Revista ConSensu

 

Embed or link this publication

Description

Revista ConSensu Uespar Facitec

Popular Pages


p. 1

consensu ediÇÃo nº 01 2011 revista acadêmica da uespar união do ensino superior do paraná geração y eles querem dominar o mundo

[close]

p. 2

editorial mais um sonho que se torna realidade a primeira edição da revista pretende mostrar a vida acadêmica da uespar/facitec publicar as experiências que representam avanços e realizações desta comunidade acadêmica é gratificante e significa registrar a trilha que leva ao conhecimento depois de quase oito anos de intensas atividades nossa instituição sente-se honrada em fazer parte da vida de seus egressos e dos atuais acadêmicos por meio da publicação de uma revista É gratificante ver nossos estudantes inseridos no mundo do trabalho sendo agentes do desenvolvimento de palotina e de outros municípios como terra roxa maripá iporã francisco alves marechal cândido rondon e nova santa rosa a revista consensu foi idealizada e se tornou uma realidade dentro da faculdade o próprio nome foi o resultado de um brainstorming longo e sistemático entre professores e editores da revista esta tempestade de ideias foi provocada justamente com o intuito de encontrar uma identidade autêntica e de acordo com os padrões da instituição a palavra sensu significa no latim conhecimento o que tem tudo haver com o nosso propósito temos como objetivo com ela enaltecer a linguagem científica e qualitativa dos artigos trazer assuntos de interesse para estudantes e falar sobre a nossa instituição a responsabilidade da uespar/facitec em traduzir pedagogicamente a via de mão dupla entre a humanização e a competência técnica é uma constante dessa forma justificamos nossa própria missão de sermos disseminadores da transformação social dentro dos princípios da liberdade com responsabilidade visando o desenvolvimento do saber da ciência e da tecnologia comprometendo-se cada vez mais com a excelência de ensino a todos uma boa leitura edelar bulegon diretor da facitec sumÁrio expediente presidente da uespar mércio francisco paludo diretor da facitec edelar bulegon secretária acadêmica sônia andreis coordenadora do curso de administração e tecnologia em marketing silvana filippi chiela rodrigues coordenador do curso de ciências contábeis egídio leopoldo scherer coordenador do curso de tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas paulo ivando kempfer coordenadora de pós-graduação adelaide petry paludo jornalista responsável edição dos textos lariane aline paludo revisora eliane maria cabral beck projeto gráfico nasser/dmp gráfica tiragens 700 informaÇÕes ao leitor uespar ­ união de ensino superior do paraná endereço avenida presidente kennedy 2300 palotina pr telefone 44 3649 9002 site www.uespar.edu.br e-mail uespar@uespar.edu.br twitter @uespar_facitec facebook uespar 03 04 05 06 07 08 10 12 13 14 18 19 uespar uespar comemora o reconhecimento dos quatro cursos tecnologia mercado cobiça novos aplicativos para smartphones entrevista entrevista com o professor antônio joão mânfio gestÃo necessidade ou desejo de compra empresas gestão sustentável nas empresas uma necessidade vigente artigo pÓs-graduaÇÃo estudo mostra viabilidade de implantação da piscicultura em maripá comportamento eles querem dominar o mundo manifestaÇÕes a arte na formação da sociedade opiniÃo o refletir como diferencial artigo pÓs-graduaÇÃo recursos metodológicos na relação docente/discente no curso de administração social variedades

[close]

p. 3

consensu revista acadêmica da uespar uespar uespar comemora o reconhecimento dos quatro cursos uespar tem fortes motivos para comemorações no ano de 2011 os cursos de administração ciências contábeis tecnologia em marketing e tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas tads conquistaram o reconhecimento pelo ministério da educação mec a última comissão veio para avaliar o tads nos dias 11 e 12 de agosto e emitiu relatório favorável ao reconhecimento os avaliadores julgaram a estrutura corpo docente satisfação dos alunos e funcionários entre outros são destinados em média dois a três dias na cidade para entrevistar alunos e funcionários conferindo documentação e avaliando a postura de seus dirigentes desde que os cursos foram implantados na uespar eles operam com a portaria de autorização emitida também pelo mec após alguns anos de atividades a faculdade pôde requisitar a visita de comissões para fazer o reco a alunos na biblioteca durante o projeto de leitura que agrega os quatro cursos da instituição nhecimento destes cursos foi no ano de 2007 que a primeira graduação da uespar foi reconhecida conquistando a nota cmb conceito muito bom administração virou referência em palotina e região três anos depois o curso de tecnologia em marketing também foi reconhecido pelo mec e em julho de 2011 a comissão avaliadora emitiu relatório aprovando o curso de ciências contábeis por fim fechando o ciclo de reconhecimento na uespar tads foi aprovado com destaque o que o reconhecimento proporciona a intuição e ao aluno ele é condição necessária para a validade nacional dos respectivos diplomas com o reconhecimento dos cursos a faculdade e os acadêmicos terão a garantia de se formarem numa instituição séria avalizando suas práticas pedagógicas diz o diretor da uespar edelar bulegon faculdade inserida na comunidade um dos propósitos da uespar como instituição séria e preocupada com o desenvolvimento do município é participar ativamente do meio no qual está inserida para isso a instituição renova a cada dois anos a comissão própria de avaliação cpa que é formada pelo corpo docente técnico-administrativo corpo docente e discente sociedade civil e secretária geral É tarefa da cpa coordenar os processos internos de avaliação da instituição sistematizar e prestar informações solicitadas pelo inep em suma é uma comissão que avalia a faculdade e a motiva para mudanças a uespar se destaca também no envolvimento com outras entidades este ano os acadêmicos da empresa junior se mobilizaram numa campanha do agasalho e arrecadaram 700 peças de roupas calçados e acessórios que foram doadas paras as assistências sociais de palotina e iporã os jogos de integração da uespar aconteceram pelo sexto ano consecutivo e reuniram acadêmicos professores amigos e familiares em uma divertida competição esportiva as mães também ganharam destaque na v mostra de talentos promovida pelos alunos no teatro municipal e que reuniu uma plateia de mais de 500 pessoas foto lariane a paludo as mães ganharam destaque na v mostra de talentos nº1 ano 2011 foto lariane a paludo 3

