenes cândido de lima [org 24 dicionários na teoria e na prática como e para quem são feitos claudia xatara cleci regina bevilacqua philippe humblé 25 gêneros textuais reflexões e ensino acir mário karwoski beatriz gaydeczka karim siebeneicher brito 26 letramentos de reexistência poesia grafite música dança hip-hop ana lúcia silva souza 27 pesquisar no labirinto a tese um desafio possível francisco perujo serrano 28 o território das palavras estudo do léxico em sala de aula irandé antunes 29 multiletramentos na escola roxane rojo eduardo moura [orgs 30 leitura e mediação pedagógica stella maris bortoni-ricardo et alii [org 31 numeramento aquisição das competências matemáticas michel fayol 32 letramentos no ensino médio ana lúcia silva souza ana paula corti márcia mendonça

[close]

p. 3

gislaine lorenzi tainá-rekã w de pádua denise de oliveira teixeira eduardo moura anair valênia martins dias cláudia goulart morais viviane raposo pimenta walleska bernardino silva anair valênia martins dias cíntia b garcia flávia danielle sordi silva rosane paiva felício edsônia de souza oliveira melo paulo wagner moura de oliveira sueli correia lemes valezi adriana teixeira fernanda félix litron eliane a pasquotte-vieira flávia danielle sordi silva maria cristina macedo alencar melina aparecida custódio ely alves miguel jefferson ferreira jucelina ferreira de campos lezinete regina lemes louredir rodrigues benevides shirlei neves dos santos eduardo moura heitor gribl

[close]

p. 4

capa e projeto editorial andréia custódio editor revisão capa conselho editorial marcos marcionilo karina mota banco de imagens istockphoto ana stahl zilles [unisinos carlos alberto faraco [ufpr egon de oliveira rangel [puc-sp gilvan müller de oliveira [ufsc ipol henrique monteagudo [universidade de santiago de compostela kanavillil rajagopalan [unicamp marcos bagno [unb maria marta pereira scherre [ufes rachel gazolla de andrade [puc-sp roxane rojo [unicamp salma tannus muchail [puc-sp stella maris bortoni-ricardo [unb cip-brasil catalogaÇÃo na fonte sindicato nacional dos editores de livros rj s713c cip-brasil catalogaÇÃo souza cláudia nívia roncarati dena fonte sindicato nacional dos editores de livros rj cadeias do texto construindo sentidos cláudia nívia roncarati de souza são paulo parábola editorial 2010 r645m estratégias de ensino 19 rojo roxane helena r roxane helena rodrigues multiletramentos na escola roxane rojo eduardo moura [orgs inclui bibliografia são paulo parábola isbn 978-85-7934-010-9editorial 2012 264p estratégias de ensino 29 1 linguística 2 linguagem e línguas 3 análise do discurso 4 inclui bibliografia língua portuguesa estudo e ensino i título ii.série isbn 978-85-7934-041-3 10-2938 1 língua portuguesa ensino 2 leitura estudo e ensino 3 escrita cdd 401.41 cdu série 4 professores formação i moura eduardo i título ii.81´42 12-2149 cdd 372.41 cdu 373.3.046-021.64 direitos reservados à parábola editorial rua dr mário vicente 394 ipiranga 04270-000 são paulo sp pabx [11 5061-9262 5061-8075 fax [11 2589-9263 home page www.parabolaeditorial.com.br e-mail parabola@parabolaeditorial.com.br todos os direitos reservados nenhuma parte desta obra pode ser reproduzida ou transmitida por qualquer forma e/ou quaisquer meios eletrônico ou mecânico incluindo fotocópia e gravação ou arquivada em qualquer sistema ou banco de dados sem permissão por escrito da parábola editorial ltda isbn 978-85-7934-041-3 © do texto roxane roxo e eduardo moura © da edição parábola editorial são paulo maio de 2012

[close]

p. 5

sumÁrio apresentação protótipos didáticos para os multiletramentos roxane rojo 1 pedagogia dos multiletramentos diversidade cultural e de linguagens na escola roxane rojo 7 11 por uma educaÇÃo estÉtica 33 35 55 75 sumário 5 2 blog nos anos iniciais do fundamental i a reconstrução de sentido de um clássico infantil gislaine cristina correr lorenzi tainÁ-rekà wanderley de pÁdua 3 chapeuzinho vermelho na cibercultura por uma educação linguística com multiletramentos denise de oliveira teixeira eduardo moura 4 minicontos multimodais reescrevendo imagens cotidianas anair valÊnia martins dias clÁudia goulart morais viviane raposo pimenta walleska bernardino silva

