Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

SEXTA-FEIRA 24 DE NOVEMBRO - 2017 | R$ 1,00 O Diário do Médio Piracicaba Edição: 4.177 - Ano XIX - Fechamento: 18h00 www.bomdiaonline.com Projeto Arte na Rua pode dar vida à cidade Novo Cfem da mineração destinará R$ 350 milhões aos cofres públicos Projetos de arte em espaços públicos foram bem sucedidos em diversas partes do mundo. Página 5 Municípios poderão receber até 3,5% da alíquota. Página 3 Monlevade tem R$ 4 milhões em saldo de metas Página 3

[close]

p. 2

BOM DIAsexta-feira, 24 de novembro de 2017 2.cidade EXPEDIENTE BOM DIA • Diretor Responsável: Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diretor Geral: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho • Reportagem Kátia Passos • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Thiago Titó (Giro) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. FUNDADO EM JULHO DE 1998 Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com Ampliação do posto e aumento do número de identidades são discutidos pelos vereadores João Monlevade - O Posto de Identificação Américo Lopes, localizado na Câmara de João Monlevade, foi pauta de uma reunião nesta semana, entre os vereadores do Legislativo e a gerente do local, a servidora Tarsila Diniz. O encontro foi uma iniciativa do vereador Toninho Eletricista (PHS), que mostrou-se preocupado com algumas reclamações da população, em especial devido ao sistema de agendamento, que é exclusivo pelo telefone (31) 3852 4454, no horário de 9h às 11h, ou até terminar as vagas para emissão do documento. Segundo Toninho, é preciso alinhar esta questão junto aos vereadores, para que todos contribuíssem na melhoria do atendimento. Segundo Tarsila, o agendamento pelo telefone é para ofertar mais conforto ao cidadão, que não precisa enfrentar filas, e ainda, para dar mais segurança aos atendidos pelo posto e aos servidores em geral. “Prestamos um serviço de responsabilidade da Polícia Civil, mas não temos poder de polícia. Ao agendar, tenho que verificar no sistema o histórico do cidadão, para ver se está tudo certo para a emissão do documento. E se houver um com mandado de prisão em aberto, como garantir a segurança de todos nesta situação?”, enfatizou Tarsila. Outro ponto abordado por ela é o crescente número de carteiras de identidade emitidas por dia. “Há um ano eram 10, hoje já emitimos 25 diariamente, com entrega imediata”, destacou a gerente do local. Ainda segundo Tarsila, casos excepcionais, como idosos que vão ao local com certa dificuldade ou que não tem acesso ao telefone, e até pessoas com dificuldade de locomoção, são avaliados pela equipe, bem como as urgências. “Por isso priorizamos o atendimento por telefone, não tem jeitinho ou encaixe. Cada caso é avaliado. Lidamos com pessoas e nosso tratamento para com todo cidadão é cordial e profissional”, disse Tarsila. Tarsila destacou que já está em fase de finalização o planejamento para ampliação da infraestrutura do posto de identificação. “Paralelo a isto, queremos ampliar também nossa emissão de carteiras de identidade diárias de 25 para 40”, informou Tarsila. Desta forma, a Câmara emitirá por semana, 200 documentos deste tipo, com entrega imediata. Os equipamentos para atendimento desta demanda foram adquiridos por meio de licitação. As melhorias serão feitas a partir de janeiro próximo. Tarsila destacou que já está em fase de finalização para ampliação da infraestrutura do posto CNH popular é sucesso E o programa CNH foi um sucesso. Obrigado a população de João Monlevade que nos deu crédito para tornar possível o sonho de adquirir sua CNH. A equipe agradece a todos pela divulgação da parceria CFC Mariana e o programa CNH popular. E hoje tem super promoção Black Friday. VAGA DE EMPREGO RCM CONTRATA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS Interessados enviar currículo para o e-mail pessoal1@rcmloc.com.br ou entregar diretamente na empresa. RCM Locação de Máquinas Ltda Av. Alberto Lima, 2554, Bairro Sion João Monlevade/MG Fone: (031) 3852-1234