[close]

p. 4

consensu revista acadêmica da uespar tecnologia mercado cobiça novos aplicativos para smartphones um novo segmento de mercado se revela com a entrada arrasadora dos smartphones os aparelhos ganharam tamanha fatia de mercado que hoje trabalham milhares de profissionais para criar aplicativos e saciar os desejos dos consumidores o s novos aparelhos celulares smartphones que surgiram nos últimos anos já estão criando e ainda criarão um grande mercado de trabalho para os profissionais de desenvolvimento de sistemas estes aparelhos tiveram uma grande evolução técnica principalmente pelos novos sensores internos tela touch com capacidade de múltiplos toques e gps entre outros esta evolução permitiu que uma imensidão de programas fossem criados para uso nos celulares com grande versatilidade no desenvolvimento muitos desenvolvedores já estão fazendo programas genéricos para as mais variadas situações desde os tradicionais jogos que agora estão mais interessantes até programas com funções curiosas simples ou avançadas como por exemplo a bússola cronômetro contadores de passos velocímetro gps automotivo com viva voz ­ inclusive falando nome da rua distância velocidade previsão de chegada notícias em tempo real de diversas agências e portais enfim milhares de programas esta gama de programas deixa o aparelho interessante e com muitas utilidades alguns brincam que o mais incrível é que ele até pode ser usado para fazer ligações telefônicas os líderes iphone e android entre os smartphones atuais os dois concorrentes que se destacam são os aparelhos que possuem sistema operacional iphone ios e android o iphone que é o irmão mais velho e agora está na versão os 4.x já possui mais de 185 mil aplicativos enquanto o android ganha mercado rapidamente depois de lançada a versão 2.x em outubro de 2010 em dezembro já possuía mais de 42 mil aplicativos disponíveis apesar da grande capacidade comercial de empresas como microsoft e nokia alguns sistemas perdem terreno rapidamente windows mobile que lançou a versão phone 7.0 no natal de 2010 o blackberry os 5.0 que tem sistema proprietário e o palm web 1.0 que é de junho de 2009 ainda tem o sistema symbiam que já foi muito forte no mercado dos smartphones segundo o site businessinsider em março deste ano o iphone já tinha 350 mil aplicativos e o android 250 mil entre os especialistas há quem afirme que a apple dona do iphone ganha a parada no confronto com o android mas também é uma certa unanimidade dizer que a qualidade do aparelho é fruto do esforço incansável e quase insano do gênio steve jobs que faleceu no dia 5 de outubro deste ano a favor do android o respeitado instituto gartner fez uma previsão de que em 2015 ele terá maioria no mercado outro ponto é o fato dele ter código aberto e grandes empresas como a google estão apostando muito nesse sistema aplicativos para tablets e smartphones os sistemas apple e android disputam outro mercado além do smartphones o dos tablet esse é um nicho crescente no mundo todo os aplicativos desenvolvidos em sua maioria funcionam tanto em tablets como em smartphones independendo de qual sistema e quais aparelhos dominarão o mercado o certo é que haverá grande procura por profissionais que desenvolvam aplicativos para eles a massificação do uso já criou outros nichos de mercado e em breve nossos comércios locais necessitarão de programas para permitir que pessoas usem o smartphone ou o tablet para locar o filme encomendar a pizza agendar a consulta do médico pagar a conta do restaurante abastecer o carro ou solicitar um atendimento ou serviço de qualquer tipo autor paulo ivando kempfer coordenador do curso de tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas tads da uespar/facitec a massificação do uso já criou outros nichos de mercado e em breve haverá necessidade de programas para permitir que pessoas usem o smartphone ou o tablet para locar o filme encomendar a pizza agendar a consulta do médico pagar a conta do restaurante etc foto lariane a paludo 4 nº1 ano 2011

[close]

p. 5

consensu revista acadêmica da uespar entrevista vistas grossas sobre o ensino É indiscutível a afirmativa de que o ensino sofreu profundas mudanças com o tempo e foi moldado pelas novas gerações desde a época em que estudantes lutavam para ocupar uma cadeira na universidade até os dias atuais em que estudar passa a ser requisito na vida profissional o que não deve mudar é o método de ensino ­ o mestre deve falar e ensinar com autoridade intelectual e disciplinar sobre o assunto leia a entrevista com o professor antônio joão mânfio consensu pela sua experiência na docência no transcorrer dos anos qual a sua percepção sobre as mudanças que ocorreram no comportamento dos alunos de ensino superior antônio os alunos acompanharam o ritmo das mudanças e transformações eles refletem mas também prenunciam não tendo compromisso em serem guardiões do passado eles detêm sensibilidade maior para auscultar o tempo que se aproxima a globalização trouxe a promessa de fartura sem limites isso já era buscado pelos jovens ávidos por consumir mais a oferta de bens e serviços tendo os jovens como público preferido foi aumentada a partir da década de 90 um dos produtos oferecidos foi o ensino superior não tanto pela excelência do conhecimento ou como fator de humanização da sociedade mas como passatempo entre as décadas de 40 e 70 houve no brasil um surto de interesse pelo estudo poucas eram as vagas e grande era o desejo de estudar lutas memoráveis da união nacional dos estudantes une focavam o aumento de vagas como mote a universidade era medíocre então os acadêmicos estudavam nos corredores em grupos de adesão em seminários congressos promoções realizadas pelas entidades estudantis hoje é incontrolável a indisciplina e inquietante o imobilismo de jovens que se interessam com coisas que os promova sem esforço pessoal consensu no seu entendimento quais seriam os métodos mais adequados para ensinar esses alunos antônio a aula clássica não pode desaparecer o mestre deve falar e ensinar com autoridade intelectual e disciplinar deve-se manejar a dialogicidade entre mestres e estudantes deve haver buscas conjuntas construções compartilhadas livro e realidade devem estar sempre conectados aprende-se inicialmente a partir do que se fez e se pensou e neste caso é necessário ler e fazer metódicas anotações sem temer a decoreba no sentido de reter o que se lê não a memorização mecânica mas a retenção dialética problematizadora É necessário construir alternância copulativa entre a realidade externa e a classe de aula darwin jamais teria descoberto a teoria da evolução se tivesse permanecido na universidade lendo o que outros haviam dito ele embarcou no navio e fez voltas ao mundo da observação metódica e bem orientada nascem os novos conhecimentos os alunos dizem eu sei mas não consigo expressar o que sei essa sumidores neles há vibração humanista que se desfaz tão logo entram no duro mercado de trabalho que lhes exige comportamentos de submissão e adesão ao que está estabelecido a liberdade de que desfrutam no espaço universitário os embala a imaginar relações sociais também mais humanas com certeza a grande maioria deseja clima de paz e amor como era tido pelos hippies para que a cultura do humanismo vigore é necessário trabalhar mais os elementos de ensino que valorizem e foquem a condição humana como eixo de todo o ensino não como disciplina mas como orientação para isso a universidade poderia prestigiar iniciativas de voluntariado organizado permanente a arte a criação cultural a participação nos eventos cívicos a busca por soluções dos problemas locais que atingem todos foto lariane a paludo a universidade é o tempo e lócus privilegiado de suscitar sentimentos de cidadania triste confissão dos alunos empacados nos assegura que se deve insistir no exercício da elaboração própria e da colocação em comum daquilo que se elabora como construção original o resto é reprodução e imitação consensu como o ensino superior pode contribuir para formar o bom cidadão antônio a universidade é o tempo e lócus privilegiado de suscitar sentimentos de cidadania a juventude é a etapa da gratuidade e dos sonhos em tese os jovens desejam um mundo melhor anseiam pela justiça querem o bem buscam a solidariedade eles temem o mundo sem sentimentos puramente economicista e concorrencial dentro do qual serão meros con antônio joão mânfio graduação em filosofia pontifícia universidade católica puc paraná pósgraduação em metodologia do ensino superior unb brasília pós-graduação em planejamento de sistemas educacionais instituto de estudos avançados em educação iesae /rio de janeiro mestre em educação fundação getúlio vargas rio de janeiro 1979 entrevista realizada pela coordenadora de pós-graduação da uespar adelaide petry paludo leia a entrevista na íntegra no site da uespar www.uespar.edu.br nº1 ano 2011 5

