Show da Fé - Fevereiro 2018

 

Embed or link this publication

Description

Show da Fé - Fevereiro 2018

Popular Pages


p. 1

Cobiça conduz ao pecado e à perdição PÁGINA 22 Jornal Show da Fé SHOWda FÉ ANO 4 - Nº 49 - FEVEREIRO DE 2018 SOLMAR GARCIA O JORNAL DA PALAVRA DE DEUS Bebê de três meses escapa da morte O amor de Deus é real e protetor PÁGINA 24 SOLMAR GARCIA Página 3 Resgatou a dignidade após largar  prostituição Página B9 Fé em Deus, foco e determinação mudaram a história de uma família Página 4 Conheça pais que conseguem manter os filhos longe das armadilhas dos tempos modernos Páginas 20 e 21 “Esse dia jamais será esquecido”, disse o Missionário, feliz pelo resultado da transmissão ao vivo. “Agora, ando bem”, garante José Paiva, acometido por uma dor que ia da sola do pé até o joelho. NOITES DE BÊNÇÃOS Milhares de pessoas têm conquistado saúde, libertação de vícios, emprego, êxito nos negócios, restituição de casamento e paz na família assistindo ao Fala, Amigo! Noturno. O programa comprovou o sucesso no Brasil e em 170 países na sua pri- meira transmissão ao vivo, direto de uma reunião especial na Igreja da Graça em Osasco (SP). Na ocasião, o Senhor operou em muitas vidas, tanto na dos telespectadores como na dos participantes do culto. José Paiva dos Santos, por exemplo, chegou ao tem- plo com dificuldades para andar e foi curado. Páginas B1 e B2 SOLMAR GARCIA Joelho só piorava Nem a cirurgia acabou com o problema na rótula do joelho de Ademir Mendes. Ele andava apoiado em uma muleta, porém, ao usar a fé, sua vida mudou. Página B3 O SENHOR é fiel em todas as suas palavras (Salmo 145.13 – ARA – parte b).

[close]

p. 2

2 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 SHOWda FÉ SOLMAR GARCIA SOLMAR GARCIA Expediente Cobiça conduz ao pecado e à perdição PÁGINA 22 Jornal Show da Fé SHOWda FÉ ANO 4 - Nº 49 - FEVEREIRO DE 2018 SOLMAR GARCIA O JORNAL DA PALAVRA DE DEUS Bebê de três meses escapa da morte O amor de Deus é real e protetor PÁGINA 24 SOLMAR GARCIA Página 3 Resgatou a dignidade após largar prostituição Página B9 “Esse dia jamais será esquecido”, disse o Missionário, feliz pelo resultado da transmissão ao vivo. “Agora, ando bem”, garante José Paiva, acometido por uma dor que ia da sola do pé até o joelho. Fé em Deus, foco e determinação mudaram a história de uma família Página 4 Conheça pais que conseguem manter os filhos longe das armadilhas dos tempos modernos Páginas 20 e 21 NOITES DE BÊNÇÃOS Milhares de pessoas têm conquistado saúde, libertação de vícios, emprego, êxito nos negócios, restituição de casamento e paz na família assistindo ao Fala, Amigo! Noturno. O programa comprovou o sucesso no Brasil e em 170 países na sua primeira transmissão ao vivo, direto de uma reunião especial na Igreja da Graça em Osasco (SP). Na ocasião, o Senhor operou em muitas vidas, tanto na dos telespectadores como na dos participantes do culto. José Paiva dos Santos, por exemplo, chegou ao tem- plo com dificuldades para andar e foi curado. Páginas B1 e B2 Joelho só piorava Nem a cirurgia acabou com o problema na rótula do joelho de Ademir Mendes. Ele andava apoiado em uma muleta, porém, ao usar a fé, sua vida mudou. Página B3 O SENHOR é fiel em todas as suas palavras (Salmo 145.13 – ARA – parte b). Diretor executivo R. R. Soares Conselheiro editorial Eber Cocareli Editora Elaine Monteiro Repórteres Amanda Pieranti Claudia Santos O’hara Santos Repórteres colaboradores Isabel Querino Fotografia Luiz Fernando e Solmar Garcia Revisão Célia Cândido (Direção) Joseane Cabral (Supervisão) Magdalena Soares (Prova) Jorge Guimarães e Marcella Peçanha (Originais) Direção de arte Kleber Ribeiro Diagramação e Arte-final Bruno Moraes e Leandro Alves Site www.ongrace.com/ jornalshowdafe E-mail jornalshowdafe@ongrace.com Redação Estrada dos Bandeirantes, 1.000 - Taquara - Rio de Janeiro RJ - CEP 22.710-113 Telefone: (0xx21) 3077-5168 É expressamente proibida a reprodução total ou parcial de matérias, entrevistas, artigos, fotos e ilustrações sem prévia autorização dos titulares dos direitos autorais. O Jornal Show da Fé é uma publicação da Graça Artes Gráficas e Editora LTDA. Editorial - O pecado impede a bênção Às vezes, você está em uma fase tão difícil, que é como um estranho para si mesmo. Nessas horas, não adianta esconder o estado no qual se encontra. Além de saber de tudo, Deus verá em você honestidade e vontade de mudar. Ao orar, abra-se com o Senhor e conte a Ele a causa do seu sofrimento, da sua dor e das suas dificuldades. A solução do seu problema reside exatamente em desabafar com o Pai e assumir uma posição de fé diante dEle. “A inveja é uma das armas mais eficazes que o diabo usa para oprimir alguém.” Recado de Deus Amanda Pieranti servação. Ele só seria amanda.jornalshowdafe@gmail.com internado caso o pulmão Ofilho de Rita de Cássia Ferreira adoeceu de repente, fosse afetado”. Poucos dia depois, Rita assistiu, sem querer, ao programa Show da Fé. quando tinha 17 anos. “O “Tinha aversão a evangéli- pescoço dele endureceu, cos. Eu ia mudar de canal em razão do surgimento de quando ouvi o Missionário gânglios internos. Devido dizer: ‘Ei, não mude. Seu a isso, ele ficou sem poder filho tem uma doença, mexê-lo. Além de sentir mas nós vamos orar e dor e cansaço, o fígado e o repreender esse mal’. baço ficaram maiores”. Fiquei impressionada”. Exames diagnosti- Na ocasião, o líder caram a presença de da Igreja Internacional citomegalovírus (CMV). da Graça de Deus citou Pertencente à família do Isaías, capítulo 53, ver- herpes-vírus, ele nunca sículos 4 e 5, lembrando abandona o organismo da o fato de Jesus ter levado pessoa infectada. Sendo sobre Si todas as enfer- assim, permanece em es- midades. “O pregador tado latente, e qualquer ensinou a colocar em baixa na imunidade do prática essa palavra, pois hospedeiro pode reativar Cristo já tinha me dado a infecção. Portanto, os autoridade para pisar sintomas causados pelo nos demônios. Acreditei, CMV não têm tratamento; ajoelhei-me e falei: se meu só controle. “O médico menino for curado, eu ser- deixou meu filho em ob- virei ao Senhor”. Surpresa divina Em 1999, mãe e filho foram a um culto do Missionário. O poder do Altíssimo já estava em ação, pois o jovem conseguia mexer o pescoço. “As dores estavam diminuindo, e o Senhor continuou operando maravilhas. Voltamos no outro dia ao médico, e ele disse nunca ter visto diversos tumores internos reduzirem de t a m a n ho ”. Passados três meses, a família recebeu o diagnóstico de cura. “O médico falou: ‘Dona Rita, a sua fé curou seu filho. Não sei o que aconteceu, mas, no exame, está tudo normal’. Jesus salvou o meu menino”.