[close]

p. 3

BOM DIAsexta-feira, 24 de novembro de 2017 3.cidade Prefeitura tem mais de R$ 4 milhões em saldo de ampliação de metas João Monlevade – A Prefeitura de João Monlevade possui em caixa R$ 4.280.464,77 proveniente de economia obtidas em processo licitatórios com verbas do governo Federal e Estadual. O assunto foi abordado em reunião ordinária da Câmara de João Monlevade na noite de quarta-feira (22). Quando o município celebra um convênio com o Prefeitura planeja utilizar os recursos Arquivo Bom Dia Governo Federal e Estadual, a verba estipulada neste acordo é depositada na conta da Prefeitura. Porém, ao executar o processo licitatório, o município sempre sela acordo com valor abaixo do valor repassado. Este saldo, porém, pode ser utilizado, com o mesmo objeto do convênio, caso a obra esteja 100% concluída, a prestação de contas seja aprovada por órgão que cedeu a verba, Justificativa e apresentação de documentos para utilização do saldo e apresentação de projetos para nova apresentação. A Prefeitura de João Monlevade manifestou que os recursos serão utilizados. “Tais recursos serão utilizados para as respectivas finalidades e dentro do prazo legal”. Municípios mineradores comemoram aumento na Cfem Geral - As prefeituras dos municípios mineradores demonstraram otimismo após a aprovação, pelo Senado Federal, da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem) do minério de ferro. Há mais de dois anos, eles esperam a votação da matéria que, na época alteraria a compensação para 4%. Diante do manifesto das mineradoras, a medida provisória foi para aprovação com uma alíquota de 3,5%. Já as mineradoras lutavam para pagar menos. A briga acabou com um acordo que fixou a alíquota em 3,5%. A Medida Provisória 789/17 foi encaminhada para sanção presidencial. Caso isso não aconteça até o dia 28 deste mês, o projeto caduca e toda a discussão será jogada por terra abaixo. O relator da MP na Câmara, deputado Marcus Pestana (PSDB), sempre defendeu os 4%, mas comemorou o resultado. “Mais vale um acordo bom do que uma briga ruim”, destacou o deputado, lembrando sobre o curto prazo para a aprovação. O acordo da alíquota de 3,5%, costurado pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai implicar R$ 350 milhões a menos por ano aos cofres públicos. Líderes da oposição acusaram as grandes mineradores de fazer pressão e chantagem de última hora para alterar a alíquota. Para o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Julvan Lacerda (PMDB), a conquista foi muito importante. “Foi uma verdadeira guerra, as mineradoras fizeram pressão mas, mesmo abrindo mão de 0,5 ponto percentual, foi um grande ganho”, diz. Segundo Lacerda, a mudança significará mais do que o dobro da arrecadação da Cfem nos municípios mineradores. “Antes, os 2% incidiam sobre o faturamento líquido das empresas. Agora, além de subir para 3,5%, vai incidir sobre o faturamento bruto, que é maior”, explica. “Outro avanço importante é que os municípios vizinhos, que são afetados pela mineração, antes não ganhavam nada e agora terão 10% do bolo da arrecadação, divididos proporcionalmente aos impactos”, afirma Lacerda. Para o ouro, a Cfem su- biu de 1% para 1,5%. O texto original previa 2%. Para o diamante, que paga atualmente 0,2%, a Cfem subirá para 2%, mas a proposta inicial era subir para 3%. Potássio, rochas fosfáticas, sal-gema e demais substâncias usadas na fabricação de fertilizantes pagarão alíquota de 0,2%. Vereadores aprovam Orçamento para 2018 São Gonçalo do Rio Abaixo - Os vereadores da Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo aprovaram na noite dessa quinta-feira (16), o Projeto de Lei 13/2017 que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício financeiro de 2018. A matéria recebeu 4 votos favoráveis dos parlamentares Flávio Silva de Oliveira, Marco Antônio Bicalho, Ailton de Figueiredo Neves e Mário Alves de Andrade Neto, uma abstenção do vereador Luiz Gonzaga Fonseca Pelé e três votos contrários dos vereadores Felipe Silveira da Projeto teve votação apertada Cunha, Renata Maria Guzzo Fonseca e Maria De Lourdes Guedes Barros. O vereador Felipe justificou seu voto dizendo que o orçamento seria uma copia do ano passado. Já o vereador Pelé se absteve do voto alegando que não estava de acordo com o valor previsto para UFOP já que segundo ele, não há nenhum convênio com a faculdade. O orçamento 2018 está previsto em aproximadamente R$ 147 milhões. A matéria é um instrumento usado pelo executivo Acom CMSG de como serão gastos estes valores nas áreas de educação, saúde, cultura, urbanismo, assistência social, saneamento, gestão ambiental, esporte, agricultura, entre outros, inclusive o repasse para a Câmara.

