Revista Maçonaria em Foco

 

Embed or link this publication

Description

Revista

Popular Pages


p. 1

um veÍculo de divulgaÇÃo do 13º distrito do grande oriente do brasil es ediÇÃo nº 1 ano 1 dos maÇons conheça a origem as curiosidades e as obras realizadas por essa instituição secular a história no sul do estado

[close]

p. 2

04 e 05 entrevista 06 sermaçom grão-mestre américo pereira da rocha seminário reúne maçons em aracruz 12 e 13 especial 14 você sabia 16 eventos a história da maçonaria no sul do estado curiosidades sobre a ordem maçônica palestra maçonaria contra as drogas 17 ação social maçons ajudam idosos e crianças 18 perguntas e respostas 22 ilustres maçons o que você precisa saber sobre maçonaria nomes que fizeram a história conheÇa as seis lojas maÇÔnicas do 13º distrito páginas 07 09 11 15 19 e 21

[close]

p. 3

prezado leitor você acaba de conhecer o primeiro exemplar da revista maçonaria em foco um veículo de divulgação do 13º distrito do gob-es o grande oriente da maçonaria do espírito santo que é constituído pelas lojas maçônicas de atílio vivácqua cachoeiro de itapemirim castelo mimoso do sul e muqui nas páginas seguintes você terá a oportunidade de conhecer a história destas lojas e também entender um pouco da filosofia maçônica acrescida do que pensam seus membros incluindo os principais valores e ainda objetivos que a ordem possui para orientar seus integrantes com o intuito de auxiliar a sociedade a manter a estabilidade e progredir até então o conceito que grande parte das pessoas tem da ordem maçônica é o de uma sociedade secreta que se reúne às escondidas em templos com portas fechadas e longe do conhecimento publico esta visão distorcida e arcaica traduz em parte o conhecimento difundido por aqueles que desconhecem a ordem maçônica na sua essência na realidade a maçonaria é uma entidade filosófica progressista e evolucionista que possui personalidade jurídica com estatuto próprio registrado nos órgãos competentes dos poderes públicos federal estadual e municipal e que busca o aprimoramento moral social e intelectual do homem com vistas a torná-lo melhor para a sociedade em que está inserido suas reuniões são realizadas em locais e horários definidos devidamente conhecidos e identificados pela sociedade nestas reuniões são permitidas a participação de seus membros da família maçônica e convidados em ocasiões especiais esta revista objetiva levar a você e à sua família o verdadeiro conceito da ordem maçônica quem são seus membros como se organizam e de que forma ela vem contribuindo para o aprimoramento da sociedade temos certeza de que ao manusear esta revista você terá novas dúvidas e questionamentos e esperamos que venha dividi-los conosco certamente irá descobrir novos caminhos para tornar a sociedade em que vivemos numa sociedade melhor mais justa e humana que esta revista estimule em você a curiosidade de conhecer melhor a maçonaria pois trabalhamos para levar ao leitor informações seguras e isentas de preconceitos todas as informações contidas nesta revista podem ser comprovadas mediante consulta às lojas e aos autores citados nos textos de modo a oferecer a você a maior transparência possível no que diz respeito a esta ordem secular que tem contribuído para a formação moral e intelectual de homens dignos de serem chamados irmãos nicodemos alves de aguiar junior coordenador do 13º distrito maçônico do gob-es expediente revista maÇonaria em foco diretor responsável ­ marcos leão bicalho editor ­ alessandro araujo de paula designer gráfico ­ marcelo lopes mothé reportagem ­ alessandro araujo de paula colaboradores ­ higner mansur marcos luiz sant anna nicodemos alves de aguiar júnior paulo fernandes carvalho e vilson carlos gomes coelho rogério venturim zardo e caio f valente tiragem ­ 2.000 exemplares impressão ­ gm gráfica e editora conselho editorial nicodemos alves de aguiar júnior coordenador do 13º distrito maçônico do gob-es alcélio monteiro venerável da loja neto caiado atílio vivácqua evaldo cesar farias araújo venerável da loja presidente roosevelt mimoso do sul luiz carlos bicalho nemer venerável da loja william nemer castelo paulo fernandes carvalho venerável da loja avides fraga muqui vilson carlos gomes coelho venerável da loja fraternidade e luz cachoeiro de itapemirim walber martins dos santos venerável da loja fraternidade universal v cachoeiro de itapemirim 03

