Gazeta Valeparaibana

 

Embed or link this publication

Description

Março de 2019

Popular Pages


p. 1

Ano XI - Edição 136 - Março de 2019 Distribuição Gratuita Dia internacional da mulher, Por que comemorar? Feliz aquele que se descobre Enquanto seres humanos, somos todos iguais. Mas como pessoas que pertencem ao gênero feminino, sofremos com a discriminação, Quando a pessoa descobre na ação voluntária uma atividade que lhe dá prazer… Delicia quando começamos a fazer uma atividade que nos de prazer e o preconceito e a desvalorização. Na sociedade moderna, isso está onde podemos aprender e ter recompensas com esta ação. Isso vale pa- em mudança. Saímos do segundo plano e nossa importância cres- ra esportes ou atividades físicas, leitura, estudo, dieta e por que não um ce a cada dia. trabalho voluntário. Página 2 Página 3 História e Origem do Carnaval O Carnaval tem sua origem na Antiguidade com festas aos deuses onde se permitia uma alteração na ordem social. Desta maneira, os escravos e servos assumiam os lugares dos senhores e a população aproveitava para se divertir. Embora seja conhecido como o país do Carnaval, o Brasil não é o único a comemorá-lo de forma intensa. Cidades como Veneza (Itália), Nice (França), Nova Orleans (EUA), Ilhas Canárias (Espanha), Oruro (Bolívia) e Barranquilla (Colômbia), também celebram a festa de forma bem animada. Para alguns estudiosos, o Carnaval teve origem na Babilônia através da comemoração das Saceias. Nessa festa, concediase a um prisioneiro que assumisse a identidade do rei por alguns dias, sendo morto ao fim da comemoração. Igualmente, na Babilônia, havia uma celebração, no templo do deus Marduk, quando o rei era agredido e humilhado, confirmando a sua inferioridade diante da figura divina. Outros historiadores acreditam que o Carnaval teve início na Grécia por volta de 600 a.C., na altura em que era comemorado o princípio da primavera. Há, entretanto, suposições de que a sua origem decorre da Saturnália, em Roma, ocasião na qual as pessoas se mascaravam e passavam dias a brincar, comer e beber. Com a ascensão do cristianismo, as festas pagãs ganharam novos significados do latim carnis levale que significa “retirar a carne”. Ultima Página A FAMILIA BOLSONARO, A MORTE, A EXTORSÃO, A DOR E OS MILICIANOS DO RIO DE JANEIRO. CULTURAonline BRASIL Palestras e boa música Palestras: - Cultura - Educação - Meio Ambiente - Cidadania Baixe o aplicativo Google Play no site www.culturaonlinebr.org PAU BRASIL e PRÉ-SAL Socialismo que nada, o verda- Jean de Léry descreveu o trabalho estafante dos deiro alvo do governo índios nas lides do pau-brasil que carregavam nos Bolsonaro é o Iluminismo. ombros nus por duas a três léguas (de 13 a 20 quilômetros).”. Por isso, os ataques ao direito à educação “O papel dos índios foi fundamental no processo pública e ao ingresso em universidades de exploração do pau-brasil, pois eram eles que A imagem acima mostra a Xilogravura de derrubavam as arvores, cortavam as toras e as Flammarion, onde um homem medieval com transportavam para os navios. Era trabalho árduo seu bastão, vestido como um peregrino, que considerando-se o tamanho das árvores, a espes- olha para o céu como se estivesse encoberto sura dos troncos e seu peso. Os troncos, duríssi- por uma cortina, ele olha como se quisesse mos, variando de 20 a 30 metros de altura, depois conhecer o outro lado da Terra, o que está de cortados, eram transformados em toras de cer- oculto, o que há além do próprio planeta Ter- ca de 1,5 metros ... ra. Página 6 Página 8 Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 2

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 3 Dia internacional da mulher, Por que comemorar? Enquanto seres humanos, somos todos iguais. Mas como pessoas que pertencem ao gênero feminino, sofremos com a discriminação, o preconceito e a desvalorização. Na sociedade moderna, isso está em mudança. Saímos do segundo plano e nossa importância cresce a cada dia. Foram muitas conquistas e lutas para chegarmos até aqui. Cada vez mais assumimos funções importantes, ocupando as universidades e postos de trabalho que antes eram preenchidos apenas por homens. Estamos ganhando espaço na sociedade e assumindo o papel de donas da nossa história. Muito ainda precisa ser feito. Existe ainda uma desigualdade imensa entre homens e mulheres. Acumulamos várias funções, trabalho fora, e, em casa, mais o papel de mãe, o que nos deixa frequentemente exaustas. Essa desigualdade vem de anos de uma sociedade que não valorizava a mulher, anos de uma sociedade patriarcal, que nos tratava como seres inferiores. Existíamos para ter filhos e servir ao homem. Criadas para sermos donas de casa e mãe. Assim era muito mais fácil ter o controle e sermos manipuladas. Enquanto isso o papel do homem era o de provedor e chefe de família. Há muito sabemos que os gêneros (masculino e feminino), são construções sociais que definiram a existência de um papel que cabe ao homem, e um papel que é da mulher. O papel da mulher está mudando, a mulher contemporânea não aceita ser subjugada, nem ficar a espera de nada, ela vai à luta, atrás daquilo que é seu direito. Houve um processo de desvalorização social da mulher que perdurou por muitos anos. As mudanças em relação ao nosso lugar na sociedade começaram a se intensificar a partir dos movimentos feministas nos anos 70. A inserção das mulheres no mercado de trabalho, nas universidades, na política, e na sociedade como um todo, aconteceu de forma lenta e gradual. Podemos dizer que em termos de poder, existe uma desigualdade muito grande entre homem e mulher, com a mulher em desvantagem ainda. Mulheres, Dotadas de mãos suaves e ternas Que aconchegam e dão carinho, Porém, ao mesmo tempo firmes Para transmitir segurança na hora certa. Mulheres, Dotadas de olhos brilhantes, Olhos que fitam com doçura, Olhos que transmitem o que está guardado Dentro da sua alma Olhos que não sabem mentir. Mulheres, Dotadas de lábios delicados, Lábios que falam de Deus, Sobre o universo e de toda a criação. Lábios que cantam poemas sobre a vida Lábios que são as portas Que deixam escapar a verdadeira voz do .amor. Existe um dia em que se comemora o dia internacional da mulher. Data comemorada no mundo todo, o dia 08 de março, data que foi criada pela ONU em 1975, e que não foi criada pelo comércio, suas origens tem raiz trabalhista. As condições em que as mulheres trabalhavam eram desumanas, com jornadas de trabalho estafantes e praticamente nenhum direito. Apesar de todas as lutas e conquistas a desigualdade de gênero ainda persiste. A diferença salarial por questão de gênero persiste. A violência contra a mulher é alarmante, o feminicídio, a questão do aborto, são muitas reivindicações e lutas por realizar, mas é importante termos um dia para protestar, fazer atos públicos e manifestações para mostrar nossa insatisfação. O avanço que tivemos nos permite cada vez mais sermos donas da nossa vida. A família moderna pede divisão de tarefas, compartilhamento no zelo com os filhos, parceria, homem e mulher lado a lado. O desafio aqui é quebrar as regras desse jogo de poder que nos desfavorece, romper os limites de sexo, de gênero, classe social, raça, fazermos nossas escolhas, nos posicionarmos no mundo, na vida por nós mesmas. Mulheres, Que demonstram seu sofrimento Da forma sincera e humana que existe Mas que também não conseguem esconder Quando estão completamente felizes. Mulheres, Que sentem orgulho de serem mulheres Mesmo sabendo todos os riscos que correm Pelo fato de serem... Mulheres. Mara Chan. Colaboraram nesta edição O dia internacional da mulher é importante para que nos conscientizemos que as desigualdades ainda existem em todas as sociedades, e é por isso que devemos lutar, por todas! Essa data nos faz refletir sobre o caminho percorrido até aqui, o quanto ainda temos que percorrer, é uma afirmação de que estamos aqui, e de que precisamos nos manter firmes para novas conquistas. Comemorar essa data reforça e lembra a todos que a busca pela igualdade de direitos continua. O que queremos é uma sociedade mais justa e igualitária que garanta a todos, igualdade e oportunidade, independente do gênero, da cor, da raça. Mariene Hildebrando Especialista em Direitos Humanos e-mail: marihfreitas@hotmail.com Mariene Hildebrando Nilton Kasctin dos Santos Cláudio da Costa Oliveira Lucia Helena Issa Marcos Pedlowski Berenice Bento e Sayid Marcos Tenório Roberto Ravagnani Dennis de Oliveira Eliane Batista Barbosa Genha Auga Filipe de Sousa Lucia Helena Issa Friedrich Wilhelm Nietzsche Elenira Vilela mst.org.BR Callendar Memorial Chico Mendes e Catraca Livre PRECISA-SE de voluntário revisor de textos - Contato: gazetavaleparaibana@gmail.com IMPORTANTE Todas as matérias, reportagens, fotos e demais conteúdos são de inteira responsabilidade dos colaboradores que assinam as matérias, podendo seus conteúdos não corresponderem à opinião deste Jornal. A Gazeta Valeparaibana é um jornal mensal gratuito distribuído mensalmente para download na web Diretor, Editor e Jornalista responsável Filipe de Sousa - FENAI 1142/09-J Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 3

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 2 Feliz aquele que se descobre Quando a pessoa descobre na ação voluntária uma atividade que lhe dá prazer… Delicia quando começamos a fazer uma atividade que nos de prazer e onde podemos aprender e ter recompensas com esta ação. Isso vale para esportes ou atividades físicas, leitura, estudo, dieta e por que não um trabalho voluntário. Fico feliz quando uma pessoa descobre uma atividade voluntária que lhe dá prazer e que lhe completa e o melhor pode com esta atividade aprender e ajudar ao mesmo tempo. O começo de nossa conversa com aspirantes, ou simplesmente pessoas que estão ouvindo ou lendo sobre o trabalho voluntário é sempre dizer que as pessoas tem que descobrir uma atividade que faça seus olhos brilharem e que depois de conhecer tenha a ver com você, com seu estilo de vida e com a adequação ao tempo que poderá destinar ao trabalho. Após isso feito, você terá que se descobrir, pois certamente você será uma pessoa diferente depois de começar o trabalho voluntário, você, se estiver disposto a isto, fará grandes descobertas de suas potencialidades, fará coisas antes talvez nunca imaginada por você, aprenderá muito se aberto assim estiver, portanto trata-se de um processo de redescobrimento do seu novo eu. As habilidades aprendidas ou descobertas, as amizades propostas, a mudança de visão sobre os “problemas” da nossa vida, tudo isso fará parte desta redescoberta. Portanto feliz aquele que se descobre e tem o trabalho voluntário como uma ferramenta para isso, diria feliz duplamente, pois além de sua descoberta, sua ação poderá fazer o bem para muitos. ALGUMAS DATAS COMEMORATIVAS (+ Datas? Visite nosso site) www.gazetavaleparaibana.com 05 - Carnaval 05 - Dia do Filatelista Brasileiro 08 - Dia Internacional da Mulher 14 - Dia Nacional dos Animais 15 - Dia da Escola 20 - Dia Internacional da Felicidade 21 - Dia Universal do Teatro 21 - Dia Mundial da Terra 21 - Dia Inter. Contra a Discriminação Racial 21 - Dia Inter. das Florestas e da Árvore 22 - Dia Mundial da Água 23 - Dia Mundial da Meteorologia 25 - Dia da Constituição 27 - Dia do Circo 28 - Dia do Diagramador 28 - Dia do Revisor 31 - Dia da Saúde e Nutrição 31 - Dia da Integração Nacional Poderia encerrar aqui nossa conversa, mas hoje é importante, pois as pessoas estão mais ativas, mais ligadas no mundo, mais conectadas, deixar claro que todos queremos mais do que isso. O descobrir-se é quase que uma necessidade para todos, o que te faz feliz, o que faz triste, o que te motiva, o que te desgasta, perguntas que estão na mente de todos independente de formação e profissão, portanto o voluntariado pode ser “vendido” como uma ferramenta de descoberta pessoal e de ressignificação de uma parcela, no mínimo, de sua vida. Quantos não se descobriram por conta desta ferramenta tão potente. Eu, diretor operacional de uma empresa, de repente, e foi assim mesmo de repente, me vi voluntário como palhaço hospitalar, para um publico nunca dantes navegado, adultos, e lá estava eu, indo a um depois outro, depois o Brasil, a américa do sul, do Norte, mundo falando e praticando voluntariado. Portanto descubra-se e use esta ferramenta para isso, não se perturbe, o trabalho voluntario é grande, ansioso e benevolente com todos. Venha e faça muita gente feliz. Roberto Ravagnani jornalista e consultor. 25 - Dia da Constituição Federal A Constituição é o conjunto de normas e leis de norteiam os direitos e deveres dos cidadãos, bem como das responsabilidades sociais do Estado, individuais ou coletivos, a fim de organizar o país. A primeira Constituição Brasileira foi instituída em 1824, após o processo de Independência do Brasil, e durou até a Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889, quando entrou em vigor uma nova constituição. Muitas pessoas confundem o Dia da Constituição com o 24 de janeiro. Na realidade, esta foi a data em que foi outorgada a Constituição Brasileira de 1967, que ficou conhecida por legalizar e institucionalizar o regime militar. Origem do Dia da Constituição O Dia da Constituição é celebrado no dia 25 de março, pois foi quando o Imperador D. Pedro I assinou a primeira Constituição brasileira, e é considerado parte importante do processo de independência do Brasil. A atual constituição é a de 1988, a sétima constituição brasileira. Consuma com responsabilidade tudo o que comprar, além de preservar o meio ambiente você ainda contribui para um mundo melhor. Eliane Batista Barbosa 22 - Dia Mundial da Água Esta data foi criada com o objetivo de alertar a população internacional sobre a importância da preservação da água para a sobrevivência de todos os ecossistemas do planeta. Para isso, todos os anos o Dia Mundial da Água aborda um tema específico sobre este mineral de extrema e absoluta importância para a existência da vida. A conscientização sobre a urgência da economia deste recurso natural e como utilizado com cuidado é uma das principais metas do Dia da Água. A água limpa e potável é um direito humano garantido por lei desde 2010, de acordo com a Organização das Nações Unidas – ONU. Mesmo o planeta Terra sendo constituído aproximadamente 70% de água, apenas 0,7% de toda a água do mundo é potável, ou seja, adequada para o consumo humano. Origem do Dia Mundial da Água O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas - ONU, através da resolução A/RES/47/193 de 21 de fevereiro de 1993, determinando que o dia 22 de março seria a data oficial para comemorar e realizar atividades de reflexão sobre o significado da água para a vida na Terra. Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 4

