JORNAL_CORREIODESC_EDI804

 

Embed or link this publication

Description

JORNAL_CORREIODESC_EDI804

Popular Pages


p. 1

www.correiosc.com.br / facebook.com/correiosc SEMANAL Tiragem: 5 mil exemplares São José, 20 de outubro de 2017 JORNAL DA REGIÃO METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS Lucas Cervenka/CSC Ano XVIII - Nº 804 EM SÃO JOSÉ Beco da Carioca será revitalizado Beco da Carioca, no Centro Histórico, foi a primeira fonte de água explorada na cidade EM AREIAS, MAIOR 1ª LIQUIDA CONTROLE NA TUDO NOS BAIRROS ORIGEM DOS PÁGINA 11 ALIMENTOS Governo regulamenta uso de agrotóxicos em produtos hortifrutigranjeiros, que são comercializados na Ceasa, em São José, e outros pontos de venda no Estado. PÁGINA 3 Prefeita Adeliana Dal Pont assinou ordem de serviço para as obras, que já começaram e devem ser concluídas em 120 dias. PÁGINAS 8 E 9 James Tavares/Secom/Divulgação/CSC

[close]

p. 2

2 PRIMEIRA LINHA A lei ignorada O vereador Michel Schlemper (PMDB) lembrou na Câmara, a lei nº 5565/2016, do ex-vereador Wallace de Souza (Tete), que trata da cobrança fracionada nos estacionamentos na cidade. “Peço aos colegas que façam um teste nos shoppings de São José e tentem que a legislação seja cumprida. A menina do guichê vai dizer que não, que o jurídico informou para ignorar a lei”, provocou o parlamentar. Michel ainda destacou que a legislação está em vigor, mas não é obedecida mesmo com fiscalização do Procon. “Ha cerca de 60 dias, o Procon esteve nos estabelecimentos comerciais e provavelmente deram advertências. Depois disso, não procederam os próximos passos, conforme determina a lei, que são multas de 10 URM (uma URM vale R$ 177,70) e posterior cas- Divulgação/CSC Vereador Michel Schlemper: “mesmo com fiscalização do Procon, lei não é cumprida” sação do alvará por 90 dias”, salientou. Tal postura no legislativo também motivou a fala do vereador André Guesser (PDT). O parlamentar questionou se a vaga fica assegurada durante o período pago. “Por 1h ou 1h30, o cidadão paga R$ 9. Esse é o valor cobrado por três horas, mas se você sair antes a vaga ficará lá disponível para caso queira voltar? Se ficar 30 minutos, que pague por 30 minutos”, destacou. Corte na Assistência Social O corte proposto pela união no orçamento para a Assistência Social, em 2018, recebeu críticas dos vereadores André Guesser (PDT), Antônio Lemos (PMDB), Carlos Eduardo Martins (PSD) e Sanderson de Jesus (PMDB) na sessão plenária da Câmara de Vereadores de São José nesta segunda-feira (16/19). Para Guesser, a diminuição significativa no valor destinado, pela presidência às prefeituras, seria péssimo. “Sair de R$ 2 bilhões para R$ 66 milhões seria uma catástrofe. Concordo com a fala da prefeita Adeliana Dal Pont quando ela, na condição de presidente da Fecam, diz que se o governo federal cortar parte desse co-financiamento, os municípios terão que arcar com a diferença ou então muitos serviços serão fechados”, reforçou o parlamentar, destacando também que o Executivo municipal precisa encarar a demanda do PAEFI (Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos) como prio- ridade. “Hoje, são 1.700 famílias que foram cadastradas pelo Conselho Tutelar, mas estão represadas por falta de atendimento da assistência social e psicologia”. Na mesma linha, os vereadores Carlos Eduardo Martins, o Caê (PSD) e Antônio Lemos (PMDB) cobraram medidas dos prefeitos em relação ao governo federal, pois com tamanha diminuição nas verbas, segundo Lemos, o futuro de muitas crianças pode ficar comprometido. “O que elas sofrem hoje, repetirão amanhã. Assim, sentiremos o reflexo com o aumento da criminalidade”, destacou o peemedebista. Já o vereador Sanderson de Jesus (PMDB) qualificou como assustadora a medida proposta pelo governo federal. “A Presidência da República age na contramão do processo e começa plantar para colher desgraça no futuro. Quem mais precisa é a assistência social, pois essas pessoas estão à mercê de tudo e todos”, lamentou. São José, 20 de outubro de 2017 VIOLÊNCIA Divulgação/CSC CONTRA A MULHER Vereador Edilson Vieira, o Nino (OSDB) apresentou (9/10) na sessão da Câmara de São José dados alarmantes de agressões contra o sexo feminino em São José e no país. “A violência está tomando proporções tão grandes que nos assusta. Só neste final de semana, foram cinco casos de agressões estampados nos jornais da Grande Florianópolis, sendo dois na nossa cidade. Por ano, acontecem 50 mil atos de violência no país”, afirmou e citou a necessidade de campanhas de conscientização para dar um basta nestes números. A vereadora Alini Castro (PMDB) defendeu o direito da mulher de poder fazer um boletim de ocorrência, o que muitas vezes não ocorre por medo ou vergonha. “O que nós precisamos é de uma campanha de conscientização e orien- tação, além de que as vítimas sejam atendidas na delegacia e possam fazer seus boletins de ocorrência”, relatou. Vereador Edilson Vieira: situação é alarmante NÚMEROS - 2012 A 2017 • 542 mulheres foram assassinadas em SC • Em 2017 70 foram assassinadas • 25 casos de violência doméstica • 6 casos de latrocínio • Em 2016 foram assassinadas 127 mulheres • 52 casos foram de violência doméstica • 10 de latrocínio Em debate, população em situação de rua A Câmara de Vereadores de São José promoveu (10/10) um amplo debate durante reunião pública sobre pessoas em situação de rua, proposição do vereador Caê Martins (PSD), que reuniu além dos vereadores André Guesser, Antônio Lemos e Gilmara Vieira Bastos, representantes das secretariais municipais da Prefeitura, psicólogos, advogados, entidades sociais, representantes do Movimento da População em Situação de Rua e a comunidade. Três pilares nortearam as discussões: acolhimento para conhecer essas pessoas que hoje Henrique Santos Silva/Divulgação/CSC Vereador Caê Martins, no comando da sessão: conhecer a realidade das ruas vivem nas ruas, acompanhamento e trabalho em rede que vá além de assistência social e saúde. Será criada uma rede envolvendo os poderes públicos, entidades e socie- dade civil. Fortalecê-la e colocá-la em atuação é uma das metas após a reunião, segundo o vereador Caê, assim como rever o decreto que institui o Comitê Intersetorial de acompanhamento e monitoramento das ações concernentes à política nacional para a população em situação de rua no âmbito de SJ. “A proposta era justamente ouvir as ruas e o seu clamor, conhecer múltiplas realidades e nos tornarmos coautores das mudanças e ações necessárias. É preciso enfrentar essa questão não como problema, mas como algo que precisa ser debatido com atenção e sensibilidade. As conquistas virão na luta por uma sociedade mais humana, justa e igualitária”, destacou o vereador. EQUIPAMENTOS DE SAÚDE A Câmara Municipal de São José aprovou (16/10), em primeira discussão na Sessão Ordinária desta segunda-feira (16), o PL nº 154/2017 que institui o programa de incentivo às organizações sociais voltadas à saúde. Na prática, conforme mencionou o líder do governo, vereador Nardi Arruda (PSD), trata-se da autorização para contratar Organização Social a fim de gerir alguns equipamentos de saúde como a UPA da Forquilhinhas. “Após a aprovação desse projeto e sanção da prefei- ta, será realizado processo licitatório, contratação de empresa sem fins lucrativos e depois o repasse para gestão compartilhada com organização social que detém conhecimento e expertise na área”, destacou. O vereador Sanderson de Jesus (PMDB) apoiou a iniciativa mas ponderou que “o Conselho Municipal da Saúde e o Sindicato da categoria não foram ouvidos para manifestarem suas opiniões referentes à matéria”. Já o vereador Michel Schlemper (PMDB) questionou alguns artigos do PL referentes a custos do poder público e o orçamento do município. “O artigo 13 fala que poderão ser destinados recursos orçamentários e bens públicos à Organização Social e o de número 23 cita possibilidade de autorização legislativa para fazer adequação orçamentária. No entanto, não consta na matéria o montante de gastos e nem se tal quantia entra no limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal caso haja contra- tação de pessoas”, apontou o parlamentar. Os vereadores Clonny Capistrano (PMDB) e André Guesser (PDT) mostraram preocupação quanto ao tempo da contratação. “Este prazo de dez anos é muito tempo. O município de Bombinhas, por exemplo, possui há quatro anos este serviço e está na terceira empresa”, lembrou Guesser. A matéria ainda volta à segunda discussão nas próximas sessões. Caso aprovada novamente, segue para sanção do Executivo. Fundado em 19 de março de 2000. Diretor-editor Belmiro Sauthier Comercial Albano Aquino Edilton Maranhão Pedro Clasen Reportagem Lucas Cervenka Editoração e Arte Ronaldo de Moura Ferro ronaldoferro@gmail.com Tiragem semanal: 5 mil exemplares Circulação: Grande Florianópolis EXEMPLAR GRATUITO Artigos e colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do jornal. Correio de Santa Catarina é uma publicação da CSV Editores Associados Ltda. Endereço para correspondência: Rua Coletor Irineu Comelli, 225 Centro Histórico - São José - SC. CEP: 88103-050. Fone: (48) 3241-1252. e-mail: redacao@correiosc.com.br / comercial@correiosc.com.br

