RLB 47 - Março de 2017

 

Embed or link this publication

Description

Revista Leitura de Bordo - Edição 47 - Março de 2017

Popular Pages


p. 1

Ano VIII - nº 47 - Março de 2017 - R$ 6,50

[close]

p. 2

Educação vai parar em março Mais de seis mil professores e orientadores educacionais do Distrito Federal deliberaram pela adesão à Greve Geral Nacional a partir do dia 15 de março, por tempo indeterminado. A decisão foi tomada durante assembleia do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), no dia 13 de fevereiro, e é uma resposta às políticas de retrocesso colocadas pelos governos local e federal. Na avaliação dos dirigentes sindicais e também da categoria, o sentimento é o da necessidade de combater as frentes de retrocesso e o de lutar pelo respeito à Meta 17 do Plano Distrital de Educação (PDE), que fala da isonomia salarial. Esta Meta define que o magistério deve chegar à média salarial das carreiras públicas de nível superior do Distrito Federal num período de quatro anos. Para cumprir as metas do PDE, segundo dados do Dieese, a categoria precisa ter reajuste imediato de 18%, mas o governo Rodrigo Rollemberg (PSB) preferiu manter o calote e sequer pagou a tabela de setembro de 2015. Apesar de o PDE ser uma lei sancionada neste governo, o Governo do Distrito Federal sequer apresentou uma proposta financeira que contemple a isonomia. O discurso que o Executivo local faz para a mídia de eterna falta de recursos é diferente do que se materializa dentro do governo, visto que houve um incremento de cerca de R$ 1 Bilhão no orçamento de 2015 para 2016. Mesmo assim, de concreto não há proposta. Mobilização nacional - A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) aprovou, em seu 33º Congresso, um calendário de mobilização, incluindo a greve nacional contra a reforma da Previdência, a partir do dia 15 de março. Segundo a dirigente do Sinpro-DF e secretária de Finanças da CNTE, Rosilene Corrêa, a categoria entendeu as implicâncias que podem advir com a aprovação da reforma da previdência. “O momento é de enfrentamento. E nós temos aqui uma situação que se agrava também, que é o terceiro ano sem reajuste. Portanto, sofremos prejuízos financeiros e agora também com o projeto de Estado que vem atingir brutalmente a classe trabalhadora”, explica. O secretário de assuntos educacionais da CNTE, Gilmar Soares Ferreira, informa que a Semana Nacional em Defesa da Educação Pública ocorrerá entre os dias 23 e 28 de abril, com ações já no dia 20, e terminará no dia 1º de maio, Dia do Trabalhador. “Esse tema da reforma, juntamente com outros da reforma trabalhista e também as questões do Ensino Médio, da Escola sem Partido, todas farão parte dos temas que vamos debater durante a Semana”, acrescenta. Vale lembrar que várias entidades sindicais do setor da educação aderiram também à greve geral, entre elas, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee) e o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe).

[close]

p. 3

| Outro olhar | Fim de verão... www.leituradebordo.com.br | Março 2017 | Leitura de Bordo 3 Ft.: Rogério Lezino

[close]

