Revista-Construir-Mais-Novembro-de-2012

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

cub setembro 0,223 revista mensal do sindicato da indÚstria da construÇÃo no estado de goiÁs sinduscon-go ano iii nº 28 novembro/2012 entrevista com o secretário de infraestrutura do estado de goiás danilo santos de freitas pág 6

[close]

p. 2



[close]

p. 3

e ditorial seconci-go é exemplo de responsabilidade social empresarial muito antes do termo responsabilidade social empresarial surgir entre os pensadores da área de gestão empresarial os empresários do setor da indústria da construção se sensibilizaram nacionalmente para a necessidade de criar e manter uma entidade sem fins lucrativos que pudesse oferecer gratuitamente aos trabalhadores e seus dependentes assistência médica e odontológica gratuitos em goiás o serviço social da indústria da construção seconci-go foi oficialmente instalado no dia 02 de julho de 1991 os visionários josé alves fernandes filho paulo afonso ferreira e regina esperidião d abreu cordeiro foram os precursores goianos responsáveis por colocar em prática uma ideia originalmente simples mas de valor imensurável congregar e sensibilizar as empresas da construção a destinarem 1 do valor de sua folha de pagamento para manter o seconci-go a adesão de várias empresas foi imediata e assim a entidade iniciou suas atividades timidamente contando desde o início com a relevante parceria do sesi-go hoje o seconci é exemplo de sucesso prestando atendimentos médicos e odontológicos gratuitos e de qualidade aos trabalhadores da construção e seus dependentes a ampliação da sede própria localizada no jardim américa em goiânia certamente agregará novos associados e expandirá os atendimentos e serviços de acordo com a expectativa do presidente do seconci o empresário moacyr soares moreira inicialmente calcula-se passar de 11 mil para 15 mil atendimentos mensais ­ isso representa 10 dos atendimentos prestados pelo município via sus enaltece moreira porém mais do que números de atendimentos ou outro qualquer indicador numérico o valor do seconci é incalculável pois sua atuação social vai muito além disso para tanto basta passar uma manhã na sala de espera da entidade e conversar com os usuários dos serviços de saúde e odontologia que oferece foi o que a nossa reportagem fez ouvimos vários trabalhadores e familiares e todos são unânimes o seconci representa o maior patrimônio social que o setor da construção possui esta edição da construir mais relembra o trabalho de todas as pessoas que se dedicaram a estruturar e a manter o seconci ouvimos os primeiros colaboradores parceiros incansáveis na construção de uma trajetória vitoriosa mas para comemorar junto com os empresários do setor da construção que apostam nesta entidade e se esforçam para mantê-la sempre em ascensão acreditamos que se faz necessário neste editorial dedicar os nossos cumprimentos especiais a todos os empresários que voluntariamente se dedicaram e se dedicam ao seconci suas diretorias que ao longo de 21 anos de existência trabalham no intuito de fazer o melhor e de modo particular aos ex-presidentes construtores de uma ação social cujo valor é imensurável sérgio aparecido bonomi eduardo bilemjian filho hércules gomes nolasco josé augusto florenzano e moacyr soares moreira sugerimos ao caro leitor que aprecie a matéria de capa desta edição especial pois a história que nela contamos é especialíssima boa leitura justo oliveira d´abreu cordeiro presidente do sinduscon-go diretoria executiva do sinduscon-go 2010/2013 presidente justo oliveira d abreu cordeiro 1º vice-presidente carlos alberto de paula moura júnior 2º vice-presidente eduardo bilemjian filho diretor administrativo manoel garcia filho diretor adjunto administrativo daniel jean laperche diretor financeiro e patrimonial josé rodrigues peixoto neto diretor adjunto financeiro e patrimonial rodrigo campos ferreira diretor da comissão de economia e estatística ibsen rosa diretor adjunto da comissão de economia e estatística dinésio pereira rocha diretor da comissão da indústria imobiliária roberto elias de lima fernandes diretor adjunto da comissão da indústria imobiliária mário andrade valois diretora da subcomissão de habitação maria amélia alves e silva diretor da subcomissão de legislação municipal ilézio inácio ferreira diretor de materiais e tecnologia sarkis nabi curi diretor adjunto de materiais e tecnologia renato de sousa correia diretor da comissão de concessão privatização e obras públicas valdivino dias de oliveira diretor adjunto da comissão de concessão privatização e obras públicas josé carlos gilberti diretor de qualidade e produtividade humberto vasconcellos frança diretor adjunto de qualidade e produtividade marcelo alves ferreira diretor de construção pesada carmerindo rodrigues rabelo diretor adjunto de construção pesada jadir matsui diretor da construção metálica cezar valmor mortari diretor adjunto da construção metálica joaquim amazay gomes júnior diretor de assuntos jurídicos ricardo josé roriz pontes diretora adjunta de assuntos jurídicos patrícia garrote carvalho diretor da subcomissão de política e relações trabalhistas e sindicais jorge tadeu abrão diretor de saúde e meio ambiente moacyr soares moreira diretor adjunto de saúde e meio ambiente josé augusto florenzano diretor de setor elétrico e telefonia carlos vicente mendez rodriguez diretor adjunto de setor elétrico e telefonia osney valadão marques júnior diretor social e de comunicação darci moreira de lima diretora adjunta social e de comunicação eliane carvalho lima conselho consultivo josé alves fernandes filho paulo afonso ferreira mário andrade valois joviano teixeira jardim sarkis nabi curi josé rodrigues peixoto neto roberto elias de lima fernandes alan alvarenga menezes marcos alberto luiz de campos e Álvaro castro morais suplentes Élbio braz moreira marco antônio de castro miranda e joão arthur rassi conselho fiscal amós vieira wilson luiz da costa e andré luiz baptista lins rocha suplentes doriel natalício da fonseca célio eustáquio de moura e naldo alves mundim representantes junto À fieg roberto elias de lima fernandes e justo oliveira d abreu cordeiro suplentes marcos alberto luiz de campos e guilherme pinheiro de lima representante junto À cbic justo oliveira d abreu cordeiro suplentes carlos alberto de paula moura júnior e mário andrade valois novembro 2012 · construir mais · sinduscon-go 3

