Jornal Empresários

 

Embed or link this publication

Description

Edição Desembro/2011

Popular Pages


p. 1

ano xiii nº 144 www.jornalempresarios.com.br dezembro de 2011 sérgio vidigal parcela dívida tributária com redução de juros e multas pÁg 7 automÓveis pÁg 8 finanÇas pÁg 13 investimento pÁg 21 kurumá brilha no pós-venda da toyota o diretor da empresa josé geraldo da cunha aponta as vantagens amadorismo sepulta o turismo no estado a falta de um projeto para a marca espírito santo prejudica o potencial do estado jardim camburi ganha novo centro comercial outdoor place terá oito lojas com supermercado restaurante e salas comerciais fotos antÔnio moreira o sabor da terra o empresário adalto egídio dos santos comanda o sucesso dos picolés ajellso fabricados com o uso de produtos naturais e prepara a expansão de sua indústria página 16 lorenge vai propor acordo judicial compradores de apartamentos no edifício orquídea não possuem escritura e brigam na justiça página 11

[close]

p. 2

2 dezembro de 2011 vitÓria/es 12 anos carlos amorim polÍtica econÔmica antonio delfim netto contatodelfimnetto@terra.com.br maior que a encomenda aiu um pouco mais do que se imaginava o nível da atividade econômica por força das medidas de controle do crescimento adotadas pelo governo no início de 2011 há uma boa discussão hoje para tentar saber se houve excesso de dosagem da equipe econômica ao colocar em vigor algumas barreiras para prevenir o avanço da inflação e desestimular a elevação dos níveis de consumo não importa muito o resultado da discussão o fato é que as duas vertentes funcionaram na direção pretendida a inflação que ameaçava fugir ao controle passou a se deslocar em direção ao centro da meta vagarosamente é verdade mas fazendo crer que a taxa de 4.5 em 2012 poderá ser alcançada já o objetivo de conter o crescimento surpreendeu com uma velocidade maior do que o pretendido derrubando as expectativas oficiais de uma expansão do pib acima de 3.5 em 2011 as medidas preventivas visando preparar a nossa economia para o desaquecimento mundial tiveram o efeito de segurar o consumo e restringir a produção industrial principalmente o produto não cresceu no terceiro trimestre em relação ao trimestre anterior o que manteve a expansão do pib em 3.2 nos três trimestres do ano segundo o ibge os dados relativos ao comportamento do pib no mundo entre o segundo e terceiros trimestres de 2011 mostram que a economia continua desaquecida na maioria dos países importantes cresceu apenas 0.6 nos estados unidos 0.5 na grã bretanha e na alemanha e 0.4 na frança com destaques ainda mais medíocres na espanha zero de crescimento e taxas negativas nos mais complicados da zona do euro grécia portugal os números da itália ainda não c editorial inútil paisagem e não remetesse a dores de cotovelo e solidão o título deste editorial tomado da inesquecível música de tom jobim e aloysio de oliveira bem que poderia ser aplicado ao turismo no espírito santo um pedaço de terra formado por belíssimas paisagens no litoral e nos montes mas sem muita utilidade para o desenvolvimento dessa atividade de forma rentável o consultor mário petrocchi filho com cinco livros publicados afixou em seu site a frase já vai longe o tempo em que turismo se fazia apenas com sol e mar a frase é perfeita e mostra a necessidade de uma ação coordenada de vários setores com o empresariado à frente contando com o apoio governamental para que as coisas funcionem o amadorismo das ações mesmo aquelas adotadas pelos organismos oficiais não consegue levar o estado a um patamar condizente com o seu potencial falta uma consciência na própria população capaz de funcionar como fator agregador de valores em torno das atividades turísticas o que se vê com exceções é uma repetição de iniciativas isoladas de um contexto geral s existem iniciativas de alguns empreendimentos como hotéis mas que funcionam apenas em parte o turismo se desenvolve em torno da concorrência entre os destinos segundo o consultor ignorar esse tipo de gestão voltada para um contexto maior produz prejuízos incalculáveis nesse cenário observa-se no espírito santo uma relação muito grande de falhas no atendimento correto ao visitante no transporte adequado preços altos e controle de setores essenciais por grupos despreparados para o exercício da função além disso o estado carece de infraestrutura e se apresenta ao turista com rodovias esburacadas aeroporto precário e sem equipamentos que dêem conforto e segurança ao usuário enquanto isso empresários e órgãos oficiais continuam a divulgar o estado por meio de ações isoladas apresentando belos vídeos artesanato peças culturais e a famosa moqueca as ações de marketing voltadas para a valorização do destino permanecem esquecidas e em conseqüência o estado perde para outros onde as iniciativas conjuntas coordenadas por espe cialistas no segmento exibem resultados altamente positivos o espírito santo é recheado de belas paisagens mas deve ser levado em conta que algumas delas tiveram reduzida parte de seu atrativo pela ação equivocada do poder público e do segmento empresarial o exemplo mais gritante dessa afirmativa é guarapari a grande marca do espírito santo que vem perdendo a cada ano para outros centos da região sudeste por força da ação de maus administradores e pela ausência de um trabalho voltado para a conscientização de toda a população com destaque para os empresários da área de serviço o município se transformou em uma cidade balneário onde a precariedade é a tônica principal assim se vão os turistas e todos perdem a paisagem existe é bela e ainda restam alguns pedaços que não foram tocados pelo progresso a todo custo que muda vocação de regiões com a feia fumaça que sobe apagando as estrelas no dizer do poeta a região norte do estado ainda pode ser salva resta saber se existe competência para o desenvolvimento de projetos realmente pautados para bem estar coletivo estão acessíveis no brasil tendo em mãos os números do comportamento da produção industrial em outubro uma queda de 0.6 e do recuo nos níveis da demanda doméstica o governo se antecipou à divulgação do ibge sobre o pib e editou novas medidas de desoneração de impostos para voltar a estimular os setores da habitação popular e da indústria de bens duráveis de maior consumo das famílias como os produtos da linha branca e eliminou ou reduziu os pagamentos relativos a pis/cofins do trigo pão francês e massas em geral de acordo com o ministro da fazenda o governo está preparando novas medidas para reduzir os controles ao crescimento que adotou no início deste ano como forma de defesa contra os efeitos do forte desaquecimento mundial e do encolhimento do comércio internacional que de fato se verificaram essas novas medidas devem ser tomadas agora para não perder o crescimento de 2012 o brasil hoje está melhor preparado para colocá-las em prática porque todos aprendemos com a crise de 2008 mesmo com os esforços que as lideranças européias desenvolveram nas últimas semanas ainda não está afastado o risco de novas turbulências a quebra de um grande banco bastará para produzir perturbações graves na economia mundial num caso como este renovam-se quase instantaneamente as dificuldades no movimento do comércio e nas disponibilidades de recursos para financiar o desenvolvimento dos países e ninguém pode esperar que não seja molestado pelas consequências antonio delfim netto é professor emérito da fea-usp ex-ministro da fazenda agricultura e planejamento É publicado por nova editora empresa jornalística do espírito santo ltda me insc municipal 1159747 cnpj 09.164.960/0001-61 endereço rua ferreira coelho 330 sala 613 edifício eldorado center praia do suá vitória espírito santo cep 29052-901 diretor e jornalista responsável marcelo luiz rossoni faria rossoni@jornalempresarios.com.br editor roberto junquilho editor@jornalempresarios.com.br colaboradores antonio delfim netto jane mary de abreu contato comercial décio barcelos comercial@jornalempresarios.com.br site www.jornalempresarios.com.br telefone 27 3224-5198 impressão gráfica jep 3198-1900 diagramação liliane bragatto redacao@jornalempresarios.com.br repórter fotográfico antônio moreira e-mail jornal@jornalempresarios.com.br telefones 27 3224-5198 27 9999-2958 as opiniões em artigos assinados não refletem necessariamente o posicionamento do jornal.

