Revista Fácil - Edição 180

 

Embed or link this publication

Description

Internet - Os perigos e avanços entre as crianças

Popular Pages


p. 1

Os Atrativos Turísticos de Pernambuco ANO XXII - 2017 - Edição 180 - R$ 8,00 - www. revistafacil.net Alagoas e seus encantos Internet Os perigos e avanços entre as crianças FÁCIL | Lazer e Negócios NE 1

[close]

p. 2

2 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

[close]

p. 3

Sumário CAPA 04Crianças na Internet O potencial turístico 06de Pernambuco Crianças na Internet 04 Pernambuco Turístico 06 Coluna Abrajet/PE 20 Alagoas 22 Saúde 26 Envelhecimento Ativo 28 Avaliação Física 29 Gastronomia 30 Internacional 32 Coluna PB 34 28 Benefícios de um envelhecimento ativo Edição 180| Ano XXII | Setembro / 2017 www.revistafacil.net | FÁCILTV - www.faciltv.tv /FacilRevista /RevistaFacil /RevistaFacilNE App applink.com.br/revista_facil Expediente Presidente Fernando La Greca Diretora de Negócios Nilza Guerra Diretora de Produção Ana La Greca Editor de Turismo Luiz Felipe Moura Colaboradores de Fotos Evaldo Parreira Ivaldo Régis Roberto Souza Colaboradores Ana Paula Silva Gilson B. Feitosa Horácio Abiahy Yluska Regina Quesado de Almeida Jaques Cerqueira Jefferson Victor Leandro Ricardo Roberta Monteiro Silvio Romero Rogério Almeida Colaborador São Paulo Renato Cury Fone: 11 2864.1636 Administração Rua D. Maria Vieira, 88-E - Ilha do Retiro Recife-PE - CEP 50830-020 Tel. 55 81 3039.0594 | 3039.0595 Redação Tel. 55 81 3039.0595 redacao@revistafacil.net Comercial Tel. 55 81 3039.0594 comercial@revistafacil.net Assinaturas Tel. 55 81 3039.0594 Auditada por Baker Tilly Brasil Ceará Sucursal Fortaleza Diretor Mario Pinho Rua Coronel Manuel Albano, 900, torre V, Sl. 405 Maraponga - Fortaleza - CE Tel. 85 32 98 1506 | 85 98856 5149 OI 85 99764 4290 TIM | 11 96031 2011 OI/SP Brasília | Rio de Janeiro | São Paulo Linkey Representações e Publicidades Ltda. (61) 3202-4710/ 9984-9975/ 8423-0318 linda@linkey.com.br Contato São Paulo: Maria Marquezini (11) 99701-5278 | 97284-1919 98288-1919 mmarquezini@linkey.com.br A Fácil Lazer e Negócios Nordeste é uma publicação da EBI - Editora Brasileira de Imprensa Ltda Opinião dos colunistas não reflete necessariamente a opinião da Revista. Proibida a reprodução total ou parcial de matérias ou fotos sem a autorização da Revista. Apartamentos  duplos/casal Apartamentos aconchegantes, com TV, Frigobar, ar condicionado e vista para o Mar Rua dos Navegantes, 77  Porto de galinhas - PE pousadavillaserena@gmail.com Whatsapp +55(81) 9.97821006 FÁCIL | Lazer e Negócios NE 3

[close]

