Jornal Notícias da Região - Edição 485

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Notícias da Região - Edição 485

Popular Pages


p. 1

www.noticiasdaregiao.com.br Ano XVIII - Edição 485 - São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 Páginas 4 e 5

[close]

p. 2

2 São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 www.noticiasdaregiao.com.br O novo e o mesmo voto Boa parte dos candidatos oriundos desta parte da zona Sul paulistana não teve sucesso em seus objetivos políticos nas eleições de 7 de outubro passado. Alguns tentavam a reeleição e outros almejavam cargos mais altos, como de deputado estadual ou federal para, segundo eles, obter mais recursos e ter uma ação mais abrangente em prol das regiões que representam. Apesar da boa votação alcançada em suas bases, ainda assim não foi o suficiente para atingir o quórum necessário para elegê-los ou reelegê-los. Mas isso não foi um acontecimento exclusivo com os candidatos desta região. Pode-se dizer que foi praticamente um acontecimento à nível nacional, com uma renovação parlamentar que atingiu índices superiores a 50%. Desse modo, a população mostrou estar farta da atual classe política – com louváveis exceções – que vinha se perpetuando nas casas legislativas de todo país, acomodada em suas cadeiras, nada produzindo para melhorar a vida do povo e fazendo falsas promessas em épocas de campanha. Classe política que teve muitos dos seus integrantes desmascarados pela Operação Lava Jato e por outras ações similares, e até por isso, acabaram se agarrando desesperadamente às suas reeleições para não perderem suas imunidades parlamentares e assim, não se tornarem presas fáceis para a Justiça. Além disso, a péssima situação em que o país se encontra, em todas as áreas, acaba levando o cidadão ao inconformismo e total descrédito nos seus re- presentantes e nos governantes que aí estão, ainda que a eles não deva ser creditada toda a irresponsabilidade administrativa que levou o Brasil ao desemprego, à quebra de empresas, inflação, insegurança pública, à precariedade da assistência médica, da educação e outros problemas mais que afligem diretamente o cidadão. No dia 7 de outubro o eleitor votou em novos nomes, novas caras, apostando em pessoas diferentes que talvez consigam reverter esta situação, pessoas que, se acredita, serão responsáveis com o país, preocupadas com o seu povo e de fato honestas. Esse sentimento de dar um basta na situação que aí está e apostar em novos nomes sem vícios políticos e envolvimento em armações parlamentares, era algo bastante previsível, embora não se soubesse a dimensão dessa decisão de reprovação e de renovação do eleitor. E o eleitorado – pelo menos uma grande parte – cumpriu a sua missão, e agora é aguardar e acompanhar o trabalho destes novos políticos, ver como será a sua desenvoltura e se de fato levarão adiante suas propostas e as reivindicações que ouviram das ruas. Por outro lado, causa desânimo a qualquer democrata e a qualquer cidadão que deseja um Brasil melhor, ter novamente como um dos deputados mais votados do país o palhaço Tirica. Diante de tal palhaçada, ficam de fora nomes sérios como de Antonio Goulart, Arnaldo Faria de Sá, Alfredinho, Gilberto Natalini, Ricardo Nunes e também nomes novos da região que, por certo, não fariam do Congresso um picadeiro. Preconceito que mata Sabemos que os homens costumam dar menos atenção à saúde e realizam menos consultas médicas. Um levantamento do Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo mostra que 70% das pessoas do sexo masculino que procuram um consultório médico tiveram a influência da mulher ou de filhos. O estudo também revela que mais da metade desses pacientes adiaram a ida ao médico e já chegaram com doenças em estágio avançado. Mas por que isso acontece? A Sociedade Brasileira de Urologia divulgou uma pesquisa realizada sobre a percepção masculina em relação ao câncer de próstata e o temido exame de toque. Apesar de 76% dos entrevistados terem ciência deste tipo de detecção, somente 32% já o fizeram. Os números são mais alarmantes no nordeste, onde apenas 36% dos homens vão ao urologista e na população de classe D/E onde 74% nunca fez o exame de toque. Muitos dos entrevistados apontaram o preconceito como o maior impedimento para a realização do toque, seguido do medo. Entre aqueles que nunca foram examinar sua próstata, 13% afirmaram descuido, preguiça, relaxo e falta de tempo, e 15% responsabilizaram a falta de sintomas. Acontece que existe uma questão séria nessa história, o tumor maligno na próstata fez em torno de 53 mil vítimas no Brasil em 2010, conforme informado pelo urologista e oncologista, Carlos Eduardo Corradi. Dr. William Nahas, professortitular da disciplina de Urologia da Faculdade de Medicina da USP, membro do Hospital Sírio- Libanês e Hospital São José, esclarece que embora ainda haja preconceito em torno do toque retal, ele é o método mais importante no rastreamento do tumor prostático. O diagnóstico precoce é