[close]

p. 3

São José, 20 de outubro de 2017 Cidades 3 Maior controle na origem de alimentos no estado Novo sistema da Cidasc facilita o monitoramento de agrotóxicos e a movimentação dos vegetais ao longo da cadeia produtiva A produção de alimentos vegetais em Santa Catarina está fortalecida. Nesta quarta-feira (18/10), foi lançado, em ato com a presença do governador Raimundo Colombo e da prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, o programa e-Origem, que permite aos consumidores, por meio da leitura digital de uma etiqueta, saber a origem de frutas, verduras e legumes cultivados em solo catarinense, além de dados sobre o uso de agrotóxicos. No mesmo evento, foi apresentado o novo decreto que regulamenta o comércio e o consumo de agrotóxicos no Estado. “Teremos um ganho de qualidade extraordinário. Com o e-Origem, já nos supermercados os consumidores poderão saber as informações de procedência de cada produto catarinense. É um grande avanço, um passo significativo, que vai permitir que os pequenos produtores tenham acesso ao mesmo mercado consumidor que os grandes produtores”, explicou Colombo. Adeliana reforçou a importância do novo projeto: “Uma honra ter em nosso município o maior distribuidor de hortifrutigranjeiros do Estado. E uma satisfação participar do lançamento do e-Origem, que vai modernizar o trabalho dos boxistas e deixar os produtos da nossa Santa Catarina num patamar de qualidade diferenciado”. O ato desta quarta, realizado na Central de Abastecimento do Estado de Santa Catarina (Ceasa), em São José, contou também com a participação de produtores rurais que fizeram parte do projeto piloto do sistema. O produtor Carlos Schutz, que cultiva cebolas em Rio do Sul, foi um deles. “É uma iniciativa muito importante, que vai permitir acessar novos mercados. Estávamos acostumados com o modelo antigo, mas com a ajuda dos técnicos do Cidasc foi fácil aderir ao novo sistema”, avaliou. e-ORIGEM O novo sistema da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) proporciona o registro da movimentação dos vegetais ao longo de toda cadeia produtiva, do produtor até o comércio. Além disso, facilita o monitoramento do uso de agrotóxicos nos hortifrutigranjeiros e atende a uma demanda dos consumidores, cada vez mais interessados em saber quem produz seus alimentos. Também presente no evento desta quarta, o presidente da Cidasc, Enori Barbieri, explicou que para aderir ao programa, os produtores rurais devem se cadastrar Secom/PMSJ/Divulgação/CSC Governador Raimundo Colombo e prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, estiveram na Ceasa nesta semana para lançamento de leitura digital de uma etiqueta no sistema on-line da companhia, onde irão inserir as informações sobre cada produto. Esse banco de dados irá gerar uma etiqueta que deve ser colada na embalagem. “Tudo sem custo para os produtores”, destacou. A adesão não é obrigatória, mas é uma opção essencial para quem não quer perder mercado, ressaltou Barbieri. Agora serão realizadas campanhas junto a entidades e sindicatos rurais, para ajudarem os produtores no processo de cadastramento e adaptação ao novo serviço. As obrigações do produtor que aderir ao e-Origem são: fazer o cadastro do produtor primário no siste- ma, garantir a rotulagem do produto e realizar a comercialização utilizando a nota fiscal de produtor. AGROTÓXICOS Também foi apresentado o decreto nº 1.331, assinado pelo governador Colombo nesta segunda-feira (16/10) e já publicado no Diário Oficial desta terça. O documento regulamenta o controle da produção, comércio, uso, consumo, transporte e armazenamento de agrotóxicos, seus componentes e afins, em todo o território de Santa Catarina. Trata também da fiscalização da produção, da manipulação, da destinação final das embalagens vazias e do monitoramento de resíduos de agrotóxicos e afins em produtos vegetais. Prevê que todo o processo de cadastro e registro passe a ser feito de maneira informatizada. E passa a responsabilidade da fiscalização do uso de agrotóxicos, que antes era da Fatma, para a Cidasc. A Cidasc, por exemplo, tem como funções conceder registro para quem produz, manipule, armazene ou comercialize agrotóxicos; fiscalizar o transporte interno, o comércio e o armazenamento; e fiscalizar a destinação final das embalagens vazias. A com- panhia também poderá proibir ou suspender o uso de agrotóxico, restringir ou proibir a comercialização e restringir ou proibir o trânsito do produto. Já a Fundação do Meio Ambiente (Fatma) é responsável, entre outras ações, por estabelecer exigências relativas ao registro inicial do estabelecimento e por conceder licenciamento ambiental para quem lida com o produto. “O decreto é uma forma de normatizar o setor, garantindo produtos mais seguros para a população e cuidando da saúde dos nossos produtores e também do meio ambiente”, avaliou o secretário Sopelsa.

[close]

