MBigucci NEWS - Ano III - Nº 24 - Agosto 2004

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

editorial editorial editorial saneamento e miséria essas duas palavras não se dissociam andam sempre lado a lado a falta de saneamento básico aliada à miséria popular 33 da população brasileira vive com menos de r 79 por mês segundo o ibge é fonte de problemas sociais de doenças graves de má formação de crianças e de moradias precárias no brasil 93 milhões de pessoas não têm publicação interna bimestral da construtora m bigucci av senador vergueiro 3599 rudge ramos sbc sp fone 11 4367-8600 distribuição gratuita elaboração marketing m bigucci tel 11 4367-8600 fax 11 4367-1063 revisão e coordenação marcos bigucci rubens toneto marcelo bigucci colaboração alex mantello fotos alex mantello produção fotolito e impressão saneamento básico ou seja perto de 55 dos brasileiros não têm coleta e tratamento de esgoto em suas casas causa principal de doenças diz a organização mundial de saúde oms que a cada real aplicado em saneamento deixa-se de gastar cinco reais em tratamentos médicos na periferia das regiões metropolitanas há o maior foco de falta de saneamento segundo o ibge mais de 20 dos domicílios nacionais não têm água tratada existe também outra correlação quanto pior for o saneamento básico pior será o índice de mortalidade infantil nos municípios mais pobres mais aumenta o número de miseráveis e menos saneamento há não há eficiência do poder público no controle de ocupações irregulares e do despejo de esgoto nos mananciais o que torna o custo do tratamento da água potável mais caro a degradação das áreas dos mananciais é visível e a sua recuperação tem alto custo os programas falam em obra mas não em conscientização da população que lá vive e prejudica a si e os que bebem essa água como aplicar em esgoto não dá voto nos últimos anos a miséria tem aumentado e o saneamento diminuído vejam este exemplo do orçamento federal de 2003 fonte tesouro nacional o governo gastou para saneamento apenas 26,05 do previsto exatamente isso 26,05 do orçado com milhões de pessoas vivendo sem saneamento com crianças morrendo de infecções originadas dessa ausência e sobra verba para executar essas obras em boa hora o governo federal está regulamentando a política nacional de saneamento ambiental para também ampliar os movimentos o ministério das cidades em 18 meses liberarão r$4,3 bilhões do fgts para saneamento enfim para desencantar é preciso por ordem na casa regulamentar o setor fones 11 4227-5188/2996 gteditora@uol.com.br críticas e sugestões jornalismo@mbigucci.com.br visite nosso site www.mbigucci.com.br e implantar um grande plano estratégico só assim poderemos ao longo de algumas décadas dar um saneamento básico para toda a população diminuir a miséria e os ônus que ela acarreta para o país milton bigucci presidente da associação dos construtores imobiliárias e administradoras do grande abc vice-presidente do secovi conselheiro vitalício da associação comercial de são paulo membro da academia de letras da grande são paulo e autor dos livros caminhos para o desenvolvimento e somos todos responsáveis crônicas de um brasil carente e-mail diretoria@mbigucci.com.br 2 www.mbigucci.com.br · julho/agosto 2004

[close]

