Informe São Conrado - janeiro a março 2018

 

Embed or link this publication

Description

Órgão Oficial de Informação dos Moradores e Amigos de São Conrado

Popular Pages


p. 1

SÃO CONRADOINFORME ANO XXXIII | JANEIRO A MARÇO 2018 Órgão Oficial de Informação dos Moradores e Amigos de São Conrado Galeria de cintura com abertura desobstruida. GALERIA DE CINTURA DESTRUIDA A Prefeitura e a Odebrecht iniciaram no início de março o trabalho de desobstrução costão do Pepino, a fim de evitar assoreamentos. Na primeira grande ressaca, em abril de 2016, o esteve reunida, no dia 15/03, com Secretário de Conservação, Jorge Felippe Neto e com o da Galeria de Cintura no Pepino, após erosão que culminou com o afundamento de parte da ciclovia naquele trecho próximo da galeria e provocou enchentes na Estrada do Joá e adjacências. conjunto sofreu deslocamentos e assoreamento. Com o passar do tempo estas deformações foram se acentuando e culminou com o tamponamento completo do trecho final da galeria impedindo os lançamentos das águas no mar. Mesmo com Presidente da Rio Águas, Cláudio Barcelos Dutra, para saber se está em desenvolvimento um novo projeto executivo para o trecho demolido e se positivo, qual o prazo para o referido projeto ficar pronto. Uma vez tendo um novo projeto As chuvas torrenciais no final de fevereiro executivo aprovado, qual o prazo para o desnudaram um problema que a Amasco início das obras. Qual o prazo e vinha denunciando desde 2016 e que cronograma físico das obras para vinha cobrando providências para sua implantação do novo projeto executivo e correção sem que seus pleitos fossem se haverá necessidade de nova licitação atendidos. para contratação de empreiteira. Qual a Nos anos de 2015/2016 a Prefeitura, através da Rio Águas, implantou dentro do programa Sena Limpa uma galeria de cintura cuja finalidade era acabar com as fonte de recursos para os novos projetos e obras e se há danos, não aparentes, em outros trechos da galeria de cintura que possam vir a colapsar a mesma. famosas "línguas negras" que se Saber também, se o entroncamento das formavam nas areias da praia de São galerias da rua Martagão Gesteira, Julieta Conrado. Niemeyer, Álvaro Niemeyer e Rio Nesta oportunidade já era possível se avaliar a inadequação do projeto executivo no trecho final da referida Galeria de Cintura como era antes da destruição e obstrução. Canoas com a galeria de cintura é adequado e se está prevista intervenções e melhorias de coleta de águas pluviais obra. Foram assentadas aduelas de concreto, alertas e reportagens nada foi feito. em outras áreas do bairro principalmente as justas postas, em berço de areia, quando o ideal Isto posto e, em função da demolição deste águas de superfície provenientes da Estrada do era que a galeria fosse estendida até as pedras do trecho final da galeria de cintura, a Amasco Joá e Estrada da Canoa. (Matéria continua na página. 2)

[close]