[close]

p. 4

s umÁrio 5 artigo reclamação ou oportunidade de melhoria é o tema do artigo da superintendente do icq brasil tatiana jucá 6 entrevista o secretário de infraestrutura do estado de goiás danilo santos de freitas fala sobre os desafios da seinfra 18 matéria de capa seconci-go comemora 21 anos de fundação considerado patrimônio social do setor da construção entidade aprimora serviços e finaliza obra de ampliação da sede capa foto da fachada da nova sede 12 espaço jurídico a média da remuneração variável do trabalhador tais como horas extras produtividade insalubridade e periculosidade e outros adicionais devem ser apuradas para o pagamento da primeira parcela do 13º salário e quanto às férias coletivas verifique as respostas nesta seção 25 passado presente foco da tci é oferecer alto padrão em tudo que faz 14 construção sustentável prefeituras implantam programas de certificação em sustentabilidade ambiental 27 registro de eventos acompanhe os últimos eventos realizados pelo sinduscon-go 24 segurança do trabalho a escavação de cada obra ­ uma avaliação dos perigos riscos e prevenção em escavações por marcos peres 34 indicadores econômicos confira o valor do custo unitário básico cub referente ao mês de setembro/2012 sindicato da indústria da construção no estado de goiás sinduscon-go sinduscon-go filiado à cbic e fieg rua joão de abreu n° 427 setor oeste goiânia-goiás cep 74120-110 telefone 62 3095-5155 fax 62 3095-5177 portal www sinduscongoias.com.br presidente justo oliveira d abreu cordeiro diretor social e de comunicação darci moreira de lima gerente executiva sebastiana santos edição joelma pinheiro reportagem aymés beatriz b gonçalves beatriz@sinduscongoias.com.br joelma pinheiro joelma sinduscongoias.com.br e valdevane rosa valdevane@sinduscongoias.com.br fotografia assessoria de comunicação social do sinduscon-go e sílvio simões projeto gráfico e diagramação duart studio publicidade sinduscongo telefone 62 3095-5155 impressão gráfica art3 tiragem 6.000 exemplares publicação dirigida e distribuição gratuita as opiniões contidas em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores consciente das questões ambientais e sociais o sinduscon-go trabalha em parceria com a gráfica art3 que utiliza papéis com certificação fsc forest stewardship council na impressão dos seus materiais revista construir mais revista mensal do espaÇo empresarial informe-se 62 3095-5155 4 sinduscon-go · construir mais · novembro 2012

[close]

p. 5

a rt i g o reclamaÇão ou oportunidade de melhoria no cenário atual em que a competitividade está cada vez mais acirrada e os clientes mais exigentes as construtoras que almejam melhoria contínua em seus processos e produtos podem contar com uma ferramenta poderosa à primeira vista paradoxal as temidas reclamações reclamação nada mais é do que a manifestação de insatisfação de um cliente referente a um determinado produto ou serviço já sabemos que um cliente quando satisfeito faz marketing positivo para no máximo quatro pessoas já um cliente insatisfeito faz um marketing negativo para no mínimo onze pessoas conforme publicado no site administradores.com além disso o custo para uma empresa conquistar um novo cliente é de três a quatro vezes maior do que manter um cliente existente só estes fatores fazem com que as insatisfações mereçam uma atenção mais que especial por parte das organizações e estas precisam estar cientes que o reclamante espera uma resposta ou solução o mais rápido possível as reclamações são oportunidades que o gestor tem de avaliar se as atividades administrativas estão sendo cumpridas ou se foram cometidos equívocos durante alguma etapa do processo também é uma oportunidade do nosso cliente conhecer melhor como funciona a empresa pois pode ocorrer também do cliente acreditar que algo saiu errado e isso não ser verdade porém cabe à empresa levar ao conhecimento do cliente o fato em meio a esse cenário a international organization for standardization iso criou várias normas técnicas abrangendo esse requisito visando à melhoria contínua e utilizando como fonte a retroalimentação dos clientes exemplificando verificamos que as construtoras certificadas na nbr iso 9001 e no pbqp-h norma da qualidade para a construção civil estão dando tratamento especial às reclamações e utilizando as ordens de serviços geradas na assistência técnica como possível entrada para elaboração dos futuros projetos fazendo dessa forma o uso eficaz do ciclo pdca planejar executar controlar e agir que é o principal norteador de uma norma iso o assunto é tão importante que para nortear esse processo de forma mais completa a iso estabeleceu uma norma somente com esse enfoque a nbr iso 10.002 de gestão da qualidade ­ satisfação do cliente ­ diretrizes para o tratamento de reclamações nas organizações segundo essa norma o tratamento de reclamações por meio de um processo pode aumentar a satisfação do cliente oferecer oportunidades para manter ou aumentar sua fidelidade e aprovação bem como melhorar a competitividade nacional e internacional da organização a implantação dessa norma propicia ainda um siste o tratamento de reclamaÇões por meio de um processo pode aumentar a satisfaÇão do cliente oferecer oportunidades para manter ou aumentar sua fidelidade e aprovaÇão bem como melhorar a competitividade nacional e internacional da organizaÇão ma de tratamento de reclamações de fácil acesso e com retorno rápido além de aprimorar a habilidade da organização para resolver reclamações de maneira consistente sistemática e rápida para a satisfação do reclamante aprimorar a capacidade para identificar tendências eliminar as causas de reclamações e melhorar suas operações ajudar a organização a criar uma abordagem com foco no cliente para resolver reclamações e encorajar o pessoal a também melhorar suas habilidades no tratamento com clientes outro ganho resultante é prover uma base para análise crítica continuada do processo de tratamento de reclamações da resolução das reclamações e das melhorias implementadas deste modo as organizações que investem em um sistema de gestão eficaz com um uso eficiente na gestão de reclamações estão saindo na frente dentre as organizações que enxergam a reclamação como algo ruim podemos concluir que as reclamações são excelentes oportunidades para melhoria enxergadas pelo nosso principal ativo que são nossos clientes tatiana jucá é mestre em engenharia civil auditora líder e superintendente do icq brasil novembro 2012 · construir mais · sinduscon-go 5