[close]

p. 3

12 anos vitÓria/es dezembro de 2011 3

[close]

p. 4

4 dezembro de 2011 vitÓria/es 12 anos off mÍdia eustáquio palhares eustaquio@iacomunicacao.com.br o fundap e o efeito manada m um passado não muito remoto o fundap sugeria uma seita que se reunia clandestinamente para conspirar contra os interesses do estado na visão de alguns governadores que tão logo tomavam posse reavaliavam o sistema e se rendiam à conveniência de mantê-lo passou-se algum tempo e o fundap seguiu incrustrado como um elemento valioso da receita estadual há muito sua extinção é uma morte anunciada pelo que representa de intrinsecamente insustentável pela sua própria natureza a não ser que houvesse uma retomada de um protecionismo que restringisse as importações o que justificaria a tributação inibidora mas como recursos do fundap na verdade 25 do total do imposto irrigam os municípios apenas por aí se legitimou a manutenção da tributação em tese tais recursos financiariam toda a capacidade de investimento dos municípios um fluxo de recursos de fonte discutível em sua essência mas redimido pela nobreza da aplicação afinal está-se falando de dotar os municípios de capacidade de investimento do resgate de estruturas municipais combalidas pela própria concepção do ente público e do trato da coisa pública em nossa cultura bem o que se percebe na prática é que os tais recursos começaram a ser consumidos no município pela voracidade dos custeios trocandose investimentos por despesas na lógica política do desplanejamento e da concessão ao fisiologismo tão renitente entre nossos representantes de certo modo desde aí se identifica um efeito pernicioso ­ como contrapartida do auxílio ­ na medida em que se constituíram em um anabolizante que mascara a real estrutura de arrecadação do município aí considerada essencialmente sua capacidade produtiva ou de e agregação de valor fosse vertidos em investimentos tais recursos estariam capacitando as municipalidades a equacionarem as demandas de seus próprios crescimentos a defesa do sistema tornou-se então uma questão de ordem de repente defender o fundap é defender o es em termos porque alguns pontos da história desse incentivo não apenas o vulnerabilizam como o sujeitam a criticas que até aqui estão encobertas lá se vão 40 anos de incentivo desde que pedro silveira e graciano espíndula o conceberam a idéia original era aproveitar parte do icms gerado pela nacionalização das mercadorias importadas para financiar empreendimentos no estado para o que se concederam condições paternais cinco anos de carência e 20 anos de amortização a juros de um por cento ao ano inclusive em época de inflação galopante dinheiro de graça na prática esses recursos deveriam compromissadamente financiar investimentos que aumentassem a base econômica estadual posteriormente relaxou-se completamente com a exigência e as empresas passaram simplesmente a entesourar esse dinheiro e inventou-se o resgate do endividamento de longo prazo por um valor equivalente a dez por cento do valor formalmente contratado uma medida inspirada na verdade pela necessidade do estado fazer caixa aí a função original do fundap perdeu-se completamente restou ­ o que não é pouco a nutrição financeira das prefeituras a essa altura inteiramente viciadas e como tal dependentes restringir importações é um desejo inconfessável de qualquer país principalmente numa situação cambial altamente desfavorável à indústria nacional raciocina-se que as importações ao abrigo do fundap se realizariam de qualquer modo por se tratar de bens de capital fazê-lo pelo espírito santo foi o mote do sistema que na contrapartida dos benefícios constituiria uma fonte de financiamento de investimento nutrida pela abstinência tributária argumentar que o sistema não constitui incentivo fiscal é crer na roupa invisível do rei o fundap é um incentivo fiscal calcado e calculado sobre o icms a dissimulação fica por conta dos dois tempos da operação o importador recolhe e depois se habilita ao financiamento o que sugere o trânsito do dinheiro pelo erário saindo de lá com outro carimbo essa argumentação de certo modo blindou juridicamente o sistema que gerou muita riqueza nos ´seus 40 anos de existência mas estamos falando de devolução ­ até porque os leilões asseguram a liquidação da operação financeira ­ de valor calculado e devido sobre o icms gerado pela internalização da importação É aqui que se descortina o desequilíbrio algo afrontoso da balança dos benefícios proporcionados pelo sistema e que evidencia o seu caráter extremamente concentrador cerca de 250 empresas operam o sistema se todos os municípios fazem a festa com 25 do valor do icms recolhido o que dizer das empresas que ficam com 65 existe uma caução de obrigatoriedade de investimento de 10 desses 65 em projeto do bandes em até dois anos mas isso não altera o alto perfil do benefício com o eufemismo de inversões financeiras as contas do estado in formam os valores repassados aos operadores do fundap para uma arrecadação de icms pelo sistema de r 1.739 milhões em 2010 eles receberam financiamentos de r 1.242 milhões representa cerca de 15 de toda a receita líquida do estado do período isso significa que duas centenas e meia de pessoas ju rídicas detêm 15 dos recursos que o estado conta para cumprir sua função em 2011 estima-se repasses de r 1.541 milhões ou 17 da receita líquida do estado projetada para este ano o efeito social qual seja os recursos destinados aos municípios nesses dois anos foram de aproximadamente r 275 milhões 2010 e r 453 milhões 2011 ou seja enquanto os municípios receberam r 275 milhões o estado r 90 milhões as empresas receberam r 1.242 milhões em 2010 evidenciando a alta concentração da destinação dos recursos viabilizada pelo agrado aos municípios o rigor dos números se repete nas projeções deste ano enquanto os 78 municípios poderão desfrutar de r 453 milhões e o estado contará com r 150 milhões às empresas caberão r$1,5 milhão as carências municipais estão sendo usadas como escudo para a preservação de um privilégio discutível como toda crise segundo os caras que estão mandando no mundo hoje parteja oportunidades passa do momento do es se valer de questões como o fundap e a expropriação dos royalties para propor uma renegociação do pacto federativo afinal desde o início de sua história o estado deu mais ao país do que dele recebeu e não se fala do elementar balanço dos recursos da união arrecadados aqui e os valores que tem nos cabido no consórcio federativo falamos de uma conta que remonta à colonização interditada por estratégia econômica da metrópole o abandono cerrado da província pela coroa por mais de 300 anos e já no século xx o isolamento causado pelo eixo viário da br-116 a rio bahia ligando o nordeste ao sul do país ao largo do es claro nos anos 60 o ex-governador cristiano dias lopes cunhou duas frases que retumbaram no cons ciente coletivo de então a vale do rio doce só deixa no estado o pó de minério e o apito do trem ou tra foi o espírito santo é um nordeste sem sudene essa grita nos valeu à época a concessão de um mecanismo de incentivo calcado no modelo nordestino da sudene lá o finame aqui o funres que ainda tem uma merreca de saldo de uns r 100 milhões ciosamente guardados pelo bandes que viria a perder em 2001 o seu incentivo estabelecido pelo dl-880 e sucessivas renovações era baseado em deduções do ir e do icms e financiaria projetos aprovados por critérios de prioridade da política econômica do estado então não apenas pela questão fiscal incentivo fiscal é complemento não viabiliza empreendimento mas como enclave defasado economicamente e discriminado politicamente do sudeste temos o direito de reivindicar a extensão da área da sudene do rio doce até o itabapoana no sul do estado conferindo-nos a competividade dos estados nordestinos no âmbito capixaba linhares já começa a despontar como área promissora por contar com esse tratamento diferenciado nessa discussão do pacto cabe também a proposta da autonomia fiscal que permita a tributação das exportações cuja isenção representou um ônus para o estado que a união jamais bancou isso sem falar no débito da infraestrutura de logística portos aeroportos ferrovias e rodovias armazenagem que em tese a fortuna amealhada pelas empresas nesses 40 anos seguramente poderia ter financiado ante a omissão do estado transformando necessidades em oportunidades eustáquio palhares é jornalista

