jornal_correio_SC_ed803

 

Embed or link this publication

Description

jonal correio de SC ed 803

Popular Pages


p. 1

www.correiosc.com.br / facebook.com/correiosc SEMANAL Tiragem: 5 mil exemplares São José, 6 de outubro de 2017 JORNAL DA REGIÃO METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS Ano XVIII - Nº 803 EM SÃO JOSÉ Estimativa de receita para 2018 é de R$ 913 milhões PÁGINA 11 RESGATE HISTÓRICO Albano Aquino/CSC Vereadores apontam caminhos para ajudar famílias em situação de risco PÁGINA 9 Divulgação/CSC O ministro interino do Turismo, Alberto Alves, em reunião nesta quarta com a prefeita Adeliana Dal Pont e o secretário de governo, Lédio Coelho Ministro garante recursos para reforma do Theatro Adolpho Mello PÁGINA 16 Padre Justino, entre muitas obras construiu a igreja dos Sagrados Corações, em Barreiros, com projeto de Oscar Niemeyer, terá um busto encomendado pelo vereador Orvino Coelho de Ávila na obra do artista plástico Plínio Verani, homenagem a quem dedicou parte de sua vida ao desenvolvimento de São José. PÁGINA 3 SC vive Festas de Outubro PÁGINA 8 Feira da Freguesia PÁGINA 16

[close]

p. 2

2 São José, 6 de outubro de 2017 P L DOCUMENTOS HISTÓRICOS RIMEIRA INHA Divulgação/CSC Obras do acervo pessoal do vereador Túlio Maciel serão doadas ao Museu de SJ Vereador André Guesser: “Não é justo tomarmos posse e entrarmos em recesso” Vereador propõe um ano sem recesso É o que pretende o Vereador André Guesser com os projetos de Emenda à Lei Orgânica do Município 04/2017 e de Resolução 10/2017. Atualmente, o vereador toma posse em 1º de janeiro, no entanto, as atividades legislativas só começam a partir de 1º de fevereiro. O objetivo da Proposta é fazer com que a Câmara Municipal de São José inicie seus trabalhos contando com a realização das sessões plenárias a partir da sessão solene de instalação no primeiro ano de cada legislatura, tendo em vista que o vereador assume sua função no dia 1° de janeiro, e recebe sua renumeração integral no fim do mês, verba esta que é baseada no número de sessões a qual se faz presente. André acredita que esta é uma distorção, pois todo trabalhador precisa de 1 ano de carteira assinada para então poder gozar de férias. “Não é justo tomarmos posse e entrarmos em recesso, que é como se fosse as férias do legislador”, afirma Guesser, lembrando também que o poder executivo inicia os trabalhos em janeiro, por isso é importante que a Câmara inicie a partir desta data. Outro ponto levanta- do pelo parlamentar é que o recesso acontece também por se tratar de um vício dos poderes legislativos, como se o primeiro ano de cada legislatura fosse uma continuidade da legislatura passada. “Independente se o vereador é reeleito, como numa empresa, ao término de uma legislatura é como se ele fosse demitido e então readmitido para a nova legislatura. Na justificativa de ambos os projetos, é destacada ainda a possibilidade de ampliação e celeridade aos trabalhos legislativos, além de proporcionar agilidade na familiarização com as atividades pertinentes à vereança aos novos detentores de cargos eletivos. “Certamente, com a aprovação desta alteração, nós vereadores poderemos colaborar ainda mais com o Município de São José, trabalhando efetivamente desde o primeiro dia da legislatura, com a realização das sessões, apreciando matérias, discutindo a cidade e suas demandas”, conclui André Guesser. Assinam os projetos os vereadores: Jair Costa, Alexandre Rosa, Antônio Lemos, Caê Martins, Gilmara Bastos e Reinaldo Neckel. A Câmara de Vereadores de São José doará ao Museu Histórico de São José dois documentos históricos entregues pelo vereador Túlio Maciel (PSC) e seu sobrinho Constâncio Krummel Maciel Neto à presidência da Casa. Trata-se de um mapa topográfico, do ano de 1872, da Província de Santa Catarina, além de uma planta do Projeto de Casas Econômicas desenhadas, em 1913, pelo eng° Constâncio Krummel, bisavô de Túlio, que era Diretor da Cia Colonizadora Catharinense. Ambas eram usadas como modelo padrão, em todo o Estado, para assentar as famílias Divulgação/CSC Vereador Túlio Maciel indica aos colegas Orvino Coelho de Ávila, Moacir da Silva e Michel Schlemper as assinaturas no mapa histórico dos colonos. (Além de Constâncio Krummel outro ilustre engenheiro assinou o documento, que foi reportagem do Correio de Santa Catarina da semana passada: Emilio Odebrecht.) O parlamentar, que também é engenheiro, diz estar orgulhoso do trabalho desenvolvido por seu antepassado e que os documentos podem ser usados para conhecer melhor a história do nosso estado. “Estes documentos serão doados ao Museu Histórico de São José para que possam ser utilizados como fonte de informações aos que buscam conhecer mais a fundo a história de Santa Catarina”, destacou o vereador Túlio Maciel. Já o presidente do Legislativo, vereador Orvino Coelho de Ávila (PSD), salientou a satisfação em repassar o mapa e a planta ao Museu. “Como representante dos interesses da comunidade, a Câmara terá o prazer de ajudar a qualificar ainda mais o acervo da entidade josefense”. CÂMARA APROVA CRÉDITO ADICIONAL PARA SJ PREV Amparado pela lei que instituiu a segregação de massas no regime próprio dos servidores municipais, a Câmara de Vereadores aprovou (27/9) em duas discussões a abertura de crédito adicional especial no orçamento da São José Previdência no valor de R$ 8.540.000. Com segregação de massas, os servidores foram divididos em dois grupos: o financeiro, para quem ingressou no serviço público até 31/12/2007; e previdenciário, para quem entrou depois desta data. O enquadramento ao Plano Financeiro será pago integralmente pela São José Previdência, enquanto o Previdenciário poderá ter seu custeio complementado pela Prefeitura, garantindo assim a contribuição para a aposentadoria entre todos os servidores. Alguns vereadores solicitaram, ainda na primeira discussão, um parecer do Conselho Administrativo da Autarquia, que foi anexado ao projeto e encaminhado (27/9) aos parlamentares, conforme informou o presidente da Câmara, Orvino Coelho de Ávila (PSD). A inclusão do documento foi elogiada. Sanderson de Jesus (PMDB): “É importante aprovar algo que possa ser substanciado. Com o aval do Conselho Administrativo podemos mostrar à sociedade nosso voto em- basado no parecer técnico”. Vereadores Clonny Capistrano (PMDB) e Roinoldo Neckel (DEM) debateram o papel do sindicato dos servidores na discussão. Alertado pelo peemedebista, o vereador Roinoldo destacou que, segundo a direção da São José Previdência, o sindicato não está a par, por optar em não fazer parte do Conselho de Administração da entidade. No entanto, Clonny ressaltou a importância do debate. “Os servidores precisam receber suas aposentadorias, por isso meu voto será favorável”, explicou. Vereador Michel Schlemper (PMDB): “A São José Previdência faz um grande trabalho, mas deveria ser independente administrativa, contábil e financeiramente por não depender da prefeitura para enviar à Câmara projetos tão importantes”. Já o vereador Antônio Lemos (PMDB) elogiou a gestão comandada pelo presidente Constâncio Krummel Maciel Neto. “A São José Previdência tem feito um excelente trabalho e por isso vamos aprovar esta matéria importante para o bom andamento da autarquia”, finalizou. A prefeita Adeliana Dal Pont sancionou o PL um dia (28/9) depois do legislativo aprovar o projeto em reunião realizada na sede da prefeitura de São José. Vereador Clonny Capistrano Vereador Sanderson de Jesus Vereador Antônio Lemos Vereador Roinoldo Neckel Vereador Michel Schlemper Fundado em 19 de março de 2000. Diretor-editor Belmiro Sauthier Comercial Albano Aquino Edilton Maranhão Pedro Clasen Reportagem Lucas Cervenka Editoração e Arte Ronaldo de Moura Ferro ronaldoferro@gmail.com Tiragem semanal: 5 mil exemplares Circulação: Grande Florianópolis EXEMPLAR GRATUITO Artigos e colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do jornal. Correio de Santa Catarina é uma publicação da CSV Editores Associados Ltda. Endereço para correspondência: Rua Coletor Irineu Comelli, 225 Centro Histórico - São José - SC. CEP: 88103-050. Fone: (48) 3241-1252. e-mail: redacao@correiosc.com.br / comercial@correiosc.com.br

