Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

 

Embed or link this publication

Description

João Monlevade, sexta-feira, 15 de Setembro de 2017 - Edição 4.164 - Ano XIX

Popular Pages


p. 1

SEXTA-FEIRA 15 DE SETEMBRO - 2017 | R$ 1,00 O Diário do Médio Piracicaba Edição: 4.165 - Ano XIX - Fechamento: 18h00 www.bomdiaonline.com Casos de HIV aumentam e acendem alerta em João Monlevade Nuvem de fumaça encobre bairro JK Dindão Página 3 Arquivo Bom Dia Uma nuvem de fumaça, resultado de queimada em área verde, encobriu o bairro JK e imediação, em João Monlevade, na tarde de ontem (14). Além da fumaça, muita fuligem invadiu casas. O tempo seco na cidade, aliado à ausência de chuvas, tem provocado o aumento de focos de queimada e consequentemente afetado a saúde dos monlevadenses. Dindão Uma comitiva da Associação dos Municípios do Médio Espinhaço (Amme) visitou a Associação dos Municípios do Médio Piracicaba (Amepi). Na oportunidade, os visitante puderam conhecer o SIM, Cismepi e CGRS. Página 5 Falta de repasse atrasa entrega de creche Apenas 16% da verba prometida para obra foi repassada pelo Governo Federal. Página 5 Associações trocam experiências

[close]

p. 2

BOM DIAsexta-feira, 15 de setembro de 2017 2.opinião EXPEDIENTE BOM DIA • Diretor Responsável: Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diretor Geral: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho • Reportagem Kátia Passos • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Tayana Duarte (Interiores com Estilo) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. FUNDADO EM JULHO DE 1998 Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com República Literária reforça sua missão de incentivo à leitura e promoção da cultura O MEDIOPIRA da semana foi conversar com a Jacqueline Silvério, proprietária da República Literária, um dos maiores centros de difusão da literatura e do conhecimento na região. Conheço Jacque desde que ela se expressava artisticamente nos festivais de musica. Depois que montou a Republica Literária ela encontrou a sua “cachaça”. A literatura preencheu a sua vida e juntamente com a Nádia, construiu uma loja que é quase uma instituição monlevadense, dada a sua importância para leitores, estudantes, professores, escritores, promotores de eventos e afins.. Mas vamos a entrevista: - Quantos anos tem a República Literária? Completamos 29 anos. A Republica Literária foi fundada em 10 de junho de 1988 - A República literária virou uma espécie de templo da cultura e dos eventos na cidade. Vocês estão sempre trabalhando em parceria com os promotores culturais, servindo como bases para vendas de ingressos e convites. Como é essa relação com a cidade? Por iniciativa própria, sempre divulgamos todas as iniciativas culturais. Sempre disponibilizamos nossos espaços internos e externos paradivulgações de eventos educacionais, sociais, culturais e literários, e, na medida do possível, buscamos, por meios próprios,divulgar, com a antecedência necessária, todo material disponibilizado por pessoas, entidades e empresas, convidando nossos clientes e amigos a tomarem conhecimento da atividade e dela participarem. - Como você avalia o mercado de livros. As pessoas continuam lendo muito? Com toda a certeza, posso afirmar que o MERCADO DE LIVROS expandiu-se vertiginosamente. Entretanto, não