Catálogo | Marlene Huskes

 

Embed or link this publication

Description

Exposição individual da artista plástica Marlene Huskes, realizada pelo Sesc Blumenau, em 2012, com curadoria de Carla Carvalho. Ficha técnica: Projeto gráfico: Aline Assumpção | Liquidificador Fotografia: Charles Steuck | Liquidificador

Popular Pages


p. 1

mostra sesc de arte contemporÂnea

[close]

p. 2

mostra sesc de arte contemporânea marlene huskes sesc blumenau 2012

[close]

p. 3

marlene hüskes a busca por uma poética simples no envolvimento com o trabalho de marlene é possível perceber que é caracterizado por uma pesquisa formal marca da sua poética a artista tem sua pesquisa voltada para a cor e a forma elas se articulam e se estruturam de maneira que o leitor perceba o cruzamento entre tema e formalidade suas obras partem de uma busca pessoal num mergulho espiritual que está presente em diversos momentos de sua trajetória o universo da espiritualidade ou melhor a busca espiritual parte do homem/mulher sua materialidade e posteriormente por suas crenças a relação entre a vida real e o místico se funde numa organização estruturada em que nada parece estar fora do lugar importante lembrar na organização sempre há certo caos no processo que possibilita o equilíbrio seja na arte ou no espírito suas pesquisas partem da sua experiência consigo mesma talvez num processo de catarse em que os auto-retratos aparecem em suas formas femininas nesses corpos a artista busca as linhas e formas que se processam que levam a abstração os signos tomam corpo e se fundem a uma pesquisa centrada mais no tema e na formalidade do que necessariamente ao aprimoramento técnico no decorrer de sua trajetória a artista abre mão do tema e seu trabalho se foca nas cores e formas a abstração é como que conseqüência de um processo de auto-elaboração na arte na vida.

[close]

p. 4

as grandes massas de cores e as formas geométricas aparecem É como se pegasse a tela ou o papel e definisse sobre eles territórios a serem preenchidos seja com formas cores recortes que se constituem signos e que dialogam com o leitor a tinta não dá conta e a artista explora esses campos de cores e formas em outros suportes como as colagens de contact sobre papel e ainda sobre outros suportes como é o caso da própria parede nessa pesquisa amplia o sentido da pintura em experiências nas quais repete o que faria com a tinta muda o suporte muda o recurso muda a arte o campo se expande e a artista percebe novas possibilidades nessa mostra apresentamos um recorte da obra da artista a seleção partiu dos elementos presentes em sua trajetória e que constituem marcas em suas recentes pesquisas esta não pode ser considerada uma retrospectiva pois não dá conta da dimensão das séries elaboradas por marlene nem das técnicas por ela exploradas escolho a pintura em diversas dimensões bem como no campo expandido pois a artista explora novos materiais e com eles pinta e amplia o sentido dessa linguagem carla carvalho nu em azul 2011 óleo sobre tela 0,80 x 0,80 m

[close]

p. 5



[close]

p. 6

nu em vermelho 2011 Óleo sobre tela 0,60 x 0,90 m

[close]

p. 7

homenagem a pedro dantas 2011 |óleo sobra tela 0,52x 0,40 m

[close]

p. 8

série energias ,2009 acrílica sobre tela 0,90 x 0,90 m

[close]

p. 9

metáfora 2008 acrílica sobre tela 0,80 x 0,90 m

[close]

p. 10

série ecos 2oo5 acrílica sobre lona|1,00 x 2,00 m

[close]

p. 11

série ecos 2oo5 acrílica sobre lona|1,00 x 2,00 m

[close]

p. 12

sem título 2004 contact sobre papelão 0,77 x 1,11m

[close]

p. 13

sem título 2004 contact sobre papelão 0,77 x 1,11m

[close]

p. 14

presidência do sistema fecomércio /sc bruno breithaupt diretor regional do sesc roberto anastácio martins diretora de programação social leila echer setor de cultura maria teresa piccoli valdemir klamt curadoria carla carvalho projeto gráfico editoração e fotografia liquidificador comunicação e arte produção executiva jamil antônio dias gerência idelfonso dos santos

[close]

p. 15



[close]

Comments

no comments yet