paginas97

 

Embed or link this publication

Description

paginas

Popular Pages


p. 1

NOSSA VISÃO Mostrar o que é bom e positivo tem maior valor social e maior efeito publicitário do que mostrar apenas o que acontece de negativo. A imagem do anunciante fica diretamente associada às notícias veiculadas no mesmo contxto do veículo de comunicação! JULHO DE 2017 | Ano XII | EDIÇÃO 97 - JORNAL DE CONTEÚDO: Político, Cultural, Informativo e Opinativo Turismo perto, de qualidade e baixo custo Divulgação O Santuário Nossa Senhora da Piedade está localizado a 87 km de João Monlevade, a 48 km de Belo Horizonte, e a 16 km do município de Caeté. PÁGINA 3 UAB de João Monlevade abre 40 vagas para curso de Pedagogia PÁGINA 4 Betão Reunião itinerante da Amepi "O Sistema de Inspeção Municipal é extremamente benéfico à região e merece ser trabalhado constantemente. Hoje estamos agentes políticos, os mandatos finalizam, mas os cargos ficam. É preciso que deixemos este trabalho concretizado". Afirmou Djama Bastos durante a reunião. Na foto, ao lado do prefeito Wilber de Bela Vista de Minas. PÁGINA 3

[close]

p. 2

02 JULHO DE 2017 Geral Geral Editorial Inteligência política Em política há algumas verdades óbvias, mas que nem todos que exercem essa atividade têm inteligência politica para enxergar. Escreveu um renomado cientista politico que: "A politica é uma atividade humana como outra qualquer. Sendo assim para que ela seja boa ou ruim, depende de quem a faz". Escreveu ele também, no mesmo artigo, que: "Como em todas as atividades humanas, na politica também estão presentes todas as mazelas humanas, e toda a luta entre o bem e mal, o certo e o errado, entre a morale a falta de moral." Outra verdade comprovada, até por resultados de eleições, comprovada pela história das cidades, do próprio país, é que em politica "quem não mostra o que faz de bom, quem não tem a preocupação de mostrar os acertos que tem, será lembrado pelos erros que teve, pelo que fez de mal, ou será completamente esquecido e todo esforço que fez terá sido em vão." Pois, a politica é, entre outras coisas, uma arte peculiar, e "inteligência politica" de fato faz parte desta arte. Palavra de Jurista Dr. Francisco Pantuza Antunes, Advogado Aspectos jurídicos sobre o comportamento chamado "bulling" Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais indivíduos contra uma ou mais pessoas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato. É uma das formas de violência que mais cresce no mundo. Segundo especialistas no assunto, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa. Além de um possível isolamento ou queda do rendimento em vários aspectos da vida pessoal e social, pessoas que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podem apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional da pessoa (vítima) de tal maneira que ela opte por soluções trágicas, como o suicídio. Há que destacar que não existe um tipo (uma definição legal) específico para o crime de bullying na legislação brasileira. Mas a conduta hostil do bullying pode configurar vários crimes que sãoprotegidos pela tutela penal: crimes contra a honra, racismo, lesão corporal, estupro e tortura, dentre outros ao se analisar cada caso concreto. Juridicamente o bullying pode ser atacado por uma série de leis, dentre as quais destacamos que a Constituição Brasileira em seu art. 1º, inciso III estabelece que é fundamento do Estado Brasileiro a "Dignidade da pessoa humana" e em seu art. 5º, inciso III que "Ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante". Quando praticado por menor configura Ato Infracional, sujeitando o infrator às medidas socioeducativas previstas no lei 8.069/1990 ( Estatuto da Criança e do Adolescente - artigo 112 e seguintes). Dr. Francisco Pantuza Antunes, Advogado, OAB/MG 107076, formado em Filosofia pela Universidade Federal de Juiz de Fora,; Em Direito pelo IES-FUNCEC; Pós-graduado em Direito Civil; Pós-graduado em Direito Público; Advogado