gazeta julho

 

Embed or link this publication

Description

gazeta julho

Popular Pages


p. 1

Ano XLIII Nº 539 Julho de 2018 SLC Agrícola: mais de 80% de satisfação interna A SLC Agrícola alcançou 80,6% de satisfação entre seus colaboradores na edição 2018 da Pensa – Pesquisa do Nível de Satisfação, aplicada pela Consultoria Fornasier. No mês de abril, colegas de todas as unidades da SLC Agrícola responderam à Pesquisa de Clima, que é bianual e abordou 50 questões divididas entre as seguintes dimensões: Desenvolvimento, Participação, Remuneração, Condições de Trabalho, Relações, Imagem da Empresa, Comprometimento e Sustentabilidade. A partir dos principais resultados da pesquisa, todas as áreas ficam responsáveis por elaborarem seus planos de ação, com o acompanhamento do RH. O índice alcançado neste ano demonstra um crescimento de 3,9 pontos percentuais em relação a 2016 e posiciona a SLC Agrícola junto a grandes empresas que se destacam pela excelência na gestão de pessoas e pelo bom ambiente organizacional. Parabéns a todos! SLC Alimentos patrocina projeto de restauração Histórico Castelo Simões Lopes Neto será restaurado na cidade de Pelotas/RS. Página 3 SLC Comercial capacita equipes de Vendas e Pós-Vendas Técnicas de Apresentação e Fundamentos da Negociação foram os temas do treinamento. Página 6

[close]

p. 2

Qualidade: um caminho sem volta Desde o início do século XXI, os conceitos de Qualidade não podem ser considerados como uma função isolada ou apenas um diferencial no mercado. Os clientes tornaram-se mais exigentes e conscientes; o gerenciamento pelo sentimento do “achismo”, pelo “eu sempre fiz assim” perderam espaço; e a estruturação de um sistema da Qualidade se consolida como um fator obrigatório, decisivo e sustentável nas organizações. Até a primeira metade do século passado, a prática de Gestão da Qualidade era direcionada para a inspeção e controle de resultados dos processos de fabricação, visando a garantir a conformidade dos resultados com as especificações pré-definidas. Atualmente, esse conceito mudou e ganhou uma nova dimensão de adequação do produto ao uso, envolvendo toda a organização ao longo de todo o ciclo produtivo. A gestão de todo esse ciclo, segundo Joseph Juran – “pai” da revolução da Qualidade no Japão – representa a espiral do progresso de uma organização. O tema Qualidade, diante de um mercado globalizado, tem um papel fundamental dentro das organizações e a sua evolução conta com uma relevante mudança em seu processo: o foco passou a não estar somente no produto, mas também nos processos, serviços e necessidades dos clientes. A Qualidade é um conceito bastante subjetivo que depende muito de quem a percebe, e o seu sucesso está ligado à implementação e à consolidação de um sistema padronizado. Somos o que repetidamente fazemos, portanto a excelência não é um feito, mas sim um hábito, e hoje poderíamos quase que afirmar que não existe Qualidade sem os conceitos de padronização. O mundo está mudando, o Brasil está mudando, o mercado está mudando e o consumidor está mudando. Poderíamos falar que a única certeza que temos, a única coisa permanente no mundo é a mudança. Esse cenário de competição e em mutação acelerada faz com que as empresas busquem a diferenciação, sejam criativas, extremamente ágeis e EGdleamrSeaLnrCtMeAaNlliamacveioonlnttaoalsde Operações Industriais confiáveis para conquistar e, principalmente, manter seus clientes. A intensidade e a velocidade das mudanças são tão acentuadas que, inegavelmente, é difícil para as organizações em geral acompanharem o chamado “pulsar do mercado”. Constantemente precisamos provar nossa capacidade técnica, cultural e adaptativa para oferecer respostas efetivas aos novos desafios. Com base nessa afirmação, podemos dizer que a padronização é considerada como uma das mais importantes ferramentas gerenciais para se obter um caminho seguro para a competitividade, a produtividade e a sustentabilidade de um sistema de Qualidade em nível mundial; e essa definição não se limita simplesmente ao estabelecimento de um padrão e sim, da sua utilização, treinamento, melhoria e verificação contínua. Nós, da SLC Alimentos, estamos focados e com metas bem definidas. O nosso “norte” está traçado, todos temos certeza que a Qualidade, que um Sistema de Gestão da Qualidade, que a padronização dos nossos processos, que a competitividade dos nossos produtos, que o diferencial dos nossos funcionários são fundamentais para a consolidação das nossas realizações e representam o passaporte para o caminho do sucesso. Ainda temos muito trabalho! Buscamos continuamente uma Qualidade capaz de garantir que nossos produtos superem as expectativas dos clientes; acreditamos que um conjunto de procedimentos, o uso integrado de métodos e ferramentas, o seguimento de princípios de gestão, a busca pela normalização nos conduzirão para a excelência e a Certificação da ISO 22000. Convidamos a todos: venham conosco, acreditem! Nosso Sistema da Qualidade já é uma realidade. Embarquem nesta viagem, e a passagem é só de ida, porque Qualidade é um caminho sem volta!

