Relatório de Atividades 2017 - GABRIEL

 

Embed or link this publication

Description

Relatório das atividades das ações da OSC GABRIEL durante o ano de 2017

Popular Pages


p. 1

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2017

[close]

p. 2

2 Relatório de Atividades 2017

[close]

p. 3

ÍNDICE 04 Mensagem da Presidente 06 Estrutura Organizacional 07 Missão, Propósito e Valores 08 Histórico 10 Organograma 11 Certificações 12 Ações de Sensibilização e Prevenção Setembro Verde 13 Campanhas Publicitárias de Doação de Órgãos e Tecidos 14 Projeto Sangue Cidadão Campanha “Hepatite C Você sabe se tem?” 15 Campanha de Prevenção de Malformações Congênitas Prevenção de Doenças Renais 16 Campanha de Cadastramento de Doadores de Medula Óssea Saúde começa na Infância - Oficina de Nutrição 17 Projeto Olhos do Coração 18 19 Palestras & Eventos Palestras – Eventos – Reuniões – Jantar as Cegas Reuniões - Rotary e Rotaract Club Indaiatuba Frente Parlamentar de Doação de Órgãos Casarão Pau Preto e Park Mall Palestra na Faculdade Anhanguera 20 Desenvolvimento Comunitário e Redes Parcerias Institucionais 22 Parcerias com apoio financeiro 23 24 Participação em programas de Rádio e TV Voluntários Internet 25 Dados da Organização Relatório de Atividades 2017 3

[close]

p. 4

GABRIEL MENSAGEM DA PRESIDENTE Olá a todos! Enquanto me preparava para escrever esta mensagem, percebi que o ano de 2017 superou, negativamente, em muito os anos anteriores. Tivemos a pior crise política e econômica das últimas décadas, insegurança social e a falta de ética presente todos os dias nas mídias e redes sociais. Foi um ano difícil sim! Porém, quando analisamos os resultados da OSC GABRIEL, confirmamos o que já sabíamos... foi um ano de muitos ganhos! Conseguimos mais uma vez cumprir nossos projetos. Muitas parcerias promissoras foram retomadas e outras se iniciaram, o que mostra o reconhecimento do trabalho desenvolvido ao longo desses 17 anos de trabalho duro. Entre tantas coisas positivas acontecidas, ressalto duas das quais mais nos deixaram honrados em 2017. A primeira, com o músico e ativista da causa pela doação de órgãos, Bruno Saike, que nos brindou com a parceria para divulgação da ação #Juntosparasempre, cujo vídeo obteve mais de 1 milhão de visualizações. E quando o ano já estava quase terminando, veio a “cereja do bolo”! 4 Relatório de Atividades 2017

[close]

p. 5

Em 27 de outubro fomos reconhecidos pela Fundação Volkswagen com o prêmio Volkswagen na Comunidade 2017 para o projeto OLHOS DO CORAÇÃO dos Amigos dos Deficientes Visuais de Indaiatuba, para realização do primeiro curso de Orientação e Mobilidade para Deficientes Visuais da cidade com o apoio e parceria da Faculdade Anhanguera de Indaiatuba. O concurso recebeu 1259 projetos apresentados por organizações sem fins lucrativos de todo o território nacional. Fomos indicados entre os 20 finalistas e escolhido entre os 10 vencedores. E assim terminamos o ano! Nas páginas seguintes você irá encontrar um resumo de grande parte de tudo que realizamos no ano de 2017. Foi difícil? Foi! Mas muito prazeroso e com o sentimento de dever cumprido. Agradecemos a todos que nos ajudaram a cumprir nossa missão em mais um ano de muitos desafios e de muito trabalho e dedicação. Gratidão eterna a toda equipe gestora, nossos voluntários e parceiros. Abraço fraternos a todos! Maria Inês Toledo de Azevedo Carvalho Presidente Relatório de Atividades 2017 5

[close]

p. 6

Apresentação ESTRUTURA ORGANIZACIONAL Maria Inês Toledo de Azevedo Carvalho – Presidente Valdir de Carvalho - Diretor Executivo e de Marketing Bruno César Ferreira - Presidente do Conselho Consultivo Izaltino Correia de Toledo Neto - 1º. Secretário Débora de Azevedo Carvalho - Presidente do Conselho Fiscal Maria Elidia Andrade Picarelli - 1ª Conselheira Fiscal Márcia Rodrigues Tavares - 2ª Conselheira Fiscal Alex Cassimiro de Barros Kissilevitc - Gestor Administrativo Osvaldo Jesus de Moraes Junior - Gestor Financeiro Márcia Andrea dos Santos - Analista de Projetos Ricardo Perini Zoppi – Análise de Editais 6 Relatório de Atividades 2017