p. 4

4 Cidades São José, 20 de outubro de 2017 Vereador Nardi Arruda é o líder do governo Divulgação/CSC Vereador Nardi Arruda: ouvir muito O vereador Nardi Arruda (PSD) é o novo líder de Governo Adeliana Dal Pont na Câmara de São José. Foi escolhido em reunião entre os vereadores da base, a prefeita Adeliana Dal Pont, o vice-prefeito Neri Amaral e o presidente da Câmara, Orvino Coelho de Ávila. A decisão foi oficializada dia 28 de setembro. Nardi Arruda agradeceu a confiança da pre- Moacir da Silva é líder da bancada feita e dos vereadores da base e destacou que o trabalho será desenvolvido sempre ouvindo muito para contribuir com a união entre os vereadores. “Essa união converge para a aprovação de projetos de interesse da cidade, sempre focando o desenvolvimento ordenado e a geração de emprego e renda para a população josefense”, enfatizou. Divulgação/CSC Correio – Por que o sr. deixou de ser o líder do governo na Câmara? Vereador Moacir da Silva - Eu nunca fui líder do governo na Câmara. Sempre fui líder do PSD, da bancada e sempre declinei do título e da função de líder do governo, até por entender que as funções devem ser partilhadas. Havia inúmeros companheiros nossos com condições de ser líder do governo. Desde o primeiro momento que eu fui sondado eu havia dito que era um papel que eu não queria acu- mular porque eu já era líder da bancada. Cada vez que alguém mencionava na tribuna líder do governo Moacir eu dizia não, não sou líder, apesar de não ter problema de ser, mas não sou. Correio - Qual o critério para indicar o Nardi? Vereador Moacir da Silva - Acho que é uma função que todos deveriam assumir em algum momento. O PSD tem o vereador Orvino, que é presidente da Câmara, tem eu, que sou líder do PSD, a vereadora Méri Vereador Moacir da Silva: “nunca fui líder do governo” (Hang) está na Secretaria de Educação, teríamos ainda o vereador Jair Costa, o vereador Caê Martins e o vereador Nardi. A base de governo achou que nesse momento seria interessante que o líder do governo fosse o Nardi. R Rápidas Divulgação/CSC Clonny Capistrano Neste sábado (21/10), o PMDB de São José, em convenção, muda de comando: sai o vereador Michel Schlemper e entra o colega Clonny Capistrano (foto), segundo mais votado na eleição de 2016. A reunião partidária será na Câmara de Vereadores, Praça Arnoldo de Souza, Centro Histórico, das 9h às 13h. • Meri Hang, atual secretária de Educação de São José, deverá deixar o car- go em dezembro próximo para voltar a ocupar sua cadeira de vereadora pelo PSD. • A Câmara Municipal de São José aprovou (9/10), em primeira discussão, o Projeto de Lei n.º 078/2017, do vereador Jair Costa (PSD), que inclui a Semana Municipal da Psiquiatria no Calendário Oficial do Município. A data será lembrada a cada mês de novembro. • A Delegacia Geral da Policia Civil decidiu pela dispensa de licitação para contratação da empresa que irá aplicar as provas do concurso público para as carreiras de Agente e Escrivão de Polícia. A empresa escolhida foi a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconônicos (Fepese). A previsão é de que edital com as regras do concurso seja di- vulgado até dezembro. • O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) garantiu que apresentará ao Governo do Estado, na primeira semana de novembro, a minuta da portaria de regulamentação para o turismo embarcado para observação de baleias no Sul do litoral catarinense. Com isto, a expectativa é que a prática, suspensa há quatro temporadas, volte a ocorrer em 2018 nas cidades de Imbituba, Garopaba e Paulo Lopes. • A Associação Catarinense de Psiquiatria (ACP) promove entre os dias 23 e 25 de novembro a XV Jornada Catarinense de Psiquiatria, em Florianópolis. As inscrições para participar da JCP estão abertas até esta sexta-feira, dia 20 de outubro.

[close]

p. 5

São José, 20 de outubro de 2017 5

[close]

p. 6

6 Cidades São José, 20 de outubro de 2017 Casan avança na implantação de esgoto sanitário em SJ Nesta - 16 a 20 de outubro - a implantação de redes de coleta passou nas Rua Itaguaçu e foram também executados serviços de assentamento do emissário terrestre na Avenida das Torres, entre as ruas Manoel Eduardo Cardoso e Julia Schoroeder. Nestes locais não serão necessários desvios de trânsito. Na Avenida das Torres, as obras prosseguem com bloqueio de uma das mãos da via e orientação dos moradores pela própria empreiteira. A obra está com 46,42% executados, sendo que a implantação somente de rede coletora já chega a 64,39%. A previsão é de conclusão até o Divulgação/CSC Com mais de 60% das redes de coleta assentadas, as obras do Sistema de Esgotamento Sanitário de São José continuam avançando para novas ruas nos próximos dias final do ano, para que na sequência sejam liberadas as conexões das residências ao sistema público de esgotamento sanitário. Por enquanto, os moradores não devem fazer ligação à rede sem autorização da Casan. O investimento no Sistema de Esgotamento Sanitário de São José nos Bairros Floresta, Nossa Senhora do Rosário e Bela Vista é de R$ 13,1 milhões, prevendo 1.227 ligações domiciliares, mais de 10 quilômetros de redes coletoras, quatro quilômetros de emissários terrestres e duas estações elevatórias de esgotos. A Casan trabalha também na licitação do projeto de implantação do esgotamento sanitário no Centro Histórico de São José e a Ponta de Baixo, o que permitirá que o município chegue a um índice de 50% de coleta e tratamento. No total, a empresa está investindo R$ 88,6 milhões em São José, incluindo projetos de esgotamento sanitário e abastecimento de água. TROFÉU AÇORIANIDADE 2017 SJ A premiação reconhece o trabalho de zelo pela cultura açoriana no município A Escola de Oleiros Joaquim Antônio de Medeiros, em São José, receberá o Troféu Aço- rianidade 2017, por meio do Conselho Deli- berativo do Núcleo de Estudos Açorianos (NEA) da Universidade Federal de Santa Catari- na (Ufsc). A escola será premiada na categoria Instituição de Ensino/Cultural pelo re- levante trabalho de sal- vaguarda do ofício de oleiro realizado na cida- de de São José e região. Com objetivo de va- lorizar o exercício de instituições, pessoas e empresas, que traba- lham pela Cultura de Base Açoriana em Santa Catarina, o Troféu Aço- rianidade foi instituído em 1996, e anualmente, concede a honraria para 10 categorias distintas. “Este reconhecimen- to é um marco para a Escola de Oleiros que completa 25 anos de funcionamento no mu- nicípio e enaltece a arte preservada pelos alu- nos, professores e fun- cionários da escola. É Escola de Oleiros Joaquim Antônio de Medeiros um trabalho que fortalece a cultura açoriana e mostra porque a cidade de São José já foi considerada a capital da louça de barro”, avalia a superintendente da Fundação Municipal de Cultura e Turismo, Joice Porto. A entrega do Troféu Açorianidade acontecerá dia 31 de outubro, na sede do Clube 7 de Setembro, em Palhoça, durante o lançamento oficial da 24ª Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina – Açor. Secom/PMSJ/Divulgação/CSC ESCOLA Com a finalidade de recuperar, valorizar e transferir as técnicas de uma das atividades mais tradicionais da cultura catarinense, a Escola de Oleiros Joaquim Antônio de Medeiros, única do gênero na América Latina, é mantida pela Prefeitura de São José através da Fundação Municipal de Cultura e Turismo. Criada em 1992, a unidade oferece cursos gratuitos à população e atende, anualmente, cerca de 200 alunos, instituições de ensino e grupos organizados. A escola realiza exposições e oficinas pelo estado e é referência no manuseio da cerâmica na região. A Escola de Oleiros está localizada na Rua Frederico Afonso, 5545, Ponta de Baixo. O horário de funcionamento é das 8h às 12h e das 14h às 22h, sendo que os interessados pelas atividades da escola devem fazer contato através do telefone: (48) 3343-3487. Baía Norte própria para banho? Foi assinado (11/10) edital para recuperação da balneabilidade da baía Norte, em Florianópolis. O projeto é uma ação conjunta entre Casan e Prefeitura. A meta é tornar balneável − ainda em 2018 − a região da Beira-Mar Norte, em uma extensão de 3,5 quilômetros , entre a Guarnição de Buscas e Salvamento do Corpo de Bombeiros (próximo à Ponte Hercílio Luz) e a Ponta do Coral. “Temos R$ 400 milhões de investimentos somente em Florianópolis, e este projeto será a cereja do bolo”, destacou o presidente da Casan, Valter Gallina. “Vamos ficar de frente para o mar”, disse o prefeito Gean Loureiro. ARTIGO EXPRESSÃO DO DIA: INTRÍNSECO *Bruno César de Faria Segundo o dicionário do Google: 1. que faz parte de ou que constitui a essência, a natureza de algo; que é próprio de algo; inerente. “a dependência é i. ao amor” 2. que é real; que tem importância, significação por si próprio, independentemente da relação com outras coisas. “objeto sem valor i.” Assim, acredito que podemos afirmar que a corrupção e o desvio de conduta são intrínsecos ao comportamento de grande parte dos brasileiros. Não? Sugiro a você ficar alguns minutos parado, de preferência no horário de pico, ali na saída do Loteamento Nova São José, no Sertão do Imaruim, no entroncamento com a SC-281 (próximo ao acesso à Eletrosul). Ou ainda, se você preferir, fique por um tempinho no Viaduto da BR-101 em frente ao Continente Shopping, no acesso ao Bairro Fazenda Santo Antônio. Em ambos os casos verás exemplos e mais exemplos de pessoas cujo o desvio de conduta no trânsito denota e explicita um pouco da sua personalidade. Que personalidade é essa? Do tipo: tudo é válido para me dar bem! Está atrasado? Cruza a SC-281 por aqui mesmo, preciso ganhar tempo. E não tem cabimento deslocar-se 800 metros para fazer o retorno observando-se a lei de trânsito. Tem fila para seguir pela marginal da BR, sentido sul-norte? Pega a faixa da esquerda e “dá um migué” ali na frente, ao invés de virar à esquerda (sentido obrigatório para quem está na pista da esquerda) segue reto! Sabe qual a diferença do pessoal que faz estes e outros tipos de “migué”, seja no trânsito, no sinal da TV por assinatura, no fornecimento de energia elétrica ou de água, na fila do banco, do ônibus, ou mesmo da padaria, para os escândalos bilionários que estamos nos acostumando a ver diariamente no noticiário? - A oportunidade! A oportunidade surge para o político ou o empresário participar de uma falcatrua. Ele não resiste e “mete a mão na cumbuca”. Ahhhh, Bruno, estás viajando! Queres comparar um “miguézinho” no trânsito com um desvio de bilhões? Quando eu era bem pequeno, tive a oportunidade de aprender com meu falecido pai que “quem rouba um tostão também rouba um milhão”. Simples assim. É intrínseco, sacou? *Bruno César de Faria é jornalista.