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 4 PAU BRASIL e PRÉ-SAL tação de petróleo aumentava de forma galopante depois do choque do petróleo. Assim no final de 1975, Geisel aprovou a assinatura dos contratos de risco , que começaram a ser assinados em 1976. “ O governo definia quais áreas teriam contratos de risco, mas piratas e corsários, como é de sua natureza, queriam o lucro certo e rápido. Queriam a bacia de Campos. “No dia 29 de dezembro de 1979, entre os feriados de Natal e Ano Novo, o então ministro das Minas e Energia César Cals, por sinal um militar, enviou telegrama à direção da Petrobras onde afirmava falar em nome do general João Figueiredo, o presidente da repúbli- A exploração do pau-brasil por estrangeiros rendeu mais para o ca à época. No telegrama ele afirmava : que as regras do contrato Brasil do que o Pré-sal renderá poderia imaginar que após quinhen- de risco estavam mudando a partir de então por efeito daquele ins- tos anos o extrativismo voltaria com tanta força ao Brasil ? trumento ; que as multinacionais poderiam escolher as áreas que bem quisessem para desenvolver suas atividades ; que estas ativiO extrativismo implantado no Brasil pela coroa portuguesa no sécu- dades poderiam doravante incluir a produção de petróleo, e que a lo XVI, revelou para o mundo a imensidão de riquezas disponíveis Petrobras deveria entregar os estudos já realizados por seu corpo em nossas terras, com destaque naquele momento, para o pau- técnico” brasil. Quem recebeu o telegrama foi o diretor de exploração Carlos Wal- Isto atraiu o interesse de piratas e corsários que agiam de forma ter Marinho Campos, que indignado com o que estava sendo pro- idêntica, saqueando e cometendo violências em busca de um lucro posto e com o apoio dos geólogos Francisco Celso Ponte e Frede- alto, fácil e rápido. rico Pereira Laier procuraram apoio político através do então sena- No entanto, as organizações de piratas e corsários eram bem dis- dor Teotonio Villela. tintas. Em abril de 1980 Teotônio fez retumbante pronunciamento no se- Os piratas atuavam de forma independente em busca de ganhos nado ganhando o apoio de importantes forças políticas como Ulis- materiais sem qualquer subordinação. ses Guimarães e Alceu Collares. Já os corsários eram financiados por reis e príncipes, detendo um A repercussão na mídia e entre os militares impediu que piratas e certo ar de “legalidade”, principalmente quando atacavam inimigos corsários obtivessem êxito. E a Petrobras livre, desenvolveu a ex- de seus mandatários. ploração na bacia de Campos, tornando o brasil auto suficiente na Evidentemente, criava-se um ambiente de muita violência. produção de petróleo e dando passos importantes no desenvolvi- mento de tecnologias que levariam ao descobrimento do pré-sal . Consta que em 1526, Cristovão Jacques, comandante da primeira guarda-costeira, aprisionou e executou 300 franceses na Bahia. A HISTORIA No mundo de hoje podemos perceber claramente a presença de Uma variedade de pau-de-tinta, originário da Sumatra, no Oriente, piratas e corsários atuando da mesma forma daqueles do século era conhecido na Europa desde a idade media. Os maiores consu- XVI ( saqueando e cometendo violências) e com o mesmo objetivo midores eram a França, onde era chamado de “brezil” e a Italia on- (lucro alto, fácil e rápido). de era denominado “bracire” ou “brazili”. Com o nome de “brasil” a arvore já era conhecida em Portugal e na Espanha por volta de Na indústria mundial de petróleo e gás eles atuaram com muita for- 1220. Era usado para tingir sedas e linhos usados pelos nobres. ça nos últimos anos. Irã, Iraque, Líbia etc, sentiram as consequên- cias. A madeira encontrada com o descobrimento da América tinha um poder de tintura muito maior que seu similar do Oriente. Hoje no Brasil sofremos a influência de piratas internos (os chama- dos lesa-pátria) e externos. São empresários de diversas áreas , “O pau-brasil crescia na mata atlântica entre o Rio Grande do Norte industriais, comerciantes, banqueiros, que fazem a cooptação da até o Rio de Janeiro. Seu comércio foi a principal atividade econô- mídia, de políticos e técnicos lobistas, para obter seu ganho fácil. mica dos portugueses na América até cerca de 1530, mas sua ex- Podemos encontrá-los nas Secretarias Gerais de ministérios e até ploração continuou ativa durante todo o período colonial, figurando mesmo como Ministros. Podemos encontrá-los como diretores, pre- com destaque nas exportações brasileiras ainda na segunda meta- sidentes e membros dos CA’s das principais empresas. Hoje são de do século XIX.” (1) os piratas que tem o controle e estabelecem as regras. Pobre país. “Em 1501, a exploração do pau-brasil foi arrendada ao mercador Com o campo aberto e dominado pelos piratas, seus tradicionais Fernando de Noronha ou Loronha, que em 1504, foi agraciado com parceiros corsários chegam de diversas partes. Seja da centenária a donataria no arquipélago que hoje traz o seu nome. O contrato de financiadora de corsários Europa, ou de mais novatos como ameri- arrendamento foi renovado até 1511, depois transferido para Jorge canos e chineses ou insuspeitos noruegueses e portugueses. Com Lopes Bixorda. De 1513 em diante, permitiu-se a livre exploração eles a mais extraordinária máquina corsária do momento, a “banca” mediante o pagamento do quinto (20%) ao rei.” (1) financeira, com seus “cavaleiros do apocalipse” Black Rock, Van- “O negócio do pau-brasil estimulou a fundação de feitorias em toda guard etc,etc. a costa brasileira onde, ao longo do ano, ficavam apenas três ou Piratas e corsários atuam em perfeita sintonia. O banquete ofereci- quatro homens. Eles eram chamados de “brasileiros” . O nome da- do pode saciar a todos. do a esses traficantes ou coletores de pau-brasil acabaria se esten- dendo a todos os nascidos no futuro país” (1) Nos anos 70 com a descoberta do pós-sal da bacia de Campos a pressão sobre o Brasil aumentou. “O papel dos índios foi fundamental no processo de exploração do pau-brasil, pois eram eles que derrubavam as arvores, cortavam as Sobre isto é importante a leitura de recente artigo da geóloga Patrí- toras e as transportavam para os navios. Era trabalho árduo consi- cia Laier “ A tentativa de se apropriarem de Campos e da Cessão derando-se o tamanho das árvores, a espessura dos troncos e seu Onerosa”http://aepet.org.br/w3/index.php/conteudo-geral/item/2470 peso. Os troncos, duríssimos, variando de 20 a 30 metros de altura, -a-tentativa-de-se-apropriarem-de-campos-e-da-cessao-onerosa” depois de cortados, eram transformados em toras de cerca de 1,5 de onde extraímos alguns trechos : metros que podiam pesar até 30 quilos cada uma. quilômetros)” “Os contratos de risco foram arrancados em 1975 dos militares pressionados por uma dívida externa onde a participação da impor- CONTINUA NA PÁGINA 6 Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 5

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 5 A FAMILIA BOLSONARO, A MORTE, A EXTORSÃO, A DOR E OS MILICIANOS DO RIO DE JANEIRO. Um pouco do que descobri, como jornalista e mulher, VIVENDO NO RIO DE JANEIRO há quase 6 anos, no Recreio dos Bandeirantes ,um bairro lindo e tranquilo da zona oeste onde estão as praias mais paradisíacas da cidade, a poucos minutos dos estúdios de produção da Globo e da Record, um bairro onde moram centenas de atores e escritores em busca de um cenário inspirador , mas onde também vivem deputados ligados aos milicianos, ex capitães da PM e empresários do ramo imobiliário que enriqueceram rapidamente unindo- se aos milicianos de Jacarepaguá (uma das fronteiras geográficas do Recreio). 1) Assim que me mudei para cá , para um bonito condomínio de casas , senti um alívio imenso, como mulher e mãe de uma menininha de 8 anos , ao descobrir que os assaltos a condomínios ou mesmo nas ruas eram muito raros e que aqui reinava a paz. Poucos meses depois , descobri que o que havia nessa região , nao era exatamente paz , mas uma "paz" artificial para nós, que vivemos em lindos e seguros condomínios , e muito medo para os pobres, para mulheres, jovens e crianças que nao tiveram as mesmas chances que eu , e vivem em comunidades perto daqui .O medo é imposto pelas milicias da região , que exercem o pleno dominio do território nas comunidades mais pobres ( não nos condomínios , claro) , que torturam, estupram, matam , impõem o toque de recolher aos mais pobres , obrigam aquelas pessoas a comprarem apenas gás ou internet dos milicianos locais , estupram meninas de 13 anos e praticam extorsões contra pequenos comerciantes dessas comunidades. Umas das primeiras funcionárias que tive aqui em casa , uma senhora de quem eu gostava muito, teve seu filho assassinado por ter denunciado o grupo de milicianos que tentaram extorqui- lo quando decidiu abrir uma pequena loja de galões de água mineral. Ela também teve uma das sobrinhas estupradas por um ex capitão da PM. 2) Por ser autora de um livro- reportagem sobre a máfia italiana Cosa Nostra, seus assassinatos, crueldades históricas e extorsões (o livro "Quando amanhece na Sicília... " , premiado recentemente ) , comecei a conversar com moradores de comunidades da região e a constatar as imensas semelhanças entre a Cosa Nostra e as milícias do Rio , inclusive na extorsões aos mais pobres, nos seus tentáculos e em sua ligação com políticos poderosos. 3) Uma das primeiras coisas que ficaram claras para mim, morando no Recreio, foi a ligação umbilical existente entre a família Bolsonaro e as milícias dessa região. Flávio Bolsonaro chegou a homenagear , quando era um deputado estadual da ALERJ, dois dos principais milicianos da região, hoje entre os principais suspeitos do assassinato de Marielle. 4) Em 2011 , quando a juíza Patrícia Accioly , foi assassinada por milicianos, Flávio Bolsonaro foi ao Twitter para difamar a juíza , desrespeitando até mesmo a dor dos familiares 5) Quando a juíza Daniella Barbosa foi agredida por milicianos aqui no Rio, Flávio Bolsonaro foi às redes sociais para defender os agressores. 6) Flávio Bolsonaro também foi o único deputado estafual do Rio a ser contra a entrega da Medalha Tiradentes a Marielle. E Jair Bolsonaro, cuja ligação com as milícias é inegável há mais de 20 anos, mergulhou no mais completo e ensurdecedor silêncio sobre o assassinato de Marielle . 7) Como é possível que Flavio e Jair Bolsonaro não soubessem que Queiroz está profundamente ligado aos milicianos de Rio das Pedras , se foi exatamente ali que o exmotorista da família se escondeu por dias e dias depois de descobertas as suas movimentações financeiras envolvendo milhões de reais? 8) Como é possível que Flávio Bolsonaro não soubesse que duas mulheres que trabalhavam em seu gabinete eram, respectivamente, a mãe e a esposa de um dos milicianos ligados historicamente ao Escritório do Crime e a quem ele havia HOMENAGEADO recentemente na Assembleia? 9) O clã Bolsonaro só começou a tentar esconder desesperadamente sua ligação com os milicianos recentemente. Antes disso , Flávio e Jair defenderam diversas vezes a atuação desses grupos de extermínio da zona oeste , de pessoas que matam, extorquem comerciantes, torturam e estupram meninas das comunidades em que atuam. Guimarães Rosa: “Nós todos viemos do inferno: alguns ainda estão quentes de lá”. *** Dante Alighieri: “No inferno, os lugares mais quentes são reservados àqueles que escolheram a neutrali- dade em tempo de crise”. *** Eu: “O inferno é aqui na terra mesmo, mas só para os pobres. Para os ricos, aqui é um céu”. *** Schopenhauer: “Para milhões de seres humanos o verdadeiro inferno é a Terra”. *** Schopenhauer, de novo: “Após o homem ter posto todo sofrimento e tormento no inferno, nada restou para o céu, senão o tédio” *** Provérbio curdo: “Enquanto não tiveres conhecido o inferno, o paraíso não será bastante bom para ti”. *** Shakespeare: “O inferno está vazio e todos os demônios estão aqui”. *** Winston Churchill: “Se você está atravessando o inferno… não pare”. *** Carlos Drummond de Andrade: “Se o inferno existir, este mundo deve ser o seu vestibular”. *** Drummond, de novo: “Circunstâncias infernais da vida habilitam a compreender a ideia de inferno”. *** Ditado: “Quem viver no inferno, se acostuma com o diabo”. *** Omar Khayam: “Ouço dizer que os amantes do vinho serão castigados no inferno. Se os que amam o vinho e o amor vão para o inferno, o paraíso deve estar vazio”. Mês que vem tema mais... 10) Flávio Bolsonaro já propôs inclusive a legalização desses grupos. No início de seu segundo mandato na Assembleia Legislativa do Rio, em 2007, ele votou contra a instalação da CPI das milícias. E a própria instalação dessa CPI só foi cogitada depois que milicianos torturaram por horas a equipe de jornalistas do jornal O Dia. Lucia Helena Issa Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 6