p. 3

destaque destaque edifício the point é referência para m.bigucci destaque a tem construÇÃo revista especializada em tecnologia equipamentos matérias e serviços para construção imobiliária e arquitetura publicou em sua edição de abril/maio 2004 uma matéria afirmando que o edifício the point de nossa construção é um prédio referência para a m.bigucci a afirmação é sustentada pela revista após observações de qualidades relacionadas à arborização e amplo espaço de lazer e segurança que o edifício the point oferece a seus moradores segundo o artigo um dos aspectos que valoriza o projeto arquitetônico do the edifício the point point entregue em 2002 é a área externa onde foi aproveitado o fato de o edifício estar localizado em uma esquina para criar muitas áreas arborizadas os variados equipamentos para lazer dos condomínios compostos por quadra poliesportiva piscinas para adultos e infantil churrasqueira salão de jogos salão de festas e playground lembram um clube descreve esse empreendimento é um sucesso por nós concretizado na região do morumbi localizado a rua alexandre archipenko nº175 o que gerou outro lançamento na mesma região o elegance morumbi em estilo neoclássico e composto por unidades de 90 m² de área privativa três dormitórios sendo uma suíte e churrasqueira privativa na varanda É o reconhecimento da qualidade dos empreendimentos m.bigucci chegando ao público através de quem entende do assunto visite plantão de vendas no local situado à rua abdo ambuda nº 75 morumbi m.bigucci participa de desafio interempresas do sebrae foi dada a largada para o desafio sebrae inter-empresas 2004 e a m.bigucci está presente nesta competição o desafio sebrae foi idealizado para proporcionar aos participantes um contato com o mundo dos negócios e do empreendorismo durante a competição serão postos à prova o conhecimento conceitual habilidades instrumentais para lidar com situações nas quais serão exigidas tomadas de decisões rápidas e precisas dos participantes cada empresa que participar deve ter um grupo que a represente apostando na capacidade de seus colaboradores a m.bigucci está na competição e muito bem representada pelo grupo ramem nome fantasia escolhido pelo grupo as tarefas a serem realizadas pelos colaboradores são enviadas equipe ramem pelo sebrae através de um programa que foi instalado nos computadores e que chegam via internet o jogo se aproxima de uma experiência prática em empreender por isso vencer é fundamentalmente aprender um pouco mais sobre as possibilidades de cada indivíduo como empreendedores nossos representantes devem tentar solucionar os problemas da melhor maneira possível para que não sejam desclassificados a empresa que lhes foi enviada para comandar é uma empresa de artigos esportivos e seu forte são as bolas de vôlei de praia o grupo já realizou duas etapas e cumpriu com sucesso as tarefas que lhes foram designadas vocês podem conferir todas as informações sobre o jogo acessando o site http www.desafio.sebrae.com.br/aberta/script/sbrindexaberta.asp julho/agosto 2004 · www.mbigucci.com.br 3

[close]

p. 4

capa capa capa mais uma vez entre as maiores do país pelo 6º ano consecutivo a maior construtora do grande abc mais uma vez a m.bigucci garante sua posição de 1º lugar como maior construtora do grande abc e ocupa a 11ª posição no estado de são paulo os dados são da revista o empreiteiro edição junho/2004 que realiza anualmente uma pesquisa com as construtoras e incorporadoras de todo país e dedica uma edição especial para divulgação do ranking nacional o ranking foi elaborado pelas revistas o empreiteiro e tem construção por meio de questionários e balanços e baseia-se na área total construída dos empreendimentos lançados no ano de 2003 entregues no mesmo período e em construção até junho de 2004 dentre as áreas avaliadas a m.bigucci foi reconhecida como a 1ª construtora em metragem entregue e 1ª em metragem em construção do grande abc ocupa ainda para os mesmos quesitos a 11ª posição dentro do estado de são paulo reúnem informações fornecidas pelos maiores órgãos especializados em construção civil como por exemplo dados do secovi-sp câmara brasileira da indústria da construção cbic dentre outros e fazem uma divulgação completa que ajuda as empresas se posicionarem diante dos seus concorrentes inseridos neste cenário incerto é uma grande honra para nós da 4 lugar de tão merecido destaque na região do grande abc e do estado de são paulo isto é fruto de um trabalho sério e de respeito aos nossos clientes nossa maior preocupação o compromisso com a qualidade de nossos produtos e serviços prestados e a satisfação dentre as áreas avaliadas a m.bigucci foi reconhecida como a 1ª construtora em metragem entregue e 1ª em metragem em construção do grande abc bros da de nossos clientes é o resultado de uma busca contínua da perfeição através da competência unificada de nossos colaboradores disponibilizar variedades e diferenciais procurando atender ao máximo as necessidades particulares de cada cliente é uma preocupação constante de todos os mem m.bigucci e é isto que nos impulsiona a cada ano trabalhar arduamente para nos mantermos entre as maiores como já aconteceu em junho de 2004 quando ficamos entre as 10 principais da região metropolitana de são paulo em qualidade escolhida pelos clientes segundo o jornal folha de são paulo www.mbigucci.com.br · m.bigucci poder assegurar um julho/agosto 2004

