Revista Benchmarking Edição 7

 

Embed or link this publication

Description

Edição Comemorativa. Entrevistas exclusivas com Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira e Secretário do Meio Ambiente de SP, Bruno Covas. Artigos técnicos, depoimentos de personalidades e cobertura completa dos eventos: IX Benchmarking Brasil, V FIB

Popular Pages


p. 1

edição 7 agosto a dezembro 2011 distribuição gratuita venda proibida benchmarking ranking benchmarking revista aprendendo com os detentores das melhores práticas 2011 os legítimos da sustentabilidade da toress etenoresáticas tent d de es pr or melh conheça as 28 empresas selecionadas por especialistas de 06 diferentes países 9º benchmarking brasil casa cheia e a presença de lideranças políticas e empresariais para prestigiar os melhores da gestão socioambiental brasileira 4ª fibops internacional fibops a sustentabilidade que dá certo e mais fibops barueri mostra a força da economia verde local páginas verdes entrevista exclusiva com izabella teixeira ministra do meio ambiente do brasil trajetória 12 perguntas para o secretário de de meio ambiente do estado de são paulo bruno covas

[close]

p. 2

inscrições online até 30/05/2012 www.benchmarkingbrasil.com.br junte-se aos melhores da gestÃo socioambiental do paÍs faça parte do maior banco de práticas de sustentabilidade do brasil atitude responsável e competitiva 2012 10º ranking detentores das melhores práticas os melhores cases de sustentabilidade o conhecimento socioambiental aplicado e compartilhado nas empresas e instituições brasileiras contribuindo com a construção de sociedades sustentáveis mais de 130 empresas já foram rankeadas por uma comissão técnica com especialistas de vários países realização be am nch bie ma nt rk a l ing br as ile iro programa benchmarking brasil atitude responsável e competitiva www.benchmarkingbrasil.com.br bench@maisprojetos.com.br 55 11 3729-9005 3257-9660

[close]

p. 3

editorial 11 anos já se passaram deste novo século e a atenção pelas questões ambientais só aumentou nota-se com clareza o desejo de construir um século mais verde mais limpo e menos insustentável que o anterior pois bem neste primeiro ano da segunda década que se inicia observamos mudanças significativas no modo de pensar e agir das lideranças e seguidores de uma sociedade em construção líderes atuantes nos 03 setores da economia defendendo novas idéias e posturas e os planos saíndo do papel ainda não no ritmo e intensidade que precisamos mas há avanços discutimos temas antigos sob o prisma de um novo olhar e isto aumenta a massa critica em torno dos temas relevantes e atuais e o mais importante esta massa critica é suficientemente bem informada para não se deixar envolver por discursos não convergentes com práticas green washing das falsas lideranças e já começa a interferir no processo de construção do nosso futuro comum dentro deste contexto despontam lideranças reconhecidas e admiradas são pessoas físicas e jurídicas que pensam e agem fora do lugar comum que lidam bem com o pensamento complexo e a pluralidade enxergando oportunidades onde outros ainda são resistentes e pagam para ver são inovadores éticos e interativos uma mistura de competencias que os tornam diferenciados são os legítimos da sustentabilidade que surgem para apontar caminhos e soluções em 2011 os legítimos da sustentabilidade estiveram presentes em eventos especializados colaborando com a construção de massa critica sem grandes alardes e com a segurança e coerência dos verdadeiros líderes compartiharam visões e reflexões pois reconhecem que o diálogo é uma das suas principais responsabilidades mercado e sociedade são ávidos por inovações tecnológicas e gerenciais que melhorem o desempenho das atividades humanas e a qualidade de vida as empresas com práticas produtos e ações inseridos dentro deste contexto sempre estiveram presentes em iniciativas especializadas do terceiro setor aqui representado pelo instituto mais os legítimos da sustentabilidade marcaram presença na 4 fibops e 9° benchmarking dois respeitados eventos que mostram a sustentabilidade que dá certo em um grande intercâmbio das melhores mentes e marcas do país nesta edição além da cobertura completa destes 2 eventos temos também artigos técnicos e entrevistas exclusivas com autoridades e lideranças da sustentabilidade nosso esforço produz conteúdo da melhor qualidade contribuindo assim para a construção da cultura da sustentabilidade nas organizações e sociedade boa leitura marilena lino de almeida lavorato idealizadora do programa benchmarking brasil e editora da revista benchmarking expediente revista benchmarking ­ aprendendo com os detentores das melhores praticas conselho editorial marilena lino de almeida lavorato programa benchmarking brasil e alberto augusto perazzo fides fundação instituto de desenvolvimento empresarial e social jornalista responsável gabriela andré colaboradores desta edição em artigos técnicos francisco paletta alcir vilela e maria cecília coutinho fotos da capa alécio cesar projeto gráfico one star .com gestor web henrique mendes produção executiva mais projetos versão eletrônica www.maisprojetos.com.br/benchbrasil/revista contatos redacao@maisprojetos.com.br comercial@maisprojetos.com.br a revista benchmarking não se responsabiliza pelos conceitos e opiniões emitidos em artigos e frases assinadas a reprodução no todo ou em parte de suas matérias só é permitida desde que citada a fonte e autor.