[close]

p. 3

SHOWda FÉ Morte rondou bebê aos três meses AAmanda Pieranti amanda.jornalshowdafe@gmail.com 40ºC e convulsões, sendo diagnosticado, depois, com os três meses de meningite bacteriana”. vida, João Miguel, O menino foi filho de Letícia encaminhado para o Soares de Lima, apresen- isolamento da Unidade de tou problemas de saúde. Terapia Intensiva (UTI). “Os “Ele só chorava e não médicos falavam que seria queria comer. Sentíamos difícil escapar, pois ele o lado direito do corpo era novinho. Caso sobre- dele paralisado”. vivesse, ficaria sem andar, Segundo a mãe, a falar e enxergar. Além suspeita era de espasmo disso, teria a parte direita muscular no ombro di- do corpo paralisada”. reito, mas os sintomas Em duas semanas de pioraram. “Meu filho pas- internação, João Miguel sou a vomitar, ter febre de teve cinco paradas cardía- cas. “Ele ficava roxo, e os médicos tinham de ressuscitá-lo. Quando o coração voltava a bater, meu bebê continuava sedado e ligado às máquinas”. Após dois meses, a piora foi nítida. “Seu estado de saúde era muito grave; ele sequer urinava. Só um milagre o salvaria. A pediatra me falou para orar bastante. Eu buscava forças na Palavra, ouvia louvores e sempre repetia: a vontade de Deus será feita, pois só Ele pode tirar meu filho de mim”. O milagre 3 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 SOLMAR GARCIA Letícia agradece a Deus pela cura de João Miguel, hoje com quatro anos Expeliu tumor O’hara Santos oharasantos.showdafe@gmail.com Em agosto de 2017, uma enfermidade pegou de surpresa Adriana Gonçalves Lins: foi constatado um tumor em seu útero. O fato abalou toda a família. “O peso na barriga era enorme, e eu sentia um tremendo desconforto nas pernas. Com isso, deixei até de trabalhar”, destaca. Vendo o problema de saúde de Adriana, uma vizinha a chamou para participar de um culto do Missionário, mas o convite foi recusado. “Eu também insisti. Queria ver minha mulher bem”, confessa seu esposo, Osvaldo Albuquerque Sena. Diante de tanta insistência, Adriana aceitou ir ao culto. A fim de ajudá-la, o marido pagou um transporte particular até o local. Durante a oração, o inesperado aconteceu: “O Missionário disse que Deus estava falando com ele: um dos presentes expeliria um nódulo em casa”, destaca Osvaldo. Essa palavra se cumpriu na vida de Adriana. Já de madrugada, ela sentiu algo estranho sair de dentro de seu corpo. “Pensei se tratar de sangue, mas era um pedaço de carne”. De acordo com Osvaldo, o tumor era, aproximadamente, do tamanho de uma bola de pingue-pongue. “Coloquei-o dentro de um vidro com álcool para futuras avaliações, porque havia ficado na dúvida. Eu o mantenho até hoje ‘conservado’, como prova do poder divino”, enfatiza. O casal procurou ainda um especialista para ter a certeza do milagre com o aval da Medicina. “Fiz uma ultrassonografia, e o resultado mostrou: eu estava curada”, revela Adriana, bastante emocionada ao lado do marido. “Minha mulher foi honrada pelo Senhor ao usar a fé”. FOTO CEDIDA PELA IIGD RECIFE O apoio de seu marido, Osvaldo, foi fundamental para Adriana receber a cura divina (no detalhe, o tumor expelido por ela)

