Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39 Ano Mariano Mês Vocacional Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: "Quem enviarei? Quem irá por nós?" E eu respondi: Eis-me aqui. Envia-me! Isaías 6:8 AGOSTO - Mês Vocacional www.fmalternativa.com

[close]

p. 2

E ditorial Agosto “Chamei-te pelo teu nome: Tu és meu” (Is. 43, 1) “Desde o seio materno o Senhor me chamou, desde o ventre de minha mãe pronunciou o teu nome”. (Is. 49,1) Queridos amigos paroquianos, estamos iniciando um mê s muito bonito em nosso calendá rio litú rgico. Agosto, Mê s Vocacional – iniciamos com o Dia de Santo Afonso Maria de Ligó rio – Doutor da Igreja e Fundador da Congregaçã o Missioná ria do Santıś simo Redentor (C.Ss.R.). No primeiro domingo, festejamos o Dia dos Presbıt́ eros, que buscam a santidade em sua vida com a força de Deus para ser para o mundo um testemunho do amor maior. No segundo domingo, festejamos o Dia dos Pais, homenagem aos nossos pais buscando o exemplo dos homens justos, santos, na imitaçã o do Pai Eterno, criador, que nos criou à sua imagem e semelhança. No terceiro domingo, nó s festejamos a Vida Consagrada. Uma vida de entrega em benefıć io do crescimento do Reino de Deus. E també m, nesse domingo a Assunçã o de Nossa Senhora, que é a Senhora Mã e das Vocaçõ es, aquela que intercede em nossas famı́lias, fomentando as vocaçõ es – famıĺ ia que é sementeira de vocaçõ es. “Na Ressurreiçã o, nem eles se casam e nem elas se dã o em casamento, mas sã o todos como os anjos no cé u” (Mt. 22, 30). No quarto domingo, festejamos o Ministé rio Catequé tico, os nossos catequistas: a base, o alicerce da vida da Igreja, que sustenta e firma o caminhar da iniciaçã o cristã de nossas crianças e adolescentes para o presente e o futuro, nã o somente da Igreja, mas da sociedade em geral para serem cidadã os do Reino de Deus. Encerrando esse Editorial, queremos agradecer em nome do casal festeiro 2017 – Adriano e Eliete, a todos os colaboradores, patrocinadores, voluntá rios da Comunidade Paroquial e Associaçõ es, que se doaram para o bom êxito desta 107ª Ediçã o da Festa do Divino Espıŕ ito Santo e da Santıś sima Trindade. Boa leitura! Padre Roque Sutil Gabriel C.Ss.R. Missionário Redentorista Índice 03 Mês de Agosto... 03 Santos do mês de Agosto 04 Pastoral da Pessoa Idosa 05 Pastoral da Comunicação (Pascom) 06 Santo Afonso Maria de Ligório 07 Dia do Padre! 08 Pastoral do Dízimo 09 Dia do Soldado 12 Festa do Divino em Guaratuba 16 Pastoral da Criança 17 Página Infantil 18 Mariologia 19 Desiderata 20 Curiosidades sobre Saúde... 21 Alimentos Industrializados 22 Coração Azul Ano IV - Nº 39 - Agosto 2017 02 Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39

[close]

p. 3

Sou Amigo das Vocações Mês de Agosto... Mês das vocações AGOSTO é o mês dedicado às vocaçõ es no Brasil. Em cada semana do mês a Igreja destaca uma modalidade delas: a vocaçã o sacerdotal, matrimonial, religiosa e os leigos. A vocaçã o define a vida religiosa da pessoa, e é dada por Deus a cada um. Em Sua bondade e sabedoria, Deus distribui Seus dons a cada um como lhe apraz; o importante é que cada um descubra a sua vocaçã o, e nela se realize fazendo o bem a todos. Especialmente é tempo dos jovens rezarem pedindo a Deus o discernimento para o caminho a seguir. De modo especial os leigos devem assumir a sua missã o no mundo, como “sal da terra e luz do mundo”; fié is aos ensinamentos da Igreja, levando o Evangelho a todas as realidades temporais. Santos do mês de Agosto Nesse mês, comemoramos o dia do padre e o dia dos pais, dois homens escolhidos por Deus para guiar os passos de sua famıĺ ia e de sua comunidade. Pessoas que confiamos para nos ajudar, aconselhar para ficarmos cada vez mais pró ximos do caminho de Jesus Cristo. Temos també m os dias comemorativos de muitos santos, conheça alguns deles: Dia 01 - Santo Afonso Maria de Ligó rio Dia 04 - Sã o Joã o Maria Vianney Dia 06 - Transfiguraçã o de Nosso Senhor Jesus Cristo Dia 08 - Sã o Domingos de Gusmã o Dia 10 - Sã o Lourenço Dia 11 - Santa Clara de Assis Dia 15 - Sã o Tarcıś io Dia 15 - Nossa Senhora da Assunçã o Dia 18 - Santa Helena Dia 19 - Sã o Joã o Eudes Dia 21 - Sã o Pio X Dia 22 - Nossa Senhora Rainha Dia 23 - Santa Rosa de Lima Dia 24 - Sã o Bartolomeu, apó stolo Dia 27 - Santa Mô nica Dia 31 - Sã o Raimundo Nonato Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39 03

