Revista Construir Mais Julho de 2012

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

0,165 revista mensal do revista mensal do sindicato da indÚstria da sindicato da indÚstria da construÇÃo no estado construÇÃo no estado de goiÁs sinduscon-go de goiÁs sinduscon-go cub maio ano i1 nº 24 julho/2012 entrevista com o coordenador executivo do programa urbano ambiental macambira anicuns valdi camarcio bezerra pág 6

[close]

p. 2



[close]

p. 3

e ditorial a difícil tarefa de exercer a liderança exige mudança comportamental desde criança sempre ouvimos a máxima manda quem pode obedece quem tem juízo fomos criados não para pensar mas para executar deveríamos atender aos comandos dos mais velhos sem questionar ou ao menos verbalizar a nossa opinião sobre assuntos mais polêmicos fosse no ambiente familiar ou profissional Éramos treinados para ser excelentes funcionários dentro das empresas e não para ser partícipes do seu processo gerencial mas essa forma retrógrada de administração mudou radicalmente graças ao ambiente cada vez mais dinâmico das organizações em todas as áreas de atuação hoje somos constantemente instigados a gerir as pessoas de modo totalmente diferente ao que fomos condicionados no passado valorizar e reconhecer o pensamento individual dos colaboradores nunca foi tão importante tornando-se uma das tônicas do atual modo de exercer a gestão corporativa além dessa mudança as empresas enfrentam outros desafios tanto de natureza ambiental quanto organizacional pois estão inseridas no contexto da globalização da economia impactadas pela evolução das comunicações desenvolvimento tecnológico e competitividade e precisam se ajustar a essas e outras exigências frequentes no macrocenário das grandes instituições diante das inovações a área de desenvolvimento humano das empresas nunca esteve tão valorizada pois se tornou imprescindível contar com os profissionais desse departamento na tomada de importantes decisões estratégicas que podem mudar o rumo dos negócios empresariais essa nova realidade motivou o conselho editorial da revista construir mais a abordar nesta edição o tema liderança para tanto nossa reportagem buscou informações com especialistas em rh sobre como exercer a gestão empresarial usando a liderança e não a chefia estimulando os funcionários a serem gestores ativos nas empresas o professor leandro somma uma das fontes entrevistadas valorizar e reconhecer o pensamento individual dos colaboradores nunca foi tão importante tornando-se uma das tônicas do atual modo de exercer a gestão corporativa ressalta que o poder de transformação e superação existente em todas as pessoas é sem sombra de dúvidas maior do que qualquer barreira existente e que é perfeitamente possível nos apaixonarmos pela arte de influenciar pessoas para desempenhos superiores isso significa liderar outra vertente abordada na matéria de capa é a sucessão familiar e como manter o crescimento dos negócios sob a orientação dos herdeiros em goiás temos vários exemplos de empresas de diversos segmentos econômicos marcadas por uma gestão familiar onde os novos administradores têm assumido exercendo o papel de liderança dos antigos gestores como o leitor pode perceber o tema é abrangente e não é nossa pretensão esgotar em uma única edição todos os seus enfoques novamente convidamos o caro leitor a apreciar esta edição que apresenta tantas outras matérias interessantes desejando-lhe uma excelente leitura justo oliveira d´abreu cordeiro presidente do sinduscon-go diretoria executiva do sinduscon-go 2010/2013 presidente justo oliveira d abreu cordeiro 1º vice-presidente carlos alberto de paula moura júnior 2º vice-presidente eduardo bilemjian filho diretor administrativo manoel garcia filho diretor adjunto administrativo daniel jean laperche diretor financeiro e patrimonial josé rodrigues peixoto neto diretor adjunto financeiro e patrimonial rodrigo campos ferreira diretor da comissão de economia e estatística ibsen rosa diretor adjunto da comissão de economia e estatística dinésio pereira rocha diretor da comissão da indústria imobiliária roberto elias de lima fernandes diretor adjunto da comissão da indústria imobiliária mário andrade valois diretora da subcomissão de habitação maria amélia alves e silva diretor da subcomissão de legislação municipal ilézio inácio ferreira diretor de materiais e tecnologia sarkis nabi curi diretor adjunto de materiais e tecnologia renato de sousa correia diretor da comissão de concessão privatização e obras públicas valdivino dias de oliveira diretor adjunto da comissão de concessão privatização e obras públicas josé carlos gilberti diretor de qualidade e produtividade humberto vasconcellos frança diretor adjunto de qualidade e produtividade marcelo alves ferreira diretor de construção pesada carmerindo rodrigues rabelo diretor adjunto de construção pesada jadir matsui diretor da construção metálica cezar valmor mortari diretor adjunto da construção metálica joaquim amazay gomes júnior diretor de assuntos jurídicos ricardo josé roriz pontes diretora adjunta de assuntos jurídicos patrícia garrote carvalho diretor da subcomissão de política e relações trabalhistas e sindicais jorge tadeu abrão diretor de saúde e meio ambiente moacyr soares moreira diretor adjunto de saúde e meio ambiente josé augusto florenzano diretor de setor elétrico e telefonia carlos vicente mendez rodriguez diretor adjunto de setor elétrico e telefonia osney valadão marques júnior diretor social e de comunicação darci moreira de lima diretora adjunta social e de comunicação eliane carvalho lima conselho consultivo josé alves fernandes filho paulo afonso ferreira mário andrade valois joviano teixeira jardim sarkis nabi curi josé rodrigues peixoto neto roberto elias de lima fernandes alan alvarenga menezes marcos alberto luiz de campos e Álvaro castro morais suplentes Élbio braz moreira marco antônio de castro miranda e joão arthur rassi conselho fiscal amós vieira wilson luiz da costa e andré luiz baptista lins rocha suplentes doriel natalício da fonseca célio eustáquio de moura e naldo alves mundim representantes junto À fieg roberto elias de lima fernandes e justo oliveira d abreu cordeiro suplentes marcos alberto luiz de campos e guilherme pinheiro de lima representante junto À cbic justo oliveira d abreu cordeiro suplentes carlos alberto de paula moura júnior e mário andrade valois julho 2012 · construir mais · sinduscon-go 3