[close]

p. 3

São José, 6 de outubro de 2017 Cidades 3 RESGATE HISTÓRICO EM SÃO JOSÉ Padre Justino será homenageado com busto Junto com Dona Laura, trabalho na Igreja de Barreiros transformou a região O padre Jacobus “Justino” Corstjens receberá uma homenagem tardia da cidade de São José. Justino, falecido em 1995, esteve por 25 anos à frente da Igreja de Barreiros, onde fez um grande trabalho social e pioneiro na região, auxiliado por Maria Laura Extekötter de Souza. Dona Laura e o presidente da Câmara de Vereadores, Orvino Coelho de Ávila, que em 2008 bancaram a vinda dos restos mortais da Holanda para sepultamento em Barreiros, agora prestam mais um reconhecimento ao encomendar ao artista plástico Plínio Verani a modelagem de um busto de Justino, que será instalado no pátio da igreja. A HISTÓRIA DE JUSTINO Quando praticamente só haviam nogueiras para confecção de sabão na região de Barreiros, Padre Justino foi transferido da Paróquia de São Luís (bairro Agronômica) para São José. Era o ano de 1961, e o local seria não apenas a obra de sua vida, como sua morada de coração. “Nunca deveriam ter tirado ele de lá. Barreiros era a Jerusalém dele”, conta em entrevista Dona Laura. Nos anos anteriores, Justino havia passado por Araquari (SP), São Paulo, Patrocínio (MG) e pe- lo Rio de Janeiro, local de seu desembarque vindo da Holanda, em 1939. Sua terra natal é a cidade alemã de Mönchengladbach (1913), mas foi registrado na Holanda, onde se filiou em Bavel aos 20 anos na congregação dos Padres dos Sagrados Corações e onde tinha família. A mãe havia falecido quando Justino tinha 9 anos. A cada quatro anos retornava aos Países Baixos para visitar os seus, mas também a trabalho, com o intuito de angariar fundos para a Paróquia dos Sagrados Corações, em Barreiros. Na terceira visita à Holanda, em maio de 1964, Padre Justino arrecadou a primeira verba para a construção da Igreja. A pedido do padre, o projeto da igreja foi desenhado por um ilustre amigo do Rio de Janeiro, Oscar Niemeyer. Poucos josefenses hoje sabem da única obra do mais famoso arquiteto brasileiro na cidade, o que também motiva Plínio Verani a incluir no busto de Justino este fato, o desenho da igreja com seu autor. A OBRA SOCIAL EM BARREIROS “A primeira coisa que ele se preocupou quando chegou em Barreiros foi com a parte social”, diz D. Laura. Haviam poucas casas na região, ro- Albano Aquino/CSC O presidente da Câmara de Vereadores, Orvino Coelho de Ávila, com Dona Laura: homenagens devidas deadas de pasto. A BR- Lucas Cervenka/CSC 101, ali próxima, era pouco mais que uma rua asfaltada, e qualquer ins- tância de poder público estava muito longe de al- cançar os munícipes. Foi o trabalho de Padre Justi- no e Dona Laura dedica- do aos pobres, velhos, crianças e adultos que abraçou Barreiros e pos- sibilitou o desenvolvi- mento do local e seus moradores. Em 1961 a paróquia se resumia a uma peque- na construção de madeira já castigada. Porém, antes da igreja assinada por um renomado arquiteto, A Igreja de Barreiros, projetada por Oscar Niemeyer a pedido do amigo Padre Justino construção de posto de Albano Aquino/CSC a primeira obra que Justi- saúde, posteriormente no se dedicou foi uma deslocado. Ainda hoje, a grande casa onde pudes- igreja consegue se sus- se atender o povo. Justi- tentar grande parte devi- no acolhia, enquanto Do- do às locações do salão na Laura coordenava os paroquial construído pe- muitos cursos de corte, lo Padre Justino. A igreja costura, mecânica, elétri- foi iniciada em 1964, le- ca, datilografia, ministra- vando anos de luta por dos a quem não era habi- fundos e doações para litado em nenhum ofício. possibilitar seu término. “Se a região de Barreiros O dinheiro vinha princi- cresceu e se tornou o que palmente das viagens à é, se as pessoas conse- Holanda, onde Justino guiam empregos, era por arrecadava em sua con- causa do trabalho dele”, gregação. Os móveis e conta Dona Laura, que bancos vieram muito denão tem menos méritos pois da conclusão. Dona Artista plástico Plínio Verani está trabalhando na modelagem do busto de Justino que o padre. Laura, hoje com 78 anos, celebrações foram en- também lembra com se lembra de ir encomen- chendo, veio cada vez muita emoção e carinho TIJOLO POR TIJOLO dá-los em Ascurra. mais gente”, relata a se- do padre. “Ninguém es- Quando concluída, a nhora. Justino percorria perava que ele fosse em- nova casa saltava aos Barreiros num “jipão”, bora”, diz ela. olhos, não apenas pelas sempre em contato com Em 1995 Justino teve Com o tempo fez linhas pouco usuais a todos, como conta o pre- um derrame no aeroporto mais construções – cre- igrejas, como pelo tama- sidente da Câmara de Ve- de Amsterdã, esperando ches, escolas, casas –, nho. “Perguntavam por- readores, Orvino. o voo para o Brasil. Fale- trouxe duas congrega- quê daquilo tudo, já que ceu e foi sepultado por lá. ções para cidade, doou só umas 60 pessoas iam parte de terreno para na missa. Mas depois as UMA ESPÉCIE Porém, os que viram e participaram de seu tra- DE EXÍLIO balho aqui sabiam que Reprodução/CSC sua alma deveria retornar Em janeiro de 1986 a para onde nunca deveria congregação decidiu que ter saído. Orvino e Dona por conta da idade de Laura bancaram então Justino, 75 anos, era hora em 2008 o traslado dos de deslocá-lo para outra restos mortais. Agora fa- função, em um hospital zem mais este gesto de em Patrocínio. Contraria- homenagem, inédito, a do, foi, mas como se fos- quem se dedicou inte- se exilado. Não queria gralmente à população sair de onde fez o princi- de Barreiros. Orvino, que pal trabalho de sua vida, está bancando o busto, por 25 anos. Era muito espera até o final do ano apegado também à famí- instalar a figura na igreja lia de Dona Laura. Leva- e fazer uma celebração va as quatro crianças pa- em homenagem a Justi- ra cima e para baixo. Fá- no, um josefense de cora- Padre Jacobus “Justino” Cortjens (D) em homenagem na Holanda tima, uma de suas filhas, ção.

[close]

p. 4

4 Cidades São José, 6 de outubro de 2017 Fim de um privilégio A Câmara Municipal de São José aprovou (3/10) por unanimidade o Projeto de Lei Complementar n.º 017/2017 que altera e extingue artigos e leis visando por fim à guerra fiscal, conforme salientaram os vereadores Moacir da Silva (PSD) e Michel Schlemper (PMDB) durante o debate acerca da matéria. Trata-se de adequação à Lei Federal nº 157/2016 que, entre outros critérios, destina o imposto ao local do estabelecimento prestador. “Dessa forma, o ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) das operações de cartão de crédito, por exemplo, ficarão em São José e não mais nas sedes das empresas como Rio de Janeiro e São Paulo”, explicou o vereador Moacir da Silva (PSD). Após análise, o vereador Michel Schlemper explicou a importância da matéria já que haverá alterações em dezenas de artigos do Código Divulgação/CSC Vereador Moacir da Silva Tributário e revogação de duas leis complementares que lidam com tributos. “Uma das leis trata de incentivo fiscal para empresas médicohospitalares e a outra matéria tem relação com as micro e pequenas empresas. Ambas não podem mais pagar alíquota inferior a 2% de ISSQN conforme determina a legislação federal”, explicou Schlemper. Já o vereador Sanderson de Jesus (PMDB) citou a atualização dos tributos em São José. “Regulamentando essa conquista que os prefeitos tiveram em nível federal, vamos atualizar vá- rias operações de mercado e de empresas que não existiam dez anos atrás”. No entanto, situações não encontradas na Lei Federal foram levantadas pelos vereadores em tribuna. Para Clonny Capistrano (PMDB) faltou dimensionar quanto entrará no caixa da prefeitura, enquanto Antônio Lemos (PMDB) sugeriu o envio de dois projetos, ao invés de um único, à Câmara: “O primeiro adequado à lei federal e o segundo com as situações locais que a prefeita quer estabelecer na cidade como a situação do serviço transporte municipal”. Com a aprovação do PLC n.º 017/2017 e posterior sanção do Executivo, a nova regra para os tributos começa a valer a partir do próximo ano, algo, que segundo vereador Moacir da Silva (PSD), “vai gerar uma arrecadação estupenda na cidade a partir de 2018”. R Rápidas • As inscrições para o Vestibular 2018 da Universidade da UFSC foram prorrogadas até o dia 9 de outubro de 2017, somente via internet. O Edital, com todas as informações, está disponível no site vestibular 2018.ufsc.br. As inscrições custam R$ 125. • E nesta sexta-feira 6/10) termina o prazo para se inscrever no Vestibular de Verão 2018 da Udesc. A taxa de inscrição, de R$ 110, pode ser paga até 9 de outubro, em agências bancárias, caixas eletrônicos, lotéricas e internet banking. construir caminhos para a reinserção social das pessoas em situação de rua. Estes serão os principais desafios da reunião pública que acontece no próximo dia 10 de outubro (terça-feira), na Câmara de Vereadores de São José. O autor da proposição, vereador Caê Martins, destaca que é preciso enfrentar essa questão não como problema, mas como algo que precisa ser debatido com atenção e sensibilidade. • Está na mesa do plenário da Câmara matéria que proíbe o uso de animais no circo. O texto de 2009, pronto para ser votado, também prevê punição aos maus-tratos a animais. Divulgação/CSC • A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (3/10) projeto de lei que cria a Rota Turística Caminhos da Neve, incluindo os municípios de São Joaquim, Urubici, Urupema e Bom Jardim da Serra. • Debater as políticas públicas municipais para melhor acolher, orientar e • Vereadora Cristina de Sousa (PRB) comanda no próximo dia 9, 14h30 abertura de exposição fotográfica no hall da Prefeitura de São José. Cristina, que é fotógrafa, clicou um encontro das crianças da Escola Básica Nossa Senhora da Conceição, se São José, com as crianças da tribo indígena do ensino fundamental Whera-Tupã Poli Toty Dja , de Biguaçu. O tema da exposição é “A diferença é o que nos une” e as crianças das duas escolas farão a festa.