Mrço de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 6 .PAU BRASIL e PRÉ-SAL (CONTINUAÇÃO DA PÁGINA 4) Portanto, na cessão onerosa, a produção estaria isenta do pagamento tanto de royalties como de participação especial. Um absurdo. Jean de Léry descreveu o trabalho estafante dos índios nas lides Muitos abnegados, entre eles companheiros da AEPET, como Fer- do pau-brasil que carregavam nos ombros nus por duas a três lé- nando Siqueira, lutaram contra esta situação, conseguindo o apoio guas (de 13 a 20 quilômetros).”. do Deputado Federal Ibsen Pinheiro, logrando a aprovação da Lei 12.734 de 2012, que em seu artigo 42 § 1º, estabelece o seguinte : “O papel dos índios foi fundamental no processo de exploração do pau-brasil, pois eram eles que derrubavam as arvores, cortavam as “O royalties , com alíquota de 15% do valor da produção, corres- toras e as transportavam para os navios. Era trabalho árduo consi- pondem à compensação financeira pela exploração de petróleo, de derando-se o tamanho das árvores, a espessura dos troncos e seu gás natural e de outros hidrocarbonetos líquidos de que trata o §1º peso. Os troncos, duríssimos, variando de 20 a 30 metros de altura, do artigo 20 da Constituição Federal, sendo vedado, em qualquer depois de cortados, eram transformados em toras de cerca de 1,5 hipótese, seu ressarcimento ao contratado e sua inclusão no cálcu- metros que podiam pesar até 30 quilos cada uma. Jean de Léry lo do custo em óleo.” descreveu o trabalho estafante dos índios nas lides do pau-brasil Tudo muito claro. que carregavam nos ombros nus por duas a três léguas (de 13 a 20 quilômetros)” Ocorre que os contratos para exploração de petróleo no pré-sal ela- borados pela ANP, nos 5 leilões já efetuados, “atropelaram” a Lei “Em troca desse serviço os nativos recebiam facas, espelhos, mi- 12.734 de 2012 e no item 2.9.1 estabelecem : çangas, tesouras, agulhas, foices e , decerto, machados de ferro para cortarem os troncos. A difusão do uso desses machados em substituição aos de pedra aumentou imensamente a produtividade “Ao contratado caberá a apropriação originária do volume correspondente aos royalties devidos e, em caso de Descoberta Comerci- do trabalho, reduzindo em mais de dez vezes o tempo de derruba- al, ao custo em óleo” da dos troncos. Daí entender que no século XVI mais de 2 milhões Onde estão os órgãos fiscalizadores TCU, MPF etc ? de árvores tenham sido derrubadas e reduzidas a toras.” No final de 2017 o senado aprovou Medida Provisória do governo Mas logo surgiram os piratas e corsários, principalmente franceses, Temer, beneficiando diretamente empresas que atuam na explorapreocupando a coroa que, em 1531 enviou a expedição de Martim ção e produção de petróleo. Com a medida provisória foram sus- Afonso de Souza, dando início à colonização através da exploração pensas as cobranças dos seguintes tributos : agrícola da terra. - Imposto de importação Portanto, a defesa do pau-brasil provocou a necessidade de coloni- - Imposto sobre produtos industrializados zação do Brasil. - PIS e PASEP importação O PRE-SAL - Cofins importação Com a descoberta do pré-sal e o desenvolvimento de tecnologias A MP zera, ainda, a alíquota de imposto de renda sobre algumas que tornaram sua exploração econômica claramente viável (obras operações. No mesmo dia em que a MP foi editada, o governo pu- da Petrobras , piratas e corsários retornaram muito mais motivados blicou um decreto que teve como ponto principal a prorrogação do diante de perspectivas de ganhos alcançando a casa dos US$ tri- Repetro por 20 anos. lhões. Segundo consultor legislativo da Câmara Paulo Cesar Ribeiro de Dois encargos são característicos na exploração de petróleo e gás ; Lima, as isenções representarão perda de cerca de R$ 1 trilhão pa- royalties e participações especiais. ra a União nos próximos 25 anos. O royalty é uma compensação financeira devida à União para re- Em 2010 a Petrobras pagou à União algo em torno de R$ 74 bi- munerar a sociedade pela exploração destes recursos não renová- lhões pelo direito de explorar 5 bilhões de barris de petróleo no pré- veis. sal (cessão onerosa). Depois de iniciadas a perfurações em mar Participação especial é uma compensação financeira extraordinária aberto descobriu-se que as reservas superavam os 14 bilhões de devida pela exploração de campos de grande volume de produção. barris. Em 2010, com descoberta do campo super gigante de Buzios e Agora nossos políticos, piratas lesa-pátria, pretendem entregar pa- buscando o fortalecimento da Petrobras, foi aprovada a Lei 12276 ra petroleiras estrangeiras o excedente da cessão onerosa bem co- de 30 de junho de 2010, na qual a União cedeu à Petrobras, sem mo autorizar a Petrobras a “vender” 70% dos seus direitos de 5 bi- licitação, 5 bilhões de barris, através de capitalização da empresa. lhões de barris (PLC78/2018 do deputado José Carlos Aleluia) Processo conhecido como de “cessão onerosa”. CONCLUINDO A Lei da cessão onerosa, não se entende porque, isentou a Petro- Piratas e corsários tomaram conta do país e estabelecem as regras bras do pagamento de participação especial, mas exigia o paga- “conforme o diabo gosta”. mento de royalties. As petroleiras estrangeiras estão encantadas com o Brasil. Além de Em 22 de dezembro de 2010, foi aprovada a Lei 12.351 estabele- comprar reservas à “preço de banana” podem trabalhar com isen- cendo o regime de partilha de produção. ções de um paraíso fiscal. Nos contratos de partilha de produção, o petróleo é da União, os Não pagam royalties, participação especial, imposto de importação, custos de produção e desenvolvimento são compensados (cost oil) PIS, Cofins,IPI, IR etc. E, por último e não de menor importância, e, ao final, o lucro em óleo (profit oil) é repartido entre a União e os isenção de impostos na exportação da commodity (óleo cru) pela participantes do contrato. Lei Kandir. Esta Lei (12.351) em seus artigos 2º, 10°, 15º e 20º permitiu, tam- Bons tempos aqueles da exploração do pau-brasil, pelo menos os bém não se sabe porque, ao contratado apropriar ao custo de pro- nativos recebiam espelhos, tesouras e miçangas. Terra brasilis. dução o valor correspondente aos royalties devidos. Cláudio da Costa Oliveira O seu progresso só vai funcionar, quando você parar de atrasar o progresso do próximo. Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 7

