Revista Construir Mais Janeiro de 2012

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

cub novembro 0,116 revista mensal do sindicato da indÚstria da construÇÃo no estado de goiÁs sinduscon-go ano i1 nº 18 janeiro/2012 segurança pág 18 do trabalho cultura de prevenção de acidentes gera qualidade e produtividade nas obras entrevista com o vice-governador do estado de goiÁs josé eliton de figuerêdo júnior pág 6

[close]

p. 2



[close]

p. 3

e ditorial adeus ano velho feliz 2012 como em todas as edições mensais da revista construir mais convidamos o leitor a acompanhar o conteúdo que preparamos para o primeiro número de 2012 a matéria de capa aborda a responsabilidade dos empresários da indústria da construção no sentido de preservarem a vida e a saúde de seus trabalhadores para tanto é notório o constante investimento que as empresas realizam na área de segurança do trabalho muitas são as regras e normas que regem o quesito segurança nas construtoras nr-01 nr-05 nr-07 nr-17 nr-18 entre outras em entrevista à nossa reportagem o superintendente regional do trabalho e emprego em goiás heberson alcântara afirma que a segurança e saúde no setor da construção civil melhorou pois hoje grande parte das empresas do ramo utilizam equipamentos de proteção seguindo os programas de prevenção de riscos ambientais e de condições e meio ambiente do trabalho ele ressalta que a atuação da superintendência regional do trabalho e emprego srte acontece de duas formas preventiva e fiscalizadora a primeira com palestras esclarecimentos por meio do plantão fiscal e reuniões com representantes da categoria a segunda com fiscalizações in loco que podem resultar em notificações e autuações bem como interdições e embargos nas situações de grave e iminente risco mas nada melhor para ilustrar a preocupação do setor com a segurança do trabalho do que exemplificar com boas práticas e experiências exitosas cujos resultados são percebidos pelos próprios trabalhadores nesta edição mostramos os cases da dinâmica engenharia e da construtora sousa andrade na área econômica o doutor em ciências empresariais coordenador técnico da fieg e professor na puc goiás welington da silva vieira em artigo faz balanço da economia em 2011 e projeta o que podemos esperar em 2012 ele relata que goiás é um estado de industrialização recente e economia bastante dinâmica que vem crescendo em taxas superiores à média brasileira mas seu ritmo de expansão goiÁs é um estado de industrialização recente e economia bastante dinâmica que vem crescendo em taxas superiores à média brasileira também vem se desacelerando como demonstram recentes pesquisas da fieg e do ibge os empregos estão crescendo tanto na indústria quanto nos demais setores da economia mas o resultado final de 2011 deverá ficar abaixo do obtido no ano anterior esta edição traz entrevista com o vice-governador do estado de goiás josé eliton À frente da presidência da celg ele ressalta que recuperar as finanças da empresa é um dos maiores desafios do governo do estado ao iniciar mais um ano aproveitamos para desejar em nome de toda a diretoria e dos colaboradores do sinduscon-go um feliz 2012 com muita saúde esperança e garra para encarar todos os desafios que estão por vir justo oliveira d´abreu cordeiro presidente do sinduscon-go diretoria executiva do sinduscon-go 2010/2013 presidente justo oliveira d abreu cordeiro 1º vice-presidente carlos alberto de paula moura júnior 2º vice-presidente eduardo bilemjian filho diretor administrativo manoel garcia filho diretor adjunto administrativo daniel jean laperche diretor financeiro e patrimonial josé rodrigues peixoto neto diretor adjunto financeiro e patrimonial rodrigo campos ferreira diretor da comissão de economia e estatística ibsen rosa diretor adjunto da comissão de economia e estatística dinésio pereira rocha diretor da comissão da indústria imobiliária roberto elias de lima fernandes diretor adjunto da comissão da indústria imobiliária mário andrade valois diretora da subcomissão de habitação maria amélia alves e silva diretor da subcomissão de legislação municipal ilézio inácio ferreira diretor de materiais e tecnologia sarkis nabi curi diretor adjunto de materiais e tecnologia renato de sousa correia diretor da comissão de concessão privatização e obras públicas valdivino dias de oliveira diretor adjunto da comissão de concessão privatização e obras públicas josé carlos gilberti diretor de qualidade e produtividade humberto vasconcellos frança diretor adjunto de qualidade e produtividade marcelo alves ferreira diretor de construção pesada carmerindo rodrigues rabelo diretor adjunto de construção pesada jadir matsui diretor da construção metálica cezar valmor mortari diretor adjunto da construção metálica joaquim amazay gomes júnior diretor de assuntos jurídicos ricardo josé roriz pontes diretora adjunta de assuntos jurídicos patrícia garrote carvalho diretor da subcomissão de política e relações trabalhistas e sindicais jorge tadeu abrão diretor de saúde e meio ambiente moacyr soares moreira diretor adjunto de saúde e meio ambiente josé augusto florenzano diretor de setor elétrico e telefonia carlos vicente mendez rodriguez diretor adjunto de setor elétrico e telefonia osney valadão marques júnior diretor social e de comunicação darci moreira de lima diretora adjunta social e de comunicação eliane carvalho lima conselho consultivo josé alves fernandes filho paulo afonso ferreira mário andrade valois joviano teixeira jardim sarkis nabi curi josé rodrigues peixoto neto roberto elias de lima fernandes alan alvarenga menezes marcos alberto luiz de campos e Álvaro castro morais suplentes Élbio braz moreira marco antônio de castro miranda e joão arthur rassi conselho fiscal amós vieira wilson luiz da costa e andré luiz baptista lins rocha suplentes doriel natalício da fonseca célio eustáquio de moura e naldo alves mundim representantes junto À fieg roberto elias de lima fernandes e justo oliveira d abreu cordeiro suplentes marcos alberto luiz de campos e guilherme pinheiro de lima representante junto À cbic justo oliveira d abreu cordeiro suplentes carlos alberto de paula moura júnior e mário andrade valois janeiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 3