[close]

p. 5

12 anos seguranÇa empresa busca a excelÊncia no segmento vitÓria/es dezembro de 2011 5 vsg comemora 25 anos a sede nova com mais espaço segurança e conforto possibilita a ampliação dos serviços prestados aos clientes nvestimos muito e vamos continuar nesse caminho afirma o coro nel ladislau paulino campos presidente do grupo vsg um dos mais antigos na área de segurança privada que atua no espírito santo ao completar 25 anos de atividades frente à empresa que fundou em 1986 durante esses anos a empresa se desenvolveu e foi uma das primeiras e a ser certificada no estado pelo iso 9000 o ponto alto das comemorações dos 25 anos do grupo vsg foi a inauguração de uma moderna sede do grupo localizada na rua ciro vieira da cunha 201 bairro jabour em frente ao aeroporto de vitória com mais de mil metros quadrados de área construída a nova sede possui espaço mais adequado para o trabalho um auditório para treinamento e cursos para 80 pessoas refeitório e uma avançada infraestrutura tecnológica superamos obstáculos e grandes desafios para chegar até aqui e temos certeza que oferecemos um serviço de excelência aos nossos clientes diz o presidente do grupo formado pela empresa de segurança vsg e a vsg tecnologia e serviços contando com profissionais qualificados o grupo está capacitado a oferecer um atendimento personalizado e segurança integrada as empresas do grupo vsg atuam sempre buscando a excelência diz o coronel cam pos para explicar os bons resultados obtidos junto aos clientes a vsg faz segurança armada patrimonial industrial comercial e residencial a vsg tecnologia e serviços atua na área de segurança eletrônica alarmes circuitos fechados cerca elétrica com plantão virtual permanente a vsg não se resume a oferecer serviços na área de segufoto arquivo je i rança afirma o coronel cam pos o compromisso da empresa com a qualidade de vida da população também abrange questões como preservação ambiental inclusão social res peito à diversidade incentivo à cultura apoio ao esporte e toda e qualquer atividade que le vante a autoestima das pessoas e contribua para os desenvolvimentos humano e social coronel campos presidente da vsg

[close]