p. 2

COISAS COLETIVAS E PESSOAIS REUNIÃO NA SECRETARIA DE CONSERVAÇÃO E RIO ÁGUAS. N a data de 15/03 a diretoria da AMASCO, representada por seu presidente, José Britz, seu Vice-presidente Luiz Cattapan e o colaborador Paulo Borges Fortes, reuniu-se com equipe da Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente e da Fundação Rio Águas. Representando os dois órgãos destacamos o secretário Jorge Felippe Neto, o presidente da Rio-Águas, Cláudio Barcelos Dutra, o chefe de gabinete da secretaria Wilmar Barbosa além de outros técnicos e gerentes. O tema principal da reunião foi a extensão dos danos na galeria de cintura de São Conrado, decorrentes das chuvas de final de fevereiro, e providências que estão sendo tomadas para reparar a avarias. De forma resumida, temos três situações: A. Extensão da galeria de cintura: está sendo VACINA DA FEBRE AMARELA O centro de cidadania RINALDO DE LAMARE possui unidade de atendimento para vacinação contra a febre amarela. feito uma revisão em toda extensão da galeria e até o final do mês deverão ser feitos os respectivos reparos. Está em estudo o tipo de material a ser empregado para restabelecer a estanqueidade da galeria. Concluído estes reparos, serão refeitos os reaterros e pavimentações que cederam por conta dos vazamentos da galeria. Os técnicos avaliaram como prazo para concluir estas intervenções em 60 (sessenta) a 75 (setenta e cinco) dias. B. Trecho final da galeria: em função dos danos ocorrido neste trecho e por tratar – se de um projeto inadequado para as condições geológicas locais a opção foi por demolição total. A recomposição deste trecho dependerá de estudos de maré, já contratados junto ao INPH e que demandarão, no mínimo 02 (dois) anos. Neste período, a galeria que está interceptado ao final do calçadão despejará as águas diretamente na areia. Para mitigar o mal aspecto será mantido um equipamento (trator de esteira) para fazer o direcionamento do escoamento de águas Continuação da matéria de capa da pag. 1 pluviais. Esta metodologia é adotada em Copacabana (próximo Figueiredo de Magalhães); C. Entorno da Martagão Gesteira: em decorrência de descida de barreira da rua Iposeira, ocorreu o entupimento de vários bueiros por conta de lama, pedras e galhos e folhas de árvores. Houve o compromisso de inspeções regulares para limpeza destes bueiros e em caso de alerta de grandes precipitações pluviométricas encaminhar, com antecedência, equipamentos e recursos humanos para limpeza de desentupimento destes bueiros. A AMASCO também solicitou que fosse estudada a possibilidade de implantação de rede de drenagem para captar as águas superficiais que provém da Estrada da Canoa e que são represadas pelo meio fio (rótula) da Autoestrada Lagoa-Barra e percola na Estrada da Gávea depositandose na frente da churrascaria Oasis. No término da reunião, foi entregue ao presidente da Fundação Rio-Águas uma lista de questionamentos feitos pela AMASCO. Esses questionamentos balizaram a reunião. A unidade fica na Avenida Niemeyer, 776, prédio da Prefeitura, Telefone: (21) 33242487. Atendimento de Segunda a Sexta: das 08:00 às 20:00 e Sábado: das 08:00 às 12:00 Não deixem de vacinar o mosquito não escolhe em quem vai morder. INFORME SÃO CONRADO TAPUMES DA CEDAE C onforme publicado no informe anterior, a CEDAE colocou tapumes no entorno de sua Elevatória de Esgotos, localizada na Avenida Niemeyer, estendendo-os até o meio-fio e ocupando totalmente a calçada de pedestres, prejudicando quem precisa atravessar a ponte que liga a Av. Niemeyer a Av. Aquarela do Brasil. Órgão oficial de Informação da Associação dos Moradores e Amigos de São Conrado - AMASCO Estrada da Gávea, 899/2º Piso - CEP. 22610-901 São Conrado - RJ - Tel.: 3322.0421 - 3322.0130 DIRETORIA DA AMASCO: Presidente - José Britz 1º Vice-Presidente - Luiz Cattapan 2º Vice-Presidente - José Carlos Sena 3º Vice-Presidente - Marlene Parente Diretora Jurídica - Maria Edina Portinari Diretor Tesoureiro - Hélio Queiroz Tesoureiro adjunto - Arlindo Charbel Diretor Secretário - Marcio Ardelio de Souza Secretário Adjunto - Luiz Alexandre Bisaggio Dir. Comunicação e Marketing - Felipe Roberto Barbosa Dir. Comum. e Marketing Adjunto - Maria F.A. Camerini CONSELHO DE MORADORES: Presidente - Carlos Sposito Vice-Presidente - Epaminondas Souza CONSELHO FISCAL: Bernardo Niskier Gilberto Telles Hage Roberto Magalhães E-MAIL: amasco@amasco.org.br HOME-PAGE: http://www.amasco.org.br FACEBOOK: www.facebook.com/saoconrado.amasco WHATSAPP: 99577-3851 DISTRIBUIÇÃO: Interna e gratuita no bairro de S. Conrado TIRAGEM: 3 mil exemplares COLABORADORES: Marcio Morais SECRETARIA, PUBLICIDADE E DISTRIBUIÇÃO: Márcio Morais e Leandro Cruz ASSESSORIA DE IMPRENSA: Canal C. Tel.: 2256-5887 COMPOSIÇÃO: Esther Damasceno Cosendei FOTOLITO E IMPRESSÃO: Imo’s Gráfica Tel.: 2450-3505 Após várias solicitações da Amasco, que ficaram sem resposta da CEDAE, encaminhamos a reclamação para a Prefeitura, que comunicou estar multando a CEDAE devido a essa irregularidade. E aí CEDAE, quando é que vocês vão recuar esse tapume? Tapume colocado na Elevatória da CEDAE na Niemeyer Telefones Úteis s Bombeiros ......... (Samu 192)...................................................193 s Cedae água/esgotos.0800.282.1195.(195)..2332.1387/2332.2810 s Comlurb - Remoção Entulho ................................................. 1746 s Companhia Estadual de Gás (CEG) .........................0800.0247766 s Centro de Cidadania Rinaldo de Lamare...............3111.1082/1030 s Defesa Civil..........................................(199)....(1746)...2258.8868 s Detran ...............................Informações...............3460.4042/4040 s Disque Dengue....(Tele-Dengue).............................................1746 s Disque Denúncia (Segurança Pública)...........................2253.1177 s Disque Luz (Luz da Rua)........................................................ 1746 s Disque Sinal.......................................................................... 1746 s Disque Poda (Comlurb)......................................................... 1746 s Fashion Mall (Administração)........................................2111.4427 s Fiscalização Sonora................................................................1746 s Grupo Busca e Salvamento (Barra)........................2333.4402/4492 s Guarda Municipal..................................................................1746 s Hospital Miguel Couto................................3111.3781/3712/3715 s Hotel Royal Tulip .........................................................3323.2200 s Igreja de São Conrado...................................................3322.0560 s Light.........................................................................0800.21.0196 s Posto Reciclagem Rocinha.............................................3323.5515 s Posto Saúde Gávea......................................2274.2796/2989/6495 s População de Rua...................................................................1746 s Prefeitura Reclamações Gerais(luz, buraco, sinal, ônibus, etc)1746 s Procon(Centro).........................................................................151 s Táxi......... (Fashion Mall)...............................................3322.0065 s Telemar/OI .........................................................................103.31 s Vigilância Sanitária.................................................................1746 POLÍCIA MILITAR E CIVIL s Quartel General(Q.G.)..........................................2333.2634/2501 s 23º BPM (Sala de Comando)..........................................2334.6714 s 23º BPM (Sala de Operações) .......................................2334.6725 s 23º BPM (P-2)............................................................... 2334.6717 s Oficial do dia.................................................................2334.6722 s Cabine.......(Praça São Conrado)...................2420.4687-2420.4745 s Delegacia da Mulher.....................................................2332.9998 s Delegacia de Polícia (15a Gávea).................2332.2913-2332.2912 DEFESA DO MEIO AMBIENTE s Comissão Meio Ambiente Câmara Municipal.......3814.2145/2147 s Fiscalização Meio Ambiente (Denúncias).....2503.2795-2503.2796 s Ibama.................3077.4302/4321/4320/4323/4295/0800.61.8080 s Instituto Est. Floresta (IEF)...................2282.1252.r.262.2240.7655 s Patrulha Ambiental........................................................2498.1001 SUPERETENDÊNCIA E REGIÕES ADMINISTRATIVAS s ZONA SUL.....(subzonasul@pcrj.rj.gov.br)....................2274.4049 s VI RA (São Conrado)..(viralagoa@pcrj.rj.gov.br).............2294.8130 s XXVII RA (Rocinha).(ra27rocinha@rio.rj.gov.br)....3322.6823/1019 02 INFORME SÃO CONRADO | JAN A MAR 2018