[close]

p. 4

Pastoral da Pessoa Idosa Trabalho Missionário da PPI em Guaratuba na Paróquia Nossa Senhora Bom Sucesso Pastoral da PessoaIdosa CNBB “Dai ao nosso coração sabedoria” (SL 90) No ano de 2011, a Irmã Apoline, Coordenadora da PPI na Diocese de Paranaguá juntamente com a Angé lica Cotrin, capacitadora, vieram ao Recanto Samaritano na comunidade N. Sra. Perpé tuo Socorro/Brejatuba, onde fizeram uma explanaçã o sobre o assunto PPI (Pastoral da Pessoa Idosa) buscando continuar o trabalho. Irmã Luzia, Leonilda, Isaura, Roseli e Francisco, aceitaram entã o o convite para serem lıd́ eres da PPI, onde passaram entã o por uma capacitaçã o do mesmo. No dia 29 de outubro de 2011, foi entã o realizado a capacitaçã o na comunidade Sã o José Operá rio, bairro Piçarras onde o Padre Miguelito Pá roco na Paró quia Nossa Senhora do Bom Sucesso realizou a Missa de Envio dos lıd́ eres, assim sendo implantada em nossa Paró quia a PPI. Em fevereiro de 2012, foi iniciada uma nova capacitaçã o de lı́deres com a coordenaçã o do padre Marcos Vinicius, sendo a segunda turma. Agora em 2017 como coordenadora da PPI Maria Inez Muraro e assessor padre Pedro fazemos um trabalho voluntá rio e missioná rio. Temos lı́deres em todas as comunidades que pertence a Paró quia Nossa Senhora do Bom Sucesso como a Comunidade Nossa Senhora do Navegantes na Barra do saı,́ comunidade Santo Antonio no Coroados, comunidade Sã o Luiz Gonzaga no Nereidas, comunidade Nossa Senhora do Perpé tuo Socorro no Brejatuba e Comunidade Nossa Senhora Aparecida na Caieiras. Em nossa Paró quia além de visitas domiciliares, também fazemos acolhida todo ano na Festa Divino Espirito Santo, acolhendo as caravanas de pessoas idosas que vem prestigiar nossa festa, e também fazemos a acolhida nas celebraçõ es religiosas. Graças ao Espıŕ ito Santo somos um grupo atuante de 20 lıd́ eres, visitando em média 110 idosos ao mês, levando a eles, carinho, atençã o e a Palavra de Deus. Quero agradecer a Paró quia por nos acolher sempre e a cada lıd́ er, obrigada pelo sim a Deus e aos nossos idosos. Peço a Deus sempre sabedoria em nossa missã o de visitar os nossos idosos. Você que queira fazer parte desta pastoral, procure a coordenaçã o ou diretamente na Secretaria da Paró quia. Coordenação da PPI na Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso. Maria.Inez Muraro CHAMADO VOCACIONAL REDENTORISTA Jovem, Jesus te chama! Seja um Missionário Redentorista, sendo padre ou irmão! “Jesus disse: ‘Não tenhas medo! De agora em diante serás pescador de homens!’”(Lc 5,10). Escreva para Secretariado Vocacional, falando com o padre Mello ou padre Celso Cruz: pvcampogrande@gmail.com 04 Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39