[close]

p. 4

BOM DIAsexta-feira, 24 de novembro de 2017 CONECTE JÁ (31) 3851-0475 Av. Getúlio Vargas, 4.906 www.internetsuper.com.br 4.opinião Barato que sai caro BOM DIA VEREADOR Defesa Civil e a lona Pastor Carlinhos fez duras críticas ao setor de Defesa Civil do município. “A Defesa Civil só dá lona preto. Isso eu dou!”. De acordo com o vereador, o órgão tem recusado a colaborar com a demolição de uma casa no Cidade Nova, pertencente a uma família de risco. “Nós conseguimos uma local para esta família morar provisoriamente e já conseguimos tudo para construção de uma nova casa. Só precisamos da retirada do barracão velho e nem isso eles podem fazer”, disparou. Em suma, a Lei 8666, que regulamenta os processos de licitação no Brasil prevê a contratação do serviço com o menor preço de acordo com as especificações do edital. Porém, de acordo com o vereador Sinval Dias, algumas vezes este barato pode sair caro. O vereador deu como exemplo a obra de reforma do velório municipal. A empresa vencedora do processo cobrou pouco mais de 50% do valor previsto inicialmente para a obra, porém já foi notificada quatro vezes sobre falhas na execução. Os vereador Thiago Titó e Tonho Eletricista fizeram coro com o tucano. Toninho lembrou ainda da estrada de Pacas. “ainda está do mesmo jeito”. “Várias obras já tiveram aqui relatados seus erros de execução. Só não ouvimos falar ainda da UBS do Cidade Nova porque ainda não está em funcionamento”, disse Titó A culpa é do Temer Gentil Bicalho usou a tribuna para criticar a decisão do presidente Michel Temer de suspender por cinco anos a abertura de novos cursos de medicina (uma das principais propostas de campanha da prefeitura Simone Moreira). “Parecia que o processo estava até andando”, lamentou o vereador. Ano Novo, Secretário Novo O vereador ainda propôs à prefeitura Simone Moreira a aproveitar a virada do ano e dispensar todos os “secretários ruins de serviços”. Muita calma nesta hora Thiago Titó reclamou da pressa de aprovar os projetos da casa. “Às vezes chegam alguns projetos, moções e anteprojetos e pedem para antecipar na pauta sua leitura e votação. Precisamos ter bom senso e fazer isso apenas quando necessário”. Sucata com dias contados? O vereador Vanderlei Miranda voltou a falar dos veículos abandonados na rua da cidade. Se na semana passada ele pediu providências, nesta semana ele foi até a tribuna para agradecer o andamento de um convênio do município com as polícias militar e civil para tentar resolver o problema. Pau que bate em Chico bate em Francisco Ônibus da Saúde voltou a ser assunto na tribuna da Câmara, so que desta vez o alvo foi o outro lado da moeda. O vereador Toninho Eletricista cobrou punição para os usuários que agendam a viagem e não comparecem. “Não estou aqui defendendo os monitores, mas só ouvimos as reclamações contra eles”. Quem também falou sobre o assunto foi Revetrie, que trabalhou na monitoria do ônibus. “uma espécie de punição chegou a ser discutida, mas a secretaria de saúde sempre dava um jeito de amenizar a situação”.

[close]

