Revista Empresário Digital - Edição 182

 

Embed or link this publication

Description

Revista Empresário Digital - Edição 182

Popular Pages


p. 1

00182 9 771808 231002 empresariodigital.com.br • 1

[close]

p. 2

2 • empresariodigital.com.br

[close]

p. 3

carta ao leitor O TODO É MAIOR QUE A SOMA DAS PARTES UNenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós juntos ma empresa é formada por uma série de processos e pessoas, seja ela estruturada ou não. Você certamente conhece um empreendimento que, mesmo não tendo processos bem estruturados, consegue números significativos de faturamento. Da mesma forma, deve conhecer negócios que não têm pessoas altamente capacitadas e especializadas por experiência e formação. E isso pode levar a uma reflexão perturbadora: para que devemos nos preocupar em estruturar processos e ter gente cada vez mais bem preparada nas nossas empresas? A teoria da forma, ou Gestalt, como é conhecida pela psicologia, foi um movimento alemão que explica o porquê de ser impossível conhecer o todo por meio de suas partes. Ou seja: “A+B” não é simplesmente “A+B”. A soma dessas partes dá origem a outros elementos, como “C”, por exemplo. E esse terceiro componente promove um comportamento às vezes difícil de ser explicado, porque na maioria dos casos ele é implícito. Logo, duas empresas que atuem no mesmo segmento, com os mesmos equipamentos, com estruturas e equipes idênticas, vão ter resultados distintos. O desafio de tornar isso explícito é o que muitos especialistas chamam de autoconhecimento. E quanto mais uma organização conhece a sua própria força, mais força ela consegue exercer, ganhar mercado e conquistar melhores resultados. Os perigos são: os julgamentos e as mudanças sem conhecimento. Talvez você já tenha ouvido a metáfora da formiga que, ao ser observada pelo dono, decide contratar um supervisor, para aumentar a produtividade. Depois contrata um especialista em relatórios e uma secretária para ajudar na organização dos horários. Então, depois de aumentar a estrutura, o empresário decide demitir a formiga porque ela está desmotivada e não dá mais resultado. Além do que acontece dentro de uma empresa, há os fatores externos. E toda essa dinâmica tem no todo os valores percebidos e o posicionamento de um empreendimento. Quando a empresa muda processos e pessoas sem dar atenção ao propósito do negócio, isso aumenta o conflito, e a consequência é a queda no desempenho. Parece complexo? Existe uma forma mais simples de entender isso. E um exemplo você vai ver nesta edição da revista. Convidamos dois empresários de renome e à frente de uma empresa sólida que está comemorando 50 anos de mercado: Abraham e Jonathan Graicar contam o que aconteceu em meio século de Day Brasil. O propósito de ser um ótimo intermediário entre quem fabrica e quem usa, somado às características das pessoas e dos processos da empresa, com um jeito de funcionar que vem dando certo... O resultado desse conjunto de fatores é que, mesmo diante da crise, a Day Brasil está fazendo investimentos e comprando novas empresas. A singularidade da trajetória dessa empresa multifacetada nos ensina que podemos copiar as maneiras de se fazer negócio e até contratar as mesmas pessoas. Ainda assim os resultados serão diferentes. Eles podem ser piores ou até melhores, mas serão diferentes porque o todo é maior que a soma das partes, e cada empresa será única por sua forma de pensar e agir. Cada negócio tem a oportunidade de evoluir seus processos fazendo pequenos ajustes e melhorias na direção que respeita o propósito. Da mesma forma, ter pessoas com os mesmos valores da sua empresa, e treinadas constantemente, fará uma diferença enorme – a seu favor. E, mesmo assim, fazendo tudo certo, é importante que você encontre a individualidade do seu negócio. O seu jeito de fazer acontecer. Até a próxima edição. Marco Marcelino, diretor editorial Twitter do editor: @marco_marcelino Twitter da revista: @revista_ESD www.empresariodigital.com.br (notícias todos os dias) CAPA 50 anos de lições para o mercado Pág. 26 4 Impressão 6 Têxtil 8 Case de Sucesso 10 Crowd 12 Mercado 14 Tecnologia 16 Tendências 22 Economia 24 Conteúdo 32 Pubicidade 34 Marketing 38 Sala Vip Avenida Paulista, 1079 • 8º andar Bela Vista • São Paulo/SP • Brasil Fone/Fax: (11) 2787-6386 www.serinews.com.br Publisher: Marco Marcelino {44.446} mmarcelino@serinews.com.br Comercial: Fabio Peres fperes@serinews.com.br Marketing: Jéssica Câmara jcamara@serinews.com.br Gerente Editorial: Jorge Luiz Mussolin {15.978} jmussolin@serinews.com.br Jornalista: Alexandre Carvalho {44.252} alecarvalho@serinews.com.br Redação: Fernanda Pilão fpilao@serinews.com.br Designer: Patricia Barboni patricia@be-erredesign.com.br Foto e Artigo de capa: Yuri Mine As matérias assinadas são de responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião da editora. As fotos publicadas têm caráter de informação e ilustração das matérias. Os direitos das marcas são reservados aos seus titulares. As matérias aqui apresentadas podem ser reproduzidas mediante prévia consulta por escrito à Editora. O não cumprimento dessa 3ddeeteDrmireinitaoçsãAoeumstuojpreairitsea.rsá(aLoreiiion9fdr.a6itgo1ir0ta/a9sl8.pc).eonmalid.badre•s previstas na Lei