[close]

p. 5

Pastoral da Comunicação (Pascom) Uma das datas mais importantes da Igreja e que muitas vezes nã o é dada a sua devida importâ ncia, é o nascimento de Maria. Isto porque é o dia em que Deus começa a por em prá tica o Seu plano eterno, preparando a maneira como Jesus viria até nó s. Sendo assim, preparou a “casa” em que Cristo viria a habitar e que foi construıd́ a muito só lida com sete colunas que sã o os dons do Espıŕ ito Santo. A Igreja ensina que Maria foi concebida de maneira natural, mas foi miraculosamente preservada do pecado original para ser a mã e de Cristo. Esta concepçã o livre do pecado original é chamada de “Imaculada Conceiçã o”. Desta maneira, se colocamos a festa da “Imaculada Conceiçã o” no dia oito de dezembro, é coerente que o nascimento de Maria seja celebrado no dia oito de setembro, isto é , nove meses depois do dia oito de dezembro. Assim, fica registrado o fato normal, do nascimento, como para qualquer pessoa humana. Mas ele fica ressaltado pelo testemunho do Evangelho, o qual garante que Maria foi “cheia de graça”, fundamentando a convicçã o de sua concepçã o imaculada. De acordo com a tradiçã o, Maria nasceu de pais já velhos e estéreis, chamados Joaquim e Ana, A Natividade de Maria como resposta à s suas preces. A paciência e a resignaçã o com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prê mio de ter por filha aquela que havia de ser a Mã e de Jesus. Eram residentes em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, local onde mais tarde Jesus iria realizar um dos seus milagres e que, hoje, se ergue a Basıĺ ica de Santa Ana. Acredita-se que seu nascimento ocorreu por volta do ano 20 a.C. Foi-lhe dado o nome de Mirian que, em hebraico, significa “Senhora da Luz”, e que foi passado para o latim como Maria. Maria foi oferecida ao Templo de Jerusalé m aos trê s anos, tendo lá permanecido até os doze anos. As comemoraçõ es desta data se iniciaram com uma tradiçã o oriental desde o sé culo V. A festa passou para Roma no século VII e foi aprovada pelo Papa Sé rgio I. Através de Maria, a nossa vida agora é iluminada por Cristo, “o sol nascen- te”, que ilumina toda a humanidade. E como a lua se encarrega de refletir a luz do sol, e torná -la mais humana e amena, assim Maria reflete em si mesma, e projeta para nó s, a mesma luz de Cristo, na qual podemos reconhecer nossa pró pria vida. Ido Hepp Aconteceu... Ofertó rio da Pascom na missa de apresentaçã o das entidades filantró picas de Guaratuba Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39 0505

[close]

