ESTÁCIO - FUNDAMENTOS SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

universidade estácio de sá curso de direito fundamentos de antropologia e sociologia 2009.2 proibida a reprodução 1

[close]

p. 2

expediente curso de direito coletânea de exercícios coordenação nacional do curso de direito da universidade estácio de sá profa solange ferreira de moura coordenação do projeto núcleo de apoio didático-pedagógico presidência prof sérgio cavalieri filho coordenação pedagógica profa tereza moura organização da coletânea profa edir figueiredo de oliveira t mello 2

[close]

p. 3

apresentaÇÃo caro aluno a metodologia do caso concreto aplicada em nosso curso de direito é centrada na articulação entre teoria e prática com vistas a desenvolver o raciocínio jurídico ela abarca o estudo interdisciplinar dos vários ramos do direito permitindo o exercício constante da pesquisa a análise de conceitos bem como a discussão de suas aplicações o objetivo é preparar os alunos para a busca de resoluções criativas a partir do conhecimento acumulado com a sustentação por meio de argumentos coerentes e consistentes desta forma acreditamos ser possível tornar as aulas mais interativas e consequentemente melhorar a qualidade do ensino oferecido na formação dos futuros profissionais entendemos que não é papel do curso de direito da universidade estácio de sá tão somente oferecer conteúdos de bom nível a excelência do curso será atingida no momento em que possamos formar profissionais autônomos críticos e reflexivos para alcançarmos esse propósito apresentamos a coletânea de exercícios instrumento fundamental da metodologia do caso concreto ela contempla a solução de uma série de casos práticos a serem desenvolvidos pelo aluno com auxílio do professor como regra primeira é necessário que o aluno adquira o costume de estudar previamente o conteúdo que será ministrado pelo professor em sala de aula desta forma terá subsídios para enfrentar e solucionar cada caso proposto o mais importante não é encontrar a solução correta mas pesquisar de maneira disciplinada de forma a adquirir conhecimento sobre o tema a tentativa de solucionar os casos em momento anterior à aula expositiva aumenta consideravelmente a capacidade de compreensão do discente este a partir de um pré-entendimento acerca do tema abordado terá melhores condições de não só consolidar seus conhecimentos mas também dialogar de forma coerente e madura com o professor criando um ambiente acadêmico mais rico e exitoso além desse há outros motivos para a adoção desta coletânea um segundo a ser ressaltado é o de que o método estimula o desenvolvimento da capacidade investigativa do aluno incentivando-o à pesquisa e consequentemente proporcionando-lhe maior grau de independência intelectual há ainda um terceiro motivo a ser mencionado as constantes mudanças no mundo do conhecimento ­ e por conseqüência no universo jurídico ­ exigem do profissional do direito no exercício de suas atividades enfrentar situações nas quais os seus conhecimentos teóricos acumulados não serão per si suficientes para a resolução das questões práticas a ele confiadas neste sentido e tendo como referência o seu futuro profissional consideramos imprescindível que desde cedo desenvolva hábitos que aumentem sua potencialidade intelectual e emocional para se relacionar com essa realidade e isto é proporcionado pela metodologia do estudo de casos no que se refere à concepção formal do presente material esclarecemos que o conteúdo programático da disciplina a ser ministrada durante o período foi subdividido em 15 partes sendo que a cada uma delas chamaremos semana na primeira semana de aula por exemplo o professor ministrará o conteúdo condizente a semana nº1 na segunda a semana nº2 e assim sucessivamente o período letivo semestral do nosso curso possui 22 semanas o fato de termos dividido o programa da disciplina em 15 partes não foi por acaso levou-se em consideração não somente as aulas que são destinadas à aplicação das avaliações ou os eventuais feriados mas principalmente as necessidades pedagógicas de cada professor isto porque o nosso projeto pedagógico reconhece a importância de destinar um tempo extra a ser utilizado pelo professor ­ e a seu critério ­ nas situações na qual este perceba a necessidade de enfatizar de forma mais intensa uma determinada parte do programa seja por sua complexidade seja por ter observado na turma um nível insuficiente de compreensão hoje após a implantação da metodologia em todo o curso no estado do rio de janeiro por intermédio das coletâneas de exercícios é possível observar o resultado positivo deste trabalho que agora chega a outras localidades do brasil recente convênio firmado entre as instituições que figuram nas páginas iniciais deste caderno permitiu a colaboração dos respectivos docentes na feitura deste material disponibilizado aos alunos a certeza que nos acompanha é a de que não apenas tornamos as aulas mais interativas e dialógicas como se mostra mais nítida a interseção entre os campos da teoria e da prática no direito por todas essas razões o desempenho e os resultados obtidos pelo aluno nesta disciplina estão intimamente relacionados ao esforço despendido por ele na realização das tarefas solicitadas em conformidade com as orientações do professor a aquisição do hábito do estudo perene e perseverante não apenas o levará a obter alta performance no decorrer do seu curso como também potencializará suas habilidades e competências para um aprendizado mais denso e profundo pelo resto de sua vida lembre-se na vida acadêmica não há milagres há estudo com perseverança e determinação bom trabalho coordenação geral do curso de direito 3