[close]

p. 4

américo pereira da rocha maior autoridade na maçonaria no espírito santo o grão-mestre faz uma análise da atividade maçônica no país e no mundo e também esclarece dúvidas a respeito do tema maçom há 43 anos ele defende a maçonaria como uma instituição que aprimora as qualidades do indivíduo e afirma que os conflitos devem ser resolvidos por meio do diálogo e não com violência maçonaria em foco por que a maçonaria tornou-se uma instituição que gera tanto mistério aos leigos a maçonaria nunca foi assim tão misteriosa e nem teve todos esses segredos que as pessoas dizem É que os assuntos tratados no interior de um templo não são divulgados não são ditos numa conversa normal na rua ou em casa então faz parte da nossa concepção a discrição não que sejam assuntos secretos conversamos sobre o cotidiano a política a religião ou seja temas comuns mas preferimos não comentar no dia a dia com outras pessoas por isso a aura de mistério maçonaria em foco a maçonaria se envolveu em importantes momentos no brasil e no mundo na sua avaliação quais foram os períodos mais difíceis enfrentados pelos maçons eu diria que durante a revolução francesa e na guerra da secessão dos estados unidos ­ conflito civil americano com mais de 900 mil mortos no brasil a época mais difícil a meu ver foi na proclamação da república daí vem parte da resposta à sua primeira pergunta por que do mistério porque ao longo da história tratamos temas no templo maçônico que se fossem divulgados sofreríamos represálias por exemplo com relação à abolição da escravatura começamos um movimento contra a escravidão bem antes que alcançasse a esfera política antes mesmo da lei Áurea as lojas proibiam que maçons tivessem escravos mais recentemente a maçonaria entendendo que o processo de rede04 entrevista mocratização do país estava demorando muito se posicionou a favor das diretas já posso dizer que no brasil todos os movimentos importantes na esfera política tiveram a participação da maçonaria maçonaria em foco quais são as provas da importância da maçonaria na história se você olhar por exemplo a capital dos estados unidos há toda simbologia maçônica na sua construção em toda formação de washington na concepção e no traçado é possível identi maçonaria em foco dentro desse contexto como está hoje a maçonaria em situação de tranquilidade ou de cautela a situação da maçonaria hoje é de tranquilidade naturalmente teremos muitos desafios no dia 17 de junho o grande oriente do brasil do qual nós fazemos parte completou 190 anos maçonaria em foco o senhor está na maçonaria há 43 anos nesse período em que ela te ajudou a maçonaria me ensinou a compreender melhor meus semelhantes a ser mais tolerante a conviver melhor com as pessoas e com a minha família ajudoume a cuidar da educação dos meus filhos e me ensinou a ser mais honesto quero dizer que a maçonaria não faz o ser humano mas aprimora as qualidades que ele tem maçonaria em foco o maçom precisa ser exemplo onde estiver ele tem que ser exemplo em todos os locais que frequentar e não somente dentro da maçonaria porque aqui resolvemos nossas pendências pelo diálogo e não pela força ficar um símbolo maçônico e a mão da maçonaria boa parte dos presidentes americanos foi maçom como thomas jefferson george washington e bill clinton o mais recente no brasil tivemos josé bonifácio dom pedro i marechal deodoro da fonseca e jânio quadros para dizer o último.

[close]