Militante. Email: franciscopantuza@yahoo.com.br Municípios do Médio Piracicaba podem ter grande aumento de arrecadação com novas regras para a mineração Governo anuncia mudanças nas regras da mineração e royalties pagos pelas mineradoras podem saltar de 2 para até 4% O governo anunciou novas regras para a mineração. Entre elas a criação de uma agência reguladora e alterações nas alíquotas do Cfem, o royalty cobrado do setor. A noticia é ótima para Itabira, São Gonçalo do Rio Abaixo, Rio Piracicaba, Bela Vista de Minas, Barão de Cocais, Santa Bárbara e Catas Altas, cujas receitas dependem da mineração. Essas mudanças serão feitas por medidas provisórias enviadas ao Congresso, que precisam ser aprovadas. A expectativa é ampliar de 4% para 6% a participação da mineração no PIB brasileiro e modernizar a lei e instituições do setor mineral. O governo também criou a Agência Nacional de Mineração (ANM) que assumirá as funções que hoje são do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). O governo espera assim agilizar as decisões que orientam o mercado de mineração, o que reduz riscos e incertezas. O Código de Mineração será alterado em 23 pontos, entre eles o aumento do teto da multa por infrações, que passa de R$ 2,5 mil para R$ 30 milhões, ampliação do prazo para pesquisa de viabilidade econômica e responsabilidade da mineradora na recuperação das áreas ambientalmente degradadas. No caso do minério, o governo vai propor um escalonamento da alíquota e a mudança será feita por uma portaria, mantendo a alíquota da Cfem em 2% quando o preço do minério estiver abaixo de US$ 60 a tonelada. A alíquota sobe para 2,5% quando o preço estiver entre US$ 60 e US$ 70; para 3% quando o preço estiver entre US$ 70 e US$ 80;para 3,5% quando preço estiver entre US$ 80 e US$ 100 e chega a 4% quando o preço ultrapassar US$ 100 por tonelada. A partilha dos royalties entre os entes federativos não muda e a União fica com 12%, estados com 23% e, municípios, com 65%. Deputado Nozinho comemora mudanças e diz que medidas fazem justiça aos municípios mineradores "Há pelo menos uma década e meia estamos trabalhando junto ao Governo Federal em busca do novo marco regulatório do minério", comemora o deputado estadual Nozinho (PDT), ex-prefeito de São Gonçalo e ex-diretor da Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (Amig). Ele explica que os municípios mineradores pagavam pela injustiça de receberem a menor alíquota de royalties no Brasil e herdavam danos ambientais de alto custo de recuperação.Agora a receita maior virá principalmente porque o governo passará a cobrar os royalties sobre a receita bruta e não mais do faturamento líquido das empresas. No faturamento líquido, as empresas descontam os custos com transporte e logística, o que reduz o valor a ser pago. A nova cobrança, no entanto, só valerá a partir de novembro porque o governo não quer impactar o planejamento financeiro das empresas. NO PONTO DO ESPORTE com Sandro Costa Divulgação Sábado 22/07/2017 : Desta feita tudo parecia mamão com açúcar para o KUASE +40. Vencia o jogo por um tento a zero, com um golaço de Carlinhos, mas permitiu a virada para a equipe do REAL/JM. Destaque para TIÃO, segundo, da esquerda para a direita. Com sua barba branca enorme e no auge de seus 71 aninhos, jogou os noventa minutos. EXEMPLO PARA QUALQUER ATLETA. PARABÉNS a Tião e toda equipe do REAL. Expediente REDE PÁGINASDE JORNALISMO Rua Antônio Saturnino, nº 212, Rio Piracicaba - MG CNPJ: 41.857.152/0001-92 - Ins. ISENTO redepaginas@gmail.com | robnasjornalista@yahoo.com.br NOSSA VISÃO: Mostrar o que é bom e positivo tem maior valor social e maior efeito publicitário do que mostrar o que acontece de negativo. A imagem do anunciante fica diretamente associada às noticias veiculadas no mesmo contexto do veículo de comunicação! Diretor Geral Editor Roberto Nascimento Reg. Profissional: MTB 013756/MG (31) 8609-0549 Diagramação alGi Comunicação Visual Tiragem: 3.000 exemplares

