BlackBook - Resumo Cases Benchmarking 2003-2017 - Edições

 

Embed or link this publication

Description

Resumo dos Cases Benchmarking Certificados no período 2003-2017

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3

Sobre o programa Benchmarking Brasil: Em sua primeira edição, o Programa Benchmarking Brasil (na época chamado Benchmarking Ambiental Brasileiro) já mostra sua força com a adesão de grandes organizações. Com uma metodologia estruturada, e participação de especialistas renomados, o Programa define e reconhece os detentores das melhores práticas de sustentabilidade do Brasil. O programa, além do Ranking congrega outras ações de fomento a sustentabilidade como publicações, banco digital de livre acesso, encontros técnicos, feiras e congressos, entre outros. Além de incentivar a busca da melhoria contínua e a adoção das boas práticas nas organizações, o Programa Benchmarking Brasil contribui de forma efetiva para acelerar o desenvolvimento técnico gerencial desta área e com a construção de massa crítica em sustentabilidade no país. 14 cases Benchmarking certificados. Mais informações no site www.benchmarkingbrasil.com.br

[close]

p. 4



[close]

p. 5

CASES CERTIFICADOS EM 2003 Ordem alfabética Aurora - Cooperativa Central Oeste Catarinense Case: Turminha da Reciclagem Cidade: Chapecó Estado: SC Responsável: Isabel C. T.Machado Cargo: Relações Públicas Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: O programa A Turminha da Reciclagem, trata sobre reciclagem do lixo. Com uma linguagem lúdica e bem divertida, e isso tem dado um retorno positivo em relação aos objetivos traçados no início do projeto. A ação da Aurora é elogiada por professores, diretores de escolas e autoridades que vêem nesta ação toda a responsabilidade social da empresa. O Programa iniciou em Agosto de 2001 já atingiu cerca de 26.524 crianças de 03 a 14. O programa já aconteceu em todas as unidades da Aurora e escolas de Chapecó, São Miguel do Oeste, Rio de Janeiro e São Gabriel do Oeste (MS). Edição 2003. AMBEV - Companhia de Bebidas das Américas Case: Gestão de Recursos Hídricos e Reciclagem de Resíduos Cidade: São José dos Campos Estado: SP Responsável: Beatriz Botelho de Oliveira Cargo: Coordenadora Corporativa de Meio Ambiente Temática Gerencial: Resíduos Resumo: Desenvolvido por um grupo multidisciplinar e implantado nas fábricas à partir de 1997, o sistema de gestão ambiental adota práticas que minimizem os impactos, reduza geração de resíduos e consumo de insumos. Por meio de indicadores de ecoeficiência rigorosamente monitorados para atingir as metas estabelecidas de melhoria contínua, os resultados de controle ambiental são auditados através de "rotas ambientais". Na Gestão de Recursos Hídricos da

[close]

p. 6

unidade de Jaguariúna em 2002, houve uma redução de 20 % no índice de consumo de água, e uma economia anual de 686.000 .000 litros de água, suficiente para abastecer durante 1 ano uma população de cerca de 8.000 pessoas. A Reciclagem de Resíduos (unidade F Minas) apresenta um aproveitamento de 98% de seus resíduos sólidos gerados. Edição 2003. Caraíba metais Case: Fenômeno das Andorinhas Cidade: Salvador Estado: BA Responsável: Péricles Júnior Cargo: Assessor de Meio Ambiente Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: O projeto Fenômeno das Andorinhas apresenta o histórico sobre a convivência de aves migratórias, estimadas em mais de cem mil que escolheram a área da Caraíba Metais como habitat em sua rota de migração no período do inverno e as iniciativas adotadas pela Empresa, transformando um problema crítico relacionado ao conforto e bem estar dos seus funcionários em uma ótima oportunidade de educação ambiental, num projeto associado à preservação de um fenômeno da natureza. Como resultado, tivemos 11.726 aves anilhadas nas quatro campanhas anuais; 04 Matérias veiculadas na imprensa escrita; 08 matérias veiculadas em emissoras de televisão (todas espontâneas); 01 apresentação de trabalhos em congresso; 20 alunos estagiários do curso de biologia da UCSAL; sedimentação do Programa de Educação Ambiental da Empresa, criando a Galeria do Meio Ambiente que recebe cerca de 1.000 visitantes mensais. Edição 2003. Casa da Comunicação e Propaganda Case: Manguezal do Rio Passa Vaca Cidade: Salvador Estado: BA Responsável: Carlos Alberto Caetano Cargo: Diretor de Criação Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: Edição e publicação de um livro sobre a proposta da ONG Nativo de Itapuã de criar um parque temático de manguezal na área do último remanescente desse ecossistema na área urbana de Salvador. A primeira etapa foi envolver e mobilizar a mídia e a opinião pública. Em seguida o Ministério Público e o governo do Município. Hoje, o Poder Público Municipal aceita a proposta de criação do Parque do Manguezal do Rio Passa como uma política pública iniciada pela ONG Nativo de Itapuã. O principal resultado alcançado diz respeito à preservação do ecossistema e ao fortalecimento da imagem da ONG Nativo de Itapuã junto aos poderes públicos e à opinião pública, como entidade capaz de desenvolver um projeto de gestão ambiental para uma área degradada. Edição 2003.