[close]

p. 3

.:. Editorial DIAS DIFICEIS C hegamos ao final do primeiro trimestre do ano e podemos afirmar que nada do que planejamos pode-se dizer que teve um final feliz. Estamos enfrentando agora, e nunca como antes, um total desgoverno seja em que esfera for. Como lidamos mais diretamente com o poder público municipal, visto que, as demandas necessárias para manutenção e valorização de um bairro recaem em sua grande maioria sobre o município, nos parece, infelizmente, que o prefeito eleito em 2016 ainda não tomou posse. Além da falência da saúde e da educação não é possível que se fechem todas as usinas de asfalto e os logradouros da cidade se encontrem no estado que estão. Até para se tapar um pequeno buraco fica difícil. São projetos que não saem do papel, são projetos que começaram e estão parados e são projetos que não são mais criados e tão necessários para o crescimento da cidade. Como não existe nenhum planejamento sério que englobe o sacrifício de todos, o que os governos fazem é simplesmente aumentar impostos levando a população a dificuldade e até a impossibilidade de cumprir com seus compromissos, criando assim um círculo vicioso e quem paga acaba pagando pelos que não pagam. O canal 1746 da Prefeitura outrora até eficiente, já não atua mais com tanta eficiência. Tempos bons quando se tinha os telefones, fax e mais atualmente os e-mails dos secretários, assessores e até dos prefeitos, mesmo que institucional, e as solicitações eram feitas diretamente. Hoje em dia não se fala mais diretamente com os órgãos competentes, salvo algumas raras exceções com indicações de terceiros. A Amasco tem travado ultimamente algumas batalhas contra mídias que publicam notas que contêm boatos que afetam o bairro, contra projetos mal executados ou formulados que degradaram rapidamente e contra o descaso do poder público em geral. A Amasco deixa bem claro que jamais irá esmorecer em sua luta na busca de melhorias para o bairro e por uma qualidade de vida melhor para seus associados e moradores. A Amasco precisa e permanece contando com o apoio e participação de todos. Se você é ator, atriz, jornalista, repórter, desembargador, promotor, vereador, ex-vereador, deputado, ex-deputado, prefeito, exprefeito, governador, ex-governador, ex-presidente e é morador do bairro, faça contato com a Amasco, ajude seu bairro, ajude a manter a valorização de seu patrimônio, seu conhecimento pode ser de grande valia para o sucesso do trabalho de sua Associação. A Diretoria AMASCO E SÃO CONRADO NA MÍDIA PRAIA DE SÃO CONRADO CONVIVE COM ABANDONO E POLUIÇÃO Jornal O Globo / Caderno Rio – 22/02/2018 Matéria informa que Unidade de Tratamento não consegue impedir que lixo chegue ao mar. Fala também sobre a poluição por esgoto que vem pelo canal da Aquarela do Brasil. Do afundamento do deck da praia e do corrimão com grades enferrujadas e rampas degradadas. CEDAE LARGA OBRA EM SÃO CONRADO Jornal Metro – 08/02/2018 Nota fala que a CEDAE abandonou as obras de revitalização da Estação Elevatória da Niemeyer em 2013. Obra é de vital importância para bombeamento do esgoto de São Conrado para o emissário do Leblon. CHUVA DERRUBA MAIS UM TRECHO DA CICLOVIA TIM MAIA NO RIO Jornal Nacional / TV Globo – 15/02/2018 Reportagem fala da queda da ciclovia no Pepino. O vice-prefeito Macdowel disse que houve erro de execução. José Britz falou que não houve verificação do solo antes da construção. Já a Rio Águas informa que o problema foram as infiltrações decorrente de entupimento das galerias de águas pluviais. RADAR DA AVENIDA NIEMEYER Rádio Band News FM Rio - Coluna do jornalista Rodolfo Schneider – 10/01/2018 Reportagem conta novela para implantação do radar de velocidade na Av. Niemeyer, que mesmo depois de instalado, passou várias semanas sem funcionar por não estar ligada a rede elétrica. Informação prestada pela Amasco. A FORMA DA ÁGUA – ÁGUA AO REDOR Jornal O Globo / Cadernos Globo Barra e Globo Zona Sul – 08/03/2018 Matéria, inclusive de capa, fala dos problemas ocorridos na galeria de cintura do pepino, das enchentes no bairro, do afundamento da pista da ciclovia Tim Maia no Pepino, das obras da Elevatória da CEDAE paralisadas há anos, da poluição da praia e saneamento em geral do bairro. CHAVEIRO TRANK PORTAS LTDA. 24 Horas CHAVES NA HORA - TROCA DE SEGREDO Colocamos Fechaduras Papaiz - Doberman Trincos de Segurança - Olho Mágico CONSERTOS DE FECHADURAS 3322.7528 (Horário Comercial) e 99777.4431 Av. Almirante Álvaro Alberto em frente ao nº 100 IMÓVEIS Venda - Locação Focando nos clientes, trabalhamos em parcerias com empresas e corretores. Desde 1957 Administrando Relações Humanas Tel 2262-0044 965-410-131 Av Rio Branco 156 Grp 1714 - Centro - Edf Av Central - Rio-RJ Estação Metrô Carioca - www.sionimoveis.com.br - Creci-J-328 03JAN A MAR 2018 | INFORME SÃO CONRADO