p. 5

não julgamos o irmão quem o julgam são as pessoas que estão fora da maçonaria por isso temos que ter atitudes exemplares maçonaria em foco quem em hipótese alguma pode fazer parte da maçonaria É fundamental que a pessoa tenha ficha limpa e em segundo lugar que não seja sectário extremista porque o trabalho da maçonaria é de articulação precisamos de pessoas com visão política hoje por exemplo o desafio é a conservação do planeta somos ambientalistas somos sociólogos dentro dessa concepção não podemos ter pessoas da extrema direita ou da extrema esquerda pois o extremismo emburrece o homem afinal quem forma os movimentos terroristas que atacam agridem e matam inocentes os extremistas nós resolvemos nossas pendências pelo diálogo e não pela força maçonaria em foco há maçons ateus como a maçonaria consegue abraçar tanta variedade de re ligião sem conflito ateus não entram na maçonaria todo indivíduo para ser maçom precisa acreditar na existência de um ser superior um grão mestre das lojas inglesas disse que a maçonaria é a única entidade que congrega em harmonia todas as religiões e todas as raças num a maçonaria me ensinou a compreender melhor meus semelhantes a ser mais tolerante ambiente em que todos são iguais eu acrescentaria dizendo que se fosse uma religião seria ecumênica seria a religião das religiões da mesma forma no contexto político se fosse um partido seria o partido dos partidos porque aqui aceitamos todas as religiões e pessoas de toda ideologia política menos os extremistas sectários por causa do fanatismo maçonaria em foco há projetos focados para nosso estado promovemos o projeto maço naria em favor da vida que ajuda no combate ao vício valorizando a vida e evitando o uso de substâncias químicas realizamos o primeiro seminário no dia 29 de julho para formar multiplicadores já existe no país mas estamos encampando no estado apoiamos ainda o programa mamografia express com o objetivo de levar esse importante exame às comunidades carentes também desenvolvemos o projeto de alfabetização de adultos em parceria com a faesa que funciona muito bem em jacaraípe na serra e pretendemos desenvolver outro em cachoeiro de itapemirim maçonaria em foco e na esfera política quais são os planos da maçonaria não temos um projeto políticopartidário mas entendemos que devemos ter o maior número possível de maçons ocupando cargos políticos porque acreditamos que eles terão responsabilidade e capacidade para administrar com base na doutrina maçônica nosso objetivo é promover o bem da humanidade 05

[close]

p. 6

maçons de todo o país se reúnem em aracruz gob maçons de todo o país estarão reunidos entre os dias 17 e 19 deste mês no sesc de praia formosa em aracruz para participar do xv seminário regional da maçonaria o sermaçom evento organizado pelo grande oriente do brasil gob-es o evento tem como objetivo oferecer um momento de confra ternização entre os irmãos maçons e também servir como espaço para o debate de temas importantes como educação financeira e valores humanos será um congraçamento da família maçônica com palestras e momentos de confraternização destacou o grão mestre do gob-es américo pereira da rocha entre os convidados está o humorista eliezer motta que ficou famoso no papel de seu batista da escolinha do professor raimundo ele estará animando o público no sábado às 20 horas também está confirmada a presença do grão mestre geral marcos josé da silva que dará uma palavra aos participantes do seminário às 11h30 de sábado a expectativa é que 3 mil pessoas circulem no sesc de praia formosa nos três dias de programação mesmo número registrado no último evento realizado em 2010 mais informações sobre o sermaçom nos telefones 27 33226289 e 3322-4077 ou no site do gob-es no endereço eletrônico www.gob-es.org.br programaÇÃo dia 17 12h ­ início do credenciamento e recepção 18h ­ jantar de boas vindas 20h ­ abertura oficial 22h ­ coquetel dançante dia 18 7h ­ café da manhã 9h30 ­ palestra com laudeirfrauches educação financeira 10h30 ­ palestra com aderaldo pereira de oliveira valores humanos e a sociedade 11h30 ­ palavra do grão mestre geral 12h ­ almoço 14h ­ recreação e esporte 18h ­ jantar 20h ­ sorteios de brindes coral italiano e show com o humorista eliezer mota o `seu batista da `escolinha do professor raimundo 23h ­ baile de confraternização dia 19 8h ­ café da manhã 12h ­ almoço e saída do hotel portal r7 ebdr

