JORNAL-CORREIOSC-EDI793

 

Embed or link this publication

Description

JORNAL-CORREIOSC-EDI793

Popular Pages


p. 1

www.correiosc.com.br / facebook.com/correiosc SEMANAL Tiragem: 5 mil exemplares São José, 21 de julho de 2017 JORNAL DA REGIÃO METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS Ano XVIII - Nº 793 SC-281 vai receber melhorias com Arena Petry Prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, acompanhada do deputado Gelson Merisio e técnicos, foi ver a maior obra em andamento no município, a Arena Petry, e constatou que o local, no Sertão do Maruim, exige intervenção para facilitar mobilidade no entorno da casa de espetáculos, que deve ser entregue no 1º semestre de 2018. PÁGINA 3 Gustavo Amorim/Divulgação/CSC Arena Petry, em construção às margens da SC-281, terá o maior palco indoor do Brasil A NOVA COMCAP PÁGINA 11 EM SÃO JOSÉ PREFEITURA COBRA NA JUSTIÇA R$ 30 MILHÕES DE INADIMPLENTES PÁGINA 2 “O primeiro semestre foi muito bom”, diz Vieirão PÁGINA 2 Casan retoma obras de esgoto em SJ PÁGINA 9

[close]

p. 2

2 PRIMEIRA LINHA São José, 21 de julho de 2017 EM SÃO JOSÉ Prefeitura cobra R$ 30 milhões dos 10 maiores devedores No acordo fechado entre a Prefeitura de São José e o Sintram (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de São José), para acabar com a greve dos servidores da Educação (principalmente) em maio deste ano, em audiência no Tribunal de Justiça, a desembargadora Cinthia Beatriz Bittencourt Schaefer sugeriu à prefeita Adeliana Dal Pont, presente na audiência, que o Tribunal de Justiça, como forma de colaboração com o Município, formaria um forçatarefa para cobrar as dívidas de pelo menos 10 dos maiores devedores em São José. A sugestão partiu devido as queixas da prefeita de que o município não estava com muitos recursos para bancar as reivindicações dos servidores da Educação. A quantas anda o trabalho dessa força-tarefa depois de 50 dias do acordo? A busca de R$30 milhões – valores nominais atualizados está assim, no relato do procurador-geral do Município, Rodrigo João Machado. As audiências começaram com a participação do diretor do Fórum da Comarca de São José, Otávio José Minatto e do procurador da prefeitura Francisco Campos, indicado por Rodrigo exclusivamente para essa tarefa. A maioria dos 10 maiores devedores, segundo o procurador-geral, “é órgão público e um ou outro empresário, com dívidas que giram em torno de R$ 5 milhões a R$ 2 milhões aproximadamente. Algumas dívidas já têm 10 anos e outras são mais recentes”, aponta. Rodrigo destaca que os acordos muitas vezes esbarram nos recursos que os advogados de empresas mais fortes apresentam, questionando itens de tudo quanto é tipo e, por isso, provocam a demora na conclusão do processo. Mas tem um detalhe, diz Rodrigo João Machado: “A cobrança tem um limite de prazo e se ultrapassar, o julgamento é penhora, ou seja, se não pagar, o devedor perde os bens necessários à cobertura da dívida”. O procurador geral também informa que todos inadimplentes serão cobrados judicialmente, mas diz que ainda não tem o número de devedores. Há um ano (2016) a dívida ativa do município era aproximadamente de R$ 450 milhões. Enquanto isso, o secretário de Finanças e da Receita de São José, Antônio Carlos Vieira (Vieirão), que não tem nenhuma participação nesse processo de cobrança judicial, apenas aguarda que entre dinheiro no cofre que deixou escancarado para isso na prefeitura. R Rápidas • O governador Raimundo Colombo sanciona nos próximos dias a lei que vai garantir a extinção de três empresas do governo estadual: a Companhia de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (Codesc), a Companhia de Habitação do Estado de Santa Catarina (Cohab) e a Corretora de Seguros e Administradora de Bens Móveis e Imóveis (Bescor). As três perderam suas atribuições ao longo dos anos e se tornaram deficitárias, o que motivou a decisão do governo. “A máquina pública precisa ser atualizada, qualificada e modernizada constantemente. Ao mesmo tempo em que se busca economia dos gastos, é preciso adaptar a estrutura para garantir um atendimento à população cada vez mais eficiente e relevante”, avalia o governador. • A 4ª Etapa do Ran- king Metropolitano de Salto 2017 será nesta sexta-feira (21/7) na pista principal da Sociedade Hípica Catarinense (SHC), que fica às mar- gens da SC-401, em Flo- rianópolis. A entrada e estacionamento para acompanhar as provas são gratuitos. • Empresa especializada no desenvolvimento de drones e veículos aéreos não tripulados (VANT) para mapeamento em agricultura, topografia e mineração, a Horus Aeronaves estará presente na primeira edi- ção do Encontro de Profissionais de Meio Ambiente e Ciência Agrária da Região Sul (Erprosul), que acontece nesta sexta-feira (21/7), em Turvo, Santa Catarina. • A Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina (SOL) lançou edital de licitação - pregão presencial -, para contratar empresa especializada para formatação de duas Rotas de Turismo Rural na Agricultura Familiar (TRAF), atendendo objetivos pactuados junto ao Programa SC Rural. As propostas serão aceitas até as 14h do dia 27 de julho, no protocolo da SOL, em Florianópolis. O edital está disponível no Portal de Compras do Governo do Estado. FINANÇAS “O 1º SEMESTRE FOI MUITO BOM”, DIZ VIEIRÃO O secretário de Finanças e da Receita de São José, Antônio Carlos Vieira, o Vieirão, apresentou (14/7) as diretrizes orçamentárias para 2018 – a LDO – em audiência pública obrigatória, no auditório da Prefeitura. A lei é um instrumento de planejamento que destaca a elaboração, execução e acompanhamento do orçamento municipal, preparando a base para o orçamento anual. A receita total estimada para o próximo ano é de R$ 906.000.000,00, dos quais R$ 442.940.000,00 são de recursos próprios. O investimento mais alto da administração municipal em 2018 será na área de urbanismo com R$ 225.927.000,00; seguida da educação com R$ 222.169.000,00 e da saúde com R$ 102.689.000,00. Na Educação, a meta é chegar a 30%, sendo que a aplicação mínima exigida é de R$ 25%. O mesmo acontece na saúde, que tem a meta de R$ 18% para o ano seguinte, sendo que o mínimo exigido é R$ 15% do orçamento. O projeto de lei com o orçamento para 2018 será enviado à Câmara de Vereadores até 31 deste mês (julho) e os vereadores têm até 20 de dezembro para aprová-lo ou não. O primeiro semestre desse ano “foi muito bom, graças ao IPTU (pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano)”, diz o secretário. E acrescenta: ”Agora o que me preocupa é o segundo semestre, porque não tem mais aquela arrecadação do IPTU, porque praticamente houve o ingresso à vista (cobrança terminou em março). Então vai dificultar pra frente. A minha preocupação é exatamente o segundo semestre. É o que sempre digo: até agosto a coisa vai bem, a partir de agosto a coisa vai degringo- Jeferson Régis/Secom/PMSJ/Divulgação/CSC Antônio Carlos Vieira: o 2º semestre pode degringolar para todos os municípios” lar. Não só pra São José como pra todos os municípios. Porque a crise continua”. Correio – O FPM (Fundo de Participação dos Municípios) aumentou? Vieirão – Não. Infelizmente caiu. E o ICMS também. Correio – Mas pode chegar algum dinheiro da repatriação de recursos do exterior? Vieirão – É, mas não sei quando vai ser repassado pelo Governo Federal. Não será de grande monta a ponto de contrabalançar nossas necessidades. Correio – Já pode contar com o ISS do cartão de crédito? Vieirão – Ah, sim. Mas isso ainda precisa de lei. É uma lei autorizativa do Senado, que foi aprovada e o presidente já sancionou. Agora o município precisa incluir na sua legislação. O município não pode cobrar o que não estiver na sua legislação. Correio - Um projeto nesse sentido tem que ir para a Câmara? Vieirão – Já foi encaminhado pra Câmara em regime de urgência, inclusive. EMENDA PARLAMENTAR Correio - A Câmara quer que seja concedido à ela aquele esquema de emendas, como é no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa. O que o sr acha disso? Vieirão - Vou dar uma posição muito pessoal. Acho que é cada um na sua. O Executivo é Executivo e o Legislativo é Legislativo. Um legisla e o outro executa. Eu não vejo como o Legislativo ficar apresentando emendas de obras. Eu não vejo. Isso é de Executivo. Eu não sei como tirar recurso pra atender 1%, ou seja lá qual percentual, para a Câmara. Vai ser do recurso administrado pelo Município ou será com recursos da Câmara? Correio – Alguns vereadores que batalham por isso definiram 1,2%? Vieirão – Da onde? A Câmara tem o seu recurso... Correio - O recurso vai sair do orçamento? Vieirão - Ah, sim. E os outros? Não dá. Aí é muito fácil gerir o recurso que é dos outros. Eu sempre disse: já fui do Executivo e já fui do Legislativo, e acho que cada um tem a sua função. Executivo é executar, receber os recursos da coletividade e executar, e o Legislativo, legislar. Já ta dizendo, legislar. O que eles podem é sugerir para o município a inclusão dos seus anseios para que o município execute aquele recurso. Agora, fazer com que seja impositivo é muito complicado. Correio - Igual o Congresso e aqui a Assembleia. É impositivo? Vieirão – O Governo Federal vai questionar no Supremo como inconstitucional. Searas alheias, searas distintas. Fundado em 19 de março de 2000. Diretor-editor Belmiro Sauthier Comercial Albano Aquino Edilton Maranhão Pedro Clasen Reportagem Lucas Cervenka Editoração e Arte Ronaldo de Moura Ferro ronaldoferro@gmail.com Tiragem semanal: 5 mil exemplares Circulação: Grande Florianópolis EXEMPLAR GRATUITO Artigos e colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do jornal. Correio de Santa Catarina é uma publicação da CSV Editores Associados Ltda. Endereço para correspondência: Rua Coletor Irineu Comelli, 225 Centro Histórico - São José - SC. CEP: 88103-050. Fone: (48) 3241-1252. e-mail: redacao@correiosc.com.br / comercial@correiosc.com.br