fundamental, pois permite tratamentos menos agressivos e com altos índices de sucesso. Por isso, a indicação dos especialistas é que, a partir dos 50 anos, a realização de exames de rotina vire um compromisso para toda a população masculina. Além da presença nos consultórios e observação de possíveis sintomas, alguns fatores de risco não devem ser ignorados. Homens que possuem histórico de câncer de próstata em familiares de primeiro grau (pai e irmãos), bem como aqueles que são de etnia negra devem redobrar os cuidados, por apresentarem maior propensão em desenvolver a doença de forma mais agressiva. Atrelado aos problemas físicos, a perda da renda e os custos com o tratamento de uma doença grave, impacta financeiramente em quem a contrai. Os compromissos financeiros do dia a dia podem ser drasticamente afetados com as novas despesas. Por isso prevenir ainda é o melhor remédio, diz o ditado popular. Isso vale tanto para os hábitos saudáveis em relação à prevenção de doenças quanto para a reserva financeira para custear um eventual tratamento médico. Sozinho, é muito difícil que alguém consiga custear um tratamento médico para uma doença de alta gravidade. Vamos pensar? Você está preparado psicologicamente para enfrentar uma doença que interrompa sua qualidade e seu estilo de vida? Você está preparado financeiramente para arcar com as despesas com o tratamento de uma doença grave? Sua família terá reserva financeira para sobrevivência na sua falta? Homens! Novembro Azul foi feito para vocês ... pensarem. Bruno Silva Seguros (Colaboração) Ricardo Nunes, o mais votado da região Sul Embora não tenha sido eleito, o vereador Ricardo Nunes (MDB) foi o candidato a deputado federal mais votado em algumas das principais zonas eleitorais do extremo da zona Sul paulistana, como Santo Amaro (Zona 246), Capela do Socorro (280), Grajaú (371) e Parelheiros (381), superando até mesmo candidatos que tiveram mais de um milhão de votos no cômputo geral. Depois de Ricardo Nunes vieram, na ordem, Antonio Goulart, Eduardo Bolsonaro, Alfredinho Cavalcante, Nilto Tatto, Joice Hasselmann e Alexandre Leite como os mais votados nessas regiões. “Sinto uma grande alegria e orgulho em ter sido o candidato a deputado federal mais votado aqui, na nossa região. Acredito que isso tenha sido um reconhecimento ao meu trabalho e dedicação como vereador de São Paulo”, afirma Ricardo. Os 47258 votos que obteve na contagem geral, o colocam como suplente a deputado federal, com uma diferença aproximada de 2,3 mil votos do candidato eleito Herculano Passos, também do MDB. Entretanto, Passos tem uma condenação em segunda instância, o que, de acordo com a Lei da Ficha Limpa, o impede de exercer um mandato parlamentar. Caso Herculano seja impedido pela Justiça de assumir o cargo (os processos eleitorais deverão ser julgados em dezembro próximo), Ricardo Nunes entrará em seu lugar. Independente dessa decisão, Ricardo retomou suas funções como vereador na Câmara Municipal. Reconhecimento gratificante Ricardo Nunes credita sua ótima votação na região Sul à avaliação do eleitor do seu trabalho. “Tenho atuado com seriedade como vereador. Não utilizo carro e nem motorista da Câmara Municipal, uso o meu próprio veículo, não tenho nenhuma falta e consegui a aprovação de muitas leis importantes, entre elas, a Licença de Funcionamento, que hoje o cidadão consegue tirar em apenas uma semana”, destaca o vereador. Além disso, o parlamentar enumera a abertura de 35 creches, 2 ILPI’s (Institutos de Longa Permanência ao Idoso), 8 CCA’s (Centros de Convivência de Adolescentes), de serviços de proteção à vítimas de violência e de quatro mil cursos profissionalizantes por ano, conquistados através do seu mandato. Também ressalta o seu trabalho de fiscalização do dinheiro público, o que resultou em diversas representações feitas ao Ministério Público por superfaturamento de aluguéis, de serviços e por desvios de recursos. Todavia, Ricardo Nunes admite que também o eleitor foi mais criterioso nesta eleição, verificando se o candidato é ficha limpa, se não possui processo e se ele não se serve da política para seus próprios fins. “A população está escolhendo mais e melhor os candidatos. É pena que mais de 40% dos eleitores não votaram, ou votaram em branco ou nulo, ou ainda em candidatos como Tiririca, deixando outros de fora. Mas isso é da política”, lamenta Ricardo Nascido na região em que liderou a votação, o empresário Ricardo Nunes foi também presidente da Associação Empresarial da Região Sul (Aesul) e, antes, aos 23 anos, foi candidato pela primeira vez numa eleição, mas não se elegeu, conseguindo isso só 20 anos depois, quando foi eleito vereador de São Paulo e depois reeleito. “Este reconhecimento da nossa região foi muito gratificante prá mim. Faço o que gosto e por vocação. Não foi meu pai que me arrumou ou me deu de presente um emprego de vereador, foi a minha historia. E essa é uma historia da qual muito me orgulho e que passo para os meus filhos”, conclui Ricardo Nunes.

