Edição 142

 

Embed or link this publication

Description

Está chegando a hora. X Salão das Motopeças.

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3



[close]

p. 4

Editorial Salão a vista! Está próxima a realização do X Salão Nacional e Internacional das Motopeças, que acontecerá de 15 a 18 de agosto de 2018, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte em São Paulo – SP. É a maior e mais importante feira do setor, 100% voltada à negócios, traz a cada dois anos as novidades e tendências do mercado de motopeças e acessórios. Ainda sentindo os reflexos de um ano difícil, com cenário político-econômico ainda conturbado e influenciando a economia, greve dos caminhoneiros, copa do mundo e eleições, acreditamos que o Salão será uma grande vitrine que movimentará muitos negócios para o segundo semestre e início do próximo ano. Além do X Salão das Motopeças é destaque também nessa edição a matéria sobre a certificação de coroa, corrente, pinhão e escapamentos, quatro importantes itens no setor de motopeças, após cinco anos o processo de certificação ainda não foi concluído, por esse motivo a Anfamoto em Revista presta esse esclarecimento ao leitor. Apresentamos os novos associados conquistados pela entidade. Veja ainda a cobertura do 9º Salão Itinerante das Motopeças, realizado em Campina Grande – PB, no mês de fevereiro. Fique por dentro também das novidades do mercado de duas rodas, da volta do Espaço Motociclismo e das notícias do setor e de interesse geral para nosso leitor. Forte abraço e boa leitura! EDIÇÃO 142 - MAI/JUN 2018 A responsabilidade sobre opiniões e fatos presentes nos artigos assinados na “ANFAMOTO em Revista” é exclusiva de seus autores, não exprimindo necessariamente o pensamento desta publicação nem a posição da ANFAMOTO. Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças Presidente: Orlando Cesar Leone 1º Vice Presidente: Valdenir dos Santos Galvão 2º Vice Presidente: Valério Valente Tesoureiros: Amarildo Severino Fernandes Conselho Deliberativo - Presidente : Gianfranco Menna Zezze Membros do Conselho Deliberativo: Carlos Alberto Fiorotti Hélio Tenório da Silva Waldemar Ivo de Medeiros Suplentes do Conselho Deliberativo: Carlos Manoel Jr. Celso Pedro Franciosi Mônica Orlando de Oliveira Membros do Conselho Fiscal: Sandra Brandani Picinato José Jacob Fernandes José Mauricio Felipe Suplentes do Conselho Fiscal: Alexandre Saba José Jacob Fernandes Sandra Brandani Picinato Coordenadores de Setoriais: Fabricante: Freios: Escapamentos: Capacetes: Edilson Tenório da Silva Valério Valente Anfamoto Carlos Manoel Jr. Coordenação Editorial: Fabia Helena Allegrini Pereira Editor responsável: Jacylete Abreu – MTB 825-CE Serviços Gráficos: Gráfica Nywgraf Editor de Arte: Luis Fernando L. Corrêa Secretaria: Patricia Sartori Coordenação de Eventos: Equipe Anfamoto ANFAMOTO em Revista: Equipe Anfamoto Assessora da Presidência: Fabia Helena Allegrini Pereira PUBLICIDADE & COMERCIAL Número de Registro: 823713350 Av. Nove de Julho, 3229 Cjtos 208/209/210 Jardim Paulista CEP 01407-000 - São Paulo-SP PABX: (11) 3052-2002 - Fax: (11) 3885-7637 E-mail: anfamoto@anfamoto.com.br - Site: www.anfamoto.org

