Revista Panorama do Litoral n. 1

Embed or link this publication

Description

Guaratuba, Matinhos, Caiobá, 2010, 2011, Casas para Alugar, Restaurantes, Pousadas, Camping, Marinas, Pesca, Pesqueiros, Artesanato, Praias, Feiras, Temporada, Morro, Eventos, Barcos, Baía, Imobiliárias, Iate Clube, Ferry Boat, Eleições

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3

história e dados municipais de guaratuba caiobá e matinhos panorama do litoral verão 2008 03 guaratuba história e início história de guaratuba de joaquim da silva mafra fotos litoral paraná emoções o ano inteiro pesca e passeios de barcos e lanchas origem do município desmembramento de paranaguá data de instalação do município 25 de outubro de 1947 data de comemoração do município 29 de abril população em 2000 27.257 habitantes população estimada em 2007 35.000 habitantes eleitores 21.703 em 2006 total de domicílios 19.301 ano 2000 total estimado máximo de leitos população total para pernoite na temporada 250 mil taxa de crescimento anual 4,76 guaratuba que no passado na verdade compreendia matinhos caiobá e parte de itapoá originou-se em 1765 cinco anos depois foi fundada a vila de são luiz da marinha de guaratuba em 29/04/1771 deu-se a solenidade de fundação da vila e celebração de missa dia 30 de abril de 1771 foi eleita a primeira câmara municipal a vila de guaratuba elegeu seu primeiro prefeito em 1792 prosseguindo assim até 20/10/1938 quando passou a constituir-se num distrito de paranaguá pela lei nº 2 de 10 de outubro de 1947 foi restaurado o município de guaratuba sendo instalado oficialmente no dia 25 de outubro de 1947 prefeitos de guaratuba manoel antônio de souza 1892-1894 manoel máximo da silva 1894 alexandre josé de freitas 1895-1896 presidente da câmara substituindo o prefeito carlos da silva mafra 1896-1900 carlos da silva mafra 1900-1904 guilherme de bastos pequeno 1904-1906 alexandre da silva mafra 1906-1908 substituto vicente carlos marques 1908-1912 manoel leocádio da costa 1912-1916 vicente carlos marques 1916-1918 alexandre corrêa da silva 1918-1920 substituto joão pedro de souza 1920-1924 dados municipais a baía de guaratuba é a segunda maior do estado depois da baía de paranaguá rica em fauna e flora é uma área de proteção ambiental a travessia de ferry boat na baía é um belo passeio podendo ser avistadas algumas ilhas praias e os mangues outras atividades são realizadas nas águas da baía de guaratuba como a alexandre da silva mafra 1924-1928 joaquim da costa braga 1928-1930 por nomeação da interventoria do estado os prefeitos foram cel alexandre da silva mafra 1932 major pedro de abreu 1933 joão fernandes candal 1933 tenente manoel alves do amaral 1934 joaquim da silva mafra janeiro de 1935 nomeado joaquim da silva mafra eleito em 1935 governando até 31/07/1938 a partir desta data a autonomia do município foi suprimida por efeito do decreto lei nº 7573 de 20/10 do sr manoel ribas interventor conseqüentemente anexado como distrito ao município do paranaguá até de 10 de outubro de 1947 joaquim da silva mafra 1948-1951 miguel jamur 1952-1955 renê buchamann da silveira 1956-1959 miguel jamur 1960-1963 orlando bevervanso 1964-1968 miguel jamur 1969-1972 diógenes caetano dos santos 1973-1977 antônio f ferreira da costa filho 1978-1981 acir braga 1982-1988 aldo abagge 1989-1992 paulo chaves 22 de julho a 31 dezembro 1992 vice-prefeito assumiu o cargo com o afastamento do sr aldo abagge pela câmara municipal josé ananias dos santos 1993-1996 everson ambrósio kravetz 1997-2000 josé ananias dos santos 2001-2004 miguel jamur 2005-2008

