| Relatório de Atividades | Fundação Semear 2016

 

Embed or link this publication

Description

Relatório de atividades

Popular Pages


p. 1

|| RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2016

[close]

p. 2

|| SUMÁRIO INSTITUCIONAL || 03 PALAVRA DO PRESIDENTE || 04 PRESIDENTES E GESTÕES | CONSELHOS E DIRETORIA || 06 COLABORADORES || 07 PROGRAMA CENTRO DE VIVÊNCIA REDENTORA || 08 PROJETO VENCER || 11 PROJETO FEITO A MÃO || 13 BANCO DE INVESTIMENTO SOCIAL - BIS || 14 CONEXÃO SEMEAR | BALCÃO DE DOAÇÕES || 14 BALCÃO DE PROJETOS | PROGRAMA TROCA DE CARINHO || 15 PROGRAMA PADRINHO LEGAL || 16 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E CONSULTORIA || 17 NOVOS PROJETOS EM PARCERIA || 17 PRINCIPAIS AÇÕES E EVENTOS || 19 COMUNICAÇÃO E MÍDIA || 22 TRANSPARÊNCIA || 22 BALANÇO SOCIAL || 23 IDENTIFICAÇÃO | REGISTROS || 24 ORIGEM E APLICAÇÃO DOS RECURSOS || 24 PERFIL DO PÚBLICO INTERNO || 25 MANTENEDORES || 26 PARCEIROS | INVESTIDORES || 27 LINHA HISTÓRICA | 20 ANOS || 28 Festa do Dia das Crianças Programa Centro de Vivência Redentora | 2016

[close]

p. 3

|| INSTITUCIONAL Missão: Proporcionar a participação da sociedade em ações de responsabilidade social. A Fundação Semear adota práticas de gestão empresarial com uma administração transparente e responsável. A partir de estudos de demandas e análise de tendências, consolida seus programas sociais e implementa outros tantos. Atendendo sua missão e cumprindo seu planejamento estratégico, a Instituição realiza programas de atendimento direto a crianças e adolescentes, geração de trabalho e renda para mulheres, iniciação profissional para jovens, reúne cerca de 80 entidades sociais cadastradas, promove o fortalecimento de redes de atendimento à criança e ao adolescente, assistência às organizações sociais do Estado, desenvolve projetos de iniciação ao esporte e de educação socioambiental, capacitação e consultoria para ONGs e para empresas, promoção de eventos de capacitação e de incentivo à prática da responsabilidade social. Espetáculo Pluft | Foto: Felipe Mallmann Produções Programa Centro de Vivência Redentora| 2016

[close]

p. 4

|| PALAVRA DO PRESIDENTE José Flávio Bueno Fischer

[close]

p. 5

Olá amigos, Nesta edição especial do Relatório de Atividades | 20 anos Fundação Semear, você poderá celebrar conosco conquistas, relembrar momentos especiais e acompanhar alguns de nossos resultados. Em 2016, a Fundação Semear completou 20 anos de história e de atuação no desenvolvimento social do estado do Rio Grande do Sul. São 20 anos de melhorias na condição de vida de milhares de pessoas, realizações possibilitadas pela contribuição de nossos investidores, conscientes do quanto é fundamental sermos socialmente responsáveis pela mudança que almejamos no País e no mundo. Trabalhamos intensamente com novas parcerias na iniciativa privada neste ano, o que demonstra o aumento do engajamento de empresas para com as necessidades de sua comunidade. Para homenagear os protagonistas destas conquistas sociais, a Fundação Semear realizou o XI Jantar Tributo à Cidadania Empresarial, para premiar os 39 investidores sociais que completaram 5, 10, 15 e 20 anos de contribuição. As crianças e adolescentes emocionaram o público com uma mostra do trabalho desenvolvido durante o ano no CVR. Outro momento muito representativo foi a realização do espetáculo artístico-cultural Pluft, o fantasminha, com mais de 70 crianças e adolescentes no palco. As sessões do espetáculo foram assistidas por mais de 1600 pessoas, nas cidades de Campo Bom, Novo Hamburgo e Sapiranga. O constante empenho em tornar pública a nossa prestação de contas, ganha mais um reconhecimento com a indicação da Fundação Semear entre as três organizações sociais mais transparentes no Prêmio ABCR 2016 – Associação Brasileira de Captadores de Recursos! Muitos desafios surgiram ao longo desta trajetória e continuam sendo lançados diariamente no campo da área social, exigindo constantes estudos para adequação de projetos e o pensar de novas ações. A manutenção e qualificação do trabalho social é um desses desafios para todas as ONGs, exigindo a diversificação na captação de recursos. A Fundação Semear segue em busca de alternativas para a conquista do desenvolvimento sustentável, dando continuidade ao trabalho realizado durante todos esses anos e conta com a sua participação nesta linda história de solidariedade! José Flávio Bueno Fischer 05