p. 6

6 dezembro de 2011 vitÓria/es 12 anos tributos arrecadaÇÃo supera a de 2010 ipva quanto vale e para que serve a partir de 2012 a parcela devida aos municípios não serão mais contabilizadas como receita própria para os cofres do estado secretaria de estado da fazenda contabilizou até o mês de novembro deste ano r 338.036.520,91 em imposto sobre propriedade de veículos automotores ipva valor que inclui os repasses dos municípios 8 a mais do que a arrecadação bruta do ano passado que chegou a r 313.444.698,89 isso representou um aporte total de r 156.722.349,44 para os cofres municipais neste ano foram enviados 900 mil boletos para pagamento deste tributo a alíquota do ipva no espírito santo está entre as menores do país o estrado cobra para veículos de passeio uma taxa de 2 e para motos veículos de carga caminhões e ônibus de 1 embora se trate de imposto de competência estadual o produto da arrecadação do ipva é dividido igualmente entre o estado e o mu foto antÔnio moreira a nicípio em cujo território o veículo é emplacado de acordo com a secretaria da fazenda o governo tem que aplicar os recursos do ipva na melhoria e conservação de vias públicas incluindo rodovias e em outros setores considerados essenciais para o bem estar da população no entanto constata-se que os recursos do ipva são reduzidos ou mal aplicados considerando a situação da maioria das vias públicas das cidades em vitória esse problema foi agravado com a execução de obras para a construção da rede de esgoto as ruas foram abertas para a colocação dos equipamentos mas o fechamento da camada de asfalto deixou muitas irregularidades em conseqüência o tráfego de veículos está prejudicado os recursos do ipva são apli as maiores arrecadaÇÕes de ipva em 2010 no espÍrito santo municÍpios vitória vila velha serra cariacica cachoeiro de itapemirim guarapari linhares colatina são mateus viana arrecadaÇÃo r 61.216.317,11 r 44.482.225,37 r 30.075.261,35 r 20.493.593,73 r 20.404.889,31 r 16.614.905,72 r 12.090.726,51 r 9.139.742,21 r 7.040.678,84 r 5.292.521,43 fonte sefa cados também em outras áreas por lei 25 são investidos em educação pelas prefeituras e pelo governo do estado conforme o orçamento na saúde as prefeituras aplicam 15 do que é arrecadado com o imposto enquanto que o estado aplica 12 o restante é aplicado em vários outros investimentos e melhorias para a população segundo a secretaria de estado da fazenda o não pagamento das dívidas do ipva leva à inclusão do contribuinte no cadastro informativo cadin da receita estadual com o nome no cadastro ele fica impedido de obter certidões negativas de débito participar de licitações e realizar operações de crédito que envolvam a utilização de recursos públicos entre outras restrições esses impedimentos ficam suspensos desde que a dívida seja parcelada e o pagamento efetuado em dia as dívidas referentes ao ipva podem ser parceladas em até 10 vezes com parcelas no valor mínimo de 50 vrtes o ipva tem como fato gerador a propriedade de veículo automotor de qualquer espécie aeronaves embarcações automóveis caminhões motocicletas enfim qualquer veículo cuja propulsão dependa de motorização o contribuinte é o proprietário do veículo a base de cálculo é o valor venal do veículo e as alíquotas diferem conforme a espécie de veículo os recursos do ipva são aplicados para manter vias públicas em bom estado mudanças no recolhimento a partir de 2012 as parcelas do imposto sobre propriedade de veículos automotores ipva imposto sobre circulação de mercadorias e serviços icms imposto sobre produtos industrializados ipi contribuição de intervenção no domínio econômico cide e fundo de desigualdades regionais fdr que são devidas constitucional e legalmente aos municípios não serão mais contabilizadas como receitas e despesas do estado todo icms ipva ipe cide e fdr recebido em 2012 continuará devidamente registrado porém a parcela dos municípios será creditada diretamente em suas respectivas contas.entre os benefícios da medida estão maior transparência pois os valores repassados não constam mais na despesa orçada para 2012 no ploa redução de custos e economia de recursos humanos pois deixarão de ser emitidos centenas de processos referentes ao pagamento e contabilização como despesas da parcela pertencente aos municípios além da redução do número de empenhos ne e liquidações nl reduzindo o processo burocrático.

[close]

p. 7

12 anos tributos contribuinte pode parcelar sua dÍvida vitÓria/es dezembro de 2011 7 serra reduz juros e multas o proinpa iii concede descontos nas dívidas contraídas até 29 de fevereiro com exeção do exercício de 2011 á começou a vigorar o programa incentivado de pagamento em parcela Única e parcelado proinpa iii o programa possibilita aos cidadãos e empresas inadimplentes com o município descontos de até 95 em juros e multas sobre seus débitos nas duas primeiras edições do proinpa em 2009 e 2010 a prefeitura da serra negociou um total de r 22 milhões em impostos atrasados quem está em débito com a prefeitura da serra terá até o dia 29 de fevereiro de 2012 para aderir ao programa e quitar suas dívidas com desconto sobre os juros e a multa o contribuinte poderá quitar o débito em cota única ou parcelar o valor em até 36 vezes até o dia 29 de dezembro os descontos variam de 95 a 60 nos juros e de 60 a 45 nas multas de 2 de janeiro a 31 de janeiro as reduções variam de 90 a 55 nos juros e de 55 a 40 nas multas no últi j mo prazo de 1º de fevereiro a 29 de fevereiro os descontos ao contribuinte ficam entre 85 e 50 nos juros e de 50 e 35 nas multas a quantidade de parcelas influi no valor do desconto concedido o proinpa iii abrange devedores do imposto sobre serviços de qualquer natureza issqn imposto predial e territorial urbano iptu taxas e autos de infração gerados pelas equipes de fiscalização do município são considerados créditos municipais favorecidos pelo programa a soma dos valores da multa juros atualização monetária e do tributo devido o proinpa iii concede descontos nas dívidas contraídas até 29 de fevereiro com exceção dos tributos lançados por exercício,cujos fatos geradores tenham ocorrido no exercício de 2011 como aderir o contribuinte inadimplente que desejar quitar seus débitos com parcela única pode retirar o boleto bancário no por tal www.serra.es.gov.br para retirar o boleto no site basta o contribuinte inserir o número do cpf cnpj ou inscrição imobiliária outra opção será ir até uma das regionais fiscais já o parcelamento da dívida só poderá ser realizado pessoalmente nas regionais fiscais para parcelar o débito o solicitante deve levar a xerox do seu rg e cpf no caso de pessoa jurídica será necessária cópia do cnpj e do contrato social além da cópia do rg e do cpf do requerente o valor mínimo a ser pago mensalmente será estabelecido de acordo com a dívida e a quantidade de parcelas a que o cidadão venha a aderir variando de r 50,00 a r 500,00 a adesão ao proinpa iii trará uma série de vantagens o contribuinte em dívida ativa entre outros impedimentos não pode efetuar transferência de imóveis fica sem acesso a certidões negativas não participa de licitações tabela de parcelamento anexo i prazo de adesÃo ­ atÉ o dia 29 de dezembro de 2011 parcelamento de issqn iptu taxas e autos de infraÇÃo com lanÇamento de issqn parcelas desconto sobre multa 95 Única de 02 a 06 85 de 07 a 12 80 de 13 a 18 75 de 19 a 24 70 de 25 a 30 65 de 31 a 36 60 desconto sobre juros parcela mÍnima 95 85 r 50,00 80 r 80,00 75 70 65 60 r 120,00 r 240,00 r 350,00 r 500,00 fonte pms não pode firmar contrato com o município além de evitar a execução judicial da dívida e o risco de perder bens móveis ou imóveis o devedor também não pode concorrer aos sorteios da campanha iptu da serra dá prêmios que somente em 2011 está premiando 50 contribuintes inclusive com carros e motos balanÇo em 2010 a serra contabilizou uma arrecadação de cerca de r 12 milhões com a implantação do proinpa ii na primeira edição do programa em 2009 a prefeitura da serra negociou um total de r 10,4 milhões em impostos atrasados os valores arrecadados nos períodos de vigência do proinpa em 2009 e 2010 foram superiores a media de arrecadação do município.