[close]

p. 4

s umÁrio 18 matéria de capa liderança uma questão de competitividade os recursos humanos das empresas enfrentam novo desafio o de motivar o funcionário a ser um colaborador na gestão empresarial 6 entrevista o coordenador executivo do programa urbano ambiental macambira anicuns puama valdi camarcio bezerra explica como a prefeitura de goiânia está gerindo as obras do parque macambira anicuns 16 24 segurança do trabalho manual orienta como construir pequenas obras com segurança passado presente conenge construções e engenharia compromisso em construir investimentos seguros 8 artigo reflexos da redução das taxas de juros na economia e na construção é o tema do artigo assinado pelo economista da câmara brasileira da indústria da construção cbic luís fernando melo mendes 26 32 34 registro de eventos acompanhe os últimos eventos realizados pelo sinduscon-go 10 14 espaço jurídico conheça as novas regras do seguro-desemprego eu recomendo construir incluindo senai promove a inclusão social por meio da educação profissional construção sustentável construtora inova e monta academia para colaboradores no canteiro de obras indicadores econômicos confira o valor do custo unitário básico cub referente ao mês de maio/2012 sindicato da indústria da construção no estado de goiás sinduscon-go sinduscon-go filiado à cbic e fieg rua joão de abreu n° 427 setor oeste goiânia-goiás cep 74120-110 telefone 62 3095-5155 fax 62 3095-5177 portal www sinduscongoias.com.br presidente justo oliveira d abreu cordeiro diretor social e de comunicação darci moreira de lima gerente executiva sebastiana santos edição joelma pinheiro reportagem aymés beatriz b gonçalves beatriz@sinduscongoias.com.br joelma pinheiro joelma sinduscongoias.com.br e valdevane rosa valdevane@sinduscongoias.com.br fotografia assessoria de comunicação social do sinduscon-go e sílvio simões projeto gráfico e diagramação duart studio publicidade sinduscongo telefone 62 3095-5155 impressão gráfica art3 tiragem 6.000 exemplares publicação dirigida e distribuição gratuita as opiniões contidas em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores consciente das questões ambientais e sociais o sinduscongo trabalha em parceria com a gráfica art3 que utiliza papéis com certificação fsc forest stewardship council na impressão dos seus materiais revista construir mais revista mensal do espaço empresarial informe-se 62 3095-5155 4 sinduscon-go · construir mais · julho 2012

[close]