[close]

p. 3

SLC Alimentos patrocina projeto de restauração A SLC Alimentos está patrocinando o Projeto de Revitalização e Restauração do Castelo Simões Lopes, em Pelotas/RS. O trabalho tem como principal objetivo a restauração e conservação do local, respeitando os valores culturais da edificação, cuja construção teve início em 1920. O lançamento da primeira fase do projeto ocorreu no dia 13 de junho, e o gerente nacional de Operações Industriais, Elmar Malavolta, e a coordenadora de Marketing, Elizabeth Miritiz de Souza, representaram a empresa no evento. SLC Comercial fará Monitoramento de Máquinas Em junho, ocorreu a primeira reunião entre as equipes da SLC Comercial e da John Deere para discutir sobre o projeto piloto para o Centro de Monitoramento de Máquinas. Suporte conectado, serviços, ferramentas, utilização do Service Admin, além do espaço físico e pessoas foram os principais temas discutidos. Além disso, foram definidos os modelos de máquinas e clientes que participarão do projeto, que iniciará neste mês de julho. Fazenda Planalto é destaque em produção de soja O CESB – Comitê Estratégico Soja Brasil, concedeu à SLC Agrícola o certificado pela participação no 10º Desafio de Máxima Produtividade CESB - safra 2017/2018, na categoria não irrigada. A Fazenda Planalto classificou-se nacionalmente na 75ª colocação, alcançando a importante marca de produtividade de 95,71 sacas/ha de soja e tornando-se campeã estadual. Parabéns a todos! Álvaro Dilli Equipes em primeira reunião sobre o projeto Expediente GAZETA VERDE é uma publicação mensal da SLC Participações S.A. | Rua Bernardo Pires, 128/5º andar | Porto Alegre/RS Fone: (51) 3230.7700 | Fax: (51) 3230.7717 | E-mail: gazetaverde@slc.com.br Comitê Editorial: Airton Luiz Fleck, Álvaro Luiz Dilli Gonçalves, Daiane Silva, Débora Braga, Jorge Luiz Silva Logemann e Rosileni Segatto. Execução: Assessoria de Comunicação - Grupo SLC | Fone: (51) 3230.7708 | Jornalista Responsável: Débora Braga (MTb 12.225) Julho de 2018 

