O Farmacêutico em Revista - Ed. 123

 

Embed or link this publication

Description

O Farmacêutico em Revista - Ed. 123

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3

NESTA EDIÇÃO 58 5 Mercado magistral em alta 8 Relatório de Gestão - 1º semestre|2018 15 17 Paraná lança campanha de Logística Reversa de Medicamentos CRF-PR barra diplomas falsos 19 CAPA: a batalha da vacinação contra as fake news 25 ARTIGO: Você já ouviu falar em PCM? 26 Debate sobre testes remotos laboratoriais 28 CRF-PR em Ação 19 ::: EXPEDIENTE::: O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição nº 123 - 2018 Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná Rua Presidente Rodrigo Otávio, 1.296, Hugo Lange Curitiba/PR | 80040-452 DIRETORIA CRF-PR PRESIDENTE Dra. Mirian Ramos Fiorentin VICE-PRESIDENTE Dr. Márcio Augusto Antoniassi DIRETORA TESOUREIRA Dra. Sandra Iara Sterza DIRETORA SECRETÁRIA-GERAL Dra. Nádia Maria Celuppi Ribeiro CONSELHEIROS REGIONAIS Dr. Arnaldo Zubioli Dr. Edmar Miyoshi Dr. Fabio de Brito Moreira Dr. José dos Passos Neto Dra. Karen Janaina Galina Dra. Leila de Castro Marques Murari Dra. Maria do Carmo M. Baraldo Dra. Marina Gimenes Dra. Marina Sayuri Mizutani Hashimoto Dra. Mônica Holtz Cavichiolo Grochocki CONSELHEIROS REGIONAIS SUPLENTES Dra. Cynthia França Wolanski Bordin Dra. Mauren Isfer Anghebem Dr. Maurício Portella CONSELHEIRO FEDERAL Dr. Valmir de Santi Dr. Dennis Armando Bertolini (Suplente) ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Ana C. Bruno | MTB 2973 DRT/PR Gustavo Lavorato | MTB 10797 DRT/PR Michelly M. T. Lemes Trevisan - Designer Artigos não manifestam necessariamente a opinião de “O Farmacêutico em revista”, e são de inteira responsabilidade dos seus autores. IMPRESSÃO LunaGraf - Gráfica e Editora Ltda w edições FOTOS Assessoria de Comunicação | CRF-PR CFF iStock - Banco de Imagens Governo do Paraná www.crf-pr.org.br facebook.com/crfpr twitter.com/crf_parana youtube.com/crfparana instagram.com/crfpr

[close]

p. 4

EDITORIAL DIRETORIA CRF-PR Mandato 2018 - 2019 Dra. Mirian Ramos Fiorentin - Presidente, Dr. Márcio Augusto Antoniassi - Vice-Presidente, Dra. Sandra Iara Sterza - Diretora Tesoureira, Dra. Nádia Maria Celuppi Ribeiro - Diretora Secretária-Geral. EDIÇÕES ANTERIORES Acesse o QR Code e verifique todas as edições da “O Farmacêutico em revista”. O fenômeno das “fake news” (notícias falsas com alta capacidade de viralização) foi tão impactante que a Universidade de Oxford elegeu “pós-verdade” como a palavra do ano de 2016. Ela se refere a essas informações tratadas como verdades só por seu apelo emocional, independentemente de serem comprovadas com fatos. Engana-se quem pensa que essas notícias pra lá de suspeitas se limitam apenas ao âmbito eleitoral. Na verdade, elas estão por todos os lados, inclusive na área da saúde. Ultimamente, o tema sobre vacinas foi alvo dessas inverdades devido ao crescimento desenfreado dos grupos contrários à imunização. Milhares de informações sem nenhum cunho científico são espalhadas pelas redes sociais diariamente, atingindo um nível preocupante para o bem-estar da população. Por conta disso, a 123ª edição da “O Farmacêutico em Revista” aborda a batalha das vacinas contra as “fake news” com entrevistas e dados que exemplificam a necessidade do farmacêutico defender a importância da vacinação e sua fundamental atuação neste segmento. Além disso, esta edição apresenta um panorama sobre o crescimento do setor magistral nos últimos anos. Trazemos também o relatório de gestão do primeiro semestre de 2018, com dados que confirmam a excelência dos serviços prestados pelo CRF-PR à comunidade farmacêutica e sociedade. E você sabia que o Paraná é pioneiro no modelo de destinação de medicamentos que engloba a atuação dos setores: farmacêutico, industrial e governamental? O Programa de Logística Reversa constitui um conjunto de ações, procedimentos e meios para coleta e destinação final ambientalmente adequadas dos medicamentos. Não deixe de ler esta reportagem. Tudo isso e muito mais nesta edição. Boa leitura!