p. 6

Santo Afonso Maria de Ligório História do Fundador da Congregação dos Redentoristas Origens Nascido em 27 de setembro de 1696, na vila de Marianela, na cidade de Ná poles, Itá lia, Afonso de Ligó rio era filho de famıĺ ia cristã , nobre e rica. Seus pais perceberam logo que Afonso tinha uma inteligê ncia privilegiada. Por isso, fizeram questã o de dar a ele as condiçõ es para ele estudar nas melhores escolas e universidades. Seu pai dedicava-se a prepara-lo nos estudos e sua mã e ocupava-se em formá -lo na fé cristã . E, de fato, sua mã e fez dele um cristã o fervoroso. Além disso, Afonso destacou-se como escritor, poeta e mú sico. Com apenas dezesseis anos já era advogado, tendo conseguido o doutorado em direito civil e eclesiá stico. O exercício do direito em favor dos pobres O brilhante e jovem advogado Afonso de Ligó rio começou a exercer sua profissã o no fó rum de Ná poles. Ao mesmo tempo, cultivava uma intensa vida espiritual. Por enxergar a corrupçã o entre os detentores do poder, ele decidiu nunca advogar em favor da corte. Fora a corte, atendia a todos com a mesma atençã o e empenho. Mas fazia questã o de dar o primeiro lugar de seus atendimentos aos pobres, à queles que nã o teriam como pagar os honorá rios de um advogado. Uma decepção muda sua vida Apó s dez anos de trabalho intenso, Afonso de Ligó rio tornou-se um advogado de sucesso, famoso em toda a Itá lia. Porém, a polıt́ ica lhe reservava uma triste surpresa. Por casa da influê ncia de alguns poderosos, ele perdeu uma causa importante, injustamente. A perda dessa causa teve uma enorme repercussã o, prejudicando uma faixa social menos favorecida. Isso fez com ele tivesse uma grande desilusã o. Ele já vinha refletindo e escrevendo sobre a corrupçã o moral de sua é poca. Assim, depois desse fato, ele abandonou tudo e decidiu entrar para a vida religiosa. O advogado se torna padre O pai de Santo Afonso, a princıṕ io, nã o queria que ele seguisse a vida religiosa. Porém, quando percebeu a alegria do filho ao renunciar aos tıt́ ulos de nobreza e à herança, aceitou e viu que esta era sua vocaçã o. Afonso estudou teologia e foi ordenado padre aos trinta anos, no ano 1726. Na ocasiã o, acrescentou o nome de Maria ao seu sobrenome, como forma de prestar homenagem a Jesus Cristo, atravé s de sua Mã e. Funda a Congregação dos Redentoristas Santo Afonso tinha um poderoso lema de vida, tirado do Evangelho de Sã o Lucas: "Deus me enviou para evangelizar os pobres." Para melhor viver e aplicar este lema, ele fundou a Congregaçã o do Santı́ssimo Redentor, que ficou conhecida em todo o mundo o mundo como a Congregaçã o dos Padres Redentoristas. A missã o dos Redentoristas é exclusivamente a da pregaçã o aos pobres, procurando regiõ es de populaçã o menosprezada, levando missõ es e retiros espirituais. O pró prio Santo Afonso foi missioná rio no sul da Itá lia, reunindo multidõ es, pregando a Palavra de Deus, ensinando tudo sobre a devoçã o a Maria. Além disso, ele mesclava sua atividade missioná ria com a de escritor. Escreveu livros importantes de conteú do ascético e teoló gico. Por causa de sua obra falada e escrita, muitas conversõ es aconteceram. Oração a Santo Afonso “Senhor, concedei-me pelos méritos de Santo Afonso Maria de Ligório, o dom do verdadeiro amor fraternal. Com Vossa Graça, ajudai-me, pois não quero mais julgar, condenar, desprezar, excluir. Que eu tenha humildade para aceitar os meus defeitos e procurar melhorá-los. Amém. Maria, Espelho da Justiça, rogai por nós.” Fonte- site cruzterrasanta.com.br 06 Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39

[close]

p. 7

Dia do Padre! Dia 6 de Agosto comemoramos o Dia do Padre! Ser padre é ser abençoado e verdadeiramente escolhido por Deus. Sem dú vida nenhuma, somente alguém que tem Deus ao seu lado é capaz de realizar tantos feitos como celebrar a Eucaristia, pregar o Evangelho, acolher os pecadores, orientar e acompanhar como somente um pai pode fazer. Um pai espiritual dado pelo Senhor para nos guiar no caminho da salvaçã o. Ser padre nã o é uma tarefa fá cil! Deixar tudo é entregar-se completamente nas mã os do Senhor pede vocaçã o, força e fé. Muita fé. O padre é um ser humano sujeito a tentaçõ es, fraquezas e també m emoçõ es e sentimentos. O padre precisa de nó s tanto quanto nó s dele. Precisa do nosso apoio, colaboraçã o e compreensã o; precisa do nosso amor, da nossa amizade e de nossas oraçõ es. Precisa que rezemos pedindo que Deus o santifique, ampare e console nos instantes de fraqueza; que Deus lhe dê animo e coragem para seguir confiante e com alegria em sua missã o. Este dia deve ser repleto de agradecimentos e louvor pelo padre que temos. Deve ser o dia de um abraço caloroso e fraternal, de um “muito obrigado” sincero e de festa. Ter um padre em nossas comunidades é uma bençã o de Deus e isto precisa ser celebrado com muito amor e alegria. Felicidades a todos os padres. Que Deus sempre os abençoe e guarde, hoje e sempre” (papa Bento 16). Obrigado queridos padres, presbíteros de nossas comunidades, que incansavelmente sem esperar nada em troca, doam vossas vidas, a exemplo do Bom e Amado Pastor. Aquele que vos chamou é fiel. Ele conta com a vossa fidelidade até o fim. “Muitos foram os chamados e poucos foram escolhidos”. Dom Anuar Battisti Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Julho 2017 | Nº 38 07