[close]

p. 4

SLC Agrícola capacita lideranças de todas as unidades O ciclo de treinamentos “Líderança 4.0” tem como objetivo capacitar as lideranças da SLC Agrícola sobre a dinâmica das relações e da produção da Indústria 4.0, no âmbito da Agricultura. Além de apresentar às lideranças os aspectos e conceitos fundamentais da Indústria 4.0, esses treinamentos buscam mapear os impactos das novas tecnologias nas relações e na gestão das equipes e construir possibilidades de ações e comportamentos propostos para o líder 4.0. Até o momento, o treinamento já foi desenvolvido em todas as fazendas da Região Centro-Oeste e nas fazendas Planeste, Parnaíba, Parnaguá, Piratini e Paladino, além da matriz, durante o PGC 2018. Até agosto, todas as unidades terão realizado o treinamento. Fazenda Paladino Fazenda Pioneira Fazenda Pamplona Fazenda Planorte Fazenda Perdizes treina Indústria da SLC Alimentos equipe para safra do algodão realiza Semana Kaizen A equipe da Fazenda Perdizes começará o cultivo de 8 mil hectares de algodão - segunda safra - em 2018/2019. Com o intuito de analisar o potencial e o comportamento da cultura, foram cultivadas oito variedades em uma área de 215 hectares. Para ampliar o conhecimento dos colaboradores com a nova cultura, o coordenador de Produção, Gedielson Ledesma, e o gerente da fazenda, Fabrício Venturin, apresentaram as principais características fisiológicas da planta, os desafios relacionados ao clima e a importância da cultura para o desenvolvimento da unidade. Entre 14 e 18 de maio, ocorreu na unidade da SLC Alimentos de Capão do Leão/RS a Terceira Semana Kaizen na área do Empacotamento Arroz. Neste período, foram mapeadas e implementadas diversas oportunidades de melhoria. Também foi feita a padronização de práticas, de atividades operacionais e de controle, e foi implantado um sistema para paradas de máquinas e perdas de produção. A ferramenta Kaizen refere-se a uma metodologia de trabalho focada na melhoria contínua dos processos, com o objetivo de aumentar a produtividade, buscando eliminar os processos desnecessários e os desperdícios. Colegas foram capacitados para o cultivo do algodão  Ano XLIII | Nº 539 Equipe do Empacotamento participou do evento

[close]

p. 5

Pesquisa e Planejamento em pauta na SLC Agrícola Em junho ocorreu na Fazenda Panorama o Treinamento Anual da Pesquisa da Região Nordeste. Foram discutidos assuntos sobre a estrutura e gestão da pesquisa, avaliação e validação de novas metodologias de ensaios, inovação e novas demandas da Pesquisa na SLC Agrícola e na área de Planejamento. Além disso, ocorreu um treinamento sobre Inovação e Mudança. Capacitação com Instrutor Certificado na SLC Comercial Colegas reunidos para o treinamento anual Grupo participou de capacitação sobre A.M.S. No final de maio, ocorreu no Centro de Treinamento da SLC Comercial, em Horizontina/RS, o primeiro treinamento sobre A.M.S. ministrado pelo coordenador de Soluções Integradas, Christian Radunz, agora também Instrutor Certificado. Essa formação habilita o instrutor a entregar treinamentos presencias complementares aos treinamentos da John Deere. Colegas ministram curso de Libras na SLC Agrícola SLC Comercial revisa Plano de Negócios Acontece na matriz da SLC Agrícola a 3ª edição do Curso Interno de Libras, com a participação de colaboradores e lideranças. A capacitação é realizada pelos próprios colaboradores surdos e pelos colegas ouvintes que aprenderam a linguagem de sinais em cursos anteriores e pelo convívio com os colegas. O curso faz parte do Programa Semear e é uma importante ação para a quebra de barreiras geradas pela língua e para potencializar o envolvimento e integração entre as diversas áreas da empresa. Linguagem de sinais foi tema do curso Lideranças revisaram Plano Anual de Negócios Lideranças da SLC Comercial e da John Deere reu- niram-se, no dia 13 de junho, em Horizontina/RS, para a revisão do PAN – Plano Anual de Negócios, que abrange o período de Nov/17 a Out/18. O PAN tem como objetivo focar na gestão do concessioná- rio, através de indicadores de faturamento, objeti- vos de vendas, pós-venda, agricultura de precisão, financeiro, ações estratégicas e táticas. Na revisão do Plano são reavaliados todos os números e indicado- res acordados com a fábrica. Julho de 2018 