[close]

p. 6

5 hipercontos multissemióticos para a promoção dos multiletramentos anair valÊnia martins dias 95 123 147 167 181 199 211 6 projetoarte uma proposta didática cÍntia b garcia flÁvia danielle sordi silva rosane paiva felÍcio 7 gêneros poéticos em interface com gêneros multimodais edsÔnia de souza oliveira melo paulo wagner moura de oliveira sueli correia lemes valezi por uma educaÇÃo Ética e crÍtica 165 8 o manguebeat nas aulas de português videoclipe e movimento cultural em rede adriana teixeira fernanda fÉlix litron 9 a canção roda-viva da leitura às leituras eliane a pasquotte-vieira flÁvia danielle sordi silva maria cristina macedo alencar 10 documentário e pichação a escrita na rua como produção multissemiótica melina aparecida custÓdio 11 as múltiplas faces do brasil em curta metragem a construção do protagonismo juvenil ely alves miguel jefferson ferreira jucelina ferreira de campos lezinete regina lemes loredir rodrigues benevides shirlei neves dos santos 12 radioblog vozes e espaços de atuação cultural eduardo moura heitor gribl referências bibliográficas autoras autores 233 251 259 disponível para download em www.parabolaeditorial.com.br mais informações na página 262 6 multiletramentos na escola

[close]

p. 7

roxane rojo [org apresentaÇÃo protótipos didáticos para os multiletramentos sta coletânea organizada em colaboração com eduardo moura reúne trabalhos elaborados em grupo salvo uma ou duas exceções durante três cursos que ministrei em 2010 foram duas disciplinas regulares de pós-graduação no iel/unicamp sobre estudos do letramento e da leitura e um minicurso de verão de uma semana sobre multiletramentos e ensino de língua portuguesa para o mestrado em estudos linguísticos da universidade federal de mato grosso ufmt a convite de simone de jesus padilha e maria rosa petroni nos três cursos as discussões sobre os temas foram acaloradas e a proposta desde o início foi que os cursistas elaborassem trabalhos coapresentação 7 e

[close]

p. 8

laborativos que descrevessem de maneira teoricamente embasada propostas de ensino de língua portuguesa que eles tivessem experimentado em suas escolas com seus alunos ou que pudessem ser experimentadas por eles mesmos ou por outros colegas professores em outras ocasiões essas propostas de ensino deveriam visar aos letramentos múltiplos ou aos multiletramentos e deveriam abranger atividades de leitura crítica análise e produção de textos multissemióticos em enfoque multicultural muitos trabalhos resultantes dessa colaboração desde o primeiro curso foram tão interessantes que tive a ideia de reuni-los em uma coletânea que pudesse dar ideias de trabalhos a outros docentes de língua portuguesa em busca de subsídios para trabalhar os multiletramentos com seus alunos nesse sentido é que os chamo aqui de protótipos ou seja estruturas flexíveis e vazadas que permitem modificações por parte daqueles que queiram utilizá-las em outros contextos que não o das propostas iniciais os gêneros mídias modalidades e temas abordados nesses protótipos são muito variados mas apresentam uma estrutura flexível comum que lhes dá unidade e que diz respeito aos princípios didáticos que decorrem de uma abordagem dos multiletramentos no primeiro capítulo pedagogia dos multiletramentos diversidade cultural e de linguagens na escola procuro dar uma ideia geral desses princípios mas adianto trabalhar com multiletramentos pode ou não envolver normalmente envolverá o uso de novas tecnologias de comunicação e de informação novos letramentos mas caracteriza-se como um trabalho que parte das culturas de referência do alunado popular local de massa e de gêneros mídias e linguagens por eles conhecidos para buscar um enfoque crítico pluralista ético e democrático que envolva agência de textos/discursos que ampliem o repertório cultural na direção de outros letramentos valorizados como é o caso dos trabalhos com hiper e nanocontos ou desvalorizados como é o caso do trabalho com picho além disso trabalhar com os multiletramentos partindo das culturas de referência do alunado implica a imersão em letramentos críticos 8 multiletramentos na escola

[close]

p. 9

que requerem análise critérios conceitos uma metalinguagem para chegar a propostas de produção transformada redesenhada que implicam agência por parte do alunado esses dois blocos de princípios constituem o esqueleto flexível comum aos protótipos ou propostas aqui avançados os diferentes autores deram compleição diversa a esse esqueleto selecionando gêneros mídias modos linguagens temas e tecnologias bastante variadas em suas propostas específicas você verá que a coletânea está dividida em duas partes por uma educação estética e por uma educação ética e crítica isso acontece porque os diferentes autores enfatizaram em suas propostas análises críticas das estéticas e usos das linguagens e formas em seus objetos de ensino outros ressaltaram a análise dos temas e do universo de valores que eles convocam buscando uma ética crítica na análise dos textos enunciados espero que você leitora receba este volume e as propostas/protótipos que o integram com o mesmo prazer na leitura e o mesmo entusiasmo com que seus autores e nós organizadores o compusemos espero também que caso você seja professora ou organizadora autora de materiais didáticos possa nele encontrar inspiração para outras muitas propostas disponibilizamos no site da parábola editorial www.parabolaeditorial.com.br para download gratuito os protótipos e sequências didáticos que deram origem aos capítulos 2 4 8 9 10 e 12 vá ao site e baixe todo o material disponibilizado para o enriquecimento da discussão agradeço aos cursistas-autores desses textos pelos interessantes momentos que passamos ao longo dos cursos em nossas discussões e elaborações conjuntas e depois os que passei na leitura desses trabalhos que você leitora possa também ter interessantes e agradáveis momentos em diálogo com este volume apresentação 9