[close]

p. 4

história e dados municipais de guaratuba caiobá e matinhos panorama do litoral verão 2008 matinhos e caiobá ave guará símbolo de guaratuba e região foto litoral paraná emoções o ano inteiro 04 história matinhos cidade fundada em 12 de junho de 1967 é considerada a namorada do paraná que por sua beleza e paisagens naturais notáveis é declarada Área especial de interesse turístico descoberta desde meados da década de 20 como um balneário de encantos prazeres e banho de mar matinhos é uma terra povoada há milhares de anos por povos pré-históricos que nos legaram valiosos sítios históricos e sambaquis caiobá sempre teve sua história ligada a de guaratuba pela proximidade e descendentes hoje faz parte de matinhos são quase 17 kms de belas praias tem em seu território 9 rios são eles da draga matinhos da onça canal da lagoa amarela indaial novo cambará do meio e cachoeirinha possui os morros de cabaraquara escalvado canela bico torto taguá pedra branca batatal e do boi também possui duas ilhas a ilha do farol e os rochedos de itacolomi população aproximada 24.178 pessoas censo realizado no ano 2.000 população estimada em 2007 33.000 pessoas número de eleitores 19.597 pessoas votaram na eleição de 2004 e 20.032 eleitores em 2006 origem do município desmembramento de paranaguá data instalação do município 19/12/1968 data de comemoração do município 19 de dezembro total de domicílios 27.969 ano 2000 total estimado de leitos população total para pernoite na temporada 350 mil taxa de crescimento anual 8,88 com a combinação da palavra indígena tuba que significa grande quantidade abundância com o nome desta ave guarÁ nasceu o nome do município em guaratuba os guarás viviam aos milhares mas desapareçam completamente pela ação do homem que os caçavam para comercializar suas penas e coletavam seus ovos para servir de alimento e venda descrição da ave o guará é encontrado nas costas dos países da américa do sul da colômbia ao equador além de trinidad e américa central na flórida o guará vermelho foi introduzido para cruzar com o guará branco encontrado nos estados unidos até alguns anos atrás o guará sobrevoava os céus do paraná pará amapá amazonas e maranhão até no rj era encontrado alimentação os guarás são aves carnívoras e se alimentam de caramujos insetos e caranguejos alimento preferido que inclusive dá a sua cor vermelho-carmesim expediente a revista panorama do litoral é uma publicação da net brazil comércio e representações ltda cnpj 05.235.941/0001-28 localizada na av damião botelho de souza 232 guaratuba pr fone 41 9634-4435 jornalista responsável maurini de souza alves pereira reg profissional 3164 12 02 criação redação e diagramação eng edson de almeida e franzen colaboração ricardo lacerda franzen miro da viola prefeitura municipal de guaratuba guará ecoturismo e o projeto do sebrae pr litoral do paraná emoções o ano inteiro dados municipais matinhos e caiobá matinhos está localizada no litoral do paraná com uma área aproximada de 215 km2 e 3 metros acima do nível do mar está situada à 110 km de curitiba a capital do estado e possui 36 balneários iniciando no balneário jardim monções onde faz divisa com o município de pontal do paraná e vai até o famoso balneário de caiobá onde faz a divisa com guaratuba,

[close]

p. 5

parques nacionais estaduais e municipais na região panorama do litoral verão 2008 parques reservas e Áreas de preservação ambiental a região de guaratuba caiobá e matinhos é previligiada com as 5 unidades de conservação ali existentes estes parques fazem com que as áreas verdes e as águas inclusive a baía de guaratuba sejam muito bem protegidas e despoluídas as unidades de conservação brasileiras integrantes do s.n.u.c sistema nacional de unidades de conservação dividem-se em dois grupos com as seguintes categorias de manejo i unidades de proteção integral estação ecológica reserva biológica parque nacional parque estadual monumento natural refúgio de vida silvestre ii unidades de uso sustentável Área de proteção ambiental Área de proteção ambiental estadual Área de relevante interesse ecológico floresta nacional floresta estadual reserva extrativista reserva de fauna reserva de desenvolvimento sustentável reserva particular do patrimônio natural continuação da apa de guaratuba tem por finalidade a compatibilização do uso racional dos recursos ambientais da região com a ocupação ordenada do solo a proteção da rede hídrica dos remanescentes da floresta atlântica dos manguezais dos sítios arqueológicos e da diversidade faunística bem como disciplinar o uso turístico e garantir a qualidade de vida das comunidades caiçaras e da população local 05 2 parque nacional de sainthilaire/lange guaratuba caiobá e matinhos em guaratuba caiobá e matinhos as unidades de conservação são as seguintes 1 apa Área de proteção ambiental estadual de guaratuba guaratuba caiobá e matinhos região sul estado paraná município guaratuba matinhos são josé dos pinhais tijucas do sul morretes e paranaguá bioma floresta atlântica e ecossistemas costeiros Área 199.586,51 ha criação decreto 1.234 27/03/1992 através do decreto 1.234 de 27 03/1992 esta unidade foi criada abrange parte dos municípios de guaratuba matinhos são josé dos pinhais tijucas do sul morretes e paranaguá totalizando 199.586,51 hectares região sul estado paraná município matinhos guaratuba morretes e paranaguá bioma floresta atlântica Área 24.500 ha criação lei 10.227 23/05/2001 o parque tem aproximadamente 24.500 ha e protegerá a floresta atlântica um dos ecossistemas de maior risco ambiental no planeta e abrange as áreas situadas acima da cota de 20 metros nos morros do entorno do balneário de matinhos e da baía de guaratuba incluindo regiões significativas como o morro do cabaraquara e a serra da prata estão sendo criadas unidades auxiliares de conservação como uma reserva extrativista para proteger os mangues e entorno do parque sem prejudicar seu uso racional além de um programa de visitação pública viabilizando o ecoturismo atração com visitação controlada as áreas já urbanizadas em uso agrícola e as estruturas sociais como captação de água e eventuais estradas já existentes poderão continuar a existir o parque saint-hilaire/lange visa proteger o ecossistema gerar equilíbrio aos balneários e cidades do entorno com a completa proteção das nascentes de água e impedir a ocupação desordenada que já se iniciava com a invasão dos morros especialmente próximo a matinhos.