[close]

p. 6

Comunicação eficaz é tema de curso na SLC Agrícola Aconteceu no dia 24 de maio, na matriz da SLC Agrícola, em Porto Alegre/RS, o treinamento Comunicação Eficaz. Na Fazenda Planorte, a capacitação ocorreu nos dias 5 e 6 de junho para as lideranças da unidade. O objetivo foi desenvolver os processos de comunicação na equipe. Pamplona e Planeste têm Workshop de Transição Fazenda Pamplona SLC Agrícola - Matriz Fazenda Planorte Fazenda Planeste Ocorreu nas Fazendas Pamplona e Planeste o Workshop de Transição do Projeto MAIS Agro para todas as lideranças. O objetivo é oferecer conhecimento às lideranças do Projeto e aos usuários-chave sobre como lidar com os processos de mudança do sistema. Todas as unidades da SLC Agrícola realizarão esse treinamento ao longo de 2018. SLC Comercial capacita times de Vendas e Pós-Vendas As equipes de Vendas e Pós-vendas da SLC Comercial participaram de treinamentos sobre Técnicas de Apresentação e Fundamentos da Negociação, entre 11 e 16 de junho, na matriz, em Horizontina/RS. A capacitação abordou o desenvolvimento da ora- tória avançada e técnicas de negociação e, através de dinâmicas de grupo, os colaboradores aprenderam novas técnicas e trocaram boas práticas entre as equipes. O treinamento foi ministrado pela Plus Consultoria, de Sorocaba/SP. Capacitação em Vendas - turma 1...  Ano XLIII | Nº 539 ... turma 2 ... ... e turma 3

[close]

p. 7

Ações especiais na Semana do Meio Ambiente Em junho, na Semana do Meio Ambiente, ocorreram diversas ações sobre o tema na matriz da SLC Agrícola. Já na Fazenda Parceiro, juntamente com a Prefeitura de Formosa do Rio Preto/BA, colaboradores fizeram o plantio de mudas e limpeza do Rio Preto. Formação de Estagiários na SLC Agrícola SLC Agrícola - Matriz Fazenda Parceiro Expotupã Estagiários da matriz da SLC Agrícola A SLC Agrícola lançou o Programa de Formação de Estagiários, cujo objetivo é promover a aprendizagem e o aprimoramento de competências comportamentais dos estudantes que realizam estágios na empresa. Com foco em comportamento, conhecimento e cultura organizacional, o programa ocorre em sincronia entre o RH da matriz, RH da fazenda e equipe da área de atuação do estagiário. Atualmente, a SLC Agrícola conta com 48 estagiários em diversas áreas de atuação. Projeto de Plantio de Feijão segue na SLC Alimentos A SLC Alimentos, visando a garantir e expandir contou com a participação de quatro produtores e seu abastecimento com matéria-prima de quali- uma área total de 140 hectares plantados de feijão dade, criou o “Projeto de Plantio de Feijão Preto”, preto. Eles se mostraram satisfeitos nos aspectos que teve início na safra 2016/2017. O objetivo é financeiro e ambiental/agronômico. A matéria- desenvolver os produtores parceiros que fornecem prima atendeu aos padrões de qualidade da SLC matéria-prima e, também, aprimorar os conheci- Alimentos, destacando-se nos atributos de caldo mentos sobre a cadeia da cultura de feijão. e cocção. Como base principal, o projeto consiste no fo- A safra de 2018/2019 está sendo planejada pelo mento de sementes certifi- setor Suprimentos - Gestão cadas e de qualidade para do Feijão da SLC Alimentos, utilização dos produtores e os produtores começam a parceiros localizados na me- ser prospectados para a con- tade sul do Rio Grande do tinuidade do projeto. Para Sul. Além disso, fornece a a próxima safra, estima-se assistência técnica de um que, no mínimo, seis produ- engenheiro agrônomo com tores estejam inseridos no conhecimentos e experiên- projeto e que totalize uma cia na cultura do feijão. Na safra deste ano, o projeto Fomento de sementes certificadas é base do projeto área de, aproximadamente, 300 hectares plantados. Julho de 2018 