[close]

p. 7

GABRIEL - GRUPO DE ATUAÇÃO BRASILEIRO PARA REALIZAÇÃO DE TRANSPLANTES E ESTUDO DO TUBO NEURAL Compartilhar com a sociedade conhecimentos de saúde e cidadania, conscientizando-a sobre importância da preservação e dignidade do ciclo da vida. PROPÓSITO Tornar a GABRIEL um espaço harmonioso, sustentável, de constante aprendizado e referência em gestão, cujo impacto das ações transformem e mobilizem os Criação, Inovação, Adaptação, Ação Ética, Resiliência, Esperança, Respeito, Visão holística. Relatório de Atividades 2017 Ciclo da Vida 7

[close]

p. 8

GABRIEL GABRIEL - GRUPO DE ATUAÇÃO BRASILEIRO PARA REALIZAÇÃO DE TRANSPLANTES E ESTUDO DO TUBO NEURAL Histórico GABRIEL – Grupo de Atuação Brasileiro para Realização de Transplantes Infantis e Estudos do Tubo Neural é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos – OSC, que nasceu da tentativa de doação de órgãos de Gabrielle de Azevedo Carvalho, nascida com anencefalia (defeito do fechamento do tubo neural) no dia 24 de maio de 1998. No terceiro mês de gestação, o casal Maria Inês e Valdir, constatou através de exames pré-natais, que o bebê que esperavam possuía esse tipo de malformação. Era a segunda ocorrência, pois 10 anos antes já haviam perdido outra filha com o mesmo tipo de malformação. Por tratar-se de malformação considerada totalmente incompatível com a vida e pelo risco que gestação poderia representar à mãe, então com 40 anos de idade, foram orientados a solicitar judicialmente a interrupção da gestação. No entanto, por convicções pessoais e após conversarem bastante sobre o assunto decidiram optar pela manutenção da gravidez para após o nascimento de Gabrielle, e seu inevitável falecimento, efetuar a doação de seus órgãos na tentativa de ajudar crianças que aguardavam por um transplante. Casos semelhantes já haviam ocorrido nos EUA e Itália. No entanto, a doação foi rejeitada pela Central de Transplantes sob a alegação de que crianças anencéfalas não poderiam ser doadoras, pois a ausência de cérebro impossibilitaria a confirmação de morte encefálica, obrigatória nos casos de doação. A lei nº 9.434 04 de fevereiro de 1997 que regulamenta a doação de órgãos no Brasil é omissa nesses casos. A partir daí o casal se engajou na luta pela normatização das doações de órgãos de bebês nascidos com anencefalia. Curiosamente, nos três casos que foram amplamente divulgados pela mídia mundial sobre crianças anencéfalas doadoras de órgãos, todas tinham uma coisa em comum, além da própria malformação. No EUA a pequena doadora se chamava Gabrielle Schouten e doou o coração para o recémnascido também canadense que recebeu o nome de Paul Gabriel 8 Relatório de Atividades 2017

[close]

p. 9

Seu nome foi dado em homenagem à sua doadora e ao cirurgião que realizou o transplante. Na Itália, também em 1998, foi a vez do menino Gabrielli que doou o coração para o pequeno Maurizzio. No Brasil, a pequena Gabrielle de Azevedo Carvalho nasceu e faleceu uma hora e meia depois sem conseguir consumar a doação por questões burocráticas e falta de legislação adequada que orientasse para esses casos específicos. Durante a trajetória iniciada após o falecimento de Gabrielle e início da formação da OSC, o casal fundador da GABRIEL tomou conhecimento da situação do processo doação/ transplante no país e optaram em ampliar a atuação da organização voltando seus projetos para sensibilizar e conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de órgãos e tecidos como um gesto de solidariedade que salva vidas. Paralelamente começaram a trabalhar também com a disse-minação da informação sobre a prevenção de malformações congênitas através da ingestão, an-terior à concepção, da vitamina B-9 ou ácido fólico. Esse simples procedimento pode reduzir em até 80% o risco de malformações como as do fechamento do tubo neural. Somente em 2007 o Ministério da Saúde regulamentou a doação de órgãos de bebês anencéfalos através da portaria GM/MS n.º 487, de 02 de março de 2007, estabelecendo que "a retirada de órgãos e/ou tecidos de neonato anencéfalo para fins de transplante ou tratamento deverá ser precedida de diagnóstico de parada cardíaca irreversível". Apesar de finalmente uma legislação específica reconhecer o neonato anencéfalo como um potencial doador de órgãos, ainda existe muita dificuldade para realização do procedimento, pois o critério adotado tem inviabilizado e/ou impossi-bilitado a doação e o transplante para esses casos. Atualmente a GABRIEL também desenvolve campanhas de educação permanente em saúde na expectativa de reduzir, através de prevenção, os casos de doenças que levam ao transplante assim como os diversos tipos de malformações congênitas. Relatório de Atividades 2017 9