[close]

p. 6

consensu revista acadêmica da uespar gestÃo necessidade ou desejo de compra um abismo separa o consumo consciente do consumismo exacerbado frente as tentações do mundo moderno é cada vez mais comum ver pessoas se afundando em dívidas e cheques especiais entenda a importância da gestão de finanças pessoais e orçamento familiar para nossas vidas g estão das finanças pessoais e orçamento familiar constituem uma tarefa nem sempre fácil estudos indicam que o descontrole das finanças representa gastar mais do que se ganha cuja causa principal reside na falta de caracterização e definição clara do que é necessidade o segredo do sucesso na gestão das finanças pessoais e orçamento familiar consiste em definir quais são as suas necessidades e as da família com isso planejar todos os gastos considerando sempre a renda pessoal e familiar disponível mas afinal por que fazer este planejamento todo mundo traça sonhos e objetivos na vida e para que eles sejam realizados e atingidos sem surpresas durante o percurso toda a família precisa elaborar seu orçamento familiar não basta apenas equilibrar os ganhos e despesas benjamin franklin já dizia um centavo poupado é igual a um centavo ganho o objetivo não é ficar rico mas um meio de viver bem a natureza nos impõe fases e limites em termos de capacidade de trabalho aos sessenta anos poucos de nós estaremos capacitados a trabalhar no mesmo ritmo do que quando tínhamos trinta planejamento um bom começo é fazer uma listagem dos gastos fixos mensais aluguel luz telefone água gás condomínio transporte educação assistência médica alimentação entre outros acrescente ainda a esta lista gastos eventuais para os quais reserve uma parte de seu salário pois eles muitas vezes são inesperados remédios consertos em geral cabeleireiro oficina mecânica lazer e outros trata-se de fazer um planejamento incluindo toda a renda todos os gastos separar parte do saldo para constituir uma margem de segurança para eventos não previstos bem como formar não basta apenas equilibrar os ganhos e despesas benjamin franklin já dizia um centavo poupado é igual a um centavo ganho uma poupança após ter a noção do tamanho de seu orçamento familiar bem como a extensão de seus gastos é preciso começar a aprender a controlar seus impulsos de gastar educação financeira neste processo de planejamento do orçamento familiar o ideal é trabalhar a educação financeira com todos os integrantes da família inclusive as crianças não apenas dizer quais os gastos que deverão ser cortados É falar de objetivos e metas É falar de sonhos É todos juntos pensar quais são os objetivos considerando horizonte de curto médio e longo prazo e o que pode ser feito para alcançá-los por exemplo começar a repensar os gastos da própria casa economizando energia uma televisão em modo stand by consome r 6 por mês e não custaria tirar o plugue da tomada quando não estiver em uso É mudar sua rotina orçamento equilibrado as vantagens deste processo são muitas e a principal é planejar e organizar melhor o futuro da sua família mantendo o orçamento equilibrado o exercício consiste em capacitar a família a ter uma visão geral sobre o uso de sua renda despesas e investimentos bem como evitar compras feitas por impulso que acabam consumindo o dinheiro de outras necessidades não deixando assim que sua família esteja em dificuldades na hora de honrar compromissos economizar em pequenas coisas faz grande diferença em seu orçamento no final do mês poupar significa guardar parte do rendimento recebido É uma definição simples porém muito difícil de colocar em prática para alcançar os seus sonhos estabeleça o quanto deve ser guardado a cada mês não se esqueça estes valores devem ser considerados no seu orçamento familiar mesmo sendo jovem preocupese com ele não basta apenas ter bom emprego e comprar tudo o que deseja mas também é pensar no futuro autor ms egídio leopoldo scherer coordenador do curso de ciências contábeis da uespar/facitec 6 nº1 ano 2011