[close]

p. 5

São José, 6 de outubro de 2017 5

[close]

p. 6

6 Cidades Divulgação/CSC Reitor Luis Carlos Cancellier de Olivo MORRE REITOR DA UFSC O reitor afastado da Universidade Federal de Santa Catarina, Luis Carlos Cancellier de Olivo, foi encontrado morto nesta segunda-feira (2/10) no Beiramar Shopping, em Florianópolis. Ele se jogou do vão central do shopping. A carteira de habilitação do reitor foi encontrada em seu bolso. Luis Carlos Cancellier de Olivo é investigado na Operação Ouvidos Moucos, que apura irregularidades na aplicação de recursos federais recebidos pela Universidade para curso de Ensino a Distância. O reitor foi preso pela Polícia Federal dia 14 de outubro. A ordem de custódia temporária por cinco dias e de afastamento do cargo havia sido decretada em 25 de agosto pela juíza Janaína Cassol Machado, da 1ª Vara Federal de Florianópolis. O reitor e outros seis investigados foram soltos no dia seguinte pela juíza Marjôrie Cristina Freiberger, que substituía Janaína Cassol Machado, naquele dia, ausente por motivos médicos. A morte de Cancellier provocou profunda comoção não apenas em Florianópolis, mas em todo o Estado. No velório e no enterro no cemitério Jardim da Paz, na Capital, vários pronun- ciamentos de colegas na Universidade e amigos, com críticas à espetacularização da ação policial. O Senado Federal solicitou nesta terça-feira (3/10), em requerimento assinado, entre outros, pelos senadores Dário Berger e Paulo Bauer, de Santa Catarina, que seja inserido em ata Voto de Pesar pela morte do reitor da UFSC, “vítima de perseguição judicial injustificada e atentatória contra os direitos humanos fundamentais”. Na Assembleia Legislativa houve também várias manifestações de deputados ressaltando o trabalho do reitor da UFSC e o seu fim trágico. São José, 6 de outubro de 2017 Dupla Boi Voador faz apresentações teatrais na semana da criança A partir da próxima segunda-feira (9/10) a o Projeto Artístico e Cultural Boi Voador, formado pela dupla de irmãos Gilberto Correa Rodrigues (Beto) e Eli Correa Rodrigues (Nega), fará uma série de apresentações em bairros de Florianópolis e São José – Pântano do Sul e Forquilhinhas são dois locais já confirmados. Beto, 54, está há 35 anos nos palcos, apresentando textos abrangentes nos mais variados gêneros, mas principalmente os infantis. Para ele, a alegria, encantamentos lúdicos e a música são o que comovem as crianças no teatro infantil, seja na sala de teatro ou na rua. “Isso desperta o gosto pela fantasia e seu imaginário, ironia, humor e as realidades do seu dia a dia”, diz Beto. As apresentações gratuitas nas comunidades Lucas Cervenka/CSC A dupla de irmãos do Boi Voador, Beto e Nega da Grande Florianópolis também incluem contação de histórias, brincadeiras e recreações o dia todo, das 10h às 17h, tudo feito de forma voluntária pela dupla. “Somos independentes, não temos vínculo com nenhum órgão ou prefeitura, mas estamos à disposição para quem quiser nos contratar”, diz Nega. Os contatos da dupla são (48) 99173-7828 ou 99119-4669. Na contação de histórias a dupla retoma a tradição de antigos povos em reunir em roda para narrar folclores, histórias tradicionais, clássicas e fantasias, o que para Beto ajuda a desenvolver a criatividade, melhora a concentração e estimula o autoconhecimento. Já nas brincadeiras a criançada pode se soltar para pular, correr livre pelas praças onde ocorrem as apresentações. EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA O Presidente do SINTRAM-SJ convoca os servidores públicos municipais de São José para comparecerem à ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA: DATA: 19 de outubro de 2017 - 5ª Feira HORA: 18h45min (1ª chamada) e 19h15min (2ª chamada) LOCAL: Associação de Moradores e Amigos de Campinas, situada na Rua José Aurino de Matos, nº 230, Kobrasol, São José/SC. PAUTA: 1. Informes e Análise de Conjuntura; 2. Discussão das eleições de diretores das unidades da educação; 3. Deliberação acerca dos valores recebidos do Imposto Sindical; 4. Processo administrativo dos servidores da Saúde; 5. Encaminhamentos. MARCOS AURÉLIO DOS SANTOS PRESIDENTE DO SINTRAM-SJ SINTRAM-SJ - Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de São José Rua Justino Leite Neto, 825, Roçado, São José/SC. CEP 88.108-330. Fone/Fax (48) 3259-7988 E-mail: atendimento.sintramsj@gmail.com. Facebook: www.facebook.com/sintram.sjcut Site: SINTRAMSJ-CUT.COM.BR

[close]

p. 7

São José, 6 de outubro de 2017 MÊS DA ETIQUETA ROSA Preços Imbatíveis de R$4,90 até R$39,90 7 Imagens ilustrativas. TECIDOS PARA DECORAÇÃO a partir de 19,90 R$ metro TRAVESSEIROS COLORIDOS apenas 19,90 R$ cada TOALHA DE MESA Natal | O Palácio | 78x78cm a partir de 8,90 R$ cada Toda a loja em até 10x sem juros parcela mínima R$50 KIT ROSTO 2 PEÇAS apenas 14,90 R$ cada FUNDO DE PRATO IMPERMEÁVEL Estampas diversas a partir de 4,99 R$ cada JOGO DE CAMA 300 FIOS Royale | Queen Imagens ilustrativas. Ofertas válidas conforme disponibilidade em estoque. Promoção válida de 1º a 31 de outubro de 2017. GRANDE FLORIANÓPOLIS•SC BR 101, km 206, São José, Acesso Marginal Sul (48) 3094 2755 Atendimento Seg. a Sexta 9h-19h | Sáb. 9h-17h | Dom. e Feriado 13h-18h apenas 299,90 R$ cada Conheça as nossas Lojas da Fábrica Karsten | SC Blumenau | Balneário Camboriú | Grande Florianópolis | PR Curitiba | RS Porto Alegre | SP São Paulo karsten.com.br loja.karsten.com.br