significa, exatamente, que houve um crescimento paralelo de venda de livros. Os novos leitores, utilizam-se de e-books como nova plataforma de conhecimento do teor dos livros. A facilidade em baixar os livros para o computador, tablet, notebook, celular e outros meios, criou um novo jeito de ler. - Além de livros, vocês comercializam uma série de produtos. O que tem mais saída hoje em dia? Realmente, para manter o sonho de oferecermos livros aos nossos clientes, tivemos que ampliar nossas atividades comerciais. Atualmente, os produtos mais vendáveis são os vintage (retrôs), canecas e taças, chinelos, imãs e relógios. - Você acha que o livro impresso tem vida longa ou será engolido pelas plataformas virtuais? Acredito que sempre existirão os fieis amantes do livro impressos. Mas, já na atualidade, dada a comodidade, principalmente, e ao imediatismo dos novos leitores, as opções virtuais têm crescido bastante. - Quais você considera serem as vantagens da leitura do livrofísico sobre a leitura virtual, nos tablets e celulares da vida? Pessoalmente, e na opinião de diversos clientes, o prazer de “possuir” o livro físico se explica pelo prazer de poder toca-lo ou visualiza-lo nas prateleiras de uma estante, especialmente criada para sua admiração, de poder cheirar as suas folhas, marcar-lhe as partes mais interessantes, deixar nele anotações pessoais, e por aí vai... A relação com um livro físico é a de um amor incondicional. - Vocês estão promovendo a feira anual da República Literária. O que vai ter de novidade esse ano? Nesta edição 2017, que será no dia 7 de outubro, além dos descontos especiais de 15 e 20% em todos os livros expostos dentro da livraria, teremos, na parte externa da loja, a presença de 2 escritores, que estarão autografando seus livros. O artista plástico e professor Mateus Xavier também irá prestigiar o nosso evento realizando desenhos livres de nossos clientes. A área musical ficará a cargo da dupla Heitor e Ronivaldo, apresentarão músicas de estilos variados, no melhor da MPB. E para finalizar, o mais especial da nossa feira anual de livros será oferecer excelentes títu- los para as crianças, adolescentes e o público em geral, com promoções a partir de R$5,00 e centenas de livros ao preço fixo de R$9,90. - Os escritores locais tem saída? Existe algum tipo de promoção e interação com a livraria? Alguns poucos escritores locais têm uma saída mais expressiva de seus livros. Entretanto, no geral, a procura/ venda de um livro independente é muito rara, e perdem-se obras muito boas por desconhecimento de conteúdo. Em nossa livraria, atualmente, temos títulos de escritores locais, de Nova Era, Rio Piracicaba, Itabira, São Gonçalo do Rio Abaixo, São Domingos do Prata, Belo Horizonte, Brasília. Geralmente, os “escritores” deixam os seus exemplares, e somem. Alguns poucos aparecem para acompanhar a venda dos livros, ou interagirem conosco. - E como está a presença da República Literária na internet? Ainda não criamos uma PLATAFORMA DE VENDA ATRAVÉS DA INTERNET. Entretanto, nossa presença é diária no FACEBOOK e WHATSAPP , e os clientes estão habituados a fazerem contato conosco através destes meios de comunicação. Temos buscado agilizar o processo de atendimento pessoal e virtual, aprimorando , diariamente , a nossa logística de vendas.

