Informativo - Julho/Agosto 2017

 

Embed or link this publication

Description

Informativo - Julho/Agosto 2017

Popular Pages


p. 1

INFORMATIVO Edição 07 - Julho/Agosto 2017 QUÍMICO VENCEDOR DE PRÊMIO NOBEL DÁ CONSELHOS AOS ESTUDANTES E PROFISSIONAIS Páginas 4 e 5

[close]

p. 2

EXPEDIENTE David Tabak Presidente Interino Conselheiros David Tabak Eduardo F. S. Aguiar Harley M. Martins José Antonio C. e Silva Marcio F. Oliveira, Daniel Pomeroy Hélio Camarota Jorge C. Messeder Rafael B. Almada Rafael Gama Sede - Rio de Janeiro Rua Alcindo Guanabara, 24 – 13º andar Centro – Rio de Janeiro, RJ CEP 20031-130 Telefone: (21) 2524-2236 faleconosco@crq3.org.br Escritório - Campos Pça. Santíssimo Salvador, nº41, sala 405 Centro - Campos dos Goytacazes, RJ CEP 28010-000 Telefone: (22) 2733-4551 atendimento.campos@crq3.org.br Escritório - Macaé Rua Dr. Luiz Belegard, nº68, sala 203 Centro - Macaé, RJ CEP 27900-000 Telefone: (22) 2762-0642 atendimento.macae@crq3.org.br Escritório - Volta Redonda Rua Lúcio Bittencourt, nº109, salas 213 e 214 Vila Santa Cecília Volta Redonda, RJ CEP 27260-110 Telefone: (24) 3340-4252 atendimento.voltaredonda@crq3.org.br No dia 31 de julho de 2017 ocorreu o término dos mandatos do Presidente, da Diretoria e de um terço dos conselheiros eleitos em 2014. Por questões regimentais, o Conselho Federal de Química - CFQ cancelou o resultado da eleição para presidente do triênio 2017/2020 e não homologou a eleição para os conselheiros representantes das associações de classe e sindicatos, ambas realizadas no dia 02 de maio do corrente ano. Esclarecidas as situações pendentes, a plenária do CRQ-III, em Reunião Extraordinária, designou um presidente interino para conduzir as questões relativas a ambos os processos eleitorais. Tal designação se deve ao fato de que existe um prazo também regimental para a realização da Reunião Plenária Extraordinária, que elegerá o presidente para o triênio 2017/2020, e para a Assembleia de Delegados Eleitores que elegerá os conselheiros representantes de associações de classes e sindicatos. Tendo em visto o exposto, ficou agendada para o próximo dia 14 de agosto a 781ª Reunião Plenária Extraordinária, para eleição do presidente, e para o dia 28 de setembro, a Assembleia de Delegados Eleitores que elegerá os conselheiros acima mencionados. Cabe destacar que o CFQ homologou o resultado da eleição dos Representantes de Instituições de Ensino, também ocorrida no último 02 de maio, e que os conselheiros eleitos tomarão posse no próximo dia 15 de agosto. Importante destacar e tranquilizar os profissionais, pois nossa gestão interina será uma transição importante entre a gestão do ex-presidente e a do presidente eleito para o triênio 2017/2020, garantindo o cumprimento das normas regimentais do Sistema CRQ/CFQ. O CRQ agradece ao ex-Presidente Isaac Plachta, às Conselheiras Adelaide Maria de Souza Antunes e Carla Calado da Silva e aos Conselheiros Gabriel de Oliveira Apolinário, Gandhi Giordano, Luis Alberto F. da Silva e Paul Antoine Maron Gédéon pelo trabalho realizado durante os seus mandatos. David Tabak Presidente Interino www.crq3.org.br 2

[close]