[close]

p. 6

|| PRESIDENTES & GESTÕES 12 9 Dr. José Flávio 0 9 6 Bueno Fischer 0 7 1996 - 2000 Sr. Olívio Jacobus 2001 - 2007 2 0 Sr. Edgar Luiz 2 0 Dr. José Flávio 0 9 Fedrizzi Filho 1 6 Bueno Fischer 2008 - 2013 2014 - 2017 || CONSELHOS & DIRETORIA | 2016 – 2017 CONSELHO CURADOR Presidente: Marcelo Clark Alves Augusto de Cesaro Julio Cesar Schaeffer Cesar Ramos Miguel Henrique Schmitz Ernani Reuter Natalino Conci João Carlos Hartz Renato Kunst DIRETORIA Presidente: José Flávio Bueno Fischer Gladis Luisa Baptista - Vice-presidente Institucional Leo Maldaner - Vice-presidente Administrativo-financeiro Luís Felipe Maldaner - Vice-presidente de Relações com o Gov. e a Comunidade Paulo Gilson Roos - Vice-presidente Jurídico Edgar Luiz Fedrizzi Filho - Diretor do Centro de Vivência Redentora Melissa Crus Hoss - Diretora de Comunicação CONSELHO FISCAL Titulares: Adauto Miguel Fröhlich Adelino Colombo 06 Elenor João Bruxel Suplentes: Daniel Antonio Campos Luiz Adelar Paz Paulo Nicolau Justen

[close]

p. 7

Reunião do Conselho Curador Reunião do Conselho Fiscal Reuniões de Diretoria || COLABORADORES | 2016 EQUIPE EXECUTIVA Helena Ieggli Thomé - Gestora Social Ana Maria Paslauski - Assessora Pedagógica Cristopher Ramminger - Assistente Financeiro Luana Teixeira Elias – Assessora de Comunicação Michele Carina Lutz – Analista Financeira Sheila Schuh da Silva - Assessora de Arte e Criação EQUIPE TÉCNICA | PROGRAMA CENTRO DE VIVÊNCIA REDENTORA Rosecler Böes Ferst – Assessora Técnica/CVR Alice Umpierre - Psicóloga Carine Herrmann Müller – Assistente Social Djan Costa – Educador de Hip Hop Évelin Adams Escouto – Educadora Social João Pedro Mello Decarli – Educador de Teatro Lisete Schimidt Dias – Merendeira Maria de Lurdes Oliveira – Educadora de Artes Maristela Souza da Silva Amorin – Serviços Gerais Mirela Beatriz de Moura - Assistente Administrativa Murilo Viegas da Silva – Educador de Ballet e Jazz Tommy Thomé – Educador de Música PROGRAMA PROJETO VENCER | Katira Mayer Aguiar – Educadora Social PROGRAMA FEITO A MÃO | Maria de Lurdes Oliveira – Educadora Social 07