[close]

p. 6

parques nacionais estaduais e municipais na região panorama do litoral verão 2008 continuação do parque saint hilaire roberto ribas lange continuação dos parques É o segundo parque nacional criado no país nos últimos 10 anos e o quarto parque nacional do paraná seu nome é uma homenagem ao naturista francês pesquisador saint-hilaire que esteve na região em expedições botânicas há mais de um século sendo o primeiro cientista a descrever a região e cruzar a remo a baía de guaratuba no século xix e do ambientalista roberto ribas lange que faleceu prematuramente no início da década de 90 em trabalhos ambientais no rio iguaçu e foi um dos precursores da luta ambiental no estado e no litoral com o sistema criado em conjunto entre o parque nacional de superagui e o parque nacional saint-hilaire/lange o paraná possui a mais completa rede de proteção de seu litoral e dos remanescentes de floresta atlântica que somada a outras unidades como apas e estações ecológicas estão permitindo a conservação e uso desta região precisa todavia de investimentos para a completa implantação fiscalização e controle das unidades existentes 5 projetado para o futuro parque municipal barra do saí a gestão anterior da prefeitura pretendia criar o parque municipal barra do saí não pudemos saber hoje em que situação se encontra esta iniciativa mas quem conhece a região seus mangues e sua paisagem sabe que ali precisa a preservação urgente 06 6 parque estadual florestal do rio da onça matinhos o parque florestal rio da onça situase na região central do município de matinhos e apresenta vegetação do ecossistema floresta ombrófila densa áreas com reflorestamento existentes anteriores à criação do parque e áreas que abrigavam o depósito de lixo do município a vegetação nessas áreas está em estágio médio ou avançado de regeneração e o rio da onça empresta à paisagem um forte poder de atração além de constituirse em corredor biológico 3 parque estadual do boguaçu guaratuba região sul estado paraná município guaratuba bioma floresta atlântica Área 6.052 ha criação decreto 4.056 26/02/1998 unidade de proteção integral 4 parque municipal lagoa do parado guaratuba localização margem esquerda do rio cubatãozinho acesso somente de barco e a viagem dura cerca de 1 hora abundante em peixes e em caxeta madeira leve usados principalmente para fabricar o lápis e utilizado para o artesanato neste parque encontram-se capivaras e outros animais selvagens em época de seca se divide formando a lagoa das onças e lagoa baguary o parque florestal do rio da onça foi criado pelo decreto estadual n.º 3825 de 04 de junho de 1981 com uma área total de 118,50 ha com objetivo de proteger a flora e a fauna o parque agora possui 1660 hectares sendo dotado de portal trilhas interpretativas pontes suspensas centro de visitantes e mirante preserva caxetas brejos graminosos e restingas cobertas por guanandis maçarandubas palmitos e tiriricas habitados por preás gatos do mato e gambás o parque estadual florestal do rio da onça localiza-se a 600 m da praia acesso pela pr 412 balneário riviera ii informações fone 41 3453-2472 horários terça a domingo e feriados das 08:00 às 11:30 e das 13:30 às 17:00 Área 5 km de comprimento por 3 km de largura localização do parque estadual rio da onça em matinhos