p. 5

BOM DIAsexta-feira, 24 de novembro de 2017 5.cidade “Arte na Rua” propõe mudar a cara da cidade João Monlevade – Grandes cidades do Brasil e do mundo estão fugindo da predominância cinza das metrópoles para dar espaço à arte em mudo e fachadas de prédio. E durante a reunião dessa quarta-feira na Câmara de João Monlevade, o município deu seu primeiro passo para seguir esta tendência. Entrou em pauta para apreciação dos vereadores o Projeto de Lei do vereador Belmar Diniz (PT) que institui o projeto Arte na Rua em João Monlevade. A matéria tem como objetivo estimular a política cultural em Monlevade, valorizar as artes visuais, principalmente a arte urbana, por meio de apoio aos artistas de rua ou de projetos artísticos de diversas esferas, que poderão ter seus trabalhos em espaços públicos e privados da cidade. Hoje o município conta com cerca de 10 grafiteiros. Ainda de acordo com o texto do projeto, este trabalho visa contribuir para a dinamização e rejuvenescimento cultural do município, requalificação urbana e valorização do patrimônio. O projeto ainda propõe Divulgação Projeto pretende trazer mais vida ao município que caberá a Prefeitura fará o processo de negociação, autorização e informações dos locais públicos onde artistas poderão expor suas artes. Nos locais privados, haverá negociação direta com o proprietário, respeitando as normas e limitações exigidas no Código de Posturas. A produção dos painéis poderá ocorrer através de parcerias público-privadas, doações de empresa e até por recursos próprios dos participantes. O tempo de exposição da pintura será de, no máximo, um ano e cada artista terá como limite a aquisição de 5 locais. “Além de incentivar os artistas locais, hoje este tipo de arte vira um ponto turístico para as pessoas irem lá e tirar foto, sem falar na questão de deixar a cidade mais viva. Monlevade está muito cinzenta e pode aproveitar desta arte para melhorar sua imagem. Hoje a pichação está muito grande e há uma grande reclamação quanto a isso. Há uma gande diferença: a pichação é vandalismo e o grafite é arte”, explicou Diniz. Para finalizar, o vereador ainda deu exemplos. “A gente pode grafitar o prédio da Secretaria de Saúde com imagens alusivas à saúde; o Parque do Areão com temas da natureza. A gente pode grafitar vielas e becos, o que pode dar mais vida a estes locais”. O projeto foi elogiado pelos vereadores e deve entrar em votação nas próximas semanas. Forças em conversão Paralela ao projeto legislativo, o tatuador John Papa teve a ideia de pintar um painel no campus da Ufop em João Monlevade. “Apresentei a ideia para a Ufop, que cedeu o espaço, e o DA (Diretório Acadêmico) abraçou a ideia. Convidei o Cristian Vasconcelos para participar o projeto comigo e acabamos de finalizar”. De acordo com John Papa, a busca por recursos para conseguir a verba suficiente para o painel durou cerca de três meses. “Foi muita ralação! O Cristian, que é escultor, fez o leilão de uma peça dele, o DA deu a sua contribuição, várias pessoas ajudaram tirando do próprio bolso”. Os trabalhos feitos por John e Cristian podem ser acompanhados pelo Instagram @john_papa_ tatuaria e @cristian.cka Quebra-molas só com vistoria e abaixo-assinado João Monlevade - A prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB), determinou que a instalação de quebra-molas nas vias públicas deve passar por vistorias e critérios técnicos, e os pedidos devem estar acompanhados por abaixo-assinado dos moradores interessados. Nesta quinta-feira (23), a prefeita recebeu em seu gabinete o chefe do Settran (Setor de Trânsito e Transportes), Brenno Lima, e o vereador Thiago Titó (PDT), que esteve acompanhando as moradoras do bairro Satélite, Marli Almeida Martins e Márcia Izabel da Silva. Na oportunidade, elas entregaram a Simone Moreira um abaixo-assinado, solicitando a instalação de um quebra-molas na rua Maranhão, próximo ao número 281. As moradoras argumentaram que tem sido grande o risco de acidentes próximo a uma curva da referida rua. Simone determinou uma vistoria na rua em questão e recebeu o abaixo-assinado dos moradores. Em seguida, autorizou ao Settran que construa o quebra-molas no local reivindicado. Hiper é eleito o maior e melhor do interior Pela terceira vez, o Hiper Comercial Monlevade conquista o prêmio de Supermercado Independente do Interior com mais de 13 checkouts e o 1º lugar na categoria Hiper Interior, em uma pesquisa realizada pela Associação Mineira de Supermercados – AMIS. A direção comemora: “Vitória e sucesso que comemoramos e compartilhamos com toda João Monlevade e região, para quem, todos os dias, estamos sempre à disposição”. Divulgação A nossa satisfação é a sua conquista! (31) 3852-2031 (31) 3852-8696