[close]

p. 4

s umÁrio 18 matéria de capa conscientes da sua responsabilidade em preservar a vida e a saúde dos trabalhadores empresas da indústria da construção se preocupam e investem cada vez mais em segurança do trabalho 5 artigo o que esperar em 2012 é o tema do artigo do coordenador técnico da federação das indústrias do estado de goiás fieg dr welington da silva vieira 17 22 32 passado presente cmo celebra jubileu de prata preparada para os próximos 25 anos registro de eventos acompanhe os últimos acontecimentos ocorridos no sinduscon-go 6 entrevista o vice-governador josé eliton de figuerêdo júnior afirma que um dos maiores desafios do governo marconi perillo é recuperar a celg viva com saúde atestado de saúde ocupacional não é ausência de doença acompanhe as orientações do seconci-go sobre o assunto 13 construção sustentável avanço nas questões ambientais e de saúde e segurança dependem também dos fornecedores é o tema tratado nesta edição 33 eu recomendo para superar crises invista em comunicação interna esta é a recomendação da jornalista sirlene milhomem 16 inovar é preciso elevadores de cremalheira e gruas ganham espaço no céu de goiânia 34 indicadores econômicos confira o valor do custo unitário básico cub referente ao mês de novembro da indústria da construção no estado de goiás sinduscon-go sinduscon-go filiado à cbic e fieg rua joão de abreu n° 427 setor oeste goiânia-goiás cep 74120-110.telefone 62 3095-5155 fax 62 3095-5177 portal www.sinduscongoias.com.br presidente justo oliveira d abreu cordeiro diretor social e de comunicação darci moreira de lima gerente executiva sebastiana santos edição joelma pinheiro reportagem aymés beatriz b gonçalves beatriz@sinduscongoias.com.br joelma pinheiro joelma@sinduscongoias com.br e valdevane rosa valdevane@sinduscongoias.com.br fotografia assessoria de comunicação social do sinduscon-go e sílvio simões projeto gráfico e diagramação robson duarte publicidade sinduscon-go telefone 62 3095-5155 impressão gráfica art3 tiragem 6.000 exemplares publicação dirigida e distribuição gratuita as opiniões contidas em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores revista construir mais revista mensal do sindicato espaço empresarial consciente das questões ambientais e sociais o sinduscon-go trabalha em parceria com a gráfica art3 que utiliza papéis com certificação fsc forest stewardship council na impressão dos seus materiais informe-se 62 3095-5155 4 sinduscon-go · construir mais · janeiro 2012

[close]

p. 5

a rt igoo que esperar em 2012 há mais de três anos o mundo sofre os efeitos das crises econômicas que são cada vez mais imprevisíveis e nômades elas reduzem a previsibilidade dos cenários futuros e exigem grande flexibilidade das organizações em geral as médias e grandes organizações empresariais entretanto sofrem graves consequências das incertezas e indefinições do cenário de negócios a economia brasileira tem sólidos fundamentos macroeconômicos mas não está imune às ameaças que vêm do hemisfério norte da previsão inicial de crescimento econômico acima de 5 no início de 2011 nos contentaremos com algo em torno de 3 para 2012 as previsões são de crescimento em ritmo mediano a uma taxa próxima de 4 goiás é um estado de industrialização recente e economia bastante dinâmica que vem crescendo em taxas superiores à média brasileira mas seu ritmo de expansão também vem se desacelerando como demonstram recentes pesquisas da fieg e do ibge os empregos estão crescendo tanto na indústria quanto nos demais setores da economia mas o resultado final de 2011 deverá ficar abaixo do obtido no ano anterior a construção civil é um dos setores priorizados pelo governo federal para a aplicação de medidas anti crises pelo seu grande potencial na geração de empregos e pela extensão da cadeia de suprimentos que inclui vários segmentos minerais não metálicos produtos metálicos madeira e mobiliário materiais elétricos e serviços dentre outros goiás atrai grande número de migrantes que mantêm seu mercado de construção aquecido ancorado na geração de renda pela indústria agropecuária comércio e serviços ocorrerão em goiás reflexos positivos da política de goiÁs atrai grande número de migrantes que mantêm seu mercado de construção aquecido ancorado na geração de renda pela indústria agropecuÁria comércio e serviços governo para redução do déficit habitacional por meio do programa minha casa minha vida e da disponibilidade de recursos para financiamento dos segmentos de renda mais alta deve-se levar em conta também que o setor da construção será beneficiado pelas obras de preparação do país para receber a copa do mundo em 2014 e as olimpíadas em 2016 até setembro de 2011 goiás gerou 14.815 novos empregos formais no setor da construção mas este número deverá reduzir-se até o fim do ano devido à sazonalidade típica do setor fechando dezembro com um saldo anual próximo de 8 mil novas vagas criadas a boa perspectiva para o mercado continuar aquecido traz como preocupações a dificuldade de contratação de novos trabalhadores e a tendência de aumento dos preços dos insumos para equacionar esse tipo de dificuldade é preciso planejar definindo o ritmo desejado de crescimento os instrumentos de retenção dos trabalhadores os mecanismos de inovação dos processos produtivos e as estratégias de mercado para enfrentar a concorrência que o setor da construção em goiás tenha um ótimo 2012 e que continuemos sendo referência para outros estados brasileiros É esperar para ver e agir para que tudo corra bem welington da silva vieira é administrador doutor em ciências empresariais coordenador técnico da fieg e professor na puc goiás janeiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 5

