Revista Construir Mais - Fevereiro de 2012

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

-0,407 revista mensal do sindicato da indÚstria da construÇÃo no estado de goiÁs sinduscon-go cub dezembro ano i1 nº 19 fevereiro/2012 balanço 2011 perspectivas 2012 previsões da cbic sinalizam cbic manutenção de desempenho positivo do setor da construção pág 18 entrevista com o reitor da universidade federal de goiás ufg edward madureira brasil pág 6

[close]

p. 2

colaborador satisfeito empresa produtiva sodexo é mais benefícios para sua empresa e mais qualidade de vida para sua equipe aumento equipe emda produtividade da sua 46 atração e retenção de talentos em 50 melhora dos índices de engajamento em 60 até 4 de redução do imposto de renda isenção de encargos sociais faça parte você também da sodexo com refeição pass e alimentação pass você ao mesmo tempo motiva seus colaboradores e faz um excelente negócio a sodexo tem soluções de acordo com as suas necessidades ligue para a central de negócios sodexo 4004 4946 capitais e regiões metropolitanas 0800 727 22 33 demais localidades se preferir acesse www.solicitesodexo.com.br fonte buck consultants global wellness survey 2009 para as empresas sujeitas a apuração pelo lucro real.

[close]

p. 3

e ditorial expectativa da construção é manter crescimento em 2012 previsões otimistas para a indústria da construção foram anunciadas pela câmara brasileira da indústria da construção cbic em dezembro de 2011 em brasília durante tradicional encontro do presidente da entidade paulo safady simão com representantes dos meios de comunicação a expectativa é de que o financiamento imobiliário continue crescendo em 2012 e contribuindo para incrementar as atividades da indústria da construção o cenário positivo também é acrescentado pelo uso de recursos de poupança e do fundo de garantia do tempo de serviço fgts considerados positivos em 2011 e que deverão se repetir em 2012 além disso espera-se um desempenho positivo do setor com os investimentos previstos no programa de aceleração do crescimento pac 2 a evidente necessidade de ampliar/melhorar a infraestrutura saneamento básico e rodovias a realização da copa do mundo e das olimpíadas no brasil e a segunda etapa do programa minha casa minha vida mas para acompanhar o ritmo acelerado do crescimento na indústria da construção as empresas continuam necessitando de profissionais em quantidade e qualidade para isso o sinduscon-go em parceria com outras entidades como a ademi-go brevemente colocará no ar ampla campanha publicitária que chamará a atenção da sociedade para as vantagens de se trabalhar na construção ­ bons salários acesso a programas de qualificação profissional saúde e segurança além de benefícios que asseguram excelentes oportunidades de ascensão profissional mas esta edição apresenta outras importantes matérias como a entrevista concedida pelo reitor da universidade federal de goiás ufg dr edward madureira brasil na sede do sinduscon-go quando prestou informações relevantes mas para acompanhar o ritmo acelerado do crescimento na indústria da construção as empresas continuam necessitando de profissionais em quantidade e qualidade sobre a formação acadêmica oferecida nos cursos de engenharia da ufg na seção passado presente o leitor poderá acompanhar a trajetória de sucesso da dinâmica engenharia uma empresa sempre à frente de seu tempo renato de sousa correia diretor adjunto da comissão de materiais e tecnologia do sinduscon-go apresenta em artigo informações importantes sobre a norma de desempenho que está em fase final de revisão na associação brasileira de normas técnicas abnt já o presidente do secovi-sp e da comissão nacional da indústria da construção da cbic joão crestana mostra o seu ponto de vista sobre a necessidade do brasil possuir um projeto de nação como o leitor pode observar esta edição da construir mais continua levando ao leitor o que há de mais importante no universo empresarial informação atualizada respaldada por fontes seguras excelente leitura justo oliveira d´abreu cordeiro presidente do sinduscon-go diretoria executiva do sinduscon-go 2010/2013 presidente justo oliveira d abreu cordeiro 1º vice-presidente carlos alberto de paula moura júnior 2º vice-presidente eduardo bilemjian filho diretor administrativo manoel garcia filho diretor adjunto administrativo daniel jean laperche diretor financeiro e patrimonial josé rodrigues peixoto neto diretor adjunto financeiro e patrimonial rodrigo campos ferreira diretor da comissão de economia e estatística ibsen rosa diretor adjunto da comissão de economia e estatística dinésio pereira rocha diretor da comissão da indústria imobiliária roberto elias de lima fernandes diretor adjunto da comissão da indústria imobiliária mário andrade valois diretora da subcomissão de habitação maria amélia alves e silva diretor da subcomissão de legislação municipal ilézio inácio ferreira diretor de materiais e tecnologia sarkis nabi curi diretor adjunto de materiais e tecnologia renato de sousa correia diretor da comissão de concessão privatização e obras públicas valdivino dias de oliveira diretor adjunto da comissão de concessão privatização e obras públicas josé carlos gilberti diretor de qualidade e produtividade humberto vasconcellos frança diretor adjunto de qualidade e produtividade marcelo alves ferreira diretor de construção pesada carmerindo rodrigues rabelo diretor adjunto de construção pesada jadir matsui diretor da construção metálica cezar valmor mortari diretor adjunto da construção metálica joaquim amazay gomes júnior diretor de assuntos jurídicos ricardo josé roriz pontes diretora adjunta de assuntos jurídicos patrícia garrote carvalho diretor da subcomissão de política e relações trabalhistas e sindicais jorge tadeu abrão diretor de saúde e meio ambiente moacyr soares moreira diretor adjunto de saúde e meio ambiente josé augusto florenzano diretor de setor elétrico e telefonia carlos vicente mendez rodriguez diretor adjunto de setor elétrico e telefonia osney valadão marques júnior diretor social e de comunicação darci moreira de lima diretora adjunta social e de comunicação eliane carvalho lima conselho consultivo josé alves fernandes filho paulo afonso ferreira mário andrade valois joviano teixeira jardim sarkis nabi curi josé rodrigues peixoto neto roberto elias de lima fernandes alan alvarenga menezes marcos alberto luiz de campos e Álvaro castro morais suplentes Élbio braz moreira marco antônio de castro miranda e joão arthur rassi conselho fiscal amós vieira wilson luiz da costa e andré luiz baptista lins rocha suplentes doriel natalício da fonseca célio eustáquio de moura e naldo alves mundim representantes junto À fieg roberto elias de lima fernandes e justo oliveira d abreu cordeiro suplentes marcos alberto luiz de campos e guilherme pinheiro de lima representante junto À cbic justo oliveira d abreu cordeiro suplentes carlos alberto de paula moura júnior e mário andrade valois fevereiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 3