[close]

p. 3

www.noticiasdaregiao.com.br 3São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018

[close]

p. 4

4 São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 www.noticiasdaregiao.com.br Forró de graça em Santo Amaro e M’Boi Mirim 28/10 – José Genival – O conhecido “Alemão” do CDC Ipasure, em Veleiros, completa mais um ano de uma vida cheia de historias e ótimos ‘causos’. Parabéns pela data, “Alemão”, ela é um momento de agradecer pela vida, pelos amigos e de aceitar novos desafios! O grupo de romeiros reunidos no Rio Bonito antes da saída Caminhantes da fé mais uma vez vão à Pirapora Os amigos Sandro, Nélson, Zaires, Zé Carlos e Jaime se reuniram para mais uma Romaria Pedestre do Rio Bonito, na Capela do Socorro, até o município de Pirapora do Bom Jesus, num percurso de aproximadamente 60 quilômetros entre a capital paulista e a cidade da Fé Viva. Os romeiros saíram do Rio Bonito às 6 horas do sábado, 22 de setembro, e chegaram à Pirapora às 19h30. “Foi um sábado de muito calor e desgaste físico grande dos romeiros”, comenta Jaime. Ao chegar na cidade, o grupo de amigos se dirigiu ao Santuário do Senhor Bom Jesus de Pirapora para agradecer por mais um ano. Em seguida, foram todos para a tradicional parada no Bar do Juarez, próximo ao Santuário, para momentos de confraternização com os amigos de São Paulo que foram motorizados recepcionar os romeiros em Pirapora. Capitaneados por Armando, Elvira, Jacaré, Marquinhos, Brito e Orlando, a romaria motorizada (feita com van ou micro-ônibus) é realizada periodicamente (normalmente com saída e chegada num domingo), independentemente da Romaria Pedestre. A caminhada dos devotos – Rio Bonito à Pirapora do Bom Jesus – é patrocinada pela Panificadora Monarkia Pães e Doces e conta com o apoio dos amigos Itamar e esposa. O sanfoneiro Márcio Dedéu também se apresenta no projeto Circulação Forró Uma parceria entre o Movimento Forró, também conhecido como SP Forró, e a Secretaria Municipal de Cultura resultou no projeto Circulação Forró, que levará às Casas de Cultura, até dezembro, todas as raízes formadoras do ritmo, como baião, xaxado e arrasta-pé. A programação traz shows de artistas como Cacá Lopes, Raça do Pajeú, Márcio Dedéu e da própria Banda SP Forró, composta por artistas de todas as regiões da cidade, produtores e membros da comissão do Movimento SP Forró. Desde outubro, todos os domingos contam com forró em Casas de Cultura. Na Casa de Santo Amaro a programação do evento prossegue no dia 11 de novembro, às 15h. O endereço é praça dr. Francisco Ferreira Lopes, 434, em Santo Amaro. Telefone (11) 5522-8897. No dia 18 de novembro, às 19h, o Circulação Forró acontece também na Casa de Cultura de M’Boi Mirim, situada na avenida Inácio Dias da Silva, s/nº, bairro Piraporinha. Telefone (11) 55143408. Peças levam brasilidade com perfeição e estilo Três dias de festa e louvor na Paróquia N. S. do Rocio De 12 a 14 de outubro, a Paróquia Nossa Senhora do Rocio e São Vicente de Paulo, localizada na estrada Canal de Cocaia, 2905, no bairro Jardim das Gaivotas, distrito de Grajaú, realizou festa e quermesse em louvor a Nossa Senhora Aparecida, com arrecadação de fundos em prol da paróquia. Nos três dias foram celebradas missas antes do início de cada festa. Na sexta-feira, 12 de outubro, Dia das Crianças, houve missa em honra a Nossa Senhora Aparecida e à tarde, Festa das Crianças, com distribuição de presentes para crianças carentes da região, brinquedos infláveis para a garotada curtir, pintura de rosto, guloseimas e refrigerantes, entre outros atrativos gratuitos. Os presentes entregues na ocasião para cerca de cinquenta crianças, foram adquiridos pelos chamados “padrinhos”, pessoas que solidariamente participaram da ação, presenteando os pequenos. A festa teve ainda apresentações musicais com a Irmã Greice Maria (monja), Banda Vida Reluz e Frei Gilson. Já no sábado, 13, logo após a missa, se apresentaram na festa e quermesse, Caju & Castanha, Buzão do Forró, Zezinho Barros, Bia SK e outros. O público também pôde saborear comidas típicas e se divertir nas barracas de brincadeiras dispostas no espaço paroquial. No domingo, 14, foram celebradas duas missas e a festa recomeçou às 14h, com as mesmas barracas, brincadeiras e também com Renner Bahia, Nando Brasil, Pik Massaru, Franco Nunes, Sys Aragão, Peleve e outros artistas mais. O padre Chiquinho, pároco local, aproveita para fazer um agradecimento público aos “padrinhos” que presentearam as crianças da região, ao vereador Ricardo Nunes que proporcionou a estrutura de palco para a festa e aos integrantes da unidade local do Corpo de Bombeiros, que prestaram assistência ao público nos três dias de evento na Paróquia Nossa Senhora do Rocio e São Vicente de Paulo. A A. Brand lança a Linha Blue com peças inspiradas na Amazônia. A coleção apresenta uma brasilidade singular, com maiôs recortados, hot pants que abusam das cores quentes e dialogam com camisas de linho, panneaux de seda com prints localizadas de cocar, onça com espada de São Jorge e estampas tropicais. Nos acessórios, bolsas de lona, cintos de trama, sandálias, flatforms, e bijoux que simulam madeira, como o brinco tendência de peixe. A Coleção Blue procura levar através das roupas os encantos da maior floresta tropical do mundo. Bolo de Cappuccino ÁRIES - Novembro promete uma maior atividade no trabalho para o ariano. A sua destreza poderá até atrair a atenção dos