[close]

p. 4

procedimentos para utilizaÇÃo das coletÂneas de exercÍcios 1 o aluno deverá antes de cada aula desenvolver pesquisa prévia sobre os temas objeto de estudo de cada semana envolvendo a legislação a doutrina e a jurisprudência e apresentar soluções por meio da resolução dos casos preparando-se para debates em sala de aula 2 antes do início de cada aula o aluno depositará sobre a mesa do professor o material relativo aos casos pesquisados e pré-resolvidos para que o docente rubrique e devolva no início da própria aula 3 após a discussão e solução dos casos em sala de aula com o professor o aluno deverá aperfeiçoar o seu trabalho utilizando necessariamente citações de doutrina e/ou jurisprudência pertinentes aos casos 4 a entrega tempestiva dos trabalhos será obrigatória para efeito de lançamento dos graus respectivos zero a um independentemente do comparecimento do aluno às provas 4.1 caso o aluno falte à av1 ou à av2 o professor deverá receber os casos até uma semana depois da prova atribuir grau e lançar na pauta no espaço específico 5 até o dia da av 1 e da av2 respectivamente o aluno deverá entregar o conteúdo do trabalho relativo às aulas já ministradas anexando os originais rubricados pelo professor bem como o aperfeiçoamento dos mesmos organizado de forma cronológica em pasta ou envelope devidamente identificados para atribuição de pontuação zero a um que será somada à que for atribuída à av1 e av2 zero a nove 5.1 a pontuação relativa à coletânea de exercícios na av3 zero a um será a média aritmética entre os graus atribuídos aos exercícios apresentados até a av1 e a av2 zero a um 6 as provas av1 av2 e av3 valerão até 9 pontos e serão compostas de questões objetivas com respostas justificadas em até cinco linhas e de casos concretos baseados nos casos constantes das coletâneas de exercícios salvo as exceções constantes do regulamento próprio 4

[close]