[close]

p. 3

Cidade Geral 03 JULHO DE 2017 Caeté Turismo perto: Santuário da Serra da Piedade O Santuário Nossa Senhora da Piedade, localizado a 87 km de João Monlevade, a 48 km de Belo Horizonte, e a 16 km do município de Caeté, é um cenário de riquíssima beleza natural, no alto de uma montanha, a 1746 metros de altitude. Ideal para a reflexão, oração e descanso, o Santuário que abriga a Padroeira de Minas Gerais é uma ótima opção de turismo perto e de baixo custo, muito propício para quem busca a tranquilidade em seus passeios. Do alto do Santuário, em dias claros, é possível ter uma das mais belas vistas das montanhas de Minas. São 360 graus de panorama, com mil e uma facetas da beleza que só a mãe natureza oferece de maneira tão generosa, inspirando a conduta humana. Em dias mais frios e nublados, o espetáculo é ainda mais bonito. Do topo da Serra da Pi- edade descortina-se uma deslumbrante paisagem do verde das matas subindo e descendo montanhas, de onde se avista também nove cidades: Belo Horizonte, Caeté, Contagem, Lagoa Santa, Nova União, Raposos, Sabará, Santa Luzia e Vespasiano. O santuário da Serra da Piedade está aberto a visitação todos os dias da semana. Fotos: Divulgação Rio Piracicaba Amepi: Reunião itinerante em Rio Piracicaba Com presença de vários prefeitos reunião marcou início da Implantação do Sim Regional, projeto que pode alavancar o desenvolvimento da agroindústria regional O auditório da Câmara Municipal de Rio Piracicaba foi o local de uma reunião itinerante da Amepi no dia 14 deste mês, cumprindo agenda de reuniões da Amepi Itinerante, já realizadas nas cidades de Santa Maria de Itabira e Bela Vista de Minas. Participaram prefeitos, presidentes de Câmara, vereadores e assessores de vários municípios associados. A pauta do encontro, foi coordenado pelo consultor Leandro Moyano, foi a implantação do Sis- Betão Prefeitos e autoridades presentes na reunião tema de Inspeção Municipal (SIM) a nível regional. Leandro informou aos presentes as cidades aptas até então, para dar prosseguimento ao SIM: João Monlevade, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Itabira, Santa Bárbara, Santa Maria de Itabira, Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo. E ainda que a sede do SIM, que integra o Consórcio Intermunicipal Multissetorial do Médio Rio Piracicaba (Consmepi) será na própria Amepi, e que o veículo para atender exclusivamente a este serviço será adquirido pela Associação. "Sobre a equipe de inspeção, é preciso que se tenha um veterinário. Este profissional será cedido pela Prefeitura de Itabira", informou Leandro. A próxima etapa do processo é a elaboração do regulamento do SIM, documento que será comum a todos os municípios consorciados. O prazo para entrega é dia 5 de agosto. Neste mesmo prazo deve ser finalizada a estrutura física de sede do SIM, bem como a estrutura de pessoal para trabalhar no local. O presidente da Amepi, Leris Braga, enfatizou que para que os prazos sejam cumpridos, é necessário 100% de comprometimento dos municípios que aderirem. E ainda reforçou que nova reunião só será agendada a partir do cumprimento de prazos e dos resultados dos trabalhos. O encontro está previsto para acontecer em Nova União. Leris Braga agradeceu a presença de representantes das cidades de Ferros, Coronel Fabriciano e Nova União, interessados em integrar o consórcio para implantação e rateio do Sistema de Inspeção Municipal. Leris ainda informou que especificamente sobre o serviço de manutenção de iluminação pública, feito também através do consórcio, as prefeituras de Nova União, Itabira e Alvinópolis irão fazer a adesão. Ao final do encontro, a palavra foi aberta aos presentes. Djalma Bastos, presidente da Camara de João Monlevade, parabenizou Leris Braga e toda equipe da Amepi pela condução dos trabalhos. Contudo, o presidente do Legislativo monlevadense pediu mais diálogo junto à Barão de Cocais e Nova Era, para que estes dois municípios façam a implantação do SIM. Leris destacou que o diálogo está sempre aberto para todas as cidades e colocou a Amepi à disposição.