p. 4

CAPA Texto: Jefferson Victor / Fotos: Rodrigo Castro e Patrícia Peck Crianças na internet: Os perigos e avanços da rede digital entre os menores O uso da internet cresce rapidamente no mundo inteiro, e conforme foi inserida no cotidiano das pessoas, segue mudando a forma de como fazemos diversas coisas, desde a nossa forma de comunicação, até o nosso trabalho. A internet hoje já não é mais uma questão de escolha, pois ela está presente em todos os lugares. Porém, como tudo na vida tem um lado bom e um lado ruim. Será que existe uma idade mínima para uma criança navegar na internet? Os novos “brinquedos” do mundo digital não vêm com classificação etária indicada para ajudar os pais na difícil tarefa de ter que dizer “não” para um filho que pede o item, insistentemente, já que todos os amigos estão usando? “A tecnologia não precisa ser vista como um mal ou um perigo. Tudo depende como ela é usada. Logo, cabe aos responsáveis pelos menores essa primeira orientação sobre os limites da internet”, orienta a especialista em Direito Digital, Patrícia Peck Pinheiro, idealizadora do Movimento “Família mais Segura na Internet”. Segundo ela, a melhor analogia é comparar a internet com a rua: “a web é a rua digital; se para andar sozinho e ficar na rua até mais tarde é preciso uma idade mínima, o mesmo acontece com a sua versão on line. Aquele pai que pega o filho na porta da escola, mesmo ele já estando no ensino médio, não pode deixar o filho de 6 ou 7 anos vendo vídeos no Youtube sem supervisão.”, observa à especialista. Para ela, saber o que o filho faz na internet não é invasão de privacidade, mas obrigação. “Se fechamos a porta física da família, temos que fechar também a porta digital. Quando todos se deitam, tem que desligar a internet e o wi-fi”, alerta. Menores que passam a madrugada na internet enquanto os pais dormem; smartphones nas mãos de menores de 12 anos, cujos pais não fazem idéia de 4 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

[close]

p. 5

com quem eles estão interagindo; e crianças que mentem a idade para estar no Facebook, tiram fotos de si mesmas e mandam para quem quiser, estão entre as observações apresentadas pela especialista, que precisam ser restringidas pelos pais. Mas será mesmo que existe uma idade mínima para ter um celular próprio ou navegar sozinho pela internet? Segundo Patrícia, essa idade está relacionada à capacidade do jovem de assumir as consequências dos seus atos. “Até os 12 anos, o menor no Brasil é totalmente incapaz. Por isso, a maioria desses serviços é recomendado a idade mínima de 13 anos, quando ele já tem capacidade de compreender as regras aplicadas e estar submetido a elas, com a ciência dos pais”, explica. “É preciso oferecer acesso à tecnologia, respeitando a idade e a maturidade da criança. Não é porque todo mundo tem que seu filho tem que ter também. Ser um pai responsável é, sim, ficar preocupado, monitorar, vigiar, orientar e fornecer o recurso compatível com a idade” reforça a especialista. Segundo ela, com menos de 12 anos, a criança tem que ser totalmente assistida pelos pais. Com mais idade, os pais têm o dever de saber o que está acontecendo, para socorrer o jovem ao primeiro sinal de perigo. Já segundo Allen Ricardo, especialista em uso digital, uma das grandes vantagens da internet, é a utilidade. “A internet mudou o mundo e isto é fantástico. Com ela as crianças podem aprender, se divertir