[close]

p. 7

São José, 20 de outubro de 2017 7

[close]

p. 8

8 Cidades São José, 20 de outubro de 2017 Fotos: Lucas Cervenka/CSC A estrutura simples do Beco da Carioca tem grande valor histórico: foi a primeira fonte de água descoberta pelos colonizadores e a cidade cresceu no entorno Beco da Carioca será enfim revitalizado A prefeita Adeliana Dal Pont assinou (17/10) a ordem de serviço para a revitalização do Beco da Carioca, no Centro Histórico de São José. A solenidade ocorreu no coreto da Praça Hercílio Luz, com a presença do presidente do Conselho Gestor do Fundo de Reconstrução de Bens Lesados (FRBL), Fábio de Souza Trajano, do Ministério Público Estadual. A reforma é viabilizada com verba proveniente do fundo. Como destacou Trajano, o FRBL é administrado pelo Ministério Público, porém com recursos oriundos de infrações ao meio ambiente, aos direitos do consumidor e direitos da cidadania. “O fundo contribui com projeto que entende diferenciado, inovador, que atende ao interesse social, que preserve a cultura, e o Conselho Gestor entendeu que a recuperação do Beco da Carioca foi um projeto muito bem-vindo nesse sentido”, disse Trajano em seu discurso. A verba aprovada pelo fundo foi cerca de R$ 150 mil, com fechamento na licitação em R$ 101 mil. A empresa vencedora é KS Construções Ltda., que terá 120 dias para execução. De acor- do com o secretário de Infraestrutura de São José, Milton Bley, cuja pasta foi responsável por “descobrir” esta via de projetos e encaminhá-la para a Fundação Municipal de Cultura e Turismo (FMCT), a ideia da revitalização é manter a originalidade do Beco. “Tem decks, vai ser recuperado o que está estragado, deixar de uma forma mais original de como era lá atrás, mas tudo com qualidade”, diz Bley. RESGATE HISTÓRICO E CULTURAL Para a prefeita Adeliana o resgate histórico com o Beco da Carioca inclui uma valorização do trabalho das lavadeiras da cidade. “É o início do trabalho das mulheres, que lavavam a roupa no Beco da Carioca e serviam aos senhores, então é também um resgate cultural”, declarou na solenidade. A superintendente da Fundação de Cultura e Turismo, Joice Porto, lembrou de Dona Alcina, a última representante das lavadeiras do Beco, hoje com quase 100 anos. “Ela não enxerga mais, mas quer vir pra tocar e sentir quando o Beco da Carioca for entregue à população”, disse Joice. O Beco da Carioca, ao lado da Igreja Matriz, foi a primeira fonte de água descoberta em São José pelos colonizadores. Aos poucos, a população e as construções foram se desenvolvendo ao redor do local, se transformando na região central e histórica da cidade. A nascente virou um lavadouro público com cisternas e torneiras para a coleta de água potável. No local, os moradores do bairro vinham buscar água ou pagavam por um serviço de carregadores – a mãe de D. Alcina, por exemplo, era uma delas. A última reforma foi em 1980, quando o Beco foi pavimentado. REVITALIZAÇÃO DO CENTRO HISTÓRICO Com o Beco da Carioca, a Prefeitura de São José trabalha atualmente em três projetos no Centro Histórico. Em andamento, ocorre a revitalização do Theatro Adolpho Mello, e recentemente também foi anunciada a revitalização da orla do bairro, com reconstrução do trapiche. A prefeita também destacou em seu Na solenidade desta terça, prefeita, vereadores, secretários e a população acompanharam a assinatura do documento discurso que toda essa recuperação dos espaços fará com que o Centro Histórico seja cada vez mais um destino turístico na cidade. “A quarta cidade do estado tem potencial sim para receber as pessoas, como já faz isso muito bem todo segundo domingo do mês na Feira da Freguesia”, disse Adeliana. Para o vereador Caê Martins, o espaço do Beco da Carioca será um grande ambiente de encontro e de reforçar o sentido comunitário. “Esse é o nosso primeiro passo para ver ali o Parque Municipal do Beco da Carioca. É isso que nós queremos”. De acordo com o vereador, assim que a obra estiver pronta haverá uma ocupação cultural no local. O presidente da Associação do Centro Históri- co, José Ricardo Koerich, também presente na assinatura desta terça, comemorou a nova obra. “Nós da associação, que lutamos por isso, receber três notícias assim nos deixa tão envaidecidos e com força para continuar lutando e exigindo que o nosso patrimônio cultural, aquilo que nós temos de mais bonito, não seja esquecido. Ficamos felizes e esperançosos de que nem tudo está perdido”, disse Zé Ricardo. OBRAS SANITÁRIAS Caê Martins também está em contato com a Casan para averiguar a continuidade das obras de esgotamento sanitário no Centro Histórico, paralisadas há três anos. O intuito é marcar uma reunião da companhia com a população do bairro no próprio Beco da Carioca, cuja água hoje está poluída. “O objetivo dessa reunião é primeiro encarar que a Carioca está sofrendo com a questão sanitária, e que a Casan venha explicar quais são os prazos de entrega da obra sanitária no Centro Histórico como um todo. E nesse prazo de entrega, o prazo de ligação de cada residência à rede, para que a gente tenha uma perspectiva de conseguir despoluir esse curso d’água que hoje abastece a bica”, disse, em entrevista, o vereador. LIGUE E ANUNCIE (48) 3241-1252 comercial@correiosc.com.br

[close]