[close]

p. 6

e ntrevis ta josÉ eliton de figuerêdo jÚnior recuperar a celg é a nossa missão e o nosso maior desafio afirma josé eliton o que a atual gestão tem feito para o vice-governador josé eliton de figuerêdo júnior nasmelhorar a relação com as empresas ceu no dia 27 de agosto de 1972 em rio verde go da área elétrica terceirizadas formou-se em direito pela universidade católica de goiás principalmente as goianas em 1996 É destaque como advogado atuante no direidesde o início do atual governo uma das metas esto eleitoral integrou a comissão de juristas do senado tabelecidas foi a de regularizar o pagamento dos nossos federal para elaboração do anteprojeto de reformulação terceirizados colocando-os em dia a regra estabelecida e do código eleitoral brasileiro foi membro e tesoureiro do adotada foi a ordem cronológica destes pagamentos no instituto goiano de direito eleitoral igdel e da comissão início de janeiro estávamos com fatura em atraso de até de direito político e eleitoral da oab/go o vice-governa310 dias hoje na diretoria financeira a fatura é liquidada dor é membro do diretório estadual de goiás do dem se em no máximo 8 dias tornando presidente estadual do democratas empreendedor órgão de estudos e planejaquais são as metas mento do dem a empresa vive uma de trabalho da celg quando o movimento da para 2012 sucessão estadual em 2010 situação delicada para celg d vai continuar cresceu o nome de josé eliquando avaliamos os sendo a conquista do equilíton foi lançado para reforçar a créditos a receber do brio econômico e financeiro campanha de marconi perillo ao estado da união e de tornando-a adimplente com o governo de goiás logo após a outros o crescimento setor elétrico e aplicando o reaposse aceitou convite do gode sua receita mesmo sem juste tarifário para celg gt será vernador para dirigir a celg a de crescer e expandir o negócio maior empresa do estado de ter aplicado qualquer de geração e transmissão goiás cargo que ocupou até dereajuste tarifÁrio nos zembro/2011 confira a seguir últimos anos o seu À frente da a entrevista que josé eliton concusto operacional e presidência da celg cedeu à revista construir mais o seu fluxo de caixa quais foram os fica evidente a sua principais desafios em linhas gerais da sua gestão quais são as principais viabilidade econômica recuperar a celg d é a linhas de atuação nossa missão e o nosso maior da celg desafio possibilitando a realização dos investimentos neo grupo celgpar é uma empresa de economia mista cessários para que esta empresa figure como uma das composta por duas subsidiárias integrais celg d ­ distrimais eficientes do país para que possa voltar a induzir o buição e a celg gt ­ geração e transmissão que atuam desenvolvimento do estado de goiás e fornecer energia como concessionárias de serviços públicos de eletricidade de qualidade aos consumidores É para isso que trabalhamos diuturnamente como a celg esta estruturada quantos profissionais possui quadro e como o senhor avalia a situação terceirizados em que área atua econômico-financeira da empresa a celg d conta com quatro diretorias a vice-presidêna empresa vive uma situação delicada quando avacia e a presidência na celg gt são duas diretorias viceliamos os créditos a receber do estado da união e de -presidência e a presidência a celg d conta com uma outros o crescimento de sua receita mesmo sem ter apliforça de trabalho de 6.514 colaboradores sendo 2.377 cado qualquer reajuste tarifário nos últimos anos o seu empregados próprios e 4.137 terceirizados e prestadores custo operacional e o seu fluxo de caixa fica evidente a de serviço a celg gt conta com 67 empregados próprios sua viabilidade econômica desde que encontre a equação e 84 terceirizados 6 sinduscon-go · construir mais · janeiro 2012