[close]

p. 4

Fotonovela 4 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 SHOWda FÉ Esperança em meio à tempestade Dentre os preparativos do casamento de Daiana dos Santos e Marcelo de Souza, estava um exame que limitava a felicidade completa do casal: o diagnóstico de que ela não poderia ter filhos sau- dáveis. Porém, a fé em Deus, o foco e a determinação mudaram a história da família. Hoje, os dois testemunham o poder do Altíssimo, pois a última palavra sempre é dEle. O dia do casamento se aproxima, e a noiva finaliza os preparativos. O médico pede exames pré-nupciais, inclusive para saber se o tipo de sangue do casal é compatível. Para surpresa dos dois, é constatado que Daiana tem o vírus da rubéola, e a sentença é dada: os filhos nasceriam doentes. O casal busca Jesus e determina a vitória. Sem pensar em desistir de ter filhos, casam-se e confiam o futuro da família a Deus. Após um tempo, Daiana repete os exames, e nenhuma anormalidade é constatada. MARCOS AC A prova da bênção vem com a primeira gravidez. PROTAGONISTA: PARTICIPAÇÕES: O primogênito, Mateus, chega saudável, comprovando o milagre. ROTEIRO E PRODUÇÃO: FOTOS: ARTE: EDITORA: Após oito anos, é confirmada a segunda gravidez. Felipe também nasce perfeito. Hoje, Marcelo é pastor na IIGD. Ele e a esposa ensinam sobre a importância de perseverar na fé quando as circunstâncias são contrárias.

[close]

p. 5

MILAGRESSHOWdaFÉ FEVEREIRO DE 2018 B1 PORQUE ELE TE LIVRARÁ DO LAÇO DO PASSARINHEIRO E DA PESTE PERNICIOSA (Salmo 91.3). SOLMAR GARCIA Missionário R. R. Soares Quem recebe uma iluminação da Palavra de Deus fica responsável por usá-la. Desprezar o que o Senhor lhe ordena fazer é dar ao diabo permissão para agir em sua vida. Portanto, vigie a fim de não perder nada que o Pai lhe mostra e, a partir de então, ore para que aquilo se torne real. Quem não se deixa dirigir pelo Santo Espírito se iguala a uma pessoa que anda em um caminho desconhecido em plena noite, sem luz alguma. Seguir a direção da Palavra é como andar de dia, sem tropeçar em nenhum obstáculo. Porque derramarei água sobre o sedento e rios, sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade e a minha bênção, sobre os teus descendentes (Isaías 44.3). Fala, Amigo! Noturno ganha o Brasil e o mundo “Esse dia jamais será esquecido. Essa é a primeira Igreja da Graça a transmitir o Fala, Amigo! Noturno ao vivo”. A declaração do Missionário R. R. Soares, direto do templo em Osasco (SP), mostra o crescimento do programa, o qual tem abençoado milhares de pessoas em todo o Brasil e em 173 países. O evento aconteceu durante um culto especial. Na oportunidade, citando Deuteronômio, capítulo 28, versículo 1, o pregador falou sobre a importân- cia de saber ouvir a voz do Senhor e obedecer a ela para alcançar a bênção. A primeira transmissão noturna fora dos estúdios da Rede Internacional de Televisão (RIT) começou às 20h em ponto. Depois, às 20h30, o apresentador entrou em cadeia nacio- nal com a Rede TV!, e, às 21h15, com a Band. Milhares de pessoas também assistiram ao programa pela internet, por meio do Facebook (facebook. com/ missionariorrsoares), YouTube (www.youtube.com/ user/ MissionarioSoares) e Periscope (@rrsoares_). Curas milagrosas A atração, sucesso de audiência, recebeu mais de 53 mil ligações de pedidos de oração. Um dos momentos marcantes foi quando R. R. Soares pediu à jornalista Maria Luísa Rocha que lesse os comentários enviados em tempo real pelos telespectadores. “Uma senhora de Brasília ficou cega após ser sub- metida a uma cirurgia. Ela voltou a enxergar ao clamar, agora, durante a súplica com o copo d’água”, destacou Maria Luísa. “Glória a Deus!”, bradou o apresentador, bastante emocionado com o resultado alcançado pela brasiliense. A Igreja aplaudiu calorosamente Jesus, Autor desse e de outros milagres conquistados pelos telespectadores e participantes do culto (veja na página B2).

[close]

p. 6

B2 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 Voltou a dar colo SHOWda FÉ Agora, anda bem à filha Além de tirar essa alegria de Maria Valderina, a tendinite aguda dificultava sua locomoção Durante dez anos, Maria Valderina dos Santos Rosa padeceu de fortes dores nos membros inferiores e nas mãos. Os sintomas eram decorrentes de uma tendinite aguda. “Muitos objetos foram quebrados dentro de casa, pois não tinha forças para segurá-los devido ao enfraquecimento dos meus ossos. Quando fazia limpeza, minhas pernas doíam muito. Sequer conseguia andar direito”. Os tratamentos de nada adiantavam, e os especialistas lhe disseram: seu caso era insolúvel. Ela, no entanto, continuou acreditando no fim daquele mal e foi buscar a solução em Cristo, participando do Fala, Amigo! Noturno, em Osasco. “Cheguei à Igreja com o joelho doendo demais, porém estava confiante na ação do Deus do impossível em minha vida”. No momento da oração, Maria Valderina teve grande dificuldade para se levantar. “Só consegui me erguer após fazer um esforço descomunal. Fiquei escorada nas cadeiras, clamando ao Senhor pela cura, e fui atendida. Agora, ando normalmente e tenho forças nas mãos. Além disso, posso pegar minha filha de quatro anos no colo, algo impossível nos últimos meses”, declara a mãe, que, de tanta felicidade, pulou agarrada à menina ao constatar o milagre. “Esse programa é uma bênção”. SOLMAR GARCIA Uma dor da sola do pé até o joelho. José Paiva dos Santos suportou esse martírio durante três anos. “O problema atingia a perna direita. Tomei vários medicamentos, mas eles trouxeram apenas um alívio momentâneo. O sofrimento aumentava a cada dia e limitava minha locomoção”. Sem condições econômicas de se consultar em um hospital particular, José procurou um especialista na rede pública de saúde. “Até agendei uma consulta, mas fiquei na fila de espera. Quando consegui ser atendido, tive de aguardar pelos exames, reagendados somente para este ano”. Cansado de sofrer em razão da enfermidade e da demora, ele decidiu clamar pela ajuda divina na reunião especial. “Participei da oração feita pelo Missionário com o copo d’água e fui curado em Nome de Jesus. Agora, ando bem”. SOLMAR GARCIA Pernas desincharam “Sentia intensas dores nas pernas havia um ano. Elas inchavam demais. Eu as esticava constantemente, na tentativa de fazê-las melhorar. Tomava medicamentos contra má circulação, mas sem resultado. Porém, Deus limpou minhas veias, e as pernas desincharam. Estou sarada”. Claudete de Souza Rodrigues Ponto final na angústia “Acordei com dor de cabeça, angústia e uma sensação de peso no peito. Após participar da oração com o copo d’água, fiquei bem. Jesus me curou completamente. O Fala, Amigo! Noturno está aprovadíssimo!”. Antônia dos Santos Pereira