p. 5

sumÁrio semana 1 a análise social individuo e sociedade o conhecimento sociológico como base da compreensão da sociedade a importância da análise sócio-antropológica interface da análise sociológica e antropológica para a compreensão dos fenômenos sócio-jurídicos semana 2 ­ cultura e sociedade natureza e cultura cultura um conceito antropológico cultura e sociedade natureza e cultura alteridade/estranhamento etnocentrismo relativismo cultural diversidade cultural globalização mundialização dos costumes preconceito e intolerância direito e cultura semana 3 ordem desordem e controle social o método positivista evolução controle e ordem social a influência do pensamento positivista no brasil relação direito e positivismo estrutura social estática e dinâmica social ordem progresso e evolução social conceito de ordem ordem versus desordem semana 4 o estudo dos fatos sociais o surgimento da sociologia cientifica o estudo dos fatos sociais a distinção entre os fenômenos individuais e sociais a importância da socialização/educação para a formação do ser social o que é fato social fato social e características aborto como fato social crime e sociedade crime como fato social a visão de crime para a teoria sociológica crime e violência semana 5 moral e sociedade moral e sociedade a análise do fato social normal patológico e anômico a presença constante da coerção social crime como fato social o estado normal e patológico da sociedade a importância da socialização educação para a formação do ser social semana 6 a solidariedade social a base da sociedade anomia patologia e normalidade na análise social o funcionamento da sociedade como organismo consciência coletiva fato moral a solidariedade orgânica fragilidade das instituições sociais exemplos de fragilidade em instituições modernas solidariedade social e direito a importância da normatização social o direito coesão e coerção social semana 7 o método compressivo o método compreensivo a noção de sociologia compreensiva os diversos tipos de atividade social a análise dos planos em que se da interação social o econômico o social e o político a atualidade do pensamento sociológico sobra a questão raymundo faoro e os donos do poder a noção de indivíduo e sociedade e a construção da cidadania semana 8 dominação e poder autoridade dominação e poder os conceitos de autoridade dominação e poder na sociologia de max weber a separação entre as esferas da política e da ciência a dimensão política do conceito de dominação tipos de dominação legítima e as fontes da autoridade a dominação racional ou legal e seu tipo mais puro a dominação burocrática a dominação de caráter tradicional e o mais puro a dominação patriarcal a dominação carismática direito e dominação patrimonialismo e nepotismo semana 9 ­ o método dialético o método dialético práxis a noção de ideologia e desigualdade social sociedade e transformação semana 10 estado e direito a visão critica sobre o estado e ao direito moderno função do direito desigualdade social práxis e justiça ideologia exclusão social justiça e desigualdade social semana 11 ­ discriminação preconceito e intolerância na sociedade globalizada a atualidade da análise sociológica na compreensão da sociedade discriminação preconceito e intolerância na sociedade globalizada semana 12-­ pobreza e exclusão social a atualidade da análise sociológica na compreensão da sociedade discriminação pobreza e cidadania 5

[close]

p. 6

semana 13 moral família e religião novas demandas sociais a atualidade da análise sociológica na compreensão da sociedade moral família e religião novas demandas sociais semana 14 ecologia e direito a atualidade da análise sociológica na compreensão da sociedade ecologia e direito semana 15 espaço território e urbanização a atualidade da análise sociológica na compreensão da sociedade espaço território e urbanização 6

[close]

p. 7

caderno de fundamentos de antropologia e sociologia os textos aqui reunidos foram especialmente escolhidos tendo em vista a possibilidade de construção de situações estimulantes para o desenvolvimento do trabalho em sala de aula nosso objetivo central aqui é análise de algumas das principais propostas relativas às teorias sociais sobre direito refletindo sobre a problemática que informa cada análise contrastando-as e destacando os esforços de síntese nosso propósito por meio do estudo de caso concreto será o de colocar em perspectiva as relações entre direito e sociedade presentes em diferentes contextos histórico-sociais para tanto faremos uso da literatura clássica publicada na área de ciências sociais sobre os processos sociais que propiciam a criação manutenção reprodução crise revolução e/ou inovação de instituições sociais tais como o direito e a justiça neste sentido a antropologia e a sociologia contribuem portanto de forma singular na tarefa de dotar nosso alunado de subsídios indispensáveis para o aprendizado reflexivo e crítico que o acompanhará ao longo do curso universitário cabe salientar entretanto que embora a utilização deste material seja imprescindível a coerência e uniformização do conteúdo previsto para disciplina a proposta de resolução das questões é apenas um guia para o professor que deve dentro das especificidades pertinentes a sua realidade construir a resposta que julgar mais adequada semana 1 a análise social 7