[close]

p. 4

04 JULHO DE 2017 Geral Rio Piracicaba Reunião do Codema O Codema de Rio Piracicaba realizou uma reunião no auditório da câmara municipal no dia 20, com o objetivo de tratar da continuidade dos trabalhos do conselho na cidade. Participaram todos os membros do Codema local, incluindo as representantes da empresa Vale, Fernanda Damasceno e a engenheira ambiental Camila Pantuza. Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente do Codema, Augusto Henrique da Silva, e entre os temas abordados o maior enfoque foi a coleta seletiva no município e a necessidade de maior participação da sociedade como um todo no engajamento na luta pela defesa e preservação ambiental na cidade. Ao final ficou marcada a próxima reunião para o dia 24 de agosto, no mesmo local. Geral Betão Nozinho cobra providências do Estado sobre isenção de impostos para pessoas com deficiência na compra de automóveis Divulgação O deputado Nozinho (PDT) visitou no dia 12 de julho a Cidade Administrativa do Estado, em Belo Horizonte, e cobrou providências do governo estadual sobre a isenção de impostos para pessoas com deficiência na compra de automóveis. A reunião foi motivada pela denúncia de que proces- sos de aquisição dos veículos com isenções estão levando até seis meses, correndo risco de ter que recomeçar o pedido se tiverem que fazer qualquer alteração nele. Acompanhado do presidente da Associação de Cooperação e Integração dos Portadores de Deficiência de João Monlevade (Acinpode), Elias Gonçalves, Nozi- nho ouviu explicações do subsecretário da Receita Estadual, João Alberto Vizotto. Segundo ele a burocracia serve para evitar fraudes, mas se comprometeu a resolver os problemas dos compradores com deficiência. Ficou acertada uma nova visita, em data ainda a ser marcada. Nozinho é membro permanente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa, que organizou a reunião UAB de João Monlevade abre 40 vagas para curso de Licenciatura em Pedagogia A UAB (Universidade Aberta do Brasil), polo João Monlevade, divulgou Edital, abrindo 40 (quarenta) vagas em Licenciatura em Pedagogia, curso que terá duração de quatro anos. As inscrições para o curso de Pedagogia a Distância poderão ser feitas de 7 a 11 de agosto, através do site: www.vestibular.ufop.br, no link cursos a distância ENEM 2013 a 2016. No ato da inscrição (que é gratuita), o candidato deverá informar o número da inscrição do Exame Nacional do Ensino Mé- Divulgação Simone Moreira recebeu Érica Valadares em seu gabinete, e garantiu que a UAB continuará contando com o apoio da Administração Municipal dio 2013, 2014, 2015 ou 2016, uma vez que o acesso à Universidade será por nota do ENEM. Na última sexta-feira, 21, a coordenadora da UAB em João Monlevade, Érica Valadares Cota, esteve reunida com a prefeita Simone Carvalho Moreira (PSDB), que vem dando todo apoio para o desenvolvimento da Universidade no município. A UAB mantém cursos a distância, mas atende com funcionamento no prédio do Centro Educacional, em Carneirinhos, à tarde e à noite, com suporte, tutoria e aulas presenciais para os alunos. A Universidade disponibiliza aos alunos três laboratórios de informática, espaço administrativo e biblioteca. Educação Estudantes sofrem com peso de mochilas A mochila escolar é um item que faz parte da rotina de crianças e adolescentes. Por isso é importante que os pais fiquem atentos para evitar peso em excesso e ajuste incorreto, já que isso pode causar lesões e dores. É o que orienta a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot). Segundo ortopedistas o peso correto da mochila não deve ultrapassar 10% do peso da criança. O excesso pode causar dores nas costas, nos braços e nos ombros, que podem evoluir para problemas graves de coluna. E os problemas podem ser mais sintomáticos para crianças e adolescentes que precisam caminhar até a escola levando o material. Por isso os pais devem ficar de olho e orientar seus filhos a evitar carregar materiais desnecessários. Dicas de especialistas Os ortopedistas orientam que na hora da compra se dê preferência a mochilas de duas alças porque distribuem o peso linearmente nos Divulgação Peso de mochila não deve ultrapassar 10% do peso das crianças e adolescentes ombros; e que as alças sejam largas (mínimo de 4 cm) e acolchoadas. Mochilas com vários compartimentos e com cinto abdominal também são recomendadas. Ao utilizar é importante, além de evitar o excesso de peso, usar as alças nos dois ombros, e regular para que ela fique na altura da cintura (que termine no início da região glútea). O material mais pesado deve ser colocado junto às costas. O uso de mochilas com rodinhas pode ser uma alternativa, no entanto, é preciso ter cuidado com a alça do carrinho que deve estar a uma altura apropriada, as costas devem estar retas ao puxá-la. É importante observar também o percurso a ser feito. Se é ambiente com escada e desnível, em vez de facilitar vira um empecilho. A mochila de rodinha tem sua utilidade se o percurso for com poucos obstáculos.