[close]

p. 8

8 dezembro de 2011 vitÓria/es 12 anos veÍculos concessionÁria valoriza o pÓs-venda serviços de excelência na kurumá além da qualidade dos modelos toyota a empresa investe em atendimento e estrutura para satisfação do cliente toyota é reconhecida em todo o mundo pela qualidade dos veículos que produz mas o sucesso da marca não está só nisso programas de qualidade direcionados para a área de vendas e de pós-venda buscam fazer com que o cliente tenha a melhor experiência de compra e de posse de um veículo o resultado a toyota é a marca com maior índice de fidelidade do mercado automotivo mundial ou seja quem compra um toyota troca por outro toyota na kurumá empresa do grupo Águia branca esses valores são exercitados diariamente e o fruto colhido é a liderança em vendas dos produtos toyota em todos os mercados onde atua só para se ter ideia a fatia de mercado da hilux e do corolla no espírito santo é o dobro da participação média do brasil o resultado desse bom desempenho foi um crescimento de 8,5 nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado afirma josé geraldo da cunha diretor comercial da kurumá isso ocorreu mesmo com a crise econômica e o tsunami que atingiu o japão cujos prejuízos segundo josé geraldo estão plenamente superados a josé geraldo dirige a kurumá além da reconhecida qualidade dos veículos toyota josé geraldo destaca o trabalho realizado por sua equipe no pós-venda principalmente durante as revisões na kurumá vitória o cliente não perde tempo na revisão de seu veículo o serviço é feito em apenas 90 minutos no corolla e em 120 minutos na hilux a agilidade é resultado da adoção do programa duo tec da toyota na oficina informa josé geraldo o programa torna mais rápido o serviço de revisão já que todo o atendimento no box é feito por dois técnicos por isso o nome duo tec que trabalham juntos de forma sincronizada e intensiva o processo de manutenção é cronometrado desde o atendimento ao cliente até a entrega do veículo revisado alinhado balanceado e lavado nos moldes do duo tec a concessionária consegue atender a 16 revisões por dia 50 a mais do que na forma tradicional para a implantação do duo tec quatro técnicos da concessionária foram treinados pela toyota em são paulo a estrutura de atendimento foi adequada e equipamentos modernos foram adquiridos para proporcionar mais agilidade ao serviço como o tempo é reduzido o cliente pode esperar o serviço dentro da concessionária para isso há uma sala com televisão internet e até um monitor onde eles podem acompanhar todo o serviço em seu carro e tirar dúvidas com o técnico por um telefone disponível na sala de espera e outro no box onde está sendo executado o serviço lanÇamentos no mês de outubro a toyota apresentou a li foto antÔnio moreira o veículo a ser revisado passa pouco tempo na oficina e é entregue totalmente limpo nha 2012 da picape hilux e do utilitário sw4 modelos que já estão disponíveis para a pronta-entrega na kurumá essa é a mais completa mudança de modelos da toyota do brasil dentro de uma geração de produto fortalecendo ainda mais estes dois campeões de vendas em seus segmentos a nova linha da hilux e da sw4 recebeu melhorias no design interno e externo e também a introdução de novas versões e equipamentos de série de acordo com o processo de melhoria continua da toyota tornando estes carros ainda mais completos e atrativos uma das novidades é o lançamento para vendas dos modelos hilux e sw4 motor flex a partir de janeiro de 2012 para a linha hilux 2012 a toyota lança a srv a/t top uma nova versão adicional desenvolvida especialmente para fortalecer a versão srv frente à concorrência nesta versão foram adicionados rodas de liga leve de 17 polegadas e pacote de segurança com controle de estabilidade e tração freios com ebd e abs a versão srv a/t continua disponível com rodas 16 polegadas e terá adição de importantes equipamentos como novo áudio touchscreen de 6,1 polegadas e câmera de ré bluetooth e conexões usb e ipod e banco elétrico do motorista com o objetivo de oferecer mais opções para os clientes e expandir a linha diesel a toyota lança a sw4 versão srv 4x4 a/t com cinco assentos um novo sufixo disponível para pedidos a partir deste modelo 2012 juntamente com a já conhecida diesel 4x4 srv a/t com sete assentos os principais equipamentos adicionados para o modelo 2012 são novo áudio touchscreen de 6,1 polegadas e câmera de ré bluetooth e conexões usb e ipod airbag lateral e de cortina faróis de xenon controle de estabilidade e tração freio com ebd e bas além da kurumá o grupo Águia branca está presente nos mercados do interior do espírito santo no rio de janeiro e minas gerais ao todo são 10 concessionárias toyota serviÇo kurumá vitória localizaÇÃo avenida nossa senhora da penha 2255 29045-402 santa luiza vitória es telefone 27 2125-2163 site www.kurumaveiculos.com.br

[close]

p. 9

12 anos vitÓria/es dezembro de 2011 9

[close]