[close]

p. 7

loja maçônica william nemer castelo a ideia de se fundar uma loja maçônica em castelo surgiu há 40 anos mas devido às adversidades resistências de alguns grupos e ao número reduzido de irmãos que moravam na cidade este sonho foi sendo adiado até que em 1982 o sonho se concretizou primeiro como a r l s fraternidade castelense e pouco tempo depois em homenagem a um de seus fundadores e sustentáculos como a nossa querida william nemer no início graças à ajuda dos abnegados irmãos de cachoeiro de itapemirim e de itapemirim as reuniões eram realizadas aos fundos do imóvel numa residência que hoje é o centro de convivência maçônica rossine louzada o salão de festas o ano de 1983 foi o ponto culminante de nossa história era chegada a hora da sagração do templo a querida william nemer foi uma das poucas lojas maçônicas do interior do espírito santo cuja comissão sagradora foi presidida pelo grão mestre geral da ordem em 1992 dez anos após a fundação foi adquirida toda a área onde está edificado o templo hoje após 30 anos podemos dizer que a missão foi árdua penosa e onerosa mas o sabor da vitória e a grata satisfação desta convivência harmoniosa que somente os irmãos desta família maçônica sentem e nos fazem sonhar com uma maçonaria cada vez mais atuante e cada vez mais próxima daqueles que clamam por liberdade igualdade e fraternidade texto adaptado de o pedreiro endereço rua da maçonaria nº 116 bairro baixo itália castelo-es data da fundação 30 de março de 1982 reuniões toda terça-feira às 20:00 horas diretoria presidente luiz carlos bicalho nemer 1º vice-presidente rogério ventorim zardo 2º vice-presidente fabiele castelan marques orador fernando luiz ribeiro nunes secretário carlos cesar aledi ribeiro de assis tesoureiro gustavo galvão garcia chanceler julierme fazolo genovês

[close]

p. 8

a fé em harmonia com a razão a religião nas suas mais diversas formas sempre esteve presente na história da humanidade influenciando no comportamento do cidadão na cultura nas formas de pensamento incluindo a nossa visão política e sua conseqüência nas formas de governo muitos afirmam que antes de assumirmos a nossa natureza social somos seres religiosos por tratar-se de um questionamento pessoal diante das indagações sobre os mistérios da criação a vastidão do universo e a nossa limitação entre o milagre da vida e o mistério da morte certo é que a nossa razão e inteligência nos conduzem ao mundo da gnose e nos provocam os mais diversos questionamentos sobre tudo que é místico diante da evolução desses conhecimentos é que nos posicionamos quanto ao que as religiões nos propõem a nossa intelectualidade têm influência direta sobre a nossa forma de crer muito embora não seja decisiva a filosofia nos conduz na direção do sobrenatural baseada no acúmulo de conhecimentos e experiências adquiridas ao longo do tempo mas a fé trabalha no campo do convencimento através das experiências pessoais com esse sobrenatural logo as pessoas mais simples podem manifestar a sua fé de forma até mais genuína e apresentar um nível elevado de fidelidade à sua crença e o que agrada a deus é a sinceridade do coração assim crê o cristianismo no entanto a fé no absoluto inquestionável desprovida de racionalidade tende a nos levar ao campo das crendices onde a prática religiosa pode ser perigosa absurda e inaceitável tendo em vista as suas conseqüências e formas estranhas de cultos a maçonaria entende da seguinte forma não somos fruto do acaso ser evolucionista é perceber que algo só evolui depois de existir portanto o princípio criacionista deve imperar por isso ela defende a crença no princípio criador do grande arquiteto do universo que é deus entendemos que mais do que ser uma alma vivente temos dons espirituais que nos influenciam e direcionam a nossa razão somos centelhas de uma luz maior que mesmo sem uma compreensão plena dessa dimensão caminhamos em sua direção determinando a nossa evolução de menor ou maior consciência É fundamental respeitar a liberdade da fé ninguém tem o direito de impor ao outro a sua forma de crer deus nos constituiu profetas mas nunca juízes o fato de aceitar pessoas das mais diversas crenças não significa ser contra essa ou aquela religião o que não se aceita é o fato de que essa ou aquela religião exija para si a propriedade de deus venha a impor normas de conduta inflexíveis e intolerantes o fanatismo é um mal a ser combatido no entanto nem toda religião reconduz a deus pela árvore se conhece o fruto diz o ditado popular a maçonaria aceita e defende a pluralidade religiosa mas combate o fanatismo os preconceitos e os erros que comprovadamente tem arrastado a humanidade para grandes sofrimentos marcos luiz sant ana é licenciado em história bacharel em direito e bancário