[close]

p. 4

r evista sumÁrio benchmarking aprendendo com os detentores das melhores práticas páginas verdes matéria de capa benchmais 2 trajetória 4ª fibops entrevista exclusiva com a ministra do meio ambiente isabella teixeira 5 8 12 14 19 por onde andaram os legítimos da sustentabilidade em 2011 lançado o segundo volume da série com artigos depoimentos e resumos das 198 melhores práticas de sustentabilidade do país entrevista com o secretário de meio ambiente do estado de são paulo bruno covas feira e congresso internacional pró-sustentabilidade galeria vozes da sustentabilidade fibops regional depoimentos o pensamento de nossas principais lideranças 23 25 29 30 38 40 42 barueri sedia sua primeira feira de sustentabilidade relatos dos participantes da 4ª fibops e 9° benchmarking artigos técnicos cultura sustentabilidade e tecnologia incorporação do valor sustentabilidade profissionais de sustentabilidade cultura de sustentabilidade comemora os 10 anos do benchmarking brasil acontecendo agende-se a contribuição do instituto mais na formação de massa critica em sustentabilidade em 2012 benchmarking brasil comemora 10 anos e a fibops internacional seus 05 anos edição 7 ­ agosto a dezembro de 2011

[close]

p. 5

izabella teixeira por marilena lavorato o futuro para nossos filhos e netos depende mais do que nunca da forma como produzimos e consumimos hoje izabella mônica vieira teixeira é bióloga com mestrado em planejamento energético e doutorado em planejamento ambiental foi diretora do ibama e também subsecretária da secretaria estadual do meio ambiente do rio de janeiro gerenciou projetos e programas ambientais de cooperação internacional e exerceu a docência para temas ambientais na universidade federal do rio de janeiro com um perfil técnico executivo é a atual ministra do meio ambiente do país cargo que ocupa desde o governo lula na breve entrevista que nos concedeu izabella fala sobre energia renovável políticas públicas infraestruturas urbanas e da sua visão frente aos desafios e oportunidades do brasil em relação as demandas socioambientais como vê a atuação da iniciativa privada frente aos desafios e oportunidades do desenvolvimento sustentável o setor privado avança com maior rapidez na assimilação de padrões de sustentabilidade o mercado de produtos de cadeia sustentável interno e principalmente o externo que vem crescendo cerca de 10 ao ano segundo o pnuma é a principal razão para as empresas investirem em sustentabilidade no diálogo que estabelecemos com o fórum dos empresários pela sustentabilidade que reúne dezenas de grandes empresários percebemos que há avanços significativos e buscamos parcerias para incentivar mais ainda a busca pela sustentabilidade o governo é um grande comprador respondendo por 15 do mercado interno portanto é nosso papel induzir a mobilização nesse sentido criando mecanismos de licitações sustentáveis sempre que a lei nos permitir em sua opinião durante os últimos dez anos houve evolução ou retrocesso da sociedade brasileira em relação às questões socioambientais eu estava na rio-92 que foi um marco para as questões ecológicas e agora há menos de um ano da rio+20 observação não só um avanço mas uma mudança de paradigma incluímos definitivamente o homem nas questões onde só se enxergava a preservação e conservação da natureza naquela época nossos parceiros preferenciais eram organizações não-governamentais que tinham a ação pela defesa do meio ambiente como atividade eles continuam sendo importantes mas o protagonismo agora está com os movimentos sociais como a via campesina o grito da terra o mst e outros eles estão à frente querem crescer economicamente mas se preocupam em fazê-lo de forma sustentável o crescimento com sustentabilidade e justiça social é caminho por isso a rio+20 não é uma conferência com foco ecológico mas sim no desenvolvimento sustentável páginas verdes izabella teixeira ministra do meio ambiente do brasil 5