[close]

p. 6

e ntrevis ta danilo santos de freitas alta demanda gerada pelo crescimento do estado e a escassez de recursos financeiros tornam desafiadora a administraÇão da seinfra danilo santos de freitas é natural de goiânia e possui fortes laços com jaraguá interior de goiás cursou história e é formado em direito pela universidade católica hoje puc-goiás advogado é pós-graduado em direito público pela puc/go escola superior de advocacia associação goiana de ensino uni-anhanguera puc/sp e pela academia de polícia civil de goiás tendo sido professor de graduação na puc/go e ministrado também aulas na fasam ex-presidente da comissão de estudos constitucionais da oab/go é conselheiro titular licenciado da oab/go 2010/2012 danilo freitas assumiu a secretaria de infraestrutura do estado de goiás seinfra no último dia 20 de julho confira a seguir a entrevista que ele concedeu à revista construir mais quais são as principais frentes de trabalho da secretaria de infraestrutura de goiás ­ seinfra quando assumimos a seinfra o governador marconi perillo pediu prioridade para a conclusão da ponte sobre o rio araguaia na divisa com o estado do mato grosso entre os municípios de aruanã e cocalinho e a cooperação com o dnit para a revisão dos projetos visando a execução do anel viário de goiânia chamado de contorno noroeste saindo da br-153 e passando pelas go-060 070 e 080 e para fazer gestão junto a infraero e o consórcio responsável para a retomada da obra do aeroporto santa genoveva essas questões apesar de possuírem entraves antigos têm avançado não na velocidade que queríamos mas significativamente no sentido de ser resolvido em breve temos também uma parceria com a agetop na execução do programa rodovida que vai reconstruir aproximadamente 5.000 km até o fim do governo só neste ano vão ser 2.000 km além também de permitir a contração dos projetos executivos dos viadutos a serem construídos na go-060 070 080 na interseção com a av perimetral norte em goiânia temos prospectado também a elaboração do plano de reestruturação dos aeródromos do estado que são os pequenos aeroportos pelo interior e da estruturação dos terminais rodoviários pelo interior alinhados com o novo sistema de transportes intermunicipais elaborado pela agência goiana de regulação agr além da atualização e implementação do plano de desenvolvimento do sistema de transportes do estado de goiás pdtg estamos também viabilizando projetos na área de telecomunicação e de energia que atendam o estado e a sociedade em sua opinião quais os principais desafios da infraestrutura para esta gestão estadual a demanda é muito grande uma vez que o estado vem crescendo acima da média nacional e a infraestrutura é impor6 sinduscon-go · construir mais · novembro 2012 tante para manter esse crescimento e proporcionar a instalação e ampliação de indústrias e empresas permitindo a criação de novos empregos para os goianos hoje por determinação do governador a seinfra e a agetop estão executando o programa rodovida reconstruindo aproximadamente 5.000 km até o fim do governo o que possibilita facilidade no escoamento da produção gerada em goiás por meio de estradas modernas e seguras além disso o estado de goiás hoje tem se preocupado em dar opções de transporte que permita a integração da malha rodoviária com a via aérea construindo em anápolis o aeroporto de carga e a plataforma logística que vai se interligar com a ferrovia norte-sul e o porto seco problemas e desafios existem para serem superados e o estado de goiás está trabalhando com muito empenho e sucesso para superá-los principalmente no que diz respeito à escassez de recursos financeiros qual o planejamento da seinfra para os próximos anos primeiramente estamos fazendo a reestruturação da seinfra que deverá trabalhar integrada com órgãos e entidades afins com o objetivo de identificar ações prioritárias que subsidiarão a elaboração de projetos e políticas estaduais na área de infraestrutura focada em rodovias transporte aeródromos energia e telecomunicações qual a dotação orçamentária para a execução do planejamento desta gestão quais as fontes de recursos a dotação orçamentária garantida é a disponibilizada pelo orçamento do estado através de recursos do tesouro mas estamos buscando em brasília convênios com o governo federal além de parcerias com o setor privado que balanço o senhor faz da situação das rodovias estaduais como é do conhecimento de todos o atual governo recebeu a malha rodoviária em situação caótica hoje como já disse estamos executando o programa rodovida que vai reconstruir mais de 5.000 km até o fim de 2014 só neste ano serão entregues 2.081 km de estradas reconstruídas e em 2013 mais 2.119 km além disso serão construídos mais de 1.500 km de novas rodovias esse programa está sendo executado com as melhores e mais modernas técnicas de sinalização noturna mas não é só reconstruir e construir estradas temos também em andamento a contratação do programa de conserva e manutenção dessas rodovias o que permitirá melhorar a logística de transportes no estado beneficiando as indústrias empresas comércio o turismo e a população como um todo que poderá viajar com segurança.