p. 3

Nacional ALIANÇA ESTRATÉGICA ENTRE PETROBRAS E CNPC IMPULSIONA SETOR QUÍMICO A realização de parcerias tem proporcionado ao Brasil a oportunidade de aumentar a capacidade de investimentos na cadeia de óleo e gás, compartilhar riscos, realizar o intercâmbio tecnológico e fortalecer a governança corporativa. Um exemplo positivo desta estratégia foi firmado entre a Petrobras e a CNPC, maior corporação integrada de O&G da China, no início de julho, em Beijing. O Memorando de Entendimento foi assinado pelo presidente da Petrobras, Sr. Pedro Parente, e pelo vice-presidente da CNPC e presidente da PetroChina, Sr. Wang Dongjin. O objetivo da parceria é avaliar, conjuntamente, oportunidades nacionais e no exterior em áreas-chave de interesse mútuo, beneficiando-se de suas capacidades e experiências em todos os segmentos da cadeia de óleo e gás, incluindo potencial estruturação de financiamento. Vale ressaltar que desde 2013, a Petrobras e a CNPC são parceiras na área de Libra, primeiro contrato pelo regime de partilha de produção, localizada no pré-sal da Bacia de Santos. A empresa chinesa tem presença em mais de 70 países com atividades nos setores de upstream, midstream, downstream, marketing e comercialização, prestação de serviços petrolíferos, engenharia, construção e fabricação de equipamentos. CONSE CRQLHO REGIONAL DE Q LEGAL TERCEIRA REGIÃO UÍMICA CRQ Legal A campanha da Gestão Mudar para Crescer visa informar e esclarecer profissionais do setor químico sobre as leis que regulamentam o Sistema CFQ/CRQ´s. Através dos canais de comunicação, divulgaremos as Resoluções Normativas/Decretos que embasam nosso posicionamento diante de determinados temas. A campanha teve seu lançamento no mês de julho com a questão “Professores de Nível Médio e Técnico”. Envie suas dúvidas e participe! faleconosco@crq3.org.br 3

[close]

p. 4

QUÍMICO VENCEDOR DE PRÊMIO NOBEL DÁ CONSELHOS AOS ESTUDANTES E PROFISSIONAIS DO SETOR NO 46º CONGRESSO MUNDIAL DE QUÍMICA ‘Eu queria ver o reconhecimento de pessoas que vestem a camisa da química’, diz James Fraser Pela primeira vez na América Latina, o 46º Congresso Mundial de Química contou com a presença de pesquisadores que trataram de temas de interesse da sociedade, como química para medicamentos, energia, saúde, educação, biotecnologia e nanociência etc. Dentre o público de 3 mil químicos, nomes renomados do setor estiveram no local, como os três vencedores do Prêmio Nobel. São eles: Fraser Stoddart, ganhador em 2016, pelo seu trabalho com nanomáquinas; Ada E. Yonath, ganhadora em 2009, pelo estudo da estrutura e função dos ribossomos; e Robert Huber, ganhador em 1988, pela determinação da estrutura tridimensional de um centro de reação fotossintética. Não havia um caminho claro no começo. Ficou óbvio, penso, depois de 20 anos na academia. Aí já estávamos direcionados para fazer elevadores e alavancas moleculares. Para chegarmos às máquinas moleculares foi necessário muito esforço de design e estudos de performance. O que mudou em sua vida após receber o Prêmio Nobel? Muita coisa. Da noite para o dia você é uma celebridade e não foi treinado para isso como as pessoas da família real foram. Agora tenho muito respeito por qualquer membro de famílias reais. Em entrevista ao jornalista Gabriel Alves, da Folha de S.Paulo, o escocês James Fraser Stoddart contou um pouco da sua trajetória e deu conselhos aos futuros profissionais. Como nasceu seu interesse pela química? Em qualquer lugar estou no holofote, há câmeras e pessoas fazendo perguntas. Mas estou preparado para aceitar. É algo que chegou tarde na vida e é só mais um desafio. Também é uma oportunidade de eu ajudar os mais jovens a assumirem posições mais fortes em nossa sociedade. Sou filho único, cresci em uma fazenda. Era uma vida difícil, mas foi uma boa lição de como ser multitarefa e achar soluções para grandes problemas, como tempestades, doenças infecciosas no rebanho. É a ‘universidade da vida’. Cursei o ensino médio em Edimburgo (Escócia), e tive excelentes professores. Na universidade, entrei em um grupo de pesquisa com salário baixíssimo. Imediatamente fui “picado” pelo insetinho da pesquisa –era algo viciante. Eu ficava até de madrugada no laboratório. Logo pela manhã, já estava de volta. Hoje temos um arsenal molecular: elevadores, carros, rodas, carreadores de drogas... Como foi participar do alvorecer das nanomáquinas? Que conselhos daria a eles? Gostaria de ver mais cientistas na vida política porque chegamos a um ponto no Ocidente em que isso é absolutamente necessário. Parece que estamos voltando no tempo. Há pessoas negando as mudanças climáticas e falando mal da ciência. Isso tem que ser debatido e os argumentos têm de ser contundentes. Nos EUA há conflitos entre a administração Trump e os cientistas; no Brasil, cortes do orçamento federal para a pesquisa. Por que a ciência perdeu tanto prestígio? 4