[close]

p. 7

Chamma da Amazônia (Fluidos da Amazônia) Case: Ecoparcerias – Facilitando o Trabalho Cidade: Belém Estado: PA Responsável: Maria de Fátima Chamma Farias Cargo: Diretora Geral Temática Gerencial: Arranjos Produtivos Resumo: As principais preocupações são: geração de recursos e renda para a região, agregando valor de mão-de-obra ao produto final, o uso de práticas que não interfiram no Meio Ambiente, a contribuição para a divulgação da cultura Amazônica e a valorização do homem dentro do processo produtivo. Assim, pratica-se as "Ecoparcerias" que apóiam projetos de empresas que buscam o Desenvolvimento da Região através do Desenvolvimento Humano. Nas "Ecoparcerias", a empresa atua como consumidora das matérias-primas das comunidades ligadas a estes projetos, tais como: óleos naturais, raízes e ervas, Cestarias e embalagens em palha de guarumã entre outras. A empresa participa do programa Produção Mais Limpa, vinculado ao Programa de Econegócios do SEBRAE que visa racionalização dos recursos (água, energia, redução de resíduos), a educação ambiental consistindo numa orientação da metodologia de "Produção Mais Limpa", em investimentos na redução de resíduos ou na utilização destes pela empresa. Edição 2003. CEFET- SC - Centro Federal de Educação Tecnológica Case: Um enfoque empreendedor em conservação e eficiência energética Cidade: Florianópolis Estado: SC Responsável: Prof. Paulo Roberto Weigmann Cargo: Mestrando em Engenharia de Produção Elétrica da UFSC. Temática Gerencial: Energia Resumo: O programa de Conservação de Energia e Eficiência Energética consiste na implantação de ambientes de Conservação de Energia constituídos de módulos contendo sistemas computacionais, kits didáticos, equipamentos multimídia, emulador e simulador virtuais, fontes autônomas de energia e analisador de energia. Ambientes de Eficiência Energética constituído de estações de iluminação, de aquecimento e de bombeamento de água, com a aplicação tecnológica de fontes alternativas de energia em estações operacionais de trabalho (Energia Solar). Esses ambientes de Conservação de Energia e Eficiência Energética após implantados serão integrados de modo que, na sua essência, sejam suficientes para atender, através de cursos de capacitação, qualificação, requalificação, e outras atividades técnico-pedagógicas, a formação transversal e interdisciplinar da clientela discente e docente da instituição. Edição 2003. EMBRATEL - Empresa Brasileira de Telecomunicações Case: Projeto Agenda 21 Embratel Cidade: Rio de Janeiro

[close]