[close]

p. 4

s umÁrio 18 matéria de capa as ações realizadas pelo sinduscon-go em 2011 e as perspectivas para 2012 são detalhadas nesta edição que também apresenta dados divulgados pela cbic que demonstram a manutenção do desempenho positivo do setor da construção em 2012 5 artigo brasil e o necessário projeto de nação é o tema do artigo do presidente do secovi-sp e da comissão nacional da indústria da construção da cbic joão crestana 30 registro de eventos acompanhe os últimos eventos que tiveram a participação de representantes do sinduscon-go 6 entrevista o reitor da universidade federal de goiás ufg prof dr edward madureira brasil fala sobre os cursos de engenharia ministrados na instituição 31 banco de empregos está precisando contratar colaboradores para sua empresa confira algumas opções de profissionais que poderão integrar a sua equipe de trabalho 12 construção sustentável infiltração de águas pluviais benefício para o meio ambiente e para a sociedade é o tema tratado nesta edição 32 viva com saúde em fevereiro comemora-se o dia nacional da mamografia leia as orientações do seconci-go sobre o assunto 14 16 inovar é preciso nova tecnologia facilita a instalação e o manejo de elevadores residenciais 34 indicadores econômicos confira o valor do custo unitário básico cub referente ao mês de dezembro/2011 passado presente antenada com o mercado dinâmica engenharia prima pelo empreendedorismo e inovação da indústria da construção no estado de goiás sinduscon-go sinduscon-go filiado à cbic e fieg rua joão de abreu n° 427 setor oeste goiânia-goiás cep 74120-110.telefone 62 3095-5155 fax 62 3095-5177 portal www.sinduscongoias.com.br presidente justo oliveira d abreu cordeiro diretor social e de comunicação darci moreira de lima gerente executiva sebastiana santos edição joelma pinheiro reportagem aymés beatriz b gonçalves beatriz@sinduscongoias.com.br joelma pinheiro joelma@sinduscongoias com.br e valdevane rosa valdevane@sinduscongoias.com.br fotografia assessoria de comunicação social do sinduscon-go e sílvio simões projeto gráfico e diagramação robson duarte publicidade sinduscon-go telefone 62 3095-5155 impressão gráfica art3 tiragem 6.000 exemplares publicação dirigida e distribuição gratuita as opiniões contidas em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores revista construir mais revista mensal do sindicato espaço empresarial consciente das questões ambientais e sociais o sinduscon-go trabalha em parceria com a gráfica art3 que utiliza papéis com certificação fsc forest stewardship council na impressão dos seus materiais informe-se 62 3095-5155 4 sinduscon-go · construir mais · fevereiro 2012

[close]

p. 5

a rt i g o brasil e o necessário projeto de nação a carreira de engenharia está enfraquecida estimativas oficiais apontam que de 3,5 formados no país somente um exerce a profissão conforme o censo da educação superior de 2009 divulgado pelo ministério da educação 420 mil alunos se matriculavam por ano nos cursos de engenharia no brasil mas somente 32 mil se graduavam em contrapartida a china forma anualmente mais de 400 mil a Índia 250 mil a rússia 100 mil e a coreia do sul mais de 80 mil neste último país há 20 engenheiros em cada grupo de 100 formandos aqui são apenas oito para cada 100 além disso dos 10 mil doutores e 30 mil mestres pós-graduados todos os anos pouco mais de 10 estão nas áreas de engenharia ou ciência da computação segundo dados da capes em países asiáticos esse índice chega a 70 essa realidade é muito mais drástica porque os estudantes que conseguem concluir o curso no brasil de uma maneira geral têm dificuldades de comunicação e apresentam graves lacunas culturais a melhora na educação porém poderá fazer da engenharia a principal ferramenta para a construção de um pacto nacional de desenvolvimento coerente abrangente sistêmico e sustentável lembro que em 1930 o mundo atravessava um momento de profunda crise o brasil montou com getúlio vargas um modelo nacional abrangente que atravessou com algumas alterações mais de nove décadas e sobrevive até hoje em 1964 os militares introduziram mudanças significativas país é expressão geográfica e estado é forma de equilíbrio político a pátria porém transcende este conceito é sincronismo de espíritos e corações aspiração à grandeza comunhão de esperanças solidariedade sentimental de uma raça enquanto um país não é pátria seu povo não forma uma nação giuseppe ingegneri mÉdico e filósofo na matriz as diretas já exibiram a sociedade flexionando os músculos para mudanças nacionais os engenheiros poderosos durante todo esse período perderam força nos anos 1980 e 1990 ficaram acanhados e o brasil dirigiu sua esperança para os advogados que nos ensinavam a necessidade da rule of law o estado de direito afinal após longo tempo de catarse social era necessário defender direitos e garantias individuais hoje a democracia está consolidada a economia sólida a inflação controlada os consumidores conscientes com todas essas mudanças estruturais é chegado o momento de desenhar um projeto de nação e a engenharia pode ser a ferramenta de sua proposição esse projeto tem de estar baseado em conhecimento dos recursos e das oportunidades definir com soberania os princípios e conceitos do desenvolvimento sustentável delineando estratégias nacionais de competição será essencial uma grande coalisão social e política um pacto abrangente com interesse nacional joão crestana é engenheiro presidente do secovi-sp e da comissão nacional da indústria da construção da cbic fevereiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 5