[close]

p. 7

josÉ eliton de figuerêdo jÚnior vice-governador do estado de goiÁs o regime climático de goiás influencia de forma substancial no número de interrupções de energia a celg d vem realizando manutenções no sistema e efetuando também a poda de árvores no sentido de minimizar estes impactos vem realizando ainda a substituição gradativa das redes de alta tensão por protegida e a baixa tensão por isolada para o período da chuva são reforçados o número de equipes para agilizar o atendimento e minimizar os problemas aos nossos consumidores somente este ano a celg d já investiu na manutenção do sistema mais de 130 milhões de reais na área de qualificação profissional o que a celg tem feito para aprimorar a capacitação dos seus profissionais a empresa tem um quadro técnico de excelente capacidade estes profissionais participam continuamente de treinamentos visando aprimorar seus conhecimentos técnicos e se atualizarem com as novas tecnologias existe um plano anual de treinamentos que é elaborado e aprovado previamente e então a área de recursos humanos acompanha o cumprimento deste plano que venha a equilibrar a dívida os créditos e a aplicação de uma tarifa de energia justa e como está a relação com o ministério das minas e energia recursos federais virão para goiás as negociações do ponto de vista técnico para a busca do equilíbrio econômico-financeiro estão bastante adiantadas em relação às obras necessárias para garantia do suprimento de energia a goiás e ao distrito federal foi constituído um grupo de trabalho formado entre o ons mme celg gt celg d ceb e furnas para monitoramento e acompanhamento do cronograma destas obras de forma a garantir a confiabilidade da demanda requerida pelo mercado celg estas obras estão sendo feitas por consórcios vencedores dos leilões de transmissão constantemente têm ocorrido quedas setoriais no fornecimento de energia quais são as principais causas dessas quedas e o que a empresa tem feito para solucionar este problema a empresa tem um quadro técnico de excelente capacidade estes profissionais participam continuamente de treinamentos visando aprimorar seus conhecimentos técnicos e se atualizarem com as novas tecnologias a rede das usinas da região norte do país ­ rondônia santo antônio e jirau beneficiará a celg a empresa terá que fazer algum investimento estas usinas na região norte do país são consideradas fundamentais para o suprimento de energia no país elas irão reforçar o sin ­ sistema interligado nacional como o sistema da celg d é interligado evidentemente teremos mais disponibilidade de energia todavia não há investimentos previstos em função de tais usinas mesmo porque a energia por ela produzida estará disponível como afirmado no sin a concessão para a construção de pequenas usinas está desaquecida a celg tem algum plano para retornar estes investimentos nessa área a celg gt tem aprovado pela aneel o projeto de repontecialização da usina de rochedo mais que duplicando sua capacidade instalada sem o aumento do reservatório possui ainda vários projetos com a iniciativa privada já licenciados e em fase de estudos de viabilidade nas bacias do rio claro meia ponte e rio mosquito totalizando 385 mw só em pch s janeiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 7

[close]

p. 8

n ot Í ciasdos pa rcei ro s ebm lança o metropolitan business lifestyle já pensou em morar ao lado do trabalho e ter à disposição todos os serviços de conveniência no estilo de hotéis de luxo É isso que proporciona um mixed-use multiuso complexo imobiliário erguido em bairros nobres que une em um mesmo espaço construções voltadas para moradia trabalho e comércio comuns em diversos países e presentes em alguns bairros de grandes capitais brasileiras como são paulo e rio de janeiro empreendimentos mixed-use tornaram-se uma tendência no mercado e goiânia não está por fora desse movimento a ebm incorporações lançou o terceiro empreendimento do tipo na cidade o primeiro com estilo premium trata-se do metropolitan business lifestyle projetado com diferenciais voltados para o público de alto padrão localizado no jardim goiás o complexo imobiliário possui 16 mil metros quadrados são três ideias em um só produto corporate building salas comerciais e conjuntos corporativos residence service apartamentos de um quarto ou um quarto mais office e open mall centro de serviços e conveniências com lojas térreas o empreendimento oferece vários diferenciais exclusivos como oferta de serviços pay-per-use lazer completo na cobertura boulevard com praças e previsão de heliponto além da maior laje da cidade para funcionamento de corporações o complexo também disponibilizará serviços de conveniência alimentação lojas e academia de ginástica iphan entrega em corumbá de goiás o cine teatro esmeralda completamente requalificado o insituto do patrimônio histórico e artístico nacional iphan do ministério da cultura por meio da sua superintendência em goiás finalizou os serviços de requalificação do cine teatro esmeralda localizado na praça da matriz nº 35 no centro da cidade de corumbá de goiás em parceria com o governo do estado de goiás e a prefeitura municipal de corumbá de goiás o iphan promoveu no dia 09 de dezembro a cerimônia de entrega pública desse espaço para a comunidade esta é mais uma das obras inseridas no programa de aceleração do crescimento ­ cidades históricas pac o cine teatro esmeralda é parte integrante do núcleo tombado de corumbá de goiás pelo instituto do patrimônio histórico e artístico nacional e pelo município e a sua requalificação representa um significativo reforço no processo de preservação e revitalização do patrimônio cultural o projeto teve por objetivo a conclusão do processo de recuperação iniciado pela agência goiana pedro ludovico teixeira do governo do estado de goiás agepel a requalificação é classificada pelo iphan como fundamental para a melhoria da qualidade de vida da comunidade pois além do bem-estar cultural e material ele representa a garantia do exercício da memória e da cidadania a partir do uso das dependências do edifício várias atividades comunitárias poderão ser realizadas no local dentre os serviços que foram executados no cine teatro esmeralda destacam-se a restauração arquitetônica da cobertura das alvenarias das esquadrias do forro e do piso também foram realizadas instalações elétricas e hidrossanitárias instalações de sistema de som e segurança climatização pinturas e revestimentos fotos acervo do iphan/go 8 sinduscon-go · construir mais · janeiro 2012