[close]

p. 4

impressão M&R APRESENTAM A NOVUS ULTRA 3200 AS EMPRESAS M & R E A NOVUS IMAGING TÊM O PRAZER DE APRESENTAR A IMPRESSORA NOVUS ULTRA 3200 A nova impressora jato de tinta industrial Roll-to-roll Ultra 3200 oferece uma ampla gama de recursos inovadores e uma relação preço-desempenho líder do setor. É projetado para impressão em vários rolamentos e capaz de imprimir substratos de até 3,2 metros (126 “) de largura. O Ultra 3200 oferece impressão em quatro cores CMYK e verdadeira escala de quatro níveis. A tecnologia avançada de cura e tinta do LED UV proporciona uma saída confiável e de baixa temperatura sem sacrificar a velocidade de impressão, a gama de cores, a adesão da tinta ou a versatilidade da mídia. Outras características Ultra 3200 incluem vácuo de mesa ajustável; Cabeças de impressão Ricoh Gen5; controle automático de espaço; banco de dados de materiais; fila de impressão contínua; modo de unidade de mídia sincronizada para materiais compatíveis; modo de duplo golpe; detecção de choque de transporte de impressão; imagem de nidificação; diagnóstico remoto a bordo; e o motor de impressão Novus Lycos. Projetado e construído nos Estados Unidos, o Ultra 3200 inclui uma garantia limitada de um ano e no Brasil será comercializada pela silmaq.com.br PATENTE PARA O PROCESSO DE IMPRESSÃO EM BRAILLE A DCS CONTINUA A CONSTRUIR SOBRE UM IMPRESSIONANTE PORTFÓLIO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL COM A EMISSÃO DA PATENTE DE INVENÇÃO NORTE-AMERICANA Nº 9.757.961 Pela segunda vez em um ano, a Direct Color Systems, que no Brasil é representada pela Agabê, anuncia o recebimento de outra patente para o seu processo de impressão de Braille de LED ADA-Compliant UV. Arquivado como uma continuação em parte da sua primeira patente, por abranger novos processos. “Estamos orgulhosos por ter duas patentes em torno dessa tecnologia”, diz Blair Allen, presidente da Direct Color Systems. “Nós nos esforçamos continuamente para desenvolver tecnologia inovadora para impressão que, por sua vez, pode ajudar nossos clientes a se tornarem mais lucrativos. A emissão de patentes como esta solidifica e protege nossa propriedade intelectual”. Para obter mais informações, acesse www.directcolorsystems.com ou procure a Agabê através do telefone: 11 2813-4600. 4 • empresariodigital.com.br