[close]

p. 7

SHOWda FÉ Dor no joelho só piorava B3 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 Medicamento não adiantava SOLMAR GARCIA O’hara Santos Aoharasantos.showdafe@gmail.com demir Mendes da Silva padeceu de problema na rótula do joelho esquerdo durante mais de sete anos. “Sentia fortes dores e tinha limitações ao caminhar. Mesmo fazendo tratamento e tendo retirado 14 vezes água do joelho, sofria muito. Então, o médico decidiu realizar uma cirurgia. Segundo o profissional, essa seria a única maneira de me livrar daquele mal”. O procedimento foi realizado, porém a enfermidade persistiu. “O local passou a doer ainda mais. A dificuldade para andar aumentou, e precisei usar muleta. Além disso, dormir era um sofrimento. Ficava sem posição na cama”. Ademir já estava quase sem esperança de recuperar a saúde, quando sua esposa, Maria da Graça do Nascimento, convidou-o a participar da reunião do Missionário. “Eu sempre recusava o convite dela. No entanto, dessa vez, decidi comparecer. Fui arrastando a perna e apoiado na muleta”. SOLMAR GARCIA Desde que teve zika, há quase dois anos, Antonia Alves de Alcantara passou a sentir bastante dor no braço direito. “Incomodava demais quando eu fazia qualquer movimento. Aquele sintoma me atrapalhava em tudo, até para dormir. Nenhum medicamento dava resultado”. Fazer os bolos a serem vendidos na rua, segundo ela, era um sofrimento. Por isso, Antonia não pensou duas vezes e foi para o culto do fundador da Igreja da Graça. “Minha cunhada me incentivou a ir confiante na vitória”. Antonia relata: no dia do evento, o braço doía muito, mas, mesmo assim, ela foi buscar sua bênção. “A dor sumiu, e me movimento perfeitamente. Também estou dormindo bem e fazendo meus bolos em paz”.  “Meu marido está muito bem” Ele afirma ter valido a pena o sacrifício, pois Jesus transformou sua caminhada. “O Senhor me curou. A dor sumiu completamente. Hoje, ando, pulo e já estou até dirigindo. Pensei em jogar a muleta fora, mas vou guardá-la como lembrança dessa grande bênção”, declara Ademir, que, ao ser curado, andou pelo altar com o apoio nas costas. Testemunha ocular da recuperação do esposo, Maria da Graça diz estar radiante de vê-lo saudável e tão disposto. “Meu marido está muito bem. Graças a Deus, é outro homem. Ele está livre, e paramos de gastar dinheiro com remédios”. Quem deseja receber algo de Deus tem de, primeiro, dar ouvidos ao que a Palavra lhe diz; então, surgirá a certeza de que aquilo que espera surgirá em seu coração, o que a Bíblia chama de fé. ENTRADA GRÁTIS Missionário R. R. Soares Venha receber a sua bênção IIGD Newark, New Jersey – 416 New York Ave Newark, NJ – Igreja: (973) 494-5544 Pr. Moises Peres – newark@iigdusa.com Reuniões: Quartas e sextas-feiras – 8 pm Domingos – 10am

[close]

p. 8

B4 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 SHOWda FÉ DIVULGAÇÃO IIGD DIVULGAÇÃO IIGD Dia de milagres no México Curas e libertações provam: Jesus, hoje, é o mesmo do passado Muitas pessoas foram abençoadas durante o culto especial realizado por R. R. Soares na Igreja Internacional da Graça de Deus na Cidade do México, capital mexicana. Na oportunidade, o pregador foi claro: Jesus, hoje, é o mesmo do passado, quando curava qualquer enfermidade e libertava as pessoas de todo tipo de mal. “Assim como naquela época, também podemos ver a ação do poder de Deus em nossa vida usando a fé”, ensinou um dos maiores pregadores do mundo, o qual já levou o Evangelho a mais de 170 países. Citando Romanos, capítulo 15, versículo 29 (E bem sei que, indo ter convosco, chegarei com a plenitude da bênção do evangelho de Cristo), o Missionário disse estar no México para ver manifestas as grandezas do Senhor na vida dos participantes da reunião. Ele lembrou ainda: Davi só derrotou Golias, um gigante considerado invencível pelo exército de Israel, porque confiou no Todo-Poderoso. “Se você agir como ele, vencerá qualquer problema”, garantiu, antes de fazer a oração da fé, durante a qual muitos foram curados e libertos. Segundo o Pr. Nestor Enrique Monzón, líder da Igreja da Graça no México, a maior economia da América Latina depois do Brasil, a visita do pregador ao país e os milagres incentivaram o povo a buscar ainda mais o Altíssimo. Parecia ter uma agulha espetando o joelho “Nem conseguia dobrar a perna ou firmar o pé no chão devido às fortes dores. Mancava demais. Quando andava, parecia ter uma agulha espetando o meu joelho direito. Dormir tranquilamente era impossível, pois, à noite, o local latejava muito”. O desabafo é de Maria de Paula Santos, cuja enfermidade a impedia de trabalhar. Segundo ela, o problema se intensificou duas semanas antes de participar Cristo opera milagres do culto de R. R. Soares. “Apesar da dificuldade de me locomover, fui buscar a minha bênção. Subi as escadas da Igreja com sacrifício, mas determinando a vitória em Nome de Jesus”. O Senhor ouviu a súplica de Maria restituindo-lhe sua saúde. “Agora, consigo andar bem rápido e voltei a trabalhar. Cristo opera milagres. Basta ter fé. Essa é mais uma das vitórias alcançadas na Igreja da Graça. Estou muito feliz”, afirma, emocionada. SOLMAR GARCIA