[close]

p. 7

consensu revista acadêmica da uespar empresas gestão sustentável nas empresas uma necessidade vigente uma mudança na postura das organizações e da sociedade se faz urgente e necessária É preciso pensar de forma sustentável mesmo que a atividade da empresa não tenha impacto direto no meio ambiente modelo de desenvolvimento econômico vigente no mundo pós-revolução industrial tem levado a um consumo exagerado de bens e serviços atrelados ao conceito de qualidade de vida por uma parcela cada vez maior da população mundial o consumismo gerado por este modo de funcionamento da economia global aliado às atividades humanas ao longo dos últimos três séculos está tornando o próprio modelo insustentável pois afeta o meio ambiente a fonte de todos os recursos utilizados no processo produtivo as organizações e a sociedade como um todo retiram da natureza os recursos de que necessitam para a sobrevivência e a manutenção do modo de vida estabelecido no entanto esta retirada em grande escala sem os devidos cuidados gerou uma situação de degradação ambiental ou seja esgotamento dos recursos naturais poluição dos solos dos recursos hídricos e da atmosfera incapacidade da biosfera em absorver a carga de resíduos e mais recentemente os problemas associados ao aquecimento global e às mudanças climáticas relatório brundtand diante deste cenário uma mudança na postura das organizações e da sociedade se faz urgente e necessária a ideia de sustentabilidade foi apresentada pelo relatório brundtand em 1987 em que afirma que todas as formas de relação do homem com a natureza devem ocorrer com o menor dano possível ao ambiente as políticas os sistemas de produção a transformação o comércio os serviços agricultura indústria turismo mineração e o consumo têm de existir preservando a biodiversidade segundo este mesmo documento o desenvolvimento sustentável satisfaz as necessidades presentes sem com o prometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades a construção do conceito de sustentabilidade por todas as partes envolvidas exige necessariamente a adoção de uma visão sistêmica de longo prazo para que tanto no planejamento como na execução das operações sejam contempladas todas as variáveis do complexo problema global a transição do modelo de desenvolvimento atual rumo à sustentabilidade tem sido portanto o grande desafio enfrentado pelos principais segmentos da sociedade empresas governos e sociedade civil organizada as empresas que já acataram e internalizaram este conceito de gestão sustentável dos recursos quer o tenham feito por consciência quer o tenham feito por razões promocionais têm se deparado com a dificuldade de operacionalizar este conceito e tornálo claro a todos os seus stakeholders públicos interessados ainda assim muitas organizações que se preocupam com o meio ambiente onde estão inseridas desenvolvem um conjunto de práticas que visam minimizar ou então recuperar os efeitos de suas ações energia 1 sabesp embalagem 11 baram reciclagem empresas do bem a revista istoÉ dinheiro em sua edição de nº 704 de 06 de abril de 2011 apresenta as 50 empresas do bem segundo a revista não se trata de um ranking mas sim de uma seleção de iniciativas voluntárias de cinquenta empresas que desenvolveram mecanismos para não só dar destinação correta aos resíduos resultantes do processo produtivo mas também obter dividendos econômicos e de imagem iniciativas como estas são muito bem vindas e demonstram que as empresas brasileiras aos poucos estão se conscientizando dos problemas relacionados ao meio ambiente e pondo em prática projetos que visem uma gestão sustentável para alguns autores a gestão sustentável ou sustentabilidade empresarial só será realidade em todo o mundo se os consumidores se unirem e promoverem uma grande onda de esclarecimento e de cobrança consciente a fim de que os empresários entendam que o lucro pelo lucro está comprometendo a própria continuidade das organizações autora ms silvana c rodrigues coordenadora do curso de administração e tecnologia em marketing da uespar/facitec gestÃo de resÍduos equipamentos 41 estre ambiental 42 braskem 43 chevron brasil 44 sulamérica 45 light 21 camargo correa 31 walmart 22 vulcan 32 ambev 33 spal 34 baxter 35 codesp 2 mafrig/seara 12 nestlé 3 mcdonald s 13 pão de açúcar 23 santander 4 solvi 5 embaré 6 monsanto 7 vale 8 petrobras 9 souza cruz 10 copel 14 natura 24 hsbc 15 green business 25 renault 16 novelis 17 o boticário 18 merial brasil 19 bombril 20 philips 26 fiat 27 wtorre 28 denovo 29 bradesco 30 banco do brasil 36 bm&fbovespa 46 itautec 37 white martins 47 café bom dia 38 cyberlar 39 levi s 40 arcelormittal 48 naturalis brasil 49 itaú unibanco 50 tetra pak fonte revista istoÉ dinheiro de 06/04/2011 p 71 nº1 ano 2011 7

[close]

p. 8

consensu revista acadêmica da uespar artigo pÓs-graduaÇÃo estudo mostra viabilidade de implantação da piscicultura em maripá a piscicultura é uma atividade que vem se desenvolvendo em um ritmo acelerado no país dentro do setor agropecuário e pode ser utilizada como uma segunda fonte de renda para os produtores rurais porém como ocorre com todas as novas opções de produção sua implantação deve ser bem planejada e precedida de estudos e pesquisas os quais indiquem segurança na produção a piscicultura possui uma boa lucratividade no entanto deve-se considerar também que muitas pessoas que decidem investir na produção de peixes não têm a menor ideia do que venha a ser criar com qualidade baixo custo e sustentabilidade o brasil sendo uma das maiores fontes de água doce do mundo apresenta um grande potencial para o crescimento da produção de peixes conforme diz teixeira filho 1991 p 1 a piscicultura integra um segmento do setor primário e deve ser encarada como mais uma alternativa de expansão desse setor uma das maiores vantagens é que para a criação e engorda de peixes não há necessidade de grandes áreas e normalmente é implantada em locais que não servem para outras atividades rurais como por exemplo em áreas alagadas além disso é uma atividade que pode ser vinculada com outras atividades da propriedade propriedade em maripá para a sustentação dessas informações foram coletados dados em uma propriedade localizada no município de maripá pr onde o proprietário já trabalha com agricultura produção de leite suínos e busca a diversifica ção com a piscicultura antes de iniciar no ramo da piscicultura é preciso analisar todos os gastos que serão necessários para sua implantação além do retorno previsto para o investimento para que essa atividade ser torne rentável para o produtor é preciso tomar algumas medidas como por exemplo construir uma quantidade mínima de tanques que possa proporcionar uma renda mensal ao piscicultor portanto o cultivo de uma espécie que tem um período de engorda de 180 dias deve ser de pelo menos sete tanques podendo fazer o abastecimento de um tanque por mês garantindo que a partir do sexto mês terá uma renda mensal a estimativa dos gastos para a construção desses tanques na região em 2010 foi de aproximadamente de r 100.000,00 podendo ser construído com recursos próprios ou por meio de financiamento opções para o produtor vale destacar que economicamente essa atividade não é muito valorizada pois o mercado ainda está muito instável a cultura da população ainda não está totalmente voltada a uma alimentação mais saudável e falta incentivo dos grandes empresários na valorização do consumo de pescados na região existe a opção do produtor se associar a uma cooperativa onde terá suporte desde a aquisição dos alevinos até sua entrega após a engorda nessa opção o produtor fornece apenas o local e a mão de obra além de ter sua produção encaixada no mercado outra forma é ser autônomo isto é o produtor tem autonomia de pesquisar melhores preços da matéria prima e também da venda podendo assim obter um maior lucro mas corre o risco de não conseguir vender seu produto em tempo hábil 8 nº1 ano 2011