[close]

p. 9

c omunidade da construÇÃo adesão ao 6º ciclo de ações está aberta aproveitando o início de mais um ano que promete para o 6º ciclo que tem previsão de início em fevereiro muitas realizações a coordenação da comunidade da consde 2012 e término em fevereiro de 2014 o tema proposto trução de goiânia está convidando todas as empresas do foi sistemas inovadores habitacionais com foco na gestão segmento a fazerem parte deste movimento que cresce a de projetos capacitação de gestores de obra bem como cacada ciclo tendo como objetivo principal a integração de pacitação de mão de obra direta elementos fundamentais todos os agentes da cadeia produtiva para monitorar e aprique possibilitam tanto a troca de experiências quanto a dimorar os processos construtivos à base de cimento e confusão de boas práticas de engenharia o tema de discussão creto elementos que constituem a maioria das edificações foi elaborado tendo em vista a crescente demanda de edificonstruídas no brasil sua missão é fortalecer técnica e gecações habitacionais agora inserida na segunda edição do rencialmente estes processos enfatizando qualidade e tecprograma minha casa minha vida que tem como meta a nologia com a finalidade de obter construção de 2 milhões de unidaa melhoria de desempenho nas des habitacionais em todo o territópara o 6º ciclo o obras ganho na produtividade e rio brasileiro tema proposto foi redução de custos fatores decisio período de adesões ao 6º vos que garantem a longevidade ciclo do programa já está corrensistemas inovadores dos projetos e a satisfação plena te e é importante que sejam feitas habitacionais com dos envolvidos isso se dá por o quanto antes a fim de se obter foco na gestão de meio das ações promovidas pela maior aproveitamento das atividaprojetos capacitação comunidade e pela organização des realizadas pela comunidade ao sistematização e disponibilização longo dos próximos 12 meses de de gestores de obra e de todos os seus dados através de trabalho a participação das consmão de obra direta veículos de comunicação distintos trutoras mediante a adesão com o como um sítio na internet publipagamento de uma pequena taxa cações diversas e divulgação via mídia digital/eletrônica do mensal é aberta ao mercado goiano assim como são aberconteúdo que é produzido em seu seio tos aos profissionais dessas empresas todos os eventos proliderada pela associação brasileira de cimento portland movidos pela comunidade para mais informações acesse o abcp desde 2002 a comunidade da construção de goiâsite www.comunidadedaconstrucao.com.br ou entre em contato nia que conta com o apoio do sinduscon-go chega ao ficom a arquiteta carolina chendes telefone 62 3095-5178 nal de mais uma etapa com a capacitação de cerca de 2.500 comunidadedaconstrucao@sinduscongoias.com.br profissionais em 70 ações promovidas dentre elas cursos seminários fóruns permanentes workshops cafés da manhã em obra intercâmbios reuniões técnicas e consultorias no 5º ciclo a participação efetiva de 26 empresas de grande importância para a indústria da construção garantiu o sucesso do movimento presente em todo o país janeiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 9

[close]