[close]

p. 8

Pastoral do Dízimo O Dizimista Mirim Por que as crianças e os jovens devem entregar o dízimo? Várias Pastorais do Dıź imo, já vêm fazendo juntamente com os catequistas e grupos de jovens, o trabalho de divulgaçã o, consequentemente: implantaçã o do DIZIMO MIRIM (dizimista mirim). O objetivo é despertar nas crianças e nos jovens, à importâ ncia e necessidade da partilha bem como o há bito de ser um dizimista responsável, contribuindo com o que pode, de coraçã o alegre; colaborando dessa forma com sua comunidade e a Igreja. Vejamos algumas respostas: - Para não ser mais necessária a correção dos adultos; - Os jovens dizimistas aprendem a ser desprendidos de bens materiais; - Descobrem o sentido da responsabilidade pelas coisas de Deus; - Se sentem participantes e integrantes da Igreja e da comunidade; - Aprendem a diferença entre Deus e o dinheiro, dando a cada um seu devido valor; - Ficam sabendo que tudo, que gostamos, vem de Deus e que o dízimo é um sinal de agradecimento; - Se renunciam a pequenas coisas para entregar o dízimo, estarão preparados para fazer sacrifícios maiores, que a vida de adulto exige. Além desses itens, as crianças e os jovens, sendo dizimistas aprendem a respeitar as Leis de Deus e descobrem o valor do relacionamento ıń timo com o Criador, despertando o sentido de fé, obediência, justiça e compromisso com Deus, a Igreja e o pró ximo. Criam entre eles uma benéfica intimidade entre a pequena criatura e o Grande Criador. Enfim, verã o que Deus é justo e derrama suas bênçã os além do necessá rio, sobre quem lhe seja fiel (Mal 3, 10-12). Fonte: Pastoral do Dízimo e Pastoral Catequética da Paróquia Sagrada Família – Itajubá/MG Aniversariantes do mês de Agosto Feliz Aniversário A você dizimista, o nosso reconhecimento pela participaçã o consciente e generosa. Deus te abençoe! Pastoral do Dıź imo 08 Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39

[close]

p. 9

Dia do Soldado 25 de agosto Soldados são pessoas que se alistam para prestar serviços na defesa do paı́s, no Exército, Marinha ou Aeroná utica, além das As especializaçõ es ou á reas de trabalho dos soldados estã o divididas em infantaria, artilharia, cavalaria, engenharia, logı́stica e serviços, e corporaçõ es ligadas ao Estado, como o corpo de étnicos. Porém, seus salá rios sã o muito baixos, bombeiros, polıć ia militar, e outros. No dia 25 de fazendo com que muitos nã o tenham condiçõ es agosto comemora-se o dia do soldado. A escolha dignas de viver e sustentar suas famıĺ ias. Cons- da data foi em homenagem ao aniversá rio de tantemente vemos nos noticiá rios da televisã o Duque de Caxias, Luıś Alves de Lima e Silva, que se casos de policiais envolvidos em atos corruptos, tornou patrono do exército brasileiro. Nascido agindo sem é tica, voltando-se para interesses em 1803, na Vila de Porto Estrela, na cidade do Rio pró prios, como o ganho de dinheiro ilıć ito. Esse é de Janeiro, Duque de Caxias teve sua carreira um problema sério que a segurança pú blica do militar iniciada ainda bem pequeno, aos cinco Brasil enfrenta, pois os governantes nã o investem anos de idade, como cadete de primeira classe. n a carreira dos mesmos, nã o melhoram a polıt́ ica A vitó ria conquistada de maior importâ ncia para salarial da classe. Se a polıt́ ica salarial da ordem o Brasil foi a da guerra do Paraguai, em 1869, onde dos soldados fosse levada a sério, com ganhos conquistou o tıt́ ulo de Duque. Sua carreira no melhores e mais justos, isso nã o aconteceria e o exército durou cerca de sessenta anos, vindo a Brasil seria um paıś melhor. falecer no ano de 1880, apó s grandes conquis- Seria justo que os responsáveis pela segu- tas. rança nacional tivessem a força de seu trabalho Os soldados sã o pessoas de honra, que mais estimada, reconhecida e valorizada pelas cuidam da defesa da populaçã o, vigiando as ruas entidades pú blicas. das cidades contra assaltos, homicıd́ ios, drogas e Iliara Kloster Bassil outros crimes. Também fazem resgates e socor- http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/ rem pessoas em acidentes. datas-comemorativas/ Aconteceu... Jantar de Confraternização Aconteceu no dia 18 de julho um jantar de confraternizaçã o com os voluntá rios que trabalharam durante os 10 dias na Festa do Divino. Foram leigos, ministros, catequistas, pessoas voltadas para a caridade. O jantar estava suculento e delicioso mas o que aqueceu a noite fria de Guaratuba no dia 19, foi a gratidã o por ter realizado com amor e sucesso mais uma etapa da tradicional festa do Divino. Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39 09