[close]

p. 6

quais as perspectivas para às políticas públicas de incentivo a gestão ambiental para os próximos anos considerando os eventos globais que o brasil sediará em 2014 e 2016 o sistema nacional de meio ambiente está em pleno processo de revitalização só em 2009 num universo de 5.565 municípios 37,4 contaram com recursos específicos para capacitação de gestores ambientais a expectativa é que possamos ampliar os investimentos e preparar um bom número de gestores o que é fundamental para a copa e as olimpíadas sejam exemplos de sustentabilidade com compensação das emissões e incentivo ao turismo ecológico com opção para os participantes dos dois eventos os entendimentos estão em andamento e se a proposta do mma se viabilizar esperamos que isso impulsione mais ainda a oferta de fontes renováveis e quanto ao acordo firmado recentemente com os estados unidos iniciativa conjunta brasil estados unidos para sustentabilidade urbana jius da sigla em inglês o que significa em termos práticos para as grandes metrópoles do brasil a jius é uma plataforma de ações voltadas para os desafios e oportunidades do desenvolvimento de infraestruturas urbanas que promovam o desenvolvimento sustentável com benefícios econômicos ambientais e sociais o momento para o lançamento da iniciativa é oportuno tendo em vista a realização no brasil da copa do mundo de futebol da fifa em 2014 e dos jogos olímpicos e paraolímpicos em 2016 em termos práticos estamos vivendo um momento de revisão do papel das cidades na agenda ambiental falar em meio ambiente qualidade de vida e conservação da biodiversidade passa necessariamente por discutir expansão urbana e pressão das populações sobre os recursos naturais as ações da jius serão no sentido de ampliar e fortalecer a sustentabilidade no processo de ocupação e expansão urbana o setor privado avança com maior rapidez na assimilação de padrões de sustentabilidade a política de resíduos sólidos que tramitou por mais de 19 anos no congresso finalmente foi aprovada em sua opinião o que atrasou tanto esta decisão e qual será o resultado imediato advindo desta lei o pl nº 203/91 que instituiu a pnrs era de iniciativa do legislativo segundo a avaliação de alguns deputados o congresso nacional aguardava uma manifestação por parte do executivo para dar celeridade ao processo o que só aconteceu em setembro de 2007 quando o presidente lula enviou o projeto de lei nº 1991 ao congresso o tema é complexo e foi necessário buscar o consenso dos diferentes setores envolvidos tais como governo iniciativa privada catadores de materiais recicláveis e produtores a eliminação dos lixões até 2014 o aumento da reciclagem no país e uma maior conscientização por parte das cidadãs e cidadãos sobre as questões relacionadas aos resíduos sólidos são as principais mudanças em curso os esforços para eliminar os lixões e implantar a coleta seletiva com a participação de catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis entrou na pauta de estados e municípios que tem buscado informações no mma o ministério do meio ambiente vem desenvolvendo há três meses uma campanha na mídia para estimular a população a separar os lixos seco e úmido mesmo onde ainda não há coleta seletiva já promovemos em parceira com a inciativa privada a redução do uso de sacolas plásticas em mais de 5 bilhões de unidades substituídas nos supermercados por sacolas retornáveis páginas verdes izabella teixeira ministra do meio ambiente do brasil 6

