Catálogo Primeiro Plano 2008

 

Embed or link this publication

Description

Catálogo Primeiro Plano 2008 - Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

27 out a 2 nov juiz de fora cinearte palace uci kinoplex independencia shopping parque halfeld cine theatro central mamm murilo mendes 19 a 28 nov buenos aires fundacion centro de estudos brasileiros universidad del cine centro cultural sabato centro cultural adan buenosayres espacio cultural carlos gardel

[close]

p. 3



[close]

p. 4

apresentaÇÃo abertura mostras competitivas mostra competitiva nacional mostra competitiva regional mostras paralelas pré-estréias de longas metragens panorama primeiro plano mostra mercocidades de curtas-metragens mostra independentes mostras especiais sessão escola cinema no parque cinema no bairro plano animado mostra homenagem josé santos resgate primeiro plano mostra audiovisual de juiz de fora eventos paralelos oficinas debates encontro internacional de audiovisual de juiz de fora e mercocidades encerramento jÚri prÊmios premiados 2007 agradecimentos crÉditos 5 13 17 35 47 53 59 65 71 73 77 81 83 85 87 93 95 101 104 106 107 108 110

[close]

p. 5



[close]

p. 6

o compromisso da cemig com o cinema data da época da sua fundação quando exibições eram improvisadas nos galpões de suas obras onde a comunidade e os empregados se reuniam para assistir a velhos clássicos na luz mágica de projetores de 16mm durante 56 anos apoiamos montagens emprestamos geradores e gruas para pequenas e grandes produções realizamos o primeiro festival de curtas do estado e entramos no novo século com o maior programa de fomento ao audiovisual em minas gerais o filme em minas que já premiou cerca de 75 produções em todos os segmentos dessa arte esse processo não seria completo sem o patrocínio constante aos festivais e mostras que conferem visibilidade às produções junto ao público e facilitam os processos de distribuição portanto é com grande satisfação que voltamos a apoiar o primeiro plano festival de cinema de juiz de fora e mercocidades firmando nossa parceria com o luzes da cidade grupo de cinéfilos e produtores culturais parabéns aos realizadores desejamos todo sucesso ao evento cemig sete anos depois de sua criação o primeiro plano vem se mostrando cada vez mais vigoroso o festival manteve-se fiel a sua linha curatorial construindo sua programação a partir dos primeiros filmes sejam eles de curta ou longa metragem este olhar para o novo e a consequente expectativa criada pelo por vir são alguns dos fatores que contribuem para consolidar o primeiro plano no crescente circuito brasileiro de mostras e festivais a cada ano juiz de fora encontra durante alguns dias uma ótima oportunidade para mergulhar no cinema para ver e discutir filmes para conhecer novos artistas a secretaria de estado de cultura de minas gerais apoiadora do evento através do programa cemig cultural deseja vida longa ao primeiro plano secretaria de estado de cultura de minas gerais 5

[close]

p. 7

mrs nas telas uma ferrovia participando do desenvolvimento do cinema nacional a mrs logística s.a é uma empresa de transporte ferroviário de cargas com atuação nos estados de minas gerais rio de janeiro e são paulo a companhia completa 12 anos no próximo dia 1º de dezembro e está trabalhando intensamente para resgatar a contribuição dos trens ao desenvolvimento nacional depois de um período inicial voltado a arrumar a casa a mrs começou a apresentar resultados financeiros positivos a partir de 2003 e desde então tem trilhado uma sólida história de crescimento e sustentabilidade desde o primeiro momento em que buscou definir seus caminhos para o investimento cultural e social a mrs encontrou o cinema a empresa acredita que apoiar a realização de filmes e festivais como este é uma relevante forma de contribuir para a construção de um país melhor o cinema tem papel central na discussão sobre os caminhos da nossa sociedade e na construção de uma identidade nacional já são 19 os longa-metragens que foram ou vão às telas com a marca da mrs entre eles o 6 maior sucesso de público do período da chamada retomada do cinema nacional 2 filhos de francisco o ano em que meus pais saíram de férias tropa de elite mutum chega de saudade os desafinados entre outros a parceria da mrs com o luzes da cidade no festival primeiro plano chega a seu terceiro ano para nós que temos em juiz de fora nossa sede administrativa e operacional é uma oportunidade especial de trazer para perto de nós a experiência que estamos adquirindo em relação ao cinema mas é principalmente um momento de ajudar a fazer acontecer este importante espaço de discussão reflexão e aprendizado sobre cinema e cultura ficamos muito felizes em poder transformar nossos resultados em contribuição ao cinema brasileiro ao fortalecimento do festival e ao desenvolvimento cultural de juiz de fora boa sorte bons filmes e bons debates para todos rodrigo barbosa mrs logística s.a.