[close]

p. 3

São José, 21 de julho de 2017 Cidades Melhorias na SC-281 para receber a Arena Petry 3 Lucas Cervenka/CSC O maior palco indoor do Brasil deve ficar pronto em maio de 2018 Nesta segunda-feira (17/7), a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, acompanhada do deputado estadual Gelson Merisio, foi visitar as obras da Arena Petry, às margens da SC-281, no bairro Sertão do Maruim, em São José. O objetivo era identificar as melhorias a serem feitas na rodovia estadual para que a movimentação de veículos entre a Arena não cause transtornos na região. A comitiva foi recepcionada pela própria família Petry – Patrícia, Sandro, Sandra (a matriarca), Ana Sophia e Daniel Ferreira. Além de ligar São José a outros municípios, a SC-281 também será a única conexão da cidade com o Contorno Viário da Grande Florianópolis. A intenção da prefeitura é encaminhar para o Governo do Estado sugestões de mureta e rótula próxima à Arena Petry para organizar o fluxo de carros. Há também a possibilidade de construção de uma alça de acesso marginal à rodovia para a arena. “Estamos nos adiantando para melhorar a segurança da via. É importante termos essa atenção com a rodovia e a região”, disse na ocasião a prefeita. O deputado Gelson Merisio prometeu agilizar a intervenção entre a Prefeitura, o Deinfra e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) para trazer benefícios à cidade josefense. “Vamos solicitar essas melhorias ao governo do Estado. Somos parceiros da cidade e vamos trabalhar junto com a prefeita Adeliana para atender as demandas da sociedade, sobretudo nessa obra que é tão importante”, assinalou Merisio. MAIOR PALCO INDOOR DO PAÍS Prevista para ser inaugurada entre abril e maio de 2018, a Arena Petry será um complexo com capacidade para 2.500 vagas de estacionamento em condições de receber Gustavo Amorim/Divulgação/CSC Complexo será referência na Grande Florianópolis, com capacidade para 17 mil pessoas simultaneamente até 17 mil pessoas. Com tecnologia acústica de ponta, permitirá a realização simultânea de até 9 eventos e seu palco principal, quando pronto, será o maior do tipo indoor do Brasil, com área de 540 m², 11 metros de boca de cena e três aberturas com piso móvel. Sua construção emprega atualmente cerca de 100 pessoas diretamente e o empreendimento irá gerar entre 60 a 150 empregos diretos. ENTREVISTAS Patrícia Petry Correio – O que motivou a família Petry a trazer esse empreendimento para São José? Como está o mercado de eventos na região? Patrícia Petry - Eu costumo dizer que os nossos maiores clientes são as pessoas de São José. Então é com bastante satisfação que a gente vem pra cá porque o nosso maior público hoje se encontra aqui. E a gente sempre foi bem recebido pelas pessoas de São José, e estamos bem felizes de estar aqui. O mercado de eventos cresceu. Estamos há 20 anos nesse mercado. A gente acredita bastante e que tem grande potencial. Acreditamos nesse mercado e no povo de São José. Correio – A Arena Petry vai atrair não apenas eventos tradicionais como formaturas, casamentos, aniversários, shows, mas também espetáculos internacionais? Patrícia – O nosso foco principal é esse. A gente sempre falava assim, ‘porque esse show, esses teatros sempre faziam ponte aérea de Florianópolis?’. Nunca paravam aqui. Era Curitiba e Porto Alegre. A gente sentia um déficit muito grande. Então hoje o nosso foco maior é dar esse presente para Florianópolis, São José, Biguaçu, Palhoça e região. Trazer esses espetáculos para cá. Correio – Como foi pensada a estrutura de shows desse empreendimento? Buscaram ideias aonde? Patrícia – Apesar de a gente ter 20 anos de experiência, buscamos respeitar todos os profissionais. A gente não podia errar no palco, porque a gente não vai ter só shows, vai ter espetáculos, desde um balé clássico até shows internacionais. Então foi pensado em tudo, foram profissionais pensando em tudo. Respeitamos os arquitetos, a sonorização, a acústica, teve vários profissionais envolvidos. Acredito que vai ter para todos os gostos. Do clássico, ao internacional, ao regional. Prefeita Adeliana Dal Pont Correio – Com a che- Família Petry recepcionou comitiva de políticos para conhecer a obra gada da Arena Petry, Univali e outros empreendimentos ao longo da SC-281, como a sra. vê a transformação do Sertão do Maruim, a importância para São José com essas mudanças na região? Adeliana – Eu, como prefeita, recebo com muita alegria, porque quando um empreendimento dessa natureza se instala na cidade de São José isso gera renda para as pessoas, emprego, faz a gente ter bastante tranquilidade e feliz mesmo de poder receber um empreendimento como esse. É claro que isso sempre acarreta algum impacto e é por conta disso que a prefeitura já está trabalhando para minimizar esse impacto principalmente no trânsito e na questão de segurança quando as pessoas acessarem a Arena. Por conta disso estamos encaminhando ao Governo do Estado pedido de melhorias na SC-281, que é a grande via de acesso a esse empreendimento. É claro que não só para o Petry como para toda a região e a ligação que se faz da cidade com a Alça de Contorno. Então é onde a cidade vai crescer e por conta disso a prefeitura já está se articulando para tomar providências. Correio – O desen- volvimento do bairro também vai exigir novas linhas de ônibus, por exemplo? Adeliana – É claro que sim. Com tudo pronto para o lançamento da nova licitação do transporte coletivo, ou fazendo no próprio município ou através da região metropolitana para a integração de todos os municípios, e aí já tem a previsão também para essa região. Orvino Coelho de Ávila Correio – Como o sr. vê a mudança e o crescimento no bairro Sertão do Maruim? Orvino – Essa região é o local onde a cidade vai crescer nos próximos anos, isso aqui vai ser o novo Kobrasol. É onde tem espaço, é uma área nobre, uma razão a mais para se ter esse tipo de cuidado, para se ter esse planejamento adequado, para minimizar os impactos que todo grande empreendimento sempre traz alguns transtornos. mento. E vão surgir muitos outros por aí. Nos próximos 10 anos o grande crescimento da cidade é nessa área aqui.