[close]

p. 3

BOM DIAsexta-feira, 15 de setembro de 2017 CONECTE JÁ (31) 3851-0475 Av. Getúlio Vargas, 4.906 www.internetsuper.com.br 3.política Homens e jovens lideram ranking de casos de HIV em João Monlevade João Monlevade - O caso de pessoas infectadas pelo vírus HIV em João Monlevade vem aumentando progressivamente, segundo dados do Programa Municipal de Infecção Sexualmente Transmissível (IST) / HIV / AIDS. De agosto de 2016 até agosto de 2017, 31 novos casos da doença foram registrados. Desses, 21 são de moradores de João Monlevade e os demais de cidades vizinhas como Nova Era, São Domingos do Prata, Catas Altas e Rio Piracicaba. Os homens também são a maioria no número de doentes (22). Ainda conforme os dados, a faixa etária de 20 a 29 anos, é a que mais concentra pacientes em tratamento. As informações sobre o aumento dos casos de HIV positivo em João Monlevade foram repassadas pelo vereador Belmar Diniz (PT), durante reunião da Câmara Municipal, na tarde da última quarta-feira (13). Ele comentou sobre a questão e disse que profissionais da área de saúde estão alarmados com os números. Ainda conforme o vereador, por ano, de sete a oito casos eram descobertos pela equipe do Programa IST, agora, esses dados já estão na casa dos 30 casos/ano. Acredita-se que esses números podem ser ainda maiores, já que há pacientes que não procuram atendimento médico ou que não alertam os parceiros sobre a doença e ainda há quem recorre a tratamento particular. Cada vez mais jovens O avanço da epidemia entre jovens é um fator que assusta. Para se ter ideia, existe um caso de um adolescente de 16 anos em tratamento em João Monlevade devido a infecção pelo HIV. Quando o jovem deu entrada no programa ele tinha 14 anos. O que explica o aumento de casos da doença entre jovens e adolescentes é, principalmente, a falta da cultura do uso do preservativo, já que relação sexual continua sendo a forma de infecção mais frequente. “Acredito que o trabalho de prevenção e conscientização deve começar na educação, sintonizado com o mundo atual. Existem recursos públicos para isso e os pacientes soro positivo, de alguma forma, devem comunicar com seus parceiros. Não é fácil, mas é o correto. Também não devemos ter preconceito com as pessoas portadoras do vírus pois o momento agora é de darmos o total apoio. Esta campanha deve ser também contra o preconceito”, pontuou Belmar. Mortes em 2016 Três pessoas morreram em 2016 em decorrência da AIDS em João Monlevade. Até o ano passado, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, havia 100 soropositivos na cidade. O tratamento para os doentes em João Monlevade é oferecido gratuitamente pelo Centro de Saúde Padre Hildebrando, na Vila Tanque. Os pacientes recebem tratamento de equipe médica que conta também com enfermeiros, farmacêuticos, psicólogos e assistentes sociais. Camisinha é a única prevenção O infectologista e clínico geral da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Paulo Olzon, é categórico ao afirmar a importância da prevenção: “A forma de se prevenir é através do uso de preservativo durante as relações sexuais. Hoje, não se vê mais campanhas, incentivos governamentais falando sobre o assunto. É preciso que essas informações cheguem aos jovens, que são muito diferentes dos portadores da década de 80, por exemplo. É muito raro morrer de AIDS hoje, mas isso não tira todo o estigma e