[close]

p. 7

como estão os investimentos do brasil em relação a energias de fontes renováveis em 2009 foi lançada a carta dos ventos para incentivar a geração eólica principalmente offshore estamos otimistas com os resultados dos leilões de geradoras que estão sendo realizados há uma ampliação na demanda por esse tipo de energia o que é muito bom está em análise pelo governo a possibilidade de redução de impostos de importação para turbinas os entendimentos estão em andamento e se a proposta do mma se viabilizar esperamos que isso impulsione mais ainda a oferta de fontes renováveis eu estava na rio-92 que foi um marco para as questões ecológicas e agora há menos de um ano da rio+20 observo não só um avanço mas uma mudança de paradigma «os recursos naturais não são inesgotáveis» páginas verdes izabella teixeira ministra do meio ambiente do brasil 7

[close]

p. 8

casa cheia autoridades e personalidades presentes na 9ª edição do ranking benchmarking brasil os detentores das melhores práticas de sustentabilidade comemoram a conquista de estarem no ranking 2011 em 28 de julho no centro de eventos são luis em são paulo com a presença de ilustres convidados e autoridades presentes foi conhecido o ranking dos melhores da gestão socioambiental brasileira de 2011 dos quase 100 inscritos apenas 28 organizações obtiveram o índice técnico para integrar o ranking benchmarking as práticas inscritas foram avaliadas por uma comissão técnica de 15 especialistas de 06 diferentes países que pontuaram os modelos gerenciais sem ter acesso ao nome da organização estiveram presentes prestigiando a solenidade autoridades e convidados especiais samyra crespo secretária de articulação institucional e cidadania ambiental do ministério do meio ambiente representando a sra izabella teixeira ministra do meio ambiente bruno covas secretário de meio ambiente do estado de são paulo representando o governador geraldo alckmin dra consuelo yatusuda yoshida desembargadora federal ­ tribunal regional federal da 3ª região dr paulo nogueira neto primeiro secretário com status de ministro de meioambiente do país na foto abaixo marilena lavorato presidente do comitê de sustentabilidade do instituto mais na abertura da solenidade benchmarking por onde andaram os legítimos da sustentabilidade em 2011 8

[close]

p. 9

todos foram homenageados com a entrega do livro benchmais2 uma obra que registra a memória dos 8 anos do programa benchmarking com a publicação dos resumos dos 198 cases selecionados até 2010 a obra traz ainda artigos e depoimentos de especialistas entre eles lester brown reconhecido autor internacional que escreve sobre economia verde há mais de 20 anos e conta com o prefácio da ministra do meioambiente sra izabella teixeira diretores e responsáveis pela gestão de meio ambiente responsabilidade social e sustentabilidade das empresas vencedoras estiveram presentes para receber o selo certificado e troféu conferidos as empresas benchmarking detentora das melhores práticas de sustentabilidade na foto ao lado momento em que dr paulo nogueira neto foi homenageado pelo instituto mais recebeu das mãos de bruno covas secretário do meio ambiente do estado de são paulo uma placa de reconhecimento especial e um exemplar do livro benchmais 2 das mãos de marilena lavorato presidente do instituto mais dr paulo agradeceu e fez um rápido pronunciamento sobre a importância do programa benchmarking na construção da cultura de sustentabilidade junto as organizações governo e sociedade a solenidade foi aberta com a apresentação da orquestra filarmônica do senai sp sob a regência do maestro thomaz ferreira martins e encerrada com coquetel de confraternização 100 orgânico para 400 pessoas um seleto publico de especialistas diretores autoridades e lideranças atuantes em sustentabilidade na foto ao lado diretores da itaipu e ambev nelton friedrich e ricardo rolim 1º e 2º colocados no ranking aguardam ansiosos pela anuncio ao lado de samyra crespo secretária de articulação institucional e cidadania do ministério do meio ambiente o ranking benchmarking foi apresentado no encerramento da fibops feira e congresso internacional para o intercâmbio das boas práticas socioambientais a 4ª fibops contou com 62 expositores 05 patrocinadores 03 dias de realização 26 a 28 de julho e 4 mil visitas sobre o benchmarking o programa benchmarking está em sua 9ª edição e já selecionou 226 cases cujos resumos estão disponíveis no maior banco de práticas de sustentabilidade de livre acesso do país compartilha este rico acervo em eventos e publicações abertos e gratuitos são 05 eventos ao ano e 02 publicações revista e livro nas versões eletrônico e impresso este ano lançou o volume 2 da série benchmais uma obra de referência em gestão socioambiental distribuída gratuitamente nas universidades e entidades representativas parceiras www.benchmarkingbrasil.com.br momentos especiais de celebração com a apresentação da orquestra filarmônica senai sp com 75 integrantes alunos e ex alunos da entidade e do coral unicanto com 46 vozes um projeto de inclusão social com adolescentes da cidade de bauru benchmarking por onde andaram os legítimos da sustentabilidade em 2011 9