[close]

p. 5

Geral Geral 05 JULHO DE 2017 João Monlevade Equipe do Nova Esperança vence a 9ª Copa Interbairros de Futebol de João Monlevade Fotos: Divulgação A prefeita Simone Moreira, acompanhada de seu marido, o ex-prefeito Carlos Moreira, entregou o troféu para o campeão, o time do Nova Esperança O vice-prefeito, Fabrício Lopes, com o time do Santa Bárbara, 2º colocado A final da 9ª Copa Interbairros reuniu um bom público no Estádio Louis Ensch, no último sábado, 22. O time do Nova Esperança sagrou-se campeão da competição, derrotando por 3 a 1 a equipe do Santa Bárbara. Indian Fernando abriu o placar para o Nova Esperança, aos 10 minutos do segundo tempo. Cléber Nascimento, aos 15, e Flávio Lopes, aos 21, ampli- aram para o Nova Esperança. O gol de honrado Santa Bárbara saiu aos 33 minutos, com Guilherme Ávila. Na disputa pelo 3º lugar, o time do Lourdes derrotou o Metalúrgico por 1 a 0, com gol de Mateus Silva. Os três primeiros colocados receberam medalhas e troféus. Também receberam troféus a defesa menos vazada, prêmio que ficou com a equipe do bairro de Lourdes. O artilheiro da competição foi Robert Cruz, do time do Industrial, que marcou oito vezes; e o destaque da final foi Gustavo Cardoso, da equipe do Nova Esperança. O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal de João Monlevade, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer. Durante a solenidade de premiação, estiveram presentes: a prefeita Simone Carvalho Moreira (PSDB) e o seu vice, Fabrício Lopes (PMDB), além de vereado- res e o ex-prefeito Carlos Moreira. A prefeita disse que o resultado foi muito positivo, que a festa foi muito bonita, e salientou que a Administração Municipal vai continuar incentivando o esporte no município. E ressaltou: "Está garantida a realização da Copa Interbairros para o ano que vem". A Copa Interbairros durou dois meses e reuniu 28 equipes. Ao todo, foram 57 jogos disputados. Catas Altas Alunos da rede municipal produzem enciclopédia com a história do Vinho em Catas Altas Sessenta e seis alunos do quarto ano da escola Municipal Agnes Pereira Machado produziram, recentemente, o livro "Vinho - Cultura e tradição Catas-altense". O trabalho faz parte do projeto Pequena Enciclopédia - história do vinho de Catas Altas", desenvolvido no primeiro semestre do ano letivo. O objetivo é resgatar a história do vinho na cidade, conhecendo sobre os produtores locais, o modo de fabricação e algumas pessoas que são idealizadoras da primeira Festa do Vinho no município. A enciclopédia foi apre- sentada pelos alunos, durante um seminário realizado no dia 13 de julho com participação de pais, autoridades e membros da comunidade. Na ocasião, os alunos puderam contar um pouco sobre o trabalho e o que descobriram ao resgatar a história da produção de vinhos, que está entre os bens materiais de Catas Altas. Ao longo do projeto, eles tiveram a oportunidade de desenvolver atividades que envolveram leitura e escrita, desenhos de observação, entrevistas e comunicação oral. Divulgação Memórias Além da Enciclopédia, outro trabalho desenvolvido na rede municipal, na escola João XXIII no Morro D'Água Quente, é o Memorias. Neste, os estudantes resgataram as memórias de patrimônio culturais do distrito, como a capela e o Chafariz, e de alguns moradores, como o Senhor Deca e o Senhor Raul. Rio Piracicaba Por cinco votos a quatro vereadores rejeitam projeto que pode melhorar trabalhos da Câmara O Projeto de Lei 1538/2016, que autoriza a contratação de um funcionário, em concurso publico, para a função de Controladoria da Câmara Municipal, foi rejeitado em primeiro turno por cinco votos a quatro na ultima reunião, dia 18 de julho. O texto, de autoria do presidente Tarciso Bertoldo (PSB), ainda será votado em segundo turno e de acordo com entendimento dos proponentes é essencial para a continuidade dos trabalhos legislativos. A aprovação do projeto pode evitar sobrecarga de trabalho para os funcionários efetivos e evitar risco de não andamento de atividades e atendimento às necessidades da câmara. Há também um entendimento de que a não aprovação deste projeto pode comprometer o andamento de toda a situação administrativa do município, uma vez que se a Casa Legislativa tiver seu desempenho deficiente a própria administração municipal não consegue funcionar corretamente. Na votação, que ocorreu na sessão do dia 18 votaram contra o projeto os vereadores Zaino Gomes, Tayrone Arcanjo, Inácio Linhares, Valdeci Pantuza e Neném do Caminhão. Segundo turno Há uma expectativa de que a votação em segundo turno seja diferente, com novo entendimento dos vereadores sobre o projeto, uma vez que vereadores como Neném do Caminhão e Valdeci Pantuza, que são também aliados da base governamental surpreenderam votando contra o projeto de seu próprio grupo político.