p. 4

Índice Destinos & Viagens Lisboa, mais do que um simples passeio Now-boarding Quito será sede do Routes America 2018 Agende-se Festa da Penha: 446 anos de tradição e fé Brasil Ônibus panorâmico em Bal. Camboriú Evento O “negócio” da saúde numa Feira Refletir Carpe Diem Educação A saúde de quem ensina Mundo Pet Pirataria de medicamentos pets Fashion Bolsas de aluguel, alternativa elegante Games Nioh, o primo japonês do Dark Souls 05 11 15 17 18 21 23 27 29 32 Este 2017 está sendo repleto de confirmações positivas - a despeito do País que faz um imenso esforço no sentido de nos desestimular, de nos atucanar... Além da consolidação da periodicidade, da percepção do acerto nas mudanças gráficas, em março teremos a disponibilização do novo app da Revista. Na dúvida se hoje uma revista deve ser digital ou impressa, nos achamos que as duas se completam. E assim ainda será por um bom tempo. E você, o que pensa? Boa leitura! Alfredo Bessow Editor Revista Leitura de Bordo – Ano 8 - nº 47 – Março de 2017 Publicação da Wosseb C&M, tiragem de 25 mil exemplares – circula nas Salas Vip e Aeroportos, trade turístico, enviada para prefeituras e gestores públicos e distribuição institucional. Edição 47 - Março de 2017. A Revista Leitura de Bordo não se responsabiliza pelas opiniões, pontos de vista e argumentos dos artigos assinados e veiculados na Revista. Editora de conteúdo: Sandra Fernandes Editor: Alfredo Bessow Colaboradores: Carlos Vieira, Paulo Antenor, Marcos Alexandre, Débora Costa e Silva, João Fagundes, Tiago Kalkmann, Roberto Kundzendorf Júnior, Moniky Bittencourt e Isadora Nicastro Produtor: Pedro Ricardo Teichmann Logística: Bruno Henrique Bessow Comercial: Wosseb C&M (+55 61 98150 0256) Proj. Gráfico/Diagramação: Bruno Henrique TeichmannCapa: Pé de Jaca - Guará II - Brasília (DF) Fotos: Wosseb C&M E-mail: geral@leituradebordo.com.br Site: www.leituradebordo.com.br Escritório: CLSW 303 Bl. A | Ent. 16 | Sl. 109 Setor Sudoeste | 70673-621 | Brasília (DF) Impressão: Flex Gráfica +55 62 98141 9149 Correspondência: Caixa Postal, 72 | 70351-970 - Brasília-DF 4 Leitura de Bordo | Março 2017 | www.leituradebordo.com.br

[close]

p. 5

| Destinos & Viagens | Lisboa, mais do que um simples passeio Pesaroso engano daqueles que fazem de Lisboa apenas uma rápida passagem em seus tours pela Europa. A capital de Portugal merece – sim! – ser o centro de sua atenção... www.leituradebordo.com.br | Março 2017 | Leitura de Bordo 5

[close]

p. 6

| Destinos & Viagens | Escolhida Capital Ibero Americana de Cultura 2017, Lisboa muitas vezes tem sido esnobada por turistas brasileiros, sempre ávidos por ostentar seu apego a outros destinos europeus nas redes sociais. Trata-se de um engano, porque faz com que a cidade deixe de ser descoberta em todo seu esplendor – onde se mescla o passado, o presente e uma janela para o futuro. Releve a ranzinice peculiar dos lusitanos, principalmente dos mais idosos, e trate de se acostumar com a literalidade com que tratam mesmo as simples ações do cotidiano. Sem a malemolência do nosso jeitinho, os portugueses acabam alimentando o rico arsenal de histórias de quem andou pela cidade – sem a pressa dos que compram pacotes engessados. Eleita pela União das Cidades Capitais Ibero-Americanas para ser a “Capital” em 2017, Lisboa é cidade que fascina, porque há um misto de história e de passado em cada rua, em cada beco, em cada olhar lânguido. Mas há, também, um lado moderno – com arquitetura arrojada a mostrar que o amanhã está sendo construído. Andar, andar – nada mais O mais importante em Lisboa é ter tempo para andar, contemplar e descobrir uma cidade com boa e acessível gastronomia. Há os lugares tradicionais e que todo turista sempre faz questão de visitar, mas é possível também – e até recomendável – descobrir outros caminhos. Como por exemplo fugir dos restaurantes voltados aos turistas e buscar nas ruas paralelas as casas que os portugueses costumam utilizar. A comida é boa, o ambiente é sempre limpo, silencioso e o preço é convidativo. 6 Leitura de Bordo | Março 2017 | www.leituradebordo.com.br