[close]

p. 10

ranking benchmarking 2011 detentores das melhores práticas de sustentabilidade rk 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º 21º 22º 23º 24º 25º 26º 27º 28º empresa itaipu binacional ambev grupo baram neoenergia fun do vale con strutora andrade gutierrez celulose iran i pepsico kinross con cessionária ecovias dos imigrantes cargil agrícola walmart brasil arcelormittal tubarão cia d e san eamen to básico do estado de são paulo sabesp llx firmenich agco do brasil projeto integrado biodiesel llx diageo brasil klabin duratex in stituto embratel 21 duke energy geração paranapanema fun dação pró-hemorio pepsico cia d e san eamen to básico do estado de são paulo sabesp r&a con sultoria e serviços de comunicação ccpr itambé case gestão para a sustentabilidade no espaço rural banco cyan programa de sustentabilidade alternativas susten táveis para resíduos da con strução civil projeto vale luz 2 anos de ações pela conservação dos recursos n aturais e desenvolvimento local utilização de palha de carnaúba no revestimento de isolamento térmico de tubulações recuperação da Área de preservação perman ente do riach o da anta gincana vida sustentável projeto de revitalização e preservação de nascen tes na bacia do córrego rico em paracatu viveiro de mudas semean do a in clusão social projeto salto limpo recuperação conservação e educação ambiental n o córrego do salto sustentabilidade na comunicação visual das lojas biodiversidade através de projetos e resgate da fauna e da flora com enriquecimento do cinturão verde programa córreg o limpo na unidade de negócio oeste a sustentabilidade de ações socioambientais num con texto corporativo plano de investimento social da pesca cadeia sustentável da copaíba amazônica 100 biod iesel programa de relocação porto sudeste todo mun do reciclando vidro programa fomen to florestal semeando o desenvolvimento sustentável educação e inclusão social reciclagem de lonas vinílicas conservação ambiental do parque estadual do cerrado de jaguariaíva Último fragmento de cerrado da região su l do brasil através do controle de plan tas exóticas in vasoras projeto infocycle reaproveitamento de resíduos eletrônicos e preven ção da poluição ambiental display reciclavel programa abraço verde uf pr sp rs ba rj sp sc sp mg sp mg sp es sp rj sp sp sp sp sp sp rj sp rj sp sp vinte e dois an os de pion eirismo fazendo negócios sustentáveis coop erativismo sustentável sp mg benchmarking por onde andaram os legítimos da sustentabilidade em 2011 10

[close]

p. 11



[close]

