Apostila de Comunicação Aplicada

Embed or link this publication

Description

Conteúdo das aulas do semestre referentes a disciplina de Comunicação Aplicada.

Popular Pages


p. 1

28/03/2011 comunicaÇÃo aplicada 1 o que é comunicação humana o que é a comunicação humana envolve a troca de informações utilizando sistemas simbólicos como ferramentas para este fim como acontece acontece quando duas ou mais pessoas conseguem enviar receber e entender as mensagens utilizando-se de códigos similares 2 conceitos básicos conceito etimológico comunicação vem do latim communis comum comunidade idéia de comunidade comunicar significa dar conhecimento sobre algo trocar informações tomar conhecimento transmitir 3 1

[close]

p. 2

28/03/2011 conceitos básicos conceito biológico nesse conceito a comunicação é relacionada com a atividade sensorial e nervosa do ser humano através da linguagem que é exprimido o que se passa em seu sistema nervoso 4 conceitos básicos conceito biológico a comunicação segue a seguinte ordem 1º coleta de informações pela atividade nervosa 2º armazenagem 3º disposição da informação 4º circulação das mesmas para os centros da ação 5º preparo de ordens que resultam no envio de mensagens 5 conceitos básicos conceito histórico baseada na cooperação a comunicação no conceito histórico funciona como instrumento de equilíbrio entre a humanidade os meios de comunicação ampliam as possibilidades de coexistência entre os homens a fim de não extinguir a espécie por disputas de poder 6 2

[close]

p. 3

28/03/2011 maneiras de se comunicar com as pessoas realizando algum tipo de troca de informação a fala duas pessoas gesticulando mensagens enviadas usando internet a escrita quando existe qualquer tipo de ferramenta técnica intermediando os locutores passamos a ter uma comunicação mediada na semiótica o ato de comunicar é a materialização do pensamento ou de sentimentos em signos conhecidos pelas partes envolvidas estes símbolos são então transmitidos e depois reinterpretadas pelo receptor 7 componentes da comunicação emissor emissor emissor emite uma mensagem para um receptor ou destinatário 8 componentes da comunicação código emissor código código é o conjunto de signos convencionais e sua sintaxe ex a língua utilizados na representação da mensagem que devem ser total ou parcialmente comuns ao emissor e ao receptor 9 3

[close]

p. 4

28/03/2011 componentes da comunicação código emissor mensagem contexto mensagem é o pensamento ou a idéia que o mensagem emissor pretende passar para o receptor comunicação meio de comunicação é o canal através do qual o emissor transmite a sua mensagem ao receptor 10 componentes da comunicação código emissor mensagem contexto receptor receptor é quem recebe a mensagem deve receber e compreender a idéia que se quer passar receptor 11 12 4

[close]

p. 5

28/03/2011 objetos da comunicação comunicação pessoal emissor tem imediato e contínuo feedback do receptor diferentes entre si meios de comunicação de massa um só sentido mesmo tendo feedback de índices de audiência cartas dos leitores e outros 13 objetos da comunicação meios de comunicação de massa tv rádio revistas e jornais e internet palavras chaves manipulação indústria cultural 14 objetos da comunicação difere da comunicação de massa por ser direcionada à grupos específicos de acordo com características próprias e preferências similares desdobramento do modelo de comunicação de massa tem como particularidade atingir um número menor porém mais específico de receptores ao mesmo tempo partindo de um único emissor 15 5

[close]

p. 6

28/03/2011 tipos de comunicaÇÃo pode ser classificada de muitas maneiras veremos algumas 1 intrapessoal consigo mesmo diário pessoal 16 tipos de comunicaÇÃo classificação 2 interpessoal envolve duas pessoas conversa cara a cara ponto a ponto telefone expressão corporal e-mail ponto para multipontos fax para vários números listagem de e-mails endereços 17 tipos de comunicaÇÃo 3 grupo pequeno 3.1 cara a cara porém conversas em grupo 3.2 ponto a ponto conferência via telefone 3.3 ponto a múltiplos pontos teleconferência 4 grupo grande discurso palestra conferência aula a comunicação em grupo envolve de 3 a mais pessoas deixando de sê-la quando somente 2 pessoas do grupo estão envolvidas interpessoal 5 meios de comunicação de massa fonte central para receptores jornais tv revistas 18 6

[close]

p. 7

28/03/2011 tipos de comunicaÇÃo cultura inÚtil a pelo ambiente onde ocorre a comunicação comunicação organizacional -estruturada -formal vídeos alugados secretária eletrônica assim como jogos de pc são meios de comunicação assÍncronos apresentam a mesma mensagem para grandes grupos mas é recebida ao longo do curso de meses ou anos 19 nem tudo ao mesmo tempo tipos de comunicaÇÃo b classificação por direção vertical one-way · de cima para baixo · unilateral o fluxo de informação vai exclusivamente da fonte ao receptor horizontal ­ duplo sentido two-way · o receptor e o emissor participam ativamente cultura inÚtil a comunicação de massa é predominantemente one-way 20 tipos de comunicaÇÃo c por grau de interatividade a definição adotada aqui é de interatividade existe quando há respostas em tempo real que continuamente modificam a mensagem o vídeo game não pertence à este item mas jogo p2p online sim jornais online banco online fazem parte o controle remoto não faz discussão a máquina de refrigerante é interativa por que não pois sua parte mecânica interna responde de imediato mas falta a transação contínua sendo modificada ela teria que deixá-lo escolher a temperatura e se quer u m salgadinho também rafaelli 1988 21 7