e entrar em contato com pessoas com os mesmos interesses. Os menores podem aprender mais rápido os números e letras, ter a capacidade de melhor agilidade, e saber interagir conversar. Há 20 anos atrás, as crianças tinham dificuldades em escrever. Com a internet, isso vem mudando. Hoje, uma criança tem uma facilidade em saber ler e escrever, com a ajuda da rede digital”, argumenta. “O lado negativo é a enorme exposição de menores de idade a imagens de conteúdo adulto, a comportamentos de agressão verbal e bullying, à pornografia, além da proliferação de crimes como roubo de identidade, uso inapropriado de dados pessoais, tráfico de armas, venda de drogas e redes de pedofilia’’. em uma sociedade onde a sexualização de crianças é vista como natural. Ele cita um estudo americano realizado em 2009, que revela que 53% dos meninos e 28% das meninas com idade entre 12 e 15 anos assistem a cenas sexo explícito na rede. A pesquisa mostrou ainda que 32% de crianças de dez anos estão expostas à pornografia online. Existem medidas simples e básicas para minimizar os riscos para as crianças, mas são pouco utilizadas pelas famílias. As empresas de tecnologia têm feito um enorme esforço para promover o uso gratuito de filtros e sistemas para menores. Diversos aplicativos de segurança que bloqueiam o acesso a conteúdo impróprio, além de aplicativos não desejados, e o uso da câmera e outras configurações. Algumas funções básicas permite que os pais controle quais os aplicativos podem ser executados por sua família, como também bloquear sites com conteúdo impróprio, pornografia, violência e drogas. Confira alguns aplicativos gratuitos disponíveis para Android e IOS: Kaspersky Parental Control: Ele fornece uma maneira fácil e conveniente para proteger seus filhos quando eles estão on-line utilizando o navegador padrão do aparelho. Family Guardian: Esta aplicação de controle parental, usado com um portal on-line, permite aos pais monitorar a localização de seus filhos e uso de smartphones e gerenciar como as crianças usam seus dispositivos. Possui bloqueio de aplicativos inapropriados e alarme de pânico. Net Nanny: Esse aplicativo é um navegador personalizado que se torna navegador padrão do seu filho. Ele pode gerenciar quais aplicativos seu filho pode ou não usar em seu dispositivo móvel. ‘’Apenas 28% dos pais empregam estes sistemas. No caso de celulares é ainda pior: o uso cai para 16%. O uso de aplicativos para auxiliar na tarefa de educação digital das crianças facilita o trabalho dos adultos, porém nada substitui uma conversa sobre dos perigos na internet. E principalmente como se comportar nas redes sociais’’, afirma. ‘’Os pais devem ser conscientes de que os riscos existem mesmo sem que os filhos saiam de casa. Ao mandar uma foto de uma criança para os avós em alguma rede social, como o Facebook ou Instagram, por exemplo. Eles devem ter em conta que estão mandado aquela imagem para o mundo. É preciso saber que quando se está online, se está em público’’. De acordo com Allen, o convívio das crianças com tais assuntos pode modificar a percepção do que é normal, o modo como elas se relacionam com o sexo oposto e como interagem com o mundo. “Vivemos “As redes sociais representam uma grande oportunidade de socialização, ajudam a encontrar pessoas desaparecidas, a promover mobilizações, mas as crianças não deveriam usá-las”, conclui Allen Ricardo. FÁCIL | Lazer e Negócios NE 5