[close]

p. 5



[close]

p. 6

Sumário Salão Itinerante Palavra do Presidente Enxergamos o Caos 8 Mercado Produção de Motocicletas cresce 37,3% em abril 10 Associado em Destaque Anfamoto ganha novos associados 14 18 O 9º Salão Itinerante das Motopeças em Campina Grande Lazer Salão Itinerante O 9º Salão Itinerante das Motopeças em Campina Grande 18 Lazer Espaço Motociclismo traz descontração e muitas motos toda semana no Anhembi – SP 22 Capa Está chegando a hora da realização do X Salão Nacional e Internacional das Motopeças 24 22 Espaço Motociclismo traz descontração e muitas motos toda semana no Anhembi – SP Capa: X Salão das Motopeças Sua Moto em Detalhe: Certificação de coroa, corrente, pinhão e escapamentos 28 Caderno Duas Rodas Conheça as novidades do setor de duas rodas 32 Notícias 36 - Dicas & Lançamentos 38 - Lista de associados 39 24 Está chegando a hora da realização do X Salão Nacional e Internacional das Motopeças

[close]

p. 7



[close]

p. 8

Orlando Leone Presidente Enxergamos o caos Em ritmo de recuperação o Brasil atravessa o primeiro semestre com muitos acontecimentos, ainda estamos presos a um cenário político conturbado e com os brasileiros, compreensivelmente, com algumas de suas convicções abaladas. Na última semana do mês de maio, a paralisação dos caminhoneiros afetou o País de sobremaneira. Deixou reflexos em diversos setores da economia e empurrou um PIB doente ainda mais pra baixo. O sucessivo aumento dos combustíveis impacta diariamente a vida dos brasileiros. O que movia a greve inicialmente é principalmente o sentimento de revolta que permeia toda a sociedade pela atitude inusitada do aumento constante dos combustíveis, em alguns lugares, até diário. Essa prática atende tão somente os interesses da Petrobras e de seus acionistas, que sequer levam em conta o estrago causado nas atividades econômicas. Atualmente o transporte rodoviário é responsável por mais de 60% de tudo que é produzido e comercializado no País, desde o alimento até insumos e equipamentos de grande porte. É inaceitável que o governo ponha a população nessa situação, curvando-se a disparada dos preços do petróleo internacionalmente. O que há por trás desse cenário obscuro? E haverá grandes desdobramentos causado pela paralisação, quem se responsabilizará por todo esse prejuízo? Em termos econômicos fechamos o primeiro trimestre com um crescimento ainda abaixo do esperado e pela quarta vez consecutiva, analistas do mercado financeiro reduziram a projeção de crescimento da economia para esse ano. Embora aguardada por muitos, a prisão de Lula ainda divide a sociedade. Condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro e alvo de outros sete processos criminais, Lula ainda ocupa uma posição“importante”na cena política. Porém “nosso” judiciário dá um recado importante à sociedade, que a ética, a transparência e a coerência dos atos é que estão dando o tom daqui pra frente. A lei não pode ser confundida com justiça social, mais do que nunca, precisamos que sejam aplicados valores de conduta ética e moral mais rígidos em todas as esferas e setores, começando por nós mesmos, dentro de nossos lares, nossas empresas e com a fomentação das melhores práticas entre nossos funcionários, fornecedores e agentes públicos. Chegamos ao fim do primeiro semestre e com números positivos, o desempenho do setor de motopeças foi bom, graças aos esforços de todos envolvidos nesse grande setor, com muito trabalho e superação dos obstáculos que tivemos. Temos um ponto de atenção ainda com as consequências da paralisação dos caminhoneiros, a greve foi justa e necessária, mas terá reflexos. Toda carga produtiva parou e mesmo com números mais positivos a retomada torna-se lenta e ainda contamos com outros eventos como Copa do Mundo e eleições que interferem diretamente no cenário econômico. Não posso deixar de falar aqui nesse espaço, sobre um assunto que vem afetando diretamente nosso segmento: a certificação de coroa, corrente, pinhão e escapamentos. Cabe esclarecer que desde janeiro de 2014 quando se deu o inicio do processo de certificação a Anfamoto está em tratativas com o Inmetro. Desde então enfrentamos um longo e desgastante processo, inclusive passamos pela elaboração de uma norma técnica ABNT, além do amplo entendimento com as entidades envolvidas no processo: Abimoto, Abraciclo e Simefre, que juntos não medimos esforços para auxiliar na conclusão desse processo que ainda se encontra em fase de conclusão no Inmetro. A Anfamoto não vem medindo esforços para que esse processo seja concluído de forma justa, correta e igualitária para todos. Consideramos que a certificação é fundamental para regulação de mercado e para a segurança dos usuários. Sempre buscamos o melhor para nossos associados e consequentemente para o mercado. Para continuarmos estimulando o crescimento do nosso mercado, lembro a todos que de 15 a 18 de agosto próximo, realizaremos o X Salão das Motopeças, no pavilhão Amarelo do Expo Center Norte em São Paulo. O evento é a maior feira do segmento, voltado exclusivamente a negócios. Para a edição desse ano esperamos mais de 12 mil visitantes, o que deve gerar um aumento de vendas para o fim do 2º semestre e início de 2019. Considero que a transparência e a ética nos processos começam em nós! Boa leitura e forte abraço, Orlando Cesar Leone Presidente Agenda Maio 04 – Reunião administrativa 15 – Reunião Diretoria Junho 05 – Reunião Diretoria 08 – Reunião Salão das Motopeças 15 – Reunião Salão das Motopeças |||| 08 | ANFAMOTO em Revista | Edição 142

