Livreto Cidades Sustentáveis

 

Embed or link this publication

Description

Livreto Cidades Sustentáveis

Popular Pages


p. 1

cidades sustentÁveis livreto de resultados

[close]

p. 2

xxv prêmio jovem cientista cidades sustentÁveis livreto de resultados

[close]

p. 3

conselho nacional de desenvolvimento científico e tecnológico cnpq presidente glaucius oliva diretores manoel barral netto paulo sergio lacerda beirão guilherme sales soares de azevedo melo ernesto costa de paula serviço de prêmios rita de cássia da silva gerdau diretor-presidente ceo andré b gerdau johannpeter presidente do conselho do instituto gerdau klaus gerdau johannpeter vice-presidente do instituto gerdau beatriz gerdau johannpeter diretor do instituto gerdau josé paulo soares martins ge presidente e ceo ge américa latina reinaldo garcia líder do centro de pesquisas da ge brasil kenneth herd diretor de marketing ge américa latina marcos leal gerente de relações públicas governamentais da ge brasil ieda passos fundação roberto marinho presidente josé roberto marinho secretário-geral hugo barreto superintendente executivo nelson savioli gerente de meio ambiente andrea margit coordenadora de projetos marcia pinto

[close]

p. 4

sumÁrio livreto de resultados introdução 4 resultados da categoria graduado 6 resultados da categoria estudante do ensino superior 16 resultados da categoria estudante do ensino médio 26 resultados da categoria mérito institucional 34 resultado da categoria menção honrosa 40 parceiros 44 temas do prêmio jovem cientista 50

[close]

p. 5

introduÇão

[close]

p. 6

estimular a pesquisa científica no país e valorizar estudantes e pesquisadores que não medem esforços para transformar suas ideias em soluções para os desafios brasileiros esses são os principais objetivos do prêmio jovem cientista que nesta edição comemora 30 anos instituído em 1981 o prêmio é resultado da parceria entre o conselho nacional de desenvolvimento científico e tecnológico cnpq a fundação roberto marinho a gerdau e a ge uma das características do prêmio jovem cientista é a proposição de temas atuais e de interesse direto da população no ano em que a humanidade atingiu a marca de 7 bilhões de habitantes dos quais 50 vivem nas cidades a escolha do tema cidades sustentáveis não poderia ser mais oportuna especialmente no brasil que no curto período de 50 anos passou a ser um país urbano com 84 dos seus quase 191 milhões de habitantes morando em cidades a resposta ao tema foi um novo recorde de inscrições foram 2.321 trabalhos de jovens que aceitaram o desafio de propor soluções capazes de transformar seus ambientes desses 1.967 chegaram de estudantes do ensino médio e 354 de graduados e estudantes do ensino superior o prêmio jovem cientista agracia os três melhores trabalhos e os professores que atuaram como orientadores nas categorias graduado estudante do ensino superior e estudante do ensino médio recebem o mérito institucional as duas instituições uma universidade e uma escola de ensino médio que inscreverem o maior número de pesquisas com mérito científico o prêmio também confere menção honrosa a um pesquisador com título de doutor com ampla experiência e capacidade de formação de pesquisadores e produção científica no tema da edição a premiação é feita pela presidente da república e reúne na cerimônia autoridades governamentais nas áreas de ciência e tecnologia além de respeitados nomes da ciência brasileira os vencedores também recebem bolsas do cnpq como estímulo para a continuidade de suas pesquisas e contribuição para o desenvolvimento do país introdução 5

[close]

p. 7

graduado resultado da categoria

[close]

p. 8

1º lugar uende aparecida figueiredo gomes universidade federal de minas gerais ufmg 2º lugar karin regina de casas castro marins universidade de são paulo usp 3º lugar alejandra marÍa gÓmez jimÉnez universidade de brasília unb

[close]

p. 9

lugar 1º uende aparecida figueiredo gomes universidade federal de minas gerais ufmg belo horizonte mg intervenções de saneamento básico em Áreas de vilas e favelas um estudo comparativo de duas experiências na região metropolitana de belo horizonte pesquisadora da ufmg analisa intervenções de saneamento básico em áreas de vulnerabilidade social em pesquisa sobre o acesso ao saneamento básico o instituto brasileiro de geografia e estatística ibge apontou que quase metade dos municípios brasileiros 44,8 não tinha rede coletora de esgoto em 2008 na região norte por exemplo 96,5 das cidades não dispõem do serviço pensando em desenvolver projetos que promovam a ampliação do acesso aos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário a pesquisadora uende gomes de 29 anos propôs uma avaliação comparativa de intervenções de saneamento básico em três áreas de vilas e favelas em minas gerais o trabalho lhe rendeu o 1º lugar na categoria graduado do xxv prêmio jovem cientista 8 livreto de resultados xxv prÊmio jovem cientista