superiores, e não ligue para os colegas invejosos. Experimente um esporte com raquetes. TOURO - Novembro trará benefícios no trabalho. Período de calma no que toca à vida pessoal, mas tenha cuidado com pequenas lesões que possam vir a ocorrer. Deverá conhecer alguém que o inspirará muito. GÊMEOS - Período em que deverá contar com apoio familiar. Deixe as pessoas ajudá-lo. Em caso de mau humor, a frustração poderá ser aliviada com a prática de esportes. Procure comer mais vegetais e menos sal. CÂNCER - Período que favorecerá, especialmente, os relacionamentos de longo prazo. Eles florescerão agora. Mas tenha cuidado para não negligenciar os velhos amigos. Encontre algum tempo também para eles. LEÃO - Em novembro você pode esperar por prosperidade e harmonia na área de relacionamentos, inclusive os familiares. Podem ocorrer pequenas disputas, mas logo resolvidas. Chances de crescimento na carreira. VIRGEM - Na carreira, oportunidade de mostrar o seu valor. Pensamentos brilhantes irão ajudá-lo(a) na solução de tarefas complicadas. Passe mais tempo com os familiares e não hesite em retribuir favores. LIBRA - Em novembro os relacionamentos de longo prazo prosperarão e você deverá desfrutar de harmonia e momentos românticos a dois. Mas não se esqueça dos amigos. Espere por sucesso também na carreira. ESCORPIÃO - Um novembro inquieto. Não descarregue alguma frustração na sua cara-metade. Procure a família ou amigos mais próximos que deverão ajudá-lo. Em compensação, o período lhe promete ótima saúde. SAGITÁRIO - Em novembro, espere por energia positiva, principalmente na área intelectual. Oportunidade para resolver as prioridades e não ter receio de problemas mais complexos. Situação familiar harmoniosa. CAPRICÓRNIO - Período harmonioso na carreira que poderá significar aumento salarial ou alguma outra forma de bônus. Já na vida pessoal poderão ocorrer alguns pequenos mal-entendidos e discussões familiares. AQUÁRIO - Este mês, procure dedicar-se mais à educação para avançar na carreira. Os problemas nos relacionamentos serão neutralizados. Gaste o seu tempo livre com os entes mais próximos ou praticando esporte. PEIXES - Em novembro, colherá frutos do seu esforço no trabalho. Também haverá energia positiva nos relacionamentos e você poderá fazer as pazes com velhos inimigos e ter novas e ricas presenças em sua vida. Ingredientes: - 5 ovos; - 2 ½ xícaras (chá) de açúcar refinado; - 100g de nozes moídas; - 100g de chocolate meio amargo ralado; - 1 ½ xícara (chá) de leite quente; - 3 colheres (sopa) de *Cappuccino Melitta Tradicional; - 3 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo; - 1 colher (sopa) de fermento. (* Sugestão do autor) Modo de Preparo: Bata as claras em neve, junte as gemas até obter um creme claro e fofo. Acrescente o açúcar, as nozes, o chocolate ralado e o leite quente. Misture a farinha e o fermento até a massa ficar homogênea. Acrescente o *Cappuccino Melitta Tradicional delicadamente. Coloque em uma forma com furo no meio untada e asse em forno médio preaquecido por aproximadamente 40 minutos. Rendimento: 12 porções. Fonte: SIM – Serviço de Informação Melitta 05/11 – José Della Rosa Jr. – O Júnior, filho do inesquecível ‘seo’ José Della Rosa, encerra um ciclo e inicia um novo – tomara – ainda melhor do que o anterior. Muita saúde, dinheiro na conta, paciência com os mais novos e paz nesse grande coração, Zelito! 09/11 – Valderci Malagosini – O “Notícias” deseja muitas felicidades ao Rei das lajes, blocos e similares. Ao inigualável amigo Valderci, serenidade, força e energia. E continue trabalhando duro e em silêncio, e deixe que o sucesso faça o barulho! 12/11 – Rodrigo Goulart – A responsabilidade aumentou para este atencioso filho da Família Goulart, que tem se esforçado em prol, principalmente, do extremo Sul paulistano. Parabéns, vereador, pela data e pelo elogiável trabalho na nossa Câmara Municipal! 13/11 – Renato Jardim – Os nossos votos de vida longa e feliz ao cordial amigo do “Notícias”. E não deixe de correr atrás dos seus sonhos, Renato, de semear harmonia, amor e alegria para que logo você possa colher grandes realizações e belas amizades! 13/11 – Ricardo Nunes – Faltou pouco para o nosso vereador se tornar deputado federal e assim botar sangue novo naquele Congresso necrosado. Outras oportunidades virão e, quem sabe, a região Sul terá então, um inédito senador em Brasília. Parabéns, RN! 15/11 – Márcio Brugnera – Empreendedor de visão, ativo assessor político e, o mais importante, gente boa prá caramba. Vida longa, Márcio, e seja grato à vida, pois assim o universo lhe proporcionará coisas que você ainda não tem e nem sabe que gostaria de ter! 21/11 – Lauro Jardim – Mais um empresário bem sucedido da zona Sul e de elevado espírito social, assim é o comandante da Instal Fone, também conhecido por Lauro Jardim. Seja feliz, e que você multiplique as alegrias com quem sempre desejou reparti-las! 21/11 – Vitor Cavalcante – Além do Valderci, do Renato, do Ricardo e do Márcio, que citamos antes, também este camarada, o Vitor, é outro ex-presidente da Associação Empresarial da Região Sul que aniversaria neste mês. Também a ele, os nossos Parabéns! 23/11 – Márcia Goulart – À simpática matriarca da Família Goulart, um feliz aniversário, com amor no coração. O solo é o nosso subconsciente e as sementes são os pensamentos. Então, prepare a terra, comece o plantio e uma ótima colheita neste seu novo ano!