[close]

p. 8

PROGRAMA SOCIAL Atividades/CVR | Fotos: Divulgação/Drica da Cruz ‘‘ Hoje cursando Direito na UFRGS percebo a importância das experiências do CVR na minha formação, foram 6 anos de momentos incríveis nas aulas de street dance, teatro e coral; além da participação no espetáculo de 2012. Foi marcante o contato que tive com o CVR, um ambiente bem estruturado, com bons educadores e que oferece um apoio educacional e social que realmente faz a diferença. Régis Junior, Estudante de Direito - UFRGS

[close]

p. 9

|| CENTRO DE VIVÊNCIA REDENTORA | Programa de Convivência e Fortalecimento de Vínculos As crianças e os adolescentes precisam de um lugar saudável onde possam desenvolver suas habilidades e ter seus direitos defendidos. Há 18 anos, o Programa Centro de Vivência Redentora oportuniza um espaço social de estímulo ao desenvolvimento artístico-cultural, desportivo, de conscientização ambiental e integração com a comunidade. 192 Matriculados 25.000 Lanches servidos ARTES BALLET CLUBE DO LIVRO CANTO JAZZ 10 Oficinas: TROCANDO IDEIAS TEATRO HIP HOP VIOLÃO JUDÔ Durante todo o ano, são oportunizadas aos educandos apresentações em eventos artístico-culturais realizados em ONGs, escolas, CRAS, espaços públicos, empresas parceiras, promoções externas e da Instituição. As crianças ficaram encantadas ao se apresentarem no XIV Sul em Dança e XI Encantarte. No CVR são realizados eventos como saraus musicais, gincanas, mostra cultural e olimpíadas com a finalidade de celebrar e reunir a comunidade. 10 com + de 5.000 apresentações dos educandos espectadores Para a realização dos eventos culturais, o CVR conta o Espaço Cultural CVRino, importante obra de revitalização da área externa, inaugurada em novembro de 2016. O projeto contou com o investimento da Overseas Resources Foundation e do Sr. Andrew Pleatman, e parceria da Universidade Feevale. A nova área inclui rampa de acesso, cobertura, portões de segurança e arquibancadas, beneficiando mais de 180 crianças e adolescentes atendidos e a comunidade do entorno. 8 Ações/Eventos com + de 1.100 educandos e familiares presentes A partir de constantes estudos e avaliações das necessidades da comunidade local, a Fundação Semear implementou dois novos projetos que atendem às demandas da prática de modalidade esportiva e de expressão em comunicação. O Projeto SimplesMente tem o foco na manutenção da saúde mental e inclusão social, por meio de aulas de judô e acompanhamento psicológico aos educandos. Estudos revelam que a prática do judô propicia o equilíbrio mental, o poder de adaptação, a disciplina, a flexibilidade e a harmonia do corpo e da mente. O Projeto Comunicação em Movimento cria espaços para a reflexão dos jovens, fundamental para a construção do pensamento crítico e do empoderamento. O projeto permitiu aos adolescentes organizar grupos de discussão, elaboração de conteúdo e apropriação de mídias sociais. Ambos projetos foram contemplados 09

[close]