[close]

p. 5

MERCADO MAGISTRAL MERCADO MAGISTRAL EM ALTA Setor mostra sua força mesmo com a instabilidade econômica A expansão e o crescimento da prescrição de manipulação de fármacos e de cosméticos nos últimos anos aumentou o interesse dos farmacêuticos por esta atrativa área de atividade profissional. Pode-se afirmar que, hoje em dia, no setor farmacêutico, nenhum outro estabelecimento possui em seu quadro pessoal tantos profissionais contratados para o exercício direto da atividade. Porém, ser farmacêutico magistral exige conhecimentos aprofundados em farmacotécnica, gestão farmacêutica, prescrição farmacêutica e legislação sanitária do setor. Habilidade de negociação, aptidão para tarefas administrativas e ser capaz de liderar e se comunicar de forma efetiva também são imprescindíveis para uma carreira duradora nesta área de atuação. Com a necessidade de conhecimento específico e constante atualização, o trabalho das farmácias com manipulação reforça cada vez mais o papel do farmacêutico como agente de saúde e orientador em tratamentos seja via médico, odontólogo, nutricionista e até mesmo farmacêutico. A manipulação tem como principal característica a preparação personalizada do medicamento destinado a determinado usuário, portador de prescrição ou orientação terapêutica realizada por profissional habilitado, considerando as características de cada paciente. A farmácia com manipulação é o único estabelecimento autorizado por lei para o preparo (aviamento) e comercialização do medicamento mani- O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 5

[close]

p. 6

MERCADO MAGISTRAL pulado. Em consequência do crescimento do setor nos últimos anos, a aprovação de legislações mais rigorosas e consumidores mais exigentes, fez com que a área magistral evoluísse constantemente, ocupando um importante espaço perante a população e favorecendo o acesso aos medicamentos individualizados. O Brasil é referência mundial em farmácia com manipulação no campo farmacotécnico e de tecnologia na produção do medicamento manipulado, além de contar com notável parque de farmácias com manipulação, com destaque internacional. “As farmácias magistrais no Brasil são consideradas referência no mundo todo. O setor vem conquistando esse reconhecimento por ser de extrema importância para o sistema de saúde brasileiro, principal- mente porque proporciona ao usuário economia e a personalização do seu tratamento”, ressaltou a Presidente da Anfarmag – Regional Paraná e Conselheira do CRF-PR, Dra. Marina Hashimoto. Mercado em ascenção O sucesso do setor magistral não é por acaso. O crescimento estruturado e constante são as principais características das farmácias com manipulação, que seguem o sentindo oposto da instabilidade das atividades socioeconômicas brasileiras. Em 2018, assistimos um aumento no número de farmácias, empregos na área e faturamento do setor. O setor magistral é um campo que deve evoluir ainda mais nos próximos anos juntamente com os avanços do cuidado com a saúde. Confira os dados: NÚMERO DE FARMÁCIAS COM MANIPULAÇÃO: BRASIL 2017 - 7.492 2018 - 7.545 (aumento de 8,8%) PARANÁ 2017 - 452 2018 - 489 (aumento de 8%) 8,8% 8% 2017 2018 2017 2018 NÚMERO DE EMPREGOS GERADOS (postos de trabalho formais, incluindo farmacêuticos e outros colaboradores): Brasil: 53.986 Região Sul: 10.257 - 19% O Paraná é o 5º Estado na oferta de vagas REGIÃO SUL 19% 10.257 BRASIL 78% dos pro ssionais que atuam no setor magistral são mulheres (em todas as hierarquias) Faturamento Nacional do Setor R$ 5,75 BILHÕES EM 2017 Fonte: Panorama Setorial Anfarmag 2018, produzido pela Associação Nacional dos Farmacêuticos Magistrais, baseado em informações da Receita Federal do Brasil e do Ministério do Trabalho. 6 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123