p. 8

Estado: RJ Responsável: Alexandra Zühlsdorff Mendes Silva Cargo: Analista de Meio Ambiente Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: A Agenda 21 Embratel foi criada a partir da necessidade de se organizar e sistematizar as ações já implantadas pela empresa em benefício do meio ambiente e traçar um planejamento para projetos futuros. O Documento Base da Agenda 21 Embratel foi construído a partir de esforços conjuntos da equipe técnica do projeto e dos membros do Grupo de Trabalho, com representantes de todas as diretorias e interessados que se auto- indicaram para o grupo. Os temas escolhidos para compor a Agenda 21 Embratel foram: Educação Ambiental, Responsabilidade Social e Ambiental, Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional, Gestão da Qualidade de Vida, Conservação de Energia, Qualidade do Ar, Gerenciamento de Resíduos, Racionalização e Conservação dos Recursos Hídricos. Desde que esse processo interno foi iniciado, 7 mil novos parceiros foram comunicados e envolvidos. Profissionais capazes de colocar seu talento e habilidades pessoais a serviço do bem-estar coletivo, e cheio de disposição para vencer o desafio da preservação da vida. Edição 2003. Global Telecom (VIVO) Case: Gerenciamento Ambiental Avançado Cidade: Curitiba Estado: PR Responsável: Claudia Martins Gonçalves Cargo: Gestão de Meio Ambiente VIVO PR/SC Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: GAA, identifica ações ambientais desejáveis numa estratégia de geração de lucro através de mudanças ambientais. O GAA busca soluções conscientes para a melhoria da qualidade do meio ambiente, da empresa, da comunidade, das cidades e da situação atual do planeta estimulando o conhecimento e a mudança de atitude de seus colaboradores na conscientização do uso de recursos naturais renováveis e não renováveis. O modelo VIVO PR/SC será replicado a nível nacional nas outras regionais da empresa, por estar à frente nos quesitos ambientais, e como resultado já recolheu mais de 20 mil baterias usadas; reduziu 18% no consumo nas lojas e prédios administrativos e reduziu 25% do lixo gerado. Edição 2003. Prefeitura Municipal de Potim Case: Programa Potim Mais Verde Cidade: Potim Estado: SP Responsável: João Benedito Angelieri Cargo: Assessor de Meio Ambiente Temática Gerencial: Proteção e Conservação

[close]

p. 9

Resumo: Trata a recuperação e preservação de áreas degradadas como antigas áreas de mata ciliar de rios e córregos do município e áreas públicas como ruas, praças e jardins. Desde 1998, ano de início do programa, foram plantados no município cerca de 20.000 mudas de espécies nativas, o que contribuiu para a recuperação e revitalização de matas ciliares degradadas pelo desenvolvimento urbano. Também o programa de coleta seletiva passou a servir como fonte de renda para inúmeros catadores cadastrados que recolhem as garrafas plásticas, papéis e papelão nas casas, resultando no aumento da vida útil do aterro sanitário municipal em cinco anos e tornando esse aterro como modelo de referência para a CETESB e para a Secretaria Estadual de Meio Ambiente. Edição 2003. SABESP - Companhia Saneamento Básico do Estado de São Paulo Case: Gestão Ambiental por Parcerias - Caso Morada dos Pássaros Cidade: São Paulo Estado: SP Responsáveis: Anelise Briganó Luzio e Fábio Sanazaro Marin Cargos: Responsável pelo licenciamento ambiental da Unidade de Negócio Oeste, e advogado responsável pelo Pólo Jurídico Descentralizado da Unidade de Negócio Oeste Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: Como principal meta vislumbrou-se o desenvolvimento de sistema que tivesse a preservação do manancial e o respeito aos valores ambientais. O sistema de tratamento é viabilizado através da intervenção de todos os agentes sociais. O particular se compromete a efetuar a doação de imóvel para que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo efetue a edificação de estação de tratamento de esgoto. Não obstante, os moradores próximos concordam em aceitar a instalação proposta pela Sabesp, uma vez que esta será compacta, enterrada no solo, consistindo, ainda, em sistema fechado e cuja retirada do lodo dar-se-á por via pública externa ao loteamento. O Poder Municipal fica responsável pela promoção das medidas legislativas necessárias à adequação da Lei de Zoneamento. Finalmente, toda a negociação é desenvolvida com a fiscalização do Ministério Público, no intuito de que seja garantida a obediência à legislação, bem como aos interesses difusos e coletivos. Edição 2003. Sociedade Alphaville11 e Residencial Onze Case: Terra Limpa Cidade: Santana de Parnaíba Estado: SP Responsável: Giulio Fortunato Rolfo Cargo: Diretor Temática Gerencial: Resíduos Resumo: Racionalização do destino do lixo doméstico no residencial 11- Alphaville. O modelo adota soluções a custos baixíssimos, pois aproveita a estrutura administrativa e de serviços existentes no condomínio. Os moradores recebem sacos de lixo na cor verde para que sejam depositados materiais recicláveis, e que