[close]

p. 7

danilo santos de freitas secretÁrio de infraestrutura do estado de goiÁs quais obras estão previstas para melhorar o transporte nas rodovias e o escoamento da produção goiana além das já citadas acima está previsto também a duplicação de trechos das rodovias go-020 060 070 e 080 continuamos também a gestão junto ao dnit para retomada da obra do desvio da br-153 É também prioridade desta gestão a conclusão do antigo anel viário de goiânia contorno noroeste o que pode ser feito para evitar a paralisação de obras um grande passo já foi dado que foi a criação do plano de ação integrada pai este plano garante a execução das obras prioritárias outro passo é a busca por novas fontes de recursos como por exemplo os convênios com o governo federal e as ppp s qual o real motivo de tantos adiamentos da execução do novo aeroporto de goiânia a obra que é de responsabilidade do governo federal sofreu a intervenção do ministério público federal e do tribunal de contas da união mas estamos acompanhando e fazendo gestão para que esses obstáculos sejam superados de acordo com as informações repassadas pela infraero os projetos executivos da pista acessos e pátio que estão sendo elaborados pelo exército brasileiro fruto do termo de cooperação técnica firmado entre o seu departamento de engenharia e construção e a infraero estão sendo finalizados assim como também os projetos executivos do terminal de passageiros e de logística a cargo do consórcio via-odebrecht que assinou um termo aditivo com a infraero constando o mês de dezembro deste ano como prazo final para apresentação dos projetos e orçamento como está a negociação com as partes envolvidas para a execução dos trechos que ainda faltam para concluir o traçado do anel viário de goiânia propusemos e já esta em fase de análise o termo de cooperação técnica a ser firmado entre a seinfra e o dnit para que este órgão federal repasse ao estado os projetos do antigo anel viário referente ao trecho chamado de contorno noroeste assim que for firmado este tct o que deverá ocorrer em breve iremos realizar a atualização dos projetos e dos orçamentos para assim darmos início ao processo licitatório de contratação das obras deste trecho a ser realizado pela agetop o senhor acredita que as parcerias público-privadas ppp s sejam boa opção para execução de obras de infraestrutura de transportes no estado a secretaria já trabalha esta ideia É preciso ressaltar que o objetivo geral das parceiras público-privadas é canalizar para os serviços públicos a habilidade gerencial e os capitais privados estruturando uma relação que eu chamo de ganha-ganha ou seja ganha o setor público que obtém um melhor uso do recurso público e se desonera parcialmente no investimento em obras de infraestrutura bem como na manutenção de serviços com maior eficiência ganha o setor privado com a remuneração advinda da exploração do negócio e ganha a sociedade que passa a dispor de obras e serviços de forma ágil e de qualidade por isso entendo que essas parcerias sejam boas especialmente em obras de infraestrutura de transportes no estado como exemplo cito a implantação do vlt em goiânia porque permitirá a transferência da capacidade inovadora do setor privado para a área pública a otimização do custo de implantação e operação do modelo o compartilhamento de infraestruturas e a divisão de responsabilidades pois o parceiro público define as condições de oferta do serviço público e o parceiro privado projeta constroi e opera os ativos como está o andamento da ferrovia norte-sul quais trechos já foram executados e quanto tempo e recursos ainda faltam para o término segundo dados da valec empresa do governo federal responsável pelas obras o trecho palmas­anápolis tem previsão para conclusão em setembro de 2013 já tendo sido gastos r 2,8 bilhões faltando r 420 milhões referentes as obras complementares os pátios previstos para este trecho já estão em fase de contratação o trecho ouro verde­estrela d oeste está em execução tendo sido executado cerca de 30 com uma previsão de investimento na ordem de r 2,7 bilhões a data prevista para conclusão é agosto de 2014 a contratação dos pátios prevista para este trecho está em fase de estruturação quais as prioridades estabelecidas no plano de ação integrada de desenvolvimento pai relacionadas ao desenvolvimento do setor de infraestrutura as prioridades inseridas no pai ­ plano de ação integrada de desenvolvimento estão relacionadas à conclusão da ponte sobre o rio araguaia na divisa de goiás com mato grosso entre os municípios de aruanã e cocalinho a conclusão do anel de viário de goiânia o chamado contorno noroeste a reestruturação dos aeródromos de goiás que como já disse são os pequenos aeroportos localizados no interior a construção dos viadutos na go-060 com a av castelo branco na go-070 e 080 na interseção com a av perimetral norte e acesso ao campus universitário sem falar no maior programa de reconstrução conserva manutenção e sinalização de rodovias pavimentadas e não pavimentadas já realizado que é o programa rodovida a conclusão de obras inacabadas e construção de novas rodovias reestruturação do sistema de uso dos terminais rodoviários do estado de goiás e a execução das obras do aeroporto de cargas e da plataforma logística de anápolis dentre outras novembro 2012 · construir mais · sinduscon-go 7

[close]

p. 8

8 sinduscon-go · construir mais · novembro 2012

[close]