[close]

p. 8

Divaldo dos Santos “Meu histórico profissional só cresceu na SLC” Divaldo dos Santos tem 38 anos e é natural de Ivaiporã/PR. Atualmente, ele mora em Sapezal/MT, onde trabalha na Fazenda Planorte como monitor de Operações Agrícolas. Ele é casado com Pablo Tozetty, e o casal sonha em adotar uma menina futuramente. Sonho de ser pai Ele afirma que o mais importante na educação dos filhos é não terceirizá-la. “Chegou a hora de os pais e as mães voltarem de seu exílio – porque se autoexilaram da educação dos próprios filhos – e recuperarem suas funções educativas, reapropriando-se de seus papéis insubstituíveis. O tempo é único e não volta”, alerta. Nas férias, ele costuma viajar a Curitiba/PR para visitar a família, “amo essa cidade”, conta. Já nas horas de folga, assistir a um filme na TV comendo pipoca e brigadeiro é o programa favorito. Ainda assim, ele não descuida da saúde, da alimentação e da aparência. Divaldo conta que é instrutor de zumba fitness licenciado há quatro anos e dá aulas de segunda a sábado. “Tenho que manter o peso e dar exemplo às alunas. Evito frituras, não como embutidos, nem tomo refrigerantes. Mas aos sábados tem o famoso dia do lixo, pois amo brigadeiro”, justifica-se. Ele se assume vaidoso e diz que é muito ligado à moda, além de não dispensar um creme hidratante e um bom perfume. Seu sonho de consumo é a casa própria “com uma sala de vidro, que já está no projeto”, conta. O destino da viagem dos sonhos seria Miami, “para conhecer Colega pretende se aprimorar na área de Operações Agrícolas a sede da empresa Zumba Fitness e o criador da modalidade, Beto Perez”, explica. Já seus objetivos de vida são viver uma vida simples, mas com qualidade, e adotar uma filha, “sempre quis ser pai”, diz. E se tivesse direito a três desejos, eles seriam: “tirar todas as crianças que estão na rua, Casal deseja adotar uma menina acabar com a fome no mundo e que não existisse mais nenhuma forma de preconceito”, enumera. Experiência em diversas áreas O colega ingressou na SLC Agrícola em 2001. “Comecei como safrista na Algodoeira. Depois, fui convidado a trabalhar na Recepção. Logo mudei para armazenista, operador de empilhadeira, balança, almoxarife, escriturário, auxiliar contábil, almoxarife na parte dos Defensivos e, atualmente, como monitor de Operações Agrícolas”, resume. Ele conta que seu dia a dia de trabalho é bem tranquilo. “Meu coordenador, Renam Rolim, é bem dinâmico e confia no meu trabalho. Diariamente, organizo um check-list para não deixar nada sem fazer de um dia para o outro; às 16h25min começo a fazer o check-list do próximo dia, em níveis de prioridade”, comenta. A SLC, para o colega, é uma ótima empresa para se trabalhar. “Aprendi muito aqui e tive várias oportunidades de crescimento dentro da empresa. Passei por vários setores, sou curioso e gosto do novo. Aqui me dão a chance de aprender mais e mais, meu histórico profissional só cresceu na SLC”, orgulhase. Divaldo conta que se identificou bastante com função monitor de Operações Agrícolas, portanto, “quero me aprofundar mais nessa área, aprender mais, quem sabe um dia ser analista”, almeja. 8 Ano XLIII | Nº 539