[close]

p. 5

www.noticiasdaregiao.com.br 5São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018

[close]

p. 6

6 São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 www.noticiasdaregiao.com.br Aesul presta homenagem a seus ex-presidentes do Conselho A Associação Empresarial da Região Sul (Aesul) prestou uma homenagem aos ex-presidentes do Conselho Deliberativo da entidade, com a inauguração da galeria de fotos dos mesmos, montada no auditório da Aesul, em Cidade Dutra. Foi oferecido um coquetel aos convidados à inauguração, que aconteceu na noite de 16 de outubro e na qual estiveram presentes, entre outros, cinco dos homenageados, diretores e ex-presidentes da Diretoria Executiva da associação, e os vereadores Ricardo Nunes e Rodrigo Goulart, sendo todos recepcionados pela presidente Juliana Lopes, da Aesul. A ideia da homenagem surgiu no ano passado e foi considerada justa pela importância dos ex-presidentes do conselho na historia da Aesul. A ideia foi aprovada junto ao Conselho Deliberativo, então presidido por José Euclides Tavares, e a galeria foi montada com os seguintes nomes: Benjamin Ribeiro da Silva (biênio 1992 – 1994), Dino Brugnera (‘in memoriam’, biênio 1994 -1996), Valderci Malagosini (1998 – 2000), Osvaldo Policarpo Junior (2000 – 2002), Pedro José da Silva (2003 – 2004), Juliana Lopes (2010 – 2012 e 2012 – 2014) e José Euclides Tavares (2015 e biênio 2016 – 2018). Começa a cerimônia Abrindo a cerimônia de inauguração, a presidente Juliana chamou Renan Vieira, atual presidente do Conselho Deliberativo da Aesul, que destacou a importância do órgão e os três objetivos principais de sua gestão: reforma do estatuto da entidade, proposta de um regimento interno e a criação de câmara setorial. Por seu lado, Juliana afirmou que o Conselho Deliberativo vem sendo cada vez mais atuante e caminhando lado a lado com a diretoria da Aesul. Agradeceu também às pessoas que estiveram com ela quando presidiu o conselho por duas gestões. Em seguida, a presidente chamou os homenageados presentes. Márcio Brugnera, represen- Da esquerda, Márcio, Valderci, Renan, Juliana, Osvaldo, Pedro e Tavares diante da galeria de fotos tando seu pai, Dino Brugnera, agradeceu o reconhecimento a Dino e disse que a Aesul continua em boas mãos, com Renan no conselho e Juliana na presidência. Valderci Malagosini que entrou na associação em 1996, “pelas mãos do Reinaldo Tacconi”, disse ter se aconselhado muito com seu antecessor, Dino Brugnera. Elogiou Juliana e Tavares pela iniciativa da galeria, lembrando que “toda sociedade ou entidade que tem memória e preza seu passado, constrói um futuro melhor”. Osvaldo Policarpo destacou as amizades que fez e o aprendizado que teve na Aesul. Pedro Silva, por sua vez, relembrou algumas historias que viveu dentro da associação, alguns de seus personagens e o papel dentro da Aesul do jornal que dirigia e fundou, o “Notícias da Região”, considerado o primeiro porta voz da entidade. “Só tenho a agradecer à Aesul pela oportunidade e pelas convivências que ela me proporcionou ao longo desses anos”, declarou José Tavares. Convidado a participar da cerimônia, o vereador e ex-presidente executivo da Aesul, Ricardo Nunes, realçou a grande união e espírito de colaboração dentro da associação, e disse que muito do seu trabalho parlamentar foi inspirado na vivência que teve na Aesul. Após o descerramento da galeria de fotos, a presidente Juliana agradeceu a todos de sua diretoria pela colaboração na concretização desta iniciativa e anunciou – com bastante entusiasmo – terem sido vendidas todas as cotas de patrocínio do Jantar de Confraternização da Aesul 2018 e que faltam pouco mais de dez kids do Natal Premiado Aesul para serem adquiridos.

[close]