[close]

p. 6

e ntrevis ta edward madureira brasil aberta e a serviço da comunidade natural de goiânia go edward madureira brasil formoucivil meio ambiente geotecnia e construção civil elétrica e se em agronomia na universidade federal de goiás ufg computação boa parte dos cursos foi iniciada na nossa gesem 1984 cursou mestrado e doutorado em genética e tão quando do lançamento do programa reuni em 2007 que melhoramento de plantas na mesma instituição após trabalhar permitiu a expansão da universidade ocasião em que priorizacomo pesquisador em uma empresa privada ingressou na mos os cursos relacionados às engenharias visando atender a carreira docente na ufg por meio de concurso público em demanda nacional por mais profissionais nesta área 1994 atuando na graduação e pesquisa com a conclusão do doutorado em 1998 passou a integrar o corpo docente e a concorrência qual das engenharias do programa de pós-graduação em agronomia ministrando têm sido mais procurada qual é a relação disciplinas e orientando teses e dissertações candidato x vaga a procura elevada é ocasua carreira administrativa foi iniciada na coordenação de sionada por que razão estágios na área de agronomia em 1995 sendo coordenador o curso mais procurado tem sido o de engenharia civil para do curso no período de 1996 a 1998 eleito diretor da escola o processo seletivo 2012-1 o número de candidatos inscritos foi de agronomia da ufg em 1998 foi reeleito para um segundo de 53,8 candidatos por vaga no processo seletivo 2011-2 o mandato em 2002 número de candidatos inscritos foi com espírito empreendedor e de 45 candidatos por vaga essa incentivado pela vontade de buscar procura justifica-se principalmenem 2012 os recursos contribuir com o crescimento da te pelo aquecimento do mercado do orçamento da ufg ufg edward madureira brasil asda construção civil em todo o país serão empregados sumiu a reitoria da instituição para e ao déficit ainda existente na forprioritariamente em um mandato de 4 anos no dia 6 de mação de profissionais janeiro de 2006 sua administração três áreas no término foi reconhecida pela comunidade a engenharia civil tem da construção do acadêmica que o reelegeu para um histórico de ser um hospital das clínicas na um segundo mandato em janeiro curso no qual ocorre construção do parque de 2010 gestão que se encerra em grande evasão atualdezembro de 2013 mente qual é a realitecnológico e nas obras o reitor revela que em 2012 dade de recuperação da os recursos do orçamento da ufg a evasão tem inúmeras causas infraestrutura serão empregados prioritariamente ­ desde a expectativa profissional em três áreas no término da consaté a falta de assistência estudantrução do hospital das clínicas na til por ser um curso pesado a engenharia civil exige que o aluno domine bem disciplinas como construção do parque tecnológico e nas obras de recuperação matemática e física e às vezes o conteúdo que ele aprende no da infraestrutura desprendido de vaidades acessível e simples no trato com ensino médio acaba sendo insuficiente para que ele conclua a graduação essa complexidade tem gerado uma evasão em as pessoas além de ser extremamente engajado em dar de si torno de 35 nas engenharias civil e elétrica vale lembrar que o melhor honrosamente a reportagem da revista construir mais em virtude da alta concorrência em engenharia civil os alunos recebeu na sede do sinduscon-go o magnífico reitor da ufg advindos do ensino privado predominam diante desse quadro edward madureira brasil para a seguinte entrevista há 4 anos a ufg implementou uma política de ação inclusiva onde 20 das vagas são reservadas para alunos egressos da quais cursos de graduação na área das escola pública uma ação que visa corrigir um pouco essa disengenharias são oferecidos pela ufg e na torção mas a nossa esperança é que a educação em nosso país área de pós-graduação mestrado e doutocontinue avançando que seja continuamente tratada com mais rado o que a instituição oferece zelo e que não precisemos utilizar sistemas de cotas na graduação são oferecidos os seguintes cursos de engenharia no campus goiânia ­ engenharia ambiental civil a ufg realiza avaliação dos conteúdos computação elétrica mecânica alimentos florestal software programáticos oferecidos principalmente e química no campus catalão ­ engenharia civil de minas e do curso de engenharia civil adaptandode produção no campus jataí é ministrado o curso de enge-os ao avanço tecnológico que o mercado nharia florestal já na área de pós-graduação são oferecidos necessita como isso ocorre no campus goiânia os mestrados em engenharia nas áreas ufg ­ uma universidade 6 sinduscon-go · construir mais · fevereiro 2012