[close]

p. 9

Ricardo Kelm “Tenho orgulho em trabalhar na SLC Comercial” Natural de Horizontina/RS, Ricardo Kelm reside na mesma cidade e trabalha na SLC Comercial como consultor de Peças. Seu primeiro ingresso na empresa ocorreu em 1998, como estoquista, “período de muito aprendizado”, segundo ele. Crescimento constante Depois desse tempo, Ricardo conta que resolveu conhecer um pouco do mundo. “Fiquei cinco anos no exterior. Conhecer outras culturas e modos de vida foi uma experiência muito interessante. Depois, trabalhei em uma empresa de TI aqui mesmo na cidade por mais três anos. Agora faz quatro anos que estou novamente na SLC Comercial, trabalhando como consultor de Peças”, relata. Segundo o colega, o seu dia a dia de trabalho é de muita cumplicidade, transparência e muito trabalho. “Estamos sempre focados em atender bem nossos clientes e atingir as metas”, afirma. Para manter o bom relacionamento com colegas, Ricardo diz ser necessário “que haja respeito, saber ouvir as opiniões e, é claro, ter também momentos de descontração”, enumera. Para ele, o trabalho em equipe significa a soma de esforços de todos para um resultado comum, onde exista a cooperação e o comprometimento. Ricardo afirma que vê a empresa como uma re- Trabalho em equipe é a soma de esforços de todos ferência no ramo, sólida e com objetivos bem definidos. “Tenho orgulho em trabalhar na SLC Comercial e, para mim, além de proporcionar muitas conquistas, também significa uma oportunidade Ricardo e Daiane planejam primeiro filho de constante crescimento profissional e pessoal”, destaca. Planos de aumentar a família Casado com Daiane desde outubro do ano passado, momento marcante para a família, o casal agora planeja o primeiro filho. Segundo o colega, para se ter uma família ideal é necessário que o amor e o respeito estejam sempre presentes. Nas férias, eles costumam conhecer lugares diferentes, pescar e fazer caminhadas em matas nativas. Para cuidar da saúde, Ricardo pratica trilhas de moto e futebol. “Quanto à alimentação, evito comer muita gordura, mas de vez em quando, é impossível não comer um churrasco gordo”, confessa. Aliás, esse gremista diz que adora uma boa mandiocada, seu prato preferido. Conhecer a Tailândia, com seus lugares paradisíacos e gastronomia peculiar, seria a viagem dos sonhos do colega. Já seus três maiores desejos, além do herdeiro, são: “ter saúde para viver bem e aproveitar a vida até onde Deus me permitir; ter uma chácara com um açude grande para pescar e passar os fins de semana; e, já que estamos em clima de Copa, que o Brasil se torne Hexa Campeão”, brinca. Julho de 2018 

[close]