p. 7

www.noticiasdaregiao.com.br 7São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 Projeto Mídia Jovem SAI comemora 68 anos e presenteia as crianças 2018 da Beatriz Lopes A preocupação com a inserção no mercado de trabalho é a grande questão que atinge os jovens nos dias de hoje. Com o objetivo de despertar o protagonismo e melhorar o rendimento escolar, os professores da Escola Estadual (E.E.) Professora Beatriz Lopes, situada em Cidade Dutra, desafiaram as turmas do terceiro ano do ensino médio a produzirem um documentário sobre o assunto. Foram abordadas as questões das leis trabalhistas, saúde do trabalhador, trabalho infantil, trabalho escravo e a inserção do jovem no mercado de trabalho. Em setembro último, os alunos e convidados estiveram presentes no CEU Cidade Dutra para apresentação dos mesmos, no denominado Projeto Mídia Jovem 2018. Uma proposta de trabalho coletivo onde foram entrevistados diversos segmentos representativos da região Sul, como empresários, advogados, políticos, sindicalistas, assistentes sociais e trabalhadores. O objetivo foi dar aos alunos e convidados presentes uma visão geral do que pode influenciar na oferta de emprego e nas oportunidades profissionais. “A E.E. Beatriz Lopes, tradicional escola pública da região, conhecida pelos seus projetos inovadores, em nome do seu corpo docente, comprometido com a aprendizagem integral de seus alunos e valorização do ensino público, agradece a colaboração de todos os envolvidos”, diz em nota a escola. A E.E. Beatriz Lopes lembra ainda que as inscrições para o próximo ano estão abertas para o ensino médio regular e EJA (suplência). Os interessados podem obter mais informações pessoalmente, na rua Guaruvá, 384 (travessa da rua padre José Garzotti), em Cidade Dutra, ou pelo telefone 5666.1440. Fundada em 1950, a Sociedade Amigos de Interlagos (SAI), com sede em Cidade Dutra, completou 68 anos de existência no dia 12 de outubro último. Em razão da data coincidir com um feriado prolongado, este ano a festa de aniversário da SAI foi realizada no domingo, 21 de outubro, juntamente com a Festa das Crianças, que a entidade promove já há 18 anos, para homenagear as crianças pelo seu dia, também 12 de outubro. Ao evento comparecem filhos e filhas de famílias mais carentes da região, acompanhados dos pais e responsáveis, onde passam o dia se divertindo em brinquedos infláveis, em brincadeiras promovidas por monitores, fazendo pinturas de rosto e se servindo de lanches, bolo, doces e refrigerantes, tudo gratuitamente. Ao final é feita a entrega de sacolinhas com brinquedos e com kits de doces. Na ocasião também é servido aos participantes do encontro um grande bolo de aniversário – da SAI – com direito ao “Parabéns prá você”. “O professor Douglas organiza campeonatos de vôlei aqui, na SAI, através dos quais arrecadamos brinquedos para entregar às crianças. Os demais diretores da entidade também arrecadam brinquedos e produtos (lanches, doces, refrigerantes e outros) para a festa, através de doações. Este ano, o presidente Reinaldo conseguiu a doação de brinquedos infláveis e enviou uma máquina de algodão doce. Já eu consegui os monitores voluntários para virem divertir a garotada”, revela Alberto Simões Junior, diretor financeiro da SAI, que representou o presidente Reinaldo Aguiar, que não pôde estar presente ao evento. Segundo Alberto, a maioria dos colaboradores da iniciativa é formada por pessoas físicas e, em menor número, por pessoas jurídicas. Este ano foram arrecadados 770 brinquedos, entregues para aproximadamente 170 crianças da Vila da Paz, das Favelas Dezenove e Vinte e também da Igreja Adventista de Cidade Dutra, que foram recebê-los na SAI. Os 770 brinquedos foram divididos entre todas elas. Idealizador e organizador da Festa das Crianças, o diretor de Esportes, Douglas Abel Lopes, arrecada doações para o evento com os campeonatos de vôlei denominados “Faça uma criança sorrir”, realizados na associação. As equipes participantes doam brinquedos no ato da inscrição. “Este é um trabalho que vem sendo feito há 18 anos e que tem melhorado muito em termos de estrutura, principalmente a partir da primeira gestão do Alberto como presidente da SAI, e também graças ao apoio que vem sendo dado pela empresa Cimal Contabilidade”, afirma o professor Douglas. Ele diz que o objetivo é trabalhar para que o evento melhore a cada ano, tanto na qualidade dos brinquedos como dos atrativos para as crianças. “O que vale mesmo no final é o sorriso delas”, diz Douglas. E sobre a aniversariante SAI, o diretor Alberto arremata: “Uma entidade de bairro com 68 anos, com essa estrutura e com todas as contas em dia, é muito difícil de encontrar. Por isso, temos que prezar os fundadores da SAI e dar continuidade ao trabalho deles”.

[close]