[close]

p. 9

consensu revista acadêmica da uespar · capacidade de pagamento descrição renda bruta custos financiamento saldo líquido descrição renda bruta custos financiamento saldo líquido 2010 159.304,50 105.956,68 53.347,82 2015 202.955,49 132.019,94 11.179,78 59.755,77 2011 175.190,10 113.827,88 12.984,82 48.377,40 2016 204.985,04 133.554,93 10.979,65 60.450,46 2012 196.986,60 127.553,08 11.780,18 57.653,34 2017 207.034,89 135.113,86 10.779,52 61.141,51 2013 198.956,47 129.019,55 11.580,05 58.356,87 2019 211.196,29 138.305,90 10.379,25 62.511,14 2014 200.946,03 130.508,33 11.379,91 59.057,79 2020 213.308,25 139.772,72 10.179,12 63.356,41 2018 209.105,24 136.697,32 10.579,39 61.828,53 estudo de viabilidade na propriedade estudada antes da implantação da piscicultura o produtor possuía uma renda prevista anual de aproximadamente r 57.000,00 referente a agricultura que representava 44 o leite com 42 e suínos com 14 com o investimento da nova atividade a agricultura passará a representar 15 suínos 5 o leite 15 e a piscicultura 65 sendo assim a previsão de sua renda passará a ser de r 160.000,00 aproximadamente esse retorno só se dá pelo baixo custo de produção e pela garantia de venda do produto já que o agricultor optou em trabalhar como cooperado de acordo com as informações obtidas pode-se observar que a piscicultura é uma atividade muito rentável porém ainda pouco explorada na região para comprovar essas informações utilizou-se dois métodos diferentes os quais comprovaram a viabilidade do projeto com a taxa interna de retorno tir o produtor conseguirá atingir o retorno mínimo esperado também utilizou-se o método valor atual líquido val no qual se pode observar que as entradas são maiores que as saídas de caixa mesmo com a difícil inclusão do produto no mercado percebe-se que o pequeno produtor rural ainda possui um amplo espaço a ser conquistado podendo assim considerar a piscicultura economicamente viável aproveitamento do campo hoje é possível encontrar várias propriedades da região que possuem áreas não produtivas por estarem em locais alagados ou que não servem para a agricultura que é a principal atividade na região e é nesses locais que se pode ver um grande potencial para a implantação da piscicultura pois geralmente são locais com solo argiloso e com abundância de água isso sem falar no aumento da renda familiar do produtor com o desenvolvimento mundial cada vez mais encontram-se famílias rurais que precisam abandonar a vida rural para tentar sobreviver na cidade e para que isso não se torne rotina entre todos os agricultores eles precisam buscar outras fontes de renda para se sustentar e se manter no campo a piscicultura até pouco tempo era vista como uma atividade extensiva ou seja o produtor mantinha um açude apenas para consumo não cuidando diariamente e deixando se reproduzirem de forma natural mas aos poucos esse conceito está mudando e cada vez mais produtores estão investindo na piscicultura intensiva todas as etapas da produção são acompanhadas com atenção aumentando a produção e a qualidade dos produtos · financiamento através do pronaf na tabela foi apresentado a condição de pagamento do investimento utilizando-se da opção de financiamento através do pronaf onde o produtor quitou a dívida em até 10 anos sem prejudicar as demais atividades tendo ainda o benefício de um ano de carência autores artigo sintetizado produzido pelas administradoras francielle biff e suzana zanettin para a conclusão da pós-graduação gestão financeira e controladoria da uespar professor orientador ms egídio leopoldo scherer nº1 ano 2011 9

[close]

p. 10

consensu revista acadêmica da uespar comportamento eles querem dominar o mundo impacientes egocêntricos e audaciosos são algumas das características dos representantes da famosa geração y jovens nascidos a partir da década de 80 que vêm revolucionando as empresas com olhares descontraídos motivados pelo meio em que são inseridos e preocupados com o meio ambiente n ão há limites de espaço ou de tempo para esta geração tudo é possível para esses jovens eles querem dar sentido à vida e rápido enquanto fazem outras dez coisas ao mesmo tempo diz anderson sant anna professor de comportamento humano da fundação dom cabral com vinte e poucos anos de idade eles se consideram aptos a assumir cargos de chefia e aceitam qualquer desafio em nome da promoção pessoal neste percurso a busca pelo significado das coisas é a expressão mais usual e que dá sentido a vida uma pesquisa da fundação instituto de administração fia/usp revelou que 99 dos jovens enquadrados nesta geração y só se mantém envolvidos em atividades que gostam e 96 acreditam que o objetivo do trabalho é a própria rea lização É comum eles permanecerem pouco tempo na função ou no emprego tratarem seus superiores como amigos ou baterem a porta quando não são reconhecidos o sentido da letra dados do último censo do ibge realizado no ano passado apontaram que o brasil conta hoje com 24 milhões de jovens com idade entre 18 e 24 anos que pertencem a chamada geração y nascidos após a década de 80 a letra y é uma alusão ao período em que a união soviética exercia domínio sobre os países de regime comunista definindo por exemplo a primeira letra dos nomes que deveriam ser dados aos bebês em determinados períodos nas décadas de 80 e 90 a principal letra era a y foi assim que muitos especialistas começaram a adotar o y para designar esta nova geração a vida profissional ­ os jovens da geração y ditam novas regras no trabalho e estão angariando olhares mais interessados das corporações isto porque a velocidade para eles é alucinada e os resultados precisam ser mais rápidos e os desafios constantes como é o caso de leonardo facco que com apenas 22 anos de idade assume a função de gerente financeiro numa franquia de cursos telepresenciais como a maioria dos colegas dedicados como ele a impossibilidade de crescimento dentro da empresa é o principal fator que leva ao abandono procuro sempre pensar num futuro promissor tomando atitudes que impactam num curto prazo sou um eterno inconformado sempre penso que posso aprender mais e por isso busco foto lariane a paludo diferentes personalidades mas com os mesmos sintomas da geração y renata souza é inquieta e se autodenomina tecnologicamente dependente já leonardo se classifica como eterno inconformado nunca acha que sabe o bastante e entende que agora é a hora de conquistar seu espaço no mercado de trabalho 10 nº1 ano 2011