[close]

p. 7

| Destinos & Viagens | Surpreenda-se Para quem pensa que visitar Lisboa é apenas se deparar com prédios antigos e históricos – como se só por isso já não valesse a pena uma estada mais demorada por lá – prepare-se para se surpreender. Há uma mescla interessante. Por exemplo: O Museu dos Coches que hoje tem uma sede nova e moderna em Belém – mas que continua com alguns exemplares em exibição no salão do antigo Picadeiro Real – é exemplo de como Portugal consegue harmonizar o apego ao passado com a perspectiva do futu- ro. Ainda em Belém, tem o Cetro Cultural – igualmente com linhas modernas. Belém, por sinal, vale bem um dia de caminhadas e descobertas – quer pela Torre, pelos pastéis de nata mundialmente famosos, pelos museus, pelas praças, pelos monumentos e pelo Mosteiro dos Jerônimos. Contrastes permanentes Existem casas, lojas e armarinhos com mais de 100 anos – mas também é possível encontrar centros de consumo modernos, como o Shopping Vasco da Gama, com suas torres de São Rafael e de São Gabriel, a lembrar velas enfunadas pelo vento ao lado do Tejo. Para quem gosta de futebol, uma visita ao belíssimo e moderno Estádio da Luz onde o Benfica recebe seus jogos para uma capacidade de 65.647 torcedores. Numa cidade onde os ônibus e trens funcionam com espantosa pontualidade, andar de taxi acaba sendo desnecessário – e já se pode andar de Uber, o que acaba sendo uma alternativa de baixar os custos para quem quiser economizar. Ao puxar conversas com portugueses, certamente o brasileiro irá se deparar com um fato: raro é encontrar alguém que não tenha paren- www.leituradebordo.com.br | Março 2017 | Leitura de Bordo 7

[close]

p. 8

| Destinos & Viagens | tes, conhecidos ou amigos que vivem no Brasil – ainda que eles pensem, muitas vezes, que a nossa realidade seja aquela que eles veem nas novelas produzidas pela Rede Globo e que alcançam altos índices de audiência e levam hábitos brasileiros para lá. Do fundo mar Tão imperdível como os vinhos e o fado, visitar o Oceanário de Lisboa é mergulhar numa aventura fantástica. Inaugurado em 1998, ele continua imponente em seus mais de 22 mil m2, com 8 milhões de litros de água para abrigar cerca de 500 espécies diferentes da vida marinha. Mais de um milhão de pessoas o visitam anualmente, estando entre os oceanários mais visitados do continente europeu. Faça uma visita com calma – com direito a fotos. Mas sem flash... E o fado? Esquecer de algum ponto a ser visitado é comum – mas não deixe de passar pelo Castelo de São Jorge, Café A Brasileira, Praça do Comércio, Rossio, o que restou da Igreja do Convento, a Galeria da Rua Augusta, o Campo de Touros... O que não falta são atrações... Se é verdade que não há Lisboa sem o fado – com suas letras sofridas e intimistas – também se trata de uma realidade que em Lisboa existem muitas casas de qualidade. A Adega Machado, localizada desde 1937 no Bairro Alto - um ambiente especialmente montado para o clima intimista, onde Amália Rodrigues tantas e tantas vezes cantou. 8 Leitura de Bordo | Março 2017 | www.leituradebordo.com.br

[close]

p. 9

| Destinos & Viagens | www.leituradebordo.com.br | Março 2017 | Leitura de Bordo 9

[close]