[close]

p. 7

Perspectivas Os empreendedores do setor magistral estão de olho em outros importantes mercados a serem explorados, como o de Fitoterapia e Suplementos Alimentares. Os benefícios dos fitoterápicos são cada vez mais reconhecidos pela comunidade científica e pelos prescritores e têm ampla aceitação por parte da população. Da mesma forma, ocorre com os suplementos alimentares, e o desenvolvimento da cosmecêutica, dois campos nos quais os negócios do setor tendem a evoluir. Acompanhando todas as tendências da evolução magistral, o CRF-PR tem colaborado para o aprimoramento e a atualização dos profissionais que atuam nesta área. De acordo com a Presidente, Dra. Mirian Ramos Fiorentin, é fundamental que o farmacêutico esteja preparado para enfrentar os desafios e oportunidades do segmento. “Por meio da Comissão Assessora de Manipulação, Homeopatia e Alopatia o Conselho procura instrumentalizar os farmacêuticos do Paraná para uma atuação exemplar no setor magistral”, disse. Acesse o QRCode e confira o trabalho da Comissão. MERCADO MAGISTRAL “Por meio da Comissão Assessora de Manipulação, Homeopatia e Alopatia, o Conselho procura instrumentalizar os farmacêuticos do Paraná para uma atuação exemplar no setor magistral Dra. Mirian Ramos Fiorentin Presidente do CRF-PR Comissão CRF-PR A Comissão Assessora de Farmácia de Manipulação, Homeopatia e Alopatia do CRF-PR iniciou suas atividades no ano de 2000, focada nas demandas do setor homeopático e mais tarde, englobando toda a área magistral. Sua criação atendeu a necessidade de integrar e apoiar os farmacêuticos magistrais por meio de atividades técnico-científicas e político-institucionais. Uma das atividades da Comissão é a instrução/ aperfeiçoamento (reuniões de orientação, palestras e cursos) aos farmacêuticos (ingressantes ou que já atuam no mercado magistral) a respeito de legislação, normas, estrutura das farmácias, qualificação de fornecedores, manipulação, receituário, dispensação de medicamentos manipulados, inovação tecnológica e outros assuntos importantes. Dra. Rejane A. G. Hoffmann, Dra. Marina Hashimoto, Dra. Karen Galina, Dra. Cleangela Busanello, Dra. Marilene Provasi e Dr. Ednei Gomes. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 7

[close]

p. 8

Relatório de Gestão 1º Semestre/2018 Uma satisfação não apenas aos órgãos de controle, mas para toda a sociedade 8 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 Sempre primando pela excelência dos serviços prestados à comunidade farmacêutica, o Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná figura no cenário das organizações competentes que lutam pelos interesses da profissão. Hoje, o CRF-PR é uma entidade reconhecida nacionalmente e que trabalha em parceria com os mais respeitados órgãos oficiais, como: Vigilâncias Sanitárias, Secretarias da Saúde, Procon, Ministério Público, Decrisa, Conselhos Profissionais, Conselhos da Saúde e Câmaras Técnicas da Assembleia Legislativa do Paraná e Câmaras Municipais. O CRF-PR compreende que a assistência à saúde deve ser prestada de forma integral, com excelência e igualdade, primando pela importante responsabilidade de cuidar de vidas. Além de sua

[close]

p. 9

RELATÓRIO DE GESTÃO principal finalidade de fiscalizar, produz de forma integradora a saúde, educação e mobilização social, além de contribuir para uma nova forma de vivenciar a profissão. Desta maneira, ao concluir este primeiro semestre de mandato, a Diretoria do CRF-PR divulga algumas das principais ações realizadas e os resultados alcançados. Abaixo mostramos resumidamente o planejamento e sua execução administrativa, financeira, logística e de infraestrutura social e de educação, os projetos em andamento, além das informações a respeito de novas iniciativas. Gestão Participativa Assim, o CRF-PR consolida e desenvolve seu papel como órgão fiscalizador com o compromisso de ser uma fonte de serviços e informações em favor da saúde da população, zelando pela fiel observância dos princípios da ética e da disciplina da classe dos que exercem atividades farmacêuticas no Paraná. O Relatório de Gestão completo será divulgado no Portal Transparência do CRF-PR ao final deste ano (2018). Além de ser obrigatório apresentar aos órgãos de controle, o relatório representa uma satisfação à sociedade. A demonstração das ações realizadas pela Diretoria, Comissões e todos os setores administrativos do CRF-PR eleva a confiança dos profissionais na instituição. Como intuito de entender as necessidades e expectativas dos farmacêuticos paranaenses, a Diretoria do CRF-PR instituiu uma gestão com grande espaço para a participação do profissional. Essa foi uma proposta de campanha que a atual gestão fez questão de implantar já nos primeiros dias de mandato. Dessa forma, os dirigentes do Conselho puderam identificar falhas, lacunas e aspectos que dificultam o dia a dia dos farmacêuticos. Foram diversas visitas aos municípios, conhecendo os profissionais e abrindo um espaço para um diálogo direto com os seus representantes. Em todas essas oportunidades, o CRF-PR pode verificar a assistência farmacêutica, exigindo dos municípios a presença integral e mostrando a necessidade do farmacêutico para benefício na saúde da população. Diretoria instituiu uma gestão com grande espaço para a participação do profissional: O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 9