[close]

p. 4

4 Cidades até 70% de desconto em mais de 60 lojas além de atrações artísticas, Food trucks e diversão para toda família. São José, 21 de julho de 2017 R Rápidas • A Prefeitura de São José reformulou o programa de distribuição de vale castração e retomou a entrega de vales nesta segunda-feira (17/7) para castrar cães e gatos gratuitamente. Até dezembro deste ano, 1,8 mil vales, 300 por mês, serão distribuídos nos bairros de SJ, para reduzir o número de animais abandonados circulando em vias públicas. Para ter direito à cirurgia, o cidadão precisa ir até o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo da residência com CPF, RG, comprovante de residência e de renda familiar até três salários mínimos. Após o cadastro dos animais, a Diretoria do Bem-Estar Animal vai entregar o vale castração no CRAS, onde o proprietário do animal terá que fazer a retirada. • Estão abertas as inscrições para o Congresso Catarinense de Saneamento/Feira de Saneamento, agendados para serem realizadas no site http://concasan2017.co m.br/. Organizados em uma parceria entre Casan e Sindicato dos Engenheiros no Estado de SC (Senge/ SC), os encontros terão como tema principal “Tratar a água é tratar a vida”. • Revista Expressão promove dia 28 de julho, das 14h às 17h, o Fórum de Gestão Sustentável 2017 na sede da Fiesc, em Florianópolis. Serão premiados com Troféu Onda Verde os projetos vencedores do 24º Prêmio Expressão de Ecologia. • O famoso Lounge do Sescon da Grande Florianópolis chega na 2ª edição e será realizado neste sábado, 22 de julho, das 12h às 20h, no restaurante Porto Fino, na Prainha, em Florianópolis (Rua Silva Jardim, 1214). Vai ter open bar de cerveja artesanal, água e refrigerante; open food de petiscos, finger foods e almoço; e a tarde embalada com muita música da banda Sonido Club, com pop, rock e folk, e do DJ João Rosa, famoso por suas festas. É necessário garantir ingresso para o evento. Eles ainda estão à venda no setor de eventos do Sescon GF, por R$70. Mais informações, no site do Sescon ou pelo telefone (48) 3222 1409. • O presidente da Câmara de Vereadores de Biguaçu, Ângelo Ramos Vieira, acompanhado pelos vereadores Elson João da Silva e Nei Cláudio da Cunha prestigiaram (13/07) a formatura da 1ª turma de 2017 do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), promovido pela Polícia Militar-SC nas escolas das redes municipal, estadual e particular de ensino de Biguaçu. A solenidade, que formou 455 alunos do 5º ano do ensino funda- mental, ocorreu no Ginásio de Esportes Nagib Salum. • A duplicação da rodovia que dá acesso ao Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, é uma das principais etapas da construção do novo terminal de passageiros da Capital. O prazo inicial para entrega do trecho era outubro deste ano, mas a demora na liberação de licenças ambientais e na desapropriação de imóveis deve atrasar a conclusão da obra. Com o objetivo de reunir as partes envolvidas e buscar soluções para os problemas que estão atrasando a duplicação, a Comissão de Transportes da AL aprovou (12/7) a realização de uma audiência pública. • Patrimônio Cultural Funerário Catarinense é tema do primeiro volume da coleção Horizontes do Patrimônio Cultural, que a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) lança por meio da sua editora, a FCC Edições. Trata-se de um guia, fruto de um levantamento pioneiro no país sobre bens funerários materiais e imateriais, no caso os cemitérios, manifestações e ritos considerados imprescindíveis à história das cidades. A publicação foi lançada nesta segunda-feira (17/7) no 8° Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais, no campus da Udesc, em Florianópolis. 4, 5 e 6/ago Centro multiuso de são josé Sexta e sábado - 10h às 22h domingo - 10h às 20h Realização:

[close]

p. 5

São José, 21 de julho de 2017 5

[close]

p. 6

6 Cidades São José, 21 de julho de 2017 NOVO COMANDO DA AEMFLO E CDL-SJ TOMA POSSE A diretoria executiva recém-eleita celebrou em posse festiva o man- dato 2017-2019, que tem à frente da Aemflo e CDL São José a presi- dente Nadir Terezinha Koerich, a primeira mu- lher a presidir as duas entidades. As eleições aconteceram dia 19 de junho e desde a primeira semana de julho os em- presários conduzem a nova gestão. A solenidade reuniu diretores, autoridades, membros dos conselhos deliberativo e fiscal e seus familiares na última sexta-feira (14/7), no Centro de Eventos Petry, em Biguaçu. Du- rante o discurso, Nadir relembrou que o associa- tivismo faz parte de sua vida desde a infância e que seu pai foi sua gran- de inspiração. Agricul- tor, ele fundou uma coo- perativa em busca do bem comum. A presidente falou sobre os principais desafios das empresas, entre eles os avanços tecnológicos, que estão redesenhando o mercado e exigindo cada vez mais inovação dos negócios. Nadir também destacou seu principal objetivo à frente das entidades, o associativismo por resultado e apresentou a nova diretoria a todos os presentes. A empresária fez questão de prestar uma homenagem à gestão União Para Novos Desafios, da qual também fez parte e que conduziu as entidades nos últimos quatro anos. Após a cerimônia, os empresários foram recepcionados com um jantar. A partir de agora, Nadir estará totalmente focada em cumprir o pla- Divulgação/CSC Empresária Nadir Terezinha Koerich com a diretoria na solenidade de posse nejamento para os próximos dois anos. “Com uma diretoria executiva dedicada e comprometida com os interesses das mais de 4.300 empresas associadas, vamos juntos atuar para ampliarmos a oferta de serviços e conquistar melhorias para os nossos associados, promovendo o associativismo para obtenção de resultados”, declarou. DIRETORIA EXECUTIVA AEMFLO Presidência: Nadir Terezinha Koerich - Koesil Soluções Contábeis Vice-presidência de Relações Institucionais: Luiz Gonzaga Coelho - C Pack Vice-presidência de Administração: Zamir Pedro Pereira - Recopeças Vice-presidência de Patrimônio: Rodrigo Alfredo Schmitt - Pirâmide Vice-presidência de Assistência e Serviços: Gilberto João Rech - Metalúrgica GR Vice-presidência de Finanças: Leones Antônio Mônego - Santa Rita NA CAPITAL WI-FI EM TESTE NOS ÔNIBUS Dois novos veí- culos do transporte executivo de Floria- nópolis estão circu- lando com sinal de internet gratuita por meio da rede ‘Fênix Conecta’, com velo- cidades de até 4G. O Consórcio já vem realizando testes com outros tipos de dispositivo e servi- ço, mas ainda sem uma opção que apresente a estabili- dade considerada adequada para o fornecimento do serviço. A oferta de sinal de internet gratuita já é realida- de em todos os ter- minais de ônibus da Capital, que operam com boa capacida- de técnica e grande aprovação dos usuários.