p. 10

e s pa Ç ojur Í dico carlos roberto machado sousa gerente financeiro da construtora regional ltda a assessoria jurÍdica do sinduscon-go responde a empresa está obrigada a exigir a apresentação de documento que comprove a regularidade da situação de candidato a emprego com o serviço militar h atestado de situação militar quando necessário para a legislação trabalhista não contém nenhum dispositivo aqueles que estejam prestando o serviço militar válido apeque exija que o candidato a emprego comprove a regularinas durante o ano em que for expedido dade da sua situação com o serviço militar entretanto a lei i atestado de desobrigação do serviço militar até a data que dispõe sobre o serviço militar estabelece que nenhum da assinatura do termo de opção pela nacionalidade brasibrasileiro entre 1º de janeiro do ano em que completar 19 leira no registro civil das pessoas naturais para aquele que anos e 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos o requerer poderá sem fazer prova de estar em j cartão ou carteira de identidia com as suas obrigações militares ingressar como funcionário empreestabelece a legislação dade fornecido para os militares da ativa da reserva remunerada gado ou associado em instituição do serviço militar que e reformados das forças armaempresa ou associação oficializada os brasileiros que não das ou fornecidos por órgão subvencionada ou cuja existência ou estiverem em dia com legalmente competente para os funcionamento dependa de autoricomponentes das corporações zação ou reconhecimento do goveras suas obrigações consideradas como reserva das no federal estadual ou municipal militares não poderão forças armadas estabelece a legislação do serviobter carteira está em dia com o serviço ço militar que os brasileiros que não profissional militar o brasileiro que possuir estiverem em dia com as suas obrium dos documentos mencionagações militares não poderão obter dos nas letras de a a j e tiver carteira profissional ficando as autoa sua situação militar atualizada com o atendimento das ridades ou responsáveis pelas repartições incumbidas da fisconvocações e o cumprimento dos deveres determinados calização do exercício profissional proibidas de concedê-la pela lei do serviço militar bem como de registrar diplomas de profissões liberais que assim a assessoria jurídica do sinduscon-go entende não comprovem a sua regularidade com o serviço militar que a empresa está obrigada a exigir a apresentação de doas empresas companhias e instituições de qualquer cumento que comprove a regularidade da situação de cannatureza participarão da execução da lei do serviço militar didato a emprego com o serviço militar essa participação consistirá na responsabilidade de exigir nos limites de sua competência o cumprimento das dispofonte iob manual de procedimentos ­ legislação sições legais referentes ao serviço militar e em especial a trabalhista e previdenciária fascículo nº 41/2011 comprovação da regularidade da situação do cidadão com esse serviço os documentos que comprovam a regularidade da situação militar do candidato a emprego são a certificado de alistamento limitar ­ nos limites de sua validade comprova a apresentação para a prestação de serviço militar inicial o que deve ocorrer no ano em que o candidato a emprego completar 18 anos de idade b certificado de reservista ­ comprova a inclusão do cidadão na reserva do exército da marinha ou da aeronáutica c certificado de dispensa de incorporação d certificado de isenção e certidão de situação militar f carta-patente para oficial da ativa da reserva e reformado das forças armadas ou de corporações consideradas suas reservas g provisão de reforma para as praças reformadas 10 sinduscon-go · construir mais · janeiro 2012

[close]

p. 11

comemoração de feriados no calendÁrio de 2012 os feriados ­ em que pese às controvérsias existentes sobre os seus benefícios sociais ­ visam promover as festividades cívicas ou religiosas de determinado povo incentivando o resgate a acontecimentos históricos mais marcantes a proibição do trabalho em dias comemorativos dependerá sempre de lei os feriados civis ou nacionais são declarados em lei federal os de âmbito estadual correspondentes às datas magnas dos estados são declarados na legislação estadual os de âmbito municipal os religiosos e os dias de início e término do ano do centenário de fundação do município constam de lei municipal a qual deve ser verificada segundo tradição local lei nº 9.093/1995 e 9.335/1996 para que os departamentos de pessoal das empresas possam melhor organizar eventuais compensações de jornada de trabalho divulgamos abaixo o calendário para o ano de 2012 com base na legislação em vigor considerando os feriados nacionais do estado de goiás e do município de goiânia esclarecemos ainda que se tratando de empresa prestadora de serviços que ceda seus empregados para trabalhar em empresas sediadas em outros municípios entendemos que deverão ser observados os feriados do local da prestação de serviço datas 1º de janeiro 21 de fevereiro 21 de abril 06 de abril 1º de maio 24 de maio 07 de junho 07 de setembro 12 de outubro 24 de outubro 02 de novembro 15 de novembro 20 de novembro 25 de dezembro dias da semana domingo terça-feira sábado sexta-feira terça-feira quinta-feira quinta-feira sexta-feira sexta-feira quarta-feira sexta-feira quinta-feira terça-feira terça-feira significado confraternização universal carnaval tiradentes paixão de cristo dia do trabalho dia da padroeira de goiânia nossa senhora auxiliadora corpus christi independência do brasil nossa senhora aparecida aniversário de goiânia finados proclamação da república dia da consciência negra natal base legal lei federal nº 662/1949 convenção coletiva de trabalho 2010/2012 lei federal nº 662/1949 com redação dada pela lei nº 10.607/2005 lei federal nº 9.093/1995 e lei municipal nº 100/951 lei federal nº 662/1949 lei municipal nº 701/1956 lei municipal nº 100/1951 lei federal nº 662/1949 lei federal nº 6.802/1980 lei municipal nº 6.968/1981 lei federal nº 662/1949 com redação dada pela lei nº 10.607/2005 lei federal nº 662/1949 lei municipal nº 8.786/2009 lei federal nº 662/1949 o feriado do dia da consciência negra está suspenso devido a liminar concedida em ação direta de inconstitucionalidade pelo tribunal de justiça do estado de goiás no processo de número 200994566417 amanda graziella miotto nunes é advogada e assessora jurídica do sinduscon-go janeiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 11

