Trienal Movimento Desenho 2012

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

0

[close]

p. 2

1

[close]

p. 3

movimento 15 de outubro a 15 de dezembro este movimento nasce com a intenção de dar uma visão ampla sobre o desenho em todas as suas manifestações técnicas e artísticas sem excluir qualquer suporte ou riscador queremos mostrar desenho queremos divulgar o nível elevado de talento dos autores portugueses e o trabalho dos agentes culturais e instituições que comunicam desenho ao público queremos mostrar o desenho dos tradicionais riscadores lápis caneta e tinta mas também o desenho que usa técnicas de registo diferentes o desenho para estudos e croquis o desenho meticulosamente produzido com a ajuda de instrumentos técnicos o desenho espontâneo os rabiscos o desenho narrativo o desenho conceptual o desenho figurativo o desenho abstrato entre outros queremos alterar definitivamente a perceção de desenho junto do público o desenho está em tudo o desenho é uma ação de registo capaz de representar diretamente o mundo em que vivemos mas também expressa mundos fantásticos imaginados pelos seus autores o desenho é comunicação o ser humano comunica através do desenho desde a antiguidade fá-lo a partir da infância antes mesmo de aprender a escrever desenha desenha pelo prazer do registo sem preconceitos ou de estar bem ou estar mal desenhado desenha marca e regista sinais ideias em qualquer suporte no papel nos livros ou mesmo na parede da sala a 1ª edição da trienal movimento desenho pretende contagiar de novo o público com o interesse pelo desenho e o prazer de desenhar www.trienalmovimento.org concepÇÃo ediÇÃo e design editorial art assets ang capa desenho e concepÇÃo grÁfica susana chasse conteúdos e informações são da responsabilidade dos parceiros da trienal 2

[close]

p. 4

a cadeira de van gogh associaÇÃo cultural armazÉm das artes artadentro arte contemporÂnea associaÇÃo art in park associaÇÃo chili com carne apecv associaÇÃo de professores de expressÃo e comunicaÇÃo visual atelier galeria margarida de araÚjo biblioteca municipal vicente campinas cÂmara municipal vila real de stº antÓnio cÂmara municipal de aveiro museu da cidade museu arte nova ecomuseu marinha da troncalhada cÂmara municipal da figueira da foz ­ centro de artes e espetÁculos museu municipal santos rocha nÚcleo museolÓgico do sal nÚcleo museolÓgico do mar cÂmara municipal de loures casa museu josÉ pedro galeria municipal vieira da silva pavilhÃo de macau galeria municipal do castelo de pirescouxe museu municipal de loures museu de cerÂmica de sacavÉm cÂmara municipal de oeiras centro cultural palÁcio do egipto cÂmara municipal de vila nova da barquinha ­ almourol centro cultural casa da animaÇÃo casa da arquitectura casa da cerca centro de arte contemporÂnea da cÂmara municipal de almada casa da cultura ­ centro cultural figueiroense casa da galeria casa das histÓrias paula rego casa da mÚsica casa do infante ­ cÃmara municipal do porto casa-museu abel salazar casa pia de lisboa centro cultural casapiano centro de artes de sines [cas centro comercial bombarda centro cultural emmerico nunes chaia ­ centro de histÓria da arte e investigaÇÃo artÍstica da universidade de Évora ­ departamento de artes visuais e design centro de histÓria da arte e investigaÇÃo artÍstica da universidade de Évora ­ departamento arquitetura cooperativa de artesanato celeiro das artes 20 21 ­ conservaÇÃo e restauro de arte contemporÂnea contraprova atelier de gravura corpo de hoje associaÇÃo cultural dama aflita ­ galeria dasduasuma atelier design studio feup faculdade de engenharia universidade do porto direcÇÃo regional de cultura do norte mosteiro de tibÃes edifÍcio artes em partes escola artÍstica antÓnio arroio escola artÍstica soares dos reis escola profissional centro de estudo e trabalho da pedra [epcep escola secundÁria santa maria maior estÚdio um escola de arquitectura da universidade do minho estÚdio tous tous faculdade de artes e letras universidade da beira interior faculdade de arquitectura universidade tÉcnica de lisboa faculdade de belas-artes universidade de lisboa faculdade de belas artes universidade do porto fundaÇÃo casa museu maurÍcio penha fundaÇÃo cupertino de miranda vila nova de famalicÃo fundaÇÃo d luÍs i centro cultural de cascais fundaÇÃo instituto arquitecto josÉ marques da silva fundaÇÃo da juventude palÁcio das artes fÁbrica de talentos galeria das salgadeiras galeria do desassossego galeria joÃo esteves de oliveira trabalhos sobre papel galeria lobo mau galeria luÍs serpa projectos imargem associaÇÃo cultural imerge ideias emergentes instituto politÉcnico do cÁvado e do ave [ipca josÉ rosinhas art gallery wall lac ­ laboratÓrio de actividades criativas l agenzia di arte livraria a das artes livraria fonte das letras maeds museu de arqueologia e etnografia do conselho de setÚbal municÍpio de faro museu municipal de faro municÍpio de montemor-o-novo galeria municipal centro juvenil centro interpretativo s tiago |museu arqueolÓgico do carmo museu bordalo pinheiro museu da Água epal museu da guarda museu da luz museu da marioneta museu da quinta de santiago cÂmara municipal de matosinhos museu da terra de miranda museu de alberto sampaio museu de arqueologia d diogo de sousa museu de arte contemporÂnea de elvas [mace museu de Évora museu de francisco tavares proenÇa jÚnior museu municipal de estremoz prof joaquim vermelho museu de olaria camara municipal de barcelos museu de ovar museu de santa maria de lamas museu do combatente forte do bom sucesso museu do douro museu de territÓrio museu do hospital e das caldas museu monogrÁfico de conÍmbriga museu nacional de histÓria nacional e da ciÊncia museu nacional de arte antiga museu nacional de machado de castro museu nacional do traje museu nogueira da silva ­ universidade do minho ncreatures nid nÚcleo de investigaÇÃo em desenho n planos oficina do desenho oficinas do convento olga santos galeria paÇos galeria municipal torres vedras-cmtv peripÉcia teatro perve galeria pin associaÇÃo portuguesa de joalharia contemporÂnea praÇa filmes da rede de bibliotecas municipais de lisboa biblioteca camÕes sala do veado sardinha em lata serigrafia artÍstica antÓnio moreira sp design group sociedade portuguesa de psicanÁlise sociedade portuguesa de psicologia clÍnica teatro de marionetas do 3 porto trindade ­ galeria de arte universidade de coimbra ­ departamento de arquitetura zona bd editora