[close]

p. 10

são retirados as 2ªs e 5ªs, no mesmo horário do caminhão normal, por um veículo exclusivamente para este fim. No período de 21 de outubro (primeira coleta) à 25 de dezembro de 2001, transportamos 90 mil quilos de papéis, papelões, latas, plásticos e embalagens tetrapak, Em 2002, 430 mil quilos. Estes índices ficaram acima das expectativas iniciais do programa que previa a adesão de 60% dos moradores do Residencial. Edição 2003. Sonoco do Brasil Case: Recuperação da Mata Ciliar do Ribeirão Quati Cidade: Londrina Estado: PR Responsável: Otavio Baleotti Cargo: Gerente da Planta Temática Gerencial: Proteção e Conservação Resumo: O Quati, ribeirão de águas que corta o terreno da SONOCO DO BRASIL em Londrina PR, sofre, entre outras agressões, o assoreamento de seu leito. A SONOCO DO BRASIL percebendo este problema, decidiu contribuir planejando e implementando a recomposição da mata ciliar. A questão do plantio seria mais simples de resolver se o terreno onde este reflorestamento deveria ocorrer não servisse como lugar de extração de minhocas para a comunidade local há mais de 15 anos. Integrando-se a comunidade local, fizemos parceria com a Associação de Mulheres da Vila Marízia, bairro dos extratores de minhoca, onde estas mesmas pessoas plantam, cuidam e mantêm as mudas em condições de desenvolvimento. Continuam a extrair minhocas e passaram a receber um valor mensal correspondente a capina e cuidado com as mudas. O principal objetivo desse projeto foi recompor a mata ciliar e integrar os catadores de minhoca à empresa, atingindo a meta do plantio de 7.000 mudas de árvores nativas e tendo a comunidade local como parceira. Edição 2003. Unimed do Brasil - Confederação Nacional das Cooperativas Case: Manual de Responsabilidade Social Eticamente Correto Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Adriana Perroni Ballerini Cargo: Analista de Responsabilidade Social Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: O "Manual de Responsabilidade Social Eticamente Correto" tem por objetivo disseminar os mais modernos conceitos de intervenção social por meio da sugestão de ações éticas e socialmente corretas em relação a três eixos: Meio Ambiente, Desenvolvimento Humano e Desenvolvimento Tecnológico. Em relação ao meio ambiente, o manual de Responsabilidade Social estimula as 364 cooperativas a desenvolverem uma política em âmbito interno e externo. O manual foi distribuído para 364 Unimeds espalhadas em 5 mil municípios do Brasil. A Unimed do Brasil e as Empresas do Complexo, iniciaram em Dezembro de 2002 a coleta seletiva de lixo e até maio de 2003 pouparam aproximadamente 200 árvores,

[close]

p. 11

no caso do papel e 1.000 litros de petróleo, no caso do plástico. Desde a implantação do Unimed Recicla, já foram coletadas 10 toneladas de papel e 1000 litros de petróleo. Edição 2003. V & M Florestal Case: Viabilização e sustentabilidade de uma fonte de energia renovável para a indústria do carvão vegetal Cidade: Curvelo Estado: MG Responsável: Rubens Ferreira Filho Cargo: Superintendente Geral Temática Gerencial: Energia Resumo: Em substituição ao carvão mineral (coque), o carvão vegetal foi uma saída encontrada para manter um desenvolvimento sustentável, respondendo, ao mesmo tempo, à demanda energética da atividade siderúrgica. Através de uma gestão ambientalmente direcionada, a empresa busca a garantia da integridade ambiental e social dos locais onde atua. Por meio de um conjunto de ações destinadas ao todo e não somente a uma parte isolada, inúmeras iniciativas de manejo e certificações são realizadas pela empresa em parceria com instituições de ensino e pesquisa para a melhoria da qualidade do ar, o monitoramento da fauna e flora e a conservação de faixas de vegetação natural. Edição 2003.

[close]

p. 12



[close]

p. 13

55 11 3257-9660/ 3729-9005

[close]

p. 14



[close]

p. 15

Sobre o programa Benchmarking Brasil: Em sua segunda edição, o Programa Benchmarking Brasil (na época chamado Benchmarking Ambiental Brasileiro) já mostra sua força com a adesão de grandes organizações. Com uma metodologia estruturada, e participação de especialistas renomados, o Programa define e reconhece os detentores das melhores práticas de sustentabilidade do Brasil. O programa, além do Ranking congrega outras ações de fomento a sustentabilidade como publicações, banco digital de livre acesso, encontros técnicos, feiras e congressos, entre outros. Além de incentivar a busca da melhoria contínua e a adoção das boas práticas nas organizações, o Programa Benchmarking Brasil contribui de forma efetiva para acelerar o desenvolvimento técnico gerencial desta área e com a construção de massa crítica em sustentabilidade no país. 34 Cases Benchmarking certificados até o momento. Mais informações no site www.benchmarkingbrasil.com.br

[close]

Comments

no comments yet