[close]

p. 9

SHOWda FÉ B5 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 SOLMAR GARCIA Voltou a dobrar os joelhos “Sofri de artrite e artrose durante dois anos. Andava mancando e, muitas vezes, nem conseguia caminhar e dobrar os joelhos devido às dores. Os tratamentos eram ineficazes. Confiei no Senhor e alcancei a cura. Agora, subo a ladeira onde moro tranquilamente. A fé em Jesus é tudo. O Brasil precisa se conscientizar disso”. Maria do Socorro Castro de Souza Sacrifício valeu a pena “A dor na perna esquerda surgiu no dia do culto do Missionário. Senti uma fisgada na coxa, e o mal irradiou até a altura do tornozelo. Doía terrivelmente. Nem podia andar direito. Foi um sacrifício ir à reunião. Porém, valeu a pena, pois Jesus me curou. Saí da Igreja andando normalmente. O Senhor é maravilhoso”. Regina Célia de Oliveira “Estou preparado para correr” O’hara Santos Aoharasantos.showdafe@gmail.com ntonio Ferreira esteve sem dobrar os joelhos durante dois anos aproximadamente. “Eu andava com dificuldade, a ponto de ser impossível me agachar. Além disso, sofria de varizes. Muitas vezes, sentia as pernas completamente duras. Até fazer as necessidades fisiológicas era complicado”. Antonio relata ter tomando vários medicamentos, mas nenhum deu resultado. Como não encontrou solução na Medicina, ele buscou ajuda divina no encontro de fé do Missionário. Esbanjando disposição Quando o Missionário chamou à frente do altar as pessoas enfermas dos membros inferiores, Antonio foi caminhando com sacrifício, mas confiante na vitória. “Na hora da oração, o milagre aconteceu. Meus joelhos pararam de doer, e pude movimentá-los sem limitação”. Ele garante também que não tem mais problemas de varizes. Além disso, sente-se tão bem, que está fazendo caminhadas. “Ando meia hora todos os dias pela manhã. Inclusive, estou preparado para correr nos parques próximos à minha casa”, declara Antonio, esbanjando disposição aos 74 anos. A posição do cristão no mundo espiritual é muito elevada, pois ele foi feito soberano em tudo o que lhe diz respeito. Caso o cristão deixe algum perverso se colocar na sua presença, ainda que seja somente um pensamento mau, o seu trono não se firmará na justiça. Quando o servo de Deus tiver de usar a sua autoridade sobre qualquer mal, mas estiver sob a influência do inimigo, não terá mais o poder que julgava ter. Você só precisa estar na divina presença para não tropeçar em obstáculo algum. Sabei, pois, que o SENHOR separou para si aquele que lhe é querido; o SENHOR ouvirá quando eu clamar a ele (Salmo 4.3).

[close]

p. 10

B6 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 SOLMAR GARCIA SHOWda FÉ SOLMAR GARCIA Três décadas de dor Esse foi o tempo do drama vivido por Domingos Alves, vítima de um problema na coluna Um desvio na coluna fez Domingos Alves dos Santos padecer de fortes dores durante 32 anos. O problema era consequência do longo tempo de serviço pesado na lavoura de cacau. “Nem os remédios faziam mais efeito. Andava com dificulda- de, não podia fazer alguns movimentos, como me agachar, e precisei parar de trabalhar”. Na reunião do Missionário R. R. Soares, Domingos estava entre as centenas de pessoas com enfermidades na coluna e aceitou participar da oração à frente do altar. “Supliquei ao Senhor e fui contemplado com a cura. Saí do culto saudável, fortalecido”. Hoje, ele afirma poder agachar-se e andar normalmente. “A coluna está ótima. Sinto-me como um garoto de 15 anos”, brinca, sorridente e feliz. Enxergando com nitidez   Vanderlei Barbosa tinha a visão embaçada e dificuldade de enxergar formas e contornos dos objetos. Um dia, assistiu ao Fala, Amigo! Noturno e viu centenas de relatos de pessoas sendo atendidas pelo poder do Altíssimo. Então, criou coragem e foi ao culto de R. R. Soares em busca do milagre. “Cheguei à Igreja com os olhos lacrimejando e vendo tudo embaçado. No entanto, confiei no Todo-Poderoso e voltei a enxergar com nitidez. Clareou tudo. Já posso ler bem a Bíblia. Obrigado, meu Deus, por restaurar a minha visão”, agradece Vanderlei, emocionado. “Sou uma nova mulher” Nódulos nas axilas impediam Maria de Fátima Mendonça Gomes de movimentar os braços adequadamente e até de trabalhar. “Doía tanto que chegava a latejar. O problema começou em 2012. Desde então, perdi serviços de manicure e faxineira. Ter uma noite tranquila de sono também era difícil”. O caso dela, segundo os médicos, era insolúvel. “Porém, Jesus me deu a solução. Após a oração da fé, os nódulos sumiram. Agora, sou uma nova mulher. Voltei a trabalhar e consigo mover bem os braços e o pescoço. Estou muito feliz”. SOLMAR GARCIA ENTRADA GRÁTIS Missionário R. R. Soares Venha receber a sua bênção IIGD POMPANO BEACH – 1261 East Sample Road Pompano Beach, FL 33064 – Igreja: (954) 785-3699 Pr. Willian Sodré – pompano@iigdusa.com Reuniões: segundas, quartas e sextas-feiras – 7:30pm Domingos – 10am e 7pm