[close]

p. 6

TURISMO Texto: Ana Paula Silva / Fotos: Divulgação O potencial turístico de Pernambuco Com uma diversidade cultural, a Região Nordeste se destaca no turismo por oferecer as mais diversas experiências aos visitantes. Além de ser favorecida por lindos ambientes naturais, a Região possui atrativos histórico-culturais que encantam os visitantes. Em todo esse contexto regional, Pernambuco é um dos grandes destaques. Do Litoral ao Sertão, o Estado revela características favoráveis para vários tipos de turismo. De belas praias aos centros históricos e culturais, Pernambuco tem revelado crescimento em novos segmentos a cada ano, demonstrando um potencial turístico notável não só para o Nordeste, mas para o Brasil como um todo, ganhando inclusive notoriedade internacional. O Estado é um dos principais receptores de turistas na Região Nordeste, possuindo destinos famosos como Porto de Galinhas e Fernando de Noronha. Além desses, Recife e Olinda são dois locais que encantam seus visitantes, bem como diversos municípios com belas paisagens naturais. Diante de tanta riqueza turística, Pernambuco abre suas portas e mostra que possui caminhos para várias oportunidades. Nesta matéria, serão apresentados os atrativos turísticos do Estado em todos os segmentos, o que cada região oferece para quem deseja visitar e desfrutar das maravilhas de Pernambuco. Recife, a porta de entrada Histórica e moderna, a capital pernambucana mescla atrativos antigos e contemporâneos em cada canto, esbanjando diversidade cultural, arquitetônica, gastronômica e natural. Na cidade, os pontos turísticos são os mais diversificados. No ponto inicial da cidade, o Marco Zero, há  várias atrações para todos os gostos. O Centro de Artesanato de Pernambuco, a Caixa Cultural e o Memorial Luiz Gonzaga são três destinos turísticos certos. Para embelezar ainda mais a paisagem, o Parque das Esculturas Francisco Brennand completa o cenário. Ainda no bairro do Recife Antigo, o Paço do Frevo, o Museu Cais do Sertão, Embaixada dos Bonecos Gigantes, a Torre Malakof e o Paço Alfândega também atraem visitantes com exposições e manifestações culturais. O Recife possui edificações religiosas históricas, uma diversidade que mostra a riqueza da sua cultura. Na Rua do Bom Jesus está situada a Sinagoga Kahal Zur Israel, a sinagoga mais antiga das Américas. Nos bairros de Santo Antônio e São José também se situam importantes igrejas que formam um conjunto no estilo barroco, a exemplo da Basílica e Convento de Nossa Senhora do Carmo, da Concatedral de São Pedro dos Clérigos e da Capela Dourada. Ainda no Centro da cidade, está situada a Casa da Cultura, antiga cadeia pública do Recife, e os Fortes das Cinco Pontas e do Brum, outrora palco de lutas, atualmente abrigam museus que destacam a história do Estado. Indo para a Zona Norte, a arte e a cultura entram em cena no Instituto Ricardo Brennand e na Oficina Cerâmica Francisco Brennand, ambos localizados no bairro da Várzea. “Na Várzea, o castelo do Instituto Ricardo Brennand abriga uma grande coleção de esculturas, armaduras, obras de arte, jardins e armas brancas, tendo sido reconhecido como o melhor museu da América Latina pelo TripAdvisor. No mesmo bairro está a Oficina de cerâmica Francisco Brennand, um fantástico mundo de peças em cerâmica do artista Francisco Brennand, um dos maiores expoentes da arte moderna brasileira”, ressalta a Ana Paula Vilaça, secretária de Turismo e Lazer do Recife. A cidade tem um grande potencial turístico. Segundo dados da Empetur (Empresa de Turismo de Pernambuco), foram mais de 2,5 milhões de turistas no grande Recife (Recife, Olinda e Jaboatão), dando uma média de mais de 230 mil por mês. No período do carnaval esse número torna-se bem mais expressivo. E esses dados são refletidos na economia do Estado. “Atualmente, a atividade turística responde por aproximadamente 4% do PIB do Estado de Pernambuco, movimentando fortemente o setor de serviços, lazer e negócios no Recife” conforme 6 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

[close]

p. 7

Recife e suas Pontes Foto: Rafael Medeiro Maior Ilha Coroa do Avião Foto: Evaldo Parreira Praia dos Carneiros Foto: Evaldo Parreira Piscinas Naturais de Porto de Galinhas Praia da Conceição Foto:Antônio Melcop Olinda FÁCIL | Lazer e Negócios NE 7

[close]