[close]

p. 10

os locais escolhidos para a pesquisa de uende foram a vila nossa senhora de fátima em belo horizonte e as vilas ipê amarelo e nova esperança em contagem para avaliar como as intervenções se desenvolvem nessas áreas ela realizou uma análise comparativa de ações as categorias avaliadas foram participação social intersetorialidade articulação entre sujeitos de setores sociais diversos para enfrentar problemas complexos adequação tarifária altos custos podem levar usuários a buscar fontes de água inseguras e disposição inadequada dos esgotos e regularização fundiária as áreas excluídas do acesso aos serviços concentram-se nas periferias e são caracterizadas pela ocupação irregular a coleta de dados foi feita por meio de entrevistas observação de campo e análise de documentos e levou em consideração o contexto social e econômico no qual as intervenções se desenvolvem bem como as opiniões crenças e significados que os processos envolvidos representam para os técnicos e para a população beneficiada uende contou com a ajuda das lideranças comunitárias dessas áreas para realizar o trabalho de campo participar das reuniões e visitar os locais onde as intervenções estavam ocorrendo com as informações obtidas ela identificou as pessoas que posteriormente foram entrevistadas 11 moradores e 7 técnicos envolvidos nas intervenções ao final da pesquisa uende concluiu que a estrutura da sociedade brasileira com seu elevado grau de desinformação e altos índices de desigualdade social tem reflexo nas concepções de intervenções em saneamento básico ela acredita que a maior contribuição de seu trabalho para a construção de uma cidade sustentável consiste na geração de conhecimentos originais sobre intervenções de saneamento básico em áreas de vulnerabilidade social onde exclusão informalidade e pobreza constituem fatores que dificultam ainda mais o acesso dessas populações a serviços tão essenciais para a vida humana categoria graduado 9

[close]

p. 11

a pesquisa é capaz de contribuir nesse sentido porque foi sensível aos aspectos subjetivos que determinam as crenças opiniões e valores de técnicos e populações beneficiadas em contraposição aos trabalhos tradicionalmente desenvolvidos nesta área que são marcadamente tecnicistas ou seja entendem que a concepção das intervenções requer meramente uma visão da infraestrutura física explica para saber mais uende aparecida figueiredo gomes uendefigueiredo@yahoo.com.br 31 3831-2311 31 8885-32311 léo heller orientador heller@pq.cnpq.br heller@desa.ufmg.br 31 3409-1958 31 9174-8072 10 livreto de resultados xxv prÊmio jovem cientista

[close]

p. 12

2º lugar karin regina de casas castro marins universidade de são paulo usp são paulo sp ferramenta computacional para planejamento de cidades limpas e energeticamente eficientes ferramenta computacional possibilita planejamento urbano sustentável a partir da identificação de melhores níveis de eficiência energética a baixa qualidade do ar nas grandes metrópoles e suas consequências para a saúde da população predominantemente urbana levaram karin marins de 33 anos a desenvolver uma ferramenta computacional para suporte ao planejamento energético e ambiental dessas áreas com a integração de estratégias e soluções urbanísticas arquitetônicas de mobilidade e geração distribuída de energia tendo por base princípios de sustentabilidade a ferramenta auxilia no desenvolvimento de planos diretores em projetos relacionados à implementação das políticas de mudanças climáticas bem como em projetos de eficiência energética em edificações e transporte urbano o trabalho rendeu à pesquisadora da escola politécnica da universidade de são paulo o 2º lugar na categoria graduado do xxv prêmio jovem cientista o desenvolvimento e a aferição da ferramenta ­ estruturada a partir do uso de planilhas eletrônicas de excel ­ partiram da elaboração de categoria graduado 11