[close]

p. 10

RELATÓRIO DE GESTÃO Respeito à educação em saúde: presença é fundamental O surgimento de diversos cursos de graduação na modalidade a distância na área da saúde acionou o sinal de alerta. Por conta disso, a Diretoria do CRF-PR decidiu unir forças com outras entidades profissionais para defender a qualidade na formação, promovendo eventos e audiências públicas para argumentar, junto aos parlamentares, a necessidade de habilidades teórico-práticas e relacionais que não podem ser desenvolvidas sem contato real com pacientes, principalmente sem a utilização de equipamentos da saúde, inviabilizando, portanto o ensino na modalidade a distância Novos objetivos da fiscalização A fiscalização é o instrumento mais efetivo para a execução de mudanças que a profissão farmacêutica necessita. É por meio da dela que se identificam falhas e implantam-se melhorias para se adequar à realidade dinâmica do exigente mercado farmacêutico, e que requer profissionais cada vez mais qualificados. Tendo este cenário como foco de suas ações, o CRF-PR adotou algumas melhorias que buscam o aprimoramento da fiscalização do exercício profissional farmacêutico para consolidar uma efetiva assistência farmacêutica no Paraná. Certidão de regularidade via web O procedimento é rápido, seguro e gratuito, além de ser mais uma facilidade para o farmacêutico. A certidão de regularidade via web é disponibilizada através de um arquivo PDF aos estabelecimentos aptos a receberem a renovação do documento pelo acesso dos farmacêuticos responsáveis técnicos. O procedimento via web garante maior agilidade e evita extravios pelos correios. Além disso, o procedimento garante economia ao 10 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123

[close]

p. 11

RELATÓRIO DE GESTÃO farmacêutico, evitando gastos com deslocamento e impressão. O documento recebe um código de autenticação que pode ser consultado via leitor de QRCode ou pelo próprio site do CRF-PR. A consulta do código, além de confirmar a autenticidade do documento, irá garantir a permanência da situação do estabelecimento, conforme disposto na certidão de regularidade impressa. Caso haja alguma alteração na assistência farmacêutica ou baixa de responsabilidade técnica de qualquer um dos farmacêuticos, modificação dos dados cadastrais da empresa referentes ao objetivo social, horário de funcionamento e endereço, a certidão será invalidada. Informações aos farmacêuticos Facilitar ao farmacêutico o acesso às informações pertinentes a sua atuação é uma das missões do CRF-PR. O Conselho uniu esforços para desenvolver materiais orientativos sobre os mais diversos assuntos, abordando temas essenciais para atualização dos profissionais. Sâo boletins, vídeos, manuais e videoaulas que preparam e capacitam os farmacêuticos paranaenses. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 11

[close]

p. 12

RELATÓRIO DE GESTÃO #ConexãoFarmacêutica A Diretoria lançou mais um canal de interação entre os farmacêuticos e o CRF-PR. No Conexão Farmacêutica, toda semana a Presidente, Dra. Mirian Ramos Fiorentin, responde dúvidas, sugestões, reclamações e opiniões, em busca do entendimento das necessidades e expectativas dos farmacêuticos paranaenses. É fácil participar! Basta o profissional deixar seu comentário nas redes sociais ou encaminhar por modo privado. O objetivo deste projeto é mostrar os rumos que o CRF-PR está trilhando para a valorização da profissão e a sua participação é fundamental para atingirmos os anseios dos farmacêuticos. Serviços descentralizados Levar aos farmacêuticos serviços cadastrais, entrega de carteiras, juramento e reuniões de orientação. Com a implantação do “CRF-PR + Perto de Você”, os profissionais têm a oportunidade de realizar os procedimentos em um local mais próximo, sem a necessidade de deslocamento. No mesmo evento acontece outro projeto, o “Conversa com a Presidente”. Dra. Mirian Ramos Fiorentin, durante todo o período do evento, fica disponível para atender os farmacêuticos que queiram esclarecer assuntos referentes à área. Esta conversa é dedicada a ouvir as demandas dos profissionais da região. 12 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123