p. 8

Forte das Cinco Pontas Torre Malakof Paço do Frevo Marco Zero e o Parque das Esculturas Francisco Brennand Foto: Rafael Medeiros registra a secretária Ana Paula Vilaça. A cidade foi destaque no Índice de Competitividade do Turismo Nacional. “O índice geral da cidade indicou que o destino se situa no nível 4 de competitividade, dentre um ranking de 1 a 5. O resultado foi superior à média Brasil e superior à média das capitais em todos os 13 requisitos pesquisados”, afirma Ana Paula Vilaça. Toda a sinalização turística está sendo requalificada e os Centros de Atendimento ao Turista (CAT) com atendentes bilíngues estão nos principais locais da cidade, como na Praça do Arsenal no Recife Antigo. As sedes dos CATs na Praça de Boa Viagem, Aeroporto e Terminal Integrado de Passageiros funcionam 24 horas por dia. Além de cursos de capacitação para profissionais que trabalham na área turística, outros projetos estão em andamento pela Prefeitura do Recife, a exemplo da iluminação cênica das Pontes. “Ícones da arquitetura do Recife, as pontes Buarque de Macedo e Princesa Isabel estão recebendo uma obra que mudará a paisagem do centro da cidade... O projeto, originário da Prefeitura do Recife, envolve o embutimento da fiação elétrica e telefônica e a instalação de refletores voltados para as vias e para o Rio Capibaribe”, informa Ana Paula Vilaça. Projetos de divulgação da cidade em todos os níveis também são realizados pela prefeitura. O Olha! Recife é um projeto de sensibilização turística que promove passeios gratuitos em roteiros diversos na cidade com três modalidades: a pé, de catamarã ou de ônibus. O projeto é voltado para os turistas e residentes do Recife. Passeio de Catamarã no Rio Capibaribe Oficina de cerâmica Francisco Brennand Foto: Rafael Medeiros Instituto Ricardo Brennand 8 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

[close]

p. 9

FÁCIL | Lazer e Negócios NE 9

[close]

p. 10

Parque Dona Lindu muito movimentada, especialmente por ser o local onde está situado o Veneza Water Park, considerado o Melhor Parque Aquático de Pernambuco. No litoral norte a chamada são as praias de Carne de Vaca e Ponta de Pedras, no município de Goiana. Com águas calmas e um mar tranquilo, são ideais para quem deseja tranquilidade. As piscinas naturais são um atrativo a mais na região. Outra praia localizada nesta região é a de Itamaracá, situada na Ilha que possui o mesmo nome. Eternizada na canção de Reginaldo Rossi, o local é cercado por águas cristalinas e piscinas naturais, além de possuir um importante monumento histórico de Pernambuco, o Forte Orange. No que se refere à ocupação hoteleira, Recife teve uma média de 70% de ocupação no ano de 2016. “Nos últimos anos, grandes redes de hotéis nacionais e internacionais investiram na cidade. Desta forma, de 1997 a 2017, o número de estabelecimentos no Recife só aumentou, passando de 66 para 87 hotéis”, registra Ana Paula Vilaça. Atualmente Recife disponibiliza 15 mil leitos em toda a cidade, uma oferta que tem suprido a demanda de turistas que procuram conhecer a cidade a aproveitar o que Pernambuco tem de melhor na sua principal porta de entrada. Um litoral exuberante Na capital pernambucana já se apresenta um dos mais importantes cenários turísticos do Estado: as praias. Boa Viagem, com seus arrecifes, já chama a atenção dos visitantes. Localizada a menos de 10 minutos do Aeroporto, nela estão situados o Parque Dona Lindu e a Pracinha de Boa Viagem, que contem diversos atrativos, artesanato local e boas opções da culinária pernambucana. O calçadão é equipado com ciclovia e as barracas instaladas ao longo da orla servem de tudo: cerveja gelada, caldinhos, água de coco, peixes e até espumante. No mar, uma grande barreira de arrecifes favorece a formação de piscinas naturais. Ainda na região metropolitana temos as praias de Candeias (Jaboatão) e Maria Farinha (Paulista), esta última Praia de Boa Viagem Foto: Rafael Medeiros As praias de Maria Farinha e Itamaracá vem ganhando destaque no esporte náutico. Com temperatura média de 28 graus, a região possui clima e vento favoráveis para prática de diversos esportes, a exemplo do windsurf, optimist e dingue. As praias possui locais especializados para realização de regatas e vem ganhando mais notoriedade nacional, a exemplo deste ano no qual sediou o Campeonato Brasileiro de Windsurf. De Itamaracá é possível também ir para a Coroa do Avião, uma ilhota situada no município de Igarassu. Seguindo para o litoral sul, no município do Cabo de Santo Agostinho, as praias do Paiva e Itapuama possuem Ilhota da Coroa do Avião e Forte Orange na Ilha de Itamaracá Foto: Miguel Igreja Pontal de Maria Farinha Foto: Evaldo Parreira 10 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