[close]

p. 8

8 Cidades São José, 6 de outubro de 2017 FESTAS TÍPICAS DE OUTUBRO Oktoberfest, de Blumenau é a mais concorrida Santa Catarina se transforma em um dos principais destinos turísticos do Brasil neste mês de outubro, com as festas e eventos que comemoram as diferentes etnias que colonizaram o estado. São cardápios, bebidas, danças e músicas para todos os gostos. Dados da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) apontam que, anualmente, as festas de outubro recebem cerca de dois milhões pessoas em SC, sendo que mais de um milhão são turistas. Nesta semana três já estão a todo o vapor: a Oktoberfest, em Blumenau; a Fenarreco, em Brusque; e Oktoberfest, em Itapiranga., “Santa Catarina vive um momento diferenciado no turismo. É grande o número de pessoas que buscam conhecer as nos- Arquivo/Secom/Divulgação/CSC A 34ª edição da Oktoberfest, em Blumenau, traz as atrações tradicionais, incluindo a competição de chope em metro e os desfiles na Rua XV de Novembro sas regiões. E agora, com as festas de outubro, devemos receber um volume recorde de visitantes, entre moradores do estado e de fora. Será um movimento extraordinário e que vai refletir na economia. O Governo do Estado busca mostrar aos visitantes que Santa Catarina tem boa infraestrutura e muitas belezas, além de oferecer toda segurança, tranquilidade e conforto necessários”, disse o secretário do Turismo, Cultura e Esportes, Leonel Pavan. As festas de outubro reúnem alemães, italianos, açorianos, austríacos, poloneses e tantos outros povos que preservam e difundem sua tradição na gastronomia, nas danças, na música, nas vestimentas e no idioma. Em Blumenau, a Oktoberfest abriu a programação do mês nesta quarta-feira (4/10) e segue até o dia 22/10. Mas as festividades e as animações não param por aí. Brusque tem chope gelado e gastronomia típica com a 32ª Fenarreco - Festa Nacional do Marreco. Florianópolis apresenta a 18ª Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana, a Fenaostra. Em Itapiranga, no Extremo-Oeste, a alegria fica por conta da 39º Oktoberfest. Timbó resgata e preserva as tradições dos colonizadores com a 27ª Festa do Imigrante. Treze Tílias, no Meio-Oeste, comemora a cultura austríaca com muita música, gastronomia, desfiles e dança com a Tirolerfest. Joinville apresenta a Bierville e Salão Sul Brasileiro de Cerveja. Já Porto Belo oferece pratos como a tradicional caldeirada de frutos do mar durante o Festival do Camarão de Porto Belo. Em São Martinho, desfiles, apresentações culturais, comidas e campeonatos típicos fazem parte da Festa do Produto Colonial. ORIENTAÇÕES A Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina orienta que as participantes das festas não dirijam de madrugada e, de preferência, contratem serviço profissional de transporte, como ônibus ou van. É obrigatório usar cinto de segurança e respeitar os limites de velocidades e a sinalização de trânsito. PROGRAMAÇÃO DAS FESTAS Blumenau - 34ª Oktoberfest Quando: 4 a 22 de outubro Onde: Parque Vila Germânica • Os desfiles oficiais da Oktoberfest acontecem na Rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau. Brusque - 32ª Fenarreco Festa Nacional do Marreco Quando: 5 a 15 de outubro Onde: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof, na Rua Gentil Batistti Archer, 221 - centro II Brusque Itapiranga - 39º Oktoberfest Quando: 7 a 22 de outubro Onde: Itapiranga Timbó - 27º Festa do Imigrante Quando: 11 a 15 de outubro Onde: Pavilhão de Eventos Henry Paul, na Rua Julius Scheidemantel, 853, centro de Timbó Treze Tílias - Tirolerfest Quando: 11 a 15 de outubro Onde: Parque de Exposições Johann Otto Küng, em Treze Tílias Florianópolis - 18ª Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana Fenaostra Onde: Mercado Público e Largo da Alfândega, no Centro de Florianópolis. Quando: 11 e 15 de outubro Joinville - Bierville e Salão Sul Brasileiro de Cerveja Quando: 11 a 14 de outubro Onde: Centro de Convenções Expoville, na Rua XV de Novembro, 4315, em Joinville Porto Belo - Festival do Camarão de Porto Belo Quando: 13 a 15 de outubro Onde: Praça da Bandeira, em Porto Belo São Martinho - 24ª Festa do Produto Colonial • Desfiles, apresentações folclóricas, gastronomia, campeonatos típicos Quando: 27 a 29 de outubro, em São Martinho

[close]

p. 9

São José, 6 de outubro de 2017 Cidades 9 Vereadores se mobilizam pelo PAEFI Em busca de soluções para vítimas de violência Em São José, o serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFEI), que oferece apoio, orientação e acompanhamento a famílias com um ou mais de seus membros em situação de ameaça ou violação de direitos, tem uma demanda reprimida com mais de 1.700 famílias, que ficam sem atendimento por até 5 anos após a requisição. Com objetivo de buscar uma solução para o caso, conselheiros tutelares e membros da Secretaria de Assistência Social reuniram-se com os vereadores André Guesser, Antônio Lemos, Jair Costa, Caê Martins, Alexandre Rosa e Gilmara Bastos nesta terça-feira (3/10) na Câmara de Vereadores. Foram apontadas diversas dificuldades e entre os encaminhamentos propostos, os vereadores reforçaram a importância de elaborar um projeto de lei que dê preferência de vagas nas creches do município para as crianças vítimas de violência e abuso sexual. O grupo sugeriu outro PL para a criação de uma casa de acolhimento que priorize o atendimento às vítimas de violência, nas áreas de educação, saúde e assistência social. A falta do acompanhamento psicológico foi apontada pelo Conselho Tutelar como a maior dificuldade enfrentada pelo órgão, visto que não é disponibilizado pelo município. O vereador Jair Costa (PSD) falou do seu projeto de instalação de um ambulatório psiquiátrico junto ao IPQ (Instituto de Psiquiatria), na Colônia Santana. “O objetivo é trazer 11 residentes do HU (Hospital Universitário) para realizar atendimento psiquiátrico e atender não só o município de São José, como outros em seus arredores. O local já foi disponibilizado e todo o projeto já está pronto”, afirmou. Divulgação/CSC Conselheiros tutelares debatem com vereadores soluções para o serviço de atendimento às famílias em situação de ameaça e/ou violação de direitos FALTAM PSICÓLOGOS No caso do Conselho Tutelar, as famílias, crianças e adolescentes, que são vítimas de algum tipo de violência, seja ela física, psicológica ou sexual, são atendidas com o intuito de cessar estas violências. Entre os problemas averiguados está o reduzido número de psicólogos e assistentes sociais em atividade no município. Segundo a Assistente Social Tabata Gomes Panozzo, atualmente são 12 profissionais no PAEFI, sendo 4 duplas – formadas por 1 Assistente Social e 1 psicólogo, e outros 4 assistentes sociais que atuam “sozinhos” (sem o acompanhamento do psicólogo). Ainda segundo Tabata, a Secretaria de Assistência Social já iniciou o processo de chamamento de outros 4 psicólogos, assim, o corpo técnico passará a contar com 8 duplas de psicólogos e as- sistentes sociais. Porém, tanto a vara da infância em São José representada pelo Promotor de Justiça Gilberto Polli -, como os técnicos da Secretaria de Assistência Social e os Conselheiros Tutelares acreditam que o número ideal seria de, ao menos, 40 duplas de psicólogos e assistentes sociais. Para alcançar este montante, a prefeitura tem convocado os aprovados em concurso público, no entanto, o valor dos futuros servidores precisa estar no orçamento do município conforme solicitou o vereador André Guesser (PDT). “São R$3 milhões anuais, cerca de R$2.888,00 a cada mês por servidor, que devem constar no orçamento do município através de emenda para serem investidos na Assistência Social”, afirmou. André Guesser destacou também a possibilidade de “quem sabe, de os recursos que a Câma- ra têm economizado possam ser, ao menos em parte, encaminhados para o programa”, disse Guesser. FILA DE ESPERA Entres as demais dificuldades sinalizadas pelos conselheiros, está a fila de espera do PAEFI (Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos), que, segundo a conselheira Caroline Nienchotter, conta com mais de 1.700 famílias no aguardo. A situação foi comentada pelo vereador Antônio Lemos (PMDB) ao destacar os danos às vítimas. “A falta de atendimento imediato e de um acompanhamento acarreta um impacto psicológico e social nas vítimas, muitas vezes, maior do que a própria violência sofrida inicialmente”, reforçou o parlamentar. Diante da gravidade da situação e das denúncias apresentadas, inclu- sive pelo Conselho Tutelar de São José, a Prefeitura responde por uma Ação Civil Pública, que já determinou a ampliação da equipe técnica, a qual deverá ser composta por servidores efetivos. O Ministério Público chegou a pedir multas diárias. SURPRESA O vereador Antônio Lemos (PMDB) se mostrou surpreso com as informações apresentadas na reunião. “O atendimento para toda a população do município de São José é feito por apenas 12 profissionais?”, questionou Lemos. Já Caê Martins, vereador do PSD, afirmou que “sabemos das dificuldades, especialmente financeiras, da Prefeitura num todo. Mas certamente com um esforço conjunto poderemos melhorar o atendimento das famílias, especialmente das crianças, de São José vítimas dos mais diversos tipos de violência doméstica”. Além de acompanhar a realidade dos conselheiros, o vereador Caê reforçou a aproximação das categorias com o Legislativo, bem como com a realidade das famílias, adolescentes e crianças. “São pessoas que precisam ser atendidas em virtude de problemas e carências sociais, a maioria relacionadas à violência”, explicou. No encontro de terça, ficou definido que os vereadores intermediarão uma nova reunião, desta vez com a participação dos secretários de Assistência Social, Educação, Saúde, Casa Civil, além dos Superintendentes de Esportes e Cultura para avaliar a possibilidade de uma ação conjunta entre as pastas com o objetivo de melhorar o atendimento oferecido pelo PAEFI. Ainda estiveram na reunião, os vereadores Alexandre Rosa (DEM) e Gilmara Vieira Bastos (PSD), além da assessoria do vereador Moacir da Silva (PSD). Também participaram representantes do Conselho Tutelar, Juliana Léffer, Adriana Diaz, Hiago Caetano, Fernanda Peres e Caroline Nienchotter; bem como da Secretaria de Assistência Social, Tamara Dutra e César Maximiliano A nova reunião deverá acontecer no dia 31 de outubro. CONCORRENCIA PUBLICA MGI Nº. 02/2017 MGI – MINAS GERAIS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF: 19.296.342/0001-29 torna público que realizará licitação, na modalidade de Concorrência, do tipo Melhor Oferta, para a alienação de Bens Imóveis. O objeto desta Licitação está descrito detalhadamente no Edital de Concorrência MGI nº. 02/2017, que estará à disposição dos interessados na sede da MGI, conforme endereço citado abaixo, onde poderá ser adquirido ao preço de custo de R$ 5,00 (cinco reais) ou obtido, gratuitamente, no seguinte endereço eletrônico: www.mgipart.com.br. Serão licitados 11 imóveis situados nos seguintes municípios: Belo Horizonte/ MG (2), Caçapava/SP (1), Goiânia/GO (2), Natal/ RN (1), Rio de Janeiro/RJ (3), São José/SC (1) e Três Corações/MG (1). As propostas deverão ser enviadas, de acordo com o edital, a partir das 09:00h do dia 23/10/2017, até às 17:00h do dia 07/11/2017, para o endereço da sede da MGI, localizada à Rodovia Papa João Paulo II, 4001 – prédio Gerais – 4º andar – Bairro Serra Verde – Cidade Administrativa do Estado de Minas Gerais, CEP 31.630-901, Belo Horizonte/ MG. A sessão de abertura dos envelopes realizar-se-á no dia 09/11/2017, às 10:00h, no endereço supracitado. Informações: na sede da MGI, por meio da GECOB, ou pelo tel. (31) 3915-4862/3915-4859, no horário das 09:00 (nove horas) às 18:00 (dezoito horas).

