Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

TPuarniosrammaodo Sua viagem pela informação Ano 12 | No 147 | Outubro | 2017 Curitiba destino repleto de encantos

[close]

p. 2



[close]

p. 3

Editorial Agora, só digital Com uma trajetória de doze anos de sucesso no cenário da mídia especializada, reconhecida sempre por oferecer jornalismo com qualidade e credibilidade, Panorama do Turismo inicia nesse mês de outubro uma nova etapa. A partir dessa edição, vai disponibilizar seu conteúdo editorial só na plataforma digital e terá foco exclusivamente num único destino turístico por edição. Ao adotar só esse formato, Panorama do Turismo entra em sintonia com os novos tempos e, abolindo a versão impressa, ajuda a diminuir a derrubada de milhares de árvores, principal insumo da produção de papel. Nessa nova fase, Panorama do Turismo – marca de identificação, também, do mais transparente e democrático prêmio do segmento no sul do país – pretende, com boa informação e belas imagens, continuar provocando nos leitores o desejo de conhecer lugares diferentes, vivenciar novas experiências, valorizar atrativos naturais e humanos. Por consequência, permanecerá ajudando nocrescimento da economia do turismo. Essa primeira edição dentro do novo conceito abre espaços para promover Curitiba, com informações sobre os atrativos turísticos da capital paranaense; tomara, esse conteúdo o sensibilize a visitar, ou revisitar, essa singular cidade. Boa leitura! Curitiba, capital repleta de surpresas! Se você pretende aproveitar os encantos de Curitiba, então, reserve pelo menos uns quatro dias na cidade para descobri-los. A capital paranaense reúne uma série de atrativos. Só falta praia. O roteiro oferecido aos turistas leva a vários memoriais e parques (é preciso fazer uma selfie no Jardim Botânico), a emblemas da religiosidade local (com templos de diversos credos), a prédios testemunhas da história curitibana (a exemplo do conjunto de edificações no entorno do Largo da Ordem) e a lugares onde a cultura pulsa bastante viva (o Museu Oscar Niemeyer-MON constitui parada obrigatória). Curitiba também é sinônimo de excelentes meios de hospedagem e da boa mesa. A propósito, assume o posto de um dos maiores polos de produção nacional de cerveja artesanal. Cidade de muitas gentes, tem rica cultura. E se apresenta por inteiro aos visitantes através da Linha Turismo, num passeio sem igual, a bordo dos ônibus de dois andares. A cidade ainda serve como base para esticadas sensacionais. Num singular passeio de trem, o visitante pode conhecer a Serra do Mar e as centenárias localidades litorâneas de Morretes e Antonina. De carro, por outro lado, dá para dar um pulo a Vila Velha – misterioso atrativo natural, com pedras esculpidas pelo vento e chuva ao longo de milhões de anos – e à cidade histórica da Lapa. Para aproveitar melhor o destino visitado, a dica é, sendo possível, contratar um guia de turismo local. Com certeza, esse profissional vai enriquecer o seu passeio. Fotos Panorama do Turismo Capa Jardim Botânico Foto Panorama do Turismo Expediente Panorama do Turismo Ano 12 | No 147 | Outubro | 2017 Diretor e Editor Júlio Cézar Rodrigues (MTb 1050/07/27-PR) Contatos 41 | 99106-6852 redacao@panoramadoturismo.com.br Revista digital com conteúdo editorial próprio e periodicidade mensal Disponível para download gratuito em www.panoramadoturismo.com.br e www.facebook.com/panoramadoturismo e distribuída em formato eletrônico, via e-mail, a partir de mailing próprio e de cadastro de parceiros institucionais e comerciais do destino foco da edição. Mais informações sobre o segmento em: www.panoramadoturismo.com.br e www.facebook.com/panoramadoturismo. Curitiba, cidade multifacetada PANORAMA DO TURISMO | OUTUBRO 2017 | 3

[close]

p. 4

Acima, a feira de artesanato do Largo da Ordem. Ao lado, a Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais Isso é imperdível em Curitiba! Quem planeja visitar a capital do Paraná nesse próximo período natalino – e a cidade, é certo, vai acolher todos com a melhor e mais calorosa hospitalidade – precisa arrumar tempo para, entre uma e outra atração da programação festiva, conhecer os recantos e encantos locais. A capital paranaense acena com aprazíveis parques e praças, exclusivos museus, memoriais étnicos, gastronomia diversificada, roteiro religioso eclético, baladas animadas... Preservando edificações relevantes e ruas com calçamento de pedra, testemunhas do passado, o Centro Histórico configura um dos referenciais do turismo curitibano e onde a vida pulsa animada também à noite. Revitalizados, os antigos prédios e moradias agora abrigam lojas de suvenir, restaurantes, bares. Aos domingos, essa região tem uma tradicional e completa feira de artesanato, destino de curitibanos e visitantes há mais de três décadas. Para ser percorrido a pé, sem pressa, esse território guarda ainda o Relógio das Flores, a Fonte da Memória, o Museu Paranaense, o Memorial de Curitiba, a Casa Romário Martins e símbolos da religiosidade local, entre templos da fé católica, presbiteriana e muçulmana. Distante poucos passos, o movimentado Calçadão da Rua das Flores constitui outra referência local. Uma das primeiras e mais impactantes intervenções do então prefeito Jaime Lerner, essa via exclusiva para pedrestres é o coração da cidade, ligando as praças Santos Andrade e Osório. No trajeto, um antigo bondinho serve de cenário para fotos de turistas a caminho da Boca Maldita, mais uma marca da identidade curitibana. Fotos Panorama do Turismo 4 | OUTUBRO 2017 | PANORAMA DO TURISMO Bondinho da Rua das Flores