[close]

p. 13

RELATÓRIO DE GESTÃO Proximidade ao Conselho Federal de Farmácia A Diretoria do CRF-PR trabalha ativamente com o Conselho Federal de Farmácia, participando das Reuniões Plenárias, principalmente para levar demandas do Paraná, em especial a necessidade de aprimoramento dos profissionais. Em Brasília, diversas questões já foram discutidas, incluindo assuntos éticos, financeiro e fiscalização. Campanhas de valorização profissional 20 de Janeiro - Dia Nacional do Farmacêutico Em janeiro, o CRF-PR lançou sua tradicional campanha em comemoração ao Dia Nacional do Farmacêutico, com o tema “Farmacêuticos: super-heróis em defesa da sua saúde”. O papel do farmacêutico pode, metaforicamente, ser comparado ao personagem presente no imaginário infantil, por exemplo. Segundo o Dicionário Aurélio, herói é um termo atribuído a um ser humano que executa ações excepcionais, com coragem e bravura, com o intuito de solucionar situações críticas, tendo como base princípios morais e éticos. 5 de maio - Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos Para orientar sobre o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos, comemorado em 5 de maio, o CRF-PR organizou uma ação nacional, junto com o CFF e o CRF-RS, para promover a adesão às terapias medicamentosas e ao seu uso seguro e racional. “Antes de usar qualquer medicamento, consulte o seu farmacêutico” foi o tema abordado e o público-alvo desta ação foram os pacientes polimedicados de todo o Brasil. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 13

[close]

p. 14

RELATÓRIO DE GESTÃO O futuro da profissão - CRF-PR Júnior O CRF-PR entende que os acadêmicos são fundamentais para o futuro da profissão. Pensando nisso, o Conselho tem cada vez mais intensificado o contato direto com os estudantes de Farmácia. Através do projeto CRF-PR Júnior o Conselho, realizou diversas ações junto à população. É uma oportunidade dos acadêmicos trabalharem na prática o que é aprendido em sala de aula. Além disso, os Diretores do CRF-PR visitaram diversas instituições de ensino, apresentando a função do CRF-PR na vida profissional dos futuros farmacêuticos. Cada vez mais digital A presença do CRF-PR nas mídias sociais está cada vez mais consolidada. Com conteúdos exclusivos pensados especificamente nos farmacêuticos, as redes sociais cresceram expressivamente no primeiro semestre de 2018. São atualizações diárias sobre os mais diversos assuntos, como comunicados, orientações e vídeos, que recebem interação cada vez mais efetivas, alcançando inúmeras curtidas, comentários e compartilhamentos entre a classe. Acesso à informação é um direito do cidadão Quer saber sobre os dados financeiros do CRF-PR? Basta entrar no endereço eletrônico (http://portaltransparencia.crf-pr.org.br) e conferir. O conteúdo é periodicamente atualizado, desde o pagamento de diárias feito a Conselheiros e Diretores até informações detalhadas sobre investimentos. 14 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 Acesse o Portal Transparência

[close]

p. 15

Paraná lança campanha de Logística Reversa de Medicamentos O Governo do Paraná lançou, no dia 15 de agosto, o Programa Estadual de Logística Reversa de Medicamentos. O Estado é pioneiro neste modelo de destinação de medicamentos que engloba a atuação dos setores farmacêutico, industrial e governamental. “Essa é uma tendência mundial e o Paraná inova mais uma vez com ações efetivas, dando bons exemplos. Isso mostra que estamos na vanguarda, no caminho certo para a modernização dos serviços públicos e melhor atendimento da população”, afirmou a governadora, Cida Borghetti. Com a adoção do programa, a Secretaria de Estado da Saúde assinou com o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma) e Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Paraná (Sindifarma) uma carta de intenções para a realização de campanhas anuais de destinação correta de medicamentos e instalação de pontos de coleta. É a primeira ação do programa, que contou com o apoio do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná (CRF-PR) e Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do Paraná (Sindifar-PR). Assinatura de documento que comprova o repasse do Governo para a área da saúde. Alguns integrantes do Grupo de Trabalho sobre Logística Reversa de Medicamentos do Paraná. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 123 15

[close]

Comments

no comments yet