p. 9

n ot Í ciasdos pa rcei ro s lançada a árvore fundamental do primeiro bairro planejado de aparecida de goiânia no dia 21 de setembro dia da Árvore os incorporadores antônio carlos da costa da tropical urbanismo guilherme pinheiro da gpl incorporadora marcelo borges da terral incorporadora e rodrigo meirelles da ebm incorporações participaram do plantio da uma muda de cássia árvore típica do cerrado brasileiro em ato simbólico de lançamento do primeiro bairro planejado de aparecida de goiânia o parque américa as crianças da escola municipal parque santa cecília vizinha do futuro bairro plantaram mudas no local o evento foi prestigiado por quase 500 corretores de imóveis não haveria dia mais propício para fazer o lançamento deste bairro que será naturalmente planejado e oferecerá o primeiro parque urbanizado e aberto à população disse o empresário antônio carlos da costa localizado na região nordesteda cidade próximo à avenida são paulo o parque américa será desenvolvido pelas quatro incorporadoras em uma área de 290,161 mil m² abrigará além do parque com mais de 44 mil m² um mall de serviços e 17 áreas para empreendimentos residenciais que serão todos implantados pelo grupo empreendedor ao longo de oito anos toda a infraestrutura do bairro e do parque será custeada pelo grupo empreendedor e doada ao poder público os investimentos serão de cerca de r 200 milhões durante o lançamento do bairro foi anunciado também que o ex-prefeito e responsável pela emancipação da cidade elmar arantes cabral dará nome ao parque homenagem que foi orgulhosamente recebida pelos filhos do pioneiro o promotor de justiça Érico de pina e o prefeito de piracanjuba ricardo de pina presentes no evento sicoob engecred-go comemora 11 anos com jantar beneficente a cooperativa de crédito sicoob engecred-go comemorou seus 11 anos de atividades com jantar beneficente em prol do serviço social da indústria da construção no estado de goiás seconci-go o evento foi promovido pelo instituto engecred entidade social ligada à cooperativa cujo objetivo foi ressaltar a boa prática do espírito cooperativista de benefício em prol da comunidade o momento de confraternização foi realizado no dia 27 de setembro no clube antônio ferreira pacheco em goiânia com a presença de 350 pessoas entre cooperados empresários colaboradores e representantes do mercado financeiro o presidente do instituto engecred wolney unes e o presidente do sicoob engecred-go luis alberto pereira agradeceram pelas contribuições simbolizadas pela compra do convite para o jantar destacando que o valor arrecadado foi ofertado ao seconci-go por meio da aquisição de armário para arquivo de prontuários médicos utensílio indispensável para a associação construtora realiza ação para conscientizar motociclistas a cada dia o corpo de bombeiros registra quase 90 ocorrências de acidentes de trânsito no estado de goiás a estatística divulgada pelos jornais goianos na semana nacional de trânsito de 18 a 25 de setembro também foi refletida pelos trabalhadores do canteiro de obras do flampark residential club da brasal incorporações a incorporadora convidou a agência municipal de trânsito para apresentar aos trabalhadores o certo e o errado nas ruas especialmente àqueles que usam a moto para ir ao trabalho a moto expõe o condutor que se machuca muito quando ocorre qualquer sinistro justifica o engenheiro e gestor de contratos da obra luiz alexandre reis e silva além de ser um risco para a integridade física do trabalhador acidentes de trânsito podem afetar também a rotina da obra uma vez que geram afastamentos do colaborador conta ele a palestra foi apresentada pelo chefe da divisão de projetos de educação para o trânsito da amt horácio ferreira que mostrou os perigos da imprudência nos veículos de duas e também nos de quatro rodas com cenas reais de acidentes e sequelas o agente apresentou o resultado da imprudência e repassou com os colaboradores as condutas corretas a moto não é perigosa perigosa é a atitude do motociclista alertou novembro 2012 · construir mais · sinduscon-go 9

[close]

p. 10

em goiÁs uns constroem casas outros constroem prÉdios e tambÉm constroem pontes que constroem aeroportos que constroem longas estradas que constroem shoppings que constroem condomÍnios que constroem hospitais que constroem escolas que constroem creches que abrigam a vida .og -nocsudnis on oÃtse seroturtsnoc sesse sodot todos esses construtores estÃo no sinduscon-go !sÓn a es-etnuj junte-se a nÓs www.sinduscongoias.com.br telefone 62 3095-5155 sinduscon-go acs

[close]

p. 11

sinduscon-go acs a rt i g o spda um objetivo de qualidade para as construtoras o brasil tem se destacado no cenário internacional de eletricidade atmosférica através do grupo de eletricidade atmosférica elat do instituto nacional de pesquisas espaciais inpe o elat responsável por pesquisas científicas e tecnológicas e por diversas atividades pioneiras é considerado um dos principais centros internacionais sobre raios duas realizações importantes em 2011 contribuíram para tal consideração a organização da 14ª conferência internacional de eletricidade atmosférica icae 2011 e a criação da nova rede brasileira de detecção de descargas atmosféricas brasildat a principal conferência do mundo na área teve participantes de mais de 25 países e ocorreu em agosto no rio de janeiro a brasildat operada pelo elat até dezembro de 2012 possuirá 95 sensores monitorando todo o país e se tornará a segunda maior rede do mundo com estas características sendo a primeira a rede norte-americana no brasil campeão mundial de raios devido sua extensão territorial e proximidade ao equador geográfico as pesquisas relatam o aumento da incidência de raios no ranking de descargas atmosféricas do biênio 2005-2006 para o biênio 2007-2008 o estado de goiás saltou de sétimo para quinto lugar e a cidade de goiânia apresentou crescimento de 34,7 no número de descargas atmosféricas embora a norma nbr-5.419 ­ proteção de estruturas contra descargas atmosféricas se equipare com as normas internacionais mais avançadas desde 1993 a maioria das edificações ainda tem seus sistemas de proteção contra descargas atmosféricas spda popularmente conhecido por para-raios construídos em desacordo com a referida norma muitos projetos não contemplam todas as determinações normativas quando informado a respeito do custo da adequação diversas construtoras têm optado por manter o projeto original por não analisarem corretamente a relação custo/benefício outras causas principais e frequentes tem sido 1 a falta de profissional legalmente habilitado no crea e com conhecimento comprovado para orientação e fiscalização na execução do spda o que tem gerado execuções não conformes com o projeto 2 a utilização de materiais não normatizados como por exemplo cabos de cobre nu comercial cujo volume de cobre é 30 menor que o normatizado componentes ferrosos expostos com galvanização eletrolítica­a frio­ por norma devem ser galvanizados a quente e hastes cobreadas de aterramento tipo comercial ­ baixa camada ­ a norma exige hastes de alta camada 254µm de cobre três principais motivos podem ser mencionados na tentativa de explicar porque o spda não tem sido executado como previsto na nbr-5.419 falta de órgão fiscalizador o corpo de bombeiros militar verifica a existência da anotação de responsabilidade técnica ­ art do projeto e da execução ficando a responsabilidade do serviço executado a cargo dos respectivos responsáveis técnicos e da empresa empreendedora falta de maior conhecimento técnico dos profissionais envolvidos projetistas executores e contratantes e falta de conhecimento básico dessa área por parte dos usuários das edificações porém a mudança desse paradigma se faz necessária quando buscamos pela excelência na construção de edificações seguras do ponto de vista da edificação e das pessoas em seu interior e também quando exercemos a política de qualidade do sinduscon-go apoiar o desenvolvimento do setor e atingir a satisfação dos clientes através de ações institucionais do crescimento profissional de seus colaboradores e da melhoria contínua dos serviços prestados a proteção contra descargas atmosféricas se faz obrigatória também para o cumprimento do código de defesa do consumidor lei federal 8.078/90 da norma regulamentadora do ministério do trabalho nr-10 e do código estadual de proteção contra incêndio explosão pânico e desastres lei estadual 15.802 em vigor desde 11 de setembro de 2006 rinaldo alves scheiblich é engenheiro eletricista especialista em sistema de proteção contra descargas atmosféricas ­ spda membro do comitê de tecnologia do sinduscon-go tendo participado da comissão de estudos de prevenção contra incêndio e pânico ­ cepip junto ao corpo de bombeiros militar do estado de goiás novembro 2012 · construir mais · sinduscon-go 11