p. 12

saiu o livro benchmais2 lester brown elogia programa benchmarking brasil e participa da obra em depoimento no livro benchmais2 lançado em são paulo durante a 4 edição da fibops intercâmbio internacional pro sustentabilidade lester brown autor internacional que escreve sobre economia verde há mais de 20 anos destaca iniciativa que ranqueou 198 melhores práticas socioambientais no país um dos mais influentes pensadores do mundo o norteamericano lester brown elogiou o programa benchmarking ambiental brasileiro responsável pelo maior banco de boas práticas socioambientais no país esta rica coleção de estudos de casos relata o surgimento de uma nova geração de gestores e empresas que desenham modelos de negócios capazes de produzir resultados positivos para o ambiente natural e social tendo como premissa uma situação win-win-win onde todos ganham afirmou brown em depoimento registrado no livro benchmais2 que foi lançado no próximo 28 de julho em são paulo com a presença de ilustres convidados autoridades e personalidades ambientais fundador e presidente do earth policy institute com sede em washington d.c lester brown diz que o programa é um dos avanços mais significativos no balanço da conferência rio 20 grandes nomes da sustentabilidade brasileira presentes no lançamento de benchmais2 o segundo volume da série benchmais reúne grandes nomes da sustentabilidade do país e promove um histórico encontro de ministros do meio ambiente do brasil samyra crespo representando a ministra do meio ambiente izabella teixeira bruno covas secretario de meio ambiente do estado sp deputado arnaldo jardim conta com o prefácio da atual ministra do meio ambiente izabella teixeira e depoimento de paulo nogueira neto o primeiro ministro do meio ambiente do país na ocasião em que tomou posse não existia um ministério de meio ambiente e sim uma secretaria mas com status equivalente este banco de práticas ideias e soluções é ampliado a cada nova edição do benchmarking brasil com a entrada de novos cases e empresas É um rico acervo a disposição da sociedade informa marilena lino de a lavorato organizadora do programa benchmarking brasil e da obra benchmais 2 essas práticas casos foram selecionadas por um júri com especialistas de vários países que não teve acesso aos nomes das organizações que inscreveram os cases acrescenta benchmais 2 lançado o segundo volume da série com artigos depoimentos e resumos das 198 melhores práticas de sustentabilidade do país 12

[close]

p. 13

sobre a obra no total 198 casos com o melhor da gestão socioambiental do brasil de cerca de 125 empresas sediadas no brasil são apresentados por regiões geográficas e ramo de atividade e organizados em 10 diferentes temáticas gerenciais para atender o requisito de aprendizagem e comparação da ferramenta benchmarking É uma obra didática de gestão e referência técnica apresentando os resumos dos 198 casos selecionados pelo programa benchmarkingambiental brasileiro no período de 2003 a 2010 além de artigos de especialistas depoimentos de autoridades e ambientalistas e registro histórico da memória do programa benchmarking marilena lavorato organizadora do livro benchmais2 autografando a obra no lançamento benchmais2 é uma obra focada em práticas de sustentabilidade que denotam uma mudança na orientação de valores e métodos de gestão em empresas de distintos portes um livro de casos conhecimento aplicado selecionado pelo programa benchmarking do interesse de professores e alunos de graduação e pós graduação além de gestores lideranças e empreendedores foi distribuído gratuitamente para bibliotecas de universidades e entidades representativas parceiras benchmais2 é uma iniciativa exclusiva da mais projetos com a coordenação técnica de marilena lino de almeida lavorato idealizadora do programa benchmarking brasil obs para adquirir benchmais2 entre em contato pelos telefones 11 3729-9005 3257-9660 ou pelo email bench@maisprojetos.com.br pensamento e visão da massa crítica da sustentabilidade em benchmais2 além dos resumos das 198 práticas organizadas em 10 temáticas gerenciais arranjos produtivos educação informação e comunicação socioambiental emissões energia ferramentas e políticas de gestão manejo e reflorestamento pesquisa e desenvolvimento de novos produtos proteção e conservação recursos hidrícos e efluentes resíduos benchmais2 conta ainda com artigos e depoimentos de especialistas autoridades e lideranças ambientais e prefácio da ministra de meioambiente do brasil isabella teixeira francico palleta diretor da faculdade de engenharia da faap joão amato neto ­ professor e coordenador do curso de especialização em administração industrial da fundação vanzolini depoimentos alberto josé ogata presidente abqv alberto augusto perazzo membro permanente conselho fides arnaldo jardim deputado federal antonio victor carreira de oliveira membro apee associação portuguesa de Ética empresarial eliane pinheiro belfort mattos diretora titular de rs da fiesp elimar pinheiro do nascimento diretor de sustentabilidade da unb francico palleta diretor da faculdade de engenharia da faap haroldo mattos de lemos presidente do instituto pnuma brasil lester borwn presidente wwi-worldwatch institute maria cecilia coutinho de arruda diretora alene e profa fgv sp paulo nogueira neto primeiro ministro de meio ambiente do brasil articulistas e apoiadores no lançamento e em destaque dr paulo nogueira neto o primeiro secretário com status de ministro do meio ambiente do brasil que também participa da obra articulistas alcir vilela junior coordenador da dimensão ambiental do Índice de sustentabilidade empresarial da bovespa consuelo yatsuda moromizato yoshida desembargadora federal do tribunal regional federal da 3ª região eduardo athayde diretor editor do wwi-worldwatch institute no brasil e membro da equipe internacional de pesquisadores do wwi benchmais 2 lançado o segundo volume da série com artigos depoimentos e resumos das 198 melhores práticas de sustentabilidade do país 13