[close]

p. 5

empresariodigital.com.br • 5

[close]

p. 6

te^ xtil Por Taísa Caires* aCosumsoteontdaebsielnidvaodlveiemreendtuozdraisccaodseeiamdseevtoarloesr pimropduulstiivoonsaor cinco anos consecutivos, o maior risco de pnegócios apontado pelo necedores desta cadeia entre os membros da iniciativa e impulsionar as práticas de sustentabilidade na cadeia de valor. Atual- Outra iniciativa, lançada em 2013 pelo setor calçadista brasileiro, é o “Selo Origem Sustentável” realizado pela Asso- Allianz Risk Barometer 2017, mente, conta com 19 membros incluindo a ciação das Indústrias de Calçados (Abical- estudo realizado com mais indústria química e farmacêutica, além de çados), Associação Brasileira de Empresas de 1200 experts em risco de diversos fornecedores presentes na cadeia de Componentes para Couros, Calçados e vários países do mundo, tem sido a das empresas membro. Artefatos (Assintecal) e Instituto by Brasil interrupção de fornecimento na cadeia Os fabricantes de tinta possuem o em parceria com a Poli-USP e o Instituto de valor. As principais causas desta Programa “Coatings Care”, criado no de Tecnologia de Massachusetts (MIT). A interrupção são: fogo e explosões, Canadá há mais de 20 anos e coordenado iniciativa tem como propósito promover catástrofes naturais, falência e gestão por um comitê internacional formado por o engajamento da Cadeia Produtiva do insuficiente do risco social e ambiental. dirigentes das associações que representam Calçado em relação ao tema, ampliando as Estas informações reforçam a importância os fabricantes de tintas no mundo todo. oportunidades no mercado de exportação da antecipação das empresas em mitigar Ele define diretrizes para administrar as para países que possuem regulamentação e monitorar tais riscos, bem como atuar responsabilidades dos fabricantes de tintas orientada à aquisição de produtos susten- na Cadeia de valor que, segundo Porter com relação à saúde, segurança e aos táveis e ainda, garantir o alinhamento da (1985), é a combinação de valores gera- cuidados com o meio ambiente. É adotado indústria com iniciativas internacionais, dos e adicionados entre os elos da cadeia em diversos países das Américas, Europa, tais como Dow Jones Sustainability Index e que juntas adicionam valor ao cliente. Ásia e Oceania e, no Brasil, a responsável e Sustainable Apparel Coalition (SAC). Os desafios são enormes, tanto para por sua implantação e coordenação é Existem outras iniciativas, não relacionadas grandes empresas, que enfrentam dia- a Associação Brasileira dos Fabricantes a um setor em especial ou iniciativas indi- riamente a mudanças de mercado e do de Tintas (ABRAFATI), que inclusive, viduais, mas que também buscam assegurar ambiente de negócios, riscos atrelados às o estabelece como critério mandatório melhores práticas e gestão do risco da cadeia práticas de seus fornecedores e a necessi- aos associados ABRAFATI, bem como às de valor. Em dezembro 2016 a Internatio- dade de apoiar as empresas de sua cadeia empresas que desejam se associar. nal Organization for Standardization (ISO) para criação de valor compartilhado com No Brasil, entre os anos 2010 e 2013 aprovou a Norma Internacional de diretrizes atributos de sustentabilidade, quanto para surgiram duas iniciativas em setores em para compras sustentáveis – ISO 20400. Esta as pequenas e médias empresas, seja que há grandes discussões sobre o im- publicação é o resultado do trabalho iniciado para acessar grandes mercados, atender pacto de suas cadeias produtivas: o setor em 2013, liderado pela França e Brasil e que às demandas de produtos e práticas de do varejo têxtil e o calçadista. contou com as representantes de mais de 50 gestão com atributos de sustentabilidade Criada em 2010 pela Associação países e diversas organização internacionais exigidos pelas grandes empresas ou ainda Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), o como Pacto Global, The Organisation for para homologação em novos clientes, Programa de Certificação da cadeia de Economic Co-operation and Development que em geral são grandes empresas. fornecedores da ABVTEX tem por objetivo (OECD), dentre outras, esta norma oferecerá Entendendo estes desafios, cada vez mais permitir ao varejo certificar e monitorar diretrizes e recomendações às empresas sobre grupos de empresas e associações estão se seus fornecedores quanto às boas práticas como incorporar a sustentabilidade em seus unindo para impulsionar boas práticas na de responsabilidade social e relações do processos de compras. cadeia, bem como adicionar diferencial trabalho. Buscando assegurar condições O fato é que cada vez mais este tema competitivo nas relações comerciais. de trabalho adequadas aos trabalhadores será discutido e as empresas compreen- No setor químico, a iniciativa “Together empregados nos fornecedores e seus derão o tamanho da responsabilidade de for Sustainability (TfS)” foi fundada em subcontratados e promover um con- construir uma relação comercial que vai 2011 por seis multinacionais da indústria trole e monitoramento unificado dessa além da compra e venda de produtos e química para ser a abordagem do setor certificação. Atualmente conta com 23 sim, da união de esforços para impulsionar com foco na performance em meio am- varejistas signatárias e abordam temas melhorias e reduzir riscos compartilhados biente, governança, saúde e segurança dos como trabalho forçado ou análogo ao e adicionar valor para todos os demais fornecedores. Foi criada com o objetivo de escravo, trabalho estrangeiro irregular, elos da cadeia (clientes, consumidores, estabelecer critérios padronizados de sus- meio ambiente, saúde e segurança no trabalhadores e sociedade). tentabilidade e compartilhar as avaliações trabalho, bem como monitoramento da *Taisa Caires, consultora de Educação para a e auditorias de sustentabilidade dos for- cadeia e atendimento a requisitos legais. Sustentabilidade da Fundação Espaço ECO® (FEE®) 6 • empresariodigital.com.br