[close]

p. 7

magnífico reitor da universidade federal de goiÁs prof dr edward madureira brasil a atualização é constante periodicamente realizamos revisões no projeto pedagógico do curso o importante na universidade é dar uma forte base de ensino ao aluno criando condições para que ele continue avançando seus estudos de acordo com o que o mercado de trabalho exige já que o avanço tecnológico é constante o aluno que possui uma boa base de ensino consegue acompanhar as novidades tecnológicas a educação continuada é fundamental nas engenharias estamos em pleno avanço na recuperação da nossa infraestrutura quando assumimos a gestão da ufg tínhamos em torno de 600 doutores hoje estamos com quase 1.500 a nossa capacidade competitiva em projetos para atrair recursos para a ufg é grande de um lado temos o governo federal investindo na recuperação da infraestrutura das universidades do outro temos professores capacitados para participar de editais e conseguir financiamento certamente isso nos possibilitará possuir dentro de um prazo de até 2 anos um excelente parque de laboratórios talvez o melhor do centro-oeste brasileiro quais ações a ufg têm realizado para atender a diretriz do governo federal visando formar mais engenheiros em virtude do crescimento do país para se ter uma ideia de 2006 para cá criamos engenharia civil produção e de minas em catalão implementamos a engenharia química mecânica dois cursos na área de engenharia florestal ampliamos mais uma turma de engenharia de computação além de outras engenharias aumentamos as vagas e os cursos tudo isso visando atender a diretriz do governo federal vamos implantar dois novos campi um na cidade ocidental será uma unidade inicialmente mais dedicada à formação de professores e outro em aparecida de goiânia dos 7 cursos ora definidos 5 em serão na área de engenharia como a ufg tem tratado o intercâmbio internacional dos alunos de engenharia civil quais são as principais universidades que abrem as portas para receber esses alunos a internacionalização acadêmica estamos constitui uma das metas estratégicas pleno avanço da ufg e o lançamento do programa ciência sem fronteiras pelo governo é sabido que o estágio é imna recuperação federal disponibilizando 75 mil bolportante para aproximar da nossa sas internacionais até 2014 e mais a academia da realidade infraestrutura 25 mil do setor privado levou-nos do mercado de trabalho quando assumimos a olhar ainda mais atentamente para como a ufg trata essa quesesse objetivo tão o senhor acredita que a gestão da ufg todas as áreas de conhecimento os alunos podem obter no tínhamos em torno são contempladas inclusive a engeestágio um bom complemende 600 doutores nharia civil que tem se beneficiado to na sua formação hoje estamos com de programas de cooperação internaisso é tão importante que vou relacional que priorizam as engenharias tar a minha própria experiência minha quase 1.500 como o próprio ciência sem fronteicarreira administrativa na ufg comeras ou o erasmus mundus ação 2 as çou como coordenador de estágio na parcerias interinstitucionais dependem muito das iniciativas dos escola agronomia acho que o maior trabalho que fiz na ocapesquisadores que desenvolvem projetos conjuntos com seus sião foi o de ampliar as oportunidades de estágio até para pares em instituições estrangeiras fora do estado por entender que o estágio é essencial para o assim a escola de engenharia civil graças aos esforços de estudante É importante que os estudantes tenham experiênseu corpo docente tem uma parceria que se consolida cada vez cias diferentes de campo práticas que complementem a sua mais por exemplo com o insa institut national de sciences formação acadêmica appliquées e a université blaise pascal-clermont ferrand da frança e a universidade de aveiro de portugal muitas univercomo anda o desenvolvimento de pesquisas sidades têm aberto suas portas para os estudantes de engeno âmbito da engenharia civil seus resulnharia civil da ufg no âmbito de programas como o erasmus tados são colocados em prática pelo mermundus o santander universidades ou programas próprios cado e o incentivo para novas pesquisas a como a universidade de coimbra a universidade técnica de ufg tem algum programa de incentivo a ufg mudou seu perfil como aumentamos o número de lisboa o instituto politécnico de bragança em portugal ou a professores doutores temos muitas pesquisas em andamento universidade de stuttgart na alemanha outro fator importante é que felizmente vivemos um momento de aproximação da academia com a iniciativa privada isso as universidades privadas têm modernizado tem gerado o desenvolvimento tecnológico do país temos inseus laboratórios e a ufg seus laboratócansavelmente buscado inúmeros recursos para investir em pesrios de engenharia civil também estão senquisas aplicadas ao mercado de trabalho na área de engenharia do modernizados fevereiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 7

[close]

p. 8

n ot í ciasdos pa rcei ro s consciente construtora e bambuí empreendimentos capacitam seus funcionários a falta de mão de obra qualificada tem sido o principal obstáculo para o crescimento da indústria da construção em goiás faltam pessoas qualificadas em todas as áreas do setor para reverter este quatro construtoras investem em formação e desenvolvem ações de treinamento em parceria com o sesi/senai este é o caso da consciente construtora e da bambuí empreendimentos que entregaram em dezembro/2011 no la musique t-3 esquina com t-51 setor bueno em goiânia certificados de conclusão de cursos profissionalizantes a 42 empregados da empresa o diretor presidente da consciente e presidente da ademi-go ilézio inácio ferreira o diretor regional do senai-go e superintendente do sesi-go paulo vargas e o superintendente substituto do tribunal regional do trabalho e emprego em goiás valdivino vieira entregaram os certificados aos formandos dos cursos de pedreiro marceneiro armador e inclusão digital a formatura ocorreu durante a semana de prevenção de acidentes de trabalho sipat da consciente construtora e bambuí empreendimentos em comemoração à conquista da marca zero acidentes nas obras da empresa foram sorteadas duas motos entre os colaboradores os ganhadores foram o servente ricardo de jesus souza e o eletricista rafael costa de souza foto allisson hugo convênio núcleo de seguros cbic lança site de notícias especializado em mercado imobiliário o mercado imobiliário brasileiro cresceu em 2011 4,8 a razoável estabilidade econômica do brasil a perspectiva de o país sediar dois megaeventos esportivos como a copa do mundo e as olimpíadas e os reflexos provocados pelo programa de aceleração do crescimento pac e pelo programa minha casa minha vida foram alguns dos principais motivos para o resultado positivo do setor com isso a câmara brasileira da indústria construção cbic afirma que a construção civil brasileira será o destaque na economia do país em 2012 com a projeção de crescimento de 5,2 no produto interno bruto pib em um mercado dinâmico e em franca expansão a informação qualificada se torna ainda mais necessária assim o convênio núcleo de seguros cbic criou o aconteceimobi www.aconteceimobi com um site de notícias especialmente voltado para o setor imobiliário conforme rossana costa coordenadora do núcleo o aconteceimobi é mais uma ferramenta para auxiliar na busca de conteúdo sobre o mercado imobiliário a ideia é facilitar o acesso às informações de relevância para o setor explica notícias eventos e artigos de especialistas no ramo trazem a jornalistas e profissionais do segmento imobiliário informações privilegiadas e tendências da área fonte cbic hoje 11/01/2012 edição 245 8 sinduscon-go · construir mais · fevereiro 2012