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 7 Sérgio Moro e a decadência intelectual das elites O ministro da Justiça Sérgio Moro exprime a decadência intelectual de parcela da sociedade brasileira, em especial a classe média e alta. No início do século XX, as elites brasileiras, ainda imbuídas de um viés aristocrático da recém-abolida monarquia, admiravam o eruditismo e as belas artes que funcionavam como lenitivos morais das práticas desumanas realizadas nas relações de trabalho no campo e nas industrias, baseadas no racismo mais cruel. Ao mesmo tempo que exploravam brutalmente trabalhadoras e trabalhadores e defendiam políticas eugenistas, admiravam a produção artística europeia, em especial da França. Em 1934, as elites paulistas financiaram a construção da Universidade de São Paulo, uma instituição que buscava recuperar o prestigio do Estado por meio da formação de uma intelegentsia local com a participação de intelectuais europeus. Um pouco antes, em 1922, parcela das oligarquias cafeeiras apoiou o movimento do modernismo brasileiro, a despeito das posições progressistas de grande parte dos seus expoentes. Um exemplo marcante desses tempos foi o empresário Assis Chateaubriand, dono do maior conglomerado midiático daquela época. O seu conhecido estilo truculento não o impediu de dar impulso ao projeto de construção do Museu de Arte de São Paulo (MASP), arrecadando fundos com uma série de empresários brasileiros. IRA DA NATUREZA GENHA AUGA TUFÕES QUE DEVASTAM COM FUROR, MARES QUE TRAZEM ONDAS DE HORROR, GELEIRAS QUE O SOL FAZ ACABAR, CHUVA QUE CAI NÃO MAIS PARA MOLHAR VEM PARA TUDO ALAGAR. QUE IRA É ESSA QUE ASSIM SE REBELA? REFLITA APENAS O QUE A HUMANIDADE FEZ; SUJOU A ÁGUA, O CÉU, A TERRA A truculência das classes dominantes, expressa na superexploração de classe que caracteriza o capitalismo brasileiro, passou a ser pintada com cores de erudição mais recentemente com a admiração pelo “príncipe” Fernando Henrique Cardoso e toda sua trupe. Apesar de grande parte dos seus admiradores não conhecerem a fundo sua obra, este deslocamento da figura do intelectual para a de celebridade é a marca dos tempos mais recentes. Entretanto, no início foi um processo de colonização de figuras que fizeram sua carreira nas estruturas acadêmicas para as lógicas midiáticas. Por isso, o autor da teoria da dependência vira a celebridade que chama as críticas ao seu governo de “nhem-nhem-nhem” (clique aqui para ver). POUCO RESTOU... A FORÇA DIVINA, SOMENTE SERVIRÁ A QUEM DA NATUREZA CUIDAR E RESPEITAR. O PLANETA NÃO MORRE, RECUPERA-SE! O HOMEM, ESSE SIM DESAPARECERÁ, SEM ELE A TERRA NADA PERDERÁ. NÃO PRESERVA O MEIO AMBIENTE, QUEIMA O VERDE, FAZ CINZA O AZUL DO CÉU, E Sérgio Moro completa este ciclo como uma celebridade que não tem nenhum estofo acadêmico, pelo contrário. Ele e seus companheiros da República de Curitiba são intelectualmente medíocres, o pretenso embasamento da sua atuação na Operação Mãos Limpas é contestada pelo próprio magistrado italiano (clique aqui) e a sua participação em um governo que tem a marca de um teatro de absurdos (com um ministro das Relações Exteriores paranoico, que vê comunismo em todo lugar, e um outro que acusa um jornalista da Globo de ser agente da KGB) coroa sua trajetória de querer ser uma “atenuante racional” de uma onda de imbecilidade que tomou conta do país. É com este “capital simbólico” que o ex-magistrado quer ter a legitimidade para propor um Pacote Anticrime, cujo centro é punitivista, aumenta demasiadamente o poder de interpretação de juízes e coloca no primeiro ponto a sua obsessão em garantir a prisão de Lula, ao querer regulamentar a prisão em segunda instância. Nada, nesse pacote, que trata da efetiva aplicação da Lei Maria da Penha (como, por exemplo, a obrigatoriedade do funcionamento das delegacias da mulher, implantação de centros de referência e casas de passagem, entre outros) ou da Lei Caó. O maior problema para Moro são os crimes contra o patrimônio, expressando o pensamento de setores mais conservadores. Apesar de vários indicadores mostrarem que existe uma violência dos agentes policiais de forma desmedida, ao invés de aperfeiçoar os mecanismos de controle das forças de segurança, ele propõe atenuantes para eventuais casos de homicídios praticados por policiais (clique aqui). Os aristocratas do início do século enchiam a boca para falar francês, Moro prefere empolar a voz para introduzir o “plea bargain”, instrumento de barganha do condenado quando ele confessar o crime. Este anglicismo vai ao encontro dos seus defensores que argumentam que ele é capacitado “porque fez vários cursos nos EUA” (sic). Afinal, muitos dessa turma se regozijam com o desejo (ou a sua realização) de fazer compras em Miami – que entrou no lugar dos sonhos da aristocracia do início do século XX que era visitar os museus em Paris, ou do próprio Fernando Henrique Cardoso que fala sempre dos seus tempos na Sorbonne. Fim das perspectivas civilizatórias do capitalismo, como diz Mandel? Ou a democratização da imbecilidade proporcionada pelas redes sociais, conforme afirma Umberto Eco? Fica para pensar. TRANSBORDA AS ÁGUAS COM LIXO TINGE A TERRA COM SANGUE E NÃO SUOR. A INTELIGÊNCIA DO HOMEM NÃO É BASTANTE. MÃE NATUREZA É UM PRESENTE DE DEUS QUE A FEZ COM PERFEIÇÃO! MAS VEIO AQUELE QUE TEM A MALDADE JUNTOU-SE O HOMEM AO DIABO E EIS O RESULTADO! A Autodestruição da Justiça À medida que aumenta o poderio de uma sociedade, assim esta dá menos importância às faltas dos seus membros, porque já lhes não parecem perigosas nem subversivas; o malfeitor já não está reduzido ao estado de guerra, não pode nele cevar-se a cólera geral; mais ainda: defendem-no contra essa cólera. O aplacar a cólera dos prejudicados, o localizar o caso para evitar distúrbios, e procurar equivalências para harmonizar tudo (compositio) e principalmente o considerar toda a infração como expiável e isolar portanto o ulterior desenvolvimento do direito penal. À medida, pois, que aumenta numa sociedade o poder e a consciência individual, vai-se suavizando o direito penal, e, pelo contrário, enquanto se manifesta uma fraqueza ou um grande perigo, reaparecem a seguir os mais rigorosos castigos. Dennis de Oliveira Friedrich Wilhelm Nietzsche Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 8

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 8 Socialismo que nada, o verda- da as manifestações do ministro da Educação, Ricardo Vélez- deiro alvo do governo Bolso- Rodriguez, de que “as universidades devem ficar reservadas para naro é o Iluminismo. uma elite intelectual, que não é a mesma elite econômica [do país]”. Apesar de tentar de desvencilhar do real significado desta posi- ção ao dizer que elite intelectual não é sinônimo de elite econômi- Por isso, os ataques ao direito à edu- ca, a pergunta que Vélez-Rodriguez é de como ele consegue sepa- cação pública e ao ingresso em uni- rar uma coisa da outra em um país onde prevalece uma das con- versidades centrações mais abjetas de riqueza no planeta (estando no grupo A imagem acima mostra a Xilogravura de Flammarion, onde um ho- de 10 países com extrema concentração de riqueza no mundo). U- mem medieval com seu bastão, vestido como um peregrino, que ma única certeza desse projeto de “universidade para as elites” é olha para o céu como se estivesse encoberto por uma cortina, ele que se essa ideia vencer, teremos um “branqueamento” das salas olha como se quisesse conhecer o outro lado da Terra, o que está de aula a partir do impedimento de que jovens negros e pobres oculto, o que há além do próprio planeta Terra. possam almejar educação universitária no Brasil. Isto se trata de Em uma entrevista que concedi ao jornal português Diário de Notí- impor um profundo retrocesso, e vai na contramão das políticas e- cias no dia 11 de janeiro de 2019, expressei minha preocupação ducacionais que vem sendo executadas a partir da década de com que eu considero um ataque ideológico contra a ciência no 1990, no qual uma parcela expressiva das classes subalternas teve Brasil por parte do governo Bolsonaro. a oportunidade de ter acesso ao ensino superior. Pois bem, um amontoado de declarações vindo de diversos dos Ministro Ricardo Vélez-Rodriguez, ao lado do presidente Jair Bolsoministros instalados em cargos chaves para o desenvolvimento so- naro, defende que universidades sejam para a “elite intelectual”. cial, econômico e cultural do Brasil me fazem agora pensar que o Como professor de uma universidade pública desde 1998, sou tes- ataque a que me referi vai além da ciência. É que estão sob ata- temunha viva do esforço realizado por centenas de jovens que che- que também as escolas e universidades, bem como os mecanis- garam ao nível universitário com graves deficiências de formação, mos que foram criados para a defesa do meio ambiente. as quais foram superadas com grande esforço pessoal e dedica- Um exemplo disso é a proposta da ministra Damares Alves que ção. E muitos desses jovens são hoje exemplos concretos de alta propõe a adoção de um modelo ainda pouco claro do chamado capacidade intelectual, condição que só puderam alcançar por cau“home schooling” (ou seja, educação dentro de casa). Essa pro- sa da existência de uma universidade criada por demanda popular posta atenta contra quase um século (se levarmos o “Movimento da no interior do estado do Rio de Janeiro. Essa universidade, a Uenf, Escola Nova” que foi liderado por Anísio Teixeira na década de é, inclusive, um dos últimos tributos de outro grande líder na luta 1930) de luta para que seja garantido o direito de que cada brasilei- pela educação pública no Brasil, o antropólogo Darcy Ribeiro, e um ro ter acesso a uma educação pública, laica e a co-educação (i.e., dos testemunhos materiais da importância da escola pública no a mesma educação para ambos os sexos). Como um liberal da é- processo de desenvolvimento econômico nacional. poca, em um pais marcado por profundas desigualdades educacio- Mas o que a junção das ideias de Damares Alves e Ricardo Vélez- nais, Anísio Teixeira, inspirado no modelo norte-americano, acredi- Rodriguez evidencia é que o alvo real dos planos de desmanche do tava que todo brasileiro e brasileira deveria ter acesso à escola, governo Bolsonaro não é uma suposta, mas inexistente, herança pois esta instituição seria capaz de desenvolver as habilidades indi- socialista deixada pelos parcos anos em que o PT comandou o go- viduais. verno federal. O alvo real são as ideias do Iluminismo do Século do Com sua proposta de “home schooling”, o que Damares Alves pa- Século XVIII acerca do papel da ciência e da educação no desenrece avançar é a sua visão de que “meninos vestem e meninas volvimento de uma sociedade que pudesse almejar condições mais vestem rosa” e de que “as mulheres nasceram para serem mães e dignas de existência de Humanidade. que o modelo ideal de sociedade as deixaria apenas em casa, sus- É essa aversão ao pensamento iluminista que está explicita nas tentadas pelos homens.”. Portanto, do alto da sua posição de mi- manifestações e projetos que estão sendo gestados pelo governo nistra, Damares Alves avança sua visão de sociedade patriarcal Bolsonaro. Entender isso e a gravidade do retrocesso que está se onde cabe à mulher apenas os papéis de reprodutora e cuidadora montando em diversas áreas essenciais é fundamental para que da prole. Além disso, a proposta desconsidera os múltiplos papéis possamos sair da posição expectante para outra de natureza pró- que a escola desempenha em um país como o Brasil, de possibili- ativa em defesa da ciência e da educação pública. tar que os trabalhadores e seus filhos possam se apropriar do co- Finalmente, imaginemos quão trágico é, em pleno Século XXI, esnhecimento produzido pela Humanidade e, também, de ser um lo- tarmos em uma batalha de vida ou morte para a nação brasileira cal de extrema importância no qual muitas mulheres (dados de por ideias que já deveriam ter sido abraçadas desde o Século XVIII. 2015 apontam que 28,5 milhões de famílias brasileiras eram mono- Mas é por é isso mesmo que não há espaço para a dúvida, hesitaparentais e comandas por mulheres) possam trabalhar e deixar ção ou, menos ainda, resignação. seus filhos em casa. Não bastasse as ideias retrogradas de Damares Alves, temos ain- Marcos Pedlowski 08 - Dia Internacional da Mulher O Dia da Mulher é a celebração das conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres ao longo dos anos, sendo adotado pela Organização das Nações Unidas e, consequentemente, por diversos países. Esta data é marcada por presentes simbólicos, como flores, em especial rosas, poemas ou frases, por exemplo. A luta das mulheres por melhores condições de vida e trabalho começou a partir do final do século XIX, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. As jornadas de trabalho de 15 horas diárias e a discriminação de gênero eram alguns dos pontos que eram debatidos pelas manifestantes da época. De acordo com registros históricos, o primeiro Dia da Mulher foi celebrado nos Estados Unidos em maio de 1908 (Dia Nacional da Mulher), onde mais de 1.500 mulheres se uniram em prol da igualdade política e econômica no país. No entanto, o 8 de março teve origem com as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho, durante a Primeira Guerra Mundial (1917). A manifestação que contou com mais de 90 mil russas ficou conhecida como "Pão e Paz", sendo este o marco oficial para a escolha do Dia Internacional da Mulher no 8 de março, porém somente em 1921 que esta data foi oficializada. Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 9