[close]

p. 5

capa capa capa fonte o empreiteiro junho/2004 cliente em dia com a informaÇÃo organizar visitas às obras disponibilizar informações e serviços de atendimento pela internet atendimentos personalizados são algumas ferramentas que a m.bigucci utiliza para atender diariamente seus clientes estes canais são os chamados programas de relacionamento com o cliente criados para aproximar ainda mais os clientes da m.bigucci os clientes precisam de segurança e confiança na empresa na qual adquiriram seus imóveis por isso a transparência e um bom relacionamento são primordiais a facilidade de acesso a todas as informações para que o cliente possa acompanhar seu empreendimento através de nossos meios de comunicação as visitas às obras com as explicações dos engenheiros responsáveis faz com que os clientes fiquem tranquilos com o futuro lar explica marcelo bigucci diretor de marketing da construtora visitas Às obras vale lembrar a todos os clientes do ed morada campestre que as visitas às obras através do programa espião do lar já podem ser pré-agendadas com o departamento técnico da m.bigucci pelo telefone 11 4367-8610 thaís ou por email thais@mbigucci.com.br as visitas acontecerão de segundas às sextas-feiras no horário das 8:00 às 17:00 hs conforme disponibilidade É importante ressaltar que estas visitas servem também para disponibilizar orçamentos futuros com empresas de móveis decoração realizar medições e que quando o edifício entra em fase final de acabamento torna-se inviável a entrada de clientes para os demais empreendimentos que ainda não abriram o programa espião do lar favor aguardar e ficar atento às próximas 5 edições da revista m.bigucci julho/agosto 2004 · www.mbigucci.com.br

[close]

p. 6

especial especial especial m.bigucci lança mais um empreendimento na zona sul construtora assume as obras do condomínio grand park e faz novo lançamento na região da saúde a m.bigucci assinou contrato com a associação dos promitentes compradores de unidade do empreendimento grand park edifício praça da Árvore e edifício bosque da saúde para retomada das obras do condomínio grand park situado na avenida bosque da saúde nº 710 ­ saúde ­ são paulo próximo ao metrô praça da Árvore o empreendimento possui tudo o que você precisa para viver bem num total de 15.162,67 m² é composto por dois prédios de 2 e 3 dormitórios num total de 112 unidades terá ainda 2 subsolos para a guarda de concepção artística da fachada 170 automóveis e uma área de lazer para play ground piscina infantil piscina adulto solarium salão de jogos 2 salões de festa e amplo espaço arborizado a torre bosque da saúde possui apartamentos de 2 dormitórios 1 suíte com área total de 114 m² cada a torre praça da Árvore possui apartamentos de 3 dormitórios 1 suíte com área total de 156 m² cada a construção do empreendimento paralisada há quase 10 anos devido à problemas com a antiga construtora já está a todo o vapor animando novamente todos os proprietários do empreendimento a m.bigucci prepara para os próximos meses o lançamento oficial do empreendimento com a abertura do plantão de vendas no local e a venda das últimas unidades remanescentes 6 www.mbigucci.com.br · julho/agosto 2004

[close]