[close]

p. 4

BOATOS QUE NADA ACRESCENTAM E SÓ CRIAM PROBLEMAS! O colunista do Globo, Ancelmo Gois, publicou em sua coluna no dia 11/02/2018, a nota abaixo (a esquerda de quem lê). Após carta da Amasco encaminhada a coluna e aos moradores do bairro, transcrita mais abaixo, o jornalista publicou em sua coluna do dia 16/02, nova nota (a direita de quem lê). Caro Ancelmo, A respeito da nota intitulada “A Síria dos Trópicos” publicada em sua coluna no último domingo 11/02/2018, gostaríamos de informar que causou, num primeiro momento, imensa preocupação seguida de enorme indignação por parte de inúmeros moradores! Ao tomarmos conhecimento do suposto fato pela sua coluna, imediatamente fomos checar com os condomínios, prédios e comércio do bairro. Ao mesmo tempo, contatamos a 11ª Delegacia de Polícia que, no próprio domingo, fez diligências a muitos desses condomínios, prédios e comércio. Recebemos também diversos contatos via WhatsApp e, em todos os casos, a cobrança da suposta taxa era DESCONHECIDA! No dia seguinte 12/02/2018, a Sra. repórter, Vera Araújo da editoria Rio de O Globo, fez contato com o Sr. José Britz (presidente da Associação dos Moradores e Amigos de São Conrado – AMASCO) e confirmou ter consultado 20 condomínios e a 11ª Delegacia de Polícia, tendo apurado a mesma coisa, ou seja: a informação da sua respeitada coluna não procedia. Como bem citou nosso vizinho Du Moscovis em seu Instagram oficial (@eduardomoscovisoficial), estamos expostos a todas as mazelas como qualquer outro bairro da cidade mas, apesar da triste guerra na Rocinha, nosso bairro registra baixos índices de violência e a convivência com a grande maioria de moradores de bem da comunidade vizinha é (e como sempre foi) muito boa. Frequentamos a praia, ruas, metrô, transportes e shopping em paz e nos sentindo relativamente seguros. Tendo em vista o grave momento em que vivemos em que o caos parece imperar, a desesperança ameaça nossa reação como sociedade, pedimos: Verifique a VERACIDADE de uma nota como essa antes de publicá-la. Sua coluna é muito prestigiada e tem muitos leitores por aqui. Temos certeza da sua boa intenção e que tenha acreditado na sua fonte, mas esse caso é ilustrativo de que o custo de oportunidade que foi prejudicial para muita gente! Ninguém aguenta mais viver em pânico! Mandamos muitas vezes (mas sem sucesso) para sua coluna fatos positivos bem como questões que preocupam realmente os moradores do bairro. Mais uma vez nos colocamos à disposição sempre que desejar checar um fato ocorrido em São Conrado. Também pedimos que divida conosco eventuais informações que não temos, assim, além de podermos ajudar a aprofundar a checagem, teremos a oportunidade de agir e informar ao invés de criar pânico. Atenciosamente, A Diretoria 04 INFORME SÃO CONRADO | JAN A MAR 2018 Texto encaminhado aos jornalistas Carlos Alberto Sardenberg e Miriam Leitão, esclarecendo citações ao bairro de São Conrado no programa da CBN Dia a Dia da Economia, no dia 16/02/2018 Caros, Carlos Alberto Sardenberg e Miriam Leitão, Em primeiro lugar agradecemos a oportunidade de nos comunicarmos com dois jornalistas tão importantes. Em relação a menção feita hoje no programa da CBN Dia a Dia da Economia - Míriam Leitão dando conta que a nota publicada no dia 11/02 na coluna do jornalista Ancelmo Gois teria sido o estopim para a intervenção Federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro, gostaríamos de esclarecer que: O fato não passou de um BOATO. Certamente a nota despertou imenso clamor nos moradores do bairro e em toda cidade, já que no momento que vivemos, até isso seria possível. Assim que tomou conhecimento a AMASCO (Associação de Moradores e Amigos de São Conrado) foi checar com os condomínios, prédios e comércio do bairro. Ao mesmo tempo, contatamos a 11ª Delegacia de Polícia que, no próprio domingo, fez diligências a muitos desses condomínios, prédios e comércio. Recebemos também diversos contatos via WhatsApp e, em todos os casos, a cobrança da suposta taxa era DESCONHECIDA! No dia seguinte 12/02/2018, a Sra. repórter, Vera Araújo da editoria Rio de O Globo, fez contato com o Sr. José Britz (presidente da Associação dos Moradores e Amigos de São Conrado – AMASCO) e confirmou ter consultado 20 condomínios e a 11ª Delegacia de Polícia, tendo apurado a mesma coisa, ou seja: a informação da coluna não procedia. Nesta sexta-feira 16/02/2018, a coluna do Ancelmo Gois publicou uma nota com o título “Melhor Assim”, comunicando aos leitores que a AMASCO havia feito contato com a coluna informando que nenhum condomínio, prédio, comércio e nem a própria polícia tinham conhecimento do fato. Não mencionou a visita da repórter do O Globo... Caros Carlos e Mirian, estamos todos irmanados na esperança de uma melhora efetiva na segurança do Rio de Janeiro e também das muitas mazelas que nosso estado e o país vivem. Certamente o papel da imprensa é fundamental nesse cenário e nós da sociedade civil temos alta consideração pelo trabalho de vocês. Exatamente por esse motivo achamos MUITO RELEVANTE esclarecer uma nota como essa que causou tanto pânico. Se foi necessário um factoide para que os entes públicos tenham se mexido, talvez seja um preço a pagar! Mas entre nós e o jornalismo, deve haver uma relação de confiança pautada pela precisão das informações. Voltamos a dizer; reconhecemos que o momento é tão degradado que algo como a nota mencionou poderia ser verdade; até por isso é muito importante esclarecer tudo com clareza. Ninguém aguenta mais viver em pânico! Uma associação de moradores é a sociedade civil tentando se organizar. Somos “amadores”, mas precisamos do apoio de vocês, bem como estamos à disposição para colaborar. Se vocês têm mais informações sobre esse assunto (que condomínio recebeu, quando, em que circunstância?) Que nós, a polícia e a própria jornalista do O Globo (Vera Araújo) não conseguimos apurar, por favor nos informe pois queremos poder nos proteger. Caso contrário, por favor esclareçam o fato de forma completa, explicando inclusive que foi útil (para o governo agir) porém não era verdade! Atenciosamente, A Diretoria