[close]

p. 10

10 Negócios Aqui Tem PRODUTOS & SERVIÇOS 2ª à 6ª BUFFET LIVRE R$ 15,00 DE 2ª À SÁBADO DAS 11 ÀS 13H30 BUFFET LIVRE E A QUILO + COPO DE SUCO (48) 3015-7462 / RUA ARTHUR MARIANO, 1054 - FORQUILHINHAS São José, 6 de outubro de 2017

[close]

p. 11

São José, 6 de outubro de 2017 Cidades 11 METAS FISCAIS DO 2º QUADRIMESTRE “São José gasta o que arrecada”, diz Vieirão Embora o cenário econômico nacional segue preocupante para muitos municípios catarinenses, a Prefeitura de São José está conseguindo driblar a crise que afeta todo o país e continua investindo em obras de educação, saúde e infraestrutura para proporcionar mais qualidade de vida aos josefenses. Sexta-feira passada (29/9), a Secretaria de Finanças fez a apresentação e avaliação do cumprimento das metas fiscais referentes ao 2º quadrimestre de 2017 em uma audiência pública na Câmara de Vereadores de São José, exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Na apresentação, o secretário de Finanças Antônio Carlos Vieira também anunciou que a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2018 prevê uma receita de R$ 913 milhões. A audiência pública foi aberta pelo presidente da, vereador Orvino Coelho de Ávila, e contou com a presença dos vereadores Nardi Arruda, Gilmara Vieira, Alexandre Rosa, Michel Schlemper, Caê Martins, Jair Costa, Cristina de Sousa, André Guesser e servidores municipais. Com o cenário nacional econômico refletindo diretamente nas finanças, de janeiro a agosto deste ano, o município obteve 46,56% de receita orçada, enquanto as despesas somaram 44,62%. O ICMS (Imposto sobre Circulação de Merca- Jeferson Regis/Secom/PMSJ/Divulgação/CSC Secretário de Finanças, Antônio Carlos Vieira dorias e Serviços), com 26,23% do total da arrecadação própria, foi a principal fonte de arrecadação neste período, com mais de R$ 78,2 milhões, seguido do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), com R$ 58,5 milhões (19,63%); FPM com R$ 38,1 milhões (12,79%) e ISS com R$ 34,6 milhões (11,62%). receita dentro possível com um crescimento acima dos índices inflacionários. “É a certeza de que estamos no caminho certo, mostrando que estamos conseguindo ter uma despesa menor para sobrar verba para investir. O nosso orçamento para 2018 é o reflexo desse trabalho”, complementa. INVESTIMENTO Na Educação, foram aplicados R$ 135,4 milhões, o que corresponde a 32,64% da despesa. O segundo maior investimento foi em Urbanismo com R$ 77,5 milhões (18,68%). Já na Saúde, foram aplicados mais de R$ 73 milhões, 17,61% do total da despesa. Para o secretário de Finanças, Antônio Carlos Vieira (o Vieirão) “a cidade está se equilibrando dentro das possibilidades de arrecadação e dos próprios gastos. Ou seja, São José está gastando o que arrecada”, explica. O secretário destaca ainda, que o município tem driblado a crise, investido em grandes obras e tem feito o controle da ESTIMATIVAS Na ocasião, a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2018 também foi apresentada e discutida. A LOA prevê para o próximo ano uma receita de R$ 913 milhões, sendo que R$ 446.750.000,00 com recursos próprios e R$ 466.250.000,00 com recursos vinculados. A prefeita Adeliana Dal Pont reforça que a administração municipal continuará agindo com austeridade como tem feito nos últimos anos. “O rigor continuará não apenas por causa da crise, mas porque implantamos um controle de gastos na nossa gestão”, assinala Adeliana. Melhor mel do mundo Mel catarinense conquista pela quinta vez o título de melhor do mundo em congresso na Turquia. O mel processado pela indústria Prodapys, de Araranguá, foi considerado o melhor do mundo pela quarta vez consecutiva no 45º Congresso da Associação Internacional das Federações de Apicultores (Apimondia), realizado entre os dias 29 de setembro a 4 de outubro em Istambul.A Prodapys já tinha participado de três edições anteriores do evento, em 2007 na Austrália, 2013 na Ucrânia e 2015 na Coreia do Sul, onde teve seus méis premiados em todas as edições. A primeira premiação acon- Prodapys/Divulgação/CSC Célio Hercílio Marcos da Silva, presidente da Prodapys e Tarciano Santos da Silva, diretor de exportação: vencedores teceu em 1979, na Gré- portadora de mel do Bracia. A empresa Prodapys sil e retorna da Turquia é considerada a maior ex- com cinco medalhas. REINICIAM OBRAS DA CASAN NA RUA LUIZ FAGUNDES Uma nova etapa das obras de ampliação da adutora da Casan, que abastece o município de São José, inicia na próxima segunda-feira (9/10). A previsão para concluir as obras neste trecho da Rua Luiz Fagundes, bairro Praia Comprida, é de cerca de 30 dias. Os trabalhos serão entre a Rua Adolfo Donato da Silva e a Rua Dona Leonildes Coelho. Os motoristas devem seguir o fluxo atual do trânsito para circular no bairro, já que grande parte da Rua Luiz Fa- gundes permanecerá fechada para o tráfego (veja mapa). A Secretaria Municipal de Segurança, Defe- sa Social e Trânsito é responsável por sinalizar com placas os trechos da obra e os desvios. R$ 26,4 BILHÕES O governo estadual encaminhou (29/9) para a Assembleia Legislativa o projeto que estabelece a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2018. Conforme determina o Regimento Interno da Alesc, a proposta terá que ser votada antes do recesso parlamentar, previsto para começar em 22/12. De acordo com a As- sessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), o orçamento de Santa Catarina para o ano que vem está estimado em R$ 26,429 bilhões, um crescimento de 2,5% em relação a 2017. O governo acredita que as receitas correntes, aquelas que são provenientes, na maioria, da arrecadação de impostos, devem subir 4,4%. Por outro lado, as receitas de capital, originadas de empréstimos feitos pelo governo, serão menores em 2018: queda de 66%.