p. 7

relacionamento relacionamento relacionamento ginástica na empresa qualidade de vida no trabalho o ser humano vem sofrendo as duras conseqüências estresse depressão acidentes de trabalho e mutilações de doenças silenciosas como as ler/dort de uma competição global e desenfreada em busca da sobrevivência mercadológica porém a qualidade dos produtos e serviços decorre obrigatoriamente da qualidade de vida da saúde e do bem estar de seus colaboradores e é pensando neste bem estar que mais uma vez a m.bigucci em parceria com o sesi investe em responsabilidade social e desta vez direcionada a seu quadro aula realizada na sede da construtora de funcionários através do programa sesi ginástica na empresa este programa tem como principal objetivo atender as empresas e seus colaboradores no sentido de prevenir e minimizar os males trazidos em decorrência do cotidiano profissional visa ainda melhorar o ambiente de trabalho e facilitar a integração dos funcionários estabelecendo uma trilogia entre trabalho x saúde x lazer segundo dados da orientadora de esportes cyntia mirma mendes do sesi de são bernardo do campo a m.bigucci é a primeira empresa do ramo construção que procura investir nesta idéia o que trás grande alegria e satisfação a seus funcionários foi cyntia também que conduziu a primeira aula demonstrativa onde procurou explicar de forma simples e esclarecedora as vantagens obtidas pelo programa a resposta dos funcionários que participaram da atividade foi de total aprovação acho que todas as empresas deveriam investir mais em incentivos como este que une saúde e descontração comenta alyne nobre funcionária da cobrança É a m.bigucci mais uma vez pensando em qualidade de vida desde a fase inicial de suas obras os seus colaboradores julho/agosto 2004 · www.mbigucci.com.br 7

[close]

p. 8

curiosidade curiosidade curiosidade merccuca a receita do empresário de sucesso foi lançado no último dia 16 de agosto de 2004 às 20 horas no pimenta bar em são bernardo do campo o livro merc cuca ­ a receita do empresário de sucesso publicado pela editora grupo gerência em parceria com a revista merc news o diretor dr milton bigucci esteve na noite de lançamento autografando o livro com inúmeros empresários da região foi uma noite bastante concorrida e cuja renda da venda dos livros foi revertida para a instituição assistencial meimei de rudge ramos/são bernardo do campo a receita do nosso diretor como mestre cuca está na página 37 do livro e chama-se fusilli allá formignano ingredientes 1 kg de macarrão fusilli colorido 300g de tomate seco 300g de mussarela de búfala 1 maço de rúcula alcaparras a gosto azeitonas picadas a gosto champignons sal pimenta do reino orégano e azeite de oliva modo de preparo enquanto cozinha o macarrão em água temperada com sal azeite e orégano deixando-o al dente pique em outro recipiente o tomate seco e a mussarela e tempere com as alcaparras azeitonas champignons orégano sal pimenta e bastante azeite de oliva pique a rúcula e reserve quando o macarrão estiver pronto acrescente os outros ingredientes e por fim a rúcula misture e sirva 8 www.mbigucci.com.br · julho/agosto 2004

[close]