[close]

p. 7

rios e riachos da região de guaratuba caiobá e matinhos panorama do litoral verão 2008 rios e riachos 07 guaratuba bairro de piçarras à esquerda aeroporto bairro do mirim centro e rios boguaçu mirim e boguaçu à direita desaguando na baía há em guaratuba diversos rios que deságuam na sua baía exceto o rio saí que corre diretamente para o oceano atlântico o saí que serve de limite entre guaratuba e santa catarina tem uma extensão de 14225 metros veja mapa com o nome dos rios na pág 20 a grande quantidade de rios e seus afluentes mais de 36 é que formam a baía de guaratuba como um grande criadouro de vida marinha pois muitos peixes e animais dos oceanos sobem a baía e estes rios para a reprodução por haver esta grande quantidade de rios é que torna necessário as suas preservações portanto a criação dos parques nacional saint hilaire/lange estadual do boguaçu municipal da lagoa do parado e Área de preservação ambiental apa de guaratuba é que tem permitido a preservação necessária e a pureza destas águas rio são joão nasce no pontal do itararé com nome de rio do pontal corre em direção ao sul recebe o rio bonito o pirizal o embira e outros entram no estado de santa catarina e recebe o iquirim volta ao norte entra novamente no paraná fazendo uma grande curva na serra do araraquara segue até encontrar-se com os braços do rio cubatão e deságua na baía depois de um curso de 60 km rio preto rio do melo rio cubatão nasce no município de são josé dos pinhais com o nome de são joão serve em parte de divisa entre sào josé e guaratuba recebe o arraial e toma aí o nome de cubatão até desaguar na baía rios que abastecem guaratuba a captação de água para abastecimento do município é feita nos rios do melo e sai-guaçú no rio do melo a capacidade de captação é de 170 litros por segundo com a construção do sistema de captação de água do rio saí a capacidade subiu para 430 litros por segundo o que faz com que não falte mais água de qualidade nem mesmo na alta temporada com a ampliação da captação de água em guaratuba não há mais falta de água rio cubatão cubatãozinho são joão e preto que ficam no fundo da baía são rios bem preservados que proporcionam ótima pesca e momentos de rara beleza rio cubatãozinho o cubatãozinho nasce na serra das canavieiras entre guaratuba e morretes tem um curso de cerca de 60 km sendo navegável por canoas até o porto limeira.

[close]

p. 8

praias de guaratuba caiobá e matinhos panorama do litoral verão 2008 praias 08 praias de guaratuba 1-caieiras 2-das pedras com navio afundado vapor s paulo 3-prosdócimo ou do espia barco 4-central 5-dos turcos 6do cristo 7-brejatuba ou braba ou do surfista 8-barra do saí entre 7 e 8 brejatuba jardim estoril 1 bonança jardim estoril 2 vila eliana nereidas yemanjá santa helena atlântico sul coroados palmeiras barra do saí do lado de caiobá existe a prainha ainda em guaratuba praia da barra do saÍ praia do coroados em primeiro plano e a barra do rio saí com a ilha do saí divisa com sc brejatuba ou praia do surfista ou braba praia central de guaratuba praia das pedras prainha balneários de matinhos corais jussara gaivotas iracema guacyara currais ipacaraí betaras solimar marajó saint etiene florida rivieira i e ii flamingo além da praia de matinhos ideal para o surfe balneários de caiobá praia brava e praia mansa ao lado da praia bela ou prainha do farol da ilha das tartarugas praia do cristo a mais freqüentada

[close]