[close]

p. 11

FÁCIL | Lazer e Negócios NE 11

[close]

p. 12

Enseada dos Corais Foto: Evaldo Parreira Calhetas Foto: Evaldo Parreira mar aberto e são utilizadas para prática de Surf ou para E o setor público de Ipojuca, bem como o trade turístico, quem deseja acampar, uma vez que em alguns locais investe cada vez mais no local, reconhecendo a impor- possui área para camping. Em Pedra do Xaréu e Enseada tância econômica que Porto tem para o município e o dos Corais é possível tomar banho em piscinas naturais e Estado como um todo. apreciar belíssimas paisagens, onde as ondas rebentam nas pedras. Muro Alto, Maracaípe, Serrambi, Cupe, Tamandaré, Car- neiros e São José da Coroa Grande completam a lista Gaibu também possui um mar calmo e arrecifes, contudo é mais movimentada, com bares e restaurantes que favorecem a estadia dos turistas e visitantes que vão ao local.  As águas cristalinas de Calhetas são cercadas por coqueiros e arrecifes e belas elevações rochosas. No caminho dos paraísos do litoral sul pernambucano. Em Serrambi a extensa formação de corais permite a formação de piscinas. Contudo, para os aventureiros existe a opção do surfe na parte onde as ondas são mais fortes. A praia do Cupe também é conhecida pelo mar mais agitado. entre Gaibu e Calhetas os visitantes podem apreciar uma bela vista num passeio de tirolesa. A praia do Paraíso é uma das menores do Estado, embora seja grande em beleza e tranquilidade. Em Tamandaré, os turistas podem visitar a Ilha de Santo Aleixo ou as piscinas naturais próximas à igreja de São Pedro. Na cidade estão localizadas excelentes praias como a de Tamandaré, a das Campas, do Pontal do Lira No município de Ipojuca está situada uma das mais e a Praia dos Carneiros, esta última contendo atrações procuradas praias do Estado, a praia de Porto de Gali- como banho de argila, um atrativo a mais para os turis- nhas. Uma grande parte dos turistas que desembarcam tas. Carneiros possui 5 km de coqueiros que estão pre- no Recife escolhe Porto como primeiro destino, onde sentes em toda a sua extensão, além de piscinas naturais são convidados a desfrutar de belos ambientes naturais. Com suas piscinas naturais e águas Piscinas naturais em Porto de Galinha claras, o local possibilita passeios de mergulho, um atrativo que encanta os visitantes.  No centro de Porto é possível encontrar diversos restaurantes com os mais variados cardápios, muitos hotéis e pousadas além de várias lojas com produtos artesanais. Em Porto de Galinhas é possível conhecer também o projeto Hippocampus, uma instituição sem fins lucrativos, que se dedica à conservação e educação ambiental. 12 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

[close]

p. 13

PREFEITURA DE OLINDA FÁCIL | Lazer e Negócios NE 13

[close]