[close]

p. 6

06 JULHO DE 2017 Geral Geral

[close]

p. 7

Geral Rio Piracicaba De volta às origens Geral 07 JULHO DE 2017 Fotos: Divulgação O Senhor Henrique Barcelos, residente do Asilo Padre Pinto, Rio Piracicaba, voltou ao lugar onde nasceu, passou sua infância e de onde se mudou há 75 anos. Presidente da Associação São Vicente de Paula e reconhecidamente um das pessoas mais beneméritas da sociedade local, sempre envolvido em causas sociais e ações de caridade, Henrique Barcelos foi levado a essa viagem pelo seu amigo de muitos anos e companheiro de Associação São Vicente de Paula, o vereador e presidente da Câmara De João Monlevade Djalma Bastos. "Foi Uma viagem ao passado, uma oportunidade de reviver minha infância, um dia inesquecível e um sonho de muitos, muitos anos realizados." Afirmou Henrique, hoje com 82. A viagem foi realizada no sábado, dia 15, e eles permaneceram a tarde toda visitando a fazenda onde Henrique nasceu, no distrito de Santa Isabel, zona rural da cidade de São Domingos do Prata, além de revendo parentes e amigos que ainda moram lá. "O Djalma é um amigo muito especial, um homem de coração muito bom e de atitudes muito nobres." Fez questão de ressaltar Henrique. Rio Piracicaba Presidente da Câmara de Itabira visita Câmara de Rio Piracicaba Betão Rodrigo Diguerê (PV) e Tarciso Bertoldo (PSB) O presidente da Câmara Municipal de Itabira, vereador Rodrigo Diguerê (PV), visitou a câmara de Rio Piracicaba na última reunião da casa no mês de julho. Em seu segundo mandato em Itabira, Rodrigo conversou com os vereadores de Rio Piracicaba, em especial com o presidente, vereador Tarciso Bertoldo (PSB), e assistiu á reunião do realizada durante sua visita. Segundo o parlamentar itabirano foi uma visita de cortesia e também de reconhecimento pelo bom trabalho que o vereador Tarciso Bertoldo (PSB) vem realizando neste inicio de sua gestão à frente da presidência da Câmara de Rio Piracicaba. O Senhor Henrique Barcelos, a convite de seu amigo Djalma Bastos, voltou ao lugar onde nasceu, passou sua infância e de onde se mudou há 75 anos. Catas Altas Catas Altas: investe no turismo de aventura Aproveitando o cenário natural de serras, montanhas e cachoeiras, a Prefeitura de Catas Altas vai iniciar um trabalho de promoção do turismo de aventura no município, através do projeto Espaço Montanha. Pelo projeto, estão previstas diversas atividades, como a construção de uma área indoor para prática de boulder, escalada outdoor, trekking, hiking, canionismo, além de cursos e oficinas para capacitação da população. O objetivo será disseminar entre os moradores e turistas a prática dos esportes, utilizando a montanha como pano de fundo. Turismo de aventura é um segmento de mercado do setor turístico que compreende o movimento de turistas cujo atrativo principal é a prática de atividades de aventura de carácter recreativo. É, basicamente uma experiência física e sensorial recreativa que envolve desafio, porém com riscos avaliados, controláveis e assumidos. E que, além disso, proporcionam sensações in- Divulgação críveis, como liberdade, superação e prazer. As atividades deste nicho podem ocorrer em qualquer espaço: natural, construído, rural, urbano, estabelecido como área protegida ou não. E em Catas Altas não faltam espaços deste tipo. Tanto que o município recebe, constantemente, atividades e eventos ligados ao turismo de aventura, como Trekking ao Pico do Hori- zontes, cursos e oficinas de canionismo e escalada no imponente maciço de quartzito, conhecido como Pico do Baiano. O próximo evento está agendado para os dias 05 e 06 de agosto. Será a subida ao Pico do Baiano via trekking, realizada pela empresa Vara Mato. Os interessados neste tipo de turismo, devem procurar um guia que conhece a cidade. Mais informações podem ser obtidas no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), pelo telefone: 3832-7192. (Fonte: Acom Prefeitura de Catas Altas) O crack e os crimes cometidos por menores infratores O crack desperta um nível de dependência elevado, podendo na primeira dose o usuário já se tornar um escravo da droga, devido ao poder que exerce no organismo. Há um grande índice de usuários da droga com médias de idade entre treze anos, sendo que há inúmeros casos de crianças que já são viciados na droga com idades inferiores há dez anos. Na busca incontrolá- vel para saciar a dependência da droga muitas crianças e adolescentes acabam por cair no mundo do crime, meninos acabam praticando roubos e assaltos, e as meninas, caem na prostituição. Com isso, o crack tornou-se um forte aliado de pedófilos e traficantes, que usam a droga para primeiramente viciar inocentes e depois recrutá-los para o crime e a prostituição. A discussão sobre a problemática das drogas, espe- cialmente o crack, é ampla e não tem solução com medidas simplistas. È preciso uma mobilização grande da sociedade, sem que haja receios de se discutir abertamente a questão, muito menos a ilusão de que é um problema que as autoridades devam e possam resolver sem ajuda de todos. Uma ajuda mínima que seja como, por exemplo, conversar com os vizinhos sobre o tema para criar uma consciência de combate às drogas, aconselhar um adolescente ou orientar um amigo, sugerir ações ou cobrar de um vereador que se empenhe nessa questão, já é uma atitude muito positiva. Enfim, que cada um saiba uma maneira de colaborar nessa luta que é de toda a sociedade, porque a omissão também é um alimento do mal, e a droga é um dos grandes males de nossa sociedade hoje.