p. 5

n ot Í ciasdos pa rcei ro s noite da gastronomia solidária em empreendimento da gpl uma rede de 22 empresários entre advogados médicos engenheiros e chefs de cozinha envolvidos no grupo amigos e cia realizaram a noite da gastronomia solidária no dia 02 de junho quando reuniram mais de 300 pessoas que degustaram vários pratos criados pela confraria pais de leite o objetivo foi contribuir com o fornecimento de leite na refeição de 1.000 crianças duas vezes ao dia durante um ano são nove entidades que já receberam este ano a doação de leite para os seis primeiros meses do ano e com o resultado da noite da gastronomia solidária deverão garantir o alimento para todo o ano o grupo amigos e cia é integrado por empresários que são amigos de longa data e que se reúnem há mais de nove anos com o objetivo solidário o resgate da amizade foi patrocinadores simara nonato e roger o ponto de partida para o grupo se envolver em ações sociais já a confraria pais de leite campos com o organizador guilherme nasceu dentro da amigos e cia formada por dez chefs que praticam a gastronomia juntas pinheiro de lima e adriana caetano já beneficiaram diversos segmentos sociais ao longo do tempo a noite da gastronomia solidária aconteceu no empreendimento do atmosphere front park da gpl incorporadora cujos sócios são membros do amigos e cia a renda será convertida em leite em pó a ser entregue às entidades lar francisca de lima instituto batuíra de saúde mental convento mãe dolorosa casa betânia creche abc do amor creche são judas tadeu centro juvenil são domingos sávio centro de valorização da mulher cevam associação do serviço à criança especial ascep e creche nossa senhora de nazaré ebm incorporações ganha prêmios de reconhecimento nacional a ebm incorporações recebeu recentemente na categoria construção o prêmio consumidor moderno de excelência em serviços ao cliente 2012 o mais importante reconhecimento da qualidade dos serviços oferecidos pelas empresas no brasil além disso a ebm foi uma das finalistas na categoria empresa do ano disputando com grandes companhias como mercedes-benz sky e sulamérica o prêmio consumidor moderno que é organizado pelo grupo padrão foi criado com o objetivo de identificar e difundir as melhores práticas em serviços ao cliente no brasil e reconhecer aquelas empresas que privilegiam a excelência no atendimento não só conquistando novos clientes mas principalmente mantendo alto índice de satisfação e fidelidade esse prêmio é um grande reconhecimento para nossa empresa que investiu muito nos últimos anos na qualidade dos serviços e no atendimento prestado aos nossos clientes É um passo importante para perenizar nossa marca por meio de uma cultura empresarial fundamentada na gestão do negócio afirma fernando razuk diretor de incorporação da ebm a incorporadora recebeu também no dia 05 de junho o prêmio great place to work 2012 no comemorare espaço gastronomia em goiânia dentre várias empresas nacionais e multinacionais a ebm foi reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no centro-oeste a premiação foi concebida pelo jornal o popular e pela consultoria great place to work gptw a auditoria realizada em função do prêmio great place to work veio atestar a decisão acertada que tomamos há alguns anos quando escolhemos a união organizacional e a valorização do ser humano como bento odilon moreira filho e sua equipe recebem o prêmio consumidor moderno em sÃo paulo valores empresariais comenta o presidente da ebm Élbio moreira julho 2012 · construir mais · sinduscon-go 5

[close]

p. 6

e ntrevis ta valdi camarcio bezerra parque macambira anicuns prefeitura quer torná-lo o maior parque linear da américa latina valdi camarcio bezerra é médico urologista professor da faculdade de medicina da ufg e mestre em ciências pela usp natural de porto nacional to ingressou na vida pública em 1993 quando foi eleito vereador por goiânia e desde então exerceu importantes cargos foi secretário de governo de goiânia 1993/1994 deputado estadual 1994/1998 secretário legislativo da prefeitura de goiânia 2002/2003 e presidente da fundação nacional de saúde ­ funasa 2003/2005 em 2011 assumiu a coordenação executiva do programa urbano ambiental macambira anicuns um dos maiores projetos socioambientais do país que prevê a construção do parque linear macambira anicuns e do parque ambiental macambira que irá abranger 131 bairros da capital e beneficiar diretamente cerca de 350 mil pessoas confira a seguir a entrevista que valdi camarcio concedeu à revista construir mais como e quando foram iniciadas as discussões para a estruturação do programa urbano ambiental macambira anicuns puama as negociações entre a prefeitura de goiânia e o banco interamericano de desenvolvimento bid foram iniciadas em 2003 com a ida de uma missão a washington eua em 16 de setembro de 2009 o contrato de empréstimo foi assinado entre o município e o bid que trechos urbanos em goiânia serão contemplados pelo puama as ações e obras previstas iniciam na altura do setor faiçalville na divisa com o município de aparecida de goiânia percorrendo os setores novo horizonte vila mauá vila adélia bairro goyá vila são josé vila santa helena e vários outros bairros até os bairros criméia oeste e urias magalhães quantas desapropriações serão necessárias para sua implantação e como este processo está sendo realizado para onde as famílias e os proprietários de empreendimentos comerciais serão transferidos ao todo devem ser remanejados 804 famílias e negócios além da liberação de 788 áreas para a execução dos parques do puama estão sendo feitas negociações com as famílias e negócios afetados com base nos mecanismos de negociação criados por meio da lei 9.123 sancionada em dezembro de 2011 são eles transferência do direito de construir tdc outorga onerosa de alteração de densidade indenização transferência para unidades habita6 sinduscon-go · construir mais · julho 2012 cionais e o bônus moradia cada caso está sendo avaliado separadamente e a transferência das famílias e negócios é definida com base nessa lei e em comum acordo com os proprietários afetados o orçamento previsto para a implantação total do puama é de que ordem qual a origem dos recursos para sua execução o programa conta com recursos públicos do município e com financiamento do banco interamericano de desenvolvimento bid o custo total da obra está orçado em r 185.700.005,75 que foi o valor licitado dos quais o bid financia 60 e os 40 restantes são de responsabilidade do município de goiânia a título de contrapartida local qual construtora realizará as obras do puama sabe-se que as obras serão executadas em 11 trechos na execução deste projeto o que a empresa apresentou de diferencial a contratação da empresa ocorreu via processo licitatório internacional conforme exigências do bid a vencedora foi a empresa sul americana de montagens s.a emsa que demonstrou experiência na execução de grandes empreendimentos e menor preço para realização de todo o conjunto de obras quais são as principais preocupações da prefeitura de goiânia para realizar uma obra desse porte a administração municipal tem como principal preocupação garantir a efetivação desse grande empreendimento conferindo transparência em todos os atos e processos para sua viabilização bem como realizar um projeto que atenda às expectativas de todos sendo modelo na área de recuperação e preservação de córregos urbanos o puama prevê uma série de obras que interferirão na mudança do traçado da cidade como a prefeitura pretende agir principalmente em relação ao trânsito de goiânia visando minimizar os transtornos À população durante as obras trabalhamos com o apoio de diversas secretarias e órgãos da administração municipal e a agência municipal de trânsito transportes e mobilidade amt será nossa parceira no reordenamento do trânsito quando necessário nesse sentido junto com a amt faremos estudos sobre o desvio