p. 9

baía de guaratuba estuário da vida na região panorama do litoral verão 2008 a baía de guaratuba é um estuário encaixado na planície costeira do litoral do paraná a baía tem uma área de 48,57 km2 e é irrigada por pelos menos 36 rios a baía de guaratuba é a segunda maior do estado e uma das mais belas do mundo ilhas mangues vegetação típica e rios fazem parte dessa exuberante paisagem da natureza na área de cima mais a oeste da baía ocorre a agricultura intensiva através do cultivo de banana com alta tecnologia de produção na área montanhosa ao norte do estuário há uma baixa população com baixo crescimento populacional diferente de outras bacias hidrográficas do sul que possuem média/alta densidade populacional e acusando ainda um alto crescimento esta baixa taxa de ocupação da baía faz com que suas águas tenham pouca ou nenhuma poluição em suas águas e na orla marítima ocorre a pesca empresarial de mercado resumida aos arrastos de camarão marcados pela mais alta intensidade tecnológica pesqueira do litoral paranaense mas é a desembocadura da baía que vem sofrendo nas últimas 3 décadas forte pressão urbana através do centro urbano de guaratuba que utiliza a vocação turística como fonte de renda já que as praias e a própria baía oferecem boas opções de lazer e recreação era pela baía o único acesso que a comunidade dispunha para chegar à guaratuba no começo da colonização vários pontos de pescaria fazem à alegria de milhares de pescadores que vêm à guaratuba durante o ano todo motivados pela beleza do local e pelo prazer de uma boa pescaria junto a esse paraíso além da pesca pratica-se o esqui vela passeios de barco jet-sky e windsurf embarque na enseada do pirata no final da rua cap joão pedro crianças menores de 5 anos acompanhadas não pagam vários passeios pela baía são oferecidos durante o ano todo com vários roteiros e tipos de embarcações ao longo de sua orla várias marinas bem estruturadas recebem os turistas que viajam por suas águas e pelo mar aberto lazer e esportes porto e abrigo manguezais capacidade 10 pessoas para passeios banhos e degustação de ostras no cabaraquara saídas diárias de hora em hora a partir das 8 hs piratinha marinas e trapiches a bordo do barco pirata das 20:00 às 3:00 hs diariamente ideal para casais convites agendados por telefone bar pirata 41 9604-7045 carlos pirata 41 9673-5551 michel pirata 41 9665-4430 vera pirata capacidade 70 pessoas para passeios turísticos ecológicos e temáticos saídas 9:30 11:00 14:00 15:30 17:00 hs diariamente baía de guaratuba 09 barco pirata

[close]

p. 10

cachoeiras e saltos na região panorama do litoral verão 2008 saltos e cachoeiras ao fundo da baía de guaratuba ao pé da serra do mar existe o salto do rio parati local de rara beleza ladeado pela mata atlântica totalmente preservada suas águas oferecem um espetáculo digno de ser apreciado acesso a melhor opção é por mar vindo pela baía utilizando barcos de pequeno porte passeios de barco até o salto são feitos durante o ano todo 10 este é o salto parati ou cachoeira do rio parati visite trajeto parte 1 saindo do centro 25 minutos de barco pela baía rio parati até o porto caminhada de 40 minutos por trilhas de vegetação nativa e paisagens típicas do litoral as águas do salto vêm do rio parati formando piscinas naturais ao lado e acima salto da viúva que no verão os banhos gelados proporcionam uma satisfação sem igual acima cachoeira ou salto da viúva trajeto parte 2 no trajeto encontramos várias espécies de flores pássaros e animais silvestres que cruzam as trilhas o tempo todo procure empresas e guias especializados para levar sua família até lá como a guará ecoturismo a trilha passa por várias casas de moradores locais e sambaquis além de uma ponte pênsil que dá à caminhada um ar de aventura tudo para sua casa móveis eletrodomésticos cachoeira do quiriri localizada na encosta da serra do mar tem uma que-da d água com mais de 35 metros de altura o acesso é feito por uma trilha de mata fechada com um percurso aproximado de 5 horas as águas desta queda em alguns pontos passam por debaixo de rochas e reaparecem alguns metros depois 41 3442-6270 rua 29 de abril 297 centro guaratuba pr 41 9641-4722 mega_moveis@hotmail.com

[close]