p. 8

8 São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 www.noticiasdaregiao.com.br Moradores de rua estão se Festa continua arregimentando instalando ao lado da estação simpatias, parcerias e mais crianças Morador de um condomínio próximo à Estação Grajaú da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) informou ao “Notícias da Região” que os dois acessos à estação, pela avenida dona Belmira Marin e pela rua Giovanni Bononcini, no distrito de Grajaú, tem sido ocupados por moradores de rua. Segundo ele, a situação mais incômoda é da Giovanni Bononcini, onde um casal montou um barraco enorme na calçada e que tem atrapalhado bastante o fluxo por ali, além de ocasionarem acúmulo de sujeira de todo tipo, o que tem provocado reclamações também de vizinhos quanto a quantidade de lixo e o forte odor no local. Além deste casal que está na Giovanni Bononcini desde o final de 2017, na avenida Belmira Marin, sentido Centro, bem embaixo do pontilhão da linha do trem, há cerca de três meses, se instalou uma senhora com sua barraca e vários pertences. “Sei da dificuldade e da vulnerabilidade dessas pessoas, mas meu medo é que o número delas aumente nas cercanias da estação e nas ruas adjacentes, e o cenário então, se torne insustentável”, comentou o morador (que pediu para não ser identificado) ao “Notícias”. De fato, a preocupação do en- trevistado começou a se confirmar poucos dias depois, quando ele nos informou da presença de outro morador embaixo do pontilhão, só que do outro lado da avenida Belmira Marin, no sentido bairro. “Ou seja, tem cada vez mais gente nessa situação se instalando por aqui”, disse o denunciante. “Já notifiquei a Prefeitura pelo menos umas cinco vezes e em todas elas, me deram uma resposta padrão: que não é possível solucionar o caso ou que o local não havia sido encontrado. O curioso é que apontei no mapa exatamente onde eles estão. Em relação à senhora, fiz um registro e a resposta foi de que ela havia se negado a deixar o local”, nos contou o morador do condomínio. A reportagem do “Notícias” esteve nos dois locais apontados e constatou a presença das duas barracas com vários objetos – uma na Belmira Marin e outra na Giovanni Bononcini –, mas não localizou os seus moradores. Conforme outras informações, os moradores das duas barracas (até então não havia sido instalada a terceira) costumam pedir esmolas a quem passa, não são vistos embriagados e nem ameaçando ou ofendendo as pessoas. Também não foram vistos animais com eles. A PRCS informa Indagada pelo “Notícias” sobre este caso, a Prefeitura Regional Capela do Socorro (PRCS), através de seu assessor Luiz Carlos de Assis, confirmou a procedência da informação dada ao jornal pelo morador do condomínio e explicou que a Prefeitura Regional ao fazer abordagens a moradores de rua, precisa reunir funcionários da área da Saúde e da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smads). A Saúde verifica o estado das pessoas e, se for o caso, os encaminha para atendimento apropriado. A Assistência Social oferece abrigo. “O problema é que os moradores em situação de rua não podem ser forçados. Eles têm de aceitar ir para esses abrigos. Na última ação desse tipo, na avenida Atlântica, de todos os que moravam na avenida — cerca de 30 pessoas — apenas uma aceitou a oferta de abrigo”, informou a PRCS que, no entanto, não respondeu se irá abordar os moradores que se instalaram próximos à Estação Grajaú da CPTM. ”As pessoas estão vendo a seriedade da iniciativa e este ano já tivemos muitas contribuições. A comunidade também está engrandecendo a festa e o número de crianças, que começou pequeno, aumenta a cada edição”. Desse modo o presidente Anderson Fernando de Almeida explica o seu entusiasmo com o sucesso da 5ª edição da Festa das Crianças do Clube da Comunidade (CDC) Veleiros, realizada na tarde de 12 de outubro, na sede do clube, localizada no bairro de mesmo nome. O presidente calcula que cerca de quatrocentas crianças passaram pelo evento, totalmente gratuito, que ofereceu a elas nove brinquedos infláveis – pula pula, piscinas de bolinhas, escorregador gigante etc. – algodão doce, pipoca, sanduíches, refrigerantes e música com DJ. Ao lado dos pais e responsáveis, a garotada se divertia nos brinquedos infláveis, corria e jogava futebol no campo de grama sintética do CDC, onde adultos também aproveitavam para fazer piquenique e curtir a festa. Aproximadamente trinta voluntários trabalharam no evento, entre pessoas do clube e da comunidade. “Este ano, conseguimos novos colaboradores como o Center 4 (loja de materiais de construção) do Socorro, por exemplo, e mantivemos antigos parceiros como a 3G, que fornece os brinquedos grandes e barracas de algodão e pipoca, o CDC Jardim Suzana e outros, que estão conosco desde o início”, conta o presidente Anderson, lembrando que tudo começou há cerca de sete anos, quando ele assumiu o CDC e fazia entrega de ovos de chocolate para as crianças da região, na Páscoa. Anderson e a diretoria do clube idealizaram então, um evento maior para a garotada, “onde eles pudessem se divertir durante uma boa parte do dia num espaço que também é deles”. Daí surgiu a festa do Dia das Crianças no CDC com o envolvimento e participação de pessoas da comunidade. “Este trabalho é sério, totalmente voltado para os pequenos da região e com prestação de contas de toda verba que é destinada à festa. Temos o apoio do vereador Ricardo Nunes, a participação voluntária do DJ Donizete, que não nos cobrou um centavo, a colaboração de comerciantes e de empresas locais. Enfim, só tenho que agradecer a todos eles”, destaca Anderson. Entretanto, o presidente admite que a organização da Festa das Crianças ainda necessita de alguns acertos e à medida que cresce, torna-se necessário mais estrutura que Anderson que já começa a buscar, como a disponibilização de ambulância e socorro médico para o caso de algum acidente durante o evento. “Ver essa criançada se divertindo a valer, ao lado dos pais, com toda a tranquilidade, prá mim é o que vale”, resume Anderson. Escola de pai para filho Desde 1976, a Escola Estadual Professor José Vieira de Moraes vem atuando no aprendizado de milhares de alunos de várias regiões, em especial, de bairros distantes no extremo da zona Sul paulistana. Ela foi construída na avenida Frederico René de Jaegher, no Rio Bonito, distrito de Cidade Dutra, e atualmente é dirigida pelo vice-diretor Domenico Summa. “Ela é uma escola com bastante procura pelos resultados obtidos nos últimos anos. Temos um grau de satisfação muito grande”, observa Domenico, acrescentando que isto pode ser constatado pelo elevado número de filhos de ex -alunos que atualmente também estudam no José Vieira. Hoje, a escola conta com cerca de dois mil alunos nos períodos da manhã, tarde e noite, um corpo docente composto por 110 professores e ainda um quadro de vinte funcionários. “Trata-se de uma escola pú- blica tradicional que prioriza a qualidade e que no atual cenário social, vem enfrentando grandes desafios ao acolher as demandas que hoje se exige da educação”, comenta o vice-diretor. Diante desses desafios dos novos tempos, a E.E. José Vieira conta com uma historia da qual se orgulha, por ter se tornado uma “escola muito conceituada e querida neste bairro, e em bairros vizinhos”, segundo Domenico. E sobre seu patrono? Quem é José Vieira de Moraes? “O professor José Vieira de Moraes foi um educador exemplar nas décadas de 1910, 1920 e 1930, na região do Vale do Ribeira (interior de São Paulo), onde teve uma historia de trabalho, dedicação e amor às crianças. Um grande exemplo de cidadão brasileiro”, ensina o vice-diretor Domenico. Mário Vieira (Colaboração)