[close]

p. 9

loja maçônica avides fraga muqui como uma homenagem ao irmão avides fraga que dedicou sua vida à proteção dos carentes a a r l s de muqui foi fundada no dia 20 de setembro de 1989 e se mantém ao longo destes 23 anos graças ao esforço de alguns dedicados maçons nesse tempo a loja maçônica sempre procurou colaborar com as instituições filantrópicas entre elas endereço rua joão jacinto s/nº bairro boa esperança muqui-es data de fundação 20 de setembro de 1989 reuniões quinzenalmente Às quartas-feiras às 20:00 horas o asilo de velhos e o albergue noturno de muqui o primeiro endereço oficial da avides fraga foi a câmara municipal de muqui que funcionou como templo provisório por algum tempo já que a loja não possuía sede própria e durante muito tempo a loja ocupou instalações adaptadas em caráter provisório trocando de endereço algumas vezes até que em 1999 passou a utilizar o templo da presidente roosevelt em mimoso do sul durante mais de dois anos os irmãos percorriam 15 km entre as duas cidades para acompanhar as reuniões mais tarde passaram a utilizar as instalações da neto caiado em atílio vivácqua distante 30 km de muqui finalmente no dia 15 de fevereiro de 2012 a loja conquistou sua sede própria situada a 50 metros do asilo dos velhos em muqui depois de uma construção que durou anos embora ainda esteja em fase de construção a a r l s avides fraga já permite reuniões normalmente o que é motivo de orgulho para os irmãos que ao longo de tantos anos a mantiveram em funcionamento diretoria presidente paulo fernandes carvalho 1º vice presidente acácio ricardo esquetine pereira 2º vice presidente emidio justo da costa gonçalves orador vanildo josé partelli secretário antônio alfredo de oliveira romão tesoureiro moacyr esteves bueno chanceler sirlei santiago dos santos

[close]

p. 10

a maçonaria o maçom e a sociedade presentes e vivas nas relações dos grupos sociais objetivando a proteção e garantia dos direitos do ser humano duas são as maneiras para o desenvolvimento de ação maçônica na sociedade a individual e a coletiva o trabalho individual conduz o maçom à prática ininterrupta das virtudes em todos os momentos a fim de que o conhecimento adquirido seja aplicado no aperfeiçoamento dos costumes É o desempenho de iniciativa própria incessante aplicando-se os princípios no lar no trabalho na escola onde quer que o maçom esteja marcando sua presença de forma velada quanto aos métodos maçônicos mas colaborando com a sociedade para o aprimoramento dos costumes individualmente o trabalho coletivo é o exercício em conjunto para a aplicação dos ensinamentos de forma planejada objetiva coordenada e dirigida a grande tarefa da maçonaria consiste no trabalho em grupo com base no consenso determinado pela maioria e cumprido por todos disciplinarmente para dar cumprimento a esse grande objetivo a maçonaria é uma sociedade composta por homens livres e de bons costumes que possuem ensinamentos secretos e que são transmitidos através do método iniciático esse método se estrutura de forma a sensibilizar a consciência do maçom permitindo-lhe o acesso aos conhecimentos ocultos nos símbolos e alegorias a maçonaria desenvolve como essência de ensino os seguintes tópicos reconhecimento de que o grande arquiteto do universo que é deus é o ser supremo e criador do universo imortalidade da alma defesa da liberdade sob todos os aspectos amor ao próximo manutenção em si da fraternidade prática da justiça como base da igualdade combate à ignorância em todas as suas formas trabalho incessante pelo bem estar da humanidade e por sua emancipação progressiva com isso a maçonaria provoca no íntimo do maçom o seguinte ideário a maçonaria é uma instituição que tem por objetivo a indagação da verdade o estudo da moral e a prática da solidariedade que trabalha pelo melhoramento intelectual e moral da humanidade e pelo aperfeiçoamento intelectual do maçom o maçom é o ser que busca constantemente a verdade o maçom é um protetor da humanidade o maçom que compreende o verdadeiro sentido da maçonaria converte-se gradualmente em um ser que protege e ampara a vida em suas mais diversas manifestações para o maçom a busca da verdade está simbolizada no desbastar da pedra bruta ou na edificação do templo interno o maçom compreende que é o símbolo do trabalho no bem e o melhor meio de fazer o bem aos outros é primeiramente ser bom assim a maçonaria é uma escola de aperfeiçoamento moral ela se estrutura de forma didática e pedagógica integrando uma sublime filosofia moral com a prática de boas ações a união dessas duas forças faz com que o maçom avance na progressão material espiritual e moral a prática maçônica focada na proteção e auxílio à humanidade dá início ao processo alquímico da alma que se fortalece à medida que avança no conhecimento da filosofia maçônica simbolicamente o maçom se converte em um ser de luz vilson carlos gomes coelho venerável mestre da arls fraternidade e luz ­ cachoeiro de itapemirim desperta grande curiosidade na sociedade os mistérios que envolvem a maçonaria algumas questões surgem dentre elas as principais são porque existe a maçonaria quando foi criada quais são os seus segredos o que fazem os maçons vejamos algumas pistas que nos auxiliarão a desvendar esses mistérios encontrar a origem da maçonaria na esteira do tempo é uma tarefa de difícil identificação pois compreendemos que a maçonaria não é uma entidade limitada ao tempo e ao espaço traduz um sentimento da humanidade em resposta ao apelo que se pode condensar na necessidade humana de formar grupos provavelmente resquícios da necessidade atávica de proteção mútua contra os inimigos naturais essa necessidade de agrupamento gerou as aspirações de liberdade de igualdade e de fraternidade imprescindíveis para que esses agrupamentos pudessem funcionar e agir na defesa mútua de seus direitos a necessidade atávica se sublimou no sentimento de fraternidade e de proteção daí surgiram os grupos de interesses e geraram dentre outros o grupo que hoje denominamos maçonaria presente e atuante na sociedade a maçonaria é um elemento que busca interagir de forma a criar condições de mudanças nos paradigmas de um mundo onde a prevalência do egoísmo da corrupção e a ausência cada vez maior de posturas éticas se fazem 10