p. 9

São José, 20 de outubro de 2017 Cidades A CARIOCA DE SÃO JOSÉ 9 Divulgação/CSC OCentro Histórico de São José é realmente privilegiado. Os seus moradores e visitantes tem o que ver, conhecer e desfrutar de verdadeiras relíquias herdadas do passado josefense. Em especial um conjunto chama atenção, pela localização e objetivo de sua existência. Tratase da Carioca, ao que se tem registro, a única na região da Grande Florianópolis. No Estado juntase a outro exemplar, ainda em uso e servindo a população, a Carioca de Laguna. Onde se iniciava uma povoação, sem dúvida a primeira providência era localizar nascente de água pura e em local acessível. Tão logo fosse encontrada era construído um reservatório para preservar a integridade do líquido. Pelos registros mais antigos, a Carioca de São José foi construída em 1840, ou ao que se crê, ampliada em maiores proporções a já existente. Na época, o presidente da Câmara Municipal, a qual cabia os serviços administrativos do município, era presidida pelo cidadão Luiz Ferreira do Nascimento Melo. Nos anos de 1938 a 1940, o prefeito João Machado Pacheco Júnior, procedeu a maior alteração e melhora, não só no reservatório, com em todo o entorno. Na ocasião, o riacho que atravessa o terreno foi totalmente canalizado, com uma vala de pedras até a entrada do Beco da Carioca. Foi construído um tanque com 14 lavadores, dando assim plenas condições das lavadeiras efetuarem seus serviços. As nascentes foram protegidas e canalizadas para o reservatório. Para a execução dessas obras, a prefeitura desapropriou terras, limpeza geral dos terrenos em redor, e adiantando-se das ideias dos tempos atuais, pretendia transformar toda a área em um parque para uso da população. A água fresca e de mármore, com dizeres em latim, das eras de sua construção e recuperação. O texto em latim é obra do josefense Custódio Francisco de Campos, além de grande latinista, professor e mestre da língua alemã. Além de servir bem a “A marca mais perene de sua utilidade foi o uso pelas lavadeiras”. abundante desde tempos antigos era canalizada até a praça, onde ao início do século XX foi construído em chafariz. Todas essas obras foram, com grandes festas, inauguradas em 24 de dezembro de 1940. No frontispício do reservatório foi afixada uma placa população em ocasiões de problemas com a rede de abastecimento, inaugurada em 1950, a marca mais perene de sua utilidade foi o uso pelas lavadeiras. Diariamente várias mulheres, amenizando o seu trabalho, transformavam o local numa verdadeira área de festa. A alegria contagiante de cantorias, risadas, histórias do dia a dia, indicavam de longe as suas presenças. Das inúmeras lavadeiras que ali tiravam o seu pão de cada dia, em nome de todas elas, lembramos Dona Alcina Júlia da Conceição, nos seus 99 anos de idade, a mais antiga lavadeira viva. Com o correr dos anos, algumas reformas foram efetuadas para sua melhor conservação. No início dos anos de 1970, nos trabalhos de conservação, foi retirado o piso de lageas de calcário avermelhado e não recolocado. Na mesma ocasião, com a abertura de loteamento no morro acima de sua localização, com as enxurradas trazendo detritos e terras, entulhando completamente o tanque, aos poucos as lavadeiras foram abandonando as ati- Nini Machado vidades. Em consequência do aumento populacional em seu redor, a poluição de suas nascentes alterou a qualidade da água, atualmente imprópria para uso. A grande esperança e expectativa de toda a comunidade josefense, para a recuperação plena de sua área e a volta de sua utilidade original, é a execução do projeto que beneficia esta autêntica relíquia do nosso passado. Nini Machado é pesquisador e historiador.

[close]

p. 10

10 Negócios Aqui Tem PRODUTOS & SERVIÇOS 2ª à 6ª BUFFET LIVRE R$ 15,00 DE 2ª À SÁBADO DAS 11 ÀS 13H30 BUFFET LIVRE E A QUILO + COPO DE SUCO (48) 3015-7462 / RUA ARTHUR MARIANO, 1054 - FORQUILHINHAS São José, 20 de outubro de 2017

[close]

p. 11

São José, 20 de outubro de 2017 Cidades 11 EM SÃO JOSÉ CARRO DA CÂMARA 1ª edição do Liquida Tudo nos Bairros O evento será de sexta a domingo no Ginásio Municipal de Areias Devido ao grande sucesso da Mega Liquidação de São José, a Prefeitura de São José promoverá a 1ª edição do Liquida Tudo nos Bairros com o objetivo de fomentar a economia do município e valorizar o comércio local. O primeiro evento será nesta sexta, sábado e domingo, das 10h às 22h, no Ginásio Municipal João Martins, em Areias. Cerca de 30 comerciantes do bairro já confirmaram presença e vão expor durante os três dias produtos como roupas, sapatos, acessórios, artesanatos com desconto de até 70%. A entrada é gratuita e o público poderá aproveitar a gastronomia dos Food Trucks que estarão estacionados no entorno do ginásio, localizado na Rua Francisco Jacinto de Melo. A Prefeitura de São José, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação, criou a parceria com os comércios locais do bairro para que os moradores possam comprar produtos locais, valorizando e fomentando os pequenos negócios de São José. O evento con- ta ainda com o apoio da CDL-SJ. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen, a primeira edição do evento é um projeto piloto para avaliar a demanda e garantir que as comunidades participem do evento. “Se a avaliação dos participantes for positiva vamos levar para outros bairros do município”, antecipa o secretário. SERVIÇO O quê: Liquida Tudo nos Bairros Quando: 20, 21 e 22 de outubro, das 10h às 22h Onde: Ginásio Municipal João Martins Rua Francisco Jacinto de Melo - Areias Entrada: Gratuita 11ª Região de Polícia Militar completa oito anos de atuação A 11ª Região de Polícia Militar (RPM), com sede no Kobrasol, completa nesta sexta-feira (20/10) oito anos de atuação na região. A unidade engloba o 7º Batalhão de Policia Militar (BPM), 16º BPM, 24º BPM e a Guarnição Especial de Santo Amaro da Imperatriz (GESA), cobrindo doze municípios da Região Metropolitana de Florianópolis, com exceção da Capital. Hoje a 11ª RPM tem no efetivo duas agentes temporárias, dezessete praças e três oficiais. O trabalho da 11ª RPM, além da fiscalização e integração das unidades subordinadas, busca ter um conta- to mais direto com a população em programas como a Rede de Vizinhos e também voltada para o lado acadêmico. A proximidade com a USJ(Universidade Pública e Gratuita de São José) tornou possível uma parceria que resultou na criação do Observatório de Segurança Pública. QUEIMADO Vereadora Sandra Martins (PSDB) em São José, que é da Comissão de Obras na Câmara, teve que interromper a visita a algumas obras nesta terça-feira (17/10). Motivo: de repente, ao circular na Vila Formosa, começou a sair uma fumacinha no motor do Ford Fiesta que usava. Quando o motorista abriu o capô, a fumacinha já era fogo, mas conseguiu dominar com o extintor. A seguradora está fazendo uma perícia para determinar a causa do incêndio. Divulgação/CSC CONCURSO As inscrições para o concurso público, em âmbito nacional, para o preenchimento de vagas nas áreas de Segurança e Medicina do Trabalho seguem abertas até dia 5 de novembro. Organizado pelo IADES, o certame abrange o preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva para todas as unidades da federação, com exceção do Mato Grosso, para os cargos de auxiliar de Enfermagem, técnico de Segurança do Trabalho, enfermeiro, engenheiro e médico. As inscrições deverão ser realizadas somente pela internet, no site da organizadora do concurso. ASSOCIAÇÃO AMIGO DOWN EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL A Associação Amigo Down convoca reunião de Assembleia Geral, que se realizará no dia seis de novembro de dois mil e dezessete, na sede social, sita na Rua Nove de Julho nº 900 – Bairro Ipiranga, na cidade de São José, às 14 horas, com a presença de 2/3 (dois terços) dos associados e em segunda convocação às 14 horas e trinta minutos com qualquer número, sendo obrigatória a presença mínima dos administradores eleitos e empossados no cumprimento de suas prerrogativas, para aprovação de três nomes para sócio benemérito da Associação. São José/SC, 16 de outubro de 2017. ELIZABETH GOMES ANDRADE Presidente Casa de Apoio Liberdade faz evento para custear padaria e marcenaria O processo de desintoxicação de uma pessoa com dependência química é só mais um passo num ciclo de reinserção na sociedade, que muitas vezes é incompleto. Ao sair de um espaço de reabilitação, o cidadão em vulnerabilidade social acaba com poucas oportunidades na vida e o retorno ao vício é um caminho fácil. A Casa de Apoio e Liberdade é uma referência neste sentido de recuperação, e que agora preten- de aprimorar seus trabalhos. A instituição fará em 12 de novembro um almoço beneficente para arrecadar subsídios para a a construção de uma padaria e de uma marcenaria, a fim de colaborar com a reinserção dos acolhidos. “Percebemos que após o tratamento os rapazes que na maioria não tem família acabam voltando para as ruas por não ter para onde ir, dificultando desta forma a possibilidade de um em- prego formal pela falta de endereço fixo”, diz Caríssimo Júnior, produtor parceiro da Casa de Apoio Liberdade. Com a implantação das oficinas padaria e marcenaria, a Casa poderá contratar os acolhidos temporariamente e mantê-los sem custo algum. Para que possam dar continuidade na evolução do processo em sua recuperação, precisam sair da Casa de Apoio Liberdade com recursos para as necessidades básicas, mora- dia e reintegração social. O almoço será às 10h no sítio da Comunidade Terapêutica, no Rio Tavares, em Florianópolis. O evento terá como atrações musicais a cantora Isadora Porto e o cantor sertanejo Rodrigo Barreto. Além de espaço kids, haverá exposição de roupas do brechó da instituição e moveis feitos pelos acolhidos. Os ingressos limitados custam R$ 50 e podem ser adquiridos no site da instituição: casadeapoioliberdade.org.br LIGUE E ANUNCIE (48) 3241-1252 comercial@correiosc.com.br