[close]

p. 11

consensu revista acadêmica da uespar novas alternativas destaca para alcançar tamanha proeza o jovem admite que muitas vezes deixa de lado a família para trabalhar agora é a hora de eu conquistar meu espaço reflete o mundo virtual ­ consumidores ávidos da geração 3.0 estes jovem são totalmente descolados e naturalmente tecnológicos esta é a primeira geração que não precisou aprender a dominar as máquinas pois tv celular e computador já faziam parte de suas vidas desde pequenos o dado não é surpreendente mas estudos comprovam que quem convive com ferramentas virtuais desenvolve um sistema cognitivo diferente daqueles que não possuem essa mesma interação a jovem renata souza se identifica com a geração y principalmente pelo seu jeito inquieto a necessidade constante de iniciar novos projetos e por se autodenominar tecnologicamente dependente ela conta que traça inúmeros planos e sonha repetidamente meu planejamento é acelerado mas meus sonhos mudam constantemente conforme minhas prioridades do momento a maioria deles é audacioso alguns consigo alperiodo cançar outros perdem a graça com o passar do tempo conta retenção nas empresas ­ este grupo de jovens começa a invadir as empresas mas as corporações ainda patinam quando a tarefa é segurar estes profissionais É o que afirmam especialistas da área de recursos humanos e gestores de dez grandes empresas no brasil consultados pelo jornal folha de são paulo em matéria publicada no mês de julho diferentemente das gerações anteriores salários altos não bastam para reter estes jovens mais do que remuneração diferenciada 1945 1946 1964 1965 eles precisam de desafios para sentirem-se parte da corporação e evidentemente importantes ainda existe uma estrutura muito hierarquizada na progressão da carreira dentro das corporações e o jovem profissional percebe que pode demorar muito para evoluir para cargos mais altos explica thaís blanco consultora da aon hewitt ao se tratar de uma nova geração e não de modismos pré-estabelecidos é impossível e inviável lutar contra seus costumes a não ser se adaptar a eles um novo mundo está traçado e nos leva a pensar como será a próxima geração 1977 1978 · tradicionais É a geração que enfrentou uma grande guerra e passou pela grande depressão com os países arrasados precisaram recons,truir o mundo e sobreviver são práticos dedicados gostam de hierarquias rígidas ficam bastante tempo na mesma empresa e sacrificam-se para alcançar seus objetivos · baby-boomers são os filhos do pósguerra que romperam padrões e lutaram pela paz já não conheceram o mundo destruído e mais otimistas puderam pensar em valores pessoais e na boa educação dos filhos têm relações de amor e ódio com os superiores são focados e preferem agir em consenso com os outros elton john 1947 · geraÇÃo x nesse período as condições materiais do planeta permitem pensar em qualidade de vida liberdade no trabalho e nas relações com o desenvolvimento das tecnologias de comunicação já podem tentar equilibrar vida pessoal e trabalho mas como enfrentaram crises violentas como a do desemprego na década de 80 também se tornaram céticos e superprotetores · geraÇÃo y com o mundo relativamente estável eles cresceram em uma década de valorização intensa da infância com internet computador e educação mais sofisticada que as gerações anteriores ganharam autoestima e não se sujeitam a atividades que não fazem sentido em longo prazo sabem trabalhar em rede e lidam com autoridades como se eles fossem um colega de turma fonte revista galileu É a vez da geração y nos últimos 60 anos três gerações marcaram época e mudaram os valores e o jeito de a sociedade pensar confira nº1 ano 2011 11

[close]

p. 12

consensu revista acadêmica da uespar manifestaÇÕes a arte na formação humana mesmo que não se perceba vivemos diariamente variadas formas de arte seja na dança pintura literatura e outras representações com a supervalorização da memorização das informações deixou-se de lado os aspectos intuitivos e criativos e favoreceu a falta de integração social reflita sobre as interferências que a arte pode fazer na sua vida d esde os tempos primitivos o homem busca manifestar-se por meio de desenhos gravuras símbolos e todos os demais tipos de linguagem É por meio destas manifestações que permanecem apesar da passagem do tempo que conhecemos a história da humanidade quadros textos músicas esculturas são estudados e passamos a conhecer o que nossos antepassados sentiam suas experiências suas crenças enfim seu modo de vida para muitos estudiosos quando se fala destas formas de linguagem estamos nos referindo à arte vista por vigotski em sua obra psicologia da arte como uma técnica social do sentimento um instrumento da sociedade através do qual incorpora ao ciclo da vida os aspectos mais íntimos e pessoais do nosso ser realidade construída a linguagem artística auxilia na compreensão da realidade que é construída desde a infância até o indivíduo se tornar membro da sociedade e este vai absorvendo modos de pensar juízos de valor de acordo com as imagens sons que são apresentados ao longo de sua existência ideia de beleza representada em imagens do corpo humano narrativas que passam valores morais cantigas que nos dão o conceito do bom e do ruim auxiliam a construir nossa forma de analisar o mundo há portanto uma constante revisão consciente ou inconsciente dos significados que são percebidos nas manifestações humanas que podem ser expressos além dos comportamentos sociais por meio de manifestações artísticas essa socialização constante efetuada por meio de apresentações teatrais letras de músicas pinturas esculturas ou seja de diferentes linguagens transmitidas nas conversas nas diferentes leituras no debate nos questionamentos nas contradições permite as mudanças ou seja o indivíduo é formado pelos outros mas também se forma reflete a realidade e a refrata variadas formas o ser humano forma-se e desenvolve-se criando vínculos de diversas ordens com inúmeras realidades a vida familiar a escola a cidade a paisagem a tradição as amizades as obras culturais o trabalho os valores nessa diversidade o papel da arte está presente na vida do homem diariamente nas suas mais variadas formas dança música pintura literatura arquitetura teatro sons entre outras representações assim de alguma forma a arte se faz presente no cotidiano mesmo que não se perceba por que então não valorizamos ou não damos espaço na sociedade atual às manifestações artísticas a realidade observada é a supervalorização da memorização de informações e uma grande negligência em relação aos aspectos intuitivos e criativos que as artes proporcionam sabe-se que todas as formas de conhecimento são importantes na formação do ser humano mas é preciso pensar um pouco nos conhecimentos que contribuem para o desenvolvimento expressivo comunicativo criativo e cognitivo e favorecem a interação social fatores indispensáveis para tornar esta sociedade que ora se apresenta um pouco mais humana aboporu de brasileira tarsila do amaral é a tela brasileira mais valorizada no mundo o nome vem do latim e significa homem que come gente e faz referência à antropologia modernista que se propunha a deglutir a cultura estrangeira e adaptá-la à realidade brasileira autora prof ms eliane maria cabral beck 12 nº1 ano 2011

