Boletim AEQV - Julho 2017

 

Embed or link this publication

Description

Boletim do Empresário - AEQV Julho 2017

Popular Pages


p. 1

Pontos de interesse especiais:  Ajude-nos a mantar Vilamoura mais limpa  Formação Gratuita para Empresas  Linha de Crédito Capitalizar—PME Boletim do Empresário AEQV Volume 1, Edição VI Abril 2017 Ajude-nos a manter Vilamoura mais limpa Ajude-nos a manter Vila- limpeza urbana e à gestão renciados e a Algar é res- moura mais limpa Vilamou- dos resíduos, serviços es- ponsável pela recolha sele- ra está na moda e, ano após senciais para garantirmos tiva. Se cada um de nós ano, é um dos mais procu- os elevados padrões de fizer a sua parte, Vilamoura rados destinos de férias do qualidade de vida a que e Vila Sol manterão o esta- país. estão habituados os resi- tuto de território de quali- dentes e turistas de Vila- dade que todos queremos. Praias premiadas com Ban- moura e de Vila Sol. Em conjunto podemos con- deira Azul e com Qualidade tribuir para um território de Ouro, a melhor marina A Inframoura conta com ambientalmente sustentável da Europa, campos de golfe todos para alcançar este e limpo, para que todos com prémios internacio- objetivo e, por isso, lançou possam desfrutar do me- nais, hotéis de cinco estre- uma campanha de sensibili- lhor que esta terra tem las, restaurantes de grande zação com o lema “Ajude- para oferecer. qualidade e a animação nos a manter Vilamoura constante que se vive neste mais limpa!” Vilamoura e Vila Sol somo destino turístico atraem a todos nós: os residentes, Vilamoura e Vila Sol, duran- Todos temos responsabili- os empresários, os visitan- te o verão, milhares de dade em manter o territó- tes… visitantes de todo o mun- rio em perfeitas condições do, aumentando expressi- de limpeza e higiene urba- Fátima Catarina vamente a população neste na: a população deve depo- território. sitar corretamente os resí- Presidente do Conselho de duos no interior dos con- Administração Por isso, nesta época ainda tentores, a Inframoura deve dedicamos mais atenção à recolher os resíduos indife-

[close]

p. 2

Página 2 Boletim do Empresário AEQV De dentro para Fora—Associados da AEQV A Móveismania é uma das mais recentes associ- Uma variedade completa em móveis de interior e ex- adas da AEQV. terior. É uma empresa que oferece múltiplas soluções de Esta é uma empresa especialista em mobiliário para mobiliário e decoração para o seu restaurante, hotel hotelaria e restauração. ou casa. Tem uma estrutura física no Algarve com Para eventuais contactos: showroom ou pode solicitar a visita dos seus comerci- EN 125, 765B - Quatro Estra- ais. Actua em todo o território nacional e em alguns das , 8125 -018 Quarteira países da Europa. Telefone: (+351) 289 358 041 ; Tem fabrico próprio por medida e fornecedores ex- (+351) 925 317 155 , clusivos. Produtos registados pelo CATAS o que ga- www.moveismania.pt , rante a confiança e qualidade. www.facebook.com/ Formação Gratuita para Empresas AEQV A Associação dos Empresários de e pequenas empresas, apostando Quarteira e Vilamoura, em parce- na sua formação contínua e valori- ria com a Turisforma - Formação zação profissional e podendo con- Consultadoria, Lda encontra-se a tribuir para a obtenção de uma desenvolver um projeto de for- qualificação que corresponda a mação dirigido aos seus associa- uma determinada saída profissio- dos no âmbito do Programa Ope- nal nas áreas do Comércio, Hote- racional Regional do Algarve laria e Restauração e Turismo. 2020. Estas formações financiadas são estruturadas sob a forma de Uni- Andreia Cristo, Diretora Executi- dades de Formação de Curta Du- va da Turisforma ração (UFCD) e são desenvolvi- das de acordo com os referenciais previstos no Catálogo Nacional de Qualificações, constituindo uma excelente oportunidade para a valorização profissional e qualifi- cação dos trabalhadores de micro Cartoon de Luís Afonso

[close]