[close]

p. 12

12 Lazer PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL Conexão A obra de internet como "As em alta Palavras", velocidade de Sartre Acionar o gatilho de (arma de fogo) Composto capaz de Apresentadora do caeliminar espumas nal Viva, na TV a cabo Último, Reginaldo (?) de mestre: ação em inglês Faria, ator de grande audácia Edibar - Lucio Oliveira São José, 6 de outubro de 2017 Aprimora (fig.) Harmonizável Realizações de empreiteiras Animal marinho de parques aquáticos Queijo italiano com veios azulados A Capital Nacional do Rodeio (SP) O som do "ph" em palavras inglesas Espaço artístico de ambientes urbanos BANCO 4/guia — last. 6/burila. 10/gorgonzola. 12/galeria de rua. 14/autobiográfica. Ácido que sintetiza proteínas na célula Time de futebol de Arapiraca (AL) Acessório para os cabelos Sassá Mutema, (?) de por sua noiva, franqueza nome de (TV) cachoeiras Passar por filtro Vaqueiro que encabeça a boiada Sentimento da pessoa sau- dosista A região de origem do Cangaço (abrev.) Status de Rafael Nadal no tênis Dercy Gonçalves: faleceu em 2008 Elaine Termina Bast, (o namoro) jornalista brasileira Interjeição de bailes de Carnaval Medida da venda de gasolina (símbolo) 1.051, em romanos Antigo setor popular de estádios Olga Benário, militante alemã "(?) e Jacó", obra machadiana (Lit.) Genebra, em relação à Cruz Vermelha (?) de Murphy, princípio do azarado Solução 8 OBRAS NE I I RA GU I A FOCA NE DG A O L Z SU OB N O BARRETOS R F OBA LE I I LM LS SE C P GERAL A U R ID AE G R R E O RA L G A G C CINEMA Horários de sábado (7/10) IT - A COISA •Um grupo de sete adolescentes de Derry, uma cidade no Maine, formam o auto-intitulado `Losers Club´ – o clube dos perdedores. A pacata rotina da cidade é abalada quando crianças começam a desaparecer e tudo o que pode ser encontrado delas são partes de seus corpos. Logo, os integrantes do `Losers Club´ acabam ficando face a face com o responsável pelos crimes: o palhaço Pennywise. Itaguaçu: 19:00 21:30 (Dub) Continente Park: 20:15 (Dub) Via Catarina: 21:30 (Dub) EMOJI - O FILME • Textopolis é a cidade onde os Emojis favoritos dos usuários de smartphones vivem e trabalham. Lá, todos eles vivem em função de um sonho: serem usados nos textos dos humanos. Todos estão acostumados a ter somente uma expressão facial – com exceção de Gene, que nasceu com um bug em seu sistema, que o permite trocar de rosto através de um filtro especial. Determinado à se tornar um emoji normal como todos os outros, ele vai encarar uma jornada fantásticas através dos aplicativos de celular mais populares desta geração – e no meio do caminho, claro, fazer novos amigos. Itaguaçu: 14:00 (Dub) Via Catarina: 14:00 (Dub) KINGSMAN: O CÍRCULO DOURADO •Um grandioso ataque destrói o quartel-general Kingsman, obrigando Eggsy (Taron Egerton), Merlin (Mark Strong) e cia a unirem forças com o equivalente estadunidense da agência, os Statesman. Britânicos e norte-americanos ignoram as diferenças em defesa do mundo, ameaçado pelos planos da vilã Poppy (Julianne Moore). Itaguaçu: 18:10 21:00 (Dub) Continente Park: 17:45 21:15 (Leg) | 15:45 22:00 (3D, Dub) | 18:45 (3D, Leg) e se unir para encontrar e libertar seus reais poderes de Spinjitzu. Itaguaçu: 14:10 16:10 (Dub) Via Catarina: 19:30 (Dub) BLADE RUNNER 2049 •Trinta anos após os acontecimentos do primeiro filme, a humanidade está novamente ameaçada, e dessa vez o perigo pode ser ainda maior. Isso porque o novato oficial K (Ryan Gosling), desenterrou um terrível segredo que tem o potencial de mergulhar a sociedade no completo caos. A descoberta acaba levando-o a uma busca frenética por Rick Deckard (Harrison Ford), desaparecido há 30 anos. Itaguaçu: 15:00 (Dub) | 18:00 21:00 (3D, Dub) Continente Park: 18:00 (3D, Dub) | 17:00 20:30 21:30 (3D, Leg) Via Catarina: 15:00 (Dub) | 18:00 21:00 (3D, Dub) CHOCANTE • Vinte anos depois do sucesso meteórico do grupo Chocante com o hit Choque de Amor, Téo (Bruno Mazzeo), Tim (Lucio Mauro Filho), Tony (Bruno Garcia) e Clay (Marcus Majella) se reencontram. Entre as lembranças de um passado de sucesso e o presente sem nada a perder surge a ideia de fazer um novo show, para a felicidade da eterna líder do fã clube Quézia (Debora Lamm). Orientados pelo prestigiado empresário Lessa (Tony Ramos), os amigos retomam os ensaios com o novo integrante Rod (Pedro Neschling), vencedor de um decadente reality show. Ninguém pediu, mas eles voltaram! O resgate desse grupo trará situações divertidíssimas e uma nova fã: Dora (Klara Castanho). Itaguaçu: 15:50 17:40 19:30 21:20 Continente Park: 13:45 16:00 18:15 20:45 Via Catarina: 15:50 17:40 19:30 21:20 PICA-PAU: O FILME • O brincalhão e travesso Pica-Pau está metido em mais uma de suas divertidas brigas por território, e dessa vez os inimigos são o vigarista Lance Walters (Timothy Omundson) e sua namorada Brittany (Thaila Ayala). Eles estão determinados a construir a sua grande casa dos sonhos mas, para isso, precisam derrubar a casa do Pica-Pau, que promete não deixar barato. Itaguaçu: 14:00 15:40 17:20 19:00 (Dub) Continente Park: 14:15 16:20 18:30 (Dub) Via Catarina: 14:00 15:40 17:20 19:00 (Dub) MY LITTLE PONY: O FILME • Quando o ameaçador Storm King invade Canterlot com planos para roubar a magia das pôneis, o próprio futuro de Equestria está em jogo. Em aventuras nunca antes vistas, as pôneis embarcarão em uma viagem heroica, cheia de ação, que as leva além das fronteiras de suas casas em busca de ajuda em montanhas mágicas, mundos submarinos e até mesmo um navio pirata voador. Itaguaçu: 14:30 16:40 (Dub) Continente Park: 14:00 16:40 19:15 (Dub) Via Catarina: 13:30 15:30 17:30 (Dub) I IMAGEM DA SEMANA André Guesser/Divulgação/CSC COMP A T I V E L T S S PI H HORÓSCOPO Peixes de 20/02 a 20/03 - Esta semana deve atuar com toda a rapidez, sentido de oportunidades e de ação são essenciais. Conjuntura é favorável a mudanças. Possibilidade de atingir os objetivos a que se propunha. Nervosismo. Escorpião de 23/10 a 21/11 - Período assinalado por algumas críticas e possíveis divergências com outros. Plano afetivo: boas perspectivas sentimentais. Modere um pouco o seu ritmo de trabalho. Pratique algum esporte. Câncer de 21/06 a 21/07 - A conjuntura define uma semana muito agradável. Plano afetivo: favorecidas mudanças de residência ou estado civil. Estão especialmente favorecidas as viagens de negócios e novos contatos. Aquário 21/01 a 19/02 - A conjuntura envolve sérios riscos, em particular no plano material. Tente não voltar atrás nas posições que assumir Não conceda empréstimos, nem faça investimentos. Dedique mais tempo ao lazer. Libra de 23/09 a 22/10 - Esteja atento a sinais para poder aproveitar a fundo todas as oportunidades que surgirem. Passará por alguns conflitos inesperados. Boa hora para apostar em trabalhos pessoais. Algum cansaço. Gêmeos de 21/05 a 20/06 - A conjuntura indica não ter pressa na obtenção de resultados. Não insista em situações do passado, pois dar-se mal. Poderá iniciar uma valorização profissional. Vida econômica em fase confortável. Capricórnio de 22/12 a 20/01 - Conjuntura muito positiva. A semana é globalmente positiva, pode consolidar algumas relações. Vai conseguir encontrar novas soluções para os seus problemas profissionais. Vá ao teatro. Virgem de 23/08 a 22/09 - A conjuntura mostra que é necessário abrandar o ritmo de vida e pensar nos próximos passos. Não se desligue totalmente de uma relação. Os bons resultados teimam em não chegar. Grande cansaço. Touro de 21/04 a 20/05 - A conjuntura revela um sentido de ação. Plano afetivo: faça a sua escolha evitando ferir. Risco de discórdia no seu círculo profissional, que poderá envolver questões financeiras. Cuidado com o fígado. Sagitário de 22/11 a 21/12 - A conjuntura traz uma lufada de ar fresco à sua vida. Boas evoluções na vida sentimental. Poderá aceitar novas propostas ou responsabilidades, um desafio pode surgir. Resultados rápidos. Leão de 22/07 a 22/08 - Semana globalmente positiva. Plano afetivo: a possibilidade de diálogo e superação de obstáculos está patente na conjuntura. Movimenta-se numa conjuntura instável. Instabilidade nervosa. Áries de 21/03 a 20/04 - A conjuntura permite viver uma semana mais harmoniosa e com forte alivio de tensões. Há perigo de má interpretação nas manifestações sentimentais. Risco de notícias desagradáveis. Paciência. AS M BANDA L ARGA R O L F BUR I LA DIVÓRCIO • Noeli (Camila Morgado) e Júlio (Murilo Benício) são um casal humilde que enriquece quando cria o molho de tomate Juno, que se torna um sucesso nacional. Com o passar dos anos, já donos de uma grande empresa e com muito dinheiro, os dois se distanciam. E um incidente na estrada é a gota d´água para a separação. Enquanto buscam o melhor advogado para defender o patrimônio, o ex-casal se envolve em um processo de divórcio cheio de confusões e com cenas hilárias. Itaguaçu: 21:00 LEGO NINJAGO: O FILME •Na telona, a batalha por NINJAGO City põe em ação o jovem MestreConstrutor Lloyd, também conhecido como Ninja Verde, ao lado de seus amigos, que são todos guerreiros ninja secretos. Guiados pelo Mestre Wu, que é tão rabugento quanto sábio, eles precisam derrotar o vil senhor de guerra, Lorde Garmadon, `O Pior Cara de Todos´, que também é pai de Lloyd. Com duelos de habilidades e poderes, de pai e filho, o confronto épico vai colocar em jogo o futuro deste corajoso, mas também indisciplinado grupo de ninjas modernos, que terão que aprender a deixar de lado seus egos Consciência: circulando por São José, o vereador André Guesser flagrou este exemplo de cidadania, em que o dono de um terreno baldio se preocupou em fazer a calçada de forma correta