[close]

p. 9



[close]

p. 10

Mercado Produção de motocicletas cresce 37,3% em abril No primeiro quadrimestre do ano houve aumento no volume e a média diária de vendas chegou a 3.910 unidades no mês. As fabricantes de motocicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) fecharam o mês de abril com 88.422 unidades produzidas, esse número representa uma alta de 37,3% sobre o mesmo mês do ano passado 64.380 unidades, mas na comparação com março teve um recuo de 6,5%, totalizando 94.599 unidades. Os resultados também foram positivos no quadrimestre, foram produzidas 347.959 motocicletas, um avanço considerável de 17,6% sobre o mesmo período do ano passado 295.761 unidades. No atacado as vendas também foram positivas. Em abril foram repassadas às concessionárias 78.536 unidades, o que representou uma alta de 28% na comparação com o mesmo mês de 2017 que teve 61.342 unidades, e um recuo de 10% sobre março com 87.243 unidades. Já no acumulado do quadrimestre houve aumento de 12,8%, sendo 312.539 unidades de janeiro a abril deste ano e 277.160 unidades em igual período de 2017. Entre as categorias mais comercializadas em abril, o destaque foi para a Street que aparece no topo do ranking com 48,9% de participação com 38.410 unidades, em seguida aparece a Trail com 23,2% de participação com 18.185 unidades, e em seguida vem a Motoneta, 14,1% com 11.098 unidades. Na quarta posição o Scooter com 7,2% totalizando 5.685 unidades Projeções Atualizadas e pôr fim a Naked, com 2,4%, com 1.857 unidades. EMPLACAMENTOS – Com base nos dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), as vendas no varejo totalizaram 82.118 unidades em abril, aumento de 26,4% sobre o mesmo mês de 2017, totalizando 64.961 unidades e de 3,5% sobre março, com 79.320 unidades. Já no comparativo do acumulado ode janeiro a abril, a alta foi de 9,2%, sendo 301.422 unidades em 2018 e 275.931 em 2017. Em abril a média das vendas diárias foi de 3.910 unidade com 21 dias úteis, aumento de 8,4% sobre o mesmo mês do ano anterior, 3.609 unidades com 18 dia úteis. Na comparação com março o avanço foi de 3,5% com 3.777 unidades.   Produção Atacado Varejo Exportação MOTOCICLETAS - PROJEÇÕES 2018 2017 2018 Qtde 882.876 935.000 52.124 814.573 850.000 35.427 851.013 865.000 13.987 81.789 85.000 3.211 Var % 5,9 4,3 1,6 3,9 |||| 10 | ANFAMOTO em Revista | Edição 142 Fonte: Abraciclo / Associado EXPORTAÇÕES – Na análise das exportações abril registrou alta de 75,4% sobre o mesmo mês de 2017. Quem liderou o ranking foi a Argentina com 77,6% de participação, seguida dos Estados Unidos com 10,9%, Colômbia com 4,5%, México com 2,1% e Austrália com 2,1%.