[close]

p. 8

cultura em primeiro plano a realização da sétima edição do primeiro plano ­ festival de cinema de juiz de fora e mercocidades evidencia a histórica vocação cultural de juiz de fora no momento em que em todo o território nacional o cinema enfrenta o desafio de manter o público nas salas de exibição e que na cidade cinco salas do circuito comercial fecharam suas portas representantes da classe artística juizforana respondem com a produção de um festival de cinema a funalfa se associa a este grupo de cinéfilos e apóia o primeiro plano ­ festival de cinema de juiz de fora e mercocidades mais do que nunca é preciso acreditar e investir na força do cinema não apenas enquanto arte mas também como produto que integra a cadeia produtiva deste país o cinema assim como outras manifestações da arte além de ser fonte de deleite e conhecimento emprega um significativo número de pessoas e gera riqueza econômica independente destes fatores é um meio de expressão da alma humana que registra e reflete o nosso tempo apoiar esta iniciativa é primordial a sétima edição do festival demonstra ainda o empenho e o fôlego dos produtores locais além de exibir filmes de longa e curta metragens realizados no brasil e que estão fora do circuito comercial o público terá a oportunidade de assistir produções argentinas e uruguaias um aspecto que indica a preocupação em promover o intercâmbio com outros países o desejo de conhecer e divulgar a arte de nossos vizinhos e que permite a troca de experiência para superar os desafios do setor parabéns aos produtores do primeiro plano ­ festival de cinema de juiz de fora e mercocidades a funalfa tem orgulho de apoiar um empreendimento que coloca a cultura de nossa cidade em destaque antônio carlos siqueira dutra superintendente da funalfa 7

[close]

p. 9

democratizar o acesso à produção cultural e estimular o surgimento de novos talentos no cenário artístico são ações que têm norteado a atuação da universidade federal de juiz de fora por meio da pró-reitoria de cultura seguindo essa política a ufjf apóia desde 2006 o primeiro plano ­ festival de cinema de juiz de fora e mercocidades evento que se firma a cada ano no circuito audiovisual brasileiro e engloba um número cada vez maior de participantes de todo o brasil nesta 7ª edição do festival sob o tema imagens entre nós a universidade amplia sua participação conforme o compromisso anunciado no ano passado neste ano oferecerá uma premiação o prêmio incentivo primeiro plano no valor de r 5 mil a ser concedido à melhor produção universitária local a consolidação do primeiro plano no calendário cultural da cidade vem reforçar a essência do produto cinematográfico como importante agente de transformação social enquanto na modalidade mostra competitiva regional cumpre importante papel ao incitar nossos artistas em potencial a apre8 sentar suas produções em um espaço democrático e plural universidade federal de juiz de fora pró-reitoria de cultura

[close]