[close]

p. 10

GABRIEL Organograma GABRIEL Presidente Diretor Executivo Conselho Consultivo Conselho Fiscal Maketing/TI RH ADM Financeiro Institucional/ Relatórios Comunicação Interna Eventos Captação de Recursos Analise de Editais Analise de Projetos 10 Relatório de Atividades 2017

[close]

p. 11

Certificações Utilidade Pública Municipal - Declarada de Utilidade Pública Municipal em 14.05.07 através da Lei nº 5098. Selo Organização Parceira do Transplante Certificação concedida pelo Ministério da Saúde através de Portaria MS nº 2759 de 14.09.10 e renovada a cada três anos por Portaria, que concede à Organização GABRIEL - Grupo de Atuação Brasileiro para Realização de Transplantes Infantis e Estudos do Tubo Neural o Selo "Organização Parceira do Transplante", pelo relevante serviço prestado na área d e d i v u l g a ç ã o d o p r o c e s s o doação/transplante”. Certificação de Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil - Os Projetos "Salão Nacional de Humor sobre Doação de Órgãos" e o "Trote Solidário Doação de Órgãos" foram certificados como "Tecnologia Social" pela Comissão de Certificação do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social no dia 3/09/2011. GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Certificado de Regularidade Cadastral de Entidades - CRCE nº 0039/2014 emitido em 13/01/2014 emitidos pelo Governo do Estado de São Paulo - Casa Civil - Corregedoria Geral da Administração. 7 ESPECIAL 10 ANOS ® Prêmio Volkswagen na Comunidade 2017 Concedido em 30/10/2017 Marca Registrada - Concedido o registro pelo no INPI, em 25/08/2015 Relatório de Atividades 2017 11

[close]

p. 12

Ações de sensibilização e prevenção SETEMBRO VERDE Salvar vidas é a principal causa abraçada pela a OSC GABRIEL desde sua fundação. Em 2017 foram realizadas diversas ações focadas nesses temas, atingindo milhares de pessoas em todo o território nacional. Os resultados foram obtidos por meio das informações contidas nos sites, em campanhas de incentivo à doação de órgãos, campanhas de doação de sangue bem como em cadastramento de doadores de medula e pelas muitas palestras realizadas ao longo do ano. Vale ressaltar a importância da retomada da parceria com a concessionária AB Colinas que distribuiu 100 mil folhetos em 6 praças de pedágios que administra. Foram confeccionados para esses projetos: 110.000 folhetos 10 x 21 cm, 5 banners, 100 camisetas, 500 botons 4,5 cm, 100 balões personalizados, 1000 adesivos do Laço Verde e 100.000 boletins informativos, redes sociais, mídia regionais, hotsite, certificados. Em cerimônia realizada na Câmara Municipal, sete transplantados da cidade receberam simbolicamente a Certidão de Renascimento e puderam ainda homenagear as três famílias que autorizaram a doação de órgãos na cidade. Foram parceiros neste projeto, Aksell Quimica, Drogasil, SESI Indaiatuba, Polo Shopping Indaiatuba, Tec-Vidro, SWD Agência, Topázio Cinemas, Unimed Campinas. 12 Relatório de Atividades 2017

[close]

p. 13

Campanhas Publicitárias de Doação de Órgãos e Tecidos Como resultado do crescimento da divulgação do trabalho voltado a defesa da causa da doação, a organização assinou a veiculação do vídeo #juntosparasempre em canais abertos de TVs e nos canais pagos da Globosat, Sony, Warner, etc. O vídeo também foi veiculado no mês de setembro nas salas de exibição do Cine Topázio durante a exibição do filme “A Cabana”. Parceiros dessa ação: Cines Topázio, #juntosparasempre, Werner Münchow, Bruno Saike. Para checar o impacto que esse vídeo causou ao espectador, foi produzido um novo vídeo com a ajuda do nosso amigo Alex kissilevitc, que é também membro de nosso grupo gestor, onde ele entrevista as pessoas perguntando: “Para você, o que é doação?” As respostas foram surpreendentes. Confira esse e todos os outros vídeos, que estão à disposição em nosso canal no YouTube. https://www.youtube.com/c/GABRIELOSC Relatório de Atividades 2017 #JUNTOSPARASEMPRE 13