[close]

p. 7

há também o compromisso de ampliar a discussão sobre educação ambiental nas escolas municipais e particulares de goiânia com o objetivo de incorporar os moradores na defesa dos parques o puama prevê a implantação de 6 unidade de saúde ­ sendo 5 unidades básicas de atenção À saúde da família e 1 centro de apoio psicossocial como isso será implementado principalmente diante das atuais deficiências noticiadas sobre as unidades de saúde municipais já existentes a definição dos bairros que serão contemplados com unidades de saúde foi feita pela secretaria municipal de saúde que avaliou a necessidade de acordo com a demanda dos bairros vale ressaltar que o processo licitatório das primeiras unidades já está em andamento quais serão os principais impactos ambientais em goiânia com a implantação do puama a área de intervenção do programa está voltada para o córrego macambira e ribeirão anicuns que sofrem inúmeros problemas de degradação ambiental como edificações em área de preservação permanente processos erosivos lançamentos irregulares de efluentes deposição de resíduos sólidos ao longo dos vales e falta de proteção adequada para as áreas de recarga dos lençóis freáticos entre as intervenções previstas estão a execução de obras estratégicas que vão da revegetação recuperação das margens e leitos desses dois cursos d água ao melhoramento de pontes e bueiros que irão minimizar esses problemas ambientais existentes valdi camarcio bezerra coordenador executivo do programa urbano ambiental macambira anicuns puama de trânsito em cada trecho tentando minimizar ao máximo os transtornos para a população em termos de processos administrativos burocráticos para a implantação do puama quais têm sido os principais problemas/desafios a liberação de áreas para a efetivação dos parques do puama é um desafio para nós do total de áreas necessárias 2/3 são de particulares e nas áreas públicas existem posseiros que deverão ser relocados para a construção dos parques quantos profissionais integram diretamente a equipe de coordenação do puama temos uma equipe multiprofissional composta por cerca de 40 colaboradores entre engenheiros advogados arquitetos urbanistas topógrafos gestores ambientais assistentes sociais dentre outros quais secretarias municipais participam diretamente da execução do puama em 2008 a prefeitura de goiânia editou um termo de compromisso conjunto entre suas secretarias e agências ao puama promovendo a integração de praticamente toda a administração municipal na realização desse importante empreendimento sabe-se que a comunidade goianiense beneficiada pelo puama deverá estar inserida no processo de educação ambiental e de recuperação dos mananciais na prática como isso será desenvolvido a viabilização do puama prevê uma série de ações que serão realizadas concomitantemente e após as obras serão realizadas oficinas ambientais palestras de conscientização sobre o uso da água oficinas de reciclagem nas escolas visitas domiciliares informativas sobre destinação adequada de resíduos sólidos entre outras ações ficha técnica do puama o parque linear macambira anicuns terá 24 km de extensão 360 hectares de área e será o maior parque linear da amÉrica latina o parque ambiental macambira tem dimensão planejada de 25,5 ha a área de intervenção total será de 385,5 hectares serão beneficiados 131 bairros a população beneficiada será de 350 mil habitantes haverá a implantação de seis unidades de ensino estima-se a implantação de seis unidades de saúde o prazo para a execução das obras É de 26 meses julho 2012 · construir mais · sinduscon-go 7

[close]