[close]

p. 13

São José, 6 de outubro de 2017 13 Bom tamanho O lateral-direito Daniel Alves desde que chegou a Paris é um dos destaques deste bom time do PSG. Dani recebe mensalmente 700 mil euros, o equivalente a R$ 2,6 milhões. O que lhe rende anualmente a simples remuneração de 8,4 milhões de euros, cerca de R$ 31 milhões. Tá bom demais. Faltando postura Todo torcedor rubro-negro quer ver o Flamengo no topo do futebol brasileiro, na posição que acreditam ser de direito. Eduardo Bandeira, desde que assumiu o clube de maior torcida no Brasil, trabalha para que o Mengão da Gávea chegue a isso. Mas tá faltando postura dos jogadores e comissão técnica, para assumir seu lugar como tal. O que se vê hoje é um time sem organização correndo desesperado atrás da bola. Isso sem contar aquele ridículo uniforme amarelo que nada o relaciona com a tradição rubro-negra. Retornando O Hercílio Luz, de Tubarão, e o Concórdia estão de volta à elite do futebol catarinense. Ambas as equipes irão disputar o título da segundona de SC. São dois clubes de tradição do nosso futebol. Enquanto a cidade de Tubarão terá dois times no Catarinão 2018, o Oeste catarinense vai poder reviver o famoso Clássico da Linguiça, envolvendo Chapecoense e Concórdia. Clássico este que já tive o privilégio de comandar. Imaginem eu apitando o “Clássico da linguiça?” Oh delícia... Faz coisa Tem um clichê no nosso futebol que diz: “esse Avaí faz coisa”. O Leão fez o mais insignificante jogo dentro de sua casa diante de mais de sete mil torcedores neste Brasileirão. Os comandados de Claudinei Oliveira fizeram um jogo malíssimo, deixando o Atlético/GO vencer a partida por 2 a 0. Foi um resultado surpreendente, já que o Avaí pode- Guilherme Seolin (Olympique/Redbull/SJ) e Alemão (Raça Fort), dois dos melhores técnicos de Futebol Sete da grande Florianópolis, numa boa resenha sobre o campeonato catarinense desta categoria. ria decolar na tabela de classificação dentro de casa e justamente contra o lanterna. O Leão desperdiçou a chance de se afastar da maldita zona. Pênalti polêmico Apesar da polêmica, o Figueirense conquistou uma importante vitória contra o embalado Paraná, que vinha de cinco vitórias consecutivas. Depois de uma longa temporada na maldita zona, apresentando um futebol bagunçado, com trocas de comandos, negociações desacertadas, conflitos administrativos, o Alvinegro parece começar a viver um novo ciclo. O time do Figueirense é bom, tem um bom comandante no momento, e não merece ficar namorando com o maldito rebaixamento. Cancellier A trágica morte do reitor da UFSC, Luís Carlos Cancellier de Olivo, causou uma comoção estadual e até mesmo nacional. O reitor era alvo da operação “Ouvidos Moucos”, deflagrada pela PF. Temos que separar o joio do trigo, mas já tivemos muitos casos em nossa justiça de inocentes terem pago por aquilo que não cometeram. A morte prematura de Cao tem que ter uma resposta séria para que essa tragédia sirva de reflexão a todos nós, em especial àqueles que muitas vezes extrapolam suas críticas contra quem nada foi provado. Brasileirão complicado Que o campeonato brasileiro é o mais equilibrado do mundo, isso é notório. Mas este Brasileirão de 2017 está se tornando o mais pungente da história dos pontos corridos. Se formos analisar a tabela de classificação nada está definido. Nem o Corinthians como o grande campeão e muito menos o Atlético/GO como rebaixado. Eita Brasileirão complicado. Drops da arquibancada • Não esqueça que todas as vezes que você aponta o dedo para alguém, outros três estarão apontados para você. • O Vasco da Gama, que vem de três jogos sem vitória, irá enfrentar o Avaí na Ressacada e poderá ter o retorno de Luís Fabiano. • O Cruzeiro já começa a planejar a próxima temporada e anunciou a contratação de Caio Rangel, que está defendendo o Criciúma na segundona brasileira. • Outro time que já deu início a busca de reforços para 2018 é o Corinthians. Junior Dutra do Avaí é outro que chama a atenção da comissão técnica do Timão. BRASILEIRÃO - SÉRIE A 27ª RODADA 11/10 - QUARTA-FEIRA - 19:30 Botafogo X Chapecoense Atlético-PR X Atlético-GO 11/10 - QUARTA-FEIRA - 21:00 Corinthians X Coritiba 11/10 - DOMINGO - 21:45 Atlético-MG X São Paulo Grêmio X Cruzeiro Avaí X Vasco 12/10 - QUINTA-FEIRA - 17:00 Flamengo X Fluminense Vitória X Sport Ponte Preta X Santos 12/10 - QUINTA-FEIRA - 21:00 Palmeiras X Bahia BRASILEIRÃO - SÉRIE A Clube 1ºCorinthians 2º Santos 3º Grêmio 4º Palmeiras 5º Cruzeiro 6º Botafogo 7º Flamengo 8º Atlético-PR 9º Atlético-MG PG J V 55 26 16 47 26 13 46 26 14 43 26 13 41 26 11 40 26 11 39 26 10 34 26 9 34 26 9 E D GP GC SG 7 3 36 15 21 8 5 27 16 11 4 8 41 22 19 4 9 36 27 9 8 7 32 23 9 7 8 34 28 6 9 7 34 25 9 7 10 29 30 -1 7 10 29 31 -2 10º Vasco 11º Vitória 33 26 9 6 11 26 37 -11 32 26 9 5 12 32 38 -6 12º Chapecoense 32 26 9 5 12 30 38 -8 13º Bahia 31 26 8 7 11 32 33 -1 14º São Paulo 15º Ponte Preta 31 26 8 7 11 34 37 -3 31 26 8 7 11 27 33 -6 16º Fluminense 17º Sport 31 26 7 10 9 34 36 -2 30 26 8 6 12 31 38 -7 18º Avaí 19º Coritiba 30 26 7 9 10 16 30 -14 28 26 7 7 12 25 33 -8 20º Atlético-GO 25 26 7 4 15 25 40 -15 Cartão Rosa Para Flávia, mais conhecida por Maria Coxinha, que junto com os sócios está ampliando seus espaços no Centro Histórico de São José. O Maria Coxinha 1 terá logo, logo a companhia do Maria Coxinha 2, um próximo do outro, na Praça Arnoldo de Souza. Flávia, orgulhosa de ser josefense, diz que quer investir mais no Centro Histórico, por isso prepara uma bela casa na Praça Hercílio Luz, já batizada de João Manjericão, onde vai oferecer pizza de primeiríssima qualidade. Fora dessa área, tem um Maria Coxinha no bairro Coqueiros, em Floripa, que também está bombando. Cartão Vermelho Para esta mídia que se sente à vontade fazendo estardalhaço na vida dos outros sem antes nada ficar provado. É inaceitável que órgãos de responsabilidades públicas possam execrar a vida de pessoas que supostamente estejam sendo alvo de processos judiciais. O meu salário tá parecendo a popularidade do Temer...quase negativo. PENSAMENTO DO BAMBI