sofrimento que essa pessoa vai passar durante a sua vida. É um tratamento para o resto da vida.” Vereador tucano chama petista de louco e clima esquenta na Câmara João Monlevade - O clima esquentou na Câmara de Vereadores de João Monlevade na noite da última quarta-feira (13), depois que o vereador Gentil Bicalho (PT) disse que o ex-presidente Lula só será reconhecido como líder político depois de preso, morto ou esquartejado como foi Tiradentes ou como foi com Jesus Cristo. A afirmação de Gentil surgiu após ele ler trecho de uma nota da Comissão Executiva do PT na qual o partido rechaça informações prestadas pelo ex-ministro Antonio Palocci à 13ª Vara Federal de Curitiba. “Às vezes ela [a população] já cometeu também injustiças gravíssimas contra os grandes líderes mundiais e nacionais. Haja vista o que aconteceu com Getúlio Vargas, Juscelino Kubitscheck, João Goulart e não po- demos deixar isso acontecer também com esse líder [Lula] que vai ser reconhecido só depois de preso, morto ou esquartejado como foi Tiradentes ou como foi com Jesus Cristo. Então só depois de morto vão reconhecer a grande liderança que revolucionou esse país?”, discursou Gentil Bicalho. O tucano Guilherme Nasser não gostou nada das colocações do petista e atacou: “comparar Lula a Jesus Cristo? Agora você extrapolou todos os limites da loucura, senhor vereador. Lula não vai salvar nem a ele mesmo. Jesus Cristo salvou todos nós. Peço pelo amor de Deus ao senhor que se retrate nessa tribuna. Lula para ser salvo precisa encontrar Jesus e pedir perdão por tudo o que fez a nação brasileira. Ele tem muito o que explicar. É uma afronta e uma vergonha ouvir isso na tribuna”. Gentil voltou à tribuna e afirmou que Guilherme Nasser distorceu suas colocações. “Não podemos admitir a distorção das coisas, das palavras e do entendimento. Comparei Lula com Getúlio Vargas, João Goulart e Juscelino Kubitscheck e citei como exemplo o que fizeram com Tiradentes e Jesus”, ponderou o petista. As acusações continuaram e Nasser voltou à tribuna. Dessa vez, o tucano disse que Gentil foi infeliz em seu discurso. “Sempre que tiver uma comparação nesse nível eu me sentirei bastante ofendido. Não estou aqui para denegrir a imagem de vossa excelência [Gentil Bicalho], que tem história construída e quem sou eu para desconstruir. Uma comparação como essa me afronta e mexe comigo”, replicou o vereador. Curso de Medicina em João Monlevade João Monlevade - Atendendo pedido da prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB), os deputados Tito Torres e Rodrigo de Castro e o senador Antonio Anastasia – todos do PSDB – estão somando esforços no sentido de intercederem junto ao Ministério da Educação, objetivando a implantação do Curso de Medici- na em João Monlevade. No início desta semana, os parlamentares estiveram reunidos com a responsável pela liberação de cursos, a secretária-executiva do Ministério da Educação, Maria Helena de Castro, em Brasília. Eles ficaram muito satisfeitos, diante de um parecer bastante positivo da representante do Ministério da Educação. E outras reuniões deverão acontecer, em Brasília, voltando-se para detalhamentos de propostas. Simone Moreira ressaltou que várias reuniões já foram realizadas com a Reitoria da Ufop (Universidade Federal de Ouro Preto), tendo a Prefeitura e a Ufop já acertado todos os detalhes, objetivando-se a implantação do curso no município.