[close]

p. 8

individuo e sociedade o conhecimento sociológico como base da compreensão da sociedade a importância da análise sócio-antropológica interface da análise sociológica e antropológica para a compreensão dos fenômenos sócio-jurídicos objetivo da aula definir as ciências sociais e descrever as áreas de conhecimento que a constitui sociologia antropologia e política entender o enfoque especifico utilizado pela ciências sociais na análise da sociedade desenvolver conceitos básicos das ciências sociais que permitam a análise da realidade social e sua correspondência com o fenômeno jurídico para responder os casos a seguir sugerimos a leitura costa cristina sociologia introdução à ciência da sociedade s.p ed moderna 2001 acesse o sia sala de aula da disciplina textos você tem cultura de roberto damatta laraia r cultura um conceito antropológico rio de janeiro zahar 1999 1ª parte caso 1 o homem faz a sociedade ou a sociedade faz o homem 1 abaixo expomos a letra do samba intitulado chico brito composto por wilson batista e afonso teixeira em 1949 popularizado na voz de paulinho da viola wilson batista e afonso teixeira wilson batista e afonso teixeira lá vem o chico brito descendo o morro nas mãos do peçanha É mais um processo É mais uma façanha chico brito fez do baralho seu melhor esporte É valente no morro dizem que fuma uma erva do norte quando menino teve na escola era aplicado tinha religião quando jogava bola era escolhido para capitão mas a vida tem os seus revezes diz sempre chico defendendo teses se o homem nasceu bom e bom não se conservou a culpa é da sociedade que o transformou a narrativa apresentada mostra o malandro chico brito individuo que vive na criminalidade e é preso a toda hora os autores porém não atribuem sua condição a uma falha de caráter chico era em princípio tão bom como qualquer outra pessoa mas o sistema não lhe deixara outra oportunidade de sobrevivência que não a marginalidade considerando a proposta da música e a leitura dos textos sugeridos faça uma breve análise sobre a influência da sociedade em nossa vida o homem faz a sociedade ou a sociedade faz o homem 2 pesquise em jornais revistas internet ou livros casos clássicos em que se evidencia a mudança de comportamento do indivíduo em virtude da influência do meio social em que vive caso 2 leia o texto que ilustra a capa da revista istoÉ de julho de 2007 abaixo e responda 8

[close]

p. 9

1 a capa ilustra a idéia de pertencimento à sociedade brasileira na perspectiva sócio-antropológica esta idéia remete à construção de vínculos que são construídos a partir de sentimentos valores e costumes comuns neste sentido é possível afirmar que exista algum indivíduo que tenha nascido e habite alguma parte do território nacional e ainda assim não faça parte da nação justifique 2 ­ o que te faz sentir parte da sociedade brasileira 3 ­ questões de múltipla escolha 1 analise a imagem a seguir charles le brun paris 1619-1690 américa 9

[close]

p. 10

o quadro pretende mostrar os habitantes do continente americano e seus costumes contudo os ameríndios aparecem com feições apolíneas e cabelos anelados nesta representação como em muitas outras os personagens mais se assemelham aos europeus do que propriamente aos povos da américa o quadro assim acaba nos dizendo mais sobre o olhar do próprio europeu do que sobre aqueles que procurava retratar a identidade dos grupos humanos é uma característica fundamental para a criação de um nós coletivo que ao mesmo tempo identifica e diferencia os grupos entre si sobre a identidade considere as afirmativas a seguir i a identidade possui natureza estática daí perpassar as gerações e os subgrupos que se originam a partir de um tronco comum ii como em um jogo de espelhos a identidade é construída a partir das representações que os grupos fazem dos outros o que permite que enxerguem a si mesmos iii a herança genética dos diferentes grupos humanos impede transformações de identidade posto que delimita a abrangência das respectivas culturas iv a identidade supõe um processo de resignificação das diferenças entre os grupos sociais em função de um determinado contexto estão corretas apenas as afirmativas a i e ii b i e iii c ii e iv d i iii e iv e ii iii e iv 2 as indagações acerca das condições de existência dos seres humanos começaram a adquirir consistência científica no mundo moderno tais indagações são a porção mais fascinante ou importante do objeto da sociologia que se propõe a observar e a explicar os fenômenos sociais acerca da formalização do estudo dos fenômenos sociais na disciplina sociologia assinale a opção correta a todos os principais autores clássicos da sociologia marx durkheim weber simmel estavam de acordo com a idéia de que era necessário mudar além da própria natureza humana também a sociedade em que viviam b a explicação sociológica exige como requisito essencial um estado de espírito que permita entender que a vida em sociedade está submetida a uma ordem decorrente de condições fatores e produtos da vida social c no plano puramente intelectual os modos de conceber e de explicar o mundo dos cientistas sociais aliam-se à concepção religiosa para formar as bases objetivas do pensamento sociológico d há estreita vinculação entre a psicologia e a sociologia pois os estados de consciência individual e coletiva têm a mesma natureza ver para aprofundamento http www.direitonet.com.br/artigos/x/21/93/2193 semana 2 ­ cultura e sociedade 10