[close]

p. 8

28/03/2011 leitura e cia ler material complementar da aula 01 comunicação segmentada evolução da comunicação anexo fontes straubhaar j larose r comunicação mídia e tecnologia communications media in the information society são paulo thomson pioneira 2004 imagens www.deviantart.com 22 semiótica e comunicação tipos de significado aula 02 o que é semiÓtica grego semeiotiké a arte dos sinais estuda todos os fenômenos culturais como se fossem sistemas sígnicos isto é sistemas de significação 24 8

[close]

p. 9

28/03/2011 semiótica cultura e o homem energia gera processos dinâmicos informação coordena modifica e adapta a utilização da energia ingredientes da vida 25 signos algo que representa alguma coisa pra alguém Índices sinais que permitem conhecer reconhecer identificar prever ou adivinhar algo ex pegada humana gente sinais de trânsito quebrados tumulto símbolos representação visível de algo que está invisível ex alianças união casamento compromisso 26 · o significado dos signos não está nos signos em si e nem em objetos mas no que está na mente de cada pessoa pe-dras p-e-d-r-a-s 27 9

[close]

p. 10

28/03/2011 charles pierce desenvolveu a filosofia científica da linguagem primeiridade consciência imediata invisível impressão percebe-se a situação secundidade ter a compreensão e profundidade do conteúdo em discussãovisualiza-se a situação ex o homem está subindo no coqueiro terceiridade é o pensar nos signos está relacionado à sua experiência de vida ex o macaco comeu banana king-kong ou macaco no simba se alimentando 28 categorias do pensamento e da natureza charles pierce desenvolveu a filosofia científica da linguagem ainda segundo pierce existem 3 tipos de signos 1 Ícone imagem produz nas mentes várias possibilidades de comparação material de apoio 29 2 Índice indício através dele tiramos nossas conclusões alguém fumando 3 símbolo convenção social representação geral ex bandeira do brasil 30 10

[close]

p. 11

28/03/2011 códigos analógicos fazem analogia se parecem com o objeto a que se referem ex fotografia onomatopéias códigos digitais não possuem semelhança alguma com o referente ex números total letras palavra 31 os signos são iguais as pessoas têm significados diferentes segundo o contexto que se encontram ex um homem é pai de família na sua casa chefe no escritório e goleiro no jogo de futebol 1 significado gramatical gramatical uma mesma palavra varia o significado conforme sua posição na frase ex você tem um burro burro você tem 32 2 significado contextual contextual É o que rodeia o signo o contexto a sua volta ex fotografia e o ambiente onde é tirada 3 significado referencial referencial relação entre signo e o conceito dele ex os significados que encontramos nos dicionários 33 11

[close]

p. 12

28/03/2011 4 significado emotivo seu impacto na pessoa abrange também sentimentos os signos não são produto de relações rígidas e estáticas eles são dinâmicos como a própria sociedade 34 significado denotativo associa-se as percepções visíveis formato tamanho cor significado conotativo significado embutido subjetivo variando de pessoa para pessoa ex livro pode ter o sentido conotativo de estudo tédio prova chatice obs um mesmo signo pode ter os dois significados conotação liberdade de comunicação denotação mostra a realidade 35 É impossível não comunicar existem as mensagens trocadas conscientemente mas também existem muitas outras trocadas sem querer numa espécie de paracomunicação ou paralinguagem até o silêncio comunica ex o tom das palavras os movimentos do corpo a roupa que se veste os olhares tudo tem algum significado tudo comunica paracomunicação ou paralinguagem é a mensagem que é passada com a mensagem consciente manifestações somáticas involuntárias 36 12

[close]

p. 13

28/03/2011 bibliografia ·juan e díaz bordenave editora brasiliense coleção primeiros passos · www.vecam.org · desafios de palavras enfoques multiculturais sobre as sociedades da informação coordenado por alain ambrosi valérie peugeot e daniel pimienta imagens · www.deviantart.com 37 aula 03 perspectiva Única perspectiva modo de comunicação descritivo e menos interpretativo mensagem composta de segmentos sem muita conexão entre si falam de indivíduos não falam de classes ou categorias várias perspectivas -comparam e interpretam alternativas diversas organizaÇÃo do discurso classificaÇÃo e relaÇÃo narração unitária mesmo que complexa rica em conceitos usam classificações tipologias e a conexão entre elas são aparentemente lógicas compreendem e usam generalizações e padrões abstratos abstraÇÕes menos sensíveis à informação abstrata concreta e literal denotativa personificação de assuntos impessoais 13

[close]

p. 14

28/03/2011 diferenciador entre grupos manipulação liberdade de expressão evita alterações de pensamento censura utilizado nos regimes totalitários utilizado em meios de comunicação de massa imposição de novos significados abstrammungsna chweis criação de gado incesto toxemia envenenamento do sangue fanático conotação negativa certificado genealógico de origem ariana relação íntima com um não-ariano aparência de decadência em povos e raças fanático adjetivo com conotações positivas diferente do instinto palavra que denota uma qualidade crítica subversiva e destrutiva blutschande blutvergiftung fanatich intellect capacidade criativa 14

[close]

p. 15

28/03/2011 preposição-provapreposição-prova-benefício para o consumidor sem deixar o emocional de lado lado cria uma atmosfera que corresponde às motivações apela mais para os sentidos generalidades brilhantes raro prazer prazer todos estão conosco não fique sozinho sozinho testemunho ou transferência de prestígio mostrar só o melhor desmerecer o concorrente concorrente esforço-recompensa para pessoas inteligentes esforçopalavras de países avançados off price baciada baciada rótulos ou etiquetas você é o que você veste veste não pode ser capturada diretamente pelos sentidos é captada pelo subconsciente pode ser dividida em duas características básicas percepção persuasão percepção percepção subliminar o subconsciente percebe as mensagens provenientes de estímulos fracos e provoca uma resposta consciente 15

[close]

Comments

no comments yet