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 9 35 coisas que você precisa saber sobre o MST 16 – Segundo o Índice de Desenvolvimento na Educação Básica (IDEB) duas escolas do MST obtêm maiores índices na educação básica A Escola Amadeus Carvalho no Assentamento Marrecas, localizada no município de São João do Piauí, e a Escola Sabino Bernardo, no Assentamento Palmares, Há 35 anos o MST luta por uma sociedade mais justa e iguali- município de Luzilândia, obtiveram no ensino fundamental notas consideradas tária. Ao longo desse período, além da Reforma Agrária Po- acima da média para modalidade. pular e da agroecologia, um caminho na luta por educação, 17 – O MST não doutrina crianças, todas as nossas escolas são públicas e cum- cultura, saúde e igualdade também foi traçado. prem as diretrizes aprovadas pelo Ministério da Educação (MEC). Confira abaixo: 18 – Desde 2005, através do Projeto Escuela Latinoamericana de Medicina 1 – Ao longo desses 35 anos, o MST tornou-se o maior produtor de arroz orgânico (ELAM), mais de 100 médicos Sem Terra já se formaram em Cuba e na Venezue- da América Latina la. Eles atuam em 16 estados brasileiros, no Sistema Único de Saúde (SUS) e no Somente na safra de 2017 foram produzidos 27 mil toneladas de arroz orgânico. Programa Mais Médicos, atendendo principalmente a população mais pobre da Além disso, o Movimento exporta 30% de sua produção para países como Esta- zona rural, vilas e periferias. dos Unidos, Alemanha, Espanha, Nova Zelândia, Noruega, Chile e México. 19 – Através do método cubano ‘Sim eu Posso’, mais de 50 mil adultos já foram 2 – Fruto dessa organização são as cooperativas, associações e agroindústrias alfabetizados nos assentamentos. Atualmente, o MST organiza sete principais cadeias produti- 20 – O MST não rouba terras, o MST ocupa terras improdutivas vas: feijão, arroz, leite, café, sucos, sementes e mel. A política de Reforma Agrária somente desapropria terras que não cumpram sua 3 – O MST realiza feiras da Reforma Agrária em todo Brasil função social, ou seja, que não são utilizadas para moradia nem para plantio. Atualmente, são 17 feiras estaduais espalhadas por todo o país, além da feira na- Quem garante isso é a Constituição Federal de 1988, artigos 182 e subsequentes, cional que acontece anualmente na cidade de São Paulo. bem como o Estatuto da Terra (Lei nº4.504/1964). 4 – Ocupação do MST no Paraná ganha prêmio por recuperação da Mata Atlânti- 21 – O MST luta desde 1984 por Reforma Agrária e transformações sociais no ca país. Conquistou assentamentos para mais de 1 milhão de pessoas e ajudou a construir e/ou implementar o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), o O acampamento José Lutzenberger, que fica no município de Antonina (PR) ocu- Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), o reconhecimento da pa parte da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guaraqueçaba, no litoral norte profissão de agricultora, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e o do Paraná, e desde 2003 concilia a produção de alimentos livres de agrotóxicos – Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), dentre outras po- de couve à café – com a recuperação da Mata Atlântica. Por isso, a comunidade foi contemplada no prêmio Juliana Santilli, na categoria ampliação e conservação líticas. da agrobiodiversidade. 22 – Julia Kaiane Prates da Silva, nascida e criada no assentamento de São Virgílio, na cidade de Herval (RS), chegou à final da 10ª Olimpíada Nacional em Histó- 5 – Em 2018, assentamento do MST alcança safra recorde de sementes ria do Brasil. A olimpíada aconteceu em agosto de 2018, em Campinas, no interior Só da variedade de milho crioulo Sol da Manhã, o pré-assentamento Ana Ferreira, de São Paulo. em parceria com o Movimento Camponês Popular (MCP), produziu 30 toneladas. 23 – Ao todo, mais de 600 mil pessoas passaram pela Feira Nacional da Reforma Já comunidades camponesas organizadas no MCP geraram 120 toneladas de Agrária durante suas três edições em São Paulo sementes. Destas, 20 toneladas são de 7 variedades de feijão, 2 toneladas de arroz e 98 toneladas de 6 variedades de milho, todos crioulos. 24 – O MST tem uma vasta produção audiovisual tendo, ao longo desses 35 anos, produzido e participado de dezenas de longas e curtas-metragens, isso sem falar 6 – MST recebe prêmio em Guernica pela luta da Reforma Agrária da produção musical que conta com álbuns dedicados à produção musical do Mo- O prêmio Guernica para a Paz e Reconciliação foi entregue em 2013, na cidade vimento de Guernica, na Espanha. Ao conceder o prêmio para o MST, o comitê de jurados 25 – As experiências do MST na área da saúde popular são enormes e estão por afirmou que o Movimento é uma “organização que luta pela paz e pela Reforma todos os estados. São cursos técnicos em enfermagem, fitoterapias, auriculotera- Agrária no Brasil”. pia, massagens, além de cursos de graduação em psicologia e enfermagem. 7 – Em 1995, o MST ganhou prêmio por programa educacional Em 2017, o documentário ‘Do Corpo da Terra: Filme do Setor de Saúde do MST’ O programa educacional do Movimento, feito nos assentamentos de Reforma A- foi premiado no 12ª edição do Festival Taguatinga de Cinema grária, ganhou o Prêmio Itaú-Unicef Educação e Participação. 26 – Outra iniciativa, bastante comemorada no setor, é a produção de hortas me- 8 – Em 2011, o MST recebeu prêmio por sua produção sustentável dicinais. No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, existem três experiências in- A Coalizão Comunidade Soberania Alimentar (Community Food Security Coalition tercaladas na produção de fitoterápicos. -CFSC) escolheu o MST para receber o Terceiro Prêmio Anual de Soberania Ali- 27 – A Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), localizada em Guararema, mentar . A entrega aconteceu durante a 15º Conferência Anual do CFSC, em Oa- foi construída entre 2000 e 2005 por mais de 1.000 militantes do MST, que fabri- kland, Califórnia, EUA. caram até os tijolos utilizados nas edificações. 9 – O Prêmio Ceci Melo de Participação Social do Governo da Paraíba, que anu- 28 – Os recursos para a construção foram levantados com a venda do livro e dis- almente homenageia mulheres que se destacam nas atuações sociais, na edição co Terra, com fotos de Sebastião Salgado, texto de José Saramago e músicas de de 2018, homenageou a militante do MST, Dilei Aparecida Schiochet. Chico Buarque. 10 – O MST, recebeu em dezembro em 2018, o Prêmio Santo Dias de Direitos 29 – A escola é voltada para a formação política de militantes de movimentos so- Humanos, oferecido pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. ciais do Brasil e de todo o mundo. 11 – Escola do MST recebe prêmio em feira de ciência e tecnologia em Santa Ca- 30 – Já passaram mais de 24 mil alunos pela escola e 500 professores voluntá- tarina rios. O projeto “uso das caldas em sistemas agroecológicos” da escola Vinte e Cinco 31 – A escola também possui uma biblioteca com mais de 40 mil livros doados, de Maio venceu em 2018 o 3º lugar na XII Feira de Ciência e Tecnologia do esta- três salas de aula, um auditório e dois anfiteatros. Foram construídos também do. quatro blocos de alojamento, refeitórios, lavanderia, estação de tratamento de es- 12 – Em maio de 2016, o MST recebeu o prêmio Chapin Awards da organização gotos e casas destinadas aos assessores e às famílias de trabalhadores que resi- americana WhyHunger. dem na escola. 13 – Escola do MST ganha prêmio com o tema Zumbi dos Palmares 32 – O MST comercializa alimentos institucionalmente para várias entidades, pro- O Colégio Estadual do Campo Contestado, situado no Assentamento Contestado gramas e organizações, dentre elas, o Programa Nacional de Alimentação Escolar na Lapa, estado do Paraná, ganhou o prêmio Orierê-Cabeças Iluminadas, do Cen- (PNAE) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Os produtos do MST tro Cultural Humaitá, com o tema Zumbi dos Palmares. O Prêmio foi criado em também são exportados e comercializados em mercados, feiras, grupos de consu- 2009 pelo Centro Cultural, com intuito de valorizar e evidenciar a herança Africana mo, Armazéns do Campo e lojas da Reforma Agrária. e Afro-Brasileira no Paraná. 33 – Escola do MST desenvolve embalagens sustentáveis de banana verde 14 – Em 2002, um trabalho inédito de conservação ambiental em assentamentos O projeto “Embalagens sustentáveis de banana verde”, de autoria do professor do MST no Pontal do Paranapanema, em São Paulo, ganhou o Whitley Gold A- Robson Almeida da Silva, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) ward, um dos mais importantes prêmios ambientais do mundo. da Floresta e Chocolate Milton Santos, no município de Arataca, no Sul da Bahia, 15 – O Movimento luta pelo acesso à educação pública, gratuita e de qualidade foi um dos cinco vencedores do Nordeste indicados ao prêmio nacional em todos os níveis para suas crianças, jovens e adultos. Já conquistou mais de 2 “Respostas para o amanhã”. mil escolas públicas e 320 cursos via Pronera em 40 instituições, onde já se for- 34 – O MST não tem líderes, mas sim, instâncias organizativas. maram 165 mil educandos no ensino fundamental e médio e em cursos técnicos e 35 – O MST não vai ocupar seu sítio, o Movimento ocupa latifúndios improdutivos de nível superior, como agronomia, agroecologia, medicina veterinária, história, e, através disso, cumpre com o compromisso de garantir a função social da terra. direito, serviço social e cooperativismo. Fonte: mst.org.br Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 10

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 10 21 - Dia Mundial da Terra Origem da data nas escolas, entre outras atividades. A data foi criada em 1970, pelo senador É possível juntar-se a atividades existentes, criar eventos próprios, norte-americano Gaylord Nelson que doar dinheiro, ou tomar simples atos como plantar uma árvore ou resolveu realizar um protesto contra a separar o lixo, por exemplo. poluição da Terra, depois de verificar O Dia Mundial da Terra conta já com mais de mil milhões de atos as consequências do desastre petrolífe- realizados em prol do ambiente ao longo da história. É o maior dia ro de Santa Barbara, na Califórnia, o- do ano para o planeta Terra, desejando que todos os habitantes do corrido em 1969. mundo realizem algum ato que o proteja. Este ato será uma espé- Inspirado pelos protestos dos jovens cie de semente para regar durante o resto do ano. norte-americanos que contestavam a guerra, Gaylord Nelson, desenvolveu esforços para conseguir colocar o tema da preservação da Terra na agenda política norte-americana. A população aderiu em força à manifestação e mais de 20 milhões de americanos manifestaram-se a favor da preservação da terra e do ambiente. Impacto ambiental Investigadores e associações ambientalistas alertam para o perigo e consequências do aquecimento global da Terra, nomeadamente: - aumento da temperatura global da Terra; - extinção de espécies animais; Atividades - aumento do nível dos oceanos; - escassez de água potável; Todos os anos, no dia 22 de abril, milhões de cidadãos em todo o mundo manifestam o seu compromisso na preservação do ambien- - maior número de catástrofes naturais, como tempestades, secas e te e da sustentabilidade da Terra. Neste dia de cariz educativo es- ondas de calor. crevem-se frases e poemas sobre a importância do planeta Terra Fonte: Callendar 21 - Dia Inter. das Florestas e da Árvore A data serve para No Brasil, o Dia da Árvore e Florestas tem um significado ainda conscientizar as pesso- mais importante, já que o país acolhe a maior floresta do planeta: a as sobre a importância floresta amazônica. que os biomas flores- Origem do Dia Internacional das Florestas e da Árvore tais possuem para o sustentamento da vida Em 10 de Abril de 1872, o norte-americano Julius Stirling Morton em todo o planeta. Vá- promoveu no estado do Nebraska, nos Estados Unidos, um dia derias organizações não dicado às ações de reflorestamento e arborização de zonas cengovernamentais, escolas e empresas promovem atividades de ar- trais das cidades. A data ficou conhecida como "Arbor Day". borização e reflorestamento pelas cidades de todo o mundo, crian- Em 1971, quase um século depois da iniciativa de Stirling Morton, a do os chamados "espaços verdes". Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura - As florestas são apelidadas de "pulmão do mundo", e não é a toa. FAO, estipulou o dia 21 de Março como o Dia Internacional das Flo- As árvores ocupam cerca de 30% da superfície da Terra, sendo restas. A data marca o início da primavera no hemisfério Norte. No responsáveis pela fotossíntese - processo de produção de oxigênio hemisfério Sul, a data é comemorada também no começo da pri- a partir da absorvição de dióxido de carbono (CO2). mavera, em 21 de Setembro. Fonte: Callendar CONSUMISMO Definição O consumismo é o ato de consumir (comprar) produtos de forma exagerada. As pessoas consumistas adquirem produtos (roupas, produtos eletrônicos, perfumes, joias, carros, imóveis) sem ter a necessidade destes. O consumismo é típico das sociedades capitalistas e é estimulado pelas campanhas publicitárias vinculadas, principalmente na TV, cinema e meios de comunicação (revistas, jornais, rádios). Quando o consumismo se transforma numa doença Em alguns casos o consumismo pode se tornar uma doença (espécie de vício). Neste caso, a pessoa consumista só consegue obter prazer na vida ao comprar coisas. Em situações como esta, é necessário um tratamento profissional de um psicólogo. Por outro lado existe também o consumo consciente, que é aquele em que as pessoas compram produtos que estão precisando verdadeiramente. Pesquisam os melhores preços e buscam produtos que não prejudicam a natureza. Você sabia? - O consumismo tem se tornado um grande inimigo do Meio Ambiente. O lixo e outros resíduos gerados pelas embalagens e produtos descartados têm causado grandes problemas ambientais, principalmente nos grandes centros urbanos. - O país que possui a população mais consumista do mundo são os Estados Unidos. O país tem cerca de 4,5% da população mundial, porém consome cerca de 40% de todos os recursos mundiais disponíveis. - O pais que mais polui no mundo é a China, em segundo lugar os EUA, em terceiro lugar a União Europeia e em quarto lugar a Índia. Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 11