p. 10

por editais do FUNCRIANÇA, do CMDCA, recurso oriundo da destinação do Imposto de Renda devido de pessoas física e jurídica. A promoção de momentos de diversão e entretenimento também é fundamental para o desenvolvimento saudável de crianças e adolescentes, assim como acontece no Projeto de Férias CVR, com atividades gratuitas durante as férias escolares, como o Masterchef Jr. CVR; a prática de esportes; trilha ecológica; show de talentos; visitas ao cinema, parque aquático e espaços culturais. A arte é um dos estímulos que o CVR utiliza para proporcionar expressão, criatividade, comunicação e inclusão de crianças e adolescentes, ampliando sua visão de mundo. O Projeto Pluft, o Fantasminha permitiu aos educandos a participação no processo criativo de elaboração de espetáculo artísticocultural, em conjunto com seus educadores. Protagonizado por 78 crianças e adolescentes, culminou na apresentação das modalidades de ballet, canto, hip hop, jazz, teatro e violão, aprendidas durante o ano no CVR. O espetáculo contou com mais 1.600 espectadores, em apresentações gratuitas nas cidades de Campo Bom, Novo Hamburgo e Sapiranga para a comunidade e alunos da rede de ensino dos municípios. O espetáculo foi patrocinado pelo Programa Troca de Carinho e contou com importantes parcerias. A peça Pluft, o fantasminha foi escrita pela dramaturga mineira Maria Clara Machado, em 1955. As ações de 2016 do programa CVR foram contempladas parcialmente com recurso de aditamento de contrato de gestão da Prefeitura de Novo Hamburgo, com duração de 105 dias para atendimento a 20 crianças, com valor mensal de R$ 2.468,60. O programa também recebeu recurso do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente - FUNCRIANÇA. Espetáculo Pluft/CVR | Fotos: Divulgação/Felipe Mallmann Produções

[close]

p. 11

Com 12 anos de existência, o projeto já formou 385 jovens que iniciaram sua trajetória profissional a partir do conhecimento adquirido no curso. || PROJETO VENCER | Programa de Iniciação e Qualificação Profissional A parceria entre o Ministério do Trabalho e Emprego, empresas e a Fundação Semear possibilita aos jovens de baixa renda a contratação por meio da Lei da Aprendizagem, proporcionando aos aprendizes experiências práticas em rotinas administrativas. O primeiro emprego traz ao jovem a inserção no mercado de trabalho e a possibilidade de complementar sua renda familiar. O Projeto Vencer oportunizou, neste ano, a capacitação profissional gratuita e o desenvolvimento pessoal de 16 adolescentes, com idade entre 14 e 18 anos, estudantes de escolas públicas, em situação de vulnerabilidade social. O Vencer prioriza o atendimento aos jovens moradores da Vila Diehl, em Novo Hamburgo. A procura dos jovens pelo programa é superior ao número de vagas ofertadas, que conta com investimento privado para sua manutenção e ampliação. Entre os objetivos do projeto estão a capacitação profissional; socialização; inserção no mercado de trabalho; acesso à informação e defesa de direitos com base no ECA; redução de índices de desemprego e da violência nesta faixa etária; aumento da permanência escolar e despertar o empoderamento para a conquista de espaços do jovem na sociedade. Para celebrar a conclusão de mais uma etapa na vida destes jovens, ao final do curso foi realizada a solenidade de formatura, com a presença de familiares, representantes da Instituição e de investidores do projeto. 11

[close]

p. 12

O curso tem duração de 10 meses, com 800 horas/aulas, sendo que a etapa teórica é realizada no CVR e as práticas nas empresas parceiras da Fundação Semear. O projeto prevê a participação voluntária de profissionais que abordam temas relacionados ao mercado de trabalho, como processos administrativos, meio ambiente e cidadania, assuntos pertinentes à juventude e trajetória profissional. A grade curricular também contempla saídas de campo com visitas às empresas e participação em eventos que contribuam para ampliar o conhecimento dos jovens. Esta edição do projeto contou com recurso de investidores sociais privados e contemplação parcial no edital de projeto do FUNCRIANÇA 2016. 16 Participantes 14 Jovens formados e inseridos no mercado de trabalho Atividades e Formatura dos jovens do Projeto Vencer/2016