p. 9

cultural cultural cultural a importância do voto consciente mais uma vez estamos nos aproximando das eleições municipais e certamente ouviremos muito a respeito disto até o momento da apuração das urnas alex rodrigo mantello o fato de a população ser bombardeada de informações seja pelo rádio televisão jornais ou qualquer outra forma de comunicação não tem implicação direta no entendimento das mesmas os políticos em geral possuem um discurso que nem sempre se fazem entender atrapalhando muitas vezes a escolha dos eleitores em contrapartida hoje a população não pode se omitir e fugir às suas responsabilidades pois se por um lado existe um ilusionismo por parte dos políticos por outro existem os mais diversos meios para que qualquer cidadão se intere dos acontecimentos e conheçam a fundo seus futuros governantes a idéia de ficar sentado esperando que as coisas caiam do céu é um tanto retrógrada se realmente entendermos que hoje somos detentores de dois poderes muito importante o primeiro é a informação e o segundo é o voto unindo estas duas armas poderemos fazer de nossa cidade de nosso estado e de nosso país um lugar bem melhor para se viver segundo a fundação getúlio vargas de 90 países pesquisados o brasil ocupa o 49° lugar dentre os países menos corruptos do mundo o que não deixa de ser também uma conseqüência do descaso da população em geral na hora de escolher quem irá governar o dinheiro que todos os brasileiros creditam mensalmente à nação esta é uma das importâncias do voto consciente do voto pesquisado do voto buscado dia após dia através das inúmeras informações que simplesmente são jogadas de uma maneira tão brusca sobre nós basta que façamos nossa parte que ao juntarmos pouco a pouco julho/agosto 2004 · dessas informações possamos formar um todo e escolher aquele que melhor se enquadra às necessidades do povo brasileiro hoje a população pode encontrar diversas maneiras de se interar sobre os acontecimentos políticos dentro do meio em que vive acompanhando as trajetórias de seus governantes É o caso por exemplo do movimento voto consciente de são paulo criado em 1987 e que busca acompanhar o desempenho dos vereadores nas câmaras municipais e dos deputados estaduais nas diversas assembléias participando da discussão sobre políticas públicas e acompanhando o trabalho parlamentar este movimento tem como objetivo principal conscientizar o cidadão para a importância do voto e exercício de sua cidadania para maiores informações basta os interessados acessarem o site na internet www.votoconsciente.org.br e se interar a respeito do trabalho desenvolvido pelo grupo existem inúmeros outros movimentos deste tipo que os eleitores podem encontrar buscando dentro da região a qual pertence a idéia é que cada um faça sua parte e que o primordial é deixar de lado o discurso fácil de que todo político é igual ou não adianta votar porque todo mundo rouba mesmo existem candidatos sérios honestos e com propostas viáveis para a melhoria da qualidade de vida da população e para o desenvolvimento da cidade do estado e do país separar o joio do trigo e utilizar seu voto para começar a mudar o brasil é possível basta escolher o seu candidato com responsabilidade e consciência através das armas que possuem nas mãos 9 segundo a fundação getúlio vargas de 90 países pesquisados o brasil ocupa o 49° lugar dentre os países menos corruptos do mundo www.mbigucci.com.br

[close]

p. 10

crítica crítica financiar imóvel missão quase impossível inúmeros são os problemas do brasil que não se resolvem por causa da burocracia se não fossem tantas exigências burocráticas desnecessárias o brasil estaria muito mais ágil no seu crescimento no setor habitacional por exemplo são inúmeras pessoas que querem comprar um imóvel e não conseguem não estamos falando de pessoas que não tem condições financeiras de comprar e sim daquelas que possuem renda suficiente para comprar um imóvel mas muitas vezes não conseguem comprová-la os bancos estão forrados de dinheiro para emprestar mas a burocracia não permite que isso ocorra em larga escala ora se o brasil tem alta demanda por habitação e os bancos tem o dinheiro para emprestar porquê o setor imobiliário não se desenvolve vejamos um exemplo do financiamento destinado a produção de imóveis inicialmente para aprovação do crédito de um empreendimento residencial a construtora deve possuir a aprovação dos bancos quando uma construtora é aprovada por um banco significa que a mesma já foi submetida aos rígidos critérios de análise garantindo que a construtora é uma empresa com solidez e com perfeitas condições financeiras de realizar o empreendimento significa que a empresa não está doente achamos justo esta análise devido a inúmeros problemas ocorridos no passado em que construtoras abandonaram as obras prejudicando o mercado imobiliário em geral porém não concordamos com o tempo que isso leva para ser analisado a habitação é necessidade básica do brasileiro e é um problema social muito grande portanto todas as aprovações de construtoras devem ser tratadas em caráter de urgência para que ela possa produzir e dar emprego feita esta aprovação é submetida a aprovação dos bancos financiadores o projeto do empreendimento mais alguns meses são desperdiçados pois várias exigências são colocadas para que o empreendimento seja aprovado pelo banco lembrando que nesta fase o projeto já está aprovado perante a prefeitura municipal e já está registrada a incorporação do mesmo junto ao registro de imóveis passados estes meses e aprovado o empreendimento a construtora pode começar a vender os apartamentos aos interessados que não são poucos aí vem o problema a 10 crítica temida análise de crédito do cidadão interessado são solicitados inúmeros documentos para provar que este cidadão possa pagar o empréstimo a ser concedido pelos bancos aguenta coração são tantos documentos que os interessados tem que preparar seu sistema nervoso É justo que sejam pedidos documentos nenhum banco jamais poderá sair emprestando dinheiro a qualquer pessoa sem ter a certeza de que irá receber o dinheiro de volta não estamos querendo isso mas falem com qualquer cliente sobre o desgaste de sua aprovação muitos cidadãos que de fato podem pagar são recusados pelos bancos coitado daquele que um dia na vida esqueceu de pagar apenas a conta de telefone coitado mesmo pois por este motivo pode perder a chance de ter a casa própria nos bancos privados a situação fica ainda mais caótica pois nos parece que a preocupação social não é tão grande banco privado só quer financiar imóvel para classe média e alta mas e a população de baixa renda a caixa econômica federal é um banco que tem trabalhado muito para atender esta demanda da população de baixa renda aliás o time da caixa está de parabéns pela sua preocupação com desenvolvimento social do brasil se não fosse a caixa grande parte da população brasileira não teria conseguido a casa própria burocracia a parte a culpa não é da caixa é do sistema brasileiro em geral ainda que na caixa é um pouco menos burocrático para financiar pois em bancos privados a situação é desanimadora grande parte da população brasileira trabalha na economia informal ou seja não possui carteira assinada trabalha por conta própria e não tem como comprovar a renda mas de fato podem comprar o imóvel tanto é verdade que algumas destas pessoas acabam comprando com financiamento concedido pela própria construtora e as construtoras não tem altos índices de inadimplência porém as construtoras não são bancos não conseguem fazer isso em larga escala de fato a caixa econômica federal tem se esforçado e financiado alguns casos deste tipo aliás a única que aceita este tipo de renda mas e no banco privado como fica se a pessoa trabalha na economia informal não compra absurdo essa situação não pode ser assumida pela caixa sozinha os outros bancos que também captam recursos de poupança tem que colaborar www.mbigucci.com.br · julho/agosto 2004