p. 11

trilhas caminhadas e roteiros turísticos panorama do litoral verão 2008 trilhas e caminhadas trilha dos Índios e das farinheiras sítio das ostras fazenda marinha nova era das rosas cultivo de ostras degustação de ostras você pode saborear as melhores ostras do paraná direto do cultivo sÍtio sambaqui ao pé do morro do cabaraquara na serra da prata entre a baía de guaratuba e o parque nacional sainthillaire localizam-se os principais criadouros de ostras nativas do litoral paranaense o sítio sambaqui além de poder degustá-las em um aconchegante quiosque são apresentadas técnicas modernas de cultivo visando minimizar os impactos ambientais a visitação no restaurante vivere parvo é imprescindível construído inteiramente por técnicas artesanais em meio à natureza dispõe de mirantes com fantástica visão para baía de guaratuba e banho de ofurô trajeto feito de carro ou barco com duração de 2 a 3 horas contate a guará ecoturismo pedra branca do araraquara esta trilha começa no bairro prainha a trilha foi usada pelos Índios que habitavam essa região mais tarde conhecida como trilha das farinheiras que eram senhoras que produziam farinha de mandioca artesanalmente na localidade do cabaraquara e transportavam por estes caminhos para vender na região da prainha as farinheiras percorriam a trilha com os pesados sacos sobre a cabeça e seus filhos as acompanhavam agarradas aos seus vestidos 11 araraquara no dialeto indígena significa buraco ou ninho da arara Único distrito do município que tem na agricultura e pecuária suas principais atividades econômicas local de beleza natural inconfundível com rios e cachoeiras aos pés da serra do mar fazem dessa localidade uma ótima opção para quem gosta da natureza e de descanso a guará ecoturismo é a 1 a agência de ecoturismo e turismo receptivo de guaratuba e a única com um bacharel em turismo formado pela universidade tuiuti com estágio na secretária estadual de turismo do paraná e na paranatur especializada em passeios dentro de guaratuba e região tem vários roteiros e opções aos turistas city-tour trilhas caminhadas ecológicas cachoeiras roteiro das ostras lagoas morros passeios de barco pescarias contate luiz 41 9641-4722 ligue 41 9929-0310 para agendar a visita morro do cabaraquara e o cultivo de ostras bromélias palmeiras pássaros e árvores centenárias fazem parte deste deslumbrante cenário da mata atlântica a trilha é de pequena dificuldade e pode ser feita por qualquer pessoa com acompanhamento de um guia no percurso produtos artesanais da região podem ser adquiridos durante o passeio infraestrutura para cultivo próprio de ostras quiosque de degustação de ostras

[close]

p. 12

ilhas da baía de guaratuba e costa marítima da região panorama do litoral verão 2008 ilhas fluviais e marítimas ilha de itacolomi características formada por duas pedras uma em pé e a outra deitada por esse fato são chamadas de mãe e filho estão localizados em mar aberto quase em frente à entrada da barra da baía de guaratuba a cerca de 7,3 milhas da costa não é possível desembarcar o local é excelente tanto para a pesca de linha quanto para a pesca submarina 12 ilha dos currais composta por três pequenas ilhas ­ a primeira apenas um pico de pedra alto sem vegetação a segunda um pouco mais baixa e a terceira bem maior apresenta vegetação apenas em seu cume cuidar com uma laje até 300 m de seu lado oeste de frente para a costa local repleto de aves que ali fazem sua nidificação não é possível desembarcar evite passar entre elas pois há muitas pedras submersas abrigo precário contra ondas e ventos fica a meio caminho entre as baías de guaratuba e paranaguá a cerca de 6,2 milhas da costa ilha do saí localização divisa do paraná com santa catarina no balneário da barra do saí a ilha está tão próxima à costa que pode-se alcançá-la a nado e até a pé quando a maré está baixa na ilha está o marco divisor entre paraná e santa catarina que ostenta em gravação a bronze a seguinte inscrição este marco foi inaugurado no governo wenceslau braz sendo ministro do interior carlos maximiliano governador do estado do paraná affonso camargo e governador do estado de santa catarina general f schimidt ­ 1918 ilha da sepultura também na baía de guaratuba coberta de mangues com frente para a cidade de guaratuba estendendo na posição nordeste-sudoeste a começar pela ilha da pescaria tendo pela parte de dentro o canal da sepultura ilha da pescaria de terreno pantanoso coberto de mangue ou mesmo unicamente das duas gramíneas confundidas na região sob a denominação de paratuva plantas que vegetam em terrenos úmidos a ilha da pescaria possui terras para cultivo ainda sobre esta ilha há uma particularidade quando o coronel manoel leocádio montou um forno para fabrico de sal permanecendo até bem pouco tempo ainda sua construção salina ilha do capim coberta de mangues em frente ao rio dos meros e o morro de fora esta ilha foi acrescida de mais ilhotas formando um grupo que é designado pela ordem em que se acham capim de cima do meio e capim de baixo era esta ilha conhecida antigamente pelo nome de guarÁ citada por saint hilaire em 1820 por ser a preferida para pouso dos pássaros que lhe deu o nome guaratuba ilha do rato pode ser vista durante a travessia da baía de guaratuba está bem próxima à costa o nome se deve ao seu formato que imita um camundongo de cócoras ambiente de requinte e conforto o rn a fo enh l À outras ilhas ilha do estaleiro ilha das garças ilha dos papagaios ilha barigüi ilha do castelhano ilha do mexerico ilha do araxá ou araçá ilha morro de fora ilha morro da barra veja as ilhas no mapa da pág 20 carnes chapeadas peixes e camarões pizzas e calzones espaguete frangos sucos e bebidas av 29 de abril 702 centro