[close]

p. 5

pag.07 exposições encontros conferÊncias festivais tertÚlias feiras pag.67 pag.83 experiências espetáculos cinema performance mÚsica cursos workshops concursos residÊncias artÍsticas oficinas pag.102 pag.107 artigos os computadores nÃo sabem desenhar desenhar quem nÃo quer saber na essÊncia da bd estÁ o desenho desenhos que comunicam desenho como meditaÇÃo desenho em arqueologia desenho em caderno 4

[close]

p. 6

a cadeira de van gogh associaÇÃo cultural [pag.7 armazÉm das artes [pag.40 artadentro arte contemporÂnea [pag.64 art in park [pag.7 associaÇÃo chili com carne [pag.45 atelier galeria margarida de araÚjo [pag.62 biblioteca municipal vicente campinas cÂmara municipal vila real de stº antÓnio [pag.8 cÂmara municipal de aveiro museu da cidade [pag.49 cÂmara municipal da figueira da foz ­ centro de artes e espetÁculos [pag.48 cÂmara municipal da figueira da foz museu municipal santos rocha [pag.8 cÂmara municipal da figueira da foz nÚcleo museolÓgico do sal [pag.41 cÂmara municipal da figueira da foz nÚcleo museolÓgico do mar [pag.8 cÂmara municipal de loures galeria municipal vieira da silva [pag.58 cÂmara municipal de loures museu de cerÂmica de sacavÉm [pag.9 cÂmara municipal de loures museu municipal de loures quinta do conventinho [pag.35 cÂmara municipal de oeiras centro cultural palÁcio do egipto [pag.13 cÂmara municipal de vila nova da barquinha ­ almourol centro cultural [pag.41 casa da arquitectura [pag.38 casa da cerca centro de arte contemporÂnea da cÂmara municipal de almada [pag.10 casa da cultura ­ centro cultural figueiroense [pag.11 casa da galeria [pag.54 casa do infante ­ cÃmara municipal do porto [pag.11 casa-museu abel salazar [pag.21 casa pia de lisboa centro cultural casapiano [pag.12 c c bombarda [pag.12 40 55 64 cooperativa de artesanato celeiro das artes [pag.42 contraprova atelier de gravura [pag.49 dama aflita ­ galeria [pag.14 designstudiofeup faculdade de engenharia universidade do porto [pag.59 edifÍcio artes em partes [pag.14 46 escola artÍstica antÓnio arroio [pag.15 escola profissional centro de estudo e trabalho da pedra [epcep [pag.15 estÚdio um escola de arquitectura da universidade do minho [pag.16 49 63 estÚdio tous tous [pag.15 42 58 faculdade de belas-artes universidade de lisboa [pag.52 59 fundaÇÃo casa museu maurÍcio penha fundaÇÃo cupertino de miranda vila nova de famalicÃo [pag.16 fundaÇÃo d luÍs i centro cultural de cascais [pag.17 18 fundaÇÃo instituto arquitecto josÉ marques da silva [pag.60 galeria das salgadeiras [pag.49 galeria do desassossego [pag.47 galeria joÃo esteves de oliveira trabalhos sobre papel [pag.20 galeria lobo mau [pag.19 50 galeria luÍs serpa projectos [pag.18 imargem associaÇÃo cultural [pag.20 47 imerge ideias emergentes [pag.38 josÉ rosinhas art gallery wall [pag.21 lac ­ laboratÓrio de actividades criativas [pag.21 5