p. 10

10 dezembro de 2011 vitÓria/es 12 anos vida leve jane mary de abreu janemaryconsultoria@gmail.com desistir de gente é desistir de deus alar de amor é pregar no deserto ouço isso com muita freqüência em minhas palestras embora perceba com muita clareza que este é o assunto preferido de todas as platéias independente da faixa de idade ou da condição social o problema é que a maioria teme ser chamada de piegas ou de pessoa com pouca profundidade o medo do julgamento alheio é que freia a naturalidade das pessoas e tira delas a coragem para se expressarem livremente de acordo com o que lhes aconselha o coração os homens então abrem seus corações com muita dificuldade É compreensível ­ desde cedo eles são impedidos de exercitar a ternura a gentileza logo nos primeiros anos de vida o que lhes é oferecido é a luta o judô o karatê e as demais artes marciais os pais têm tanto medo da criança manifestar o seu lado feminino que não lhe dá o direito de escolher algo mais produtivo para o desenvolvimento da alma por incrível que pareça ainda tem criança ouvindo que homem não chora que tem que ser forte que tem que despertar alguma princesa adormecida e lhe proporcionar felicidade pelo resto da vida f o tem que virou o tormento de quase todo mundo já reparou tem que estudar e ser bom aluno tem que fazer faculdade pós mestrado doutorado tem que ser bem sucedido tem que casar e ter filhos tem que tem que e tem que a coisa não acaba nunca e o querer para onde foi parar a vontade de cada um o essencial é sempre deixado para depois como se o futuro fosse uma certeza quem pode saber do amanhã a coisa para o lado das meninas também não é fácil mal elas chegam ao mundo e as mães já começam a prepará-las para o balet a elas a dança é oferecida sem nenhuma apreensão ou resistência acreditam as mães que agindo assim estarão desenvolvendo a feminilidade e ao mesmo tempo impedindo a manifestação do lado masculino nas meninas sendo assim querendo ou não as pobres meninas têm que se equilibrar na ponta dos pés para que os pais possam momentaneamente relaxar digo momentaneamente porque ninguém por mais controlador que seja consegue deter o curso natural do destino de cada um assim lentamente e na mais completa inconsciência a sociedade vai construindo a legião de infelizes que um dia vão se voltar contra ela mesma o menino que lá no fundo de sua alma sonhava em deslizar pela vida como um dançarino e não teve espaço para manifestar a sua vocação natural certamente vai se transformar numa pessoa amargurada ressentida com o mundo consequentemente vai se tornar uma pessoa infeliz e perigosa alguns historiadores afirmam que hitler tinha alma feminina e gostava de arquitetura e pintura mas foi obrigado pelo pai a seguir a carreira militar não existe nada mais perigoso na vida do que uma pessoa infeliz ela carrega dentro de si pensamentos e sentimentos negativos o tempo todo logo terá atitudes negativas e destrutivas o tempo todo se ela foi desrespeitada desde que chegou ao mundo se em casa e na sociedade sua vocação natural não é aceita quais os recursos que ela terá para se comportar como uma pessoa doce e compassiva com seus semelhantes a gente só dá aquilo que tem se tudo que a criança recebeu da vida foi hostilidade ela só terá hostilidade e amargura para oferecer ao mundo isso é tão certo como dois e dois são quatro enquanto os infelizes continuarem presos aos padrões sociais de bom comportamento enquanto consentirem que a sociedade determine o que é melhor para suas vidas a partir de objetivos puramente financeiros continuarão perdidos agredindo uns aos outros e representando um enorme perigo para toda a sociedade interromper o círculo vicioso que faz com que algumas pessoas optem por viver as mesmas histórias de infelicidade requer uma atitude muito simples não é preciso terapia não basta um mergulho profundo para dentro de si mesmo o silêncio nos conduz naturalmente à nossa essência divina ele nos revela algo muito precioso e óbvio se fomos feitos à imagem e semelhança de um deus perfeito temos a perfeição em nós não somos pecadores coisa nenhuma tudo que precisamos é descobrir o manancial de amor que existe em abundância dentro de nós e irradiar essa energia poderosa para as pessoas ao redor mudando a nossa vibração pessoal alteramos automaticamente a vibração do planeta É por isso que a meditação é tão importante nos dias de hoje na medida em que a energia divina vai penetrando em nós descendo pela coluna uma aura de luz vai se formando em torno dos corpos etéreo e físico começamos a emanar o mais puro amor os olhos ganham um brilho especial os gestos adquirem leveza e suavidade a voz se acalma e só consegue pronunciar palavras doces palavras de conforto e alegria lentamente nós vamos contagiando as pessoas à nossa volta com essa aura de luz e encantamento se falar de amor é ainda entendido por muitos como pregar no deserto é preciso insistir o escritor francês andré gide dizia se tudo já foi dito e ninguém ainda escutou é preciso recomeçar particularmente eu tenho comigo uma certeza desistir de gente é o mesmo que desistir de deus jane mary de abreu é jornalista consultora de marketing político e empresarial e palestrante motivacional com foco no endomarketing descompressão de ambientes e espiritualidade no trabalho.

[close]

p. 11

12 anos construÇÃo civil moradores reclamam da falta de documentaÇÃo vitÓria/es dezembro de 2011 11 foto samira gasparini/arquivo je lorenge quer propor acordo a empresa evita declarações e só se manifesta judicialmente a rescisão contratual de promessa de compra e venda do apartamento 1.303 do edifício orquídea localizado na enseada do suá construído pela lorenge empreendimentos imobiliários ltda só deverá ser definida em 2012 isso porque a empresa solicitou um prazo de 20 dias no processo movido pelo proprietário do imóvel altair martins que reclama não ter a escritura do apartamento embora já tenha feito a quitação de todas as parcelas segundo o advogado omar mattar que defende a causa de altair martins a lorenge solicitou o prazo a fim de fazer uma proposta de acordo com o reclamante o que deverá ocorrer somente em 2012 considerando as festas de fim de ano e o período de recesso da justiça procurada para falar sobre o assunto a empresa preferiu não se pronunciar até o fechamento desta edição o proprietário do imóvel afirma que após o recebimento das chaves verificou a impossibilidade de financiar o saldo devedor com o fgts para pagamento tudo em razão de se tratar de imóvel construído sobre terreno de marinha fato que teria sido omitido pela construtora além de ser obrigado a financiar o saldo devedor diretamente com a construtora altair martins está impossibilitado de ter a escritura do imóvel porque o terreno onde foi construído o edifício se encontra em regime de ocupa ção no qual o ocupante detém a posse precária e não de aforamento segundo ele essa situação atinge não apenas ele mas todos os proprietários do imóvel no processo que tramita na 9ª vara civil de vitória sob o número 024.11.002367-8 o juiz adriano correa de mello decidiu pela rescisão contratual em sua petição o advogado omar mattar informa que o reclamante está de mudança para outro estado necessitando resolver a situação já que precisa negociar o apartamento para poder adquirir outro em seu novo domicílio em vista dessa situação a empresa solicitou o prazo para tentar solucionar a questão segundo o advogado em seu despacho o juiz adria josé elson lorenzon presidente da lorenge preferiu nada declarar no correa de mello afirma defiro a antecipação dos efeitos de tutela apenas para fins de imediata rescisão contratual de promessa de compra e venda da unidade imobiliária em construção apartamento 1.303 com três vagas de garagem do ed orquídea sito à av joão batista parra ficando a ré lorenge impedida de qualquer ato de cobrança outro dos 52 moradores do edifício orquídea é o bancário aposentado alberto gomes pereira júnior que afirma ter sido enganado pela lorenge há mais de três anos quando descobri que a empresa não poderia dar a escritura do imóvel venho buscando acertar a situação a empresa reconhece a falha mas diz que nada pode fazer a não ser me registrar em cartório recibo de compra e venda apesar de o apartamento estar todo pago .