[close]

p. 9

c omunidade da construÇÃo estado de goiás conquista várias premiações nas áreas de pesquisa e pós-graduação à direita oswaldo cascudo ufg no ato do recebimento do prêmio do ibracon com o geólogo carlos campos o programa de pós-graduação em geotecnia estruturas regional ressalta-se o primeiro lugar no 10º prêmio de meio e construção civil ppg-gecon da universidade federal de ambiente instituído pelo crea-go na modalidade de arquigoiás ufg nível mestrado recebeu em 2011 importantes tetura e urbanismo conquistado por eufrosina terezinha premiações tanto no contexto nacional quanto nos âmbileão carvalho ex-aluna do gecon e jorge tadeu abrão tos regional e local o esforço e a competência do seu corcom base em pesquisa de mestrado do ppg-gecon sob a po docente aliados à qualidade dos alunos e dos trabalhos orientação do professor maurício martines sales desenvolvidos têm propiciado bons resultados obtendo o dentre as premiações individuais dos professores destareconhecimento de entidades e instituições externas à ufg ca-se o prêmio ary frederico torres na modalidade destaque dentre as premiações coletivas destaca-se a dissertação profissional nacional em tecnologia do concreto conferido da aluna sandra kurotusch de melo orientada pelas proao professor oswaldo cascudo atual coordenador do ppgfessoras nicole hasparyk professora convidada de furnas -gecon com a outorga do ibracon outro reconhecimento centrais elétricas e helena carasek cujo trabalho foi conregional veio com o prêmio josé henrique feitosa pereira ousiderado o melhor mestrado nacional na área de materiais torgado pela unb ao professor gilson gitirana júnior e destide construção pelo instituto brasileiro do concreto ibracon nado a pessoas que contribuem de forma significativa para o ainda de caráter nacional destaca-se o 2º lugar na battle of desenvolvimento técnico e científico da geotecnia na região concepts boc concurso promovido pela empresa promon centro-oeste engenharia conquistado a partir de um trabalho oriundo do mestrado premiações do aluno daniel arthur nnang meconferidas o esforço e a togo com orientação da professora pelo ibracon competência do seu lílian rezende no contexto local na linha de durabilidade corpo docente aliados do concreto a dissertação da à qualidade dos sandra kurotusch de melo teve como título o estudo da foralunos e dos trabalhos mação da etringita tardia em desenvolvidos têm concreto por calor de hidratação propiciado bons do cimento o reconhecimento resultados obtendo do ibracon como melhor dissertação nacional na linha de mao reconhecimento de teriais de construção veio pelo entidades e instituições caráter científico e contributivo externas à ufg ao entendimento dos processos de expansão no interior do concreto com consequente deterioração do material mediante a formação tardia de compostos de tri-sulfoaluminato de cálcio hidratado ­ etringita no caso tem-se como agente indutor deste fenômeno patológico o calor de hidratação do cimento aspecto relevante em elementos estruturais de grande porte que envolvem significativos volumes de concreto também foi agraciado pelo ibracon o professor oswaldo cascudo coordenador da comunidade da construção projeto desenvolvido pela associação brasileira de cimento portland ­ abcp em conjunto com o sinduscon-go com a outorga do prêmio ary frederico torres conferido por seu destaque nacional em tecnologia do concreto fevereiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 9

[close]

p. 10

e s pa Ç ojur í dico gisele ferreira de andrade coordenadora do departamento de pessoal da gpl engenharia ltda a assessoria jurídica do sinduscon-go responde o empregador poderá proceder à rescisão contratual em virtude de pedido de demissão de empregado em gozo de estabilidade provisória local competente do ministério do trabalho e emprego ou muitas empresas têm dúvidas sobre a legalidade de se proceder a rescisão contratual a pedido do empregado que da justiça do trabalho ante o exposto uma vez atendidos os dispositivos legais anteriormente mencionados e ainda se encontra em gozo de estabilidade provisória para dirimir tal questão é necessário saber se o trabalhador em questão considerando ser a estabilidade uma limitação ao poder de ação do empregador e não do empregado e ainda dada a pode renunciar à garantia que legalmente lhe é concedida inexistência de qualquer dispositivo legal que vede em qualo que a lei assegura ao trabalhador quando lhe confequer circunstância o pedido de demissão mesmo porque re o direito à estabilidade provisória é a garantia de que o não haveria como obrigar o empregado a manter um conseu contrato de trabalho será protegido contra a dispensa trato de trabalho que não mais lhe interessa entendemos imotivada promovida pelo empregador em outras palavras que o trabalhador em gozo de ao conferir a garantia provisória estabilidade provisória pode de manutenção do vínculo emromper por sua livre iniciativa pregatício a lei limita o poder a clt determina em seu o contrato de trabalho renunde mando do empregador ao artigo 500 que o pedido ciando por consequência à proibir que este por iniciativa de demissão do empregado garantia que lhe foi conferida própria e sem fins justificados estável só será válido por lei proceda à ruptura do contrato quando feito com a para que posteriormente de trabalho do empregado benão haja a alegação de que a neficiado pela garantia dessa assistência do respectivo renúncia à garantia do empreforma o trabalhador legalsindicato e se não houver go se deu por coação poderá mente estável não pode ser perante a autoridade local o empregador exigir a emissão dispensado do emprego salvo competente do mte ou da do pedido de demissão de no caso de justa causa devidapróprio punho no qual o tramente comprovada justiça do trabalho balhador deixe claro que o faz a consolidação das leis de livre e espontânea vontade do trabalho clt determina estando ciente de que o seu pedido em questão configura a em seu artigo 500 que o pedido de demissão do empregarenúncia à estabilidade fonte iob manual de procedimentos ­ do estável só será válido quando feito com a assistência do respectivo sindicato e se não houver perante a autoridade legislação trabalhista e previdenciária fascículo nº 04/2011 10 sinduscon-go · construir mais · fevereiro 2012