[close]

p. 4

BOM DIAsexta-feira, 15 de setembro de 2017 4.cultura Um pedaço da Alemanha em João Monlevade: Primeira Oktoberfest traz novo conceito em eventos para a cidade João Monlevade - Nos dias 6 e 7 de outubro, João Monlevade conhecerá um novo conceito em eventos sobre gastronomia. A Primeira Oktoberfest João Monlevade promete oferecer o que há de melhor em comida, chopes artesanais e ainda, infraestrutura diferenciada. A Cervejaria Krug será a apresentadora do evento, que é realizado pela Única Shows e Eventos. Além dos chopes Krug, o público poderá saborear ainda os chopes produzidos pela Vila Alemã, Floresta Elfíca, Charada, Ashby, Veterana e Botocudos. Segundo os organizadores, os apreciadores de um bom chope terão ao seu alcance bebidas nas versões pilsen puro malte, lager puro malte, ipa (indian pale ale), stout, red lager e o tradicional chopp de vinho. “A diversidade é importante para atender a todos que prestigiarem. A Primeira Oktoberfest João Monlevade foi pensada nos mínimos detalhes, justamente para apresentar à João Monlevade um novo conceito em eventos gastronômicos”. E todo chope pede um Fotos: Divulgação Chopp de metro será um dos elementos para inserir o público no universo das “oktobers” acompanhamento de primeira. Por isso, a Primeira Oktoberfest João Monlevade vai agradar a todos os paladares. Serão oferecidos hambúrguer gourmet, inclusive com pão de queijo, pizza, crepe, tapioca, espetos gourmet, pastéis, batata recheada, churros gourmet e paletas mexicanas. E claro, em uma tradicional festa alemã não pode jamais faltar pratos típicos daquele país. Para entrar ainda mais no clima das “oktobers”, haverá concursos tradicionais do universo cervejeiro, como: Chopp a metro, e beer games Espaço Kids é mais um diferencial Para quem acha que em eventos deste tipo não tem espaço para crianças, está muito enganado. Segundo os organizadores, o evento é pensado para que toda a família se divirta junto. A empresa Lib Kids, de João Monlevade, é parceira da Primeira OktoberFest João Monlevade e montará toda uma infraestrutura com brinquedos e personagens para divertir a criançada. “Tomamos como referência grandes eventos realizados em Belo Horizonte e em outros lo- cais. A nossa infraestrutura irá surpreender. Variedade musical é tempero da festa E nada melhor que uma boa música para acompanhar uma gastronomia tão diferenciada. E justamente para agradar a este público de diferentes gostos, mas que exige qualidade, que a Primeira OktoberFest João Monlevade traz os mais diferenciados estilos musicais. Na sexta-feira, dia 6, o público curtirá o bom e velho rock com a banda Amigo Velho e Fernando Martins, que toca com Mike Santos e Ricardo Drummer. Ainda na sexta, clássicos sertanejos serão interpretados pelo cantor Bruno Caipira. Já no sábado, dia 7, a banda Soul Du Samba traz o samba rock. Ainda neste tempero cabe o show da Banda Uodstok Project, que com seu som diferenciado de pop rock, sempre anima os carnavais de Arraial D’Ajuda, na Bahia. Por fim, toda malemolência e ginga do samba raiz da dupla Samba na Sola. Cunho social Tanta variedade em troca de 1kg de alimento não perecível. Isso mesmo. O evento não tem bilheteria. Quem quiser ir basta retirar o ingresso no site do evento www.oktoberfestjm.com.br (que estará disponível nos próximos dias), ou ainda, no site ingresso www.ingresso- narede.com. Na portaria, basta apresentar o ingresso e entregar 1kg de alimento, exceto sal, fubá e farinha de trigo. Os alimentos arrecadados serão entregues para instituições de João Monlevade. Anote na agenda! A Primeira Oktoberfest João Monlevade será nos dias 6 e 7 de outubro. Na sexta-feira, dia 6, o evento terá início às 18h. Já no sábado, os portões serão abertos às 11h. O local é o Garagem Hall, antiga garagem da Enscon. Decoração temática, banheiros químicos, mesas e cadeiras e amplo espaço kids. Tudo pensado no conforto e segurança de quem exige qualidade em todas as situações. Os realizadores garantem que quem for, não vai se arrepender! Udstok traz releitura de grandes sucessos do rock A nossa satisfação é a sua conquista! (31) 3852-2031 (31) 3852-8696 SoulDuSamba se apresenta no sábado, 7