[close]

p. 7

empresariodigital.com.br • 7

[close]

p. 8

case de sucesso Mudança que fez a diferença AEasy Signs é a maior provedora de impressão digital online da Austrália. Totalmente digital, a Easy Signs funciona como a força de uma colmeia, trabalhando até dois turnos ou mais Em 2014, a Easy Signs adquiriu sua primeira impressora Nyala 2 da fabricante suíça swissQprint. Desde então, o volume de impressão cresceu 600% e até este ano a força de trabalho triplicou. Em janeiro adquiriram o modelo 4x4 da Nyala 2. Esse modelo complementar se necessário. Os pedidos entram possui configuração especial de cabeças de impressão incessantemente através do site. O volume de pedidos é que oferece alta densidade de impressão, cores vibrantes tão grande, que somente esse ano a loja de impressão e os mais finos detalhamentos. Tudo isso combinou com produziu mais de 330 mil m² de materiais. Incluindo uma produção mais rápida. Os diretores da Easy Sign, placas de publicidade, material ondulado, bandeirinhas Andy Fryer e Adam Parnell estão muito satisfeitos: “Essa de vinil, bandeirolas, placas metálicas e chapas acrílicas qualidade de impressão é um dos fatores que mais nos dentre outros. diferenciam da concorrência”. “As máquinas swissQ- 8 • empresariodigital.com.br