[close]

p. 7

exposiÇÕes 15 out 15 dez l agenzia di arte [pag.21 livraria fonte das letras [pag.43 maeds museu de arqueologia e etnografia do conselho de setÚbal [pag.43 municÍpio de faro museu municipal de faro [pag.46 mosteiro de alcobaÇa [pag.40 municÍpio de montemor-o-novo centro juvenil [pag.64 municÍpio de montemor-o-novo galeria municipal [pag.24 museu bordalo pinheiro [pag.25 museu da Água epal [pag.45 museu da guarda [pag.35 museu da luz [pag.28 museu da quinta de santiago cÂmara municipal de matosinhos [pag.26 museu de alberto sampaio [pag.63 museu de arqueologia d diogo de sousa [pag.51 museu de arte contemporÂnea de elvas [mace [pag.22 museu de Évora [pag.36 61 museu de francisco tavares proenÇa jÚnior [pag.34 museu municipal de estremoz prof joaquim vermelho [pag.29 museu de olaria camara municipal de barcelos [pag.51 museu de ovar [pag.27 museu de santa maria de lamas [pag.27 museu do combatente forte do bom sucesso [pag.33 museu do douro museu de territÓrio [pag.28 museu do hospital e das caldas museu nacional de histÓria nacional e da ciÊncia [pag.34 37 museu nacional de machado de castro [pag.50 museu nogueira da silva ­ universidade do minho [pag.57 ncreatures [pag.39 oficina do desenho [pag.30 olga santos galeria [pag.54 paÇos galeria municipal torres vedras-cmtv [pag.56 perve galeria [pag.31 57 60 pin associaÇÃo portuguesa de joalharia contemporÂnea [pag.55 rede de bibliotecas municipais de lisboa biblioteca camÕes [pag.31 53 sala do veado [pag.32 teatro de marionetas do porto [pag.63 trindade ­ galeria de arte [pag.56 universidade de coimbra ­ departamento de arquitetura [pag.44 zona bd editora [pag.33 6

[close]