[close]

p. 13

consensu revista acadêmica da uespar opiniÃo o refletir como diferencial leitura é fundamental para o aprendizado ao certo o tema não é novo mas continua atual no momento em que a uespar/facitec lança a sua revista é importante retomar o assunto pois será oportunizado ao universo acadêmico mais um meio de acesso aos temas relevantes da ciência mas principalmente é dada a oportunidade de criar a academia deve preocupar-se com a formação do espírito crítico e para desenvolvê-lo há que existir estímulo à leitura É pela inspiração propiciada pela leitura que conseguimos desenvolver o raciocínio e desta forma aprendemos a expressar nossas opiniões e além disso produzimos ciência mas a leitura pela leitura não basta É necessário refletir não podemos esquecer que quando lemos estamos trilhando o caminho elaborado por outra pessoa repetir o que já foi escrito contribui para preguiça de raciocínio deve-se ler mas pensar refletir sobre o que foi lido e atrelar o aprendido à prática às circunstâncias da existência da vida a o pensar normalmente é suprimido quando lemos deixamo-nos levar pelo autor nosso espírito perde a plasticidade necessária para a criação fica impregnado pela imposição de pensamentos alheios o raciocínio crítico fica prejudicado nas palavras de schopenhauer se lemos continuamente sem pensar depois no que foi lido a coisa não se enraíza e a maioria se perde em geral não acontece com a alimentação do espírito outra coisa que com a do corpo nem a quinquagésima parte do que se come é assimilado o resto desaparece para que a leitura alimente o espírito é necessário pensar refletir ser crítico face ao que foi lido caso contrário muito pouco será assimilado e não criaremos nada de novo nenhuma qualidade é adquirida pela leitura dos autores que as possuem o que podemos é por meio dela despertar em nós tais qualidades trazê-las à consciência esta é a única maneira de a leitura educar-nos na medida em que nos ensina o uso que podemos fazer de nossos dons naturais É necessário ler e refletir sobre o que foi lido desta forma buscaremos o ser melhor pelo aprimoramento de nossas qualidades e pela produção cientificamente criativa e relevante nos temas propostos refletir sobre o que lemos e escrever para fixar o aprendido método simples e eficiente de prepararmo-nos para a vida profissional mais uma ferramenta nos é dada façamos uso dela com sabedoria o pensar normalmente é suprimido quando lemos deixamo-nos levar pelo autor nosso espírito perde a plasticidade necessária para a criação fica impregnado pela imposição de pensamentos alheios o raciocínio crítico fica prejudicado autor ms ronildo chiaradia filho foto lariane a paludo pela inspiração propiciada pela leitura que conseguimos desenvolver o raciocínio e desta forma aprendemos a expressar nossas opiniões nº1 ano 2011 13

[close]

p. 14

consensu revista acadêmica da uespar artigo pÓs-graduaÇÃo recursos metodológicos na relação docente/discente no curso de administração resumo constata-se que a sala da aula se configura como um ambiente em que as relações estabelecidas entre professores e alunos são decisivas no processo pedagógico por esta razão faz-se necessária uma discussão a respeito dos métodos e técnicas utilizados pelos professores para repassar os conteúdos e como as relações de sentido são estabelecidas por meio do discurso pedagógico para tal realizou-se uma pesquisa em um curso de administração constatando que a maioria dos professores se utiliza da aula expositiva ou seja a linguagem oral o discurso como forma de explanação dos conteúdos após embasamento teórico fez-se uma explanação sobre o que se entende por discurso em seguida discute-se a argumentação como uma atividade discursiva que se realiza para a apresentação de pontos de vista que são construídos revistos e negociados em sala de aula dessa forma ao examinar o papel da argumentação em discursos de professores busca-se perceber como se dá a negociação das diferentes formas de opinião existentes em sala de aula sobre os mais diferentes assuntos palavras-chave relação professor/aluno discurso argumentação ason the purpose of this study is to discuss the methods and techniques used by teachers to pass the subject to his pupils and verify how relationships are established through pedagogical discourse from the perspective on the research done in a business administration course it was observed that the majority of teachers use the expositive classes as a way of teaching i.e the use of oral language speech as a way of explaining the subject matter the following is an explanation of what is meant by discourse and a debate where the argumentation is seen as a discursive activity that takes place for the presentation of views that are built reviewed and negotiated in the classroom thus when examining the role of argumentation in teachers discourse is wanted to become conscious how is the negotiation of different opinions that exists in the classroom on many different topics key-words interaction teacher/student discourse/speech argumentation 1 introduÇÃo há no cenário da docência inúmeras pesquisas a respeito do papel do professor na relação ensino/aprendizagem tem-se que a prática docente apresenta uma infinidade de possibilidades no que diz respeito à aprendizagem ora as discussões centram-se no aluno ora no conteúdo e na maioria das vezes no professor no entanto percebe-se que falta para o docente do ensino superior respaldo teórico em relação às práticas que permitam uma aprendizagem mais eficaz por parte do profissional que se pretende formar a grande maioria dos professores ¹beck e m c ²rodrigues s f c ¹professora de língua portuguesa ²coordenadora do curso de administração que por razões e interesses diversos ingressa na docência em universidades são de variados conhecimentos e áreas de atuação e em sua maioria não tiveram nenhum contato anterior com os conhecimentos nas áreas das ciências humanas e sociais para compreender interpretar e aplicar a prática numa perspectiva filosófica e política de educação acredita-se que a função da universidade seja proporcionar momentos de reflexões com o objetivo de mediar a construção e reconstrução dos conhecimentos com o intuito de alcançar a qualidade formal com a qualidade política componentes intrínsecos à formação docente para que este possa atingir os objetivos que a instituição lhe propõe quando o aceita como professor mÉtodos e tÉcnicas no processo ensino/aprendizagem a prática docente tem sido permeada por profundas discussões no que diz respeito à utilização de diferentes métodos para o processo de ensino aprendizagem e com muito mais intensidade do que em qualquer outra época notadamente no ensino superior segundo gil 2007 as discussões que permeiam o ensino universitário vão do perfil do profissional que a universidade deve formar até o que fazer para tornar o ensino mais eficaz e em se tratando de eficácia no processo ensino/aprendizagem a discussão mais constante é sobre os métodos e técnicas para alcançá-la tanto os métodos e técnicas tradicionais quanto os novos segundo piletti 1984 apresentam vantagens e desvantagens decidir qual deles utilizar em um curso ou sala de aula exige dos methodological resources in teacher-student interaction in business administration course abstract it is consensual that the classroom is an environment where the relationship between teachers and pupils is decisive in pedagogical process for that re 14 nº1 ano 2011