[close]

p. 7

São José, 21 de julho de 2017 7

[close]

p. 8

8 Cidades COMÉRCIO INTERNACIONAL A Prefeitura de São José, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação, abriu inscrições gratuitas para o 1º Workshop de Comércio Internacional de São José, que ocorrerá dia 3 de agosto, das 19h às 22h, na sede da Prefeitura, na Avenida Beira-Mar. O 1º Workshop de Comércio Internacional de São José abordará o cenário nacional e global dos mercados internacionais e as melhores ferramentas para pequenas e médias empresas comprarem e venderem para o mundo. As vagas são limitadas. A Prefeitura de São José lançou o Programa Made in São José, que incentivará a exportação, valorizando a produção local. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen Neto, a ferramenta será fundamental para fomentar as indústrias do município. “Vamos apresentar a plataforma aos empresários e mostrar que é uma ótima oportunidade para as empresas que ainda não exportam”, ressalta Bornhausen Neto. Durante o workshop estes palestrantes: o economista Alfredo Kleper Lavor abordará os cenários do comércio internacional no Brasil e no mundo; e o administrador Mateus Espíndola de Castro, que falará sobre as ferramentas pra o sucesso no comercio internacional. Inscrições podem ser feitas no site da prefeitura. São José, 21 de julho de 2017 ELEIÇÃO DE DIRETORES DE ESCOLA Prefeitura de São José cria nova comissão Desde 2013, a comu- Divulgação/CSC nidade escolar dos Cen- tros de Educação Muni- cipal (CEMs) e dos Cen- tros de Educação Infantil (CEIs) de São José elege de forma direta os seus diretores. Para manter esse processo de gestão, no dia 11 de julho foi criada a comissão para regularizar as eleições diretas de 2017 para di- retores e adjuntos. Cabe à comissão fiscalizar e receber as inscrições dos Secretária de Educação, Méri Hang (E) comanda reunião da nova comissão professores efetivos da rede que têm interesse de integrar a equipe de direção das unidades. A votação ainda não tem uma data marcada, mas a comissão já iniciou os trabalhos. Novas reuniões serão realizadas nos próximos dias para discutir e definir os detalhes de todo o pro- cesso e garantir que a eleição seja realizada com sucesso na rede. Os novos diretores, que serão escolhidos nesta eleição, tomam posse dos cargos no próximo ano com mandato para o biênio 2018/2019. A secretária municipal de Educação, Méri Hang, destaca que “a eleição, por meio do voto direto e representativo, é fundamental para garantir o compromisso com a democracia, que reflete no processo de formação humana, para exercício da cidadania” destaca Méri. Para integrar a comissão foram selecionados os servidores Cláudia Maria Barbato Vieira (presidente); Cesar Anderle; Cristiane do Nascimento Klingelfus; Elaine Derewlany; Eliane Fátima Rover; Lilian Sandin Boeing; Márcia Cristina Figueiredo Rizzaro; Mariluce de Oliveira Trajano; Patrícia Serratine da Paixão e Terezinha de Souza.

[close]

p. 9

São José, 21 de julho de 2017 Cidades Casan retoma obras de esgoto em São José Com a obtenção de li- Gerência de Construção/CASAN/Divulgação/CSC cença ambiental junto à Fatma, a Casan retomou as obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de São José. Nesta semana as frentes de trabalho para assenta- mento de rede coletora de esgotos atuam no bairro Bela Vista, na Rua Julia Schoroeder. Estão também em execução trabalhos de implantação de emissário, tubulação de maior porte, na Ave- Obras de assentamento de emissário na Avenida das Torres nida das Torres. Para a próxima se- OBRAS EM O outro contempla o de ser interrompidos Centro Histórico e a porque encerrou a vi- mana, a programação prevê obras de assentamento de redes de coleta ANDAMENTO E EM LICITAÇÃO Ponta de Baixo. Esse gência da licença amprojeto está em licitação biental. Por força de mupara retomada das fren- dança na legislação, a nas ruas Gisela, Grava- Atualmente São José tes de trabalho, de acor- renovação teve de ser tal e Itaguaçu, todas no conta com dois projetos do com a companhia. O solicitada à Fatma, ór- bairro Bela Vista. A pa- de esgotamento sanitário investimento total em gão ambiental estadual. vimentação dos locais em execução. Um deles esgotamento sanitário na No total, a Casan está in- que receberam redes se- para os bairros Floresta, cidade é superior a R$ vestindo R$ 88,6 mi- rá realizada aproxima- Nossa Senhora do Rosá- 19 milhões. lhões em São José, in- damente 15 dias após os rio e Bela Vista, com Já foram implantadas cluindo projetos de es- trabalhos, para compac- obras novamente em an- 60% das redes de coleta, gotamento sanitário e tação do solo. damento. mas os trabalhos tiveram abastecimento de água. 9 OPERAÇÃO CONTRA JOGO DA BALEIA ZUL Com resultados de trabalhos da Polícia Civil de pelo menos oito estados, uma operação foi desencadeada para prender envolvidos com o jogo da baleia azul, cujo conceito incita adolescentes e crianças a realizarem desafios macabros e, por fim, tirar a própria vida. Em Santa Catarina, a Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (DIPC), em conjunto com outras delegacias, cumpriu mandados de busca nos municípios de Florianópolis, Chapecó, São José, Joinville e Araquari. Durante o cumprimento dos mandados em SC, os policiais apreenderam documentos e dispositivos que apontavam para a prática e estímulo do jogo. Dos cinco municípios, em Chapecó, três endereços foram vistoriados. Na cidade, uma menina de 13 anos estava sendo vítima do desafio. Em Joinville, um rapaz de 18 anos assumiu ser um “curador” do jogo. E um adolescente de 14 anos, em São José, é ainda investigado. Outras investigações continuam. No Rio de Janeiro, um dos “curadores” do jogo já havia sido preso durante a manhã desta terça-feira (18/7), na operação nacional. Ao todo, os mandados foram cumpridos em SC, RJ, Rio Grande do Sul, São Paulo, Sergipe, Paraíba, Pará e Minas Gerais.

[close]

p. 10

10 Negócios Aqui Tem PRODUTOS & SERVIÇOS 2ª à 6ª BUFFET LIVRE R$ 15,00 DE 2ª À SÁBADO DAS 11 ÀS 13H30 BUFFET LIVRE E A QUILO + COPO DE SUCO (48) 3015-7462 / RUA ARTHUR MARIANO, 1054 - FORQUILHINHAS São José, 21 de julho de 2017

[close]