[close]

p. 13

parque municipal lagoa do parado panorama do litoral verão 2008 parque municipal lagoa do parado conhecida também como lagoa azul em época de seca se divide formando a lagoa das onças e a lagoa do baguary possui 5 km de comprimento por 3 km de largura trata-se de um mini pantanal em meio à mata atlântica onde pode se encontrar capivaras veados jacaré e uma infinidade de espécies de pássaros como o tuiuiú ave pantaneira e o macuquinho do brejo espécie rara descoberta em 2002 macuquinho do brejo 13 lagoa do parado É a maior biodiversidade aquática da região localiza-se na margem esquerda do rio cubatãozinho possui grande variedade em espécies de peixes pois se trata de um criadouro natural nesta rica região o que se encontra também em abundância é a caxeta uma espécie de madeira leve usada para fazer lápis instrumentos musicais colher de pau e artesanatos em geral para aqueles que gostam de pescaria na água doce a lagoa do parado tem as espécies e os tamanhos de peixes para satisfazer todos os gostos e exigências para pescar na região é necessário ter a carteira de pesca profissional e se cercar da competência de guias especializados para guiar a embarcação pelos baixios dos rios gustavo auto center nós fazemos malabarismos para deixar seu carro novo e tinindo unipid 41 9998-2748 socorro universidade piloto democrata cursos de direitos humanos fundamentais e meio ambiente 413443-1746 todas as marcas de veículos churrascaria marambaia espeto corrido e frutos do mar www.unipid.com.br 41 3472-1095 45 9974-3047 rua cap joão pedro 147 guaratuba av curitiba 1375 guaratuba pr 41 3442-6306 rua vicente marques 213 guaratuba pr

[close]

p. 14

morros de interesse turístico na região panorama do litoral verão 2008 morros na região guaratuba e matinhos é atravessada pela serra do mar que recebe diversas denomina-ções tais como serra do piraí do araçatuba araraquara guarapari do cubatão da linha da igreja canavieiras e serra da prata aqui na região encontramos morro do cristo ou brejatuba morretes ou morrete morro do pinto morro das caieiras ou do espia barco morro do cabaraquara morro do itaguaí morro laranjeiras morro dos perdidos morro de fora morro do escalvado morro do boi entre outros morro do cristo morro do escalvado matinhos também conhecido como morro da cruz tem aprox 262 m de altura com abundante vegetação nativa do cume onde se pode chegar pelas trilhas especiais para caminhada tem-se um visão panorâmica de todas as praias da região o acesso ao morro pode ser feito pela rua da fonte e o passeio pode ser realizado todos os dias do ano 14 morro dos perdidos também conhecido como morro do brejatuba é o atrativo mais visitado do município mirante natural com 38 m de altura oferece uma vista espetacular do oceano atlântico e uma vista privilegiada de toda a cidade vista do cabaraquara e do itaquaí mais à direita localização br 376 serra do mar região dotada de inúmeras montanhas acessíveis entre elas está o morro dos perdidos em dias com o tempo mais aberto é possível enxergar os carros e caminhões que passam pela br logo abaixo parecendo meros brinquedos e o litoral do paraná que está a uns 80 km dali entre a sede e o morro existe uma cachoeira de uns 30 m de altura com uma pequena piscina natural rampa de salto vista da baía de cima do morro do cabaraquara foto acima e abaixo localização morro do espia barco morro das caieiras acesso o início da trilha que leva a rampa está em frente a segunda torre de transmissão de energia no acesso ao ferry boat pela rua antônio rocha a trilha tem um pouco mais de 200 metros e é de dificuldade média lá pode se pular de asa delta e aterrissar na praia pena que hoje esteja abandonada a estátua do cristo redentor colocada no alto do morrro da brejatuba maior cartão postal de guaratuba foi encomendada pela família de joão cândido ferreira presidente do estado do paraná de 1908 a 1912 e inaugurada em 23 de junho de 1953 seguindo projeto do arquiteto adolfo sakaguti no ano 2000 teve sua escadaria remodelada recebendo corrimão para maior segurança dos turistas a escadaria construída na década 50 com 197 degraus passou agora a ter 190 degraus em 13 de maio de 2000 a imagem foi deslocada de sua base original ganhando um pedestal de 6,5 metros de altura com uma sala da memória oratório e mirante a imagem do cristo cujo braço apontava para a entrada da barra agora na revitalização tem sua face voltada para cidade com a finalidade de proteger a todos seus moradores morro do boi matinhos possui aproximadamente 160 m de altura trilha ecológica que leva da praia bela ou dos amores até o outro lado do costão mar aberto e local de pescaria.