[close]

p. 9

www.noticiasdaregiao.com.br 9São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 Fundado em 1999, o “Notícias da Região” completa 19 anos Remando contra a crise econômica que vem assolando o país, procurando se adaptar às novas tecnologias que chegaram aos meios de comunicação e sempre de olho em novos anseios e demandas dos leitores e da população em geral, o “Notícias da Região” completa 19 anos de existência no dia 5 de novembro de 2018. Ele começou a aparecer nas ruas, casas e estabelecimentos da Capela do Socorro, Parelheiros, Santo Amaro e adjacências no dia 5 de novembro de 1999. Fundado por Pedro José da Silva, o Pedrinho, um baiano que já respirava os ares do jornalismo regional, o jornal passou a ser administrado por seu filho, Thiago Oliveira da Silva, que vem dando sequência ao trabalho iniciado pelo pai. Todos esses anos de vivências e experiências, aliadas à administrações seguras e realistas, possibilitaram ao “Notícias” seguir superando dificuldades e obstáculos. Enquanto algumas mídias regionais sucumbiam pelo caminho ou permaneciam estagnadas em velhos modelos, o “Notícias” continuou vivo e sempre buscando se atualizar e se aprimorar cada vez mais, sem nunca se afastar de sua linha editorial e do seu objetivo primordial – a região e a comunidade –, além de sempre procurar atuar com ética. Foi assim que o jornal passou a ter uma nova dinâmica tecnológica, com a criação de site, acessos e comunicações através das redes sociais, o impresso com um novo layout e uma diagramação mais leve e de leitura mais agradável. Buscouse também racionalizar o sistema de distribuição, com a entrega sendo feita, primordialmente, em pontos fixos, com a colocação de displays (suportes) em bancas, revistarias, cartórios, mercados, prefeituras regionais, lojas etc. Desse modo, há menos perda de exemplares e um maior número de pessoas com acesso ao jornal. Em razão da crise econô- mica, da queda no movimento do mercado e a consequente dificuldade dos anunciantes em manter anúncios quinzenais, optou-se em alterar a periodicidade do “Notícias” de quinzenal para mensal. Por ora, uma medida paliativa que vem dando bons resultados e aprovada pela maioria dos colaboradores. Outra mudança do jornal foi a física, ocorrida em janeiro deste ano. O “Notícias” iniciou suas atividades em 2018 em sede nova e própria, situada na avenida Interlagos, 7213, em Cidade Dutra, a poucos metros do Centro Educacional Unificado (CEU) Cidade Dutra. Trata-se de um imóvel amplo, com boas instalações, bem localizado e com possibilidades de ampliação. Em pouco tempo já estavam todos bem acomodados na nova sede. Mesmo com a mudança físi- ca, permanecemos próximos a algumas das principais entidades deste território, como a Sociedade Beneficente Equilíbrio de Interlagos, Hospital Maternidade Interlagos, Associação Empresarial da Região Sul, Sociedade Amigos de Interlagos, Prefeitura Regional Capela do Socorro, Autódromo de Interlagos, clubes, associações de bairro e outras entidades que sempre tiveram neste jornal espaço para divulgação de suas ações, demandas e realizações. Espaço que também reservamos para outras entidades fora do bairro, mas do mesmo modo importantes e que tem tudo a ver com esta região de circulação do “Notícias”, que é o extremo Sul da cidade de São Paulo. Por fim, ao longo de mais um ano de existência, este jornal colecionou mais algumas homenagens e reconhecimentos que muito nos incentivam, assim como recebeu críticas e sugestões que consideramos importantes e necessárias para o nosso crescimento. E a mais recente homenagem que – indiretamente – o “Notícias da Região” recebeu foi aquela prestada ao seu idealizador e fundador, Pedro José da Silva, pela Associação Empresarial da Região Sul (Aesul), que o imortalizou na galeria dos ex-presidentes do Conselho Deliberativo da entidade. Durante a homenagem e inauguração da galeria, Pedro e “Notícias” foram citados e lembrados como um ente só, ativo na construção da historia da Aesul. Nesse 5 de novembro de 2018, reiteramos o nosso orgulho dessa irremediável cumplicidade, Pedrinho e “Notícias da Região”.

[close]

p. 10

10 São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 www.noticiasdaregiao.com.br

[close]

p. 11

www.noticiasdaregiao.com.br 11São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018

[close]

p. 12

12 São Paulo, 26 de Outubro a 29 de Novembro de 2018 www.noticiasdaregiao.com.br

[close]

Comments

no comments yet