p. 10

pGoAvSodaadoFaSzeetnedLaagPaoransa, gdueáSaanntima Failcormianeçnaas/PnIo SLC Alimentos no Sábado Solidário no Rissul... ... e no Carrefour, em Porto Alegre/RS Paiaguás doa cestas básicas para Escola Délcio Furigo CMeanttrrizodEaspSíLriCtaADgiraícsodlaa doa agasalhos Cruz... para ... e para Asilo Padre Cacique, de Porto Alegre/RS OSLNCGAPlirmojeentotoSsedmeeCaarpreãocedboeLaegãaos/aRlhSos da Tempo de Empresa Julho/2018 15 ANOS (informações sociais) Pedro Ângelo de Souza 10 ANOS Edson Dias da Silva Pedro Lopes de Freitas Pedro de Jesus da Silva Fazenda Pamplona/GO Fazenda Perdizes/MT Fazenda Planeste/MA Fazenda Planalto/MS Adão Damaceno da Silva Fazenda Paiaguás/MT Quadro Funcional José Garcia de Araújo João Batista Rodrigues Fazenda Planeste/MA Fazenda Planeste/MA Maio/2018 5 ANOS Empresa Nº de funcionários Adriano da Silva Lima Carlos Eslabão Tavares SLC Alimentos/C.do Leão SLC Alimentos/C.do Leão SLC Agrícola SLC Alimentos SLC Comercial SLC Participações Fundação SLC TOTAL 2.923 554 239 40 2 3.758 Cláudio Ubirajara Félix SLC Alimentos/C.do Leão Geraldo dos Santos Júnior Fazenda Planalto/MS Osvaldo Burgos Schirmer SLC Agrícola - Matriz Rafael Dalla Coletta SLC Alimentos - Matriz Adriano José Mourão Fazenda Planeste/MA Artur Vagner de Miranda SLC MIT Lourival dos Santos Fazenda Planeste/MA Lucimar Faustino Fazenda Planalto/MS 1100 Ano XLIII | Nº 539Rosival de Lima Aparecido da Silva Fazenda Paiaguás/MT Fazenda Perdizes/MT 1º/7/2003 1º/7/2008 10/7/2008 14/7/2008 16/7/2008 17/7/2008 22/7/2008 1º/7/2013 1º/7/2013 1º/7/2013 1º/7/2013 1º/7/2013 1º/7/2013 2/7/2013 2/7/2013 2/7/2013 2/7/2013 2/7/2013 3/7/2013 Marllon Andrade Fazenda Panorama/BA Marsileide dos Santos SLC MIT Miguel Cardoso Neto SLC MIT Lauro Ivan da Fonseca SLC Alimentos/C.do Leão Ilma de Souza Santos SLC Alimentos/TO José do Nascimento Fazenda Parnaíba/MA Luis do Nascimento Fazenda Parnaíba/MA Edideus Bispo Fazenda Planeste/MA Joaquim Correia Júnior Fazenda Planeste/MA Antônio Barbosa SLC MIT Aparecido do Nascimento SLC MIT Antônio José Lopes Fazenda Paiaguás/MT Gideoni de Almeida SLC MIT Jesivaldo de Matos Fazenda Parceiro/BA Manoel da Silva Fazenda Parceiro/BA Aliomar Rocha Fazenda Parceiro/BA José Inácio Dias Fazenda Parceiro/BA Olmiro Petzold Fazenda Parceiro/BA Flávio Batista Alves Fazenda Panorama/BA Genivaldo dos Santos Fazenda Parnaíba/MA Ronaldo Gonçalves SLC MIT 3/7/2013 5/7/2013 5/7/2013 9/7/2013 10/7/2013 10/7/2013 10/7/2013 13/7/2013 13/7/2013 15/7/2013 15/7/2013 17/7/2013 18/7/2013 18/7/2013 18/7/2013 19/7/2013 19/7/2013 19/7/2013 22/7/2013 22/7/2013 22/7/2013

[close]