p. 10

| Trade | Belga Hotel, no Centro Histórico do Rio de Janeiro Primeiro hotel de bandeira da Bélgica no País está localizado no coração da capital carioca Aquele que visitar o Rio de Janeiro a trabalho ou a lazer já tem uma nova opção de hospedagem, estrategicamente instalado no coração da cidade: o Belga Hotel abriu suas portas em fevereiro, oferecendo uma combinação de design, cultura e gastronomia, em um prédio histórico, construído em 1927, restaurado e que une ambientes de época e tecnologia avançada. Localizado no Centro Histórico do Rio de Janeiro, a 100 metros da estação de metrô e do novo VLT, integrando o centro financeiro e o corredor cultural ao aeroporto Santos Dumont e à rodoviária, além das praias da Zona Sul e da vida noturna do bairro boêmio da Lapa, o Hotel se inspira nos inúmeros eventos culturais do bairro. Gastronomia A Belga Brasserie é uma nova experiência gastronômica para os hóspedes e também para os clientes externos. Nesse serviço – exclusivo no Brasil – poderão ser saboreados os waffles tradicionais, o delicioso chocolate, a batata frita crocante e as mundialmente reconhecidas cervejas, além de outras iguarias típicas preparadas pelo chef belga Alexandre Binard, com toque da culinária brasileira. O café da manhã é estilo gourmet à la carte, para hóspedes e também para quem quiser fazer uma boa refeição matinal no centro. Design No Belga Hotel, o hóspede fica perto do agito do centro da cidade, mas longe do barulho. Numa combinação de conforto e praticidade, cada uma das 25 suítes tem isolamento acústico para o hóspede dormir com toda tranquilidade, além de possuir cama lounge com cofre e baú para a bagagem, Smart TV, WiFi de alta velocidade gratuito e iluminação LED multicor personalizável. Belga Hotel Rua dos Andradas, 129, Centro, Rio de Janeiro, RJ (esquina com Av. Mal. Floriano) reservas@belgahotel.com.br www.belgahotel.com.br (21) 2263-9086 10 Leitura de Bordo | Março 2017 | www.leituradebordo.com.br

[close]

p. 11

| Now boarding | Quito será sede do Routes Americas 2018 A capital do Equador acolherá centenas de delegações para o meio do Mundo Quito, a cidade do meio do Mundo, se prepara para receber os principais dirigentes da indústria da aviação depois de ter sido escolhida para sediar o Routes Americas 2018, o mais importante evento do continente para esse segmento. “Como porta de entrada para o Equador, nós estamos bastante orgulhosos por termos sido selecionados para sediar este importante evento da aviação”, explica a recém-nomeada Gerente Geral do Conselho de Quito Turismo, Veronica Sevilla. “Nos últimos anos, Quito vem investindo em novos espaços e serviços de alta qualidade e isso representa uma oportunidade importante para promover nossa cidade para todo país.” Estima-se que mais de 800 pessoas chegarão a Quito para participar deste evento, que conta com mais de 80 linhas aéreas, 300 aeroportos e 50 comitês de turismo e destinos que participarão de reuniões pré-agendadas. A conferência aproxima esses influentes membros da indústria da aviação sob um mesmo espaço, promovendo uma oportunidade única de relacionamento e participação em encontros individuais. Quito é altamente reconhecida na indústria da aviação. Em 2013, a cidade inaugurou um aeroporto internacional de última geração. Atualmente, o aeroporto abriga 14 linhas aéreas e quase 136 voos nacionais e internacionais diariamente para 27 destinos. A infraestrutura do aeroporto comporta aeronaves de maior capacidade e sua localização geográfica permite maior número de voos diretos para distâncias maiores, abrindo possibilidade para mais conexões internacionais. Quito não é novata para sediar eventos desta magnitude. Em outubro de 2016, a cidade sediou o Habitat III, a cúpula global da Conferência das Nações Unidas sobre Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável, que recebeu, com sucesso, 30 mil visitantes de todo o mundo. A conferência impactou fortemente a economia da cidade e, posteriormente, posicionou a capital como uma opção emergente para o segmento de reuniões, incentivos, convenções e eventos. Como a primeira cidade a ser nomeada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco em 1978, Quito possui inúmeros tesouros espalhados por uma paisagem diversificada e uma cultura autêntica e ricas tradições indígenas e hispânicas, gastronomia requintada, arte, museus, teatros, arquitetura e boutiques. www.leituradebordo.com.br | Março 2017 | Leitura de Bordo 11