[close]

p. 12

12 Lazer PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL Doença da qual um dos sintomas é o chiado no peito Deserto africano Pintor ou ator Pouco profundas Concórdia "As (?) primeiro!", frase do homem cortês Lustrador de sapatos Substância extraída de algas Satélite (abrev.) Nada (gíria) Opção em cada postagem no Facebook Vagarosa; demorada Tipo de poço BANCO 3/boy — per. 4/ágar — cent — opep — spin. 5/spray. Lanche rápido feito de cereais (?) Casoy, jornalista Gabiru (Zool.) Inspiração de poetas Vence a Corrida Espacial contra os russos, nos anos 60 Girar, em inglês Tribunal eleitoral Ente Ofício de Laura Müller Objeto de pau, na casa do ferreiro (dito) Parceiro do Gordo, no Cinema Apêndice de absor- ventes femininos Garoto, em inglês Cartão de apostas (?) a Deus, preceito religioso O feitio do mamão Centavo, em inglês Cartel do petróleo sediado em Viena Varredor de ruas Marcelo (?), humorista Museu do (?), postal de Havana Local de prática de equitação Região mais alta do mundo, na Ásia (?) de pimenta, recurso policial Acusada em juízo Diâmetro (símbolo) 3,1416 (Mat.) Ramo de videira Renda (?) capita, item de censos Sigla pintada nos veículos da ONU 57 Solução RASAS SER O D T E P ER S E ENGRAXA T E AGAR BOY H R OVAL P I OPEP NECA GAR I COME N T A R S L E N T A RUM ARTES I ANO S O L M A PAZ A D SAT São José, 20 de outubro de 2017 C CINEMA Horários de sábado (21/10) há 30 anos. Itaguaçu: 21:00 (Dub) Continente Park: 20:15 (3D, Leg) Via Catarina: 21:00 (Dub) AS AVENTURAS DO CAPITÃO CUECA - O FILME •Duas crianças travessas hipnotizam o malvado diretor do colégio em que estudam e transformam-no no bondoso e elástico Capitão Cueca. Itaguaçu: 13:50 15:40 (Dub) Continente Park: 13:40 15:45 18:00 (3D, Dub) Via Catarina: 14:10 16:00 (Dub) TEMPESTADE: PLANETA EM FÚRIA • Um criador de satélites precisa trabalhar em parceria com o não muito querido irmão para impedir que uma tempestade de proporções épicas destrua o planeta. Continente Park: 16:20 17:45 20:45 22:00 (3D, Leg) | 13:50 19:00 (3D, Dub) Via Catarina: 17:00 21:20 (3D, Dub) | 14:40 19:10 (Dub) A MORTE DÁ PARABÉNS •Uma mulher é assassinada e fica presa em um ciclo vicioso entre vida e morte. Ela deve resolver o mistério de seu próprio assassinato, ressucitando várias vezes até descobrir quem foi o responsável pelo crime. Só quando ela compreender o que causou sua morte, pode conseguir escapar de seu destino trágico. Itaguaçu: 17:30 19:30 21:30 (Dub) Continente Park: 14:15 19:45 (Dub) | 17:15 22:15 (Leg) Via Catarina: 17:50 19:40 21:30 (Dub) ALÉM DA MORTE • Cinco estudantes médicos iniciam uma experiência para descobrir o que há depois da morte, esperando conseguir renome dentro da área. Ao parar seus corações por curtos períodos de tempo, eles disparam uma experiência de quase-morte. Mas logo eles são forçados a confrontar os pecados de seus passados enquanto a investigação se torna perigosa e paranormal. Continente Park: 13:30 16:00 18:30 21:00 (Leg) Via Catarina: 14:40 17:00 19:10 21:20 (Dub) BLADE RUNNER 2049 •Trinta anos após os acontecimentos do primeiro filme, a humanidade está novamente ameaçada, e dessa vez o perigo pode ser ainda maior. Isso porque o novato oficial K (Ryan Gosling), desenterrou um terrível segredo que tem o potencial de mergulhar a sociedade no completo caos. A descoberta acaba levando-o a uma busca frenética por Rick Deckard (Harrison Ford), desaparecido PICA-PAU: O FILME •O travesso Pica-Pau está metido em mais uma de suas insanas brigas por território. Os inimigos da vez são o vigarista Lance Walters (Timothy Omundson) e sua namorada Vanessa (Thaila Ayala). Precisando de dinheiro, eles estão determinados a construir uma extravagante mansão na floresta e lucrar com sua venda, mas Pica-Pau também mora no terreno e não pretende deixá-los em paz. Continente Park: 14:45 16:45 19:15 (Dub) Via Catarina: 14:00 15:40 17:20 19:00 (Dub) COMO SE TORNAR O PIOR ALUNO DA ESCOLA •‘Como se Tornar o Pior Aluno da Escola’ traz os jovens Bruno Munhoz e Daniel Pimentel como os estudantes Bernardo e Pedro, respectivamente, que se veem divididos entre as obrigações escolares, a necessidade de tirar boas notas e ter bom comportamento, e a falta de propósito em cumprir todas as normas de uma escola que adota medidas cada vez mais politicamente corretas graças ao diretor Ademar (Carlos Villagrán). Após momentos de frustração, Pedro encontra no banheiro do colégio um diário contaminado com dicas para instaurar o caos na escola sem ser notado. O caderno levará os garotos para uma jornada que pode despertá-los ou arruiná-los para sempre. Itaguaçu: 14:00 16:00 Continente Park: 14:30 17:00 19:30 22:30 I IMAGEM DA SEMANA FCEE/Divulgação/CSC ART I STA BT SAARA SP I N BRONQU I TE BMC H HORÓSCOPO Peixes de 20/02 a 20/03 - Saiba aproveitar da felicidade que estes dias podem trazer á sua vida. Seja firme, não desanime ao primeiro obstáculo. A saúde é boa em geral, porém não abuse das suas forças. Escorpião de 23/10 a 21/11 - Se pretende mudar de vida é hora de tomar decisões. Dias conflituosos em que será levado a tomar posições radicais. Sua autoconfiança estará exacerbada, procure o equilíbrio. Câncer de 21/06 a 21/07 - Preste mais atenção á sua intuição. Se gosta de jogar este é o momento para agarrar um golpe de sorte. Cuidado com as suas finanças, juros ou outros encargos. Procure ser realista. Aquário 21/01 a 19/02 - Se não está comprometido vá direto ao assunto. No plano profissional e material: toda a energia positiva que o cerca o levará a fazer algumas mudanças. Dedique mais tempo ao lazer. Libra de 23/09 a 22/10 - Maior satisfação em obter progresso a nível profissional que em termos afetivos. Vai se sentir com um forte poder de decisão. Na saúde: tenha atenção com o seu aparelho respiratório. Gêmeos de 21/05 a 20/06 - Poderá ter o anúncio de uma proposta associativa que o levará a projetar-se profissionalmente. Viagens de negócio estarão protegidas. Momentos de ansiedade. Yoga seria benéfico. Capricórnio de 22/12 a 20/01 - Os seus amigos mais chegados manifestarão grande simpatia e respeito pela sua pessoa. Prevê-se uma forte estabilidade financeira. Na saúde: pratique exercício físico regular. Virgem de 23/08 a 22/09 -Os seus relacionamentos pessoais serão envoltos em reações fogosas e apaixonadas. Não cultive a insatisfação. Apaixone-se de novo pelo seu trabalho. Atividades ao ar livre, relaxe. Touro de 21/04 a 20/05 - Para não correr o risco de ser manipulado, reflita um pouco antes de iniciar uma nova relação amorosa. Este é um período propício a ganhos extras. Tenha cuidado com a obesidade. Sagitário de 22/11 a 21/12 - Esteja atento. Poderá encontrar sinais que indicam uma traição por parte de algum familiar. Não hesite em pedir opinião a terceiros. O mau estar dificilmente será ultrapassado. Leão de 22/07 a 22/08 - Observe o que se passa na sua atividade profissional e tome as melhores decisões. Relaxe e aproveite os momentos bons. Não se afaste das linhas de conduta traçadas por você. Áries de 21/03 a 20/04 - A competência e experiência serão fundamentais para atingir o êxito profissional. Fortes paixões. Não tome por certo acordo firmado com base apenas verbal. Alguma instabilidade. Inclusão: a Fundação Catarinense de Educação Especial volta com o curso de capoeira para pessoas com deficiência a partir de 24/10