p. 11

(fundação SLC) Alimentação pré e pós-treino Alimentar-se corretamente antes e depois de uma atividade física é importante tanto para o seu desempenho quanto para a reposição das vitaminas e nutrientes. Veja algumas dicas: Pré-treino: Nunca inicie um exercício físico em jejum. A alimentação antes do treino ajuda a manter os níveis de glicose no sangue, a fim de evitar a hipoglicemia, fornecer energia e manter o rendimento durante a atividade. A falta de alimentação também faz com que o corpo queime massa magra em vez de gordura. Antes do treino dê preferência para as fontes de carboidrato. São eles que darão energia e ajudarão no seu desempenho. Consuma: frutas, sucos de frutas, frutas secas, pães, batata doce, barras de cereais, aveia. Pós-treino: A alimentação pós-treino vai ajudar a recuperar os músculos e a energia. Quem não se alimenta após uma atividade física permite que o organismo utilize a massa muscular para recuperar a energia, ocasionando na perda de músculos. Dê preferência para as fontes de carboidratos, para ajudar na reposição de glicogênio (reserva energética); e de proteína, que fornece aminoácidos que facilitam o reparo e a reconstrução muscular. Para repor o líquido perdido e evitar a desidratação e sensação de fadiga, consuma bastante água. Prefira: peito de frango, peixe, clara de ovo, queijos, iogurte, frutas. Fonte: Site Unimed RS (fazendo a diferença) SLC Agrícola “Muda Mundo” em escolas do Mato Grosso A SLC Agrícola patrocinou, via Lei Rouanet, o O projeto busca auxiliar os professores a resgata- projeto “Muda Mundo”, levando o teatro para 5 mil rem valores em sala de aula e, ao lado das crianças, crianças e oficinas para 240 professores dos muni- alavancarem a transformação social. Ele é dividido cípios de Querência, Porto dos Gaúchos, Diamanti- em três etapas. A primeira é voltada para os profes- no e Sapezal, localizados no Mato Grosso. sores e é momento de provocação e reflexão sobre a infância e o papel da escola e do professor no cenário atual. A segunda etapa é voltada para as crianças, por meio de apresen- tação de um espetáculo lúdico e criativo, pensado especialmente para sensibilizar o público infan- Comunidade da Fazenda Pioneira, ... ... da Fazenda Perdizes, ... til. E a última fase é a distribuição de livros para as bibliotecas das escolas públicas participantes do projeto. ... da Fazenda Paiaguás... ... e da Fazenda Planorte Julho de 2018 11

[close]

p. 12

(conheça a empresa) SLC Comercial disponibiliza novo produto a seus clientes A SLC Comercial trouxe novidades a seus clien- Essas informações ficam disponíveis no display GS3 tes. Os pulverizadores 4730 agora podem agregar – com alertas customizáveis sobre risco de operações uma nova tecnologia, a estação meteorológica, que em condições desfavoráveis. A coleta de dados em permite a análise de infor- tempo real possibilita ajustar mações locais do microclima a operação, como por exem- em tempo real. Através de plo adaptar bico por tipo de um sensor móvel, é possível gota, aplicar níveis diferentes medir a eficácia da aplicação de vazão ou pressão, inter- em função de fatores climá- romper e retomar a aplicação ticos, tais como: velocidade em condições mais favoráveis e direção do vento; Delta T etc. Além disso, permite inse- (indicador importante para rir seus próprios parâmetros determinar as condições de pulverização no sistema e de pulverização aceitáveis); receber notificações quando temperatura; e umidade relativa. Estação meJtaeiomroeló(àgeicsaq.f)orrenceecbeeiunfdoormaçaãçoõdese epmaletetemspo real as condições estiverem fora da predefinição. Aniversariantes da Fazenda Paladino Escolinha de futebol da Fazenda Planalto foi campeã em campeonato Analistas do DHO da SLC Comercial, Aline e Denise, no Congregarh C“FoeleijãgoasNdaamSoLrCadAolimapernetsoesnptaarFteicijiopaaDmodnonae”vento Assistentes de Vendas da SLC Comercial atingem metas na venda de Seguros Festa Junina na SLC Alimentos/TO Consultores Estratégicos de Negócios da SLC Comercial recebem treinamento sobre Tratores Dep. de Peças da SLC Comercial em reunião aFcaizdeenndtaesPcaornmagaufaásctaemleebnrato1160 dias sem Vacinação na Fazenda Parnaguá STLreCinAalimmeennttoosdedereCcaicplaãgoedmo em 5S’s na Leão/RS Equipe da SLC Comercial participa do 13º An@lys, em Gramado/RS 12 AnoQXuLIeII r| Npºa5r3t9icipar? Envie suas fotos para o e-mail gazetaverde@slc.com.br

[close]

Comments

no comments yet