[close]

p. 11

loja maçônica presidente roosevelt mimoso do sul com o nome de presidente roosevelt a loja maçônica de mimoso do sul foi fundada em 13 de agosto de 1945 por maçons do município com o apoio de membros da loja fraternidade e luz de cachoeiro de itapemirim a escolha do nome foi uma homenagem a franklin delano roosevelt presidente dos estados unidos da américa um importante maçom que na época dirigia a mais importante potencia militar presente na 2ª guerra mundial o prédio onde funciona a loja foi doado pelo irmão alberto batista da cunha em 1945 tendo sido adaptado para o funcionamento da sede pelos maçons de mimoso do sul muqui e cachoeiro de itapemirim que compuseram a primeira diretoria segundo relatos de moradores antigos o prédio que possui paredes de até um metro de espessura abrigou no passado a cadeia pública de mimoso do sul a loja maçônica sempre manteve um excelente relacionamento com as demais instituições de mimoso do sul participando efetivamente de conselhos municipais e com representação junto a entidades filantrópicas além de apoiar iniciativas de auxilio às pessoas mais carentes hoje com 67 anos de existência a loja maçônica presidente roosevelt sempre atuou de forma discreta na sociedade mas sem deixar de cumprir com seus deveres como direcionar os homens de bem para exercerem seu papel com dignidade e respeito à sociedade às leis à família e à pátria endereço rua da ladeira da igualdade nº 71 centro mimoso do sul data da fundação 13 de agosto de 1945 reuniões toda segunda-feira às 20:00 horas diretoria presidente evaldo cesar farias araujo 1º vice-presidente carlos augusto padela parrini 2º vice-presidente ercílio teixeira abdalla orador marcos luiz sant anna secretário gelber cheibub tesoureiro jorge dos santos chanceler roberto léo heinze