[close]

p. 13

São José, 20 de outubro de 2017 13 Protestos O Botafogo veio a Florianópolis como um dos grandes clubes do futebol brasileiro em busca dos três pontos contra o Avaí. Após malograr a sua torcida diante daquilo que eles achavam que iriam conquistar, o time do Botafogo foi recepcionado na cidade maravilhosa sob protestos de um grupo de torcedores. Jogando pouco O Avaí enfrentou o Botafogo com o intuito de espantar a má fase e restaurar uma nova sequência de bons resultados dentro da Ressacada. Tudo ia muito bem até que nos acréscimos o alvinegro carioca conseguiu o empate. Foi um jogo para comprovar que ambas as equipes caminham por objetivos diferentes. Enquanto o Fogão pleiteia uma vaga na Copa Libertadores, o Leão continua brigando para fugir da maldita zona. Ainda não foi desta vez Para permanecer num campeonato de pontos corridos é necessário marcar o maior número de pontos na casa do adversário. O Figueirense, que até então vem maculando a sua imagem nesta Série B, não pode confiar que permanecerá na segundona brasileira conquistando apenas jogos em seu reduto, o Scarpelli. Claro, o cenário desenhado nesta terça-feira (17/10) era desfavorável ao time de Milton Cruz contra um adversário em recuperação. Mas precisavam jogar tão mal assim? Fora de casa O problema do Figueirense são os desastres que o time faz fora de casa. É a falta de uma boa sequência de vitórias para trazer um pouco mais de alento ao seu pobre torce- Divulgação/CSC dor. Eu ainda não consegui entender o porquê da colocação de Renan Mota no banco de suplentes. Justamente ele que foi o grande destaque do Figueira na vitória diante do Santa Cruz. No futebol tem coisas difíceis de serem explicadas. No Uberlândia O goleiro, ex- Flamengo, Vitória, Corinthians, Braga (Portugal) e que por aqui também passou defendendo a meta alvinegra, foi apresentado nesta quarta-feira (18/10) como grande contratação no Uberlândia Esporte Clube. Felipe, agora com 33 anos, estava sem clube desde o final do campeonato carioca de 2016. O bom goleiro chega para trazer experiência ao time mineiro. Tá ficando fácil Pelo visto os clubes deste Brasileirão estão mesmo decididos a passar às mãos do Corinthians a taça de campeão deste ano. O Timão vem tropeçando com assiduidade neste segundo turno e os seus opressores vão também conquistando resultados negativos. O bom time do Santos, que tinha tudo para fazer uma perseguição mais acirrada, deslizou no Pacaembu justamente contra um sério candidato ao rebaixamento. O torcedor corintiano só tem que agradecer. Professor Se tem uma coisa que eu não consigo entender é as pessoas chamarem a maioria dos treinadores de futebol de professor. Tem uns que nem diploma tem, e mesmo assim são chamados de “professor”. Conheço alguns que possuem diplomas acadêmicos. O Tite (foto), por exemplo, é formado em Comunicação. Mas a grande maioria dos “professores” que por aí andam não possuem estudo, não fizeram curso e não têm um diploma acadêmico pendurado na parede. Só no Brasil. BRASILEIRÃO - SÉRIE A 30ª RODADA 21/10 - SÁBADO - 17:00 Vasco X Coritiba 22/10 - DOMINGO - 17:00 Santos X Atlético-GO São Paulo X Flamengo Cruzeiro X Atlético-MG Atlético-PR X Sport Grêmio X Palmeiras Bahia X Vitória 22/10 - DOMINGO - 19:00 Ponte Preta X Avaí Chapecoense X Fluminense 23/10 - SEGUNDA - 20:00 Botafogo X Corinthians BRASILEIRÃO - SÉRIE A Clube 1º Corinthians 2º Grêmio 3º Santos 4º Palmeiras 5º Cruzeiro 6º Botafogo 7º Flamengo 8º Vasco 9º Atlético-MG 10º Fluminense 11º Chapecoense 12º Bahia 13º Atlético-PR 14º São Paulo 15º Sport 16º Vitória 17º Ponte Preta 18º Coritiba 19º Avaí 20º Atlético PG J V E D GP GC SG 59 29 17 8 4 39 18 21 50 29 15 5 9 42 23 19 49 28 13 10 5 30 19 11 47 28 14 5 9 41 30 11 47 29 13 8 8 35 25 10 44 29 12 8 9 37 31 6 43 28 11 10 7 36 26 10 42 29 12 6 11 30 38 -8 38 29 10 8 11 33 35 -2 38 29 9 11 9 39 38 1 35 29 10 5 14 34 43 -9 35 28 9 8 11 36 35 1 35 28 9 8 11 32 34 -2 34 29 9 7 13 37 42 -5 34 28 9 7 12 34 40 -6 33 28 9 6 13 35 42 -7 32 28 8 8 12 29 36 -7 31 29 8 7 14 27 37 -10 31 29 7 10 12 18 34 -16 26 29 7 5 17 28 46 -18 Cartão Rosa Para a prefeita Adeliana Dal Pont, que preferiu não gastar com a iluminação decorativa para o Outubro Rosa. Ao invés disso a prefeita partiu para uma ação efetiva: destinou os recursos para zerar a fila de exames de mamografia em São José. Cartão Vermelho Para esta política instaurada no Brasil, que vive a banalização do ridículo. Esta cacalhada parece ter perdido qualquer noção do ridículo. Estamos submersos no que podemos chamar de cultura do sarcasmo, que para eles parece ser uma coisa normal. Pobre é igual a barbante... quando não está esticado, está no rolo. PENSAMENTO DO BAMBI Quem vem arrasando nas noites sertanejas é o bom sanfoneiro Pedro Oliveira, junto a Evandro Marques, figura conhecida da cena musical em Santa Catarina. A coluna deseja muito sucesso a você, Pedrinho.

[close]