[close]

p. 5

AMASCO RESPONDE amasco@amasco.org.br Pergunta: Morador disse que foi investida grande quantia na canalização das águas que desaguavam na praia, mas jogou-se tudo em ponto no início da praia do Pepino e parece que a obra está inacabada ou o projeto é ruim, pois forma uma lagoa negra no local. O que pode ser feito? Resposta: A Amasco vai se reunir com a Rio Águas e saber como foi executado o projeto atual e se existe um novo projeto para corrigir os problemas que aconteceram com a galeria de cintura e seu entorno. Pergunta: Moradora questiona nota da coluna do Ancelmo Gois sobre fiscalização nos restaurantes do Fashion Mall e pergunta porque o mesmo critério não é usado com os vendedores de quentinha nas ruas do bairro. Resposta: A Amasco acredita que se houvesse fiscalização em todos os seguimentos da sociedade as coisas seriam, com certeza, mais eficientes e corretas. Quanto ao comércio ambulante de alimentos, todos já foram denunciados a Prefeitura. Ações são realizadas, mas os problemas sempre retornam. Pergunta: Moradora disse que chama a atenção o estado de abandono do calçadão e das grades no final da praia, na subida da Niemeyer. O que mais me preocupa é uma abertura do canal pluvial junto a areia e calçada formando um túnel. Tem moradores de rua e usuários de produtos químicos. Tudo isso próximo aos quiosques, o que causa aos turistas uma péssima impressão. Resposta: A Amasco já comunicou a Prefeitura a decadência dessa área e da necessidade de se recuperar a galeria do deck, calçadas e grades. A Prefeitura parece que ainda não assumiu seu governo desde 2016. Vamos continuar tentando e lutando por uma solução. Pergunta: Moradora disse que gostaria de saber o que está sendo feito em relação a ciclovia, sobre a qual não tem visto mais nada nos noticiários. Resposta: Após novo acontecimento, agora na área do Pepino, a ciclovia Tim Maia está toda interditada em sua extensão total. A parte da Niemeyer aguardava parecer do CREA, o que jamais foi feito. Agora é aguardar a boa vontade dos governantes. Pergunta: Morador informa que as esteiras do metrô de São Conrado estão sem funcionar há 2 meses. Idosos, grávidas e deficientes sofrem com isso. Gostaria de saber se a Amasco já solicitou providências ao Metrô Rio? DESFILE DE BLOCOS Resposta: A Amasco encaminhou não só o problema das esteiras, mas também a questão da limpeza do acesso para a Av. Aquarela do Brasil. Pergunta: Morador solicita ajuda da Amasco junto à prefeitura para que seja feita manutenção de desentupimento de bueiros e galerias da rua Golf Club. Que atualmente se encontram em estado de calamidade, trazendo transtornos e prejuízos no período de fortes chuvas. Resposta: A Amasco encaminhou a solicitação a Gerência de Conservação do Alto da Boa Vista, que prontamente realizou o trabalho de limpeza e desobstrução dos ralos de águas pluviais da área. Pergunta: Moradora informa que existem vários carros abandonados na Av. Aquarela do Brasil e pergunta se a Amasco pode ajudar para remoção dos mesmos. Resposta: A Amasco encaminhou solicitação a Secretaria de Ordem Pública, com fotografias, para verificar a situação e resolver o problema. “ “Se parecemos fortes, seremos ainda mais fortes quando você se juntar a nós. CARNAVALESCOS A no passado apenas dois blocos carnavalescos desfilaram em São Conrado, após apelos feitos a Prefeitura, mostrando que a orla de São Conrado é diferente das outras orlas da cidade, pois os prédios ficam muito próximos ao mar.Esse ano fomos surpreendidos com cinco blocos autorizados a desfilar em nossa orla. Apelamos novamente a RIOTOUR que limite há dois ou elimine de vez o desfile de blocos na orla de São Conrado. Acreditamos que blocos carnavalescos deveriam ter locais próprios para desfile que não fossem nas ruas ou avenidas de importância para o trânsito e locomoção daqueles que não apreciam o carnaval. Apesar dos pesares, a Prefeitura cercou os canteiros no entorno dos prédios evitando que os foliões subissem nos canteiros e aparentemente os desfiles ocorreram dentro de uma civilidade aceitável. Canteiros cercados próximo ao Ed. Franklin Sampaio FARMÁCIA HOMEOPÁTICA 28 anos em São Conrado www.gianhomeopatia.wix.com/farma Entregamos em Domicílio ESTRADA DA GÁVEA, 847 Lj.107 (saída C do metrô) WHATSAPP 99606-9780 TEL: 3322.5884 TELEFAX: 3322-5004 VD Corretora e Consultora Imobiliária Apartamentos para venda em São Conrado, Praia, Cond. Green, Village, Leblon, Ipanema , Gávea e Jardim Botânico. vvitoria2000@yahoo.com CRECI/RJ: 053870 (21) 99991-1532 05JAN A MAR 2018 | INFORME SÃO CONRADO