[close]

p. 6



[close]

p. 7

BOM DIAsexta-feira, 24 de novembro de 2017 7.cidade Atividades da “Semana Cultural do Legislativo” se estendem até dezembro João Monlevade - As atividades da Câmara de João Monlevade alusivas à “Semana Cultural do Legislativo” se estendem até o mês de dezembro. Com exposições de trabalhos, entrega de honraria e circuito de visitas à Fazenda Solar e ao Cemitério Histórico do município, as atividades têm como principal foco a celebração do bicentenário da chegada de Jean Antoine Felix Dissandes de Monlevade. As ações têm início já nesta segunda-feira, dia 27, quando começa a exposição na sede do Legislativo de um projeto dos alunos da Escola Estadual Louis Ensch, referente a maquetes sobre locais de destaque Arquivo/Acom CMJM Em 2016, Afonso Torres Silva, o Coral Monlevade e Rose Machado foram os homenageados de João Monlevade. Já na quarta-feira, 29, será feita a entrega da Medalha de Honra ao Mérito Cultural Leonardo Diniz Dias. Os agraciados são Grupo Tambores do Morro, Ministério To- talmente Dele –Escola de Música e Vanda Loureiro Gomes. Os nomes foram indicados por uma comissão formada pela diretora-presidente da Fundação Casa de Cultura, Claira Ferreira, pelo 1º Secretário da Câmara, vereador Guilherme Nasser e pelo jornalista Ulisses Nascimento, representando a imprensa. Na quinta-feira, 30, será feita a entrega de certificado aos alunos dos projetos Câmara Mirim, Parlamento Jovem e aos participantes do Câmara da Melhor Idade, bem como às escolas e instituições participantes, com apresentação cultural. Ainda na próxima semana, haverá o ciclo de visitas de escolas que participam do projeto do bicentenário à Fazenda Solar e ao Cemitério Histórico. Estas visitas tiveram início este mês e finalizarão dia 15 de dezembro. Para dezembro é estudada uma palestra oferecida na Câmara Municipal pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre o novo marco regulatório, com explanação sobre captação de recursos público e privado para projetos culturais. É aguardado confirmação por parte do TCE. Para o presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), as ações são diversificadas e atendem a diferentes públicos. “Podemos homenagear aos que fazem a diferença na área cultural de nossa cidade, ofertar conhecimento às associações e ativistas culturais e concluir projetos de educação e cidadania que realizamos em parceria com escolas e instituições. São ações como estas que colocam a Câmara de João Monlevade em destaque regional. Agradeço ao empenho dos vereadores e servidores”, reforçou Djalma.

[close]

p. 8

BOM DIAsexta-feira, 24 de novembro de 2017 8.eventos Costelão do Dindão será no Shine Crazy João Monlevade - O Costelão do Dindão Aniversário Solidário está marcado para o dia 2 de dezembro, em novo local, e promete, assim como as edições anteriores, muita descontração e diversão. Os convites podem ser adquiridos antecipadamente na Ótica Novo Mundo e os valores serão mantidos a R$30,00 antecipado no primeiro lote, R$40,00 no segundo lote e R$50,00 no dia do evento. Vale lembrar que serão disponibilizados apenas 300 convites, sendo 100 convites para cada lote. O convite, além de proporcionar a participação no ritual do fogo de chão, da alquimia da transformação da Costela Gaúcha e ainda a curtir três Divulgação Esse ano a festa da alegria acontecerá no bar mais alternativo de João Monlevade shows, dá direito também a um ticket alimento, equivalendo a 1 quilo de alimento não perecível que será destinado a entidade filantrópica. Novidades Esse ano a festa da ale- gria acontecerá no bar mais alternativo de João Monlevade, Shine Crazy Rock Bar. O local, altamente natural, em meio a um arborizado quintal, vai deixar os presentes super a vontade além da delícia da costela, esse ano teremos bebidas variadas entre chope, cerveja, coquetéis entre outras. Música Boa Uma das características do “Costelão do Dindão” é a qualidade musical do evento. Esse ano, visando fazer um som para saborear, o evento contará com apresentação de James Jamerson, que é o único músico a participar de todas as edições do evento; da Impala 67 Acústico, detonando um rock in roll e uma terceira apresentação surpresa. Daniel Sena apresenta a festa O radialista e repentista Daniel Sena, locutor que se destaca em diversos eventos na região também é atração no “Costelão do Dindão”. Daniel também promete animar ainda mais a festa e fazer a comunicação do evento. Patrocínio e apoio O aniversário solidário recebe o apoio e patrocínio da Ótica Novo Mundo, Hiper Comercial Monlevade, Prússia Bier, vereador Djalma Bastos, Infotec, CFC Mariana, Libertas, Miller Impressões, RAC Rent Car, Varlei Mensagens Car e Distribuidora Fraga.

[close]

Comments

no comments yet