[close]

p. 5

Queria muito saber a resposta. Os cientistas têm de assumir responsabilidades. A gente tem escondido a cabeça na terra e não estávamos preparados para essa situação, na qual é necessário deixar nossa posição clara. sem sucesso e conseguissem gerar lucro para que eu conseguisse criar uma fundação e seguir os passos de outros, como o próprio Alfred Nobel, e retribuir à comunidade científica, seja financiando diretamente a pesquisa ou criando prêmios. Se alguém gosta do que o Donald Trump tuíta todo dia, também podem gostar dos tuítes de Fraser Stoddart. Eu digo “isso aqui é ciência e ela é feita dia após dia”. Acho que cada esforço pode fazer a sociedade corrigir a direção para a qual vem caminhando. Que áreas deveriam ser contempladas com o próximo Prêmio Nobel de Química? A área preferida seria a química -sendo honesto, aquela sem muita conexão com a biologia. Quais as virtudes de um bom químico? Digo que não cheguei aonde estou com inspiração na biologia, mas sendo bem treinado em matemática, física, topologia, teoria dos grafos. Gostaria que o prêmio ficasse com a química, e não com algum aspecto da bioquímica ou da biologia, como foi feito por muitos anos. Penso que a área das baterias de ion-lítio poderia ser premiadas, ou a área de energia solar. Eu gostaria de ver reconhecido o trabalho fundamental que possibilitou a construção de estruturas organometálicas [que têm aplicações na área de semicondutores e na captura de carbono, por exemplo] -é uma área que se desenvolveu muito nos últimos 15 anos, liderada por japoneses. Eu queria ver o reconhecimento de pessoas que vestem a camisa da química e que mostram do que ela se trata: a criação de seus objetos de estudo por meio de síntese, o que torna o químico parecido com um pintor, um escultor ou um compositor. Nós temos essa característica única –somos criadores de coisas. Depois de uma carreira acadêmica de sucesso, como é se tornar um empreendedor e criar start-ups? É algo que me deixa bastante empolgado. Você sabe... O que dá para fazer após ganhar o Prêmio Nobel? Eu teria grande satisfação se minhas start-ups tives- QUÍMICO 5

[close]

p. 6

European Energy Manager PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO SUSTENTÁVEL DE ENERGIA A gestão eficiente de energia é hoje um grande desafio para as empresas e fator essencial na competitividade, tendo impacto tanto na busca pela redução de custos quanto pela proteção ambiental. É por este motivo que a AHK Rio de Janeiro e o Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (ISITEC) promovem o curso Pós-graduação em Gestão Sustentável de Energia – European Energy Manager. Conheça as principais características do curso: - turmas de 20 a 40 alunos - conhecimentos técnicos e de gestão da energia, aplicados à realidade da sua empresa - metodologia energy concept, onde o aluno desenvolve um projeto concreto para a empresa, garantindo um rápido retorno do investimento correspondente - dupla certificação, nacional e internacional. Reserve ainda hoje sua vaga! Local e Horários Valor Início: 15 de Setembro de 2017 Local: Rua Alcindo Guanabara, 24 - 13º andar Centro - RJ (próximo ao metrô da Cinelândia e de estacionamentos públicos e rotativos) Dias e Horários: Sexta 18h às 22h - Sábado 8h às 17h (Aulas quinzenais) Duração: 24 meses (18 de aulas + 6 de TCC/Energy Concept) Local: Centro-RJ 24 x R$ 1.080,00. 24 x R$ 900,00 - condições especiais para associados do Conselho Regional de Química – 3ª Região, AHK e ISITEC. Opcional: Estágio de 1 semana na Alemanha (não incluso no valor) Inscrições ISITEC – Instituto Superior de Inovação e Tecnologia Site: www.isitec.edu.br Mais informações: E-mail: pos@isitec.edu.br | Telefone: (11)3254.6850 * Processo seletivo: a inscrição será confirmada após entrevista com o candidato. Informações Gerais Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK-RJ) Departamento de Energia Endereço: Av. Graça Aranha 01 - 6º andar 20030-002 | Rio de Janeiro - RJ E-mail: energia@ahk.com.br Telefone: (21) 2224-2123 (Ramal 117)

[close]

Comments

no comments yet