[close]

p. 13

Toda vez que viemos aqui, voltamos revigoradas. O Feito a Mão abre horizontes e podemos achar soluções, sem falar na ‘‘ integração e parceria com outras pessoas. ’’Vera Regina da Silva, participante do Projeto || PROJETO FEITO A MÃO | Programa de Geração de Trabalho e Renda A capacitação das mulheres moradoras da Vila Diehl possibilita a formação de grupo, o acesso à informação e à defesa de direitos, educação socioambiental, técnicas de artesanato e a geração de trabalho e renda. O projeto estimula, por meio de técnicas de customização e artesanato, a criatividade e o reaproveitamento de materiais. Nesta edição do projeto, 20 mulheres foram capacitadas durante os sete meses de curso, em dois encontros semanais. O Feito a Mão contou com as parcerias da Universidade Feevale, por meio do Projeto Habitar Legal, que promove a educação socioambiental, e do SENAC, que cedeu profissional para ministrar oficina de corte e costura. A edição de 2016 do Projeto foi contemplada parcialmente por contrato de gestão da Prefeitura de Novo Hamburgo, auxiliando no custeio das rubricas de RH, alimentação, materiais para a oficina e transporte. O contrato vigorou de julho a dezembro, com valor total de R$ 13.477,20. O Programa de Geração de Trabalho e Renda desenvolve, desde 2007, projetos para atender as mulheres da Vila Diehl, oportunizando conhecimento em técnicas de customização e artesanato, corte e costura, culinária, manicure e pedicure, em projetos como o Inventando Moda, Delícias Caseiras, Multiplicando Saberes, Toque de Beleza e Feito a Mão. + de 200 Mulheres capacitadas pelo Programa em 10 anos 20 Mulheres formadas pelo Projeto Feito a Mão/2016 13

[close]

p. 14

Recebimento e repasse de doações | BIS || BANCO DE INVESTIMENTO SOCIAL - BIS | Programa de articulação/Rede de Org. Sociais Integrar 80 entidades do estado do Rio Grande do Sul e investidores sociais é o foco do Programa Banco de Investimento Social - BIS. Seu objetivo é promover o investimento social privado no apoio a iniciativas de entidades que apontem alternativas para as demandas sociais. Promove a ampliação e qualificação do trabalho desenvolvido nas organizações sociais, na perspectiva de potencializar suas ações e gestão. Atua com os programas Conexão Semear, Balcão de Doações, Balcão de Projetos, Troca de Carinho e Padrinho Legal. Números gerais do BIS: BANCO DE INVESTIMENTO SOCIAL 12 projetos sociais contemplados 187 Padrinhos Legais 284 crianças apadrinhadas 5.217 itens recebidos e repassados a ONGs e comunidade CONEXÃO SEMEAR Tecnologia social que fortalece a atuação em rede das organizações sociais do Rio Grande do Sul. A plataforma permite o acesso a itens de doação, gerenciamento de programas sociais e a troca de informações. Em 2016, foram 1.597 acessos e 6.339 visualizações da página do portal. BALCÃO DE DOAÇÕES Possibilita às entidades sociais cadastradas receber itens que estão precisando, doados por pessoas e empresas à Fundação Semear e disponibilizados via Balcão de Doações, por meio da ferramenta Conexão Semear. Em 2016, 5.217 itens, entre mobiliários, alimentos, vestuários, calçados, equipamentos foram recebidos e repassados às ONGs. 14

[close]

p. 15

BALCÃO DE PROJETOS Reúne as ONGs que necessitam de investimento aos investidores que tem interesse em contemplar projetos sociais. PROGRAMA TROCA DE CARINHO Fortalece a rede de atendimento de crianças e adolescentes, por meio da contemplação de projetos sociais. O programa da Rede Supper Rissul, em parceria com a Fundação Semear, destina parte da arrecadação da venda de linha de produtos alimentícios, com o selo Produto Amigo, da rede de supermercados à contemplação dos projetos. São 40 organizações sociais, de 21 cidades gaúchas, cadastradas no programa. Em 2016, foi realizada mais uma edição do Encontrão, evento que reúne os gestores das ONGs participantes, Supper Rissul e Fundação Semear, com a contemplação de 12 projetos sociais. Em 11 anos de programa, foram investidos R$ 1.232.926,86, em 321 projetos sociais. Repasse nas ONGs do Programa Encontrão do Programa Troca de Carinho

[close]

Comments

no comments yet