[close]

p. 12



[close]

p. 13

c onstruÇÃo sustentÁvel avanço nas questões ambientais e de saúde e segurança depende também dos fornecedores o cumprimento das exigências das legislações de meio ambiente e saúde e segurança no trabalho é um desafio para a indústria da construção pois depende também da adesão de toda a cadeia da construção civil e não apenas das construtoras enquanto as construtoras buscam se adequar na implantação desses sistemas de gestão o atendimento à legislação vigente por parte dos prestadores de serviços e fornecedores de materiais ainda precisa avançar o fato se tornou mais perceptível com a criação da norma de desempenho nbr 15.575 que estipula conceitos técnicos mínimos aceitáveis para o conforto do usuário nas habitações e alcançar o patamar exigido depende não só das técnicas de execução das obras e dos projetos elaborados com estes conceitos normativos mas também da produção de insumos conformes nesse quesito a indústria da construção tem procurado se adequar e discutido formas de cooperação entre todas as áreas para qualificação da cadeia produtiva com foco em atender à norma de desempenho projetos já estão sendo desenvolvidos com a participação do sinduscon-go por meio de sua comissão de materiais e tecnologia da comunidade da construção entre outros parceiros uma ferramenta importante para auxiliar a seleção de fornecedores e insumos com critérios sustentáveis são os seis passos elaborados pelo comitê temático de materiais do conselho brasileiro de construção sustentável cbcs disponíveis no site www.cbcs.org.br construtoras goianas também já se adiantam neste processo como a toctao engenharia que está implantando o sistema de gestão integrado sgi que inclui a gestão ambiental de responsabilidade social e gestão em saúde e segurança no trabalho e tem percebido a necessidade dos fornecedores investirem em mudanças na mesma direção para contribuir com o desenvolvimento de seus parceiros a construtora realizou o i encontro de fornecedores toctao cerca de 80 parceiros compareceram para receber informações sobre as exigências do sgi ligadas a meio ambiente responsabilidade social saúde e segurança do trabalho além de esclarecimentos da área de contabilidade com o sgi precisamos garantir que usaremos em nossas obras serviços e produtos que sigam todas as especificações da lei nas questões relativas ao meio ambiente e também da saúde e segurança dos trabalhadores nestas empresas esclareceu ana clara schreiber representante da direção e coordenadora do ana clara schreiber rd e coordenadora do sgi da toctao engenharia sgi da toctao engenharia ela ressalta que os fornecedores têm papel fundamental no crescimento da cadeia da construção civil e por isso devem também atender à legislação entre as exigências da construtora estão por exemplo a solicitação da licença ambiental para fornecedores de suprimentos e de alguns serviços a construtora também já supervisiona a destinação correta dos resíduos no caso dos fornecedores que estão dentro dos canteiros de obra serão verificadas as condições de trabalho e a utilização dos equipamentos de proteção individual outro aspecto importante é o compromisso da empresa juntamente com a sua cadeia de fornecedores na erradicação da contratação de trabalho forçado e de mão de obra infantil uma das empresas que participou do encontro de fornecedores da toctao e já está se adequando aos requisitos da construtora é a carvalho alimentos que fornece cerca de 1.500 refeições diárias em sistema de self service nos próprios canteiros de obra o que representa cerca de 80 de toda sua produção o sócio-proprietário do restaurante diego carvalho andrade afirmou que a modalidade de fornecimento da alimentação foi adotada para atender à solicitação do cliente ele ressalta que os administradores da atualidade devem pensar em primeiro lugar na qualidade do produto oferecido hoje isso é um diferencial podemos sair na frente mas daqui a algum tempo será um requisito mínimo destacou ainda segundo o empresário é necessário investir em melhoria contínua pois os clientes estão cada dia mais exigentes o diálogo com a toctao nos abriu a visão para pensarmos em certificação apesar de já termos os procedimentos documentados e controlados chamados de pops procedimentos operacionais padrão que seguimos para oferecer qualidade na alimentação mas algumas coisas viemos a conhecer por meio desta parceira dentre as ações implementadas por sugestão da construtora diego carvalho ressaltou a criação de um projeto que será iniciado ainda este ano quando levarão aos colaboradores dicas de alimentação saudável o treinamento dos funcionários do restaurante que atendem os trabalhadores nas obras também o cumprimento dos itens da nr-18 pertinentes à atividade além de buscar a licença ambiental entre outros para carvalho atender aos requisitos do cliente é uma forma de fidelizá-lo colaboração assessoria de imprensa da toctao engenharia janeiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 13

[close]