[close]

p. 11

crítica crítica nos bancos privados a situação fica ainda mais caótica pois nos parece que a preocupação social não é crítica os documentos exigidos pelos bancos demoram a sair pois dependem de cartórios e outros órgãos públicos nesse tempo todo o interessado está no aguardo e pagando aluguel enquanto que o setor imobiliário fica estagnado e milhares de pessoas ficam nas ruas a procura de emprego realmente não há emprego com tanta burocracia se não se financia imóvel ao comprador não se constrói enfim passados todos esses obstáculos chega o momento da aprovação mas aí o jurídico dos bancos nunca esquece de pedir mais algum documento só para burocratizar um pouco mais o interessado comprador até desanima várias são as pessoas que desistem no meio do caminho e preferem continuar pagando aluguel para se ter uma idéia de cada 10 pessoas que compram um imóvel só 5 chegam realmente ao fim da linha e de fato conseguem assinar seus contratos com os bancos por isso que eu digo conseguir financiamento é uma missão quase impossível talvez seja fácil para aqueles que possuem excelente situação financeira ora estes não precisam do financiamento eles pagam a vista a caixa econômica federal tem contribuído muito no setor imobiliário pois é o banco que financia quase todos os imóveis para a população de baixa renda no brasil se o brasil dependesse de bancos privados para atender a demanda poderíamos sentar e chorar especialmente tratando-se de financiamentos para quem tem baixa renda o sistema burocrático brasileiro deve ser totalmente remodelado em média desde a compra do imóvel até a aprovação em qualquer banco privado brasileiro perdem-se 2 meses e em alguns casos chegam até a 4 meses para aprovar o crédito de um único aparta tão grande banco privado só quer financiar imóvel para população de baixa renda classe média e alta mas e a mento perde-se 60 ou 120 dias para aprovar r 100 mil de crédito na caixa a situação é um pouco melhor o tempo gasto está em torno de 20 a 30 dias só para comparar se alguém quer financiar um carro de r 100 mil por exemplo uma mercedes ou uma bmw isso demora apenas 2 dias ora o que é mais importante a casa própria ou o automóvel prioritáriamente o brasileiro precisa morar ou andar de carro É preciso de uma vez por todas desburocratizar a exemplo do setor automobilístico porque não reduzir impostos no setor imobiliário por um período dois problemas sociais estariam sendo resolvidos o déficit habitacional e o desemprego não é o que o governo quer isto é prioridade se a aprovação de crédito dos interessados das construtoras e dos empreendimentos não fossem tão difíceis e tão demoradas com certeza iria se construir muito mais e milhares de empregos seriam gerados o governo precisa parar de fazer projetos que não saem do papel e de fazer discurso no microfone É preciso descer do palanque e começar a trabalhar chega de o marketing precisamos de trabalho seria um grande passo para assistirmos a palavra da moda o espetáculo do crescimento que até agora só está no blá blá blá e nos discursos marcos bigucci é advogado corretor de imóveis membro da diretoria de marketing da associação dos construtores imobiliárias e administradoras do grande abc e diretor da m.bigucci comércio e empreendimentos imobiliários ltda julho/agosto 2004 · www.mbigucci.com.br 11