[close]

p. 8

08 JULHO DE 2017 Geral Meio Ambiente Meio Ambiente, o exemplo que vem da Bahia Produtores rurais do sul da Bahia recuperam nascentes de rios Incentivo a pequenos produtores é para evitar a seca na bacia do Rio Oricó. Produtores rurais de propriedades pequenas do sul da Bahia decidiram se unir em um projeto ecológico que está funcionando bem. O benefício, pago como serviços ambientais, viroulei no município de Ibirapitanga, sul da Bahia. Em 2017, R$ 90 mil serão distribuídos entre os produtores. O entendimento é que a base de tudo é a floresta. Quanto mais o produtor tiver, mais o recurso que ele vai receber é maior. O incentivo aos pequenos produtores rurais é para evitar a seca na bacia do Rio Oricó, responsável pelo abastecimento de 80 mil pessoas. Cortes ilegais de madeira, queimadas, já reduziram a vazão e atingiram as nascentes. Na região do sul da Bahia existem mais de 1.600 nascentes. Pelo menos 400 já foram destruídas pelo desmatamento, nascentes onde a água brotava e corria forte para ajudar a alimentar o Rio Oricó. Em apenas dois anos secou completamente. É no viveiro de uma ONG que dá o suporte técnico do reflorestamento que são produzidas as mudas plantadas nas nascentes destruídas. Entre julho e agosto será concluída uma restauração de 80 nascentes. Os produtores não pagam nada pelas mudas; 200 hectares de floresta já foram replantados em cinco municípios. Uma nascente há cinco anos estava quase morta, cercada de pastos e sem árvores. O espelho d'água só se formava quando chovia. Hoje dá até para pescar e a floresta cresce bonita onde era pasto. Município de Ibirapitanga na Bahia, paga para quem preservar a floresta. Divulgação

[close]

Comments

no comments yet