[close]

p. 15

outros lugares turísticos panorama do litoral verão 2008 manguezais 15 outros lugares turÍsticos cppom centro de produção e propagação de organismos marinhos na praia das caieiras uma das turmas que prestaram serviço e também aprenderam na temporada de 2007 o litoral paranaense possui 90 km de costa e com a soma das baías de guaratuba e paranaguá mais de 300 km de costa interna É considerado o terceiro celeiro de reprodução de animais aquáticos marinhos do mundo com níveis de poluição baixíssimos no entanto é uma região carente onde predominam pescadores artesanais que fazem da pesca seu principal meio de vida ainda constatou-se nos últimos anos uma diminuição na capacidade produtiva pesqueira tanto na baía de guaratuba quanto na de paranaguá principalmente em função do aumento da retirada de pescados provenientes em grande parte da pesca predatória e ilegal estes acontecimentos têm acarretado problemas de ordem social como a desnutrição e o desemprego de ordem ambiental como o uso insustentável dos recursos e a poluição do meio estuarino e de natureza econômica como a carência do pescado com o objetivo de desenvolver com as comunidades pesqueiras locais a possibilidade de trabalhar com o pescado de maneira racional e dele retirar seu sustento foi criado em 1996 em convênio com o banco mundial e governo estaduais e municipais o cppom-puc/pr o cppom atua com gestão integrada e participativa com a comunidade prefeituras municipais e colônias de pescadores realizando atividades de treinamento de mão de obra educação ambiental seleção de sítios para maricultura e implantação e acompanhamento de sistemas de engorda de animais marinhos estima-se que os manguezais tiveram origem há cerca de 60 milhões de anos no período terciário quando aconteceu a deriva dos atuais continentes em decorrência da ruptura da pangéia única massa continental considerado como berçário da vida marinha o estuário da baía de guaratuba serve de subsistência para a população das regiões do entorno tirando o sustento catando espécies como ostras caranguejos guaiamuns siris aratus e sururus para alimentação ou venda geralmente nas vizinhanças a utilização dos manguezais deve ser feita de forma sustentável através de um manejo adequado pois tratase de um ecossistema frágil e importante para a vida marinha estima-se que cerca de 60 dos organismos pescados provêm de estuários de manguezais parque Águas claras parque aquático inaugurado em abril de 1994 possui 242.00 km2 de área com tobo-água piscina de correnteza piscina semi-olímpica bóias motorizadas pedalinho caiaque trenzinho quadras poli esportivas salão de jogos lojas 5 lagos para pesca restaurante lanchonete churrascaria pousada e centro de eventos localiza-se na rodovia alexandra matinhos km 20 41 9978-2926 9978-2532 3024-8891 site www.parqueaguasclaras.com.br horário de atendimento nos meses de janeiro e fevereiro diariamente das 10h às 18h de março a dezembro nos finais de semana e feriados das 10h às 17h pesca predatória É nociva para todos os ecossistemas e em especial aos estuários e manguezais sendo praticada em variados graus de intensidade os apetrechos e produtos mais utilizados na pesca predatória são · bombas que causam a morte por compressão de inúmeras espécies de variados tamanhos · redes de malha fina que capturam espécies minúsculas e outras em processo de extinção · redinhas e laços que aprisionam caranguejos fêmeas ou em idade ainda não reprodutiva · carrapaticida que contamina a área as espécies e a cadeia alimentar inclusive o homem pesque pague lagoa das tilápias rodovia alexandra/matinhos km 21 fone 41 9109-1682 horário de atendimento diariamente das 8h às 19h.

[close]

Comments

no comments yet