[close]

p. 11

o protocolo icms nº 21/2011 e a construção civil o protocolo icms nº 21/2001 surge em um contexto de guerra fiscal em que sem perspectivas de uma reforma tributária decente 19 estados e o distrito federal ditos estados consumidores firmam acordo no conselho nacional de política fazendária confaz para exigirem uma parcela adicional de icms nas operações interestaduais que destinem mercadoria ou bem a consumidor final cuja aquisição ocorrer de forma não presencial no estabelecimento remetente tais unidades federadas alegaram prejuízos com o enorme crescimento do comércio eletrônico ou e-commerce já que a constituição federal estabelece que na venda de produtos e serviços para consumidor final localizado em outro estado não contribuinte do icms como por exemplo uma pessoa física que adquire um smartphone pela internet o dito icms é todo ele destinado ao estado produtor desta feita como mais uma das irresponsáveis armas desta guerra fiscal para tentar diminuir a perda de arrecadação dos estados consumidores foi instituído este malfadado protocolo diga-se de passagem totalmente ilegal e inconstitucional os contribuintes comerciantes principalmente aliados aos consumidores finais prejudicados por este fogo cruzado entre as unidades federadas entretanto não ficaram apenas assistindo e partiram para o contra-ataque foram então formulados argumentos que atestariam as ilegalidades e inconstitucionalidade deste protocolo tais como a o protocolo confaz não foi aprovado à unanimidade de todas as unidades federadas b violação ao princípio constitucional da isonomia e da livre iniciativa pois geraria condições desiguais entre contribuintes de uma mesma espécie c a instituição de uma nova hipótese de incidência tributária não prevista constitucionalmente já que existe uma afronta direta a dispositivo da constituição federal que manda aplicar apenas a alíquota interna art 155 § 2º vii b tais argumentos desaguaram por óbvio em centenas de ações judiciais em que magistrados de todo o país concederam liminares para afastar de plano este icms no e-commerce valor liminares afastam icms em comércio eletrônico 17/11/2011 p e1 e inclusive em grau de recursos já no stf valor disputa por icms do e-commerce chega ao stf 7/11/2011 p e1 além de ações diretas de inconstitucionalidades patrocinadas pela oab adi 4599 e pela cnc adi 4628 ainda não julgadas este é o pano de fundo do protocolo icms nº 21/2011 e onde se inseriria então as compras realizadas pelo setor da construção civil neste contexto pois bem da leitura do preâmbulo quatro considerandos do protocolo icms nº 21/2011 http www.fazenda.gov.br/confaz temos uma série de premissas que devem ser observadas juntamente com a leitura do próprio corpo da lei que vem na sequência tais premissas deixam claro que o ordenamento aqui em discussão será aplicado apenas na aquisição realizada por consumidor final não contribuinte do icms de forma não presencial de mercadoria ou bem em operação interestadual feita pela internet por telemarketing ou showroom isto é independentemente da ilegalidade e inconstitucionalidade do protocolo como já vimos o intuito da norma seria o de regular o comércio eletrônico realizado nas formas ali expressas outra interpretação que seja dada ao protocolo diga-se de passagem novamente independentemente das suas demais ilegalidades e inconstitucionalidades para querer abarcar casos outros como por exemplo a venda interestadual da indústria ou comércio para o consumidor final ­ e aqui se inseriria as construtoras que não são contribuintes de icms ­ que é realizada fora de um portal de internet por telemarketing ou showroom entendo ser uma interpretação totalmente descabida a preocupação do setor por demais válida pelo que se percebe seria o estado de goiás entender futuramente que a aquisição interestadual realizada por empresa construtora se encaixaria nas premissas do protocolo mesmo não o sendo e exigir este novo icms das construtoras como vivemos em um estado de insegurança jurídica no ambiente tributário e isso realmente poderia acontecer então não há garantias de que o estado de goiás como qualquer outra unidade federada signatária do protocolo não faria tal exigência do icms das construtoras restando aos empresários salvaguardarem seus interesses na esfera judicial caso necessário for inobstante deve ficar bastante claro tanto para o setor da construção civil quanto para qualquer outro que o sistema tributário nacional não abarca essa nova hipótese normativa de incidência do icms criada por protocolo realizado no âmbito do confaz pode até ser que seja lídimo o desejo dos estados consumidores em quererem esse novo icms mas não pode um singelo acordinho entre estados tripudiar todo o sistema tributário nacional constitucionalmente vigente e impor-se como uma nova arma arrecadatória isto é querer ganhar no grito uma vergonhosa indecência e uma completa incompetência jurídica dos governos estaduais e de seus secretários de fazenda que se esqueceram estarmos todos em um estado democrático de direito ainda intolerante a tais achaques thiago vinicius vieira miranda é advogado tributarista fundador do miranda martins moura sociedade de advogados presidente da comissão de direito tributário da oab/go e consultor da fieg/pda fevereiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 11