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 11 Opção preferencial pela barbárie va hospedado e onde ouviu gritos de “Free Palestine!” [Palestina livre!], Ao chamar ao Brasil o exército brutal de Israel, e condecorar um criminoso de guerra, governo confirma sua submissão aos EUA e coloca país na rota do isolamento diplomático vindos de pessoas comuns que o reconheceram. Na companhia de Bolsonaro, visitou uma sinagoga, onde o presidente eleito foi saudado efusivamente pelos presentes com gritos de “mito, mito”, gritado inclusive pelo chefão sionista. Militares israelenses prendem e humilham garoto palestino. Presidente preferiu este exército, conhecido pelas atrocidades cometidas na ocupação de país estrangeiro, à mobilização das forças armadas brasileiras em Brumadinho. Nos encontros que mantiveram, Bolsonaro mostrou coerência ao seu interlocutor. Jurou seu amor por Israel e anunciou sua adesão ao projeto colonial sionista, cujo principal gesto seria a transferência da Embaixada brasileira de Tel-Aviv para Jerusalém. Prometeu mais acordos com Israel, Por Berenice Bento e Sayid Marcos Tenório numa clara demonstração da sua cumplicidade com a limpeza étnica que Não era por nos surpreender. Nada do que este governo tem dito e feito Israel promove na Palestina desde 1947. está fora do perfil político do ex-capitão Bolsonaro. Infelizmente, no en- Promessas que já havia feito durante a campanha presidencial e foi o mo- tanto, a sensação de surpresa ainda nos afeta. Por segundos pensamos: te que mobilizou aliados de peso, como empresários e lideranças evangé- não será uma fakenews? Não é possível que este governo esteja tão des- licas, que se denominam “sionistas cristãos”, inteiramente favoráveis à conectado dos debates internacionais. Como é possível conceder a Ordem transferência da embaixada para Jerusalém. Os sionistas cristãos acredi- Nacional do Cruzeiro do Sul, no grau de Grã-Cruz, a Benjamin Netanyahu, Primeiro-Ministro de Israel? Não resta dúvida, o Decreto foi publicado no tam que o retorno dos judeus à Terra Santa e o estabelecimento do Estado de Israel em 1948 está de acordo com a profecia bíblica, já desmonta- Diário Oficial da União em 17 de janeiro. da historicamente: não há ligações entre os judeus bíblicos e os atuais is- Homenagear qualquer representante do Estado de Israel, um país que raelenses sionistas. Mas a tese continua a ser utilizada fortemente pelo viola sistematicamente todas as Resoluções da ONU e Convenções Inter- movimento sionista para justificar a colonização da Palestina e a limpeza nacionais em ações criminosas contra o povo palestino, é tornar-se cúm- étnica de seus habitantes. plice. No entanto, quando o governo demonstra admiração oficial por Benjamin Netanyahu, um político que não nega a tradição genocida dos primeiros-ministros israelenses anteriores, mas a aprofunda, há neste ato um rompimento simbólico definitivo com a política exterior brasileira. “O avesso, do avesso, do avesso…” A decisão de transferência da Embaixada para Jerusalém continua em disputa nas esferas governistas. Bolsonaro confirmou-a em entrevista ao jornal Israel Hayon, em 1º de novembro. Recuou após o Egito cancelar a visi- Quem é o primeiro-ministro israelense? Netanyahu é acusado de receber ta, em 6 de dezembro, do chanceler Aloysio Nunes ao país. Ele afirmou um milhão de shekels [moeda de Israel, valor equivalente a quase 300 mil que a transferência não seria uma “questão de honra”. Outro recuo foi dólares] como propina, além de charutos, champanhe e joias de dois em- anunciado dias depois, quando foi divulgado que o Brasil estabeleceria presários, em troca de favores do governo israelense. Acusado de subor- não uma embaixada em Jerusalém, mas um escritório de representação. nar, com dinheiro do Estado, o jornal Yedioth Ahronoth, para obter a publicação de notícias favoráveis ao seu governo. E receber propina para que Israel comprasse três submarinos da empresa alemã ThyssenKrupp, mesmo contra a posição do Ministério da Defesa de Israel, que não via utilidade desses aparelhos alemães de guerra. A marca Krupp é famosa por seus canhões e fornos utilizados nos campos de concentração nazistas, além de financiar os crimes de Hitler contra judeus durante a Segunda Guerra Mundial. Após encontro com Bolsonaro, Netanyahu foi porta-voz de um novo recuo do presidente. Dessa vez ele declarou que a mudança não era uma questão de “se” será feita, mas “quando”. O ministro chefe da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto Santos Cruz, em entrevista à BBC News Brasil, no dia 4 de janeiro, disse que “eles [evangélicos] vão ficar na esperança. Porque uma coisa é você dizer que tem intenção, outra coisa é você concretizar. Para sair de uma ideia para a vida real, você tem uma série de outras considerações de ordem prática”. O mesmo Netanyahu que acumula todas estas acusações também ordena bombardeios contra Gaza, nos quais é praticado o extermínio em massa de civis, entre eles milhares de crianças nos anos de 2012 e 2014; o mesmo Netanyahu que autoriza a construção de assentamentos ilegais nos territórios palestinos, elevando ainda mais as tensões do conflito; o mesmo Netanyahu presidente do partido de extrema direita Likud, que prega Diversos setores estão mobilizados em torno desta questão. Conselheiros do presidente sugeriram-lhe deixar as coisas como estão. Entre eles, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, que alertou para o fato de que essa transferência traria “implicações geopolíticas importantes” e que mudar a embaixada seria “um passo arriscado”. a limpeza étnica e a destituição de qualquer direito dos palestinos a suas Além das repercussões diplomáticas, vozes sensatas alertaram Bolsonaro terras históricas. para as consequências econômicas, uma vez que as transações comerciais Mas seria esta condecoração um raio cortando o ceú azul? Passados os segundos inicias de surpresa, tivemos que admitir: há coerência do decreto com tudo que o já foi dito pelo presidente da República em relação a Israel até o momento. com os países árabes são muito significativas, enquanto que as com Israel, insignificantes. Setores como os de produção de açúcar, carne halal de boi e de frango e milho, são cruciais para o comércio brasileiro com nações islâmicas do oriente Médio e Ásia. Vejamos: Segundo o ministério da Indústria e Comércio Exterior, somente em 2018 as trocas entre o Brasil e estes países somaram US$ 22,9 bilhões, com u- Desde sua campanha eleitoral, o ex-capitão do Exército brasileiro, decla- ma balança favorável ao Brasil em US$ 8,8 bilhões. Enquanto que com rou que, se eleito, adotaria uma nova atitude diplomática, onde romperia com o viés “ideológico” das relações brasileiras. Uma das suas atitudes Israel, o fluxo de negócios rendeu apenas US$ 1,49 bilhões, apresentando um déficit de US$ 847,8 milhões! Países de maioria muçulmana compram seria o fechamento da Embaixada da Palestina no Brasil, conforme decla- cerca de 70% de todas as exportações brasileiras de açúcar, 46% do milho rou ao jornal O Estado de S. Paulo de 07/08/2018. Segundo ele “a Palesti- em grãos, 37% da carne de frango e 27% da carne de boi. Um potencial na, não sendo um país, não tem direito a Embaixada aqui. Não pode fazer nada desprezível e que não seria absorvido pelos novos amigos de Bolso- puxadinho”. Ao contrário da presidenta Dilma que “negociou com a Palestina e não com o povo de lá. Você não negocia com terrorista, então, aquela embaixada do lado do [Palácio do] Planalto, ali não é área para isso”. naro nem no curto e nem no médio prazo. Independentemente de se o Brasil manterá embaixada ou escritório em Jerusalém, a transferência interfere diretamente na confiança e reputação do Brasil no concerto das nações e pode contribuir de forma decisiva Por diversas vezes afirmou que uma de suas primeiras viagens oficiais seria para Israel e que iria autorizar a mudança da Embaixada brasileira para para o isolamento do país, que ao longo nos últimos anos vinha se aliando com países latino-americanos, africanos e árabes nas votações multilate- Jerusalém, seguindo o exemplo do presidente Donald Trump, de quem se rais. Essa mudança poderá afetar a situação do Brasil em disputas comer- declara fã. A comunidade judaica brasileira, embora com fissuras internas, ciais em organismos como a ONU, OMC e OCDE. Além do mais, trata-se apoiou a campanha para a eleição do ex-capitão e todos seus movimentos de uma medida que ignora as recomendações e decisões das Nações Uni- de aproximação incondicional com Israel. das e afronta o direito à autodeterminação dos palestinos, que vivem há A visita do primeiro-ministro de Israel e criminoso de guerra, Benjamin 70 anos sob ocupação ilegal e limpeza étnica. Netanyahu, foi a “joia da coroa”, de uma posse presidencial esvaziada de O resultado das eleições de 2018, pôs na presidência da República um po- líderes mundiais e marcada por um forte viés ideológico, onde vizinhos de lítico direitista com fortes laços com sionistas e fascistas, e com olhares continente foram desconvidados na véspera. Netanyahu chegou ao Rio de servis para os Estados Unidos, em detrimento dos avanços obtidos nos Janeiro no dia 27 dezembro de 2018, onde manteve a primeira reunião governos anteriores, através da criação do Mercosul, do BRICS e da apro- bilateral com o presidente eleito. A visita do infanticida ao Brasil gerou inúmeras manifestações de repúdio por meio das redes sociais. No dia 29/12, cercado por dezenas de agentes do serviço secreto israelense Mos- ximação positiva com a África e o Oriente Médio. Não é possível, contudo, fazer política externa sem alianças. E aqui é necessário admitir: o Brasil está alinhado com o aquilo que representa a barbárie. sad, Netanyahu aventurou-se num passeio pela praia do Leme, onde esta- Berenice Bento e Sayid Marcos Tenório Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 12