[close]

p. 11

natureza e cultura cultura um conceito antropológico cultura e sociedade natureza e cultura alteridade/estranhamento etnocentrismo relativismo cultural diversidade cultural globalização mundialização dos costumes preconceito e intolerância direito e cultura objetivos da aula a partir de um quadro de referência sobre a antropologia e sua gênese compreender a oposição fundamental entre natureza e cultura paradigma clássico da antropologia identificar os conceitos básicos da analise cultural da antropologia etnocentrismo relativismo cultural alteridade para responder os casos a seguir sugerimos a leitura laraia r cultura um conceito antropológico rio de janeiro zahar 1999 1ª parte costa cristina sociologia introdução à ciência da sociedade s.p ed moderna 2001 acesse o sia sala de aula da disciplina textos você tem cultura de roberto da matta caso 1 1 veja os quadrinhos abaixo enunciado de maneira menos formal etnocentrismo é o hábito de cada grupo de tomar como certa a superioridade de sua cultura todas as sociedades conhecidas são etnocêntricas a maioria dos grupos senão todos dentro de uma sociedade também é etnocêntrica embora o etnocentrismo seja parcialmente uma questão de hábito é também um produto de cultivo deliberado e inconsciente a tal ponto somos treinados para sermos etnocêntricos que dificilmente qualquer pessoa consegue deixar de sê-lo fonte horton p b hunt c l sociologia tradução de auriphebo berrance simões são paulo mcgraw-hill do brasil 1982 p 46-47 a partir das informações prestadas e da leitura dos textos sugeridos responda se de acordo com a história em quadrinhos protagonizada por hagar e seu filho hamlet pode-se afirmar que a postura de hagar é etnocêntrica ou relativista justifique 2 ­ você concorda com a afirmativa é impossível não sermos etnocêntricos justifique 1 ver para aprofundamento http www.scielo.br/pdf/epsic/v4n1/a04v04n1.pdf caso 2 sobre meninos e meninas nos intervalos das aulas durante o recreio ou durante as aulas de educação física ou de iniciação desportiva evidencia-se igualmente um modelo diferenciador de condutas em geral os meninos dispõem de toda a quadra esportiva só para eles ali podem correr lutar competir em suma preparar-se para a vida adulta quanto a meninas para elas basta um pequeno espaço de preferência à sombra onde são estimuladas a conversar brincar de corda ou no máximo pular corda ou executar passos de dança rítmica toscano moema igualdade na escola preconceitos sexuais na educação rio de janeiro cedim 1995 p 33 11

[close]