[close]

p. 12

c onstruÇÃo sustentÁvel infiltração de águas pluviais benefício para o meio ambiente e para a sociedade de uma pesquisa em que participam a ufg unb e furnas e o controle das águas pluviais urbanas associado ao sistema de drenagem convencional são capazes de reduzir as abrange a concepção o projeto e a implantação de sistema de infiltração de Águas pluviais e lançamento do excedente seções das tubulações dos sistemas de drenagem pluvial ou em múltiplos pontos na margem esquerda do córrego cascaaté mesmo substituí-lo em alguns casos com esta perspecvel a fase de estudos do solo e projeto ocorreu entre novemtiva foi desenvolvido um amplo estudo que avaliou os pabro de 2008 a julho de 2009 e a execução de julho a agosto râmetros característicos do solo na área de implantação do de 2010 condomínio residencial sumaré em goiânia de propriedade para manter o equilíbrio hidrológico da área alterado da trípoli construtora os estudos avaliaram as condições hipela a impermeabilização de grande parte da superfície consdrodinâmicas locais estudando cuidadosamente a capacidatruída foi projetado um sistema de reservação e infiltração de de infiltração e condições de estabilidade do solo quando das águas pluviais no condomínio o sistema é composto por submetido a um elevado gradiente hidráulico uma bateria de poços e trincheiras a infiltração de águas pluviais de infiltração que foram interlirecebeu destaque na 10ª edição gados pelo bom desempenho da do prêmio crea goiás de meio a infiltração de infiltração e características de reambiente na categoria arquitetuáguas pluviais recebeu sistência não colapsiva do perfil do ra e urbanismo entregue no dia destaque na 10ª edição solo pode-se adotar um sistema 24 de novembro de 2011 para os que substituiu em 100 o sistema engenheiros eufrozina terezinha do prêmio crea goiás convencional de drenagem pluvial leão carvalho pesquisadora e jorde meio ambiente na no dimensionamento do sistege tadeu abrão diretor da trípoli categoria arquitetura ma foram utilizados parâmetros de construtora o projeto infiltração e urbanismo infiltrabilidade e outras característide Águas pluviais utilizando poços cas do solo monitoramento sazoe trincheiras de infiltração faz parte 12 sinduscon-go · construir mais · fevereiro 2012

[close]

p. 13

nal do lençol freático local e dados pluviométricos da cidade de goiânia os poços foram revestidos com tubos de concreto pré-moldados perfurados ou pneus usados as etapas construtivas do sistema foram iniciadas com a abertura dos poços e trincheiras seguida do revestimento com manta geotêxtil e manilhas perfuradas ou pneus para dar estabilidade ao corte as trincheiras foram preenchidas com brita envelopada em manta geotêxtil a manta geotêxtil separa o solo do sistema de infiltração poços e trincheiras no centro das trincheiras foi colocada uma tubulação em pvc perfurada que tem a função de infiltração e adução dos fluxos para os pontos de descarga às margens do córrego Águas das superfícies pavimentadas externas e dos telhados das unidades habitacionais são encaminhadas para o sistema de infiltração o lançamento dos fluxos excedentes foi feito através de escadas de amortecimento ou caixas de passagens lançadas em poços preenchidos com seixo rolado envelopados em manta geotêxtil outro benefício agregado foi o reflorestamento da área degradada e adoção de valas vegetadas para reter a água da chuva nos momentos de pico as soluções utilizadas neste projeto podem modificar os conceitos de construir contribuindo com o meio ambiente e manutenção do ciclo hidrológico das áreas urbanizadas por meio da pesquisa é possível estabelecer novas tecnologias que podem ser adotadas de forma correta com economia e segurança por outro lado é importante que os empresários e empreendedores da construção sejam parceiros e aceitem experimentar as tecnologias inovadoras neste caso sustentável fruto das pesquisas que geralmente ocorre nas universidades esta é uma solução simples e conta com a participação de todos pesquisa administração pública iniciativa privada e sociedade os benefícios são sentidos pelo meio ambiente e sociedade engenheira eufrozina terezinha leão carvalho pesquisadora na foto ao centro o empreendedor deve agregar valores sustentáveis aos empreendimentos mesmo que os custos iniciais sejam mais elevados se comparados aos métodos convencionais de construção neste empreendimento foi adotada uma atitude sustentável concreta e funcional para o controle dos fluxos superficiais da área do condomínio para tanto buscou adotar uma técnica por meio de sistemas de infiltração o procedimento exigiu estudos preliminares do solo ensaios de campo e laboratório para verificar a capacidade de infiltração e condições do solo e dados pluviométricos da região preocupou-se com impactos ao meio ambiente do ponto de vista da recarga do lençol freático e recuperação dos taludes às margens do córrego com retaludamento implantação de valas de detenção dos fluxos em curvas de nível e revegetação da área o sistema de drenagem com infiltração substituiu completamente o sistema de drenagem convencional com o diferencial de não provocar impacto às margens do córrego engenheiro jorge tadeu abrão diretor da trípoli construtora e diretor da subcomissão de política e relações trabalhistas e sindicais do sinduscon-go na foto à esquerda fevereiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 13