p. 8

15 outubro exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes a cadeira de van gogh associação cultural sediada na cidade do porto que tem por objeto o desenvolvimento de atividades culturais nomeadamente a promoção de cursos ou oficinas práticas de diversas áreas de expressão a realização e promoção de eventos culturais rua do morgado mateus nº 41 4000-334 porto acadeiradevangogh.blogspot.pt verde linha exposição de desenho de gina martins a mostra de desenho aqui apresentada procura explorar a utilização da linha enquanto elemento estrutural de toda a composição a linha é trabalhada como se de uma ponta-seca ou água-forte se tratasse transportando o espectador para o vasto universo da gravura a ligação do desenho e da gravura é transversal a todo o trabalho da artista que procura estabelecer paralelos entre ambas as práticas artísticas ambientes nostálgicos bucólicos verdes refúgios citadinos são aqui evocados convidando à reflexão sobre a experiência do olhar em determinadas situações de tempo e de espaço gina martins procura reconfigurar o olhar questionando o seu papel no espaço em que se insere enquanto desenha testemunhando aquilo que lhe é dado a ver aquilo que a natureza lhe oferece como cenário texto de rita fernandes inaugura a 6 de outubro patente até 31 de outubro público-alvo público em geral verde linha gina martins cÂmara municipal figueira da foz a divisão de cultura da câmara municipal da figueira da foz tem sob sua alçada vários espaços culturais nos quais se pretendem desenvolver ações no âmbito da trienal nomeadamente o museu municipal santos rocha mmsr o núcleo museológico do sal nms e o núcleo museológico do mar nmm sÉrgio godinho e as 40 ilustraÇÕes museu municipal santos rocha exposição que tem como ponto de partida os 40 anos de carreira do músico português apresenta ilustrações inéditas feitas em carvão digital colagem técnica mista ou com a tecnologia de um iphone É uma parceria entre sérgio godinho que escolheu as canções e joão paulo cotrim da nova editora independente abysmo que selecionou os 40 ilustradores e artistas convidados a dar corpo em desenho às letras do compositor trabalhos de jorge colombo andré carrilho afonso cruz madalena matoso henrique cayatte susa monterio entre outros inaugura a 15 de setembro patente até 31 de outubro museu municipal santos rocha rua calouste gulbenkian 3080-084 figueira da foz público-alvo geral e estabelecimentos de ensino do concelho 7

[close]

p. 9

exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes expos biblioteca municipal vicente campinas propõe-se como um polo cultural do sotavento algarvio garantindo a oferta de uma programação regular de qualidade e diversificada rua francisco sá carneiro 8900-307 vila real de santo antónio mulheres com histÓria exposição que apresenta uma coleção de desenhos de lucia nucci de diferentes mulheres desenhos acompanhados da sua história pessoal inaugura a 15 de outubro patente até 15 novembro 2ª a 6ª 09h15 às 19h45 sáb 14h15 às 19h45 público-alvo para todos biblioteca municipal vicente campinas mulheres com história lucia nucci 8

[close]

p. 10

15 outubro exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes cÂmara municipal figueira da foz a divisão de cultura da câmara municipal da figueira da foz tem sob sua alçada vários espaços culturais nos quais se pretendem desenvolver ações no âmbito da trienal nomeadamente o museu municipal santos rocha mmsr o núcleo museológico do sal nms e o núcleo museológico do mar nmm tipos populares da coleÇÃo de desenho e pintura do museu municipal santos rocha nÚcleo museolÓgico do mar retratos antropológicos eternizados no papel de uma realidade desconhecida por muitos e desenhada por autores como manuel macedo manuel maria bordalo pinheiro adolfo m hubner entre outros graffiti carvão e sanguínea são os materiais utilizados para os diversos trabalhos ou ocupações populares desde a salga do peixe à venda de porta em porta sem esquecer a vendedora de grilos a lavadeira a leiteira o senhor das cerejas entre outros ofícios que as gentes mais novas não irão vivenciar exposição com peças da coleção do museu que privilegiará o desenho em diferentes suportes e riscadores como tintada-china sépia sanguínea carvão pena entre outros inaugura a 15 de outubro patente até 15 de dezembro rua governador soares nogueira 32 buarcos 3080-296 figueira da foz público-alvo geral e estabelecimentos de ensino do concelho retratos antropológicos autor adolfo m hubner cÂmara municipal de loures museu de cerÂmica de sacavÉm distinguido em 2002 com o prémio luigi micheletti o museu de cerâmica de sacavém encontra-se instalado num edifício construído de raiz nos antigos terrenos da fábrica de loiça de sacavém e dedica-se ao estudo da história e da produção da fábrica de loiça de sacavém e do património industrial do concelho de loures desenvolvendo projetos expositivos neste âmbito praça manuel joaquim afonso nº1 urbanização real forte 2685-145 sacavém À sua mesa com sacavÉm durante mais de um século a fábrica de loiça de sacavém serviu à mesa dos portugueses com esta exposição evocamos alguns dos exemplares dos muitos da sua rica produção de loiça de mesa recuperando memórias e mantendo viva uma história comum os desenhos expostos expressam a criatividade aplicada à produção fabril na loiça de uso doméstico tanto nos formatos como nas decorações patente ao público entre 04 de agosto até 31 de janeiro 2ª a sáb 10h 13h 14h -18h público-alvo público em geral 9