[close]

p. 5

BOM DIAsexta-feira, 15 de setembro de 2017 5.cidade Obras da creche do José de Alencar estão paradas há três meses Arquivo Bom Dia João Monlevade - A Comissão de Educação da Câmara de João Monlevade vai checar a paralisação das obras de construção da creche do bairro José de Alencar. O alerta sobre a parada o serviço foi dado pelo vereador Thiago Araújo (Titó - PDT), durante a última reunião da Casa, no dia 13. O parlamentar ponderou que as obras, de responsabilidade da empresa monlevadense Ferreira Júnior, estão paralisadas desde o dia 15 de maio. O serviço começou em Falta de repasse do Governo Federal atrasa entrega de obra julho do ano passado e deveria ser entregue em abril desse ano. O motivo da não continuidade da construção é falta de verba. O dinheiro, segundo a Prefeitura, vem do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) e não está sendo repassado. “Não estou culpando empresa ou Prefeitura, pois o repasse não vem sendo feito como deveria pelo Fundo Nacional, que passou apenas 16% do valor até agora”, destacou Titó que disse também que a obra está orçada em R$ 1.717.654,00. Associações de municípios trocam experiências O presidente da Comissão de Educação, Leles Pontes (PRB) também comentou o assunto e disse que “várias empresas evitam participar de licitações quando envolve repasse do Governo Estadual e Federal, porque atrasam ou cortam”. Quando pronta, segundo informações da Secretaria de Educação de João Monlevade, a nova cre- che terá capacidade para atender a 440 crianças em período parcial ou a 220 em tempo integral e atenderá demanda dos bairros José de Alencar, Loanda, Laranjeiras, Satélite, Lucília, Metalúrgico, São Geraldo e São Benedito. O educandário irá suprir parte da demanda por vagas nos centros de educação por crianças de 0 a 3 anos. A Caixa Escolar Manoel Loureiro realizará a Chamada Pública nº 02/2017 para Aquisição de Gêneros Alimentícios da Agricultura Familiar, do Empreendedor Rural ou de suas organizações para Alimentação Escolar. Os fornecedores individuais, os Grupos Formais e Informais deverão apresentar a documentação prevista artigo 27 da Resolução FNDE nº 26, de 17 de junho de 2013, para habilitação e Projeto de Venda até o dia 28/ 09 /2017, às 08:00 h, na E.E Manoel Loureiro, localizada na Rua Nova York Bairro Cruzeiro Celeste s/n° – CEP 35.931.112, Telefone (31) 3852-5044, e-mail: escola.103497@educacao.mg.gov.br ,O termo de compromisso da merenda escolar é 838021/2017. Os quantitativos e gêneros alimentícios estão disponíveis na página da Internet: http://portal.educacao.mg.gov.br/agf João Monlevade – Através da articulação do presidente do CBH Piracicaba, Flamínio Guerra, uma comitiva da Associação dos Municípios do Médio Espinhaço (Amme), esteve visitando ontem (14), a Associação dos Municípios do Médio Piracicaba (Amepi). A comitiva estava formada pelo presidente da entidade, José Fernando Oliveira, prefeito de Conceição do Mato Dentro, pelos prefeitos dos municípios associados, de Passabém, Ronaldo Sá, de Santo Antônio do Rio Abaixo, Jorge Antônio de Sá, de Ferros, Raimundo Menezes Carvalho Filho e pela secretária executiva Fernanda Dias dos Santos, a assessora jurídica Hilda Cintra e a analista ambiental Letícia de Oliveira. Na Amepi, o grupo foi recebido pelo presidente da entidade, Leris Braga, prefeito de Santa Bárbara e pelo vice-prefeito de Santa Bárbara, Alcemir José, além do presidente do CBH, Flamínio Guerra. Participaram ainda do encontro a gestora ambiental, Silvâna Guerra. O objetivo da visita foi conhecer os consórcios municipais criados pela Amepi e a implantação do Sistema de Inspeção Municipal (SIM). O consultor Leandro Rico fez uma explanação sobre a implantação do sistema no Médio Piracicaba, o processo e etapas a serem cumpridas para implantação do sistema através de consórcios intermunicipais, destacando o pioneirismo da Amepi. A gerente do Consórcio de Saúde do Médio Piracicaba (Cismepi), Vanessa Gonçalves, apresentou o serviço de saúde implantado também na Amepi entre os municípios associados, despertando grande interesse da Amme. Finalizando a visita, a comitiva foi conhecer o CPGRS – Consórcio Público de Gestão dos Resíduos Sólidos, quando foram recebidos no Aterro Sanitário pelo presidente do Consórcio, Wilber José, prefeito de Bela Vista de Minas e pelo empresário Oscar de Morais, proprietário da empresa operadora do aterro e pela gerente Fabiana Ávila. Ao final, o presidente da Amme, José Fernando, fez um balanço da visita: “Primeiramente gostaria de agradecer ao prefeito Leris que nos recebeu com sua equipe técnica e dizer que foi muito proveitoso esse intercâmbio. Essa troca de experiências é fundamental para nós, sobretudo sobre o SIM. Já estamos tomando providencias objetivas para implantar na AMME. Conversamos também sobre o consórcio de saúde, que também estamos levando o modelo para implantar na AMME, e por fim, aqui no CPGRS, que também poderá servir de base para o que queremos implantar na nossa cidade e região”, informou. VAGA DE EMPREGO RCM CONTRATA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS Interessados enviar currículo para o e-mail pessoal1@rcmloc.com.br ou entregar diretamente na empresa. RCM Locação de Máquinas Ltda Av. Alberto Lima, 2554, Bairro Sion João Monlevade/MG Fone: (031) 3852-1234

[close]

p. 6

sexta-feira, 15 de setembro de 2017 Casamento de Igor e Denise Aconteceu recentemente a união matrimonial do casal Igor Vasconcelos (professor de dança) e Denise Rodrigues dos Santos Amorim (estudante de engenharia civil), realizado pelo Pastor Lelis, na Igreja Quadrangular. O casal recebeu os convidados no Kissussegu e a animação da festa ficou por conta da banda Sintonia. Igor é filho de Sebastião Wiler Aguiar e Josefa Maria Vasconcelos Aguiar Carvalho e Denise é filha de José Rodrigues de Amorim e Marlene dos Santos Fernandes Amorim.