[close]

p. 14

i n ova r É preciso nova tecnologia facilita a instalação e o manejo de elevadores residenciais a thyssenkrupp elevadores desenvolveu um novo modelo de home lift para o mercado brasileiro a fabricante descreve o produto como sendo compacto e de fácil instalação indicado para condomínios horizontais e construções de até quatro andares com opcionais e dimensões adequadas às necessidades dos usurafael villar ários as pessoas estão pensando gerente da no futuro e na valorização do seu thyssenkrupp patrimônio hoje já é comum a inselevadores talação de elevadores em residências para facilitar a locomoção de pessoas idosas ou com alguma necessidade especial adaptando-se a construção sem precisar mudar de casa avalia rafael villar gerente da divisão de acessibilidade da thyssenkrupp elevadores responsável pela comercialização do modelo levità de acordo com o executivo para atender a essa demanda o home lift reúne características que facilitam a sua instalação tanto em obras novas como em construções já existentes para tanto basta o projeto dispor de espaço para a construção da caixa de corrida pois o levità opera a partir de uma máquina mais compacta e acoplada à própria caixa de corrida diminuindo assim o espaço necessário para sua instalação que demanda de quatro a sete dias dependendo do número de andares dentro da residência explica rafael villar ainda sobre as características diferenciais do produto o gerente informa que a velocidade média do equipamento é de 21 metros por minuto e sua capacidade de transporte é de três pessoas ou o equivalente a 225 quilos por viagem o acionamento é feito a partir de quadro de comando micro-processado semelhante ao utilizado nos elevadores convencionais 14 sinduscon-go · construir mais · fevereiro 2012 com sistema vvvf garantindo arranques suaves e paradas precisas para o revestimento da cabina o aço inoxidável é o material padrão de fábrica mas admite outro tipo de material que venha a ser escolhido para a decoração do elevador a personalização também acontece em relação à porta que aceita acabamentos diferenciados e exclusivos ainda como parte do projeto destaca-se a iluminação com led s eletrônicos que além de economizar energia elétrica diminuem o calor interno provocado pelo aquecimento das lâmpadas comuns assegurando maior conforto térmico aos usuários por segurança o equipamento também possui iluminação de emergência acoplada junto ao teto da cabina e um sistema opcional de nobreak o qual garante o seu deslocamento até o andar térreo quando há falta de energia outro recurso oferecido ao consumidor é um sistema de telefone dentro da cabina para facilitar a comunicação entre o passageiro e as demais dependências da casa ou mesmo para uma ligação telefônica normal e para acionar o elevador foi especificada uma botoeira que se auto-ilumina ao ser tocada possui identificação em braile e indicador de posição digital eletrônico há mais de 60 anos no mercado de transporte vertical atuando na fabricação instalação conservação e modernização de elevadores escadas e esteiras rolantes a thyssenkrupp elevadores criou uma divisão de acessibilidade para atender com exclusividade este mercado observando-se a norma técnica nbr 9050:2004 conforme o coordenador da filial em goiás silvio nunes em goiânia e nas principais cidades do estado é cada vez maior a preocupação em atender às necessidades das pessoas com mobilidade reduzida tornando os espaços mais acessíveis a todos por outro lado a oferta de equipamentos que atendem a esse segmento cresceu e os produtos não são vistos mais como artigos de luxo mas como soluções de conforto e comodidade

[close]

p. 15

s eguranÇa do trabalho instalações elétricas temporárias em canteiros de obras um sistema de atereste artigo visa orientar os proramento eficiente fissionais envolvidos nas atividades dr e dps são subda indústria da construção quanto dimensionadas e aos riscos relacionados às instalocalizam-se fisicalações elétricas temporárias nos mente próximas a tucanteiros de obras na indústria da bulações de água esgoto construção o choque elétrico apree gás senta um alto índice das causas de a adoção de projetos acidentes graves e fatais e decorelétricos de instalações defire na maioria das vezes da falta alair gomes nitivas da edificação que sejam de projeto elétrico específico das camargo parcialmente executados servindo dificuldades na execução e na maao canteiro minoriza os riscos de uma nutenção das instalações elétricas instalação provisória temporárias dos canteiros de obras quando se usa um projeto para instalação o projeto das instalações elétricas temporárias deverá elétrica provisória o ponto principal é o de eliminar ser elaborado por profissional legalmente habilitado com riscos de acidentes e se utilizar sistemas portáteis seguros anotação de responsabilidade técnica art junto ao crea desenvolvidos para este fim específico pode ser armazenase possível o mesmo do projeto elétrico da edificação e dos e reutilizados por inúmeexecutada de forma segura ras vezes se adequados de por profissional qualificado e acordo com as necessidades supervisionada por um profisembora a grande parte de cada obra sional legalmente habilitado das instalações elétricas recomenda-se a adoção as instalações elétricas do canteiro esteja de de políticas e procedimentos temporárias devem atender que possam trazer seguranas necessidades da obra e acordo com as prescrições ça e eficiência às instalações acompanhar a velocidade na estabelecidas pela nr 10 temporárias qual ela se realiza e com isto nr 18 e nbr 5410 e que o sinduscon-go partisofrem alterações algumas os materiais utilizados cipa ativamente oferecendo de forma precária comprosemestralmente o curso de metendo a segurança dos sejam de boa qualidade a instalações elétricas tempotrabalhadores forma de aplicação destes rárias em canteiro de obras embora a grande parte compromete a segurança que visa além de informar das instalações elétricas do capacitar os trabalhadores canteiro esteja de acordo em relação aos procedimencom as prescrições estabeletos de montagem operação e manutenção das instalações cidas pela nr 10 nr 18 e nbr 5410 e que os materiais elétricas provisórias dos canteiros de obras e elevar a consutilizados sejam de boa qualidade a forma de aplicação ciência dos engenheiros supervisores do serviço e o pessoal destes compromete a segurança envolvido na segurança do trabalho inseridos nessa problemática os riscos elétricos decorrentes de instalações inadequadas devem ser extintos das obras considerando-se que as instalações temporárias não significam instalações improvisadas alair gomes camargo pouca atenção tem sido dada aos riscos potenciais deé engenheiro eletricista professor e coordenador de correntes do uso de equipamentos elétricos e das próprias estágio do departamento de engenharia da pontifícia instalações elétricas os quais muitas vezes não possuem universidade católica de goiás fevereiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 15

[close]

Comments

no comments yet