[close]

p. 12

crédito acervo a histÓria hoje dos membros fundadores metade eram maçons muitos dos primeiros médicos e da primeira diretoria do hospital também pertenciam à maçonaria o advogado historiador e maçom higner mansur acredita que os primeiros movimentos maçônicos tiveram início bem antes da fundação da maçonaria em cachoeiro isso se deu por volta de 1870 quando cachoeiro de fato começava a se transformar em cidade ­ a emancipação ocorreu em 1867 acredito que num determinado momento essas pessoas começaram a se reunir ­ algumas delas viriam a se tornar maçons mais adiante ­ e perguntaram entre si o que podemos fazer pela cidade disse e de fato colaboraram com o desenvolvimento da região historicamente a maçonaria participou da criação de quase tudo em cachoeiro relata o contador aposentado e maçom dário lumberto viana apaixonado pesquisador da história maçônica fundação a maçonaria só passou a existir como instituição no sul do estado em 6 de setembro de 1898 com a fundação da primeira loja maçônica a fraternidade e luz que é a segunda mais antiga do espírito santo a partir dela surgiram as demais lojas da região os maçons participaram ativamente na criação da primeira faculdade de direito de cachoeiro a fdci e bem antes foram os artífices da fundação da única biblioteca pública que existia na época o grêmio bibliotecário cachoeirense fundado em junho de 1883 logo depois criaram uma escola de artes manuais e o colégio fraternidade e luz em parceria com o governo estadual a primeira estrutura onde funcionou a loja não existe mais foi demolida e no local construído o prédio do inss a loja em 1908 passou a funcionar no atual endereço à rua 25 de março número 100 o belo casarão teve seu alvará de construção assinado em 1901 pelo então presidente da câmara que era o prefeito na época bernardo horta de araujo grande republicano e abolicionista também maçom no térreo que funcionavam a biblioteca pública e o colégio fraternidade e luz que começou a crescer em número de alunos e mais tarde precisou mudar de endereço atualmente funciona no térreo da loja o colégio guimarães rosa e ao lado a biblioteca com alguns livros e jornais do início dela os maçons tiveram participação forte na política muitos prefeitos cachoeirenses eram maçons entre eles bernardo horta de araújo luiz tinoco da fonseca luiz a monteiro lindemberg fernando de abreu brício de morais mesquita ary siqueira viana antenor moreira da fraga interino e nello volla borelli primeiro venerável de cachoeiro júlio pereira leite foi médico diretor de jornal e político atuante exercendo mandatos de deputado estadual e federal quem não está familiarizado com a história cachoeirense e do sul do estado talvez fique surpreso mas os maçons tiveram presença decisiva nos principais fatos que ajudaram no desenvolvimento da região em alguns momentos a história da maçonaria se confunde com a própria história local como na criação em 1900 da santa casa de misericórdia hospital de referência em urgência e emergência até casarão que existiu na rua 25 de março e que foi a primeira sede da loja maçônica fraternidade e luz ­ atualmente a área é ocupada pelo prédio do inss 12 crédito coleção gil gonçalves

[close]

p. 13

ia e a maÇonaria crédito coleção gil gonçalves solenidade no dia 7 de janeiro de 1950 na loja maçônica fraternidade e luz com presença de figuras ilustres militares fecham loja maÇÔnica em 1937 os maçons cachoeirenses foram pegos de surpresa com a interdição da loja fraternidade e luz único local de reunião naquela época a decisão foi tomada pelo presidente getúlio vargas e atingiu as lojas maçônicas de todo o país em cachoeiro a interdição durou três meses getúlio proibiu todas as reuniões tidas como secretas se bem que a maçonaria é mais discreta do que secreta ele ficou com medo de que crédito acervo nesses encontros pudesse ser tratada alguma coisa contra seu governo explicou dário lumberto viana que tem pesquisado a história maçônica na região há muitos anos com a determinação os maçons tiveram que entregar as chaves da loja à autoridade policial foi talvez uma das épocas mais conturbadas enfrentadas pelos maçons destacou dário alguns maçons acreditam que nos três meses de interdição havia membros da fraternidade e luz se reunindo secretamente mas não há registros históricos o que se sabe é que a loja só reabriu as portas no dia 27 de janeiro de 1938 e as reuniões foram reiniciadas no dia 5 de fevereiro em plena ditadura militar a loja fraternidade e luz foi interditada por ordem de getúlio vargas em 1937 permanecendo com suas portas fechadas por três meses 13