[close]

p. 11



[close]

p. 12

Mercado |||| 12 | ANFAMOTO em Revista | Edição 142

[close]

p. 13



[close]

p. 14

Associados em destaque Anfamoto ganha novos associados e lhes dá boas vindas. CIA MAGNETRON IND E COM DE COMPONENTES A Magnetron começou sua história em 1960, na cidade de Joinveille em Santa Catarina, com foco inicial na produção de magnetos e bobinas de ignição. Em 1995, a empresa foi para São José dos Pinhais, no Paraná, onde ampliou seu portfólio e sua área de atuação. A empresa é pioneira na industrialização de sistemas de ignição e energia. A Magnetron fabrica conjunto de travas, estator, engrenagem da embreagem de partida, motor de partida, fiação principal, tampa do tanque, sensor de oxigênio, bomba de combustível, medidor de nível de combustível, refil de bomba de combustível, chave de luz, entre outros. Site: www.magnetron.com.br F. (41) 3381-8800 GRAMOTOS COMERCIAL DE MOTO PEÇAS Fundada em outubro de 1992 na cidade de Presidente Médici no interior de Rondônia. A Gramotos Comércio de Moto Peças é uma empresa que se dedica a importação, exportação e distribuição de peças de reposição para motocicletas e motonetas. Busca sempre inovar trazendo qualidade total nos produtos oferecidos ao mercado de peças. Sua estrutura organizacional foi montada sobre uma visão global do negócio e desenhada para que a empresa possa competir de forma eficaz no ambiente desafiador e dinâmico do seu mercado de atuação. Conta com 08 unidades para melhor atender nossos parceiros e manter um padrão de excelência em qualidade e acompanhar o crescimento do mercado realizando suas atividades de forma presente e eficaz, gerando um melhor apoio logístico. Entre seu mix de peças estão amortecedores, biela, câmara de ar, chave de luz, cilindro interno de bengala, corrente de comando, entre outros. Site: www.gramotos.com.br F. (69) 3471-2909 FRAS-LE S/A Fundada em 1954, a Fras-le tem como atividade a produção de materiais de fricção. Seu negócio Segurança no Controle de Movimentos faz dela uma das líderes mundiais no segmento. No avançado Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, um dos mais bem equipados do mundo, a Fras-le conta com laboratórios químico, físico e piloto, que possibilita a geração de produtos com alta performance. A Fras-le conta em sua linha de produtos pastilhas e sapatas para motos. Site: www.fras-le.com/pt F. (54) 3239-2000 |||| 14 | ANFAMOTO em Revista | Edição 142

[close]

p. 15

PANTANEIRO INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE CAPAS A Pantaneiro existe para ajudar os heróis do cotidiano a encarar seus desafios com segurança, conforto e estilo. Criamos equipamentos impermeáveis para todas as atividades, sejam profissionais, de lazer ou aventura, oferecendo total proteção contra o mau tempo e condições adversas. Estão na linha de produtos da Pantaneiro: Conjun- tos de PVC, bota, capa para mochila, macacão de nylon, polaina de nylon, capa para banco, colete de alta visibilidade e capa para moto. Site: www.pantaneirocapas.com.br F. (51) 3590-4217 JAYFEX CONSULTORIA E COMÉRCIO EXTERIOR LTDA Criada em julho de 2004, a Jayfex nasceu com o propósito de incrementar as trocas comerciais entre o Brasil e o mundo. Em 2014 entrou no mercado de motopeças com a marca Hardt. O principal produto importado pela empresa são os kits de transmissão para motocicletas de baixa cilindra- da, os kits Hardt são compatíveis com as principais marcas do mercado brasileiro. Site: www.jayfex.com.br F. (47) 3467-0071

[close]

Comments

no comments yet