[close]

p. 12

| Destino | Portillo, no Chile: para esquiar e se extasiar com a paisagem Por Karen Abreu Isolada em meio às montanhas dos Andes, a estação tem uma proposta clara: ali, o negócio é se jogar nos esportes de neve e não se cansar de curtir o visual A estação de esqui chilena de Portilllo, a 164 km de Santiago, é desses lugares em que, mesmo em meio a outras pessoas, é recorrente a sensação de isolamento e de pequenez do homem diante da magnitude da natureza. Mesmo que o objetivo de quem está ali seja esquiar, é impossível não gastar algum tempo contemplando o visual grandioso, dominado pelas montanhas nevadas da mítica Cordilheira dos Andes e onde não falta nem uma lagoa para deixar o panorama ainda mais esplendoroso. Com esse perfil, Portillo tem uma proposta clara: o negócio ali é se jogar nos esportes de neve e extasiar-se com a paisagem, até porque o complexo de inverno não conta com nenhuma cidade por perto, tampouco oferece lojas, bares e baladas. Sem ter motivos para se dispersar, os visitantes, mesmo os que não têm qualquer intimidade com um par de esquis, logo se animam a subir a montanha para curtir os prazeres da neve. Aos iniciantes, a 12 Leitura de Bordo | Março 2017 | www.leituradebordo.com.br

[close]

p. 13

| Destino | estação dedica 15% das pistas, e, para esses momentos outdoor serem bem aproveitados, o melhor é contratar algumas aulas de esqui – quem não fala espanhol nem precisa se preocupar, já que muitos instrutores falam português. Já a turma mais experiente tem à disposição dez pistas de nível intermediário, dez avançadas e oito para experts. Como a soma entre frio e esforço intenso resulta em fome - muita fome - os espaços gastronômicos do complexo sempre estão movimentados. Quem está empolgado com o esqui nem precisa voltar ao Hotel Portillo – o maior do centro de inverno – para comer, pois no alto da montanha encontra o Tio Bob’s, que, à parte o suculento cardápio, prima pela vista deslumbrante da cordilheira. Já o hotel propriamente guarda o principal restaurante da estação, onde os hóspedes são recebidos pelo simpático maître, conhecido como Don Juan, e provam as mais deliciosas receitas do chef Rafael Figueroa, que podem ser acompanhadas por excelentes vinhos, como os da marca Alma Viva. Mas, se a ideia for compartilhar um bocadillo (petisco), bebericar um drinque e, de quebra, curtir uma apresentação de música ao vivo, a parada deve ser no bar do hotel. Além das 123 acomodações e dos espaços gastronômicos mais elaborados, o Hotel Portillo oferece fitness center, sala de ioga e alongamento, ginásio com quadra poliesportiva, salão de beleza, sala de massagem, sauna, sala de internet, cinema, salão de jogos, escola de esqui, clínica médica, serviço de aluguel e guarda de equipamentos e, claro, a piscina e a jacuzzi aquecidas que tanto fazem sucesso entre os hóspedes. Outras opções de hospedagem, a poucos metros do hotel, são os lodges Octagon e Inca. No primeiro, há 15 amplos apartamentos com quatro beliches cada e banheiro privativo. Dispondo de 20 quartos um pouco menores, que podem ser compartilhados, e com banheiros fora, nos corredores, o Inca, é mais indicado para jovens e mochileiros. E, para garantir comodidade e privacidade às famílias ou grupos de amigos, a sugestão são os chalés, que atendem com conforto de seis a oito pessoas em dois ou quatro dormitórios. Todos têm ao menos uma suíte, um quarto com beliche, sala de estar e pelo menos dois banheiros. Conhecer Portillo é vivenciar uma experiência única. A tranquilizante paisagem dos Andes, somada à recepção calorosa dos chilenos e à excelente estrutura do complexo de inverno, eternizam cada momento nesse espetacular destino. Serviço: a temporada 2017 de Portillo vai de 17 de junho a 1º de outubro e, em algumas datas, a estação de esqui oferecerá benefícios como uma noite gratuita de hospedagem em Santiago e isenção de pagamento para até duas crianças esquiarem. Inf.: www.skiportillo.com www.leituradebordo.com.br | Março 2017 | Leitura de Bordo 13