[close]

p. 12

e s pa Ç ojur Í dicoamédia da remuneraÇão variável do trabalhador tais como horas extras produtividade insalubridade e periculosidade e outros adicionais devem ser apuradas para o pagamento da primeira parcela do 13º salário e quanto às férias coletivas quais são os procedimentos para a sua concessão inexiste previsão legal expressa quanto a empresa estar obrigada ou não a integrar referidas médias por ocasião do pagamento da 1ª parcela do 13º salário dessa forma há entendimentos tanto no sentido de que a empresa não está obrigada a calcular e pagar as referidas médias juntamente com a 1ª parcela do 13º salário bem como no sentido de o pagamento ser devido uma vez que os adicionais fazem parte da remuneração do empregado assim a fim de evitar passivos trabalhistas a assessoria jurídica do sinduscon-go aconselha fazer a integração das médias para pagamento da primeira parcela contudo caberá à empresa adotar o posicionamento que julgar mais acertado e ao poder judiciário definir tal questão se porventura for acionado no entanto na 2ª parcela a apuração da média dos rendimentos variáveis é obrigatória com vistas a integrar a base de cálculo do pagamento da parcela final do 13º salário em consonância com as súmulas nº 45 e 60 do tribunal superior do trabalho tst quanto às férias coletivas a legislação obriga a empresa a comunicar o órgão local do ministério do trabalho e emprego com antecedência mínima de 15 dias avisando sobre a data inicial e final das férias coletivas inclusive mencionando os setores abrangidos pela medida e a enviar cópia dessa comunicação ao sindicato profissional representativo da categoria sob pena de incidência de multa administrativa ressalte-se que as férias não poderão ser concedidas em um período inferior a 10 dias por fim a assessoria jurídica do sinduscon-go esclarece que na hipótese de férias coletivas inexiste a possibilidade de conversão de 1/3 do período de férias em abono pecuniário se porventura houver interesse do empregador ou do empregado no abono nas férias coletivas deverá haver acordo coletivo de trabalho com o sindicato dos trabalhadores portanto se o empregador decidir pela concessão do abono pecuniário nas férias coletivas deverá obrigatoriamente negociar com o sindicato não dependendo de requerimento individual à concessão do abono fonte iob on-line lei nº 4.749/1965 arts 1º e 2º consolidação das leis do trabalho clt art 139 §1º §2º e §3º saiba mais em www.gra caart3.com.br o selo fsc é uma das certi cações mais sérias e responsáveis do mundo ele garante que a matéria-prima foi obtida com respeito ao meio-ambiente aos trabalhadores orestais e à comunidade twitter @gra caart3 facebook facebook.com/gra caarttres 62 rua 102 nº 34 st sul goiânia-go 3218.2233 12 sinduscon-go · construir mais · novembro 2012

[close]