[close]

p. 12

12 dezembro de 2011 vitÓria/es 12 anos ensino m murad sai na frente mais uma vez a melhor escola de negócios a instituição de ensino superior é considerada a melhor conveniada da fundação getúlio vargas no país m murad conveniada da fundação getulio vargas fgv no espírito santo programou ao longo de 2011 vários seminários com o foco na consolidação da carreira de seus alunos esse conhecimento adicional potencializa a carreira do profissional e aumenta as chances de sucesso no mercado de trabalho diz eduardo ferreira ferraz diretor da m.murad em parceria com a acroy consultoria em recursos humanos a m.murad/fgv realiza seminários sobre planejamento de carreira e empregabilidade e ainda divulga oportunidades profissionais para os seus alunos de pós-graduação a qualidade dos cursos e os resultados alcançados pelos alunos da fgv leva a instituição de ensino a ocupar seguidamente a liderança no ranking do ministério da educação mec a avaliação é feita pelo Índice geral de cursos igc e as quatro escolas de negócios da fgv ficaram na avaliação mais recente com a primeira terceira oitava e décima colocações ou seja das 10 melhores instituições de ensino do país quatro são da fundação getulio vargas um resultado que começa no alto critério para a escolha do corpo docente que continua na excelência de ensino e termina no aluno como representantes da fgv no espírito santo há 12 anos e eleitos por cinco anos consecutivos a melhor conveniada fgv do brasil ficamos honrados pelos recentes resultados afirma eduar do ele destaca que o foco principal é desenvolver profissionais para o mercado de trabalho e pa a foto arquivo je a m murad oferece vários cursos para valorização da carreira profisional ra isso a instituição oferece os melhores cursos de pós-graduação do brasil aliados à várias iniciativas que levam o profissional a alavancar a sua carreira a m murad oferece 12 cursos de pós-graduação especialização/mba gestão financeira controladoria e auditoria gestão empresarial gerenciamento de projetos gestão de saúde marketing gestão comercial gestão de pessoas comércio exterior e negócios internacionais logística e supply chain management administração de empresas direito empresarial e direito tributário além desses a instituição tem os cursos de pós-mba programas específicos para os ex-alunos de mba gestão prática do varejo cursos corporativos in company além de convênios internacionais com as melhores universidades do mundo university of california ohio university the university of chicago the chinese univesity of hong kong columbia business school new york e imd suíça para aqueles que precisam de um treinamento mais rápido e de aplicabilidade imediata a instituição oferece cursos de curta duração são eles finanças para não financeiros técnicas para cobrança de dívidas formação de consultores organizacionais negociação orçamento empresarial introdução ao planejamento estratégico técnicas de vendas marketing relacionamento e serviços crédito e cobrança e motivação e gerência de pessoas serviÇo m murad localizaÇÃo rua desembargador sampaio 193 praia do canto vitória-es telefone 27 2125-4761 site www.mmurad.com.br foto antÔnio moreira gisélia freitas curry consultora da acroy especialista em planejamento de carreira aponta oportunidades de mercado

[close]

p. 13

12 anos lazer falta no estado uma aÇÃo coordenada vitÓria/es dezembro de 2011 13 amadores ditam regras no turismo repetidos erros da administração pública e do empresariado prejudicaram guarapari um dos principais pólos turísticos do estado espírito santo tem valioso acervo turístico e uma população hospitaleira o estado seus vizinhos e são paulo representam 30 milhões de turistas/ano ou 61,7 do mercado emissivo nacional de turismo em síntese o mercado é amplo e o estado tem atrativos o que falta é gestão ao fazer essa afirmação o professor e consultor em turismo mario petrocchi autor de cinco livros sobre o assunto aponta fatores que prejudicam o desenvolvimento desta atividade no espírito santo a população não valoriza o setor tal indiferença afasta o turismo da agenda política a maioria dos prefeitos trata o turismo como al foto arquivo je o go menor portanto tem-se dois vetores fragilizados restam os empresários mas entre eles ­ em geral predominam atuações individualistas em detrimento de ações coordenadas o amadorismo predominante no segmento no estado tem afastado o turista do espírito santo que perdeu nos últimos anos a força de um de seus principais polos de atração guarapari entre 1998 e 2007 o espírito santo perdeu 700 mil turistas/ano enquanto o sudeste recebeu nove milhões de turistas a mais por ano são consequências dos severos danos à marca guarapari ­ leia-se competitividade ­ e do litoral sul afirma petrocchi o maior problema do turismo no espírito santo segundo o consultor está na gestão dos destinos o restaurante tem um controlador o barzinho tem um controlador assim como as demais empresas e organizações mas o conjunto complexo das empresas e entidades que constituem a rede de serviços dos destinos não tem a figura do controlador afirma ele para ser bem sucedido diz petrocchi um projeto de turismo precisa ser desejado elaborado implantado e gerenciado pelos empresários caso contrário como em muitas iniciativas de governos os planos são elaborados e não são implantados o papel o litoral do espírito santo concentra a preferência dos turistas do poder público seria suplementar apoiando e colaborando com as empresas ele acredita que o estado deveria mover-se para recuperar o prestígio do litoral sul e planejar a implantação da rodovia do sol norte que deve ser acompanhada por adequadas políticas de uso do solo e modelos construtivos para não repetir os erros do litoral sul petrocchi afirma que o turis ta antes de tudo escolhe o destino mas os empresários não percebem a interdependência entre as empresas do turismo o açougueiro de piuma precisaria entender que é beneficiado quando há turistas nos restaurantes da cidade e assim por diante .