[close]

p. 13

um embasamento teórico referencial abrangendo o aprofundamento teórico em questões relativas ao uso e à geração de energia em áreas urbanas edifícios e transportes climatologia morfologia e mobilidade urbanas além de emissões de poluentes esse estudo permitiu identificar e correlacionar condicionantes urbanos que impactam na forma e na quantidade de energia consumida nas cidades em seguida foram selecionadas estratégias variáveis parâmetros e indicadores e definido um detalhado conjunto de procedimentos de cálculo baseados em equações produzindo resultados e indicadores quantitativos de orientação para planejamento quanto à estruturação física e funcional urbana e ao consumo energético e geração de poluentes associados as equações foram sistematizadas em planilhas eletrônicas que auxiliaram inclusive no próprio ajuste metodológico devido à estruturação lógica e visual dos procedimentos e às rápidas possibilidades de simulação de diferentes alternativas a ferramenta computacional foi testada no caso da operação urbana Água branca no município de são paulo e utilizada para construir 216 situações urbanas diferenciadas para a área além da situação de referência subsidiando as análises e conclusões sobre os diversos resultados multidisciplinares envolvidos assim como a verificação de sua aplicabilidade em outras áreas urbanas com base na aplicação ficou provado que a ferramenta permite a identificação de melhores níveis de eficiência energética por meio de estratégias integradas entre os condicionantes de morfologia e mobilidade urbanas edificações energia e meio ambiente comprovando a tese em questão a integração de todos esses dados na operação urbana Água branca resultaria na redução do consumo total de energia da área da ordem de 15 a 17 significando em termos quantitativos uma economia da ordem de 230,3 gwh/ano a 253,5 gwh/ano o que seria suficiente para atender em 1,2 a 1,4 vezes a demanda inicial estimada para o total de edificações comerciais e residenciais da área nesse caso além dos cenários apresentados diversos 12 livreto de resultados xxv prÊmio jovem cientista

[close]

p. 14

outros podem ser compostos e analisados por meio da ferramenta para suporte ao desenvolvimento e reorganização de outras áreas urbanas no país desde que variáveis e parâmetros sejam adequados a cada realidade o uso dessa ferramenta relacionada à metodologia criada pode contribuir amplamente para o planejamento de áreas urbanas brasileiras com melhores níveis de integração e eficiência energética funcional e ambiental podendo ser aplicada em planos e estudos pela administração pública universidades e instituições parceiras envolvidas nos projetos avalia karin para viabilizar a disseminação do uso da ferramenta e sua comercialização a pesquisadora pretende produzir um software que poderá ampliar as interpretações dos resultados de forma gráfica e não só quantitativa mas para isso precisa estabelecer parcerias por enquanto ela vislumbra a possibilidade de prestar assessoria em estudos e projetos urbanos tendo por base a aplicação da metodologia desenvolvida para saber mais karin regina de casas castro marins karin.marins@poli.usp.br 11 3801-3327 11 3091-5107 11 9697-5758 marcelo de andrade roméro orientador maromero@usp.br fau@usp.br 11 3763-6997 11 9145-9148 11 3091-4797 categoria graduado 13

[close]

p. 15

3º lugar alejandra maría gómez jiménez universidade de brasília unb brasília df estudo experimental de um agregado reciclado de resíduo de construção e demolição rcd para utilização em pavimentação doutoranda da unb mostra que entulho gerado na demolição do estádio mané garrincha pode ser reutilizado em obras de pavimentação a região do distrito federal é conhecida nacionalmente pela carência de materiais adequados para estruturas de pavimentação as jazidas de cascalho encontramse em fase de esgotamento e as reservas de brita de qualidade são insuficientes paralelamente uma grande quantidade de entulho é gerada pelas atividades da construção civil com isso em mente a engenheira e hoje doutoranda da área de geotecnia da unb alejandra maría gómez jiménez de 32 anos decidiu verificar se os resíduos de construção e demolição rcd gerados na destruição do estádio mané garrincha poderiam ser reutilizados em obras de pavimentação o trabalho que começou a ser desenvolvido no mestrado rendeu à pesquisadora o 3º lugar na categoria graduado do prêmio jovem cientista para verificar a aplicabilidade da proposta amostras do entulho do estádio foram submetidas a processos de triagem para retirar materiais contaminantes de grandes proporções como pedaços de madeira plástico ferro pvc etc e de britagem para triturar e reduzir o entulho o material resultante agora 14 livreto de resultados xxv prÊmio jovem cientista

[close]

Comments

no comments yet