[close]

p. 15

consensu revista acadêmica da uespar profissionais envolvidos com a educação uma análise das diversas variáveis envolvidas no processo bem como das vantagens e desvantagens de cada método em relação ao público-alvo como afirma gadotti 2000 ambos serão utilizados para a educação do futuro prevalece no entanto o método tradicional e nele mais especificamente a aula expositiva que é ainda um método amplamente utilizado no processo de ensino/aprendizagem não só no ensino superior como também no ensino médio e nas séries mais avançadas do ensino fundamental essa ampla utilização da exposição oral deve-se segundo gil 2007 a alguns fatores que se destacam como a economia a flexibilidade a versatilidade a rapidez e a ênfase no conteúdo É interessante observar que na maioria das vezes segundo o autor p 138 o intenso uso da exposição oral deve-se muito mais a circunstâncias de natureza administrativa por ser uma estratégia econômica flexível rápida e que pode ser aplicada mesmo por quem não detenha muitos conhecimentos pedagógicos a aula expositiva apresenta outras vantagens além daquelas já mencionadas pois facilita a apresentação organizada do conteúdo permite a comunicação de experiências e observações pessoais que não são possíveis por outros meios é útil para a apresentação de conteúdos que ainda não estão disponíveis nos livros não representa ameaça ao estudante já que não lhe são exigidas manifestações a sua utilização nas aulas do ensino superior mais especificamente no curso de administração é bastante grande conforme comprovam os estudos de souza 2003 e dias 2008 gil 2007 ressalta a importância das emoções na exposição oral e sugere aos professores que adotam a aula expositiva que se assemelhem a atores de teatro ou seja estimulem a emoção para atrair e prender a atenção dos seus alunos além da utilização das emoções para captar a atenção do acadêmico o professor pode ainda utilizar-se de outras formas de comunicação como mudanças na expressão facial intensidade velocidade ritmo e volume de voz expressão corporal e o contato visual para pontuar a apresentação e enfatizar idéias a voz é indiscutivelmente o principal meio de comunicação para transmissão de conhecimento além de transmitir emoções gil 2007 afirma que por meio da voz pode-se conhecer algumas características das pessoas como vêem e pensam o mundo pois mesmo sem querer as pessoas expressam quanto estão alegres ou tristes seguras ou inseguras tranqüilas ou tensas entre outras para o autor os cuidados com a voz do docente são primordiais mas a comunicação em sala não decorre apenas da voz ou seja todo o corpo fala os movimentos da cabeça e do tronco a posição das pernas e dos pés o movimento dos braços e das mãos as contrações do rosto a expressão do olhar qualquer gesto enfim expressa uma mensagem que pode apresentar ou não coerência com a mensagem emitida por meio da voz a gesticulação quando natural e coerente com a fala contribui para o entendimento das mensagens emitidas ou seja amplia o poder da palavra para tanto é preciso que o docente saiba quais são os gestos que utiliza quais são mais expressivos e pertinentes bem como aqueles que devem ser evitados por serem exagerados ou por não contribuírem para a compreensão das mensagens que estão sendo transmitidas diante do exposto observa-se que prevalece no contato do professor com o aluno a exposição oral o uso da linguagem o uso de gestos do olhar reforça a fala do professor é na oralidade no discurso que a aula se desenvolve questiona-se como esse discurso interfere ou auxilia no processo ensino aprendizagem o discurso do professor e sua influÊncia no processo de ensino/aprendizagem parte-se do princípio que discurso se relaciona com a enunciação e com as condições de produção e de recepção isto é há um locutor que profere um discurso neste caso o professor num determinado espaço a sala de aula em um período de uma hora aula para um interlocutor o aluno com todas as características que se encontra em sala de aula tem-se que ao estabelecer um discurso as pessoas apresentam seu modo de pensar e buscam por diversos meios persuadir o ouvinte a aderir à sua opinião sobre este ou aquele modo de pensar quando se trata de discussões em sala de aula entre professor e aluno ou entre alunos no momento em que são levantadas questões polêmicas como religião política futebol entre outras a tentativa de convencimento da verdade é muito comum o locutor professor ou aluno tenta argumentar e defender seu ponto de vista argumentar entendido como um meio de persuasão de acordo com breton 1999 p 11 a argumentação é um meio poderoso para se fazer partilhar uma opinião e a evolução da linguagem dos modos de comunicação dos valores que tem tanta importância na argumentação fazem dela uma matéria viva para dittrich 2003 p.22 por meio da linguagem se transmitem conhecimentos informações ao interlocutor e se tenta persuadi-lo sobre determinados pontos de vista argumentação a linguagem como qualquer outro aspecto da realidade não se apresenta previamente organizada em uma série clara e incontroversa de fatos a linguagem segundo marx 1998 é a consciência real prática que aparece com a carência com a necessidade dos intercâmbios com os outros homens ela é essencialmente um fenômeno social onde existe uma relação existe a linguagem segundo marx somente ao ser enunciado pela palavra um pensamento torna-se real para o outro e portanto para si mesmo algumas nº1 ano 2011 15

[close]

Comments

no comments yet