[close]

p. 10

Missas com Bênção do Santíssimo 1ª Quarta-feira do Mês: Nossa Senhora do Perpé tuo Socorro 1ª Quinta-feira do Mês: Bênçã o da Saú de - Traga remé dios, receitas, roupas (Matriz) 2ª Quinta-feira do Mês: Bênçã o das Chaves da Casa, dos Carros, das Motos, da Bicicletas (Matriz) 3ª Quinta-feira do Mês: Bênçã o dos Alimentos - Traga alimentos para serem abençoados, e um quilo de alimento para partilhar com os pobres (Matriz) 4ª Quinta-feira do Mês: Bênçã o dos Trabalhadores e dos Desempregados (Matriz) 5ª Quinta-feira do Mês: Bênçã o dos Artigos Religiosos, Aguas (Matriz) HORÁRIO DAS MISSAS/NOVENAS HORÁRIOS DE ATENDIMENTOS E ASSESSORIAS DAS Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso (Missionários Redentoristas) COMUNIDADES E PASTORAIS DOS COMUNIDADE DIA HORA CELEBRAÇÃO MISSIONÁRIOS REDENTORISTAS EM GUARATUBA quarta quinta 19h30 19h30 Missa/Novena Missa COMUNIDADE PASTORAIS, GRUPOS DIAS DE PLANTÃO Pe. Roque Sutil Gabriel, C.Ss.R. N.S. Bom Sucesso Matriz sexta 19h30 sábado somente na temporada 19h30 domingo 10h00 domingo 19h30 Missa Missa Missa Missa - Matriz N. Sra. Bom Sucesso (Centro) - Santo Antonio - Catequese; Liturgia e - quarta e sábado Canto; - Juventude; Coroinhas - P. Humanizante 4º domingo 10h00 Missa/Batizados (Coroados) N. S. Perpétuo Socorro Brejatuba quarta domingo 3º domingo 1ª sexta 19h30 08h00 08h00 07h30 N. S. Navegantes Barra do Saí quarta sábado 1ª sábado 18h00 19h30 19h30 N. S. Aparecida Caieiras quarta sábado 3º sábado 19h30 19h30 19h30 Santo Antonio Coroados quarta domingo 1º domingo 19h30 08h00 08h00 São Luiz Gonzaga Nereidas quarta domingo 2º domingo 19h30 10h00 10h00 São Joaquim Cubatão 1º , 2º e 3º domingo 10h00 N. S. Aparecida Banaze 1º , 2º e 3º domingo 08h30 Missa/Novena Missa Missa/Batizados Missa Sagrado Cor. Jesus Novena Missa Missa/Batizados Novena Missa Missa/Batizados Novena Missa Missa/Batizados Novena Missa Missa/Batizados Missa Missa - São Joaquim (Cubatão) Pe. Pedro Hélio de Oliveira C.Ss.R - N. Sra. Aparecida (Caieiras) - N. Sra. navegantes (Barra do Saí) - P.P.I.; Criança; Dízimo; R.C.C.; - Leigos - segunda e sexta Pe. Donald R. Roth C.Ss.R. - N. Sra. Perpétuo Socorro (Brejatuba) - São Luiz Gonzaga (Nereidas) - N. Sra. Aparecida (banaze) - Ministros; Batismo; Familiar - Social - terça e quinta Comunhão, Participação e Missão São Luís de Franca Padroeiro de Guaratuba N. Sra. Fátima Riozinho 1ª e última quinta 19h00 Missa Obs.: Última segunda-feira do mês, não há atendimento, encontro dos padres. 10 Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39

