Figuras de sintaxe-exercícios

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

figuras de sintaxe leia o poema a seguir de reynaldo jardim e responda às questões de 1 a 6 eu vejo uma gravura eu vejo uma gravura grande e rasa no primeiro plano uma casa À direita da casa outra casa lá no fundo da casa outra casa em frente da casa uma vala onde escorre a lama doutra casa e no chão da casa outra vala onde escorre o esgoto doutra casa esta casa que eu vejo não se casa com o que chamamos uma casa pois as paredes são esburacadas onde passam aranhas e baratas e os telhados são folhas de zinco e podem cair a qualquer vento e matar uma mulher que mora dentro e matar a criança que está dentro da mulher que mora nessa casa ou da mulher que mora noutra casa É preciso pintar outra gravura com casas de argamassa na paisagem crianças cantando a segurança da vida construída à sua imagem joana em flor rio de janeiro josé Álvaro editor 1965 p 63 wagner avancini/angular argamassa mistura de cal ou cimento com areia e água usada para assentar tijolos vala fosso zinco tipo de metal que em folha é empregado para cobrir casas e galpões 278 português linguagens william roberto cereja e thereza cochar magalhães

[close]

p. 2

1 o poema se intitula eu vejo uma gravura gravura é o mesmo que um quadro uma pintura a o que retrata essa gravura uma favela um aglomerado de casas mal-construídas miseráveis b essa gravura retrata uma paisagem fictícia fruto da imaginação do artista ou uma paisagem real conhecida em nosso país justifique uma paisagem real comum nas grandes cidades do país como rio de janeiro são paulo recife e outras 2 a linguagem do poema organiza-se de forma a chamar a atenção sobre si para esse fim as figuras de sintaxe cumprem um papel importante a na 1ª estrofe uma palavra é omitida várias vezes por já ter sido expressa anteriormente qual é essa palavra vejo b qual é a figura de sintaxe que corresponde à ausência dessa palavra zeugma professor também é possível subentender outro verbo como há nesse caso a figura seria a elipse 3 observe a 3ª estrofe do poema da casa elipse a nos versos e matar uma mulher que mora dentro é omitido um termo que complementaria a palavra dentro qual é esse termo e qual figura de sintaxe corresponde à sua ausência b nos versos ou da mulher que mora noutra casa são omitidas duas orações inteiras já expressas anteriormente quais são essas orações e a qual figura de sintaxe corresponde essa omissão matar a criança e que está dentro zeugma c nessa estrofe nota-se o emprego sistematizado da conjunção e que figura de sintaxe essa repetição constitui e que efeito de sentido ela cria no texto polissíndeto reforça a indignação do eu lírico diante dessas casas que não são casas 4 nestes versos da 2ª estrofe esta casa que eu vejo não se casa com o que chamamos uma casa português linguagens william roberto cereja e thereza cochar magalhães a que jogo de sentidos é feito com a palavra casa b nesses versos que sentimento o eu lírico revela x· indignação · pena · raiva o autor emprega a palavra casa com dois sentidos como verbo com o sentido de combinar e como substantivo com o sentido de moradia · esperança 5 o espaço assume um papel importante na construção do texto na 1ª estrofe a casa em destaque está totalmente cercada por outras casas a ponto de o esgoto de uma passar dentro de outra na 3ª estrofe o texto faz referência à criança que está dentro da mulher que mora nessa casa a tanto em uma estrofe quanto na outra como é a organização do espaço nessa favela pequeno insuficiente e desorganizado b que efeito essa organização do espaço tem sobre a qualidade de vida das pessoas por quê a qualidade de vida das pessoas é ruim pois elas vivem amontoadas 6 o poema em estudo é longo apresenta 44 versos apesar disso uma das características de sua linguagem é o predomínio da zeugma e da elipse que são figuras de sintaxe que tornam o texto mais sintético em razão da supressão de termos ou de orações buscando semelhanças entre a forma e o conteúdo do texto indique as palavras que completam adequadamente as afirmações a seguir a o poema é grande longo assim como a é grande cheia de casas favela b no interior do texto ou seja na sua linguagem são suprimidas palavras e orações assim como no interior da favela é suprimido o espaço além de outros elementos necessários a uma e resposta pessoal sugestões conforto segurança higiene argamassa vida humana digna tais como 279

[close]

p. 3

leia o anúncio a seguir e responda às questões de 7 a 9 petrobras folha de s paulo 23/8/2001 7 o enunciado principal do anúncio é ambíguo isto é apresenta duplicidade de sentidos a que sentido tem o enunciado curta de montão considerando-se curta uma forma verbal b e que sentido ele tem considerando-se curta um substantivo filme curta-metragem divirta-se aproveite verbo outros elementos estariam em elipse como por exemplo curta de montão [os filmes curta-metragem da mostra 9 os provérbios são frases de caráter prático e popular que têm quase sempre forma sucinta por isso muitas vezes há neles termos subentendidos isto é apresentam casos de elipse ou zeugma fazendo as adaptações necessárias reescreva os provérbios abaixo explicitando os termos subentendidos veja um exemplo tal pai tal filho o filho é tal qual o pai é professor as respostas são pessoais as apresentadas são sugestões a b c d e f 280 amigo de todos amigo de ninguém quem é amigo de todos não é amigo de ninguém antes pouco do que nada É melhor ter pouco do que não ter nada casa de ferreiro espeto de pau em casa de ferreiro o espeto é feito de pau homem calado muito cuidado tome muito cuidado com homem calado cada macaco no seu galho cada macaco deve ficar no seu galho pai avarento filho pródigo quando o pai é avarento o filho é pródigo português linguagens william roberto cereja e thereza cochar magalhães 8 compreendido em um ou em outro sentido esse enunciado apresenta elipses explique em que elas consistem caso curta seja um substantivo várias palavras estariam em elipse como por exemplo [filmes curta [metragem de montão [para você assistir caso seja

[close]

Comments

no comments yet