[close]

p. 5

Fotos Panorama do Turismo Ao lado, o olho do Museu Oscar Niemeyer, privilegiado espaço das artes em Curitiba No Centro Histórico os visitantes encontram lojas de lembranças (acima) e um roteiro de restaurantes, bares e pubs, onde a animação segue à noite e pela madrugada O calçadão é marca regitrada da cidade PANORAMA DO TURISMO | OUTUBRO 2017 | 5

[close]

p. 6

Fotos Panorama do Turismo Verde e cultura, marcas da capital Uma das capitais com mais área verde por habitante, Curitiba se notabilizou pelos amplos parques e bem cuidadas praças. Aliás, um dos símbolos do turismo da cidade é o Jardim Botânico, com ruelas ornamentadas pelo colorido das flores da estação, lago e uma grande e fotogênica estufa de estrutura metálica, cenários de milhares e milhares de selfies. Os bosques Alemão e do Papa e os parques Tanguá, Tinguí e Barigui significam outros pontos de parada, cada qual apresentando um atrativo próprio. Na área central, vale conhecer o centenário Passeio Público, primeiro logradouro implantado para o lazer da população. O roteiro cultural da capital paranaense, por outro lado, está ancorado no Museu Oscar Niemeyer, materialização de um dos últimos projetos do renomado arquiteto brasileiro do qual toma emprestado o nome. O MON, ou, como preferem alguns, o Museu do Olho, é dos mais expressivos espaços das artes nas Américas. Portanto, justifica-se sua presença nas composições fotográficas dos turistas. Merecem ainda uma visita, entre outros, os museus Paranaense, de Arte Contemporânea, de Arte Sacra, da Ordem Rosacruz e do Expedicionário. No alto, Jardim Botânico, cenário preferido para fotos. Acima, a singular Ópera de Arame. E ao lado, réplica de igreja do credo ucraniano, construída no Parque Tanguá 6 | OUTUBRO 2017 | PANORAMA DO TURISMO

[close]

p. 7

Destino da diversidade culinária Fotos Panorama do Turismo Por certo, Curitiba é uma das cidades com maior diversidade gastronômica do país. Existem restaurantes com culinária para todos os gostos: regional, brasileira, francesa, italiana, portuguesa, alemã, árabe, japonesa, chinesa... Aliás, tem um bairro inteiro conhecido nacionalmente pela gastronomia, qual seja, Santa Felicidade e sua sucessão única de endereços servindo receitas com sotaque da Itália. Entre pratos típicos, só na capital paranaense saboreia-se a carne de onça, iguaria feita, ao contrário da imaginação de alguns, com carne bovina e servida com broa preta. A alma curitibana, no contexto gastronômico, pode ser vivenciada em sua plenitude no Mercado Municipal, endereço preferencial da população e de chefs de conceituados restaurantes. Nele, o visitante encontra impressionante variedade de verduras, frutas, legumes, ingredientes, temperos, mais peixes e carnes, e uma praça de alimentação na medida para experimentar sabores e aromas da cidade. A Prato exclusivo do Bar do Alemão capital, por fim, também é pródiga em boas confeitarias e cafeterias, lugares para descansar das caminhadas, comer um doce e beber um cafezinho. Praça de alimentação do Mercado Municipal Carne de onça, iguaria curitibana A boa mesa e os bons drinques também podem ser aproveitados nos roteiros das baladas noturnas. Na cidade, os pubs e bares se concentram particularmente em três eixos: na Avenida Bispo Dom José, na Avenida Vicente Machado e no Largo da Ordem/Centro Histórico. PANORAMA DO TURISMO | OUTUBRO 2017 | 7