p. 14

14 São José, 20 de outubro de 2017 Andrezinho contato@correiosc.com.br - 3241-1252 Divulgação/CSC Essa semana eles completaram 19 anos de matrimônio, nossos amigos Maurício Kremer e Mércia Rachadel. Duas pessoas do bem, que merecem um registro. Salve-se quem puder Essa semana, em pleno meio-dia, uma moça (eu conheço e sei onde mora, por isso não irei dizer o nome, mas se alguém da área de segurança quiser conhecê-la, é só me ligar, mas acho que não irão fazer isso) estava no ponto de ônibus no Kobrasol, em frente à Delegacia da Mulher, na espera do ônibus, e percebeu que dois marginais pararam uma moto e ficaram na sua campana. Ela então atravessou a rua e se deslocou à frente da delegacia e a dupla percebeu que ela havia desconfiado, então passaram de moto e lhe disserem que iriam assaltá-la na maior cara de pau, na frente de uma delegacia em plena hora do almoço. Isso já virou rotina em todas as cidades e cada dia que passa escutamos mais relatos, principalmente com mulheres. O que nos deixa indignados é que não vemos nenhuma ação para coibir esses crimes, e muitas vezes quando são presos, saem primeiro que o policial da delegacia. Por isso que a morte virou um apelo por inúmeras pessoas, e é triste alguém dizer que fica feliz quando um assaltante morre, mas esse é o sentimento hoje das pessoas. É por essas e outras que o deputado federal Jair Bolsonaro, capitão da reserva do Exército, está na boca de mais de 30% da população brasileira, e se nada der errado, não tenho dúvidas que será o futuro presidente do país. Divulgação/CSC As peças raras que comemoram aniversário no último sábado no Bar do Foca, em Campinas, São José. Marquinho Almeida e Valentino Bastos, reuniram os amigos para brindar mais uma primavera. Parabéns da coluna. Pensamento da semana Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles que gostam. Descuido Só para deixar você que trafega pelas pontes Colombo Salles (1975) e Pedro Ivo (1991), com uma pulga trás da orelha, você lembra de ter visto algum trabalho de manutenção onde circulam mais de 190 mil veículos por dia? É visível sua deterioração, e em 2014, o então juiz Luiz Antônio Zanini Fornerolli determinou que o governo do Estado apresentasse um plano de recuperação, mas até hoje, nada. Quem sabe assim que elas ficarem sem condições de uso, igual a Hercílio Luz, eles tomem uma atitude. Os responsáveis por isso são o governador Raimundo Colombo e o presidente do Deinfra, engenheiro Wanderley Agostini, que em 2018 estarão por aí pedindo votos. “Frase” “Quando eu deixar a Presidência vou continuar morando no mesmo apartamento, na mesma distância do sindicato que me projetou na política (chorando) e o que vai mais me dar orgulho é que vou poder acordar de manhã e olhar para qualquer trabalhador e dizer para ele ‘bom dia, companheiro”. Luiz Inácio Lula da Silva – expresidente denunciado e já condenado em um processo na Lava Jato. Fato Não causou nenhuma estranheza o voto dos nossos senadores Dário Berger, Dalírio Beber e Paulo Bauer a favor de Aécio Neves. Esse é jogo político lá em Brasília, quem pode mais, chora menos. Marco Gonçalves/Divulgação/CSC Nossa gata da semana é a passista da escola de Samba Coloninha, Danubia Gonzaga, 18 anos, iniciando sua carreira na escola. Essa semana ela fez um ensaio para o fotógrafo Marcos Gonçalves, e já conquistou elogios de profissionais da área Fazendo o bem Sob o comando do mestre Fabrício Barni, do Meu Cantinho, já estão confirmados todos os 90 risoteiros que estarão por dois dias preparando deliciosos pratos no 8º Risoto Solidário, em prol do Núcleo Espírita Nosso Lar, que acontece nos dias 8 e 9 de novembro, no Centro de Eventos Petry, em Biguaçu. Nos últimas edições passaram mais de 5 mil pessoas, e neste ano eles esperam mais, pois o Núcleo tem mais de 120 mil atendimentos/ano. E sua participação é fundamental, organize uma turma e venha prestigiar esse grande evento. Direito de resposta “Recebemos da CUT/SC a resposta à pergunta que fizemos junto ao comentário nesta coluna no dia 29 de setembro do corrente, referente a atuação de dois funcionários públicos do Estado do RS atuando na CUT/SC. Segundo a direção da CUT/SC, os dois funcionários são diretores do Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região, cuja liberação para a atuação no movimento sindical, assim como de todos os/as diretores/as dos sindicatos de trabalhadores/as nos bancos públicos e privados do país, é assegurada em ampla negociação nacional feita entre a organização nacional e representante dos trabalhadores e a organização nacional representante dos empregadores, os bancos, a saber CONTRAF (trabalhadores) e FENABAM (empregadores-bancos). Portanto, resultado de um processo democrático, de diálogo e negociações. Dessa forma, corrigimos, também, o comentário de que se trata de “golpistas”, pois além de estarem no exercício de uma conquista que fora resultado de uma negociação dentro do que prevê a legislação nacional, os mesmos atuam de forma transparente e sob a proteção da Convenção Coletiva de Trabalho Aditiva 2016-2018 estabelecida entre os Sindicatos de Trabalhadores de SC e o Sindicato dos Bancos nos Estados do Rio Grande do Sul e SC, firmada na data de 09 de dezembro de 2016, a partir da Convenção de Trabalho 2016-2018 entre a CONTRAF e FENABAM, firmada em 13 de outubro de 2016, na cidade de São Paulo, ambas devidamente registradas no Ministério do Trabalho”. Florianópolis, 10 de outubro de 2017. Anna Julia Rodrigues – Presidenta da CUT/SC Cotada É notável que o discurso e postura da prefeita Adeliana Dal Pont mudou de dias para cá. Já está aparecendo mais nas redes sociais, inaugurando algumas obras, viajando bastante e dizem que é dada como certa sua campanha a deputada federal, pelo PSD. Vejo que ela tem chances de conquistar uma cadeira em Brasília, pois seu partido não terá nenhum candidato na Grande Florianópolis, e tão pouco teremos candidatos com nomes fortes na região. Adeliana tem tudo para reescrever a história de seu padrinho político, o ex-deputado federal Gervásio Silva, que em sua primeira campanha depois de ser prefeito de São José, saiu vencedor. Série B O nível da competição é tão ruim que já tem três times praticamente rebaixados: ABC, Náutico e Santa Cruz. São dados como certo na Série C, ok? Daí, resta uma vaga de degola entre Boa Esporte, CRB, Figueirense, Guarani e Luverdense. Uma pra cinco. Mini Oktober no Itaguaçu Durante essa semana o Beto Martiny, da Martiny Grelhados, do Shopping Itaguaçu, promoveu duas noites alemãs com comidas e bandas típicas e chopp cortesia, na praça de alimentação, e colocou todos os funcionários vestidos com a típica roupa alemã. Centenas de pessoas passaram e elogiaram, pois para aqueles que gostam e não conseguem se deslocar até a região das festas, puderam sentir um pouco da alegria das festas típicas.

[close]

p. 15

São José, 20 de outubro de 2017 Gente redacao@correiosc.com.br Daniel Oliveira/Secom/PMSJ/Divulgação/CSC 15 Albano Aquino/CSC OUTUBRO ROSA A prefeita Adeliana e o vice-prefeito Neri Amaral reuniram o colegiado para reforçar a Campanha do Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama. Neste ano, a Prefeitura optou em não iluminar a cidade com a cor alusiva da campanha para destinar todos os recursos possíveis para o Mutirão de Exames, que irá realizar cerca de 2 mil mamografias. Neste sábado (22/10), as unidades de saúde estarão mobilizadas no Dia D do Outubro Rosa, com várias ações e atividades para a população. JOVENS E LUZ Grupo de Jovens Núcleo de Luz juntamente com o grupo da evangelização infantil do Centro Espírita Manoel Francisco da Luz, com sede em Capoeiras, Florianópolis, em parceria com as casas espíritas Caminho de Luz da URE 14, Amor e Humildade do Apóstolo, SEEDE e o Grupo Espírita Novos Samaritanos da URE 1, realizou em 8/10 a 2ª Mostra Cultural Espírita, com o tema Tributo a Chico Xavier. O evento foi promovido pelo Departamento Família e Evangelização com a coordenação de Ana Carolina França e participação das evangelizadoras Thais, Raquel, Carla, Kátia e Denise, além dos pais dos jovens e crianças. Foi uma tarde incrível. Albano Aquino/CSC Divulgação/CSC NA 25 Pai, sobrinho e filho: Miguel Torquato, com o sobrinho Thiago e o filho Alexandre Torquato, em dia de compras em São Paulo, na rua mais tradicional e mais conhecida do pais, a 25 de Março. Divulgação/CSC WORKSHOP DE FOTOGRAFIA Susi Beaxter Seaitz (C), de Curitiba, esteve em São José nesta quarta-feira (18/10) para workshop e escolheu o Centro histórico para registrar esse momento. A Moment Design oferece ferramentas que transformam os ensaios fotográficos, criando uma experiência única e momentos profundos a serem retratados. Muita ostra Prestigiando a Fenaostra, em Floripa, os amigos Nadia Mattos e Andrezinho Fco (D) com Gladis Terezinha Pittol e Edson João, no último sábado.

[close]

Comments

no comments yet