p. 8

a rt i g o reflexos da redução ao que tudo indica o brasil está decidido a reduzir os níveis históricos das taxas de juros praticadas em sua economia esta decisão se fundamenta na experiência conservadora adotada ao longo de 2009 após o agravamento da crise internacional que demonstrou que existia espaço para reduções mais expressivas da taxa básica selic esse fato ajudaria a abrir maior espaço fiscal nos orçamentos luís fernando públicos e por consequência maior melo mendes disponibilidade de recursos públicos para programas anticíclicos estratégicos para o país naquele momento bem como a oportunidade de viabilizar novos projetos privados os resultados do pib do primeiro trimestre deste ano demonstram que a recuperação da atividade doméstica se mostra muito lenta e avançou pouco em relação ao final do ano passado ao mesmo tempo a dificuldade de consenso em torno de uma solução definitiva para a crise financeira europeia eleva a percepção de risco tanto no brasil quanto no mundo vale destacar que diferente de 2008 quando as economias emergentes estavam em franca expansão e ajudaram a manter o nível de crescimento mundial desta vez o cenário externo contribui com maior intensidade para um viés desinflacionário com preços de commodities ainda em tendência de queda esse contexto move a inflação doméstica na direção da trajetória da meta estabelecida e reduz o risco de inflação associado a reduções maiores dos juros no brasil outra experiência que ajuda a intensificar as reduções dos juros praticados pelo mercado é a adoção de medidas macroprodencias que já demonstraram ser eficientes como instrumento de política monetária essas medidas reduzem a necessidade de elevar os juros básicos da economia na hipótese da necessidade de reduzir o nível de atividade É importante lembrar que nem o cadastro positivo nem a portabilidade de crédito ainda vigoram para favorecer a concorrência entre os agentes financeiros portanto neste momento ainda se mantém a tendência de queda da taxa básica e da adoção de medidas que busquem reduzir os spreads bancários diferença entre a taxa de captação e a de empréstimo praticados no brasil neste contexto de redução de taxas de juros real da economia deduzida da inflação se verifica gradualmente que as distorções causadas por anos de taxas elevadas estão se dissipando a principal dessas distorções sem dúvida é fortalecer o mercado financeiro em prejuízo do setor produtivo que é ­ em ultima instância ­ a razão de um sistema econômico ou seja a produção de bens e serviços para o atendimento das necessidades dos indivíduos com juros menores oportunidades submersas passam a ser observadas projetos inviabilizados pelo excessivo custo de capital tornam-se possíveis e mais empregos e renda são gerados realimentando a atividade econômica entretanto juros menores também podem tornar menos atraente a formação de poupança principalmente quando o que se recebe por deixar de consumir é muito inferior ao custo de buscar estes recursos no mercado financeiro causado pelo elevado spread bancário de tal modo o problema da poupança privada que historicamente é baixa no brasil tende a se elevar 8 sinduscon-go · construir mais · julho 2012 das taxas de juros na economia e na construção juros menores estimulam o cidadão a consumir o consumidor por sua vez precisa não apenas saber perceber as boas oportunidades mas gerir com parcimônia seu endividamento não cabe discutir aqui o grau de endividamento das famílias mas certamente há um limite pois o financiamento de bens de consumo imediato e semiduráveis possuem taxas mais elevadas e prazos médios menores o que eleva o risco do tomador destes recursos ao mesmo tempo o consumidor também precisa encontrar os produtos que procura em quantidade suficiente para que os preços não sejam pressionados para cima ou seja antes é necessário priorizar os investimentos dados do pib do início deste ano mostram que foram justamente os investimentos que puxaram o resultado da produção para baixo para elevarmos a atividade de forma sustentável é fundamental que o investimento cresça a taxas superiores ao crescimento do consumo e do produto sabe-se ainda que é a partir da poupança interna que os investimentos serão realizados portanto quanto maior o consumo menos recurso para poupar nesse contexto é importante que as reduções da poupança privada sejam compensadas ao menos parcialmente pela poupança pública entretanto isso não vem acontecendo pois a carga tributária é de aproximadamente 36 do pib enquanto apenas 4 do pib retorna para a sociedade sob forma de investimento público ou seja a sustentabilidade destes juros menores passa também pela redução dos gastos correntes dos governos em detrimento de mais investimentos isso porque com o agravamento da crise internacional recursos que vinham do exterior poupança externa e ajudam a financiar nossos investimentos também tendem a se reduzir dito isto vale destacar que a construção ­ por pertencer ao setor produtivo e ser um componente central do investimento ­ deve ser também favorecida pela redução sustentável das taxas de juros da economia não apenas os produtos imobiliários ­ visto como ativos reais ­ tornam-se mais atraentes como também os produtos financeiros de natureza imobiliária fundos imobiliários debêntures certificados de recebíveis imobiliários entre outros instrumentos financeiros com a redução da selic títulos privados tornam-se competitivos frente aos títulos públicos ou seja mais uma vez a sustentação dos juros em níveis mais baixos passa pela redução do endividamento público para evitar dificuldade de se financiarem os governos acabam cedendo às pressões dos mercados financeiros e aceitam elevar suas taxas soma-se ainda o fato de que o endividamento em casa própria diferentemente de outros bens de consumo é algo positivo pois se trata de um bem que ajuda a elevar a taxa de investimento do país além de contribuir no aumento da segurança financeira e na formação de patrimônio das famílias portanto está aberta mais uma vez a oportunidade para o país e para o setor da construção ­ pela sua importância central na retomada do nível de atividade da economia e melhoria das condições sociais e dos indicadores de competitividade nacionais infraestrutura cabe ao governo observar que nos recentes momentos em que o setor da construção foi o vetor do crescimento soube responder com velocidade e intensidade adequada aos estímulos ajudando o país crescer e se desenvolver de forma sustentável luÍs fernando melo mendes é economista da câmara brasileira da indústria da construção cbic