[close]

p. 14

entrevista por marilena lavorato precisamos aprender com as lições do passado para termos um futuro para nossos filhos e netos bruno covas iniciou cedo sua carreira política sendo o primeiro secretário da juventude do psdb em 1999 e desde então vem exercendo relevantes atividades políticas foi deputado estadual e hoje é o atual secretário estadual do meio ambiente do governo do estado de são paulo bruno covas 30 anos é casado pai de um filho É advogado formado pela usp e economista formado pela puc-sp É mestrando em administração pública pela fgv-sp e professor de direito constitucional na esamc-santos a seguir em uma breve entrevista bruno covas fala sobre educação ambiental economia verde direitos do cidadão rio 20 políticas publicas além de suas percepções e visões a frente da secretaria de meio ambiente do estado de são paulo sua formação acadêmica advogado economista e mestrando em administração publica revela sua preocupação com a educação e informação de qualidade portanto em sua opinião qual o papel da educação e informação ambiental para a construção de um futuro mais verde e limpo o papel é de protagonista pois foi a falta de informação e educação ambiental que nos colocou na situação que nos encontramos.ainformação é um dos bens mais preciosos que temos atualmente e que pode sensibilizar sobre a importância da participação de todos na resolução dos problemas ambientais que nos cercam e comprometem nosso futuro a visão estratégica da secretaria é a descentralização temos uma parceria com 535 municípios que implantaram projetos de educação ambiental mais de seis mil professores já foram treinados acreditamos que para preservar é preciso conhecer por isso foram implantados 28 espaços pedagógicos no estado além disso a sma desenvolve parcerias divulgando 10 ecodicas com o intuito de conscientizar a população da importância da proteção do meio ambiente a construção do amanhã exige novas atitudes de cidadania embasadas nos ensinamentos da ecologia e do desenvolvimento sustentável a educação e informação ambiental contribuem para a construção de uma sociedade ambientalmente responsável a partir da discussão dos problemas ambientais com o objetivo de conscientizar principalmente crianças e adolescentes sobre a necessidade de adotarem em suas atividades cotidianas práticas de conservação dos recursos naturais ou seja a formação consciente das novas gerações segundo os ideais de cultura de cada povo você iniciou cedo sua carreira política o que nos faz pensar que nunca teve dúvidas em relação a sua escolha foi exatamente assim ou teve momentos em que pensou dedicar-se a outra atividade e se pensou em outra atividade qual foi e por quê a decisão de se seguir carreira política surgiu desde muito cedo foi um desejo uma escolha pessoal claro que ser neto de mario covas certamente me fez gostar conhecer a política considero a política uma luta diária uma busca constante para diminuir as diferenças sociais pra mim é um projeto de vida a construção do amanhã exige novas atitudes de cidadania embasadas nos ensinamentos da ecologia e do desenvolvimento sustentável em sua trajetória política nota-se uma preocupação com os direitos do cidadão e as responsabilidades do governo participando de comissões e sendo autor de vários projetos de lei fale-nos um pouco mais sobre seus principais projetos aprovados e como eles estão beneficiando a população trajetória entrevista com o secretário de meio ambiente do estado de são paulo bruno covas 14