[close]

p. 8

Hospedagem e mobilidade urbana Curitiba, da mesma forma, se traduz em destino perfeito no tocante aos meios de hospedagem. È sede de renomadas redes hoteleiras – a exemplo da Bourbon, Deville e Mabu – e conta também com empreendimentos de algumas das principais bandeiras internacionais, entre elas, Pestana, Four Points by Sheraton, Radisson, Quality, Ibis, Holiday Inn. Além dos hotéis de grandes e conhecidas marcas, a capital paranaense ainda acena com endereços com identidade local - são exemplos os hotéis Blumenau, Guaíra, Transamérica, Lizon, Alta Reggia e Caravelle - e diversas opções de descolados hostels - entre eles, o Roma, Curitiba, Knock Knock, Curitiba Backpackers. Pela Linha Turismo Os ônibus da Linha Turismo garantem um passeio completo pela cidade, onde a rede hoteleira assegura endereços de gabarito Fotos Panorama do Turismo Cidade modelo em se tratando de mobilidade urbana – com vias exclusivas, ônibus biarticulados e estações tubo –, Curitiba foi pioneira na implantação de um serviço de transporte público para turistas. Os modernos e panorâmicos veículos de dois andares da Linha Turismo levam a um passeio completo, ao longo de 44 quilômetros, pelos principais ícones da cidade. Com duração de cerca de duas horas e meia e saída da Praça Tiradentes, o trajeto tem paradas em 25 pontos, entre eles, Rua 24 Horas, Mercado Municipal, Jardim Botânico, Torre Panorâmica (com visão 360º, a 110 metros de altura), Teatro Guaíra, MON, Santa Felicidade, Parques Tinguí e Tanguá, Centro Histórico. Para saber mais sobre a cidade e programas possíveis, bem como conhecer estruturas de receptivo e serviços à disposição dos turistas, uma dica é navegar pelo site www.turismo.curitiba.pr.gov.br. Depois, é só programar com calma a viagem e curtir a estada, com a certeza da boa acolhida. 8 | OUTUBRO 2017 | PANORAMA DO TURISMO

[close]

p. 9

Divulgação | Banco Bradesco Reprodução Palácio Avenida, referência maior do Natal curitibano Curitiba espera você nesse Natal! Um dos primeiros eventos de Natal a ganhar repercussão nacional, atraindo turistas dos mais variados cantos do Brasil, foi o coral de crianças do Palácio Avenida, em Curitiba. A apresentação de estreia ocorreu em 1990. Desde então, quando a antiga edificação do centro curitibano se ilumina multicolorida, suas janelas se abrem e a meninada começa a cantar, não há quem deixe de se emocionar e sensibilizar pela melhor atmosfera natalina. As cantatas no Palácio Avenida continuam sendo o principal apelo da programação natalina na capital paranaense. Nascido por iniciativa da diretoria do então Banco Bamerindus, depois, apoiado pelo Banco HSBC, o contagiante coral segue agora mantido pelo Banco Bradesco. Se ao longo do tempo houve mudanças no rol dos patrocinadores, a magia proporcionada pelas crianças permanece com idêntica intensidade. Nesse ano, as apresentações serão nas sextas, sábados e domingos (sempre às 20h15), entre os dias 1º e 17 de dezembro. Nessa edição, mais de 100 crianças cantarão repertório definido dentro do tema O Palácio Encantado. Logomarca do Natal desse ano PANORAMA DO TURISMO | OUTUBRO 2017 | 9

[close]

p. 10

Disposta a receber os visitantes como destino do Natal, Curitiba, por meio da municipalidade, empresariado e organizações sociais, preparou para 2017 muitas atrações para o período. Ancorada no coral do Palácio Avenida, a programação oficial reúne shows artísticos, cantatas, ruas enfeitadas, ceias, exposições de presépio, concertos, feiras temáticas, missas e muito mais. Com o slogan Luz dos Pinhais: Natal de Curitiba, a programação acontecerá entre os dias 22 de novembro e 23 de dezembro. A decoração da cidade, contudo, seguirá até 6 de janeiro. “Vamos enfatizar o espírito natalino e enaltecer valores culturais e tradições das etnias formadoras da nossa cidade”, promete o prefeito Rafael Greca. No elenco de atrações, entre outras, ainda incluem-se: 19º Concerto Beneficente Natalino, Encontro Natalino de Corais, feiras especiais de Natal nas praças Osório e Santos Andrade, Natal das Etnias, Natal no Paço, a Árvore da Vida no calçadão da Rua das Flores, Estrelas de Belém identificando prédios importantes do patrimônio histórico. Além de decoração de época, apresentações musicais estão previstas para diversos pontos na cidade. O principal eixo da animação compreenderá o Centro Histórico e a Rua das Flores. “Criaremos um clima mágico”, resume o prefeito, já convidando para a abertura oficial das festividades, dia 22 de novembro, no Centro Histórico. Para conferir toda a agenda natalina desse ano e programar sua viagem é só acessar o site www.natalcuritiba.com.br. Nesse endereço na internet também constam informações sobre serviços, hospedagem, passeios, gastronomia etc. Fotos Divulgação | SMCS de Curitiba Ivo Lima Acima, feira temática de Natal na Praça Osório, onde o Papai Noel (abaixo) também marca presença 10 | OUTUBRO 2017 | PANORAMA DO TURISMO Ao lado, o Paço Municipal, todos os anos enfeitado pela Fecomércio-PR

[close]

p. 11



[close]

p. 12



[close]

Comments

no comments yet