[close]

p. 9

julho 2012 · construir mais · sinduscon-go 9

[close]

p. 10

e s pa Ç ojur Í dicoa assessoria jurÍdica do sinduscon-go responde quando o empregador promove o depósito de salário em conta bancária do empregado ainda assim é obrigatória a emissão de holerite depósitos dos salários em conta bancária observadas as conÉ comum os responsáveis pelo departamento pessoal das dições legais estipuladas a empresa se encontrará legalmente empresas questionarem esse ponto à assessoria jurídica do sindispensada da emissão do recibo de pagamento holerite duscon-go especialmente quando há alguma ação trabalhista no âmbito dos tribunais observa-se que a questão não é em andamento ou quando o empregado abandona o emprego pacífica alguns juízes aceitam os comprovantes de depósito e não volta sequer para receber suas verbas trabalhistas para bancário como prova de pagamento dos salários outros poa solução da questão é necessário analisarmos a legislação atirém exigem para tal comprovação a apresentação dos recibos nente ao tema de pagamento devidamente assinados pelos trabalhadores por por ter natureza alimentar o salário goza de proteção legal considerar ser esta a prova de excelência conforme se verifica nas disposições da constituição federal de ante o exposto considerando ser o salário de capital im1988 art 7º incisos iv vi vii e x os quais vedam entre ouportância para o trabalhador e sua família dada a sua natureza tros a sua redutibilidade e retenção dolosa alimentar bem como a proteção legal a ele conferida prevista a consolidação das leis do trabalho clt na esteira da não somente em clt mas também na própria constituição feproteção ao salário determina no artigo 464 que o seu paderal e ainda a divergência verificada no âmbito jurisprudengamento deve ser efetuado contrarrecibo assinado pelo emcial acerca do assunto entendepregado e em se tratando de -se que a empresa por medida analfabeto mediante impressão de cautela independente do digital ou não sendo possível a alguns juÍzes aceitam os depósito bancário efetuado nos seu rogo comprovantes de depósito termos da lei deve emitir o renão obstante tal determinabancário como prova de cibo de pagamento holerite ção o parágrafo único do menao trabalhador especificando cionado artigo dispõe que o compagamento dos salários nele além de outros dados os provante de depósito dos salários outros porém exigem valores que estão sendo pagos em conta bancária aberta para para tal comprovação depositados e os respectivos esse fim em nome de cada trabaa apresentação dos descontos que incidiram sobre a lhador é legalmente válido como recibos de pagamento recibo de pagamento da análise sua remuneração dessa forma do artigo 464 pode-se concluir o recibo de pagamento vai ciendevidamente assinados tificar o trabalhador espelhana princípio que caso houver os pelos trabalhadores por do de forma discriminada o que considerar ser esta a prova está sendo pago bem como os de excelência descontos havidos tornando transparente a quitação de direitos e deveres relativos à remuneração referente a determinado período considerando que o comprovante de depósito em conta bancária por força do disposto no parágrafo único do artigo 464 da clt tem força de recibo não há a nosso ver necessidade de colher a assinatura do trabalhador no recibo emitido e fornecido a ele contudo considerando a divergência de posicionamento acerca do assunto caberá ao poder judiciário dirimir a questão caso seja acionado fonte boletim iob manual de procedimentos legislação trabalhista e previdenciária fascículo 02/2012 adaptado 10 sinduscon-go · construir mais · julho 2012

[close]

p. 11

seguro-desemprego conheça as novas regras a lei do seguro-desemprego data de 1946 onde foi introduzida na constituição federal porém passou a entrar em vigor somente em 1986 quando foi criado o decreto de lei nº 2284/86 a constituição de 1988 trouxe o programa seguro-desemprego o qual garantia ao trabalhador demitido um auxílio financeiro e a promoção de ações de orientação qualificação e realocação profissional do trabalhador o seguro-desemprego é um benefício ofertado pelo ministério do trabalho e emprego em parceria com a caixa econômica federal que ampara o trabalhador que fica desempregado por um determinado período de tempo até que este se restabeleça no mercado de trabalho as novas regras do seguro-desemprego que passaram a valer no governo dilma rousseff estabelece que o trabalhador deva fazer entrevistas de emprego antes de requerer o seguro-desemprego em pelo menos três empresas para tanto o trabalhador deverá fazer seu cadastro de emprego online gratuitamente ou procurar uma agência do trabalhador em sua regional o governo federal adotou esta medida a fim de evitar algumas fraudes que ocorriam nacionalmente já que muitos trabalhadores ficavam um tempo mínimo no serviço apenas para conseguir o benefício ou então continuavam recebendo o benefício mesmo já tendo conseguido novo emprego ainda com o intuito de incentivar a criação de mão de obra qualificada e exterminar os chamados empregados em seguro-desemprego se o desempregado solicitar o seguro-desemprego mais de três vezes durante um período de dez anos terá que fazer inscrição e cumprir no mínimo 160 horas em cursos de formação os cursos em si deverão ser de formação inicial e continuada ou de qualificação profissional todos reconhecidos pelo mec e não adianta só se inscrever o mec vai cobrar não só a inscrição como também a frequência que é de no mínimo 75 das aulas as novas regras foram apoiadas pela casa civil e por dilma onde o mec vai garantir a reentrada dos desempregados ao mercado de trabalho pelo programa nacional de acesso ao ensino técnico e emprego pronatec as informações dos novos alunos serão encaminhadas periodicamente para o mec onde serão novamente avaliados se o desempregado se negar a fazer o curso ou não cumprir alguma das regras impostas o seguro-desemprego será cortado sem aviso prévio os valores continuam os mesmos variando de r 622,00 à r 1.163,76 que fica dentro da média dos salários anteriores este novo seguro-desemprego foi desenvolvido pelo ministério do trabalho em parceria com a caixa econômica e o sistema nacional de empregos sine garantindo ao trabalhador brasileiro o verdadeiro direito expresso na constituição que fornece não somente o apoio financeiro mas garante ao trabalhador uma oportunidade de conseguir um emprego novo orientando e disponibilizando o currículo do trabalhador em um site de empregos online o portal mais emprego onde empresas filiadas ao governo acessam os currículos a fim de contratar profissionais fonte http segurodesempregopro.com adaptado e decreto nº 7.721 de 16 de abril de 2012 se o desempregado se negar a fazer o curso ou não cumprir alguma das regras impostas o seguro-desemprego será cortado sem aviso prévio 11 julho 2012 · construir mais · sinduscon-go