[close]

p. 11

SOLMAR GARCIA SHOWda FÉ B7 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 Com a disposição de uma jovem Antonia Gomes se sente assim após superar um martírio de quatro décadas D urante 40 anos, Antonia Gomes enfrentou intensas dores na coluna. “Nenhum tratamento combatia o mal. Tomei tanto medicamento, que meu estômago ficou prejudicado. Caminhava com enorme dificuldade e, nos últimos tempos, comecei a usar muleta. Eu só conseguia fazer os serviços domésticos se me apoiasse nela”. Antonia mora sozinha em uma casa de cinco cômodos, mas, devido à enfermidade, só conseguia limpar um deles por dia. No entanto, a faxina lhe cobrava um preço caro. “À noite, como o problema se agravava em razão do esforço, era difícil dormir”. Cansada de viver assim, buscou socorro em Jesus. A cura foi alcançada durante a reunião do Missionário R. R. Soares. “Clamei ao Senhor e fui atendida. A dor sumiu completamente. Agora, subo com tranquilidade a ladeira de onde moro e consigo arrumar a casa sem apoio da muleta. Estou com a disposição de uma jovem”. SOLMAR GARCIA Voltou a erguer os braços Depois de buscar, sem sucesso, diversos tratamentos para se livrar de um problema nos braços, Elenita Ribeiro dos Santos encontrou a solução no Todo-Poderoso. “Sofri uma queda dentro do ônibus. A partir desse dia, meus braços começaram a doer demais, a ponto de não conseguir levantá-los”. Fazer qualquer atividade, principalmente as tarefas domésticas, era um sacrifício. “Tomava vários medicamentos, mas nada adiantava. Meu sofrimento só teve fim quando supliquei a Jesus pela minha cura”. Hoje, totalmente recuperada, Elenita ergue os braços normalmente. “Também consigo segurar o celular com firmeza, cuidar da casa e andar de ônibus. Não fazia isso desde o acidente. Estou muito contente”. SOLMAR GARCIA Perna estava entortando Após ser diagnosticada com desgaste no joelho esquerdo, a vida de Ana Maria de Souza não foi mais a mesma. “Sentia muita dor. Mancava, e minha perna já estava entortando. Apesar de seguir à risca as recomendações médicas, o quadro só piorava”. Segundo ela, um especialista lhe falou da necessidade de cirurgia, caso os tratamentos continuassem ineficazes. “Porém, eu rejeitei aquela sentença e busquei ajuda no Altíssimo”. Convicta do milagre, Ana Maria foi ao culto de R. R. Soares. “Quando ele convidou para se dirigir à frente do altar todas as pessoas enfermas dos membros inferiores, fui e supliquei com fé. Ao término da oração, estava curada. Pude fazer todos os movimentos antes impossíveis, como me agachar”. Além disso, ela afirma andar sem mancar e que sua perna está ótima. “No passado, eu sofria ao dobrá-la. Agora, faço isso tranquilamente. O segredo para alcançar o milagre é acreditar no Deus do impossível”.

[close]

p. 12

B8 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 “Cansei de jogar dinheiro fora” A declaração é de Cecília Salema. Ela recorreu a Jesus para se livrar da dor na coluna O’hara Santos oharasantos.showdafe@gmail.com Durante mais de 15 anos, Cecília Salema de Souza Sales padeceu de dor na coluna e no pescoço. Fazer qualquer atividade era um sacrifício. “A enfermidade me impedia até de trabalhar como faxineira. Minha renda ajudava muito nas despesas da casa, principalmente após meu marido adoecer”. Cuidar da mãe, de 93 anos, também estava com- plicado. “Queria recuperar minha saúde. Por isso, embora o orçamento estivesse apertado, comprava todos os medicamentos receitados pelos especialistas. Porém, nenhum dava resultado”. SHOWda FÉ Voltou a dar colo à neta Impedida de levantar o braço direito desde outubro de 2017. Assim Sônia Maria Beirão chegou ao culto de R. R. Soares. “Tropecei em um tapete e caí ao ajudar minha nora a carregar um garrafão de água. Na hora, pensei ter ficado completamente quebrada. Porém, nada de muito grave aconteceu. Fiquei apenas com forte dor no braço”. Ela esperava se livrar do problema em pouco tempo. No entanto, mesmo buscando ajuda na Medicina, os sintomas persistiram. “A recomendação médica foi intercalar compressas de água quente e fria. Segui à risca, mas sem sucesso”. Sônia, então, recorreu ao Todo-Poderoso. Segundo ela, foi difícil chegar ao culto, mas a certeza da cura a fez vencer todas as barreiras. “Fui determinada, crendo que Jesus resolveria a minha causa. E resolveu. Agora, consigo levantar o braço, estender roupa no varal e me segurar com firmeza no ônibus”. Além disso, Sônia voltou a fazer as tarefas domésticas e a pegar a neta no colo. “Estou conseguindo segurá-la, mesmo ela pesando 13 quilos. Isso é só o começo das bênçãos de Jesus na minha vida”. SOLMAR GARCIA SOLMAR GARCIA Poder inexplicável Um dia, ela resolveu dar um basta no sofrimento e compareceu à reunião do Missionário R. R. Soares. “Cansei de jogar dinheiro fora, então recorri ao poder de Deus e saí vitorio- sa. Após a oração, senti um alívio grande na coluna e no pescoço e consegui me abaixar várias vezes”. Cecília afirma estar totalmente saudável, inclusive já voltou a tra- balhar. “Jesus me curou. Agora, tenho vida nova. Ando normalmente, cuido da minha mãe e voltei a fazer as atividades antes impossíveis. O poder divino é inexplicável”. Agonia de uma década chega ao fim “A dor no pé esquerdo sumiu após mais de dez anos de agonia. Quando andava, tinha a impressão de ele estar machucado, sangrando, embora eu usasse vários medicamentos. Era horrível. Caminhava com dificuldade, mas, agora, ando bem. Jesus me curou”. Ilda Jorge dos Santos