p. 11

São José, 21 de julho de 2017 Cidades 11 A nova Comcap, agora autarquia O presidente da Comcap, agora Autarquia de Melhoramentos da Capital, Carlão Martins, destaca a importância da mudança aprovada pela Câmara de Vereadores que transforma a Comcap, de empresa de economia mista, em autarquia, que virou lei em 13 de junho passado, depois de sancionada pelo prefeito Gean Loureiro. “O prefeito Gean Loureiro tomou uma atitude muito corajosa, honrando seu compromisso de campanha de tornar a Comcap 100% pública. Evitamos que a Comcap virasse pó, agora é tratar da sua recuperação para que tenha um futuro sustentável e aprovado pela cidade”, afirmou. Com a readequação da estrutura jurídica (era empresa de economia mista) fazendo-a migrar do direito privado para o público, a Comcap poderá renegociar sua dívida previdenciária e obterá certidão negativa de débitos. Como autarquia, a Comcap poderá celebrar contratos, convênios e acordos de cooperação articulados aos demais órgãos e entidades da municipalidade e também poderá pleitear financiamentos e operações de crédito nacionais e internacionais relacionados a sua finalidade de saneamento ambiental. E tem condições para investir. VANTAGENS DA AUTARQUIA • Chances de saneamento financeiro e de novos investimentos em tecnologia. • Menores custos operacionais e melhores serviços prestados ao usuário do sistema de limpeza urbana. • Acaba o risco de venda ou extinção, porque passa a ser órgão da administração indireta municipal. • Acaba o risco do patrimônio da Comcap (imóveis e frota) ser executado em leilão. • Todos os direitos dos empregados garantidos no artigo 6º da lei. SOBRE A MUDANÇA A Comcap hoje tem uma dívida de R$ 222 milhões, que representa três vezes o seu patrimônio. Os imóveis e toda a frota estão penhorados em fase de execução. Na condição de autarquia, consegue refinanciar sua dívida com desconto de R$ 20 milhões e com redução de custeio na ordem de R$ 15 milhões ao ano. A atual administração recebeu a frota sucateada. 1 – 60% dos caminhões têm mais de 10 anos de uso; 2 – alto custo de manutenção em gastos anuais de R$ 1,8 milhão; 3 – alto custo operacional, já que a falta de equipamentos provoca atraso nos roteiros de coleta e implica no pagamento de até R$ 2 milhões/ano em horas extras para garis e motoristas. “Hoje, a falta de caminhões em boas condições, além de sacrificar os garis e motoristas em horas de espera, provoca um custo anual com horas extras perdidas de até R$ 2 milhões ao ano”, indica Carlão Martins. A direção e os técnicos da Comcap colocaram nas mãos do prefeito Gean Loureiro seis projetos que garantem redução do custo operacional em até R$ 1 milhão/ mês. PROJETOS 1 - Renovação da frota: R$ 7,8 milhões para comprar 17 caminhões (12 caminhões compactadores, 3 pequenos com- pactadores para morros e dois roll-on-roll-off para caixa estacionária). 2 - Transbordo descentralizado: R$ 1,3 milhão estação de transferência no Norte da Ilha. 3 - Entrega voluntária: R$ 1,1 milhão para ampliar a rede de Ecopontos de quatro para oito estações. 4 – Coleta seletiva: R$ 415 mil para a expansão da coleta seletiva de vidro. 5 - Modernização limpeza pública: R$ 3,5 milhões para compra de varredeiras mecânicas 6 - Novas receitas: R$ 1,4 milhão para implantação de unidade de tratamento de resíduos de saúde. A cidade deverá estar com todo lixo recolhido (4,5 toneladas - acumuldos nos cinco dias de greve até segunda-feira, 24/7. PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL LICENÇA AMBIENTAL DE OPERAÇÃO CONSTRUTORA E INCORPORADORA AMC LTDA torna público que requereu à Fundação Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de São José (FMADS) a renovação da Licença Ambiental de Operação para a operação de Condomínio Jasmim dos Açores localizado na Rua Rudolfo Jacob Schaeffer Nº 231, Bairro Floresta, São José SC. Rua Cauassú, Loteamento Jardim Botânico, Potecas - São José Santa Catarina.

[close]