[close]

p. 6

AMASCO EM AÇÃO A AMASCO, sempre que possível, tem interagido diretamente com as autoridades públicas para buscar as soluções dos problemas, sem passar por intermediários hierárquicos. Isso demanda tempo e persistência, pois as agendas governamentais são, quase sempre, lotadas. Nas últimas semanas a AMASCO esteve nas seguintes reuniões de trabalho: a NOVO ADMINISTRADOR REGIONAL Reunião com o novo administrador Regional da VI Região Administrativa, onde foram discutidos assuntos de interesse do bairro. Em 02/01/2018. a ASSESSORIA DE IMPRENSA - Reunião com a assessoria de imprensa da Amasco, Canal A Comunicação onde foram elaboradas ações de mídias em prol da imagem do bairro. Em 04/01/2018. a IPTU 2018 - Reunião com o deputado Luiz Paulo Corrêa da Rocha, onde foram discutidos os processos por ele implementados contra o aumento abusivo do IPTU e as novas propostas ao projeto. Em 09/01/2018. a MOVIMENTO ACORDA RIO - Reunião realizada na Câmara Comunitária da Barra para traçar ações do movimento “Acorda Rio”, criado para combater o aumento abusivo do IPTU 2018. Em 10/01/2018. a ASSESSORIA DE IMPRENSA - Reunião com equipe da assessoria de imprensa da Amasco para encampar novas ferramentas de mídias visando um maior poder de comunicação da Amasco com seus associados e a imprensa em geral. Em 22/01/2018. a ANIVERSÁRIO DA AMAR – Comemoração dos 35 anos de existência da AMAR – Associação dos Moradores do Jardim Oceânico e Adjacências, realizada no BARRALERTA. Em 24/01/2018. a SECRETÁRIA DE CONSERVAÇÃO E RIO ÁGUAS – Reunião realizada na SECOMSERMA com secretário de Conservação e o presidente da Rio Águas para tratar dos problemas ocorridos na galeria de cintura do Pepino e saber se existe novo projeto para melhorias na capitação das saídas de águas na praia e outras ações para o local. Em 15/03/2018. a SUPERINTENDÊNCIA DA ZONA SUL – Reunião realizada com Marcelo Maywald e representantes da CET-Rio quando foram tratados assuntos de sinalizações no bairro. Quebra-molas, sinais retornos etc. Em 21/03/2018. aCONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA – Reuniões com Delegados da 11ª, 14ª e 15ª Delegacias da Polícia Civil, com Comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar e a Guarda Municipal. Mantemos atuação constante na busca por um aprimoramento na segurança e manutenção do bairro. Os encontros ocorrem na última quinta-feira de cada mês. Em 28/03/2018. a Lembramos que as reuniões da Diretoria da Amasco são abertas aos moradores e, principalmente, aos Conselheiros. Elas ocorrem todas as terças-feiras, às 17h30, na sede da AMASCO, no Fashion Mall. Lembramos que as reuniões da Diretoria da Amasco são abertas aos moradores e, principalmente, aos Conselheiros. Elas ocorrem todas as terças-feiras, às 17h30, na sede da AMASCO, no Fashion Mall. Venha discutir os problemas e, acima de tudo, propor soluções criativas e viáveis. Junte-se à nossa frente de batalha e seja um associado da AMASCO. BALANÇO CONTINUA QUEBRADO O balanço que fica localizado na Praça São Conrado continua quebrado, possivelmente por falta de manutenção. A Amasco já solicitou a Fundação Parques e Jardins e a Superintendência da Zona Sul o conserto desse importante instrumento de diversão das crianças que frequentam a Praça. Vamos continuar cobrando a solução do problema! Balanço localizado na Praça São Conrado CONSERVAÇÃO EM AÇÃO Conservação faz drenagem nos bueiros de águas pluviais na Julieta Niemeyer. P or solicitação da Amasco, a 6ª Gerência de Conservação do Alto da Boa Vista, após as intensas chuvas que causaram alagamentos em vários pontos do bairro, realizaram a desobstrução de bueiros nas ruas Julieta Niemeyer, Engenheiro Álvaro Niemeyer, Estrada do Joá, Golfe Clube e onde houve necessidade. 06 INFORME SÃO CONRADO | JAN A MAR 2018 CONSERVAÇÃO EM AÇÃO II Gerência de Conservação tapa buracos na Aquarela do Brasil. P or solicitação da Amasco, a 6ª Gerência de Conservação do Alto da Boa Vista tapou buracos na Avenida Aquarela do Brasil e na Estrada da Gávea em frente ao Estação do Metrô.