p. 14

s eguranÇa do trabalho perda auditiva induzida pelo ruído em nosso cotidiano seja em casa ou no trabalho existem inúmeras situações nas quais estamos expostos ao ruído o trabalho se apresenta como a situação mais perigosa em função das muitas máquinas e equipamentos ruidosos e do tempo em que passamos sob tais condições destacamos a importância da bertilha construção civil no âmbito social rodrigues que se deve em parte à sua grande melo de absorção de mão de obra e ao desenvolvimento econômico que é representada pela sua participação no produto interno bruto pib a alta rotatividade de mão de obra é uma das principais características que influenciam no treinamento e na conscientização eficaz do trabalhador quanto à prevenção de acidentes o ruído é um agente frequente e está presente no ambiente de trabalho por sua enorme ocorrência e visto que os efeitos à saúde dos indivíduos expostos são consideráveis é um dos maiores focos de atenção dos higienistas e profissionais voltados para a segurança e saúde do trabalhador de acordo com a legislação brasileira portaria nº 3.214/1978 do ministério do trabalho nr-15 anexo 1 os limites de tolerância para exposição a ruído contínuo ou intermitente são representados por níveis máximos permitidos segundo o tempo diário de exposição ou aceitabilidade por tempo máximo de exposição diária em função dos níveis de ruídos existentes para quantificar tais exposições utiliza-se o conceito da dose dosimetria em grande parte o ruído nos canteiros de obras podem ser atenuados ou eliminados com medidas preventivas como fazer uso contínuo de equipamento de proteção individual epi conforme orientações do setor de engenharia de segurança e medicina ocupacional e realizar exames periódicos além disso tais medidas de controle podem ser encaradas como um investimento pois delas derivam um retorno financeiro graças à melhoria de produtividade dos trabalhadores melhor performance das máquinas e maior ganho à saúde do trabalhador as medidas prévias de controle de ruído para instalações do canteiro de obras visam conseguir os menores níveis possíveis de ruído em todo o ambiente de trabalho tais como especificação de máquinas e ferramentas seleção de métodos operacionais e materiais emprega14 sinduscon-go · construir mais · janeiro 2012 dos fixação das máquinas manutenção das máquinas e arranjo físico o ruído é um som prejudicial à saúde pois causa sensação desagradável e irritante que depende de alguns fatores frequência e intensidade tempo de exposição tipo de ruído ­ contínuo sem parar intermitente ocorre de vez em quando ou de impacto ocorre de repente distância da fonte sensibilidade individual que pode variar em função da idade e da resistência do organismo de cada um e lesões no aparelho auditivo que podem ser anteriores a exposição infecções e inflamações vantagens de eliminar o ruído ­ melhoria do ambiente de trabalho qualidade de produtos e serviços cumprimento dos procedimentos operacionais e administrativos equilíbrio físico e mental qualidade de vida do trabalhador produtividade e segurança no trabalho evitando assim a perda auditiva induzida pelo ruído pair bertilha rodrigues de melo é técnica de segurança do trabalho e graduanda em gestão de recursos humanos em grande parte o ruÍdo nos canteiros de obras podem ser atenuados ou eliminados com medidas preventivas como fazer uso contÍnuo de equipamento de proteção individual epi

[close]

p. 15

a rt i g o ti na construção civil erp s desenvolvidos para empresas do setor a indústria da construção civil o mercado da construção civil melhoraram em muito conconsiderada tradicional e conservasultores especializados e com formação acadêmica adequadora com a popularização da interda são incorporados nas empresas durante o período de net a globalização e com o aumenimplantação melhorando os conceitos de gestão revendo to da competitividade no setor tem processos internos e otimizando rotinas com vistas ao maior procurado inovar para obter maior aproveitamento possível dos recursos do software produtividade qualidade e redução É importante e salutar esclarecer que um software por si dos custos com este cenário emsó não produz milagres o comprometimento da empresa presas que desenvolvem softwares em implantar um sistema passa por mudanças culturais de específicos para a construção civil processos e em algumas vezes de pessoas o objetivo final tem tido papel fundamental e uma nunca deve ser esquecido tornar a empresa mais eficiente oportunidade única de aumentar e eficaz marllos kratka seu volume de negócios o mercado goiano tem acesso às melhores opções atuos erp s enterprise resource ais de softwares de gestão para construção civil represenplanning desenvolvidos para a construção civil têm marcatantes e consultores tem dado o suporte necessário para do positivamente a história de emque o mercado tenha acesso às presas até então com a necessidade soluções o momento não pode aumentar suas estruturas admideria ser melhor para investir é importante e salutar nistrativas sempre que o negócio em sua empresa esclarecer que um estava aquecido segurança de dasoftware por si só não dos confidenciais controles manumarllos kratka ais informações imprecisas muitas produz milagres o é administrador de empresas vezes difíceis de serem apuradas e comprometimento da com pós-graduações nas áreas agilidade da informação para a tofinanceira controladoria e negóempresa em implantar mada de decisão sempre foram as cios e diretor da psa sistemas um sistema passa por principais queixas e preocupações representante autorizado do software siengeweb de empresários ligados ao mercado mudanças culturais de da construção processos e em algumas existem no mercado atual fervezes de pessoas ramentas de gestão robustas e desenvolvidas com foco exclusivo na construção civil a integração de processos como viabilidade econômica prospecção vendas orçamento planejamento acompanhamento de obras compras administração de prestadores de serviços financeiro contabilidade qualidade entre outros enchem os olhos de gestores que conhecem as ferramentas o presente momento de inúmeras empresas permite que o acesso aos erp s disponíveis no mercado seja feito com investimentos até então inviáveis principalmente para micro e pequenas empresas o mercado mudou muito e alguns sistemas permitem que o próprio cliente monte sua solução com a escolha apenas das partes que interessam no software mas talvez a principal característica que já vemos no mercado de softwares para construção civil e tendência mundial para qualquer produto desta área é a versão web já é uma realidade por exemplo acessar o software de um smartphone e realizar diversas rotinas com necessidade apenas de acesso à internet paralelamente ao produto os serviços oferecidos por software house empresa que desenvolve software para janeiro 2012 · construir mais · sinduscon-go 15

[close]

Comments

no comments yet