[close]

p. 12

12 sinduscon-go · construir mais · julho 2012

[close]

p. 13

a rt i g o prevenir para construir com sucesso investir em um empreendimento exige uma série de cuidados e previsões de riscos nunca se sabe se sua obra vai ser alvo de algum acidente furto ou fenômeno da natureza pensando em um dos setores do mercado que mais tem se desenvolvido nos últimos anos no brasil o sinduscon-go criou a central de seguros da construção civil a central de seguros é um serviço desenvolvido pelo sinduscon-go para atender os associados e filiados bem como as demais empresas da construção civil em qualquer tipo de consulta ou serviço sobre o tema seguros a central de seguros do sinduscon-go oferece tipos de seguros específicos voltados à área da construção civil tais como seguro de vida em grupo seguros de riscos de engenharia seguro de responsabilidade civil obras civis e/ou serviços de montagem e instalação de máquinas e/ou equipamentos seguro garantia e seguros de rd equipamentos além dos seguros que atendem a legislação que regulamenta o seguro habitacional que são o prestamista e o danos físicos ao imóvel o seguro de vida em grupo do sinduscon-go foi desenvolvido para oferecer tranquilidade ao empresário e amparo ao trabalhador com processos simplificados proporciona recursos financeiros imediatos caso ocorra algum dos eventos cobertos pelo plano em atendimento à obrigatoriedade da contratação decorrente da convenção coletiva de trabalho abrange ainda empresas de qualquer porte além de possuir melhor relação preço/produto do mercado no que diz respeito ao seguro de riscos de engenharia são assegurados danos materiais consequentes de acidente de origem súbita e imprevista que resultem em danos ou destruição decorrentes de eventos como danos da natureza ventos tempestades subida do nível d água inundação alagamento desmoronamento de terreno queda de rochas queda de raio gelo e geada incêndio e explosão roubo e furto qualificado de bens a serem incorporados na obra emprego de material defeituoso e inadequado falhas na construção e desabamento de estrutura para esse tipo de seguro podem ainda ser incorporadas despesas extraordinárias danos materiais causados por tumultos greve e lock-out cessação de atividade por ato ou fato de empregador manutenção durante o período segurado da obra despesas de desentulho equipamentos móveis/estacionários riscos do fabricante erro de projeto e despesas de salvamento e contenção de sinistros a central de seguros disponibiliza também o seguro de responsabilidade civil obras civis e/ou serviços de montagem e instalação de máquinas e/ou equipamentos que cobre danos corporais e materiais involuntariamente causados a terceiros decorrentes de acidente de origem súbita e imprevista durante a execução da obra esse tipo de seguro oferece como principais coberturas adicionais responsabilidade civil cruzada assegura danos materiais entre empreiteiros decorrentes da execução a central de seguros está pronta para atender todas as demandas do setor e para isso buscamos parceiros exclusivos em cada área de atuação conforme as premissas básicas de cada produto do contrato de seguro responsabilidade civil fundações danos causados a terceiros por fundações e serviços correlatos responsabilidade civil por erro de projeto danos causados a terceiros por erro de projeto danos morais e responsabilidade civil do empregador cobre morte invalidez permanente e traslado dos funcionários da residência para o trabalho e vice-versa quando feitos pelo segurado nos seguros de garantia instrumento eficaz de custo razoável que dá ao segurado a certeza do cumprimento das obrigações garantidas trabalhamos com todas as modalidades e já estão pré-cadastradas todas as empresas associadas ao sinduscon-go com limites e taxas pré-aprovadas uma inovação no mercado para acabar com a burocracia outra opção para o setor são os seguros de rd equipamentos voltados a danos causados aos equipamentos por acidentes de causa externa roubo e furto qualificado e transporte de equipamentos as principais coberturas adicionais são relacionadas a danos elétricos operação de equipamentos em proximidades de água responsabilidade civil e perda de aluguel esse tipo de seguro pode ser contratado ainda para amparar os equipamentos durante a execução de uma obra específica ou por um período de 12 meses para amparar todos os equipamentos do segurado a central de seguros está pronta para atender todas as demandas do setor e para isso buscamos parceiros exclusivos em cada área de atuação conforme as premissas básicas de cada produto cote o seu seguro conosco ou peça para o seu corretor de seguros apresentar uma proposta de seguro da central de seguros do sinduscon-go as empresas associadas ao sindicato possuem condições diferenciadas para a contratação de seguros a central de seguros é sua apoie esta iniciativa dante miller torres é diretor da miller torres corretora de seguros e coordenador da central de seguros do sinduscon-go julho 2012 · construir mais · sinduscon-go 13