p. 14

Praia dos Carneiros Foto: Evaldo Parreira e bancos de areia que oferecem um espetáculo imperdível para quem a visita. Na região de Tamandaré estão localizadas duas unidades de conservação ambiental, a APA (Área de Proteção Ambiental) de Guadalupe e a Costa dos Corais que protege os recifes costeiros localizados entre o litoral sul de Pernambuco e norte de Alagoas. Além disso, o local contém uma área de mangues, um ambiente perfeito para várias espécies marinhas, a exemplo de moluscos, crustáceos e ostras. Por fim, São José da Coroa Grande é a última praia do litoral pernambucano, fazendo fronteira com Alagoas. É considerado um dos núcleos turísticos mais importantes de Pernambuco, formado por belas praias com piscinas naturais, bancos de areia e rochas conhecidas como “Coroas”. No município estão a Praia da Várzea do Una, conhecida por suas excelentes ondas, a Praia de Gravatá e a Praia da Coroa Grande, principal praia da cidade, cujo nome provém das famosas coroas - formações rochosas que surgem nos períodos de maré baixa, formando maravilhosas piscinas naturais. Os bancos de areia formam lagunas de pouca profundidade e os passeios de jangada permitem o acesso às piscinas naturais formadas em pontos mais distantes. Olinda, Jaboatão e Igarassu: cidades cheias de história  Um Estado cheio de marcos históricos também oferece inúmeras opções de lazer para quem gosta de apreciar monumentos antigos. O ponto inicial é Olinda, a primeira capital do Estado e muito famosa atualmente, especialmente durante o período do Carnaval. Mas não apenas nesta época. Olinda mostra ser atrativa durante o ano todo. A Praça do Carmo, a Igreja do Carmo, o Alto da Sé e a Casa de Bonecos Gigantes são os mais procurados, sendo a Ladeira da Misericórdia um caminho tradicional. O Centro Histórico de Olinda transborda cultura e atrai pela sua beleza, sendo um dos pontos turísticos mais visitados de Pernambuco. “Recebemos cerca de 20 mil turistas por mês na baixa temporada e 100 mil por mês na alta temporada, além dos mais de 2 milhões de visitantes no Carnaval”, ressalta o secretário de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Tecnologia de Olinda, João Luiz da Silva Júnior. O Espaço Lumiara Zumbi, a Casa da Rabeca na Cidade Tabajara e o Quilombo de Xambá em Sapucaia são outros atrativos que o município possui. Contudo, a cidade também possui outros convites. Um passeio pela orla à noite nas praias do Bairro Novo, Casa Caiada ou do Farol, por exemplo, proporciona aos visitantes conhecer um novo olhar sobre a cidade, um misto de história e modernidade, um ambiente que só uma rica cidade como Olinda pode proporcionar. Além de bons locais para os turistas se hospedarem, a infraestrutura local disponibiliza também várias opções de restaurantes para que os visitantes possam usufruir o melhor da culinária pernambucana. Segundo o secretário João Luiz Júnior, Olinda dispõe atualmente de 1.500 leitos, uma oferta que reflete seu potencial para ser um forte destino turístico. Há projetos também para implantação do Receptivo Turístico de Olinda e reativação do transporte turístico, além da criação de polos culturais para atração de visitantes. “O turismo de Olinda gera renda através da gastronomia, Mercados de artes, cultura e serviços, mas tem um excelente potencial que ainda precisa ser incrementado”, informa João Luiz Júnior. 14 FÁCI L | Lazer e Negócios NE

[close]

p. 15

Igreja do Alto da Sé/Olinda Largo do Mosteiro de São Bento de São Pedro Apósto / Olinda Orla de Olinda Igreja de São Pedro Apósto / Olinda Centro Histórico de Igarassu Foto: Miguel Igreja No município de Igarassu encontramos outra parada obrigatória: a Igreja Matriz de São Cosme e São Damião, que é considerada o templo católico mais antigo do Brasil. Construída em 1535, a Igreja faz parte, juntamente com outros monumentos, do Sítio Histórico de Igarassu, um dos conjuntos arquitetônicos religiosos mais antigos e conservados de Pernambuco. Também fazem parte dos pontos turísticos de Igarassu o Convento do Sagrado Coração de Jesus, o Museu Histórico de Igarassu, a Casa de Câmara e Cadeia, o Marco de Pedra, o Convento de Santo Antônio e o Museu Pinacoteca de Igarassu. Em Jaboatão dos Guararapes, os turistas podem conhecer mais do que as praias de Candeias e Piedade. No Parque Histórico Nacional dos Guararapes se encontram o Morro dos Guararapes e a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres dos Montes Guararapes. No Monte ocorreu a Batalha dos Guararapes, uma das mais importantes na história do Brasil. FÁCIL | Lazer e Negócios NE 15

[close]

Comments

no comments yet