p. 12

1 a partir do texto responda os meninos têm uma tendência natural para lutar as meninas têm uma tendência natural para serem dançarinas justifique 2 socialização significa o processo pelo qual um indivíduo se torna um membro ativo da sociedade em que nasceu isto é comporta-se de acordo com determinados atributos pré-concebidos seria portanto exagerado dizer que a cultura proporciona os limites dentro dos quais as aptidões e a personalidade de meninos e meninas se desenvolverá justifique 3 ­ questões de múltipla escolha 1 -leia atentamente o texto abaixo quero propor duas idéias a primeira delas é que a cultura é mais bem vista não como um complexo de padrões concretos de comportamento costumes usos tradições feixes de hábitos como tem sido o caso até agora mas como um conjunto de mecanismos de controle planos receitas regras instruções o que os engenheiros de computação chamam de programas para governar o comportamento a segunda idéia é que o homem é precisamente o animal mais desesperadamente dependente desses mecanismos de controle extragenéticos fora da pele dos programas culturais para ordenar seu comportamento c geertz a interpretação das culturas rio de janeiro zahar 1978 com adaptações no que concerne ao conceito de cultura e tendo o texto apresentado como referência inicial escolha a única opção correta a a cultura e seus produtos são recursos que possibilitam ao homem fazer explicar e entender corretamente coisas e a vida em sociedade b os símbolos culturais são instrumentos de intermediação da adaptação humana ao meio ambiente interpretação das experiências e de organização da vida em grupo c os sociólogos estudam a cultura examinando os sistemas simbólicos que exercem pouca ou nenhuma influência organização da sociedade d os sistemas de linguagem classificam somente as palavras faladas e escritas no idioma corrente e as funções básicas dos sistemas de valores são organizar os conceitos e avaliar o valor moral e a adequação comportamento de um indivíduo à sua sociedade questão adaptada enade 2005 em ciências sociais 2 o professor de sociologia ao entrar na sala de aula encontrou um grupo de alunos numa calorosa discussão sobre cultura aproveitando o interesse pelo tema organizou um debate no qual ficaram evidenciadas várias formas de entender o que é cultura algumas estão destacadas abaixo as de na do na perspectiva da sociologia crítica qual a afirmação que melhor representa o que é cultura assinale a Única alternativa correta a cultura é a leitura de muitos livros é estudar bastante é o saber lidar com muita coisa aluna mara b quando uma pessoa é bem educada a gente diz que culta então cultura é uma boa educação é tratar bem as pessoas é escrever e falar corretamente aluna sandra c a cultura é aquilo que a gente sabe é aquilo que a gente faz portanto todas as pessoas têm cultura aluno carlos d marcos não tem muita cultura porque só cursou as séries inicias do ensino fundamenta aluno eduardo e cultura verdadeira é aquela que sabe reconhecer o que é uma boa música um bom vinho e um bom livro aluna vera questão adaptada do vestibular da universidade de londrina 12

[close]

p. 13

semana 3 ordem desordem e controle social o método positivista evolução controle e ordem social a influência do pensamento positivista no brasil relação direito e positivismo estrutura social estática e dinâmica social ordem progresso e evolução social conceito de ordem ordem versus desordem objetivos da aula entender as categorias de ordem e progresso social a partir do pensamento contemporâneo conceituar e problematizar a idéia de evolução social ordem e controle social compreender a importância e influencia da corrente positivista na sociedade brasileira para responder os casos a seguir sugerimos a leitura laraia r cultura um conceito antropológico rio de janeiro zahar 1999 1ª parte costa cristina sociologia introdução à ciência da sociedade s.p ed moderna 2001 acesse o sia sala de aula da disciplina textos você tem cultura de roberto da matta caso 1 estudantes denunciam pichação contra judeus no rs por globo online data de publicação 19 de novembro de 2007 estudantes que concorrem à eleição do diretório central dos estudantes da universidade federal do rio grande do sul ufrgs denunciam que foram vítimas de preconceito os alunos pretendem registrar um boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira 19 em porto alegre eles afirmam que um cartaz com a propaganda eleitoral de uma das chapas foi pichado com uma suástica e com os dizeres fora judeus a chapa é a única das quatro que disputam a eleição que tem integrantes judeus e a única contra o sistema de cotas a pichação foi feita em frente ao prédio da faculdade de engenharia mecânica na rua sarmento leite na capital gaúcha procurada pela reportagem do g1 a ufrgs não se manifestou sobre o caso outro episódio em junho deste ano o diretório central dos estudantes da ufrgs entregou ao ministério público um dossiê sobre manifestações racistas de um grupo que agiria dentro da instituição na época o muro de um bar na avenida joão pessoa em frente à faculdade de direito da universidade foi pichado com a frase negro só se for na cozinha do r.u cotas não no mesmo local foi pintada uma cruz suástica símbolo do nazismo já na rua sarmento leite uma calçada foi pintada com a frase voltem para a senzala 13