[close]

p. 14

que os maçons tiveram forte atuação na proclamação da lei Áurea assinada pela princesa isabel e a prova está na pena usada para a assinatura em que se pode ver nela toda simbologia maçônica a pena original usada para aquele importante momento histórico está em poder do grande oriente do brasil gob ela é reconhecida pelo instituto do patrimônio histórico e artístico nacional iphan e é prova inconteste da atuação destacada da maçonaria na abolição da escravatura existem outras duas réplicas da pena reconhecidas pelo iphan uma está no museu histórico nacional no rio de janeiro e a outra no museu imperial de petrópolis a que está em petrópolis é a única em exposição e encontra-se na sala da coroa o grande oriente do brasil gob é hoje a maior obediência maçônica do mundo latino e reconhecida como regular e legítima pela grande loja unida da inglaterra inaugurada em 17 de junho de 1822 no rio de janeiro então capital do império o grande oriente do brasil gob tem atualmente sua sede em brasília capital do país o gob tem presença em diversos estados além do rio de janeiro e em brasília onde sua sede ocupa um edifício com 7,8 mil metros quadrados de área construída com aproximadamente 2 mil lojas cerca de 61,5 mil obreiros ativos o gob é reconhecido por mais de 100 obediências regulares do mundo washington a capital dos estados unidos é cercada de símbolos maçônicos alguns são bem evidentes como o monumento a washington o obelisco símbolo da divindade ­ com uma pirâmide que representa a evolução dos seres humanos a influência dos maçons se refletiu na criação da biblioteca do congresso americano hoje a maior do mundo um dos templos da maçonaria na cidade onde os murais mostram o fundador da nação com o avental de pedreiro dos maçons lançando a pedra fundamental do capitólio é o prédio do congresso americano a nota de um dólar americano tem o simbolismo maçônico o símbolo mais sagrado da nação que está nas notas de dólar é a pirâmide da maçonaria encimada por um olho que simboliza a sabedoria a pirâmide incompleta sem o vértice é um símbolo de que o ser humano e o país nunca estão prontos sempre podem se aperfeiçoar.

[close]

p. 15

loja maçônica fraternidade e luz cachoeiro de itapemirim segunda loja maçônica mais antiga em funcionamento no espírito santo e a primeira no sul do estado a fraternidade e luz sempre foi atuante na sociedade colaborando com o desenvolvimento político social e econômico logo após sua fundação em 1898 vários maçons residentes na cidade pediram filiação assim como inúmeros homens de bem de outras cidades como muqui mimoso do sul guaçui alegre itapemirim e castelo posteriormente esses maçons foram fundando lojas em suas cidades difundindo assim os ensinamentos e os princípios da sublime ordem na política cachoeirense a fraternidade e luz teve entre seus membros prefeitos deputados estaduais e federais vereadores e secretários municipais a loja teve importante participação na criação da santa casa de misericórdia colaborando inclusive financeiramente e durante anos administrou a casa da menina e o patronato monte líbano criou uma escola noturna a biblioteca pública uma escola de artes manuais como bordados e costura e o colégio fraternidade e luz também participou da fundação da faculdade de direito fdci atualmente os maçons da fraternidade e luz conservam esse legado e mantém a tradição e a crença na fraternidade universal guiados pelo farol da razão da justiça do amor e da caridade onde a prevalên endereço rua vinte e cinco de março nº 100 centro cachoeiro de itapemirim ­ es data da fundação 06 de setembro de 1898 reuniões toda quarta-feira às 20:00 horas cia do espírito sobre a matéria venha contribuir para o fim das desigualdades sociais geradas pelas ambições descabidas e o egoísmo inglório e funesto as palavras enunciadas pelo primeiro venerável mestre júlio pereira leite em 06 de setembro de 1898 continuam a orientar os passos dos maçons da fraternidade e luz prometemos empregar todos os nossos esforços a fim de conseguirmos o nosso santo ideal que é ver esta oficina vingar e salientarse entre as suas co-irmãs diretoria presidente vilson carlos gomes coelho 1º vice-presidente jairo freitas di giorgio 2º vice-presidente leodete tonon orador ary rabelo paulucio secretário atilio giro mezadre chanceler glaucio costalonga de moura tesoureiro sinval de oliveira bastos

[close]

Comments

no comments yet