[close]

p. 7

GRELHAS APROPRIADAS CICLOVIA AFUNDA! Grades ideais Trecho da ciclovia Tim Maia no Pepino C om as constantes e fortes chuvas do mês de fevereiro, um trecho da ciclovia Tim Maia - que fica no Pepino -, afundou em razão da erosão do aterramento local e aparentemente cooptado pelo assoreamento da saída de águas pluviais da Galeria de Cintura, já destruída a algum tempo, o que causou a retenção de águas das chuvas que retornaram e foram criando uma erosão no local. VÁRIAS CRATERAS APARECERAM EM RAZÃO DAS CHUVAS! Grades atuais A pós a enchente do dia 15/02/18, morador disse que foi ao local acompanhado de engenheiros da Prefeitura onde constataram que a junção da Estrada do Joá com a Rua Eng. Álvaro Niemeyer apresentava uma cobertura de lama e detritos superior a 5 cm. No entanto, a grande galeria de água pluvial localizada sob essas ruas não apresentava sinais de obstrução por lama ou detritos. A conclusão dos engenheiros e dele foi que a lama e os detritos obstruíram as poucas bocas de lobo (foto) existentes no local e não permitiram o escoamento pela galeria, no que resultou nas sucessivas enchentes dos dias 15, 21 e 22 de fevereiro que inundaram escolas, lojas, restaurante e casas. Por esse motivo, ele recomendou que o sistema de escoamento dessas vias fosse corrigido para o modelo de grande vazão adotado na Via Dutra e outras rodovias do Estado de São Paulo. Chegou a apresentar uma foto de grades de grande vazão instaladas nessas rodovias. Anexou fotos do sistema de drenagem instalado no Shopping Cittá América, que atenderia perfeitamente ao problema dessas vias e resolveria, definitivamente, a questão das constantes enchentes. Cratera no calçadão da Praia. Cratera no retorno da autoestrada no Pepino. MORADORES DE RUA Muro do Gávea Golfe em frente ao Fashion Mall R ealmente, tem sido uma enorme batalha o acolhimento de moradores de rua feito pela Prefeitura, através da Secretária Municipal de Assistência Social e de Direitos Humanos. Decreto sancionado pela própria Prefeitura determina que moradores de rua não podem ser acolhidos contra sua vontade. Com isso, a Secretária tem que fazer um trabalho de convencimento para que o morador de rua aceite seu acolhimento e seja levado para abrigos da Prefeitura. Isso foi feito com vários moradores de rua que se encontravam acampados no muro do Gávea Golfe, em frente ao Shopping Fashion Mall. Todo o lixo deixado por eles foi recolhido pela COMLURB, como mostra a foto da matéria. 07JAN A MAR 2018 | INFORME SÃO CONRADO