p. 13

empresários duas vezes no quinto dos infernos ¹ valdir leite queiroz todos os anos é comum vermos nos jornais que são esestamos sob a égide de inúmeras leis que se fossem questioquecidos pelos trabalhadores nos cofres públicos milhões e nadas seriam consideraras ilegais e consequentemente não milhões de reais sem que este dinheiro seja reclamado no seríamos obrigados a cumpri-las último mês de março a rede globo mostrou uma matéria o instituto brasileiro de planejamento tributário ibpt jornalística em seu jornal nacional em que a justiça do traafirma que desde a constituição de 1988 até o ano 2010 balho da bahia a mando do conselho nacional de justiça já foram editadas 250 mil normas tributárias e que são edisaiu à procura desses trabalhadores para devolver pequenos tadas diariamente cerca de 46 novas normas tributárias valores que ficaram esquecidos nos processos trabalhistas fica fácil perceber que o departamento de contabilidade findos há muitos anos de uma empresa mesmo com a ajuda de um corpo juo que mais me chamou a atenção nesta matéria foi o trarídico que não seja especializado na área tributária não tamento não igualitário entre trabalhador e empresa visto conseguirá acompanhar tantas mudanças ficando imposque se o conselho nacional de justiça mandou sair a cata sível navegar por este mar de normas sem um timoneiro dos trabalhadores para devolver-lhes o que era deles por diespecializado no assunto reito que pelo princípio constituciojuntando a informação de que nal da isonomia fizesse o mesmo 8 em cada 10 leis questionadas no com as empresas ou seja manstf são ilegais com a informação em média de 3 a 5 dasse comunicar às mesmas que de que são editadas 46 novas nordo que a empresa paga elas possuem uma montanha de mas tributárias por dia também de tributos é indevida dinheiro centenas de vezes maior fica claro perceber que o contriem outras palavras esquecido nos bancos públicos buinte tem um campo enorme para as empresas não dos chamados depósitos recursais buscar os seus direitos que são obrigadas a recolher semna gula de arrecadar cada vez buscam seus direitos e pre que não há acordo e não conmais a fim de sustentar um estado acatam leis ilegais é cordam com a sentença judicial doente e inchado os governos elaum prato cheio para os isso os jornais não noticiam e boram leis sem respeitar a hierargovernantes também não noticiam a montaquia das normas e princípios consnha de dinheiro que as empresas titucionais e desta forma tanto os têm direito de buscar de volta por tribunais federais quanto o supetudo que pagou indevidamente nos últimos cinco anos ou rior tribunal de justiça e o supremo tribunal federal apesar mais dos cofres públicos porém nunca são buscados pelas da composição governista de todos têm tomado decisões mesmas e por um motivo bem simples elas não sabem que importantes visando dar o mínimo de proteção ao contripossuem esta montanha de dinheiro e o mais incrível é que buinte fazendo com o mesmo apesar de estar pagando na sua grande maioria são empresas médias ou grandes dois quintos dos infernos pelos menos não seja roubado calcula-se que somente este ano serão tomados ilegalnas regras do jogo mente dos contribuintes cerca de sessenta bilhões de reais² tomados ilegalmente porque são tributos que não possuem valdir leite queiroz amparo legal para incidirem sobre determinada situação e é advogado especializado em direito tributário administrativo ou sobre determinada base de cálculo e um número ínfimo e constitucional palestrante três livros publicados sócio fundador de contribuintes buscam seu dinheiro de volta em média do escritório meireles queiroz e mendonça especializado em de 3 a 5 do que a empresa paga de tributos é indevida recuperação de tributos presidente da avb ­ advogados em outras palavras as empresas não buscam seus direitos e voluntários do brasil vadir@mqm.adv.br acatam leis ilegais é um prato cheio para os governantes o anuário da justiça no brasil 2012 informa que de cada ¹ a expressão o quinto dos infernos se referia a uma quinta parte de tudo dez leis estaduais ou federais submetidas ao crivo do suque o brasil produzia e que tinha que pagar como tributo para portugal na premo tribunal federal oito são julgadas inconstitucionais época da colônia este tributo era chamado o quinto porém de tão odiado ou seja estas leis não tinham validade por outro lado confoi apelidado de quinto dos infernos hoje o contribuinte paga dois quintos de tudo que produz ou seja dois quintos dos infernos forme estatística do próprio supremo tribunal federal stf 33 das questões levadas até ele são de matéria referente ² considerando uma arrecadação anual de r 1,5 trilhão e que 3 deste valor ao direito administrativo e tributário e que afetam de modo são cobrados por leis decretos portarias instruções normativa e etc sem base legal ou seja ilegais direto ou indireto as empresas donde podemos concluir que novembro 2012 · construir mais · sinduscon-go 13

[close]