p. 12

12 Lazer Edibar - Lucio Oliveira São José, 21 de julho de 2017 VRAS www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto. Criador da pílula H HORÓSCOPO Peixes de 20/02 a 20/03 - Os seus relacionamentos pessoais serão envoltos em reações fogosas e apaixonadas. Sentirá alguma instabilidade e alguma angústia, o seu sistema nervoso poderá estar abalado. Aquário 21/01 a 19/02 - Será a sua experiência que ditará o bom desenvolvimento da sua vida pessoal e profissional. Poderá debater-se com um problema ligado á família. Assuma as suas responsabilidades. Capricórnio de 22/12 a 20/01 - O bom astral em que se encontra leva a que a sua presença será desejada por todos ao seu redor. Grande estabilidade na vida familiar. Sentirá vontade de promover atividades. Sagitário de 22/11 a 21/12 - Embora saiba como resolver situações delicadas, a falta de paciência poderá não o deixar levar tudo a bom termo. Semana pontuada por algumas dificuldades e algum nervosismo. Escorpião de 23/10 a 21/11 - Poderá ser exigida alguma movimentação em termos geográficos dentro do campo profissional. O seu maior trunfo será a sua própria intuição. Terá que confiar no seu instinto Libra de 23/09 a 22/10 - Para obter bons resultados da sua atividade profissional, saberá lutar com energia e eficácia. Não se surpreenda se de uma amizade surge uma forte paixão. Controle os seus impulsos Virgem de 23/08 a 22/09 - Liberte-se das influências dos outros e tome as suas próprias decisões. O ser amado vai reclamar a atenção que tem descuidado em lhe prestar. Seja mais razoável na forma como vive. Leão de 22/07 a 22/08 - A expectativa de uma maior progressão profissional e financeira poderá afastar a atenção do campo afetivo. A sua vida sentimental estará muito ativa, no entanto os erros serão sucessivos. Câncer de 21/06 a 21/07 - A sua vida amorosa será um misto de ternura e tensão, pois nem sempre estará de acordo com o seu parceiro. Pleno de energia onde pode encontrar soluções para problemas adiados. Gêmeos de 21/05 a 20/06 - Um fim de semana no campo ou até mesmo numa praia mais deserta fará rejuvenescer a sua relação amorosa. O amor paira no ar, prepare-se para o romance. Um novo amor surgirá. Touro de 21/04 a 20/05 - As propostas de associação profissional deverão ser bem analisadas antes de concretizadas. Espere dias de grande agitação, contudo terá forças e energia para ultrapassar os desafios. Áries de 21/03 a 20/04 - As recompensas provenientes da sua atividade profissional farão com que tome consciência de como é apreciado nesta área. Iniciará um novo relacionamento, mas não se apresse. Nascido na cidade de VIENA, na D Z N M E D A L H A B Áustria, o QUÍMICO Carl Djerassi E M Z J V R U Y O Z E foi um dos responsáveis por desenvolver a PÍLULA anticoncepcional. CPderoSfteasCnsfoIoNrredEm, DMéJrEiAtRoAdSaSUI lnidiveerrosuiduamdae R J GMG EMX ÃN S I K B B R Y Y HÇWE V F H R HoRráriVos dGe sáLbadAo (2Z2/7M) TERQAUNISPFEOdReMeEspSe: cOialistas qMueEsUinMteAtLiV- ADAO N O C ÚzaLTraIMmOuCmAVDAELREIIVRAODO do FhAoVrmORôInTiOo 3 D M M J •tAtmdumOfMndãáOmooeeuceae,sRrhanneUmnsashdmtaAadevnuoeLlreiiahmgaLrénnHarinpuTsae.dcçeateinvcaóEaGrranroaarrronaiisaiRdmroaso..sleaaOsaAEovoplovçpscrbpeaSsoseutdraiarvgermrlTtlsnáervpoareuovoaaaddasnesugsç1ooslsãsP:eodofsoes9roCmisdmfeTrsdp5aumobrtedsstea0rurepeeannossrira,ooesssYrmesfseffoeesodmosaassoroeein-----. iiatrPoaeemzEb•tphOamnssedOaertcmiaáztiSoohaáeap-drn,xsrS-aeatvíu-DrlBailacÍvodtrtruure.ooVaaqdodNrltvlttoEiduameas,dieeffàoiaLeiasosur,riGasinmiitooruorimvu,mseea,Gãa.aooOACXBtrnsEísuptggolreMinêostcamveoi8dWmOQnasL0eei,imbooaeTMén,atVeDamslaOvNU,rSg.rrraBuEoogvda.mrroaoila--,i V S C C guqmeur l(oeMrdaaertkinuWgalêarshil(baAenmrtgh)o;nnByauHmpobprlkeeinbvsee)een; çã1Iot9a:g3du0aa(çDuGu:b1R)4A:00- | 15:P50 | 1V7:40V I uOVmxIfaoDrpdEro(LZfeasu.srEaorHmaadda1doU9cn7ki)v.3eEr,msiCd`aATdreRandLse- foiC(Locengot)in|ne1dn4te:e1c5Poa|r-1k6::1425:F0|019|:2W115:3(D0uPb) | H froarmdeors:cOomÚltiamoMCEavDalAeirLo´H, Aos procurados se tornarão heróis. Os NaV1c3ia:i0oC0an|ta1ar5iln:1ad5: e1|41:70:045|L1|52:05:0J15| 1(37DA:4) 0 E D(V1C1hIumTCdcdt395meaoiuDoa::Uioargnb05eóê,mCunt)00LiMincnaas|aneut(1çt3oeg2snntc8aurDnE1e)d:rei:mat4t:i,oant10eS0Dcoioa80scPorpu2e::on(sa2o1PbD1bpoar0:“o)5krun3rA|aert:2ã:b0c5v0co1iP1)si0(iv:p7v23ea3uvE1:e:Do0íi34pi8rlal,õL0sá0:2uDrc4.e1,21ae0dusi:l14m1o.bta2v::a0S00)u1n”o00uo:(m,D3aaml21d0uue2ç5lueb(::a.ãsc3n14)lDn5Mst5io|heo,adennaorFaio1csD•PcdnsOpuoou9COaRa.a:cnnrRsP3RdsfosoiÉ.0creeDnAvoMIsuDn(sgiAneDdct.urlttChIuaAeauiÇetDOsbpdtOimeu:çiÃ)EvodaãcsAreSsTsoOailaeseZlc.---EvodPUaiTnmoripfLIoiplVPotMOAYoRrpr-Eamé,rróOdSSapinoiooMMraFCYEDilroAIfecOeLzeausdBMstlHPELiJaeofsíncEddãtioooeeNCYBT doLos DHetetivEes doDPrédIio AzFul maUis IimtaAbgautaívçVeui:s1d3oX:3q0u|e1Jn5u:n1c5aR|. 17:G00 T C18oI:n4t5ineRnte PKark: 1E3:30C| 16:G00 S V18Mia:1C5a|tXa2r0in:3a0:L13:4R5 | 1W5:30 |P17:1O5 HZOMNEM-MARAANHNA: DI E C VOI LTCA AGO LASR G L W • DPeterDParkRer (ToSm HGollandU) viveRu uma das maiores experiências da rseuMsa. AvigdoEaraaoelEaetucoarmIceoçma KaolsidVaiLrncgoamdEoasmuReamid-AeInratindhaaSd,ecdoNemsuopWeHr-ohmeAreómi HdLoeJFreF)r,raoc, oTKmonpyanCShtaanrkdRo(RoobaTeprrtenDJdoiwzandGeoy. PcoaLmrkesruMvaoTltiaaEpMaarayOa(McaarsCiasaoTnAodme evii)Svee pmWeerscmebaEe. CqoumeCbsautaeKnvdidoapnTeãqoueéJnmosaicsLriaemlAeessetoddNiovisdoesCednitarseEpaerloastRinreaddoeBnsduepzaeFsr-, hqueGreoei setZuddea nMuomcojolKevgeimal.MaQduoalneKdsocesnuStre- CARROS 3pQçd•tatDCadOurãjoieuuSddonÂrijCedeounoaedseoarsaNIppneà,rmdDsdorsaoCceoée,roreEtsacEeaMrnruolsreNetqddmRernpiruuideOdidTeae.dsoornácaARaredrgotepsmiienorsL,oRodrtaareiei.dn.mERerluPeacAememedUarslilnpirâ,vanraiémtreCacedeonvlmrdmpcoooueamaiavlszeftugaaaandjcRoorsartgoáàteavacaenmoeMmrdrdCmmCáacoiac---AiIpsÊlRtiNvPafd—pDéscaeRee,eaeoiaCuntsl.rrsniEoiafttçmcaçeeaiIAagipqcIirõaAatdLaaoaRoumoearlerm,,amdoeoApsqdseCccpuesaurmáelnmoraed9edsd,atotueierfaco1afelas,ciirlo,cçDpl,uranaaãieaommnrdotintetúbeaoeearnnodrsDGbCEidaíaeILmcvrnzaeaueoiãáeonlxVtogmPhsceaMóDNiíEráas.scIneétd.eEodBredMrilgimaeeiácoqêasraMMéHunZtSnusAapqna,caezriduhis—nneuaeeaa---.lNHUCI rez. Com o seu plano para vencer, mais a inspiração do Fabuloso Doc fácil: todos eles deres curiosos, scãoombNorurxeolóKsgcioomsGqpuoe- R KgeeOaototneB)rpríavrealEavmilãeoRndAobnutTrtraer a(MAciidchadaCee,l otuVHniodmadeDemp-AarKraanphraoGvvêarumaCasubaoLaimoppooZrr-IttâanLgcuiaa.çHu: 14E:00 | R16:30E| 19:S00 H C(DoHunbt)in|eY2n1t:e3P0Ka(rLke:gC1)2:15T| 18:G45 A 1(D6Tu:2b0) ||B1252::3300Y|(32D2,:LD00ub(L)eI|g1)9|:Y3103:(135DR) ViAa CatVarina:I19:0D0 | 21E:30 (DZub) I Hudson e alguns acontecimentos inesperados, eles partem para a maior aventura de suas vidas. E o teste final do campeão será na maior prova da Copa Pistão! Itaguaçu: 14:00 | 16:10 (Dub) | 13:40 (3D, Dub) Continente Park: 11:45 14:30 17:00 19:45 (Dub) Via Catarina: 13:40 (3D, Dub) | 14:10 16:20 18:30 (Dub) 7 DESEJOSparam o tempo uma biblioteca ientceaipraCa.sPqauraeI arebsroiJglvamer Y esse com acaasjou,doasddoepteotrivtIeeisrovãSI oevceoGrnintaor,M que nha empresta para ser a ssuedaeKdoAomibmiHparzouvl inRsoadvoi-M clubinho completa móvel. quando AToJmav,eMOntiularaeSfCicaa- E pim, fundadores nal, são trazidos do de vFcolultbaiCnahooRoiLorigdie- V Janeiro para ajudar no caso, tornan- AI XJTZE •A adolescente Claire (Joey King) deFscobVre umIa caixEa máNgica,Aque lRhe concede sete desejos. Claire acaba faNzendMo apeZnas dSesejoVs pesVsoaisRe coisas ruins começam a acontecer. CoPm issIo elUa desQcobreEqueRdentAro da caixa vive uma entidade malvada, quYe poTde eRstar EcausSandoBessCes acontecimentos terríveis. Via Catarina: 21:20 (Dub) 12 Solução D MEDA LHA UO E ÃS I R ÇE LA M A OC ED I U DM A V J R T IR EC S OS LR PO A IC OU I S L P I DSU P M EI L LA I NA CT OA OL L CANCER DESCOBERTA C MU L H E R E S IA ER N GRAV I DEZ I CA E I M V I ENAR AR R O EP I UQE A FC VR QSC AP RE E R O