[close]

p. 11

posiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇ casa da cerca cÂmara municipal de almada centro de arte contemporânea que desde 1993 promove ações empenhadas no aprofundamento da investigação e divulgação da arte contemporânea nomeadamente das artes plásticas privilegiando o desenho através da realização regular de exposições bem como um conjunto de atividades paralelas daí decorrentes rua da cerca 2800-050 almada a ciÊncia do desenho o cânone e a figuração humana estão no centro da programação da casa da cerca em 2012 ano dedicado ao tema da ciência do desenho a exposição central que adota esta mesma designação patente de 13 de outubro de 2012 a 20 de janeiro de 2013 dá corpo à programação do último trimestre deste ano trabalhando questões da figura humana e recuperando informação histórica quanto ao uso dos materiais de proveniência botânica nas artes plásticas exposição coletiva que apresenta trabalhos de vários artistas que evidenciam as técnicas do desenho centrada na representação da figura humana e que trabalham com materiais contemporâneos ou clássicos mas sempre partindo de premissas técnicas académicas participam nesta exposição alexandre farto catarina patrício david oliveira paula rego pedro gomes ricardo leite e rui macedo esta mostra trata questões teóricas da perspetiva e demais aspectos da ciência do desenho como também os materiais com que é elaborado considerando a invenção da câmara escura e a vulgarização do papel a grafite o carvão ou as tintas bem como aspectos técnicos mais particulares da pintura como a utilização do óleo a descoberta de novos pigmentos o uso de madeiras e telas inaugura a 13 outubro patente até 20 janeiro Átrio da recepção galeria principal salão nobre e galeria do pátio públicoalvo jovens adultos e público-escolar 10 david oliveira pietá 2012 174cm x 195cm x 94cm arame zincado

[close]

p. 12

15 outubro exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes casa da cultura clube figueiroense com mais de um século de existência trata-se de um espaço cultural com uma sala polivalente para exposições e um auditório para fins diversos rua doutor manuel simões barreiros en 236-1 3260-424 figueiró dos vinhos a duas mÃos ­ desenhos inÉditos manuel henrique pinto 1853-1912 e josé malhoa 1855-1933 no centenário da morte de m.h.pinto esta exposição revela desenhos inéditos de dois notáveis pintores naturalistas estreitamente ligados a figueiró dos vinhos por laços artísticos e afectivos mostra comissariada por sandra leandro e produzida por luís borges da gama para o município de figueiró dos vinhos inaugura a 29 setembro e está patente até 11 novembro 2ª a 6ª das 09h-12h30 14h-17h30 público-alvo público em geral a duas mãos ­ desenhos inéditos manuel henrique pinto a caça dos taralhões pormenor 1891 desenho a dois lápis carvão e gessêto sobre papel casa do infante na casa do infante nasceu henrique o navegador neste monumento nacional funciona o arquivo histórico municipal do porto e um museu onde pode apreciar vestígios da ocupação romana medieval e moderna com destaque para a antiga alfândega e casa da moeda rua da alfândega 10 4050-029 porto os desenhos na casa do infante exposiÇÃo exposição com desenhos provenientes do acervo do departamento municipal de arquivos inaugura a 15 de outubro patente ao público até 15 de dezembro sala memória público-alvo público escolar e geral 11

[close]

p. 13

exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes expos casa pia de lisboa a dedica-se à promoção dos direitos e a proteção das crianças e dos jovens sobretudo dos que se encontram em perigo ou em risco de exclusão de forma a assegurar o seu desenvolvimento integral através do acolhimento educação formação e inserção social e profissional a instituição oferece formação e ensino regular artístico artes plásticas comunicação audiovisual produção artística bem como profissionalizante em design de moda rua dos jerónimos 7 a 1400-210 lisboa desenhos com estÓria a casa pia de lisboa em colaboração com a galeria 111 apresenta uma exposição de obras intimamente relacionadas com o desenho que serão trabalhadas em vários ateliers de experimentação plástica e visitas guiadas entre outras apresentaremos obras de paula rego júlio pomar carlos botelho etc inicia a 15 de outubro decorre até 15 de dezembro público-alvo público em geral desenhos com estória paula rego armário das escovas 1992 serigrafia cc bombarda galeria comercial onde reúne um conjunto de empresas e empresários individuais que desenvolvem projetos na área do design de equipamento moda e joalharia reciclagem projetos artísticos na área da ilustração e fotografia o ccbombarda nos seus espaços comuns promove mensalmente uma programação dinâmica e contínua rua miguel bombarda 285 4050-381 porto ilustraÇÃo de kruella d`enfer e aka corleone inaugura a 22 de set patente até 18 de out 2ª ­ sáb 12h-20h loja 1b galeria de ilustração Ó galeria público-alvo público em geral 12