[close]

p. 11

Datas e Eventos Paroquiais de Agosto HORA SANTA COM JESUS Local: Matriz Nossa Sra. do Bom Sucesso Data: 04/08 Horário: 18:30h. Toda primeira sexta feira de cada mê s. Participe conosco! MISSA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PARA OS TRABALHADORES E COMERCIANTES DE GUARATUBA Local: Soverteria Big Center (Av. 29 de Abril) Horário: 7h30 Data: 04/08 Toda primeira sexta feira de cada mê s. HORA SANTA COM JESUS Local: N. Sra. do Perpé tuo Socorro (Brejatuba) Data: 04/08 Horário: 17:30h. Participe conosco! INFORMAÇÕES NA SECRETARIA PAROQUIAL FESTA DE SÃO JOAQUIM/CUBATÃO Data: De 11 a 20 de agosto Celebraçõ es: 11 a 19/08 à s 19h30 Dia 20: Encerramento com Celebraçã o à s 10h00. Apó s, churrasco e demais atraçõ es! Visite o site da Paróquia www.paroquiaguaratuba.com.br ENCONTRO DE LEITORES 1ª Etapa: Dia 03/09 2ª Etapa: Dia 24/09 LOCAL: N. Sra. Perpé tuo Socorro/Brejatuba Aconteceu... Aniversá rio do Padre Pedro comemorado com amigos da comunidade Santo Antonio Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39 11

[close]

p. 12

Festa do Divino em Guaratuba Promovendo os valores cristã os e fortalecendo o turismo local, a tradicionalı́ssima Festa do Divino Espıŕ ito Santo e Santıś sima Trindade 2017 aconteceu na Matriz Nossa Senhora do Bom Sucesso de 07 a 10 de julho. Os registros sobre o inıć io das comemoraçõ es do Divino Espı́rito Santo em Guaratuba remetem ao perıó do da Igreja Centená ria, que aconteceu entre 1768 e 1771, ainda com utilizaçã o de mã o de obra escrava. Com significâ ncia religiosa, cultural e social, a festa mobiliza a populaçã o guaratubana e conta com a participaçã o de quatro homens denominados Foliõ es. “Desde o dia 3 de maio eles saem pelo interior de Guaratuba e també m pela regiã o rural, levando o canto e convidando as pessoas a participar. Eles [foliõ es] também levam as bandeiras do Divino e da Santı́ssima Trindade”, A ediçã o 2017 teve como casal festeiro, Eliete e Adriano Trevizan, que preparam toda a organizaçã o da festa”, O evento acontece há mais de 100 anos. Neste ano Adriano e Eliete despedem-se da comunidade e a partir de agora a responsabilidade da pró xima festa estará ao cargo do casal festeiro edi- çã o 2018, Priscila e Alessandro Gureski. 12 Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Julho 2017 | Nº 38

[close]

p. 13

A Festa movimentou també m o comé rcio local e apresentou vá rios shows, entre eles uma Missa especial como o Padre Robson (Divino pai Eterno), gravaçã o do programa da Rede Aparecida de TV como o cantor Silvio Brito, concurso do Rei e da Rainha da Terceira Idade, realizado pela Secretaria Municipal do Bem Estar e Promoçã o Social atravé s do Serviço de Convivê ncia e Fortalecimento de Vıń culos do Idoso, Concurso de Fotografia, praça de alimentaçã o toda noite com churrasco e pratos tradicionais da festa, stands do comé rcio com produtos de vá rias regiõ es do Brasil, mú sica ao vivo para o almoço com apresentaçã o de grupos e cantores locais. Todos os dias caravanas com grupo de idosos de municıṕ ios do Paraná visitaram a feira sendo recepcionados pela Pastoral do Idoso e pela equipe do SCFV do idoso que faz parte da Secretaria Municipal do Bem Estar e Promoçã o Social. Nesta festa, voluntá rios, empresá rios, Prefeito Municipal, funcioná rios pú blicos, leigos e religiosos unem-se para um objetivo ú nico , “Consagrar a cidade de Guaratuba e todos os seus habitantes, seus trabalhos, suas famı-́ lias e o futuro ao Divino Espıŕ ito Santo de Deus”, e Viva a Maior Festa Religiosa do Paraná ! Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Julho 2017 | Nº 38 13

[close]

p. 14

14 Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39

[close]

p. 15

Fotos Silvana Baitala AHM Produções Revista Voz da Paróquia | Comunhão, Participação e Missão |Ano IV | Agosto 2017 | Nº 39 15

[close]

Comments

no comments yet