[close]

p. 13

São José, 21 de julho de 2017 13 Sem identidade A situação do Figueirense na segundona brasileira é muito preocupante. Não pela questão de matemática, pois a diferença para o primeiro clube fora da maldita zona é mínima. A preocupação é que o time não mostra poder de reação, nem mesmo dentro de casa. O Alvinegro do Estreito vive numa constante mudança de elenco e comissão técnica. Está se tornando um clube sem identidade, e os seus diretores parecem distantes desta dura realidade do clube. Os discursos são de uma aparente tranquilidade. Como se tudo fosse resolvido de uma hora pra outra. Time grande cai? Somente quatro grandes clubes do futebol tupiniquim ainda não sentiram o gostinho amargo de disputar uma segundona depois de estar no grupo de elite. O último dos grandes a descer do pedestal foi o Internacional, que sabe-se lá se irá retornar para o Brasileirão da Série A. Pelo andar da carruagem, o tricolor paulista dá sinais de que a segundona esta próxima do Morumbi. É...time grande também cai. A indiferente Chape E lá se vão oito meses de dor e sofrimento a luta dos familiares das 71 pessoas que morreram no acidente aéreo ocorrido na Colômbia, em 2016, no voo da Chapecoense. A Revista Isto É da semana passada traz um interessante artigo, onde familiares inconformados das vítimas, reclamam da forma como a Chapecoense isolou eles. Rosângela Loureiro, viúva do jogador Cléber Santana, é uma das mais indignadas com os dirigentes da Chape. Ela alega que o clube prometeu pagar o aluguel do apartamento em que ela morava em Chapecó, mas que isso não aconteceu e três meses depois recebeu uma ordem de despejo. Noite gelada, jogo frio Na noite fria da terça-feira(18/7), o Figueirense recebeu o Oeste e não conseguiu sair do 0 a 0. Foi um jogo sofrível de ser assistido pelo tamanho da falta de técnica de ambos os lados. Nem mesmo a ‘friaca’ que persistiu em ficar no Scarpelli fez com que os jogadores quisessem proporcionar um jogo mais cálido. Raras foram as chances de gol, com o adversário se preocupando mais na marcação e o Figueirense abusando nos erros de passe. Foi um resultado que serviu para agravar ainda mais a crise entre o torcedor alvinegro e o clube. Gol legal O gol que deu a vitória ao Internacional sobre a Luverdense por 1 a 0 aos 47 minutos do 2º tempo foi legal. Porém, o gol que tirou o time colorado de mais um resultado vexatório dentro do Beira-Rio veio acompanhado de muita polêmica. Tudo por precipitação do “bandeirinha”, que irá pegar um gancho daqueles. No lance, o jogador Carlos tocou a bola para Joanderson na ponta direita. Pottker estava em posição de impedimento, porém não participava da jogada. Márcio Eustáquio se precipitou e levantou a bandeira. O árbitro, acertadamente, ignorou o erro do assistente e mandou a jogada seguir. O goleiro e a zaga da Luverdense pararam e o gol do Inter saiu. É por isso que é preciso aguardar a conclusão do lance. Foi uma grande lambança do “bandeirinha”. Drops da arquibancada • Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, teve emitida contra ele uma ordem de captura pela Justiça Espanhola. Mais um que não pode viajar pro exterior. • A derrota do Criciúma para o Boa Esporte na cidade de Varginha, em Minas Gerais, também teve um grave erro de arbitragem quando o senhor “juiz” aplicou um pênalti inexistente a favor do time da terra dos ET’S. • Guto Ferreira, o nosso “Gordiola”, técnico do Inter, com os nervos à flor da pele foi muito indelicado com uma repórter da RBS-TV ao responder:” não vou responder sua pergunta porque você é mulher e de repente nunca jogou futebol”. A imprensa não vai deixar barato. • O que mais se ouve nas rodinhas de botecos e outros locais é que o Avaí não cai para a Série B e o Figueirense não irá conseguir o acesso. E você, o que acha? • A era Camilo no Botafogo chegou ao fim. Um ano depois de estrear no clube carioca e justamente contra o Internacional, já está de mala e cuia pronta para o colorado gaúcho. Divulgação/CSC Camilo deixa o Botafogo BRASILEIRÃO - SÉRIE B 16ª RODADA 21/07 - SEXTA-FEIRA - 19:15 América-MG X Figueirense 21/07 - SEXTA-FEIRA -20:30 Santa Cruz X Boa Esporte Luverdense X Paraná 21/07 - SEXTA-FEIRA - 21:30 Ceará X Goiás 22/07 - SÁBADO - 16:30 Criciúma X ABC Vila-Nova X Internacional Londrina X Náutico 22/07 - SÁBADO - 19:00 Oeste X Juventude Brasil X Paysandu CRB X Guarani BRASILEIRÃO - SÉRIE B Clube 1º Guarani 2º Juventude 3º América-MG 4º CRB 5º Internacional 6º Londrina 7º Vila Nova 8º Ceará 9º Santa Cruz 10º Paraná 11º Paysandu 12º Boa Esporte 13º Criciúma 14º Oeste 15º Goiás 16º Brasil 17º Figueirense 18º Luverdense 19º ABC 20º Náutico PG J V E D GP GC SG 27 15 8 3 4 19 14 5 27 15 7 6 2 21 11 10 27 15 7 6 2 17 8 9 24 15 7 3 5 15 14 1 24 15 6 6 3 17 11 6 23 15 6 5 4 23 19 4 23 15 6 5 4 18 15 3 22 15 6 4 5 18 14 4 22 15 6 4 5 18 16 2 20 15 5 5 5 16 14 2 20 15 5 5 5 13 12 1 20 15 5 5 5 14 16 -2 20 15 5 5 5 14 16 -2 20 15 4 8 3 13 13 0 17 15 5 2 8 16 20 -4 17 15 5 2 8 17 26 -9 16 15 4 4 7 18 21 -3 16 15 3 7 5 17 20 -3 12 15 3 3 9 12 22 -10 7 15 1 4 10 10 24 -14 BRASILEIRÃO - SÉRIE A 16ª RODADA 22/07 - SÁBADO - 16:00 Vitória X Chapecoense 22/07 - SÁBADO -21:00 Flamengo X Coritiba 23/07 - DOMINGO - 11:00 Santos X Bahia Atlético-PR X Ponte Preta 23/07 - DOMINGO - 16:00 Fluminense X Corinthians Sport X Palmeiras Atlético-GO X Botafogo Avaí X Cruzeiro 23/07 - DOMINGO - 19:00 Atlético-MG X Vasco 24/07 - SEGUNDA - 20:00 São Paulo X Grêmio BRASILEIRÃO - SÉRIE A Clube 1º Corinthians 2º Grêmio 3º Santos 4º Flamengo 5º Palmeiras 6º Botafogo 7º Cruzeiro 8º Sport 9º Vasco 10º Fluminense 11º Atlético-MG 12º Bahia 13º Coritiba 14º Ponte Preta 15º Chapecoense 16º Atlético-PR 17º São Paulo 18º Avaí 19º Vitória 20º Atlético-GO PG J V 37 15 11 31 15 10 27 15 8 25 15 6 23 15 7 22 14 6 21 14 6 21 14 6 20 15 6 20 14 5 20 15 5 19 15 5 19 15 5 18 15 5 18 15 5 16 14 4 15 15 4 14 15 3 12 15 3 8 14 2 E D GP GC SG 4 0 25 7 18 1 4 30 16 14 3 4 15 10 5 7 2 22 12 10 2 6 22 18 4 4 4 16 13 3 3 5 17 14 3 3 5 20 18 2 2 7 19 25 -6 5 4 23 22 1 5 5 16 17 -1 4 6 20 16 4 4 6 16 20 -4 3 7 17 21 -4 3 7 20 27 -7 4 6 14 20 -6 3 8 15 18 -3 5 7 9 18 -9 3 9 15 27 -12 2 10 12 24 -12 Cartão Rosa Para os poucos mais de 2.600 torcedores alvinegros que enfrentaram uma noite muito fria para apoiar o Figueirense contra o Oeste. Esses são os verdadeiros heróis que sofreram em dose dupla: com o frio e com o seu time. Cartão Vermelho Para o insignificante futebol apresentado pelo Figueirense e Oeste na fria noite desta terça-feira (18/7) em Florianópolis. Não deu para saber qual dos dois times era o pior. O jogo foi um horror. O banho nesse frio é tipo feijoada. Só rabo, pés e orelhas. PENSAMENTO DO BAMBI LIGUE E ANUNCIE (48) 3241-1252 comercial@correiosc.com.br / contato@correiosc.com.br