[close]

p. 13

SHOWda FÉ FEVEREIRO DE 2018 B9 LIBERTAÇÃO AMO AO SENHOR, PORQUE ELE OUVIU A MINHA VOZ E A MINHA SÚPLICA (Salmo 116.1). Missionário R. R. Soares ARQUIVO PESSOAL Missionário R. R. Soares A salvação não pode ser adquirida nem mantida sem arrependimento. Se você caiu em transgressão, deve confessar isso ao Senhor. Caso você tenha ofendido alguém, procure tal pessoa e se acerte com ela. Não é possível manter a comunhão com o santo Deus, se estiver escondendo algum fato grave no seu coração. Só temos este tempo, aqui na Terra, para nos livrar dos erros e desacertos. Coisas maiores do que estas verás (João 1.50 – parte b). Passado obscuro deixado para trás O’hara Santos oharasantos.showdafe@gmail.com “Eu era prostituta. Entrei nessa vida aos 28 anos para sustentar meus filhos. Tudo porque fiquei desempregada, e passávamos fome. Levávamos uma vida mise- rável. Antes disso, eu trabalhava em um conceituado hospital e revendia roupas para os amigos, vizinhos e colegas de trabalho”. Esse relato é de Ivone Esser, mãe de quatro filhos. Ela se recorda do passado ruim em detalhes e acredita ter sido vítima de bruxaria. “Desde que uma conhecida esteve na minha casa, as vendas caíram drasticamente. Depois disso, fui demitida”. Além dos filhos, Ivone criava um sobrinho e, sem marido na época, entrou em desespero devido à crise fi- nanceira. “Não vi outra saída, senão ‘vender’ meu corpo. Só pensava no dinheiro para comprar comida. Vivenciei várias situações perigosas. Hoje, vejo os livramentos de Deus”, destaca. Ela também se afundou no vício em bebida alcoólica. O basta Um dia, a situação na casa de Ivone chegou ao ápice da miséria. “Meus filhos estavam com fome, mas não tinha nada para comer. Entrei em colapso nervoso e tentei o suicídio. Pela misericórdia divina, não aconteceu nada. Então, recebi um convite de uma amiga para ir à Igreja. Embora eu achasse meu caso sem solução, fui e expliquei a história ao pastor. Ele me orientou e orou por mim”, diz Ivone, a qual passou pelo processo de libertação e entregou sua vida a Cristo. A mudança Desde então, as bênçãos foram chegando. “Um dos meus filhos, praticante de coisas erradas, se converteu; o mais velho constituiu família; uma das minhas filhas é obreira da Igreja da Graça, e a outra está caminhando para os braços do Senhor. Também tenho emprego fixo e resgatei a minha dignidade. Estou construindo a minha casa, comprei o meu carro e me casei com um homem abençoado. Ele é o pai que meus filhos não tiveram”, diz Ivone, obreira da IIGD.

[close]

p. 14

B10 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 SHOWda FÉ “Tenho uma vida real” ARQUIVO PESSOAL O’hara Santos oharasantos.showdafe@gmail.com Maria Benedita Nogueira define sua vida, antes de conhecer as Sagradas Escrituras, como um verdadeiro pandemônio. “Meu lar era conturbado. Eu e meu marido nos desentendíamos com facilidade e ainda enfrentávamos dificuldades financeiras”, diz ela, a qual fazia parte de uma tradicional religião. Ele era viciado em jogos de azar. “Jogava baralho e frequentava bingos. O que ganhasse nesses lugares acabava sendo gasto lá mesmo. Chegou até a abrir um desses espaços, mas o lucro era baixo. Quando ele conseguia alguma coisa, comprava alimentos. Porém, na maioria das vezes, nada dava certo. Os nossos filhos sofriam demais em razão de toda essa situação”. Uma voz oculta Um dia, Maria adoeceu e entrou em profunda depressão. “Meu peso normal era 54kg, mas cheguei a pesar 39. Perdi a vontade de viver. Certa vez, ouvi, no quintal de minha casa, uma voz dizendo para eu me matar, pois, se tomasse essa atitude, todo o sofrimento acabaria”. A religião de Maria dizia que aquilo era uma “provação”. “No entanto, eu me revoltei com essa situação e desabafei com Deus: se o Senhor é o Caminho, a Verdade e a Vida, então me dê a direção certa, porque quero ter vida no meu casamento e na minha família. Eu nem sabia conversar com o Altíssimo. Na verdade, sequer tinha certeza de Sua existência”. Neta foi instrumento de Deus Um dia, Maria entrou, pela primeira vez, na Igreja da Graça. “Estava passeando com as minhas netas. Então, passamos em frente a um templo, e uma delas disse assim: ‘Vovó, aqui é seu lugar’. Impulsivamente, olhei e entrei. Estava na hora do culto, e a mensagem parecia ter sido preparada para mim”. A semente plantada germinou, e, hoje, Maria vive uma nova história. “Meu casamento mudou ‘da água para o vinho’. Tenho uma vida real, sem mentiras. Meu marido também está melhor. Nossos filhos e netos se encontram na presença do Senhor. Só tenho a agradecer ao Pai celeste pelo que tem feito em favor de cada um de nós”, comemora ela, obreira da IIGD. Agora, exala o perfume de Cristo SOLMAR GARCIA Influenciado por más amizades, Gerson Pereira de Sá ingressou no mundo do vício ainda jovem. Foram 12 anos consumindo um maço de cigarros por dia. “Já acordava fumando. Gastava todo o meu salário com a dependência. Minha saúde ficou prejudicada, e emagreci demais. Sentia muito cansaço, porém não tinha forças para parar”. A história de Gerson começou a mudar quando a esposa e a sogra o evangelizaram pacientemente. “Ouvia aquelas palavras e, do fundo do meu coração, até desejava servir a Deus, pois queria ser liberto. Comecei a frequentar a Igreja e orava, clamando pela bênção”. Não demorou muito tempo para ele se render a Jesus. “Fui liberto e voltei ao meu peso normal. Inclusive, estou economizando dinheiro. Aquele cheiro de fumaça, o qual impregnava a casa, desapareceu. Agora, só quero ficar cheiroso”.