[close]

p. 14

Ações de sensibilização e prevenção Projeto Sangue Cidadão O Projeto Sangue Cidadão em parceria com o Rotary Club de Indaiatuba tem por objetivo principal criar um cadastro em um banco de dados de doadores voluntários de sangue que serão catalogados por tipo sanguíneo e estarão à disposição dos hemocentros públicos e privados e da população, para atender campanhas emergenciais ou de reposição de estoque. Este cadastro já conta com mais de 5.000 inscritos e são acionados por tipo sanguíneo ou por região para atender as demandas. Diversas ações e palestras são realizadas durante o ano para sensibilizar e conscientizar funcionários de empresas, alunos de ensino médio e faculdades, membros de igrejas, etc. em como se tornar um doador de sangue. Material Produzido: 100 camisetas, 2 banners, 5.000 folhetos 10 x 21 cm, 100 balões personalizados, 5.000 boletins informativos, 1.000 cartões do Doador de Sangue, redes sociais, mídia regional, hotsite, web cadastro, certificados. Foram parceiros nesta ação, Drogasil, Faculdade Anhanguera, Laboratório Dra. Edna Jaguaribe, Rotary Club Indaiatuba. Campanha “Hepatite C, você sabe se tem? ” Aação aconteceu numa união de esforços dos Clubes do Rotary atuantes na cidade de Indaiatuba, Associação Brasileira de Portadores de Hepatite e a OSC GABRIEL. Foram realizados no ano de 2017, 1040 testes com 4 resultados positivos. Desde o início do projeto em 2016, foram realizados 2.261 testes com resultado de 12 casos positivos encaminhados para tratamento. Além das campanhas realizadas nos shoppings locais e direcionadas para a população em geral, foram realizadas campanhas para funcionários dos seguintes locais: Agritech Lavrale, Conferência Distrital do Rotary Club, FaculdadeAnhanguera, SESI Indaiatuba e TecVidro. Material Produzido: 100 camisetas, 02 banners, 4.000 folhetos 10 x 21 cm, 5.000 flyers, 5.000 informativos eletrônicos, redes sociais, mídia regional, hotsite, certificados. Foram parceiros: ABPH –Associação Brasileira de Portadores de Hepatite, Drogasil, Faculdade Anhanguera, Polo Shopping Indaiatuba, Unimed Campinas, Ymunomaster Vacinas. 14 Relatório de Atividades 2017

[close]

p. 15

Campanha de Prevenção de Malformações Congênitas Realizada no dia 13 de maio, a Campanha coincidiu com a comemoração dos Dias das Mães exatamente para lembrar às mulheres em idade fértil sobre a importância da prevenção antes da gestação. O ácido fólico ou vitamina B-9, é comprovadamente um importante aliado para prevenir alguns tipos de malformações como os Defeitos do Tubo Neural (espinha bífida e anencefalia), cardiopatias congênitas, diversas síndromes incluindo a de Down, entre outras. Material Produzido: 100 camisetas, 2 banners, 3.000 folhetos 29,7 x 21 cm (aberto), 500 cartões de “Dias das Mães”, 1.000 Questionários sobre conhecimento da vitamina B-9, 5.000 informativos eletrônicos, redes sociais, mídia regional, hotsite, certificados. Forma realizados testes de glicemia e aferição de pressão, orientação nutricional através de profissionais e alunos de Nutrição da Faculdade Anhanguera, além de distribuição de folhetos explicativos criados pela GABRIEL para essa campanha. Foram parceiros nesta ação o Polo Shopping Indaiatuba, a Drogasil e a Faculdade Anhanguera. Prevenção de Doenças Renais Crônicas Realizada no dia 18/03, no Polo Shopping Indaiatuba teve como tema, "ADoença Renal e a Obesidade”. Para isso foram realizados 242 testes de glicemia e 300 aferições de PressãoArterial, questionário sobre hábitos alimentares e atividades físicas e finalmente o cálculo de IMC – Índice de Massa Corpórea. Houve orientação de Nutricionista sobre os riscos da má alimentação. A Doença Renal Crônica é considerada uma epidemia atual e ela é observada principalmente em pessoas com Pressão Alta e Diabetes. Material Produzido: 100 camisetas, 2 banners, 5.000 folhetos 10 x 21 cm, 300 balões personalizados, 5.000 boletins informativos, 500 questionários do “Perfil do Visitante”, redes sociais, mídia regional, hotsite, certificados. Foram parceiros nesta ação, Drogasil, Faculdade Anhanguera, Polo Shopping de Indaiatuba, Unimed Campinas. Ações Realizadas: Campanha junto aos funcionários da Lenovo Tecnologia Brasil. Relatório de Atividades 2017 15

[close]

Comments

no comments yet