[close]

p. 14

14 São José, 21 de julho de 2017 Walmor de Oliveira/Bella da Semana/Divulgação/CSC Andrezinho contato@correiosc.com.br - 3241-1252 ISSO É UM FATO Eu, policial de folga, observava atento quando o algoz se aproximara da pobre vítima. O meliante sacou a arma e anunciou o roubo. Logo que vi, meu tirocínio de policial me mandou agir, porém, lembrei do MP, da sociedade que condena, da minha família que espera por mim, quando decidi não agir. A pobre mulher assustada nem tentou reagir ao assalto e sequer teve reação. O bandido (vítima da sociedade), sem motivos e mesmo em posse do bem, disparou contra a mulher. A pobre coitada já caiu desfalecida, o ladrão levou sua moto, a vida e os sonhos daquela mulher. Não reagi, liguei 190 “e passei a bomba para quem estava de serviço”, afinal, é isso que o Estatuto determina que eu faça! Fui para casa, fui recebido por minha esposa e filhos. O Ministério Público não alegou que eu fui truculento ao reagir ao roubo praticado por uma “pobre vítima da sociedade que roubara para comer”. A OAB não emitiu nota em meu desfavor, minha arma não ficou apreendida para perícia, não gastei minha munição (que custa R$ 10,00 cada), a Comissão de Direitos Humanos não emitiu depoimento contra mim e a imprensa sequer noticiou a morte da pobre inocente vítima de latrocínio, pois isso não dá ibope, o que dá ibope é polícia matando “vítimas da sociedade” (bandidos). Eu estava lá, mas foi como se não estivesse. O problema será quando todo policial agir assim. Aí o caos se instaurará, e o mal causado pela escuridão fundamental verdadeiramente aparecerá! Camelão Durante esse mês, aos sábados, aconteceu o 1º Festival da Cerveja Artesanal, no estacionamento do Camelão, em Campinas, São José. Para apreciação dos amigos e clientes, oito Beer Trucks, um com espetinhos e sempre umas costelas patrocinadas por amigos, e som ao vivo para alegrar o ambiente. Parabéns aos empresários Amilton, Rodrigo e Gustavo Silva pela iniciativa em criar uma agenda de eventos pra região, pois estão faltando atrativos para o final de semana. Pensamento da semana Não cola mais Duas servidoras públicas foram processadas a devolver o dinheiro que ganharam nos meses de afastamento para serem candidatas a vereadoras em 2016. As duas são da cidade de Ermo (SC), e uma conseguiu um voto e a outra nenhum. Outras condenações devem acontecer mais adiante, uma vez que o MP-SC identificou outras 115 candidaturas suspeitas de servidores públicos no estado em 2016. Tem candidatos daqui também na lista. Divulgação/CSC Valorizemos o amigo que nos socorre, que se interessa por nós, que nos escreve, que nos liga para saber como estamos indo. Amizade é uma dádiva de Deus, mais tarde haveremos de sentir falta daqueles que não deixam experimentar a solidão. Os empresários e amigos de longa data, Tuta (Tuta Imóveis) e Amilton (Camelão), no encontro das segundas-feiras no Indoor Kretzer, de Jaci Kretzer, em São José Quem irá nos ajudar? Aí fica complicado e cada vez mais difícil de acreditar na nossa Justiça. O filho de uma desembargadora do Mato Grosso do Sul é preso pela PF com 130 kg de drogas e arma, além de 200 munições de fuzil, 762 destinadas pra SP, e consegue decisão de Internação em Clínica de Tratamento. Isso fica complicado explicar e difícil ter ânimo pra trabalhar. E ainda falam dos nossos políticos. Nossa gata da semana vem lá do Oeste, da cidade de Videira, mas hoje está na Capital. Cris Franceschi, formada em Enfermagem, gosta cozinhar, exercitar e balada. Quer mais, vai no Bella da Semana. Neve? Pela propaganda enganosa que fizeram sobre a possibilidade de nevar essa semana, dizendo que teríamos até 50 centímetros de neve, levou uma multidão para nossa região serrana, e no máximo que encontraram foi uma chuva de gelo. Dizem que foi uma jogada de marketing para movimentar a região, mas mesmo sem neve o passeio vale a pena, pois nossa serra é muito mais bela que a serra gaúcha. Só falta na região é uma agenda de eventos para buscar turistas de todo o Brasil e dos países vizinhos. Só aqui Isso deve virar caso do Fantástico, uma cidade que tem suas duas sedes admirativas com problemas nas construções dos prédios. Não acredito que isso aconteça em outra cidade do país. É até cômico se não fosse verdade, mas quem deveria ser o exemplo por cobrar as exigências sobre todas as obras em São José – digo prefeitura – tem seu prédio até hoje sem habite-se e com estruturas abaladas. Já tem gente com medo de entrar no prédio e preocupada com essa situação. Será o fim dos tempos? Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação. Haviam aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais, cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional pelo menos uma vez por semana. Isso era educação e doutrina. Agora querem criar o curso A Esquerda no Século XXI, onde os palestrantes serão na sua grande maioria envolvidos na Lava Jato, e filiados ao PT. Todo mundo está ‘pensando’ em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que se ‘pensará’ em deixar filhos melhores para o nosso planeta? Ou corremos o sério risco de largarmos o mundo para um bando de analfabetos, egocêntricos, alienados e dependentes químicos com a cultura de homens da caverna. Divulgação/CSC No centro da foto o empresário Rodrigo Silva (c) – Camelão - com os amigos Higor Rosa, Meris Elias e Rudi Vieira, no 1º Festival da Cerveja, que aconteceu no Camelão de São José

[close]

p. 15

São José, 21 de julho de 2017 Gente redacao@correiosc.com.br É DE LEI A OAB Subseção de São José reúne seus membros toda quinta-feira para o evento Churrasco das Quintas, onde comemoram os aniversários da semana e aproveitam para uma descontração. E como se diz nas rodas de churrasco - “é de lei”. Divulgação/CSC Dr. Carlos Caldas, Dr. Jorge com a esposa Eloisa, Dra. Edina Rodrigues (Presidente da OAB-SJ), Dr. José Ventura e a esposa Maria Tereza Albano Aquino/CSC 15 Albano Aquino/CSC Lucas Cervenka/CSC HOMENAGEM Para celebrar os 25 anos de associação do Banco Regional de Desenvolvimento Econômico (BRDE) à Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), o presidente da entidade, Luciano Pinheiro, e o relações públicas Manoel Timóteo de Oliveira entregaram aos diretores do Banco em SC uma placa comemorativa. Na foto, da dir. para a esq.: Neuto de Conto, Luciano Pinheiro e Renato Vianna FEJUCA DO DM Neste domingo (16/7) rolou em São José a 1ª feijoada do DM Futebol – a Fejuca do DM –, no Grêmio dos Servidores Municipais, organizada por Antônio Neto (D) com uma rapaziada boa de bola, festa e ginga. Duda Bairros/Divulgação/CSC O AMARELO DA IMPRENSA Divulgação/CSC NA ESTRADA A dupla formada por pai e filho, Oscar e Gustavo Schmidt, conquistou o quarto lugar em mais uma edição do Transcatarina, um dos maiores eventos off-road do país e está entre as maiores feras do rali de regularidade nacional. Parabéns. Um dos ícones da imprensa catarinense, Osmar Antonio Schlindwein – jornal O Estado, Jornal de Santa Catarina, diretor da Imprensa Oficial do Estado, diretor e sócio da Central de Comunicação, diretor de A Notícia (Joinville), Notícias do Dia (Floripa) entre outras atividades na mídia impressa – será homenageado no 10º Encontro da Imprensa Catarinense, Promoção da Associação Catarinense de Imprensa (ACI) e MB Comunicação, no próximo 5 de agosto, marcado para Chapecó. Justa homenagem ao “Amarelo” como era carinhosamente chamado pelos colegas. Com mais de 50 anos de jornalismo, ainda segue na ativa.

[close]

Comments

no comments yet