[close]

p. 12

notícias notícias notícias m.bigucci e caixa econômica federal em prol da comunidade a m.bigucci juntamente com a caixa econômica federal realizou no dia 24 de julho/2004 o trabalho técnico social tts com os futuros moradores do condomínio nova santo andré i em santo andré/sp cuja obra já está em execução a proposta deste trabalho baseia-se na premissa de que a participação comunitária possibilita a manifestação dos adquirentes quanto ao empreendimento tornando-os coresponsáveis pelas ações implementadas o desenvolvimento deste trabalho favorece ainda a busca contínua de melhoria das condições de habitabilidade a partir do comprometimento dos adquirentes com a conservação das uniclientes do condomínio nova santo andré i no tts dades e preservação do espaço comunitário constituindose em fator determinante à sua satisfação bem como para a cultura da adimplência a m.bigucci acredita que com isso estará cada vez mais próxima da vossa missão que é promover o desenvolvimento pessoal de todos os colaboradores e fornecer produtos de qualidade sem maiores custos e desperdícios para o mercado imobiliário na busca constante de atender as necessidades de vossos clientes pois desta forma a empresa obteve o certificado iso 9001/00 12 www.mbigucci.com.br · julho/agosto 2004

[close]

p. 13

imóveis ranking de vendas dos corretores período 16/06/04 a 15/08/04 imóveis imóveis 1º lugar ronald 2º lugar aleixo 3º lugar silmara anuncio m bigucci julho/agosto 2004 · www.mbigucci.com.br 13

[close]

p. 14

por dentro das obras por dentro das obras por dentro das obras independence park ipiranga sp fundações estrutura alvenaria fachada instalações acabamento 100 95 90 30 50 30 elegance morumbi são paulo sp fundações 80 portal dos nobres v assunção ­ sto andré 2ª fase fundações estrutura alvenaria fachada instalações acabamento 100 100 100 100 100 95 nova santo andré vila palmares sto andré fundações estrutura alvenaria 100 15 15 ra pa to ron orar p m morada dos nobres ed príncipe paulicéia sbc fundações estrutura alvenaria fachada instalações acabamento 100 100 100 100 100 100 morada dos nobres ed marquês paulicéia sbc fundações 20 · 14 www.mbigucci.com.br julho/agosto 2004

[close]

p. 15

s por dentro das obras por dentro das obras por dentro das obras morada campestre b campestre s andré fundações estrutura alvenaria fachada instalações acabamento 100 100 100 40 75 50 ra pa to ron orar p m felipe saúde sp fundações estrutura alvenaria fachada instalações acabamento 100 100 100 100 100 100 grand park saúde ­ são paulo villaggio felicitá assunção ­ sto andré fundações estrutura alvenaria fachada instalações acabamento 100 100 100 100 100 100 fundações estrutura 80 15 ra pa to ron orar p m residência guarujá sp fundações estrutura alvenaria fachada instalações acabamento julho/agosto 2004 · 100 100 100 100 70 75 15 www.mbigucci.com.br

[close]

Comments

no comments yet