[close]

p. 9

print provocaram uma reação positiva em toda a cadeia produtiva”, afirma Andy. As novas máquinas diminuíram o custo de pessoal relacionadas à produção de encomendas. Isso permitiu à Easy Signs cobrar preços mais altos. Conforme o volume de encomendas aumentava, a Easy Signs começou a pensar em cada detalhe de atendimento. Mesmo que a loja seja quase inteiramente online, os clientes ainda tinham dúvidas. É aí que entra a “Equipe de Felicidade para Clientes”. Sua tarefa é responder cada cliente no período máximo de 60 minutos. Composta por 14 atendentes, que trabalham das sete da manhã às sete da noite. A equipe deu tanto resultado, que as classificações independentes da Easy Signs têm nota 9,7 de 10, uma média tirada de 1700 avaliações. “Eles dizem que é impossível obter preços competitivos, qualidade e bom serviço ao mesmo tempo. Nós não só afirmamos, como provamos que é definitivamente possível” declara Adam Parnell. Para a Easy Signs, a combinação tecnologia + qualidade + bom atendimento criou um vínculo de confiabilidade com o cliente, e a loja criou um vínculo com a swissQprint. Para Andy Fryer a capacidade de cumprir tudo que foi prometido é mais que essencial. “Quando você reivindica um tempo de produção de 24 horas, é uma promessa que você tem que atender” explica. A confiança em suas máquinas e processos de produção também são muito importantes. “Podemos A Easy Signs está em um processo de desenvolvimento constante. Reinvestindo seus lucros para aprimorar os serviços existentes e expandir para oferecer mais produtos confiar totalmente em nossas duas Nyalas” aponta Adam. Mas se acontecem problemas, eles contam 100% com o serviço da representante swissQprint na Austrália a Pozitive. “Temos uma relação de confiança de mais de dez anos”, diz Andy. Eles sentem esse laço com a swissQprint também. Não se trata apenas de uma venda, mas também a missão de crescer juntos. A Easy Signs está em um processo de desenvolvimento constante. Reinvestindo seus lucros para aprimorar os serviços existentes e expandir para oferecer mais produtos. Ultimamente buscam apresentar seus serviços de maneira mais personalizada, uma tendência que acontece no mercado da impressão mundial. A equipe está entrando na área de decorações de interiores privados, disponibilizando revestimentos personalizados para paredes, sendo esse apenas um dos projetos em andamento. Afinal, assim como várias outras empresas, a Easy Signs procura ler os sinais do tempo e se manter relevante, sempre proporcionando a seus clientes novidades. Assim, a colmeia segue trabalhando. empresariodigital.com.br • 9

[close]

p. 10

c^rowd Por Camila Amorin* Com as possibilidades do digital, o DESIGNER GRÁFICO EVOLUI COM A TECNOLOGIA Do logo a elaboradas animações, todas as ideias de criação se tornam possíveis com boas ferramentas e um profissional criativo. Veja como o design gráfico pode avançar com as mudanças tecnológicas e continuar sanando necessidades e enaltecendo a inovação. 10 • empresariodigital.com.br

[close]