p. 10

o primeiro plano festival de cinema de juiz de fora e mercocidades de 2008 ocorre durante a presidência pro tempore brasil do mercosul que se estende até dezembro os projetos apresentados pela secretaria do audiovisual do ministério da cultura para implementação neste período em que presidimos a recam ­ reunião especializada de autoridades cinematográficas e audiovisuais do mercosul são voltados ao incentivo à animação e à aproximação das cinematecas de nossos países o animasul é um programa composto de ações de capacitação co-produção distribuição internacional e difusão através das televisões públicas de séries de animação a serem realizadas por produtores independentes visando o intercâmbio de conhecimento nas áreas de documentação catalogação restauração e digitalização a cinemateca brasileira recebe em novembro técnicos de instituições de outros países do mercosul para um estagio com duração de duas semanas a partir de 2009 o programa mercosul audiovisual firmado com a união européia apoiará a integração dos setores cinematográficos e audiovisuais da argentina brasil para guai e uruguai o acordo prevê ações de capacitação profissional e técnica preservação do patrimônio fílmico harmonização das diferentes legislações criação de rede de salas digitais para difusão preferencial de filmes do bloco e disponibilização de dados através do observatório mercosul audiovisual oma em paralelo o brasil traz ao bloco uma constante preocupação em fazer com que os espaços do mercosul aproximem-se da realidade vivenciada pelos produtores em cada país tornando-se instrumento real de integração foi com esse intuito que em 2008 foram realizados dois encontros de produtores paralelos as reuniões da recam visando a co-produção o primeiro plano me parece sintonizado com este movimento de concretização da integração regional espero que o festival tenha vida longa e que com seu foco nas mercocidades afirme-se definitivamente em nossa agenda de eventos cinematográficos silvio da-rin secretario do audiovisual do ministério da cultura 9

[close]

p. 11

em meio a declarações equivocadas de um famoso produtor cinematográfico sobre a proliferação de festivais de cinema brasileiros o maior veículo de divulgação da produção nacional e a outro manifesto igualmente deslocado de um famoso ator sobre uma suposta pornografia em nosso cinema o primeiro plano chega à sua sétima edição em pleno vigor e cheio de novidades a primeira delas vem no próprio nome agora somos primeiro plano festival de cinema de juiz de fora e mercocidades e o apêndice mercocidades não é em vão pois vamos além das fronteiras com exibições em buenos aires argentina além disso discutiremos a identidade sulamericana no i encontro internacional de audiovisual e ampliando o intercâmbio com as mercocidades exibiremos não apenas curtas mas também longas-metragem de jovens cineastas argentinos e uruguaios compondo a mostra mercocidades nosso carro chefe a mostra competitiva de curtas metragens também foi incrementada e agora se chama mostra competitiva nacional abrindo espaço para exibição de curtas também em formatos digitais reabrindo a discussão ini10 ciada ano passado e democratizando a exibição no mesmo rumo a mostra competitiva de vídeos se tornou a mostra competitiva regional trazendo como grande novidade o prêmio incentivo primeiro plano que premiará a equipe do melhor vídeo universitário escolhido por um dos júris oficiais com recursos e infra-estrutura necessárias para realizar um novo curta as tradicionais e concorridas pré-estréias trazem uma enorme diversidade de temas e narrativas levando em conta a proliferação de filmes retratando artistas das mais diversas estirpes vamos exibir três documentários que retratam três gerações e três diferentes formas de encarar a vida também não poderíamos ignorar uma geração de novos cineastas que conseguem realizar seus filmes na cara e na coragem e assim apresentamos a mostra independentes seguindo com nossas homenagens em 2008 destacaremos a trajetória do nosso conterrâneo josé santos que hoje dirige o museu da pessoa em são paulo e não é pelo excesso de novidades que não daremos o devido destaque a nossas atividades paralelas o plano animado o panorama primeiro plano a mostra audiovisual de juiz de fora e

[close]

p. 12

a sessão escola continuam enriquecendo nossa programação as concorridas oficinas mais do que espaços destinados ao aprendizado técnico incentivarão o pensamento sobre o cinema sua utliização como instrumento de educação e como forma de inserção na sociedade divirtam-se pensem discutam e respirem cinema até a próxima a equipe 11

[close]

p. 13



[close]

p. 14

abertura abertura

[close]

p. 15

cine theatro central segunda 27 de de outurbo 20h urbe juiz de fora 35mm cor 2008 15min um filme sobre as raízes de uma cidade e os sentimentos de seus habitantes direção e roteiro marcos pimentel produção cristiano rodrigues fotografia mauro pianta som e trilha musical o grivo abertura e design luiz andré gama montagem horácio velásquez contato marcos pimentel 32 9977 9738 32 3214 1767 31 9166 2520 marcospimentel77@yahoo.com.br 14

[close]

Comments

no comments yet