[close]

p. 14

c onstruÇÃo sustentÁvel construtora inova e monta academia para colaboradores no canteiro de obras pensando a sustentabilidade em seu conceito macro a consciente construtora busca incentivar seus colaboradores a um estilo de vida saudável a empresa inaugurou em 18 de abril no canteiro de obras do empreendimento la musique no setor bueno em goiânia uma academia diferente em que foram utilizados itens usados nas obras como canos latas e cimento reaproveitados para a montagem de aparelhos de ginástica a iniciativa é inédita em goiânia e foi idealizada por dois colaboradores da empresa os técnicos de segurança do trabalho erly markues e eduardo alves ferreira segundo markues a ideia surgiu de uma conversa entre os dois colegas que já gostavam de se exercitar e queriam montar algo na própria sala de trabalho mas pensaram em porque não disponibilizar a oportunidade para os demais colegas dessa forma buscaram a pareceria com o sesi-go e receberam total apoio nesse projeto-piloto além de repassar alguns aparelhos o sesi ficou responsável pela manutenção e pela orientação profissional aos alunos o professor de educação física adriano de castro fica à disposição dos colaboradores interessados em se exercitar de terça a quinta-feira das 17 às 19horas erly markues ressaltou que o motivo para a criação da academia é a promoção do bem-estar do trabalhador acredito que através do projeto a empresa apoia a melhoria da qualidade de vida da autoestima promove melhor desempenho visando à saúde oferecendo orientações de profissional capacitado além disso promovemos também a integração interna e até com as demais obras pois temos colaboradores de outros canteiros que malham aqui conosco destacou de acordo com o técnico de segurança do trabalho os colaboradores estão participativos atualmente na obra com cerca de 210 funcionários uma média de 20 a 25 tra equipamentos de ginÁstica criados a partir da reutilizaÇÃo de materiais gerados no próprio canteiro balhadores já estão frequentando a academia e praticando exercícios após o expediente no canteiro ele ainda informou que o objetivo da consciente construtora é estender a iniciativa para as outras obras da empresa segundo thiago rodrigues pimenta coordenador de esportes do sesi clube antônio ferreira pacheco o projeto é uma ideia antiga que precisava ser amadurecida mas faltavam condições estruturais e parceiros a consciente construtora abraçou a causa e havíamos também recebido novos equipamentos na academia do clube ficando alguns que não iam ser utilizados decidimos disponibilizar para a empresa e então conseguimos implementar o projeto-piloto comentou para pimenta a iniciativa é muito importante pois é um estímulo oferecido aos trabalhadores que teriam dificuldades para realizar alguma atividade após o expediente de trabalho acredito que é um investimento na motivação e uma ferramenta para eliminar barreiras como a falta de tempo trânsito para ir à academia no horário de pico etc avaliou na visão do coordenador de esportes o impacto no trabalho é positivo pois na atividade da construção civil pode haver um excesso de carga cotidiana para o trabalhador já na academia a carga que se pega não é aleatória é orientada fortalece a musculatura e beneficia o próprio desenvolvimento do trabalho no dia seguinte ele ressaltou que a intenção é disponibilizar esta ação para as demais empresas contudo isso só acontecerá após a mensuração de resultados desse primeiro projeto o carpinteiro ronaldo pereira confirma que a iniciativa trouxe vários benefícios para o bem-estar dos colaboradores e para o meio ambiente de trabalho está sendo ótimo me exercitar aqui melhorei meu condicionamento físico reduzi peso e até as dores que eu sentia por causa da falta de exercício diminuíram percebo entre meus colegas que melhorou bastante o humor acabamos com o estresse comentou ronaldo pereira c m y cm my cy cmy k 14 sinduscon-go · construir mais · julho 2012

[close]

p. 15

a dcco É seu novo distribuidor terex venda e locação 62 3269-1010 goiânia 61 63 3233-0990 3028-4003 palmas brasília distribuidor autorizado www.dcco.com.br julho 2012 · construir mais · sinduscon-go 15

[close]

Comments

no comments yet