p. 11

O design O avanço do design caminha junto com o avanço da sociedade e suas necessidades, incluindo móveis, roupas, eletrodomésticos e a identidade de empresas, marcas e produtos. O design ajuda na definição da linguagem e constrói a informação e seu propósito de maneira única. E, quando bem feito, alcança resultados muitas vezes inacreditáveis. Presente nas mais variadas disciplinas e áreas da vida, o design absorveu o conhecimento para obter definições, padrões e infinitas inspirações. Design de interiores, de moda, industrial, gráfico… todos dependem de conceitos e pontos de partida para criar e construir opções desejáveis e possíveis de se usar e compreender. O processo criativo também passa por processos de aceleração para se adaptar a novos pensamentos e exigências em sociedade, mas sem perder o que torna ideias reais. O design como ferramenta Desde o sucesso do Design Thinking é possível observar que o design se tornou uma ferramenta que faz parte da estratégia e construção de ideias e planejamentos, dos mais simples aos mais complexos. Como recurso, o design está presente em projetos acadêmicos e estratégias globais ajudando na construção de novos passos para empresas e sociedade. Da imersão em uma ideia ao seu desenvolvimento, o pensamento criativo provoca novos processos e resultados. Acompanhado de tantos gadgets, é possível explorar muito além da criatividade proposta e profissionais preparados para acompanhar esse desenvolvimento rápido e esperado. O design gráfico não se baseia apenas nos elementos gráficos para desenvolver produtos e marcas. O design gráfico além de seus elementos Com a tecnologia se tornou possível a grande exposição e compartilhamento das marcas no on-line. Isso permitiu a interação entre empresas de diversos segmentos entre seus clientes e seguidores. A partir daí, a possibilidade da análise de dados, tráfego e engajamento tornou-se essencial e personalizou ainda mais o trabalho das marcas e, por sua vez, dos profissionais. Esse avanço permitiu o investimento na produção de conteúdo dedicado aos públicos de interesse em todos os canais de comunicação da marca ou empresa. Desde plataformas pensadas na experiência do usuário a posts nas redes sociais em busca da interação, o design gráfico é o que dá personalidade e se encaixa no desejo do cliente. Diferentes segmentos reconhecem a importância do marketing digital e o conteúdo como centro da estratégia de comunicação. E, para que haja uma boa performance no uso dos dados, o design gráfico “traduz” visões e informações de forma relevante. Organizações utilizam design para compartilhar análises por meio de gráficos atraentes e com explicações simples e compreensíveis em reuniões e materiais de divulgação. A evolução do design fica evidente quando ações e projetos antes distantes, preocupam-se com todo detalhe da estética. A estética desenvolvida pelo design é a preocupação com a experiência despertada pelo usuário. Não se pensa mais em sites institucionais estáticos e produtos apenas feitos para sua utilidade. A beleza das coisas é o que desperta o desejo e aproximação de consumidores e seguidores. Marcas como Apple são reconhecidas pela preocupação com o design de seus produtos e a transformação de seu mercado. O design gráfico inspira empresas a desenvolver ferramentas úteis e inovadoras. Mais do que técnicas, o design gráfico se molda pela referências universais e diversidade de seus profissionais criativos. O profissional do design gráfico A pluralidade dos profissionais na área de criação é o que permite que um mesmo briefing ganhe diversas versões de acordo com cada profissional. Cada profissional é moldado por suas referências adquiridas durante a carreira e gostos pessoais, que formam sua personalidade. A personalidade, mesmo que intrínseca e muitas vezes sutil, sempre está presente nas peças de um designer e é o que torna o design tão importante e especial. A necessidade empresas e agências por profissionais com capacidade de entender conceitos e explorar ideias é o perfil que define o designer gráfico hoje. É um profissional colaborativo, com conhecimento técnico e muita criatividade pronto para ouvir propósitos, visões e construir peças desejáveis. Profissionais, startups e agências sabem que a tecnologia e a criatividade ainda trarão muitas mudanças para o design gráfico que, por sua vez, transformará tantas outras especificidades. Por isso, é essencial contar com os melhores profissionais do mercado atentos aos avanços do mercado e com vasta experiência. A Crowd, startup voltada para o mercado de comunicação e tecnologia, criou uma plataforma inovadora para contratação de freelancers. Hoje, agências e empresas podem contratar especialistas em diversas áreas para desenvolvimento de projetos de forma remota e descomplicada, como grandes designers. São trabalhos desenvolvidos de forma ágil e com custo diferenciado para o contratante sem perder a qualidade. Camila Amorin é colaboradora da Crowd - crowd.br.com empresariodigital.com.br • 11

[close]