[close]

p. 10



[close]

p. 11

roxane rojo pedagogia dos multiletramentos diversidade cultural e de linguagens na escola a necessidade de uma pedagogia dos multiletramentos foi em 1996 afirmada pela primeira vez em um manifesto resultante de um colóquio do grupo de nova londres doravante gnl um grupo de pesquisadores1 dos letramentos que reunidos em nova londres daí o nome do grupo em connecticut eua após uma semana de discussões publicou 1 p or que abordar a diversidade cultural e a diversidade de linguagens na escola há lugar na escola para o plurilinguismo para a multissemiose e para uma abordagem pluralista das culturas por que propor uma pedagogia dos multiletramentos dentre eles courtney cazden bill cope mary kalantzis norman fairclough jim gee gunther kress allan e carmen luke sara michaels e martin nakata pedagogia dos multiletramentos 11

[close]

p. 12

um manifesto intitulado a pedagogy of multiliteracies designing social futures uma pedagogia dos multiletramentos desenhando futuros sociais nesse manifesto o grupo afirmava a necessidade de a escola tomar a seu cargo daí a proposta de uma pedagogia os novos letramentos emergentes na sociedade contemporânea em grande parte mas não somente devidos às novas tics2 e de levar em conta e incluir nos currículos a grande variedade de culturas já presentes nas salas de aula de um mundo globalizado e caracterizada pela intolerância na convivência com a diversidade cultural com a alteridade uma pergunta típica que o grupo se fazia já há quinze anos era por exemplo o que é uma educação apropriada para mulheres para indígenas para imigrantes que não falam a língua nacional para falantes dos dialetos não padrão o que é apropriado para todos no contexto de fatores de diversidade local e conectividade global cada vez mais críticos grupo de nova londres 2006[2000/1996 10 o grupo de nova londres é pioneiro em sua grande maioria originários de países em que o conflito cultural se apresenta escancaradamente em lutas entre gangues massacres de rua perseguições e intolerância seus membros indicavam que o não tratamento dessas questões em sala de aula contribuía para o aumento da violência social e para a falta de futuro da juventude3 além disso o gnl também apontava para o fato de que essa juventude nossos alunos contava já há quinze anos com outras e notecnologias da informação e da comunicação pode parecer muito diferente no brasil mas não é tão diferente assim tomando como mote a canção de joão bosco de frente pro crime tá lá o corpo estendido no chão gonçalves 2011 s.p comenta as estatísticas costumam ter uma visão mais aguçada do que o olhar nu ou seja ao somar multiplicar e comparar os estudiosos tiram conclusões que o olho humano não é capaz de enxergar uma dessas conclusões talvez a mais imediata é que grande parte dos corpos estendidos pelo chão [no brasil pertencem a pessoas entre os 15 e 25 anos ou seja são adolescentes e jovens acrescente-se a isso o fato de boa quantidade deles ter sido executada pelos próprios comparsas nas disputas pelo mercado clandestino do narcotráfico ou mais grave ainda por grupos paramilitares constituídos para esse fim e não podemos esquecer que uma porcentagem nada desprezível jamais havia passado pela polícia ou se envolvido com o crime e a droga no nosso caso então a falta de futuro também é radical cf

[close]

p. 13

vas ferramentas de acesso à comunicação e à informação e de agência social que acarretavam novos letramentos de caráter multimodal ou multissemiótico4 para abranger esses dois multi a multiculturalidade característica das sociedades globalizadas e a multimodalidade dos textos por meio dos quais a multiculturalidade se comunica e informa o grupo cunhou um termo ou conceito novo multiletramentos o que caracteriza os multiletramentos diferentemente do conceito de letramentos múltiplos que não faz senão apontar para a multiplicidade e variedade das práticas letradas valorizadas ou não nas sociedades em geral o conceito de multiletramentos é bom enfatizar aponta para dois tipos específicos e importantes de multiplicidade presentes em nossas sociedades principalmente urbanas na contemporaneidade a multiplicidade cultural das populações e a multiplicidade semiótica de constituição dos textos por meio dos quais ela se informa e se comunica no que se refere à multiplicidade de culturas é preciso notar como assinala garcía canclini 2008[1989 302-309 o que hoje vemos à nossa volta são produções culturais letradas em efetiva circulação social como um conjunto de textos híbridos de diferentes letramentos vernaculares e dominantes de diferentes campos ditos popular/de massa/erudito desde sempre híbridos caracterizados por um processo de escolha pessoal e política e de hibridização de produções de diferentes coleções essa visão desessencializada de culturas já não permite escrevê-la com maiúscula a cultura pois não supõe simplesmente a divisão entre culto/inculto ou civilização/barbárie tão cara à escola da modernidade nem mesmo supõe o pensamento com base em pares antitéticos de culturas cujo segundo termo pareado escapava a esse mecanicismo dicotômico cultura erudita/popular central/marginal 4 diríamos hoje quinze anos depois hipermídiaticos pedagogia dos multiletramentos 13

[close]

Comments

no comments yet