[close]

p. 15

SHOWda FÉ DIVULGAÇÃO IIGD B11 ANO 4 - Nº 49 - USA - Fevereiro de 2018 DIVULGAÇÃO IIGD Fim dos pesadelos O’hara Santos Doharasantos.showdafe@gmail.com ênis William era assíduo frequentador de casa de feitiçaria e cultuava os espíritos malignos com fidelidade. No entanto, segundo ele, sua vida só andava para trás. “As áreas sentimental, profissional e espiritual não progrediam. Além disso, tinha insônia e pesadelos. Sonhava com lugares estranhos; parecia o próprio inferno. Era um tormento”. Tentando encontrar a felicidade plena, ele tri- lhou esse caminho durante quatro anos. “Na feitiçaria, eles diziam sempre que queriam me ajudar, mas eu nunca saía da lama. Trabalhava demais, e o salário não rendia”, enfatiza. Um dia, Dênis pesquisou sobre os espíritos aos quais ele servia. Ao constatar a verdade, “a ficha caiu”. “Fui desabafar com a minha namorada imediatamente. Falei para ela: não quero mais essa vida. Então, aceitei o convite para ir à Igreja da Graça. Após essa decisão, quem me conduziu à casa de feitiçaria tentou me convencer a permanecer naquela prática”. Em 2016, Dênis rompeu com seu passado e assumiu Cristo em seu coração. “Mergulhei de cabeça. Entreguei ao Senhor corpo, alma e espírito. De lá para cá, com muita luta, recebi bênçãos sem medidas. Eu me casei e já tenho um filho. Hoje, durmo com tranquilidade, tenho paz e estou feliz com as bênçãos proporcionadas pelo Altíssimo a mim”, exalta Dênis. Mãe alcança vitória para o filho SOLMAR GARCIA O vício em bebida alcoólica do filho era motivo de tristeza para Eunice Raposo de Souza. “Ele bebeu durante 16 anos. Além disso, era irresponsável no trabalho e vivia no limite financeiro. Porém, mantive a fé de vê-lo recuperado”, diz a mãe. Buscando pela libertação do filho, Eunice fa- zia campanhas na Igreja da Graça, e assistia ao programa Show da Fé. “Eu nunca deixei de crer que Deus opera no impossível, e assim Ele fez”, diz a mãe, testemunhando o poder do Altíssimo na sua família. “Meu filho está liberto. Ele alcançou a paz e a prosperidade”. “Tragou” os vícios pela fé Durante oito anos, Almir Pereira Santana consumiu bebida alcoólica diariamente. “Eu bebia cachaça pura. Comecei ainda jovem e fazia isso para ficar alegre”, revela. As consequências do vício renderam brigas no lar de Almir, afetando seu casamento. Para completar, ele era fumante. Entre uma tragada e outra, a infelicidade batia à porta. “Sofria de insônia. Uma vez, fiquei cinco noites seguidas sem dormir e, logo depois, entrei em depressão”. Mesmo protagonizando uma vida de amarguras, ele assistia ao programa Show da Fé. Certo dia, uma mensagem tocou seu coração. “Tomei uma atitude e fui até a Igreja da Graça. Confesso: no primeiro dia, fiquei inquieto. A reunião nem tinha começado, e eu já estava com vontade de ir embora”. Em casa, ele continuou a enfrentar o fantasma da dificuldade para dormir. Devido a isso, solicitou a ajuda da Igreja. “O pastor orou por mim e me orientou à luz da Palavra. Decidi abandonar os vícios, e, dali em diante, todos os problemas desapareceram. Hoje, meu casamento está maravilhoso. Devo tudo isso a Cristo, pois, sem Ele, viveria infeliz”, agradece Almir, membro da IIGD. A salvação não pode ser adquirida nem mantida sem arrependimento. Quem não se domina se assemelha a uma casa que não possui fechaduras nas portas e, por isso, está sempre sendo visitado pelo ladrão. Coloque muros de proteção aos seus desejos e você não atenderá aos pedidos do inimigo. Vigie para que a sua mente não seja dominada pelo espírito do erro, pois Deus já o fez são na morte de Jesus. Não há por que ficar como terra de ninguém, se o Todo-Poderoso Deus é seu Senhor.

[close]

Comments

no comments yet