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 12 É preciso perder a fé Ou simplesmente denunciamos e acreditamos com toda nossa fé Socialismo ou Morte! que as pessoas vão se “conscientizar” das questões e passar a lutar para mudá-las. O que mais leio e escuto na esquerda tem a ver com fé. E, como diria Eliane Brum, na política é preciso que todos sejamos ateus. Não, esse não é um artigo pessimista tampouco, exatamente porque nada do que estamos falando tem a ver com vontade, mas Não, esse não é mais um artigo sobre o problema do crescimento com compreender, elaborar, organizar e agir. do poder político das igrejas pentecostais, esse é um artigo sobre o quanto as esquerdas deram as costas pra teoria, pra formulação, pra organização e pra análise. Um exemplo gritante é o crime em Brumadinho. Pouca gente dos nossos conseguiu dizer o aspecto mais importante da questão no enfrentamento que vivemos e que era bem óbvio: a privatização, a É fé no Estado Republicano, fé que governo é poder, fé no Judiciá- lógica pura do lucro sem mediação nenhuma é o aspecto central do rio, fé no bom senso do povo, fé no espontaneísmo, fé no horizon- que houve. Ninguém de nós consegue deixar de tratar como uma talismo, fé que a consciência de classe brota da exploração, fé que questão moral. A pergunta é: acreditamos na moral do capital? Que quando piorar a classe vai se revoltar, fé que a direita vai cumprir o capital se preocupa com a vida e a qualidade de vida das pesso- acordo, fé que os milicos vão defender o interesse nacional, fé nas as? Sério? Ou que o Estado é fiscalizador e não propriedade de mídias sociais supostamente democratizantes, fé na democracia, fé classe em disputa na luta de classes (perdão pela redundância)? que o governo do Bolsonaro vai se auto destruir e que isso ocorrendo a gente vai automaticamente assumir e consertar e tudo vai vol- Não, mas agora eles não vão mais deixar isso se repetir… hã? tar ao “normal”… é muita fé. Tem fé até na compaixão dos capita- Por último, talvez a pior fé que temos é a de que é possível travar listas. essa guerra com flores e amor. Gente, claro que nós não seremos Só que não é assim que funciona. Viramos todos utopistas, idealistas, espontaneístas. iguais a eles, que os fins não justificam os meios. Mas também não dá pra o lado de lá usar mísseis e submarinos e nós abraços coletivos e fundas com balas de chocolate. Não se derrota um inimigo O que houve com o materialismo histórico e dialético? E com o so- como o capitalismo assim. cialismo científico? E com a teoria revolucionária? E com a práxis? Podemos derrotá-los?? SIM!!! É preciso ver a essência para além da aparência. É preciso fazer análise da realidade, buscar os nexos fundamentais de funciona- Na base da fé?? Nunca! mento do modo de produção, do mecanismo de exploração, dos Otimismo da vontade e pessimismo da razão, diria Gramsci. Firmes mecanismos de opressão, das formas de organização, das estraté- na estratégia, flexíveis nas táticas necessárias. gias e táticas realmente capazes de derrotar o capitalismo. Faz tempo que a centralidade da luta anticapitalista e a luta pelo Estamos vivendo uma das crises mais profundas do capitalismo, Socialismo não tem centralidade tão óbvia. Socialismo ou barbárie! possivelmente a maior do século, assistindo a periodicidade das E a barbárie está aí. Vamos enfrentá-la com o único remédio capaz crises diminuir e a intensidade aumentar, a maioria das conquistas de fato de debelá-la! dos explorados ruir, os assassinatos, a fome e a exploração au- Trabalhadores de todo o mundo: uni-vos na Revolução Socialista!!! mentarem, as garantias, direitos e democracia diminuírem ou se- rem extintos em vários lugares e as guerras batendo nas mais vari- Elenira Vilela adas portas e… e temos fé que as coisas vão começar a melhorar Professora e sindicalista. amanhã, mesmo que todas as evidências demonstrem o contrário. 15 - Dia da Escola Esta data celebra uma das instituições de maior importância para a de Portugal, ainda durante o chamado Período Colonial. formação educacional da população: a escola. No entanto, naquela época, escravos e mulheres não tinham direito É na escola que o indivíduo aprende e põe em prática vários con- a educação, e os homens brancos acabavam indo estudar nos coceitos essenciais para manter uma vida em sociedade. Além disso, légios religiosos. Os mestiços eram os únicos que procuravam as também é na escola que as pessoas começam a desenvolver o escolas dos jesuítas, que inicialmente não os queriam aceitar. senso crítico, importante para a construção de uma comunidade Em meados do século XVII, os colégios jesuítas começaram a ce- politizada e menos alienada. der e aceitar mestiços, por causa dos subsídios de "escola pública" A escola é nossa segunda casa! O respeito e o zelo devem ser pri- que recebiam. oridades para manter este ambiente de conhecimento sempre fun- Atualmente, a educação já é um direito de todos os brasileiros, e cional. Vamos abraçar a nossa escola e cuidar direitinho dela! Feliz todas as pessoas - crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos Dia da Escola! - devem ter a possibilidade de ir para uma escola. Hoje é dia de celebrar aquela que tanto nos ensina: a escola! Não Infelizmente, a qualidade no ensino do Brasil ainda é precária e dehá nada mais importante do que o crescimento crítico do indivíduo sigual. As melhores instituições de ensino ficam limitadas às pessopara ajudar a construir uma sociedade mais igualitária e decente. A as com grande poder econômico, enquanto os mais pobres usufruescola deve desempenhar um papel de destaque para se chegar a em de piores condições de aprendizado. este objetivo. Por isso, vamos aproveitar o dia de hoje e pensar bem em tudo o que estamos fazendo para cuidar da nossa “casa Sugestão de atividades para o Dia da Escola de conhecimentos”. Feliz Dia da Escola! - Pinte desenhos sobre a escola; Vamos cuidar com carinho e atenção da nossa escola! Lar do co- - Escreva uma redação sobre o que mais gosta na escola; nhecimento e espaço de liberdade intelectual que nos ajuda a cres- - Pinte um mural na sua escola; cer a cada dia mais como cidadãos críticos. Obrigado por me a- - Se junte com seus colegas e pense como pode ajudar a escola a companhar e guiar neste caminho! Feliz Dia da Escola! ser um lugar melhor; A Escola no Brasil - Ajude a limpar ou consertar alguma coisa na sua escola; A Escola é um local de aprendizagem que se tornou a base da e- - Ajude a promover a importância da escola como conseguir. ducação de todas as nações do mundo. No Brasil, as primeiras escolas eram dirigidas pelos jesuítas vindos Fonte: Callendar Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 13

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 13 + ALGUMAS DATAS COMEMORATIVAS 27 - Dia do Circo Dia Nacional dos Animais. Esta data serve para homenagear este tipo de entretenimento que encanta crianças e adultos de todas as idades. O Dia Nacional dos Animais é comemorado anualmente em 14 de março no Brasil. Esta data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os cuidados que devem ser dados No mundo dos circos destacam-se os tradicionais palhaços, que divertem o público com situações cômicas e animadas. Saiba mais sobre o Dia do Palhaço. aos animais, sejam domésticos ou selvagens. 20 - Dia Internacional da Felicidade No entanto, também é típico do circo apresentações de artistas malabaristas e de animais selvagens ou exóticos. Porém, atualmente os circos procuram se focar na superação do O International Day of Happiness, como é conhecido internacional- ser humano, a partir de desafios físicos. Os animais costumavam mente, tem o objetivo de promover a felicidade e alegria entre os ser muito maltratados, por isso deixaram de se tornar uma atração povos do mundo, evitando os conflitos e guerras sociais, étnicas ou tão usual dos principais circos. qualquer outro tipo de comportamento que ponha em risco a paz e Os primeiros circos teriam surgido por volta do século III a.C, no o bem-estar das sociedades. Império Romano. Origem do Dia Internacional da Felicidade 28 - Dia do Diagramador O Dia Mundial da Felicidade foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas), em junho de 2012. Mas, o "pontapé inicial" da ini- Esta data é destinada à homenagear as funções dos diagramado- ciativa foi do Butão, um pequeno país asiático, que se orgulha de res e revisores de texto e imagem, ou seja, profissionais que exer- possuir uma das populações "mais felizes do mundo". cem atividades de design gráfico, sendo responsáveis pela distribu- A decisão de criar um dia dedicado à felicidade surgiu durante uma ição harmoniosa de elementos gráficos dentro de uma página ou reunião geral das Nações Unidas, sob o tema "Felicidade e Bem- folha. Estar: Definindo um Novo Paradigma Econômico", em abril de Os diagramadores podem trabalhar em formatos digitais ou para 2012. conteúdos impressos, organizando os textos e imagens de um jor- 21 - Dia Universal do Teatro nal, por exemplo, ajudando a configurar o melhor estilo de página que facilitará a leitura das pessoas. A data homenageia uma das artes mais antigas da humanidade: a No Brasil, não existe um curso de ensino superior próprio para for- interpretação teatral. mar diagramadores. Normalmente, a diagramação é uma matéria Alguns antropólogos acreditam que as primeiras manifestações de obrigatória nos cursos de Comunicação Social, Comunicação Visu- interpretação teatral surgiram ainda nas sociedades humanas pri- al ou Desenho Industrial, por exemplo. mitivas, quando o teatro era associado aos rituais de exorcismo dos No Dia do Diagramador também é comemorado o Dia do Revisor, maus espíritos ou para atrair fartura e fertilidade do solo. sendo que ambos os trabalhos estão relacionados. Com maior entendimento do homem sobre as forças que regem a 31 - Dia da Saúde e Nutrição natureza, o teatro deixou de possuir um caráter ritualístico, passando a ser de cunho didático. Na Grécia Antiga, por exemplo, os gre- Esta data faz parte do calendário oficial doMinistério da Saúde e gos faziam representações de comédias e tragédias envolvendo os tem o objetivo principal de conscientizar a população sobre a im- deuses e deusas de sua mitologia. portância da saúde e da boa alimentação. No Brasil, as representações teatrais surgiram desde o século XVI, Esse dia é escolhido para que as pessoas possam pensar na sua com encenações sobre temáticas religiosas com a intenção de ca- própria saúde e hábitos alimentares. Também serve para que as tequizar a população. No entanto, apenas com a vinda da família instituições, públicas e privadas, reflitam sobre como podem contri- real portuguesa para o país, em 1808, foi que os primeiros teatros buir para um desenvolvimento sustentável nessa área. começaram a surgir no país. 21 - Dia Inter. Contra a Discriminação Racial Ter uma boa alimentação é mais do que satisfazer simplesmente a fome. Uma alimentação saudável tem que incluir o consumo de nutrientes necessários para o bom funcionamento do corpo humano, Esta é uma importante data que reforça a luta contra o preconceito racial em todo o mundo. A luta contra a discriminação racial só começou a se intensificar no Brasil após a Constituição Federal de 1988, que incluía o crime de racismo como inafiançável e imprescritível. e isso leva a um aumento da qualidade de vida. Uma dica para uma melhor nutrição é consumir menos alimentos processados e passar a ingerir mais produtos naturais e frescos. A atividade física regular também é benéfica para a saúde e tem efeitos na resposta do corpo à absorção dos nutrientes. A eliminação de qualquer tipo de discriminação é um dos pontos centrais da Declaração Universal das Nações Unidas: 31 - Dia da Integração Nacional “Discriminação Racial significa qualquer distinção, exclusão, restri- Esta é uma data que serve para conscientizar a população sobre a ção ou preferência baseada na raça, cor, ascendência, origem étni- importância de cobrar os políticos e administradores públicos sobre ca ou nacional com a finalidade ou o efeito de impedir ou dificultar o o objetivo primordial do Ministério da Integração Social: diminuir a reconhecimento e exercício, em bases de igualdade, aos direitos desigualdade social e econômica entre as diversas regiões brasilei- humanos e liberdades fundamentais nos campos político, econômi- ras. co, social, cultural ou qualquer outra área da vida pública” (Artigo I A integração nacional tem o princípio de desenvolver estratégias da Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as que auxiliem no desenvolvimento sustentável das economias de Formas de Discriminação Racial). 23 - Dia Mundial da Meteorologia cada uma das regiões brasileiras. No Brasil, sabe-se que as grandes concentrações de poder e capital estão nas regiões Sul e Sudeste, enquanto há um gigantesco O Dia Mundial da Meteorologia ou Dia Mundial do Meteorologista é comemorada em 23 de Março. A data surgiu em 1961, por causa da celebração da criação da Organização Meteorológica Mundial OMM, instituição que é ligada à ONU (Organização das Nações Unidas) e que existe desde 1950. Atualmente, esta organização está presente em 189 países ao re- abismo em comparação com as outras áreas do país. Devido aos grandes contrastes existentes no Brasil, sejam climáticos, culturais ou mesmo ambientais, juntamente com os séculos de privilegiamento das regiões Sul e Sudeste (devido ao Império e República), atualmente torna-se uma luta muito difícil para que todas as regiões consigam estar minimamente equilibradas. dor do planeta. Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 14