[close]

p. 14

15 outubro exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇ centro cultural palÁcio do egipto galerias perve cÂmara municipal de oeiras o centro cultural palácio do egipto tem como objetivo de dar continuidade à implementação de políticas culturais da câmara municipal de oeiras que permitam contribuir para a oferta de programações expositivas de grande qualidade exposições ao abrigo do convénio estabelecido entre as galerias perve e câmara municipal de oeiras rua Álvaro antónio dos santos 2780 ­ 182 oeiras desenho colecÇÃo lusophonies lusofonias exposição que possibilita várias leituras sobre as identidades partilhadas no espaço lusófono estabelece separação entre a produção anterior e posterior às independências nos palop e apresenta as novas gerações de artistas inaugura a 12 de outubro às 19h patente até 30 dezembro 3ª a dom 12h-18h encerra aos feriados manuel figueira plurim d pêxe mosca guache sobre cartolina 1973 48x48cm centro cultural palÁcio do egipto galerias perve cÂmara municipal de oeiras rua Álvaro antónio dos santos 2780 ­ 182 oeiras um passo À frente em África evocaÇÃo do perÍodo africano de cruzeiro seixas homenagem a cruzeiro seixas que reflete o trabalho que desenvolveu enquanto autor e promotor das artes através da evocação do período que viveu em angola nas décadas de 50/60 do século xx inaugura a 12 de outubro às 15h patente até 30 dezembro 3ª a dom 12h-18h encerra aos feriados público-alvo público geral escolar e público com particular interesse na temática das questões lusófonas cruzeiro seixa sem título tinta-da-china sobre papel 21x16,5cm 1961 13

[close]

p. 15

exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes exposiÇÕes expo dama aflita a dama aflita tem como principal objetivo promover o desenvolvimento da ilustração do desenho e dos seus autores procura ligações entre atividades multidisciplinares onde a ilustração e o desenho são o principal motor privilegiando a troca de experiências entre os diversos territórios de atuação da ilustração rua da picaria nº84 4050-477 porto atlantische invasion n°12 porto invasion nº12 será a primeira mostra do autor belga em portugal benjamim demeyere um projeto iniciado em 2008 em que demeyere assume-se como um artista soldado que recorre à metáfora da guerra numa tentativa de conquistar o mundo um ataque pacífico onde as bombas são trocadas pelo desenho onde a devastação do território é trocada pela planificação de um plano de ataque onde os desenhos se assumem como armas invasoras o que poderemos encontrar nesta invasão ao porto é uma estratégia de conquista e material bélico estrategicamente escolhido pelo autor um jogo de combate entre o invasor e a resistência da cidade invadida o porto inaugura a 15 de set patente até 28 de out 2ª ­ sáb 15h 19h público alvo público em geral edifÍcio artes em partes o espaço artes em partes é um projeto que existe á 13 anos percursor na área das indústrias criativas onde associou num só projeto lojas comerciais com galerias de arte a galeria artes em partes dispõe de uma montra expositiva no ccbombarda onde estabelece uma ligação entre os dois espaços rua do rosário 274 porto o jardim delicioso exposição de desenho e pintura do artista rui sousa será a minha interpretação do jardim das delicias terrenas de hieronymus bosch o trabalho será constituído por 2 partes painel dois trabalhos laterais montra ccb e vários trabalhos de menor dimensão sobre o tema inaugura a 22 de setembro patente até 23 de outubro 2ª 6ª 14.30h 20 h sáb 12 h 20h público-alvo geral exposiÇÃo de rui sousa print`s de rui sousa sobre o tema dos signos do zodíaco inaugura a 15 de outubro patente até 15 de dezembro 2ª 6ª 14.30h 20 h sáb 12 h 20h público-alvo geral 14

[close]

Comments

no comments yet