p. 3

Volume 1, Edição VI Sugestão de Leitura AEQV Página 3 Com a pretensão de contribuir para mo? As atitudes, conhecimentos e por consequência, os efeitos positi- o acesso a informação com suges- competências empreendedoras, vos que essa transformação produz tões de leitura interessantes na desenvolvidas nos programas de junto da maior riqueza de um País, atividade empresarial dos mais vaia- educação para o empreendedoris- que são os seus Alunos. dos setores, a AEQV vem divulgar mo, são consistentes com os esfor- aos associados publicações perti- ços realizados para combater as nentes. Nesta edição do Boletim do altas taxas de desemprego juvenil? Empresário AEQV, a nossa escolha Qual a importância da educação recai para a obra “Cartas a um pro- para o empreendedorismo na for- fessor… O Triunfo dos Empreen- mação dos professores? Porque se dedores”, de Francisco Banha. defende a integração da educação Baseadas no pioneirismo e no co- para o empreendedorismo indepen- nhecimento acumulado do Autor, dentemente da disciplina e nível de desde 2006, no desenvolvimento de ensino que os professores lecio- Programas de Educação Empreen- nam? são foco de reflexão ao longo dedora, capacitando mais de 4 mil destas Cartas. Professores, envolvendo 96.400 Outro tema central deste Livro é alunos, em mais de 500 escolas, a mudança que, no entendimento dispersas por 150 Municípios, es- de Francisco Banha, tem necessaria- tas “Cartas a u m Profes- mente que ocorrer no domínio da sor…” foram escritas com o objeti- Educação. Este processo de mudan- vo de partilhar experiências e refle- ça é dado a conhecer através de xões em torno da Educação para o uma analogia com as diversas fases Empreendedorismo e dos desafios da metamorfose de uma borboleta, que se perfilam neste domínio. mostrando a trajetória que, na sua As questões “Que métodos de en- perspetiva, deverá ser seguida no sino/aprendizagem se adequam à sentido de permitir uma transfor- educação para o empreendedoris- mação ao nível da praxis docente e, nº 6. Esta empresa integra os corpos socias da Associação de A Qtur Alojamentos, sita na rua Egas Moniz Edif. ESmãopresários de Quarteira e Brás R/c dto 8125-211 Quarteira, é gerida por JVoisléamoura, desempenhando o João Guerreiro e Vânia Guerreiro. Esta empresa, cosnesu- representante a função de ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - Candidaturastituída em 2005 conta com 6 colaboradores queViscee Presidente da Assembleia até 31 de Julho dedicam à atividade imobiliária. Geral, da Associação. Inicialmente, aquando a sua constituição, começou a suPareatsiveidnatdeemceonmteer,ciael caotmé a3c1omdperajeulvheon,daddeeciomróre- o 1º da Estágios Profissionais. vpeies,rítoenddoodaeltecraadnodmidaaistutraard. eOo nseouvopapcteorísoodcoial,deemcandi- Para mais informações contacte os serviços da AEQV. 2imd0óa12vtue, irspa,asraalodjgaeemscteoãnortr,oeardláomcaienl insettrreeaxçpãnoloorevaçeaãmrorebdnredoaemsdteeanbteodleedczie-embro mdeent2o0s 1d7e.restauração e bebidas. AAsssosciimad,a cdaasAoEQpVredteesnddeaoupturborpoodrceio20n1a2r, éaojosóvceions (ou adultos, desempregados de longa duração) uma oportunidade de complementarem a sua formação através do desenvolvimento de uma experiência prática em contexto de trabalho, com a duração de 9 meses, cujo início ocorra entre setembro eja- neiro do próximo ano, poderá apresentar, até 31 de julho, candidatura à Medi

[close]

p. 4

ASSOCIAÇÃO DE EMPREÁRIOS DE QUARTEIRA E VILAMOURA R. D. João V - CC Miravila loja 4 8125-207 Quarteira Tel/Fax: 289 312 698 Correio electrónico: quarteira.vilamoura.aeqv@gmail .com Estamos no Facebook: Aeqv Associação Empresários Página 4 Linha de Crédito Capitalizar—PME O Ministério da Economia lan- L i n h a ' F u n d o d e M a n e i o ' çou hoje a Linha de Crédito - Dotação: 700 milhões de euros. Capitalizar, destinada a micro - Objetivo: financiar necessidades de fundo de maneio das empresas com financiamen- e pequenas empresas, no mon- tos de médio prazo, em alternativa ao crétante de 1600 milhões de eu- dito de curto prazo e assim contribuir ros. para uma maior estabilidade dos recursos Integrada no Programa Capitalizar, a Linha financeiros ao seu dispor de Crédito Capitalizar, gerida pela PME Linha 'Plafond de Tesouraria' Investimentos em articulação com o Siste- - Dotação: 100 milhões de euros. ma Nacional de Garantia Mutua, visa apoi- - Objetivo: alargar a oferta de crédito em ar investimentos de longo prazo, criar sistema de revolving, conferindo uma mai- condições mais vantajosas de financiamen- or flexibilidade à gestão corrente de te- to para micro e pequenas empresas, ala- souraria. vancar a oferta de soluções de financia- L i n h a ' I n v e s t i m e n t o G e r a l ' mento para investimentos em projetos - Dotação: 100 milhões de euros. com fundos comunitários, ampliar a oferta - Objetivo: financiar investimentos em ati- de operações de Fundo de Maneio, e alar- vos com elevado prazo de recuperação. gar o acesso a plafonds de crédito a todas L i n h a ' I n v e s t i m e n t o G e r a l ' as empresas. - Dotação: 100 milhões de euros. Com montantes de financiamento por - Objetivo: financiar investimentos em ati- empresa entre 25 mil e 2 milhões de euros vos com elevado prazo de recuperação. e com prazos entre 3 a 10 anos, a Linha de Crédito Capitalizar será disponibilizada nos balcões dos bancos protocolados, sen- do estruturada da seguinte forma: Linha 'Micro e Pequenas Empresas' - Dotação: 400 milhões de euros. - Objetivo: potenciar o acesso a financia- mento para investimentos em ativos e reforço de capitais para micro e pequenas empresas.

[close]

Comments

no comments yet