p. 12

mercado PRESIDENTE DA AFEIGRAF REFORÇA AÇÕES DA EXPOPRINT EM REUNIÃO DA CONLATINGRAF O presidente da Afeigraf (Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica), Eduardo Sousa, esteve presente no último dia sete de novembro, no Chile, para a 81ª Assembleia Ordinária da Conlatingraf (Confederação Latinoamericana da Indústria Gráfica). O objetivo foi promover a ExpoPrint Latin America 2018 e as ações que vêm sendo realizadas para divulgar a feira, considerada o maior evento de impressão das Américas. De acordo com Eduardo Sousa, “estar em contato direto com representantes das entidades gráficas de toda a América Latina é parte fundamental de nosso trabalho de noticiar a ExpoPrint para o mundo. A nossa feira é referência nas Américas e já conta com o apoio das principais associações do setor. Reuniões como esta da Conlatingraf nos ajudam a entender mais o panorama da indústria latino-americana, ouvir o que os países representados têm a dizer e assim direcionar nossas ações”. A ExpoPrint Latin America 2018 espera um grande público vindo de todo o mundo, especialmente da América Latina, mercado que vem registrando números relevantes e chamando a atenção do resto do planeta. A Conlatingraf, através do seu atual presidente Roberto Tapia Mac Donald, também presidente da Asimpres, associação chilena da indústria gráfica, vem dando apoio de grande valia no projeto de divulgação da ExpoPrint Latin America 2018. Durante a 81ª Assembleia Ordinária da Conlatingraf foi eleito o novo presidente da Conlatingraf para o período 2017-2018. O escolhido foi Emmanuel Rojas, da Associação da Indústria Gráfica Costarriquense. Participaram desta edição Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Estados Unidos, México, Paraguai e Peru. 12 • empresariodigital.com.br EXPOPRINT LATIN AMERICA 2018 A ExpoPrint Latin America é o maior evento de impressão das Américas. Realizada pela Afeigraf (Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica), sua próxima edição acontece entre os dias 20 e 24 de março de 2018 nos Pavilhões Azul e Branco do Expo Center Norte, em São Paulo. A feira acontece paralelamente com a ConverExpo Latin America, Exposição e Congresso Internacional da Indústria de Conversão de Flexíveis, Corrugados e Rótulos, realizada pela Abflexo/FTA-Brasil (Associação Brasileira Técnica de Flexografia). Ambas as feiras têm promoção e organização da APS Marketing de Eventos. Informações nos sites: www.expoprint.com.br e www. converexpo.com.br.

[close]

p. 13

empresariodigital.com.br • 13

[close]

p. 14

tecnologia Corte automático para calçados:Acorta é um plotter de acabamento e corte automático para responder às necessidades das Oindústrias de calçados, entregar ao profissional de impressão tudo o que ele precisa para acelerar e controlar seu processo produtivo, de seu workflow, com os softwares, as tintas e mídias inkjet, os equipamentos de im- comunicação visual, pressão até o acabamento com :Acorta”, displays, racks e papelão. Ele ajuda e completa: “:Acorta vem para agregar profissionais do ramo a trabalhar em uma ao nosso portfólio com uma solução que grande variedade de mídias rígidas e flexí- combina precisão, rapidez e flexibilida- veis objetivando a precisão e automação de”. O equipamento está disponível para do processo. comercialização no Brasil e já conta com Para o diretor comercial da Agfa algumas unidades vendida no país. Graphics do Brasil, Paulo Amaral, o A proposta de entregar além da im- equipamento vem para reforçar o leque pressão, já que a Agfa Graphics, vem se de possibilidades da Agfa: “A Agfa quer destacando na venda de equipamentos jato de tinta para grandes formatos. “Nós estamos desenvolvendo uma abordagem totalmente integrada na qual os nossos clientes podem adicionar um passo de acabamento extra in-house, todos conduzidos pelo Asanti. Renderizando, imprimindo e cortando em um único workflow os permite uma maior produção; fornecedores mais eficientes com um alto retorno de investimento para seus negócios”. :Acorta usa tecnologias avançadas, tais como um sistema inovador de reconhecimento automático; isto automaticamente localiza os objetos impressos e a posição da referência aponta para a mesa de corte, assim como o peso do substrato, para permitir ajuste manual dos parâmetros do trabalho. O equipamento apresenta velocidades de corte de até 102 metros por minuto com máxima automação e intervenção mínima de operador. Com construção sólida, possui 40 zonas de vácuo que são ativadas automaticamente onde e quando necessárias, além de adicionar uma grande precisão e estabilidade de corte. 14 • empresariodigital.com.br

[close]

p. 15

empresariodigital.com.br • 15

[close]

Comments

no comments yet