[close]

p. 14

| WTM 2017 | Missão Empresarial para WTM 2017: Não deu para quem quis Em sua 5ª edição, a WTM Latin America será realizada em São Paulo de 4 a 6 de abril, no Expo Center Norte As vagas para participar da missão empresarial oferecidas pelo Sebrae, no âmbito do Projeto Brasil Central Negócios-Turismo para WTM Latin America 2017 foram rapidamente esgotadas. Mesmo com pedidos, não será ampliada a oferta por conta da operacionalização de hospedagem, passagens e traslados. A procura superou as expectativas, o que mostra que o evento se consolida a cada nova edição, conquistando seg- mentos que antes se mostravam mais distantes. O grande diferencial da WTM é que ela não disputa espaço com a Feira da Abav. Uma é voltada para negócios B2B, enquanto que que a segunda tem como foco mais o congraçamento dos agentes de viagens. Tanto é verdade o processo de fortalecimento da WTM que ela, em sua 5ª edição, está atraindo expositores tradicionais que antes focavam sua atenção e seus investimentos na feira/ festa da Abav ( entre 27 e 29 de setembro, em sua 45ª edição em São Paulo em local ainda não definido), estão migrando para a Feira que tem congêneres em Londres, África, Arábia e Ásia. Novidades Entre os novos destinos que já confirmaram presença até o dia 6 de março, vale destacar Uruguai, Israel, Palestina, Galícia, País Basco, Nicarágua – que, por sua vez, se juntam a países que participam desde outras edições. Os expositores da WTM abrangem todo o setor de viagens e turismo. Neste sentido, cabe destacar que estarão presentes: destinos nacionais e internacionais; redes hoteleiras e resorts; destinos de luxo; companhias aéreas; fornecedores de tecnologia para viagens e de serviços para eventos, enfim, tudo aquilo para quem busca negócios. 14 Leitura de Bordo | Março 2017 | www.leituradebordo.com.br

[close]

p. 15

| Agende-se | Festa da Penha: 446 anos de tradição e fé A maior festa religiosa do Espírito Santo já tem data definida: entre 16 e 24 de abril acontece a 446ª Festa da Penha, que homenageia a padroeira do Estado, com uma programação que traz novidades culturais na programação, como a apresentação da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, apresentação de corais e encontro de jovens. Em julho de 2011, o Ministério do Turismo publicou a portaria nº 125, que busca incentivar o turismo religioso no Brasil, reco- nhecendo que este setor movimenta a economia gerando emprego e renda e consolidando municípios como destinos turísticos. Neste sentido, a crescente popularização da Festa da Penha vem ao encontro das resoluções do Governo Federal e busca se inserir na rota do turismo religioso do País. O Convento da Penha O Convento da Penha é um dos santuários mais antigos do Brasil e um dos ícones do Espírito Santo. Sua arquitetura é caracte- rística do período colonial brasileiro, foi fundado por Frei Pedro Palácios e construído pelos escravos, após a chegada em terras capixabas, em 1558. Foi tombado em 1943, pelo Iphan como Patrimônio Histórico Cultural. Sítio Histórico O Convento faz parte do Sítio Histórico da Prainha de Vila Velha. Ali estão o 38º Batalhão de Infantaria, a Escola Aprendizes-Marinheiros, o Forte Piratininga, o Museu Homero Massena, a Igreja Nossa Senhora do Rosário (fundada em 1551, sendo a mais antiga do Brasil ainda em funcionamento), o obelisco a Vasco Fernandes Coutinho, a Praça da Bandeira e o Museu. A expectativa é reunir cerca de 2 milhões de fiéis nos nove dias de evento, que conta com missas, oitavários e romarias. 446ª Festa da Penha Local: Prainha, Vila Velha Data: 16 a 24 de Abril de 2017 Entrada Gratuita www.leituradebordo.com.br | Março 2017 | Leitura de Bordo 15

[close]

Comments

no comments yet