[close]

p. 8

CURTAS A Amasco teve o prazer de receber a visita da moradora Fernanda Guaraná, que é jornalista e se prontificou a se juntar em nossas frentes de batalhas. Ela está ajudando de forma positiva e incisiva na veiculação das matérias sobre os problemas do bairro na imprensa escrita. É sem dúvida uma ótima aquisição para a Amasco e o bairro. Morador continua reclamando de que os brinquedos da Praça São Conrado continuam sem manutenção. O balanço de madeira das crianças, arrancado no ano passado, até hoje não foi recolocado. A superintendência da Zona Sul e Secretaria de Conservação já foram avisadas e nada. Quando será atendido esse pedido? Morador relata que a verdadeira causa das enchentes no início da Estrada do Joá foi o lixo, detritos e terra que escorreu de ruas, inexplicavelmente, nunca limpas pela Comlurb. Em sua opinião, o principal responsável pelas enchentes foi o entupimento dos poucos ralos existentes na região. A AMASCO acredita que o problema foi o entupimento da galeria de cintura. Parece que a Prefeitura já abriu uma saída direta da galeria de águas pluviais para o mar, o que eliminaria os problemas. Vamos aguardar e ver! Em e-mail enviado para a Amasco, morador relata que a Rocinha segue em franca expansão e que seria bom esquecer essa história de reestruturação da Elevatória da CEDAE pois, enquanto houver uma cidade de 200 mil habitantes jogando esgoto in natura e ex-natura (sofás, geladeiras, pneus, etc) na praia, nada nunca vai limpar São Conrado. Segundo ele, foi apenas um desabafo, mas pode não estar muito longe da verdade. Em relação a matéria sobre problemas da galeria de cintura da praia e obras da CEDAE paralisadas, publicada no Globo Barra, morador disse que somos incansáveis em falar e acusar o descaso da CEDAE e RIO ÁGUAS em relação ao saneamento da nossa cidade e que mais uma vez a porcariada patrocinada por estas operadoras fica em evidência. Disse ainda que o modelo de governança e gestão do saneamento no Brasil e no Rio está falido e temos que mudá-lo! Hoje morando no Espirito Santo, ex-morador da Rocinha, passeando no Rio e passando pela Av. Niemeyer ficou muito preocupado com o elevado estado de corrosão da tubulação de esgoto da CEDAE que passa suspensa ao longo do costão em direção ao Vidigal. Ele tirou várias fotografias e nos encaminhou. Realmente é lastimável o estado dessa tubulação! Alô CEDAE! As últimas e torrenciais chuvas que caíram no Rio de Janeiro causaram vários estragos em São Conrado. Foi o afundamento da pista da ciclovia Tim Maia no Pepino, destruição final e assoreamento da galeria de cintura, queda de parte do calçadão da orla, várias crateras apareceram em canteiros do bairro e diversas ruas destruídas pelas correntezas das águas. O lado bom é que não houve perda de vidas! Chuvas detonam a Rua Iposeira. Quando será que as usinas de asfalto da Prefeitura voltarão a funcionar para que os logradouros da cidade e de São Conrado possam ter manutenção adequada. A cidade no geral está uma vergonha! E-mail de morador: Parabéns Amasco! Como sempre atuando de forma firme, objetiva e digna na defesa dos interesses dos moradores de São Conrado. Seria muito bom se todas as associações de bairro do RJ, fossem tão atuantes como a nossa Amasco, certamente os cariocas poderiam exercer com mais eficiência seus direitos elementares de reivindicar, fiscalizar e cobrar dos nossos governantes. A Amasco agradece a manifestação construtiva passada no e-mail acima e todas as demais manifestações de apoio que nos foram enviadas por ocasião de nossas notas de repudio, a nota publicada na coluna do Ancelmo Gois do dia 11/02 e comentários no programa dia a dia da economia realizado pela CBN Rio em 16/02. NOVO LAVA JATO Vans sendo lavadas na saída da Estação do Metrô. O Metro de São Conrado trouxe inúmeros benefícios a São Conrado, notadamente aos moradores das imediações da Estrada da Gávea. Infelizmente deixou uma "herança maldita" que foi a não extinção da famigerada Bica de São Conrado, nas imediações da rua São Leobaldo! E pior, deixando a saída de sua água em local de FÁCIL ACESSO! Assim, como herança, foi inaugurado o mais NOVO "LAVA JATO DE SÃO CONRADO", com lavagem de vans em plena luz do dia, no meio da rua e sem nenhuma fiscalização! O pessoal que está lavando veículos está "muito bem informado" do local exato onde ficou a saída de água da antiga bica - dentro de um ralo de águas pluviais, como descobriram? Lamentável! Alô Prefeitura! POSTE NOVO NA NIEMEYER Poste colocado em frente a Elevatória da CEDAE C om a construção da ponte que liga a Avenida Niemeyer a Av. Aquarela do Brasil, a área em questão foi urbanizada e foram colocados três postes baixos com pequenas luminárias para iluminação do local. Passados alguns meses, as luminárias se apagaram. Várias solicitações foram feitas para a Rio Luz, que após algum tempo nos informou que os postes e luminárias não eram padrões, por isso não eram reconhecidos pela Rio Luz. A Amasco então, após uma típica novela, conseguiu que a Rio Luz colocasse poste adequado para manutenção, com luminária superior e refletor mais abaixo no poste. Ufa! Problema resolvido!

[close]

Comments

no comments yet