p. 14

c onstruÇÃo sustentÁvel prefeituras implantam programas de certificação em sustentabilidade ambiental estimular a construção sustentável das cidades para reduzir os seus impactos ambientais constitui o principal objetivo de ações que vêm sendo adotadas por prefeituras de municípios mineiros e cariocas as quais ainda contribuem para a evolução da legislação pertinente constituindo um legado importante para a sustentabilidade urbana em goiás o sinduscon-go apresentou em setembro último o documento o desafio de pensar o futuro de goiânia aos então candidatos à prefeitura da capital reivindicando que a exemplo de belo horizonte e do rio de janeiro sejam implantadas políticas públicas de incentivo à sustentabilidade nas edificações por meio de um sistema público de certificação dos edifícios e de um programa de incentivos fiscais dos mesmos em minas gerais o programa de certificação em sustentabilidade ambiental em empreendimentos de belo horizonte destina-se a obras públicas e privadas no último enic o secretário municipal de meio ambiente da prefeitura de bh vasco de oliveira araújo informou que as construtoras que apresentarem projetos de edificações sustentáveis no município poderão ter abatimentos nas medidas compensatórias conforme o nível de eficiência do empreendimento a proposta de uma deliberação normativa dn que concede o benefício está em estudo no conselho municipal de meio ambiente do município de belo horizonte explicou ele e quando for publicada vai contemplar os projetos certificados pelo selo bh sustentável no rio de janeiro a certificação qualiverde criada em junho deste ano decreto nº 35.745/12 concede uma série de benefícios fiscais e edilícios via projetos de lei em aprovação respectivamente o pl-1415/12 e o plc-88/12 aos empreendimentos que adotarem ações e práticas sustentáveis sendo as ações pontuadas determinantes do grau da certificação parcial ou total a pontuação incide por exemplo sobre o uso de dispositivos economizadores ­ registros de vazão e descarga medidores individuais sistemas de reuso de águas servidas e de águas negras aproveitamento de águas pluviais aquecimento solar da água eficiência do sistema de iluminação telhados de cobertura verde e conforto acústico entre outras práticas sustentáveis a partir daí são dadas notas e a empresa que conseguir atingir de 70 a 100 pontos já conquista benefícios e ganha a certificação qualiverde se superar os 100 e chegar ao limite de 140 pontos terá a certificação total explica roberto lira consultor técnico do sinduscon-rj e membro do conselho municipal do meio ambiente e de política urbana do rio de janeiro no que concerne ao imposto sobre serviços de qualquer natureza iss são objetos de benefícios fiscais os serviços de execução por administração empreitada ou subempreitada de obras de construção civil hidráulica ou elétrica e de outras obras semelhantes e serviços de reparação conservação e reforma de 14 sinduscon-go · construir mais · novembro 2012 edifícios estradas pontes portos e congêneres quando houver a qualificação qualiverde a alíquota incidente sobre estes serviços será de 1,5 e quando houver a qualificação qualiverde total será de 0,5 quanto aos benefícios no que concerne ao tbi sobre as operações ocorridas sobre a aquisição onerosa será concedido desconto de 50 na cobrança do imposto quando houver a qualificação qualiverde ocorrendo a isenção do mesmo quando houver a qualificação qualiverde total os benefícios são os mesmos em relação ao pagamento de iptu durante a construção de empreendimentos após a emissão do habite-se será concedido desconto no imposto para todas as unidades autônomas que compõem a edificação variando de 10 a 20 conforme a certificação as edificações qualiverde e qualiverde total também usufruirão de benefícios edilícios de acordo com weber coutinho gerente de planejamento e monitoramento ambiental da secretaria municipal de meio ambiente de belo horizonte a proposta do programa de certificação em sustentabilidade ambiental em empreendimentos de bh trata sobre certificação de resultados para a redução do consumo de água e de energia para a gestão dos resíduos sólidos redução e reciclagem e para a redução direta das emissões dos gases de efeito estufa coutinho informa que o nível de eficiência não é avaliado no processo de construção mas sim na sustentabilidade dos edifícios quando estiverem em uso pelos proprietários e que a certificação atesta ao consumidor que aquele edifício representará para ele uma economia a mais no futuro a certificação fará parte dos projetos de sustentabilidade da prefeitura de belo horizonte para a copa do mundo da fifa brasil 2014 que recomendam a redução dos impactos socioambientais decorrentes da realização do evento nos moldes das copas da alemanha e da África do sul até o presente foram certificados 12 empreendimentos entre prédios residenciais e comerciais com destaque nesse último setor para três hotéis prevendo-se para a copa do mundo de 2014 a certificação de 70 empreendimentos roberto lira consultor tÉcnico do sinduscon-rj

[close]

p. 15

a rt i g o nova diretoria da age metas globais ações em perspectiva no caminho para desenvolver uma gestão sólida e dinâmica são importantes a identificação das estratégias os objetivos a serem traçados as execuções das políticas e ações projetadas frente aos desafios a enfrentar cabe cultivar uma nova postura para isso são necessárias as avaliações dos ambientes interno e externo e as metas delineadas para os anos vindouros ressaltando os trabalhos fundamentais para que em todos os setores haja mais eficácia administrativa o que existe de melhor em desenvolvimento pelas nossas entidades co-irmãs nos principais centros do país será sempre fonte de inspiração para o plano de trabalho que colocamos em execução em nossa gestão à frente da age a adaptação dessas ações empreendidas por aquelas entidades nacionais que possuem os mesmos princípios da age será feita por meio de um constante intercâmbio e troca de informações com essa dinâmica de trabalho vamos estar em perene contato com o que se passa no país em relação ao nosso segmento ao adotar essa estratégia de atividade para a age vamos possibilitar que as empresas goianas de engenharia ganhem mais valorização no mercado não devemos nada para as empresas de fora quanto à competência tecnologia etc exemplos da qualidade de trabalho das empresas estabelecidas no estado estão expostos em inúmeras obras públicas e de incorporação realizadas em goiânia e no interior goiano nesses poucos meses de nossa gestão a entidade tem se mantido em perfeita integração com os órgãos públicos da capital e do estado nessa parceria de ação já estivemos no dnit na agetop e em outros organismos conversando com seus dirigentes e nos colocando à disposição para a execução de obras tanto em goiânia quanto nos outros municípios de goiás o setor da construção em goiás antevê momentos promissores de trabalho e crescimento está ocorrendo um boom de obras no segmento de incorporação e também na área de infraestrutura na construção e recuperação em rodovias ferrovias saneamento básico e outros estamos otimistas e esperançosos por muito trabalho nos próximos anos como exemplos dessa perspectiva promissora estão os grandes eventos esportivos que teremos já a partir do ano que vem com a copa das confederações em 2014 com a copa do mundo e em 2016 com a olimpíada rio 2016 esses eventos vão exigir a realização de grandes obras de infraestrutura em suas principais sedes e até mesmo em goiânia que abrigará delegações estrangeiras em treinamentos por entender que o setor da construção em goiás é capaz e está no mesmo nível de qualidade das outras em por entender que o setor da construÇão em goiás é capaz e está no mesmo nível de qualidade das outras empresas nacionais é que vemos nesse boom de obras que se aproxima a grande oportunidade das empresas goianas de engenharia mostrarem o seu valor presas nacionais é que vemos nesse boom de obras que se aproxima a grande oportunidade das empresas goianas de engenharia mostrarem o seu valor em nossa gestão à frente da age lutaremos para que as empresas do estado também sejam contempladas na realização dessas obras oswaldo ferreira jÚnior é engenheiro civil diretor-presidente da construtora ferreira presidente da associação goiana das empresas de engenharia age gestão 2012/2014 novembro 2012 · construir mais · sinduscon-go 15

[close]

Comments

no comments yet