[close]

p. 14

14 São José, 6 de outubro de 2017 Andrezinho contato@correiosc.com.br - 3241-1252 Nova orla Após muita polêmica sobre o ginásio de esportes do Centro Histórico de São José, a prefeita Adeliana Dal Pont apresentou à comunidade o projeto de revitalização da orla. No local do ginásio será construído uma quadra de esportes, bicicletário, uma praça e um trapiche – pra mim já deveriam liberar uma marina flutuante. Penso que seria a hora de construir a nova Câmara de Vereadores, transformar esse prédio no Mercado Público da cidade e convidar outras casas para abrirem estabelecimentos na área da gastronomia e realmente transformar esse local num point da cidade. Culpado, mas sem culpa Causou muita estranheza ao ver inúmeras declarações em apoio ao falecido reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, o Cao, preso pela PF e suspeito de atrapalhar uma investigação sobre desvio de bolsas na entidade. Não que ele não deveria receber, pois seu currículo era sem dúvida invejável, mas só agora? Por que não saíram em sua defesa na semana de sua prisão, pois ele foi elogiado pelos maiores representantes da classe política deste país, por amigos do judiciário, empresários e amigos comuns. Mas nos dias atuais é mais fácil ter inveja, ser falso, ser traíra, caluniar e difamar. Quem sabe se esse apoio e esse sentimento à sua pessoa fosse feito em tempo, certamente ele não teria tirado a própria vida. Jornalista, jurista, professor e gestor público, estava há pouco mais de um ano à frente da UFSC. PMDB de carteirinha e como todos dizem, era um cara nota dez. Mas certamente levará a culpa dos investigados no caso de corrupção a exemplo da ex-primeira-dama, Marisa Letícia, esposa da Lula. Divulgação/CSC Fato Os organizadores do túnel descoberto pela Polícia Civil de São Paulo gastaram R$ 4 milhões para construir 500 metros, em 3 meses. Se fosse obra pública, o túnel seria orçado em R$ 400 milhões e o prazo seria de 3 anos, que virariam 6 anos e mais os aditivos contratuais. Conclusão: contratar os bandidos certos. Em festa surpresa de aniversário realizada pelo esposo Josué Augusto Silva (E) para a esposa Naiele Freitas, o casal Vivian Francisco e Miguel Torquato registraram presença e deram nota dez pro evento Construção política Com apenas dez meses de um novo governo municipal em São José, já começou a construção de um grupo de empresários, políticos e lideranças para montar uma chapa para 2020. Nesta semana, três reuniões aconteceram quase que no mesmo dia com grupos diferentes. Já temos dois candidatos com passagens por outras prefeituras, recebendo apoio para serem candidatos. Em corrida eleitoral quem chega primeiro bebe água limpa. Divulgação/CSC Nosso querido amigo Alexandro Bastos, o Pombo, esposo da querida vereadora Gilmara Vieira Bastos, de São José, soprou velinhas essa semana. Desejamos muitas felicidades. Pena que nem uma almondega foi paga, mas espero que em poucos dias isso seja resolvido Demitidos Com a Lava Jato em evidência, a maioria dos brasileiros tem ciência que a corrupção está impregnada em todas as instituições públicas, do governo federal às prefeituras. E hoje é mais visível a punição aos servidores corruptos com expulsão e perda do cargo. Só no ano passado 550 servidores foram demitidos e desses, 343 saíram em função da corrupção. Só para você ter uma ideia, desde 2003 até esse ano foram 6.536 servidores federais demitidos. Passaporte Está na programação do governo federal a liberação, em 2018, para que as agências da CEF possam emitir passaportes. Essa solicitação é antiga, e assim ficaria mais fácil para moradores de cidades menores a solicitação de passaporte, sem precisar se deslocarem até capitais. Espetáculo Aproximadamente 140 alunos de São José, que concluíram o curso pedagógico, artístico, técnicas e expressividade para o corpo, encerraram a peça “O Cavalinho Azul” no último dia 19/9, no Teatro do Centro de Eventos Multiuso. O sucesso foi tão grande que irá fazer parte do calendário anual das oficinas. Essa apresentação foi para comemorar os 163 anos, que foi o terceiro no Brasil do Adolpho Mello. Pensamento da semana Maior do que aquele que quer te derrubar é aquele que te levanta todos os dias e te dá forças para lutar. Isso é ser parceiro. Alex Ribeiro/Bella da Semana/Divulgação/CSC Vanessa Vailatti, reside em Penha e já fotografou para o Bella há dois anos e foi sucesso absoluto no mundo inteiro, agora está de volta em fotos muito especiais. Depois que fotografou pela primeira vez, após ter sido coroada a musa do concurso promovido pelo Bella da Semana no carnaval de Floripa em 2015, Vanessa curtiu a vida, beijou mulheres, virou celebridade e chegou a ser confundida com a esposa do atual presidente brasileiro Michel Temer, Marcela, em uma história que pipocou nos maiores veículos de comunicação nacionais. Vanessinha, nossa eterna musa, deixou todos nós implorando por mais. É com muito prazer que atendemos a esses pedidos e agora vocês podem ver o resultado deste novo trabalho aqui. Vem chumbo grosso por aí Dias atrás estávamos numa roda de amigos e alguns eram advogados, e pintou o papo das dificuldades que muitos prefeitos e ex-prefeitos passam para administrarem suas cidades, pois tudo vira processo. Em uma visita ao Judiciário para defender seu cliente, ele ponderou: Bah, mas esses processos sobre meu cliente não acabam mais, não? Ai veio a resposta: fique tranquilo, desses mais de 200 aqui, seu cliente tem apenas mais três, os restantes são de dois atuais prefeitos da região. Festa na Ponta de Baixo A Associação de Moradores da Ponta de Baixo, em São José, está preparando um festival, sem fins lucrativos, para o dia 26/11, na Praia de Guararema. Inúmeras atrações estão na programação: atividades recreativas/esportivas, náuticas, culturais, Escola de Oleiros e uma praça de alimentação com Food Truck. Empresas ou entidades que estejam com intuito de participar, podem entrar em contato pelo número (48) 98403-7810.

[close]

p. 15

São José, 6 de outubro de 2017 Gente redacao@correiosc.com.br Divulgação/CSC DE BEM COM TUDO Jornalista Bruno César e a esposa Karina tietando o filho Nathan, que participa da escolinha de futebol no Kretzer Soccer Indoor, em São José. Bruno comemora aniversário nesta sexta feira, 38 anos de muita alegria, felicidade e com muitos amigos, como ele diz. Parabéns. Divulgação/CSC 15 Divulgação/CSC O VICE O atual vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) Gilberto João Badalotti foi eleito vice-presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC). A nova diretoria, que continuará a ser presidida pelo empresário Ivan Roberto Tauffer, assume a direção da entidade em janeiro de 2018 até dezembro de 2020. Essa é a segunda vez que um integrante da diretoria da CDL Chapecó faz parte da gestão da FCDL/SC. POLIDORO SABE TUDO Fotógrafo Daniel Pereira com o colunista Cacau Menezes no lançamento do livro do Polidorio Junior, que fala da vida de Albeneir. O evento ocorreu no Hotel Magestic dia 28/9. Divulgação/CSC Divulgação/CSC REUNIDOS No último dia 9 de setembro os “Bichas Velhas”, como é chamado o grupo de amigos do Sítio Rancho Fundo, juntou-se para comemorar o primeiro ano do pequeno Dominic. Na foto: Ana Paula, Ronaldo Ferro, Karen (mãe), Hedian (pai), Hérick, Tales, Cíntia, Rejane e Renato. Parabéns para todos! KIKO FAZ A FESTA Desta vez os parabéns vão para o amigo e empresário Lair José Clasen (Kiko), que recepcionou familiares e amigos numa confraternização no belo parque aquático Junkes, em Louro, Antônio Carlos. Parabéns, amigo e parceiro, por mais essa data tão importante na tua vida.

[close]

Comments

no comments yet