[close]

p. 14

14 meio ambiente banco do nordeste tem projetos especÍficos 12 ano em defesa das florestas programas que visam o desenvolvimento sustentável alcançam os estados do espírito santo e minas gerais través da parceria com instituições governamentais e não-governamentais a exemplo do conselho empresarial brasileiro para o desenvolvimento sustentável cebds o banco do nordeste viabiliza na região o programa nacional de florestas a ação empresarial brasileira para o desenvolvimento sustentável entre outros para garantir sustentabilidade aos empreendimentos financiados investe em políticas e programas de capacitação orientando o agente produtivo regional para práticas ambientalmente corretas em novembro deste ano o banco do nordeste em parceria com a associação mineira de silvicultura e com a sociedade rural de montes claros promoveu dois eventos sobre silvicultura recentemente em montes claros em minas gerais a célula de desenvolvimento territorial da supermg/es coordenou uma programação que resultou na aprovação de uma proposta para criação do fórum regional da silvicultura para o superintendente do banco do nordeste em exercício para os estados de minas gerais e espírito santo wesley macio gonçalves maciel o evento veio ao encontro de uma política da super-mg/es já em vigor qual seja a priorização da silvicultura como atividade financiada de modo especial em algumas regiões da nossa jurisdição a foto arquivo je o banco tem projetos de silvicultura ciência que se ocupa da preservação das matas a partir do protocolo verde criado pela presidência da república em 1995 com a finalidade de definir diretrizes estratégias e mecanismos operacionais para a incorporação da variável ambiental no processo e gestão de crédito e incentivos fiscais das instituições financeiras oficiais foi criado o projeto temático de meio ambiente no qual era responsável pela sistematização dos procedimentos do banco do nordeste no que concerne às questões ambientais atualmente o banco do nordeste conta com gerência de infra-estrutura meio ambiente e responsabilidade social ligada a Área de políticas de desenvolvimento cujo principal objetivo é desenvolver ações inovadoras e dar suporte às diversas áreas do banco do nordeste quanto aos aspectos ambientais incluindo as políticas programas processo de crédito ações de capacitação e relações interinstitucionais por que como principal órgão financiador de atividades produtivas em sua área de atuação o banco do nordeste reconhece o importante papel que deve desempenhar na conservação dos recursos naturais e melhoria da qualidade ambiental da região atendendo ainda o que prevê a legislação ambiental brasileira lei 6938/81 art 12 nesse sentido sem perder de vista os aspectos econômicos e sociais dispensa especial atenção à dimensão ambiental de programas e projetos que objetivam o desenvolvimento sustentável do nordeste norte de minas gerais e norte do espírito santo como as ações do projeto temático de meio ambiente são desenvolvidas a partir de articulações com as diversas áreas do banco direção geral superintendências regionais centrais de apoio operacional agências e por meio de parcerias com instituições governamentais ongs empresas associações e agentes produtivos procurando implementar medidas inovadoras no trato da questão ambiental esse processo possibilitou a inserção da variável ambiental no sistema de elaboração e análise de projetos seap do banco do nordeste vinculando dessa forma a concessão de financiamentos à observância de aspectos ambientais e à apresentação das licenças ambientais necessárias este processo está em constante revisão e aperfeiçoamento a gerência de infraestrutura meio ambiente e responsabilidade social é responsável pela publicação de vasto material sobre o meio ambiente como o manual de impactos ambientais o guia do meio ambiente para o produtor rural os guias de práticas ambientais para o microcrédito além de folders e apresentações temáticas sobre diversos temas ligados à questão ambiental e ao desenvolvimento sustentável parcerias a gerência de infraestrutura meio ambiente e responsabilidade social atua em constante parceria com órgãos ambientais locais estaduais e nacionais instituições governamentais e não-governamentais visando atuar na promoção de atividades ligadas ao meio ambiente e facilitar o processo de concessão das licenças ambientais de forma a torná-la mais ágil e eficaz dentre essas parcerias merecem destaque a com o ministério do meio ambiente mma e instituto brasileiro do meio ambiente e dos recursos naturais renováveis ­ ibama para a realização de diversas atividades incluindo a divulgação de programas florestais no nordeste e ações ligadas ao manejo florestal sustentável na região e ainda a colaboração com o ibama e órgãos estaduais de meio ambiente do nordeste objetivando facilitar o processo de licenciamento ambiental dos empreendimentos financiados pelo banco serviÇo agências colatina rua moacyr Ávidos 53 centro 29702030 colatina es tel 027 3721.1022 fax 027 37116269 linhares av joao felipe calmon 748 centro 29900022 linhares es tel 027 3371 3673 fax 027 3371386

[close]

p. 15

os vitÓria/es dezembro de 2011 economia proximidade do natal aquece mercado 15 foto arquivo je caixa libera mais crédito a empresas em dezembro estão disponíveis cerca de r 10 bilhões para contratação de crédito para vários segmentos em todo o país caixa econômica federal pretende atingir a marca de r 60 bilhões em contratações de crédito para empresas até o final do ano só para os meses de novembro e dezembro foi disponibilizado um total de r 10 bilhões destinados tanto para o financiamento de capital de giro quanto para a realização de investimentos na expectativa da caixa os destaques serão as linhas de financiamento de capital de giro e de crédito rotativo cuja soma das contratações deve chegar a cerca de r 5,6 bilhões nos últimos dois meses do ano o objetivo é ajudar as empresas neste período do ano em a que há aquecimento das vendas por causa do pagamento do 13º salário e da proximidade com as festas de final de ano a ampliação das linhas de financiamento para a produção e para o investimento é um importante instrumento para atenuar os efeitos da crise financeira sobre a renda e o emprego analisa o presidente da caixa jorge hereda estando diretamente alinhada ao objetivo da caixa de ter um papel cada vez maior no cotidiano das empresas completa o superintendente da caixa econômica no espírito santo antonio carlos ferreira anunciou que até novembro deste ano a instituição aplicou no mercado local r 752,7 milhões prevendo a ampliação das operações para 2012 a caixa continua ampliando sua participação de mercado no segmento empresarial afirma antonio carlos ele destaca a premissa de disponibilizar crédito para a produção e para investimentos com juros e prazos adequados à capacidade de cada empresa temos a responsabilidade de sermos indutores de redução de taxa de juros no mercado diz o superintendente da caixa econômica federal mantendo a estratégia de garantir as melhores taxas de juros entre os principais bancos antônio carlos ferreira superintendente da caixa no espírito santo brasileiros com atendimento a empresas de todos os tamanhos a caixa vem aumentando sua participação no mercado de crédito para empresas e hoje tem 6,3 de market share até o momento o destaque fica por conta dos recursos aplicados em capital de giro as linhas mais procuradas são o crédito especial empresa com contratações da ordem de r 18 bilhões a conta garantida com r 6,9 bilhões e o cheque empresa caixa rotativo com r 6,4 bilhões contratados serviÇo caixa econômica federal a rede caixa hoje É composta por 2.229 agências dessas 419 unidades com penhor 551 postos de atendimento bancário site www.caixa.gov.br

[close]

Comments

no comments yet