[close]

p. 15

o projeto da virada cultural transformado em lei permite o acesso à cultura de milhares de pessoas acredito que isso torna possível não apenas a troca de experiência vivências experimentação de novas formas e conteúdos mas sobretudo a formação intelectual e cultural isso é um dos pontos fundamentais para o desenvolvimento das sociedades de uma população mais preparada há ainda vários projetos mas gostaria de citar um em tramitação na assembléia o de responsabilidade administrativa o projeto se aprovado impedirá a descontinuidade de obras e projetos públicos a cada mudança de gestão há políticas públicas que surtem resultados efetivos a médio e longo prazos descontinuálas além de desperdício do dinheiro público e um enorme desrespeito com a população como a política pode colaborar para a difusão fortalecimento e incentivo a adoção das boas práticas de sustentabilidade junto as organizações e sociedade a colaboração se dá com a criação de políticas públicas condizentes com o desenvolvimento sustentável e no incentivo às empresas para adotarem cadeias produtivas sustentáveis no município é muito importante medidas de educação ambiental e conscientização o desenvolvimento sustentável não será alcançado por meio de um projeto ou estratégia mas por um conjunto de ações públicas e da iniciativa privada com a participação efetiva da população que desafios o secretário de meio ambiente de um dos estados mais desenvolvidos economicamente do país enfrenta em seu dia a dia o grande desafio do mundo moderno é o de estabelecer o equilíbrio entre crescimento econômico e sustentabilidade ou seja o desenvolvimento sustentável não há desenvolvimento sem respeito à agenda verde ao cumprimento da legislação ambiental o futuro que sonhamos que pretendemos como nação depende desse justo e necessário equilíbrio para alcançarmos esse sonho precisamos adotar um novo modelo econômico que é a economia verde são paulo tem fomentado essa novidade no planejamento de políticas públicas e no incentivo às empresas para adotarem cadeias produtivas sustentáveis e novamente o desenvolvimento sustentável não será alcançado por meio de um projeto ou estratégia mas por um conjunto de ações públicas e da iniciativa privada com a participação efetiva da população além desse temos outros desafios como a construção de uma agenda comum que envolva o governo do estado por meio da atuação conjunta de várias secretarias e municípios questões como conclusão do zoneamento ecológico econômico resíduos sólidos e o equilíbrio entre desenvolvimento e sustentabilidade são pontos que precisam de solução a curto prazo quais as principais políticas públicas de fomento a sustentabilidade que o governo do estado de são paulo tem implementado nos últimos anos lei paulista de controle de mudanças climáticas com o estabelecimento da meta de 20 de redução das emissões de gases de efeito estufa gee até 2020 com base nas emissões de 2005 pela política estadual de mudanças climáticas a migração do modelo de desenvolvimento do estado de são paulo para uma economia de baixo carbono se tornou fundamental como estratégia para o futuro a área de energia é uma das que merece maior atenção principalmente no investimento e promoção de novos modais de mobilidade urbana economia verde o conceito de economia verde vai além de incluir a questão ambiental nas atividades econômicas trata-se de uma nova visão de desenvolvimento a economia verde encontra nos desafios e adversidades do crescimento econômico mundial a oportunidade de novos negócios que sejam sustentáveis social ambiental e financeiramente diante da escassez dos recursos naturais uma realidade hoje em dia pensar e investir em um novo modelo econômico é vital para a sociedade atual e futura ecoturismo o ecoturismo se planejamento e realizado com critérios adequados é um excelente exemplo de economia verde no vale do ribeira uma região considerada pobre economicamente tem um forte potencial para o ecoturismo atualmente há pousadas e guias que trabalham quase que exclusivamente para levar visitantes às trilhas e cavernas do petar parque estadual turístico do alto ribeira no entanto é importante e imprescindível investir mais em ecoturismo para proporcionar em maior escala benefícios como preservação ambiental e geração de renda a comunidades carentes trajetória entrevista com o secretário de meio ambiente do estado de são paulo bruno covas 15

[close]

Comments

no comments yet