Maeço de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 14 Quem é rência desse movimento de resistência, em 1980, Wilson Pinheiro Chico Mendes? foi assassinado dentro da sede do Sindicato, em Brasiléia. O principal legado de Em 1983, Chico foi eleito presidente do STR de Xapuri e intensifi- Chico Mendes são as cou sua luta pelos direitos dos seringueiros, pela defesa da floresta Reservas Extrativistas, e pela luta política contra a ditadura e pelos direitos dos trabalhado- que representam a pri- res. meira iniciativa de conci- A convivência de Chico com a floresta e o conhecimento que adqui- liação entre proteção do riu sobre como obter da natureza os meios de vida instigaram sua meio ambiente e justiça curiosidade e deram origem a uma teoria que seria, mais tarde, social. comprovada: a de que os benefícios derivados da manutenção da Na esteira de polêmicas que cercam o governo Bolsonaro e seus floresta são maiores do que o valor que se obtém com a sua derrurepresentantes, na última semana, ganhou destaque na imprensa e bada. nas redes sociais a declaração do ministro do Meio Ambiente, Ri- Foi essa matriz ideológica formada pelo sindicalismo, pela defesa cardo Salles, em entrevista ao programa Roda Viva, da Tv Cultura. dos direitos humanos, pelo respeito à floresta que marcou a identi- Ele declarou não conhecer Chico Mendes, após pergunta feita pelo dade de Chico Mendes como líder político e que transcendeu sua jornalista e apresentador Ricardo Lessa, e ainda o chamou de localidade e conquistou o respeito internacional. “irrelevante. “Que diferença faz quem é o Chico Mendes nesse mo- Em 1985 Chico liderou a organização do primeiro Encontro Nacio- mento?”, devolveu aos jornalistas. nal dos Seringueiros. Mais de 100 seringueiros criaram o Conselho A declaração foi amplamente criticada por ambientalistas e oposi- Nacional dos Seringueiros como entidade representativa e elabora- cionistas e até mesmo por membros do governo, caso vice- ram uma proposta original de reforma agrária: as Reservas Extrati- presidente, Hamilton Mourão. vistas. O Chico Mendes faz parte da história do Brasil na defesa do meio Depois do Encontro Nacional, a luta dos seringueiros começou a ambiente. É história. Assim como outros vultos passaram na nossa ficar conhecida. Sua projeção internacional foi resultado do docu- história — declarou o vice-presidente. mentário produzido por Adrian Cowell, cinegrafista inglês que fil- mou o Encontro Nacional e decidiu acompanhar o dia a dia do tra- Chico Mendes nasceu no dia 15 de dezembro de 1944 no seringal balho do Chico. Em 1987 ele lançou internacionalmente o docu- Porto Rico, próximo à fronteira do Acre com a Bolívia, em Xapuri, mentário “Eu Quero Viver” onde mostrou a luta de Chico para pro- estado do Acre. Filho de seringueiro passou sua infância e juventu- teger a floresta e os direitos dos trabalhadores. de ao lado do pai cortando seringa. Entre 1987 e 1988 Chico Mendes ganhou o Global 500, prêmio da A vida no seringal moldou no jovem seringueiro um sentimento de ONU, na Inglaterra, e a Medalha de Meio Ambiente da Better World revolta contra a injustiça. A atividade econômica de extração da Society, nos Estados Unidos e deu entrevistas aos principais jor- borracha, na Amazônia, foi sempre pautada por relações de grande nais do mundo. Jornalistas e pesquisadores o visitaram nos serin- exploração. gais e difundiram suas ideias pelo planeta. O aviamento, sistema de troca de mercadorias industriais pelo pro- Mas, ao mesmo tempo em que Chico conquistava o respeito inter- duto extrativo, criou uma sociedade em permanente miséria e endi- nacional, era mais ameaçado em Xapuri. Os empates terminavam vidamento. Rebeliões eram sufocadas pela violência de forças poli- em prisão. As promessas de regularização dos conflitos fundiários ciais. E um rígido regulamento de subordinação aos seringalistas, não se concretizavam. A ideia de criação de reservas extrativistas os donos dos seringais, punia com castigos físicos aqueles que ou- se arrastava na burocracia federal. savam desrespeitar. Em 22 de dezembro de 1988, em uma emboscada nos fundos de Diferentemente dos outros seringueiros, porém, com 16 anos Chico sua casa, ele foi assinado a mando de Darly Alves, grileiro de ter- aprendeu a ler, escrever e pensar com Euclides Fernandes Távora, ras com história de violência em vários lugares do Brasil. refugiado político que morava próximo da colocação da sua família. Esse fato teve uma grande influência na sua vida. A repercussão foi imediata no mundo inteiro. A indignação foi forte e se refletiu em seguida no Brasil. A imprensa brasileira, que até Quando começaram a ser formados os sindicatos no Acre, ele tinha então ignorara a luta dos seringueiros e nunca abrira espaço para consciência de que havia chegado a hora de mudar a realidade dos Chico Mendes, procurou recuperar o tempo perdido. A forte reação seringais. Em 1975 fez parte da diretoria do Sindicato de Trabalha- e pressão da opinião pública levaram à condenação dos criminosos dores Rurais de Brasiléia, o primeiro criado no Acre, presidido pelo em 1990, fato inédito na justiça rural no Brasil. combativo líder Wilson Pinheiro. As primeiras Reservas Extrativistas foram criadas em março de A situação do Acre era crítica na década de 1970. A política para a 1990 eliminando conflitos, concretizando o sonho de Chico Mendes Amazônia implantada pelo regime militar gerou grandes conflitos de ver a floresta valorizada e assegurando uma perspectiva de fu- fundiários. A substituição da borracha pela pecuária levou à espe- turo aos filhos dos seringueiros e extrativistas. culação fundiária e ao desmatamento de grandes extensões de ter- ras impedindo a permanência dos seringueiros na floresta. O principal legado de Chico Mendes são as Reservas Extrativistas, que representam a primeira iniciativa de conciliação entre proteção Em 1976, sob a liderança de Wilson Pinheiro, os seringueiros in- do meio ambiente e justiça social, antecipando o conceito de de- ventaram os “empates às derrubadas”: eles reuniam suas famílias, senvolvimento sustentável que surgiu com a Rio 92. iam para as áreas ameaçadas de desmatamento, desmontavam os acampamentos dos peões e paravam os motosserras. Em decor- Com informações: Memorial Chico Mendes e Catraca Livre Seringueiros extração da seiva leitosa (chamado de látex), sem prejudicar as árvores. A floresta amazônica é o único lugar no mundo onde as Os seringueiros são os verdadeiros “guardiões da floresta”. seringueiras crescem em es- Eles fazem tudo o que podem para garantir que as árvores que de- tado selvagem. pendem de se manter saudável. Cada seringueiro ajuda a proteger Por gerações, os seringueiros fizeram a sua vida através da até 300 hectares de floresta, como parte de rea equivalente a quatro campos de futebol! seu trabalho – uma á- Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

p. 15

Março de 2019 Gazeta Valeparaibana Página 15 ga soneca depois das refeições. em algum corredor chorando e a ter coloca- Quando era preparada pra sair de casa, já do para dentro até que alguém responsável se assustava porque sempre achava que ia aparecesse e nada, nada, nada, nenhum ao médico para tomar, vacina, injeção e es- sinal dela... sas coisas desagradáveis que parece que Pensou então que alguém a raptara e procu- Logo cedo tocaram a campainha, ela foi a- só adultos fazem normalmente e, aliás, no rou a zeladoria completamente descontrola- tender, abriu a porta e o rapaz da limpeza seu entender, isso era demais, um pesade- da, no entanto, parece que ninguém se pre- pediu pra tirar o capacho da porta porque lo, um trauma. ocupava; apenas lhe falavam: - “calma, uma era dia de lavar o corredor. Nessa manhã, ficou na porta vendo a água hora ela aparece”. Ela tirou o capacho e logo atrás dela veio a pelo corredor e correndo atrás do rodo e do Voltou para o apartamento e o com o cora- curiosa da Emy querendo “xeretar” o que pano de chão como diversão. ção apertado chorou. Desnorteada e sem estava acontecendo. Era assim todos os dias, bisbilhotava as conversas, às vezes ficava sentada no chão geladinho do corredor para se refrescar do calor e mexer com os vizinhos do andar. Sabia que não deveria sair dali a não ser acompanhada para não Terminada a limpeza, o rapaz gritou da porta que tinha acabado e que ela poderia por o capacho de volta. Terminou os afazeres enquanto Emy pode aproveitar um pouco mais o frescor que ficou naquele chão limpinho e saber o que fazer, aproximou-se da janela e escutou um som que parecia um gemido, chegou a pensar que vinha da janela do vizinho e que a estavam sufocando para não gritar... se perder. bem melhor para se brincar. Ficou parada, com os ouvidos atentos e ou- Emy sempre atraiu as visitas dos vizinhos com suas gracinhas e pelos lindos olhos verdes e jeitinho meigo de menina. Mas não gostava de sair de perto da segurança do Passado um tempinho, foi fechar a porta e colocar Emy para dentro, mas, não a achou no corredor, entrou e chamou e nenhuma resposta. – “Será que essa danadinha está vira novamente aquele gemidinho e já mais calma para observar de onde vinha o som, percebeu que vinha de dentro do quardaroupas. seu lar e de quem lhe cuidava com muito escondida?”. Chamou por diversas vezes e A danadinha conseguiu abrir a porta e en- amor, dedicação e mimos, por vezes, levava nada. trou lá dentro e a porta se fechou e travou, bronca pelas peraltices que resolvia apron- Resolveu procurar o rapaz da limpeza e in- como lá dentro havia muitos cobertores e tar, mas gostava muito de ter essa compa- dagar sobre o paradeiro dela, porém, o ra- travesseiros, mal se ouvia a Emy, “do seu nheira querida que lhe cuidava, dava banho, paz não sabia de nada. Subiu as escadas jeito”, pedindo por socorro. comidinhas e fazia brincadeiras o tempo in- até o 16º andar gritando por Emy e depois Abriu a porta e a encontrou com os olhos teiro. desceu até o térreo imaginando que ela po- arregalados e assustada. Mas uma coisa era de se estranhar, Emy deria ter subido ou descido os andares e ter Tudo que Emy conseguiu foi olhar para sua não gostava de sair de casa, “morria de me- se perdido. querida companheira e soltar um: do” de elevador, “curtia” brincar sozinha embora adorasse receber pessoas em sua ca- Todos saíram de seus apartamentos desespero dela chamando por Emy visto o deses- - Miaaau! sa e prestar atenção nas conversinhas e o peradamente, tocou nos apartamentos mais Genha Auga - MTB: 15.320 que mais gostava de fazer era tirar uma lon- conhecidos pensando em alguém tê-la visto Morreremos com as Abelhas mas agora se preocupam com a consumimos. Sem abelhas, não néctar na vesícula melífera. Uma alimentação do povo chinês. O tem milho, soja, feijão, trigo, a- microgota levada por meia dúzia Brasil precisa alimentar o mun- veia, frutas etc. de abelhas contamina e mata A tragédia do extermínio de abe- do, dizem em coro. Segundo a Empresa de Assis- toda a colmeia. lhas por agrotóxico em São José O sistema perverso de produção tência Técnica e Extensão Rural Então, pode colocar na conta fu- das Missões (RS) me conduz a agrícola monocultural do Brasil, (Emater), apenas um plantador nesta desse agricultor, não 12 uma indagação intrigante: vale a que destrói a vida planetária e de soja, com apenas uma aplica- milhões de vidas animais, mas pena morrer pela bandeira do enche o bolso de poucos fazen- ção de veneno, causou a morte bilhões e bilhões de seres pre- agronegócio? Pela soja, especi- deiros e empresários do ramo, de 12 milhões de abelhas. A ciosos para a nossa vida. almente? pode custar-nos a vida, mas não conta está errada. A Emater con- Estou falando de uma localidade Vamos situar a questão. Por causa da propaganda intensa dos grandes produtores de soja e empresas que fabricam e vendem adubos químicos, agrotóxicos e sementes, a sociedade passou a acreditar que esse tipo de produção perversa de grãos para exportação é fundamental para a economia do País. A sociedade inteira não vê a cor do dinheiro da produção de soja, tem outro jeito, dizem as pessoas comuns. E as autoridades políticas também. As abelhas estão sendo dizimadas por agrotóxicos, mas o agronegócio é o que mantém o PIB do Brasil, diz a propaganda da televisão. E a sociedade inteira. E por cima ainda é “tech”, “pop” e outras coisas que as pessoas gostam de ouvir, sem saber o que significam. tabilizou só as abelhas mortas das duzentas caixas de produção de mel. Mas morreram todos os enxames de abelhas de ferrão existentes nas matas ao redor, num raio mínimo de seis quilômetros (área de voo das abelhas). Também morreram marimbondos, vespas, mamangavas, cigarrinhas, besouros, joaninhas e pulgões. Detalhe: nenhum desses bichos estraga soja; eles só se alimentam de néc- pequena onde foram criminosamente aplicados agrotóxicos para insetos em uma pequena plantação de soja. Imagine o que está acontecendo por todo esse imenso território brasileiro, completamente tomado de soja. É de chorar. Dá tristeza de verdade. Mas o mais triste é saber que isso parece ser apenas o começo. Porque o Presidente Bolsonaro garantiu aos ruralis- mas tem certeza de que o Brasil Estamos loucos. A ponto de mor- tar ou de seiva das plantas. tas, em campanha, que, quando vai quebrar se adotarmos uma forma de cultivo agrícola sem veneno. Isso se chama lavagem cerebral. Todos acreditam piamente que tem que ser assim, rer pela causa do agronegócio. Sim, porque se as abelhas desaparecerem, como já desapareceram ao redor da lavoura desse plantador de soja, toda a espécie E morreram também as abelhas sem ferrão, como jataís, mirins, mandaçaias, irapuás, manduris, uruçus e muitas outras espécies. eleito, iria acabar de vez com a “indústria” das multas ambientais e simplificar a legislação no que interessa ao agronegócio, incluindo, obviamente, a liberação porque assim diz a propaganda humana será extinta. Em apenas Morreram em seus ninhos nos rápida de mais agrotóxicos. do agronegócio. As pessoas nunca se preocuparam com a comida da sua avó, quatro anos, diz a ciência. Acontece que são esses insetos que polinizam as flores de quase todos os alimentos vegetais que matos, a maioria sem ter visitado a lavoura envenenada, bastando que alguns insetos tenham levado pólen em suas patinhas ou Nilton Kasctin dos Santos Professor e promotor de Justiça de Catuípe. Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

[close]

Comments

no comments yet