[close]

p. 7

BOM DIAsexta-feira, 15 de setembro de 2017 7.cidade Legislativo piracicabense promove cultura no aniversário da cidade Rio Piracicaba - Há 13 anos promovendo cultura durante a semana do aniversário de Rio Piracicaba, esse ano a “Semana Cultural do Legislativo Municipal” trará alterações significativas. A edição 2017, realizada entre os dias 18 a 23 de setembro, vem com uma série de mudanças idealizadas pelo presidente do Legislativo, vereador Tarcísio Bertoldo. Entre as mudanças estão a inclusão dos distritos de Conceição de Piracicaba (Jorge) e Padre Pinto (Caxambu) na programação. Para conferir a programação completa acesse o site camararp.mg.gov.br/ Pela primeira vez os dis- De acordo com o presi- estas comunidades na tritos irão sediar, durante dente Tarcísio Bertoldo, programação da festa um dia, as apresentações. a mudança visa inserir possibilitando a parti- cipação de um número máximo de munícipes nas festividades. Anteriormente as ações eram realizadas exclusivamente na sede do município. As apresentações noturnas serão realizadas nos dias 20 e 21 de setembro, respectivamente em Caxambu e Jorge, com shows de artistas locais em palco a ser montado em pontos centrais das comunidades. A mobilização para os distritos se fez possível graças ao envolvimento dos setores público e privado. A Prefeitura Muni- cipal dará o apoio necessário e a Vale o patrocínio. Outra mudança é quanto ao local das apresentações noturnas que agora serão realizadas na Praça Maria do Rosário Caldeira. Até o ano passado, todas as edições da Semana Cultural foram realizadas em palcos montados na área externa em frente à sede do legislativo. A exposição de peças e criações de artesãos locais também foi transferida para a Praça. Para conferir a programação completa acesse o site camararp.mg.gov.br/ Projeto “Leve um Livro” distribui trabalho de escritor monlevadense PUBLICAÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL EM MONLEVADE NA FEIRA DE LIVROS DA LIVRARIA REPÚBLICA LITERÁRIA Arquivo Pessoal Wir Caetano é um dos participantes desta edição do projeto Geral - O jornalista monlevadense Wir Caetano é um dos dois “poetas do mês” da Coleção “Leve Um Livro”, de Belo Horizonte. Seu livro “Fragmentos de Poesia Toda” e o do paulista Glauco Mattoso, intitulado “Arithmetica Metrica” (assim mesmo, em português arcaico), co- meçaram a ser distribuídos na primeira semana de setembro, gratuitamente, em vários pontos da capital. Coordenada pela professora Ana Elisa Ribeiro e pelo designer Bruno Brum, a coleção é um projeto iniciado em 2015 com recursos da Lei Municipal de Incen- tivo à Cultura de Belo Horizonte. O objetivo é distribuir gratuitamente pequenos livros de poesia - têm 10 cm de largura por 15 cm de altura e 12 páginas - com produção gráfica apurada. A tiragem de cada obra é de 2.500 exemplares. Foram convidados 24 poetas para cada ano, completando agora em 2017, terceira e última temporada, 72 autores. Embora a distribuição dos livros seja planejada apenas para BH, Wir Caetano conseguiu, junto aos coordenadores do projeto, 50 exemplares do seu “Fragmentos de Poesia Toda” para os leitores de João Monlevade. Interessados poderão encontrar o trabalho na Feira Anual de Livros, que será realizada pela Livraria República Literária no dia 7 de outubro. Atletas monlevadenses recebem Moção de Aplausos Cíntia Araújo/Acom CMJM Os atletas monlevadenses Bruno Monteiro Ferreira Rolim e Lucas Pires de Souza receberam na noite de ontem, 13, Moção de Aplausos. A iniciativa, aprovada por todos os vereadores, é de autoria de Belmar Diniz (PT) e Vanderlei Miranda (PR). Familiares e amigos dos homenageados se fizeram presentes, bem como o consul do Atlético Mineiro, Carlos Augusto. Os dois são atletas do Clube Atlético Mineiro e receberam a homenagem por destacarem o nome de João Monlevade no cenário esportivo, inclusive mundial, já que recentemente ganharam o Torneio Terborg, na Holanda. Entre os títulos conquistados por Bruno estão a Copa Uba Sub 13; Copa Uba Sub 14 e Copa Dadazinho Sub 14; Campeonato Mineiro Sub 15 e Copa do Brasil Sub 17. Já Lucas tem como destaques os títulos de campeão e artilheiro da Copa Ubá Sub-13; Copa Gazetinha Sub-14; bicampeão Copa Ubá Sub-14; Copa Dadazinho Sub-15; Mineiro Sub-15; Copa do Brasil Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20.

[close]

p. 8



[close]

Comments

no comments yet