[close]

p. 14

1 ­ o episódio relatado no texto mostra uma postura preconceituosa a respeito de negros e judeus considerados raças inferiores sabemos que o positivismo teve como principal fundamento a idéia de ordem e progresso através de uma perspectiva evolucionista podemos encontrar influência desta concepção no texto por quê 2 ­ a idéia de superioridade racial faz parte do imaginário de muitas sociedades que sofreram influência da doutrina positivista inclusive o brasil você diria que as justificativas racialistas explicariam a diferença de desenvolvimento entre pessoas grupos sociedades justifique caso 2 maio 3 2008 causar incômodos é intrínseco à verdade qi dos alunos de medicina é baixo diz coordenador do curso da ufba por globo 02/05/2008 às 11:45 curso de medicina tirou nota 2 no enade e no idd e será supervisionado pelo mec para ele `alunos se submeteram à vergonha nacional antonio dantas o coordenador do curso de medicina da universidade federal da bahia ufba buscar atribuiu aos alunos a responsabilidade pela nota baixa que o curso atingiu no exame nacional de desempenho de estudantes enade de 2007 o curso integra a lista de 17 instituições do país que serão supervisionadas pelo ministério da educação mec na opinião do coordenador o professor antonio natalino manta dantas o resultado ruim é por causa do baixo qi [coeficiente de inteligência dos alunos em entrevista ao jornal `folha de s.paulo desta quarta-feira 30 dantas que é baiano disse também que o baiano toca berimbau porque só tem uma corda se tivesse mais [cordas não conseguiria procurado pelo g1 o coordenador reafirmou as declarações sobre o desempenho dos estudantes 14

[close]

p. 15

o qi dos alunos de medicina é baixo sim como vou dizer que eles têm qi alto se eles foram mal em uma prova que o resto do brasil foi bem que eu saiba não houve boicote à prova do enade então eles [os alunos mesmos se submeteram à vergonha nacional diz o professor dantas a nota foi péssima e já é a segunda vez que isso acontece na primeira edição do enade os estudantes também tiveram nota muito ruim afirma dantas segundo ele a faculdade não é a responsável pelos resultados ruins temos um corpo docente muito qualificado com 90 dos professores com mestrado ou doutorado além disso temos boa infra-estrutura diz as notas se devem à inferioridade intelectual dos alunos diz antonio dantas para dantas os resultados do enade mostram a inferioridade dos alunos de medicina da ufba com relação aos estudantes de outras faculdades de medicina do país eles são piores as pessoas não gostam de admitir que são inferiores mas eu acho que admitir que somos piores é uma questão de humildade e só assim poderemos melhorar avalia o coordenador do curso questionado sobre quais medidas pretende tomar a partir de agora o coordenador do curso foi enfático o que a gente pode fazer para melhorar a capacidade cognitiva das pessoas não tenho como mudar a genética a prova do enade não foi ruim ruins são os nossos alunos dz o coordenador que acrescenta que os estudantes do curso de direito da ufba tiraram nota 5 nota máxima no enade de 2006 realmente eu não entendo porque os alunos de medicina não conseguem esse desempenho diz 1 o coordenador do curso de medicina da ufba estaria inspirado nas concepções positivistas neste caso o darwinismo social para explicar as diferenças cognitivas entre os estudantes justifique 2 ­ É possível afirmar que as características biológicas e sociais determinariam a superioridade de alguns estudantes e a inferioridade de outros explique questões de múltipla escolha 1 com relação ao pensamento positivista julgue os itens a seguir e escolha a única opção que nÃo corresponde as formulações propostas por augusto comte a o positivismo foi a primeira corrente sistematizada de pensamento sociológico definindo objeto de estudo conceitos e metodologia de investigação b o positivismo derivou seus princípios do cientificismo que negava o poder da razão humana em conhecer a realidade c apesar de reconhecer as diferentes origens dos princípios reguladores do mundo físico e do mundo social augusto comte acreditava poder aproximá-los em virtude de sua essência comum d a filosofia social positivista busca inspiração no método de investigação das ciências da natureza para compor seu próprio método de estudo e por conceber a sociedade como um organismo constituído de partes integradas coesas e funcionando harmonicamente o positivismo foi também denominado organicismo questão adaptada do enad 2005 15

[close]

Comments

no comments yet