Informativo Cetril

 

Embed or link this publication

Description

Edição 71

Popular Pages


p. 1

Edição 71 - Maio - 2017 Cooperados aprovam investimentos da Cetril em Assembleia Geral Ordinária 2017 Com a participação de centenas de cooperados a Cetril teve a prestação de contas, referente a 2016, aprovada em Assembleia Geral Ordinária (AGO) realizada no último dia 22 de março, no Centro Cultural de Ibiúna (CCI). Durante o evento, também foram aprovados o balanço patrimonial, o demonstrativo e destino da conta “sobras ou perdas”. A reunião, dirigida pelo presidente Nélio Antônio Leite, ainda contou com a presença de diversas autoridades, tais como o Prefeito João Mello, o vice-prefeito e ex-diretor da Cetril, Valdemar Cardoso de Moraes, vereadores, secretários municipais, representantes da Polícia Militar, Guarda Municipal, Marinha do Brasil, demais diretores, ex-diretores, funcionários e outros convidados. Página 3 Presidente Nélio Leite mostra os resultados da Cetril aos cooperados durante AGO 2017 Usuários da Cetril ganham desconto na conta de luz Cetril investe em novo sistema de Georreferenciamento via satélite Consumidores da Cetril terão que seguir novas Normas Técnicas Página 2 Página 3 Página 4

[close]

p. 2

2 PALAVRA DO PRESIDENTE Na contramão da crise Não é novidade para ninguém que o Brasil vem enfrentando um momento de muitas dificuldades, estando o país mergulhado numa crise político/financeira sem precedentes. Com menos investimentos por parte do poder público, a alta taxa de juros, o aumento do desemprego e a queda no consumo, as empresas estão tendo sérias dificuldades para se manterem sólidas no mercado. Essa situação afeta diretamente o setor energético, uma vez que nos últimos anos, o consumo de energia também diminuiu significativamente, reduzindo assim a nossa arrecadação. Entretanto, trabalhando com muita solidez, transparência e responsabilidade, a Cetril, mesmo diante deste quadro desfavorável, conseguiu mais uma vez apresentar números positivos durante a Assembleia Geral Ordinária (AGO 2017), realizada em março passado, fechando 2016 com um superávit financeiro que irá garantir os investimentos para melhorarmos ainda mais nossos serviços, visando assim o bem estar dos nossos cooperados e consumidores. Na contramão da crise, nossa Cooperativa continua crescendo e investindo na qualidade dos nossos serviços. Prova disso, como você poderá acompanhar nesta edição, são os trabalhos desenvolvidos pelo nosso setor técnico, como a modernização do nosso Sistema de Georreferenciamento via satélite; o novo Manual de Normas Técnicas da Cetril, o qual cria um código próprio a ser seguido pelos nossos cooperados e consumidores. Estas são apenas algumas de nossas ações. Ainda temos muito a fazer, uma vez que estamos prontos para enfrentarmos com muito empenho e dedicação os desafios. O momento pode não ser dos mais fáceis, mas é exatamente em meio a crises que devemos arregaçar as mangas, aguçar nossa criatividade e buscarmos meios de superarmos os obstáculos e continuarmos a crescer. Uma ótima leitura a todos e até a próxima! Nélio Antônio Leite - Presidente Usuários da Cetril ganham desconto na conta de luz A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou no último dia 28 de março, a devolução dos valores cobrados a mais nas tarifas dos consumidores em 2016. Com isso, as contas de luz estão de 0 a 20% mais baratas desde abril em todo o país, a depender da distribuidora de energia do consumidor. No caso da Cetril o desconto está sendo de 2,92%. A decisão é de acordo com o RH 2214 - NT 68/2017 da Aneel. Diferentemente do apurado anteriormente pelo órgão, o valor a ser corrigido nas tarifas de eletricidade é de R$ 900 milhões, e não de R$ 1,8 bilhão. Isso se deve ao fato de que os reajustes das distribuidoras se dão em tempo diferente, ou seja, nem todas as empresas cobraram o preço extra no mesmo período. O custo da energia proveniente da usina termelétrica de Angra 3 foi incluído nas tarifas do ano passado, sem que a energia chegasse a ser usada, uma vez que ela ainda não entrou em operação. Cetril pede a população que avise sobre a necessidade da poda de árvores A Cetril pede que a população colabore informando a necessidade de poda preventiva das árvores que estejam encostadas ou próxi- mas as suas redes de energia elétrica. Apesar de a Cetril realizar este trabalho com técnicos que fiscalizam este tipo de problema, são quase 2.000 km de rede, o que necessita da colaboração também por parte dos munícipes avisando onde precisa ser feita esta poda. A empresa possui várias equipes treinadas e especializadas na realização deste serviço, que é de fundamental importância para segurança das pessoas, além de evitar curtos-circuitos, interrupção do fornecimento de energia, atrapalhar a iluminação pública e outros A poda deve ser feita por equipe especializada pelo telefone: 0800-014-1488. Em hipótese alguma a poda deve ser feita por conta pró- problemas. Para isso, basta acionar o serviço pria, sem o auxílio de pessoal especializado. Informativo Cetril Órgão de divulgação da Cooperativa de Eletrificação Rural de Ibiúna Rua José Bonifácio, 100 - Centro - Ibiúna - SP Fone: (15) 3248- 9513 ou 0800-014-1488 - Email: atendimento@cetril.com.br Jornalista Responsável: Tiago Albertim - MTB: 47.482 Tiragem: 15 mil exemplares Diretoria Presidente: Nélio Antônio Leite Conselho Fiscal Vice-Presidente: Fernando Vieira Leôncio Ribeiro da Costa Branco Paulo Kenji Sasaki Secretário: Paulo Dias de Moraes Richard Guimarães Vogais: Araldo Ribeiro da Silva Suplentes Luiz Vieira de Góes Cleiton Rodrigo Domingues Lago Roque José Pereira Vicente de Assis Vidal Domingues Valdemar Cardoso de Moraes Alcides Machado de Oliveira

[close]

p. 3

3 Cooperados aprovam contas e investimentos da Cetril referentes a 2016 Com a participação de centenas de cooperados a Cetril teve a prestação de contas, referente a 2016, aprovada em Assembleia Geral Ordinária (AGO) realizada no último dia 22 de março, no Centro Cultural de Ibiúna (CCI). Durante o evento, também foram aprovados o balanço patrimonial, o demonstrativo e destino da conta “sobras ou perdas”, sendo que mais uma vez a Cetril teve um superávit (saldo positivo durante o ano) de mais de R$ 720 mil. A reunião, dirigida pelo presidente Nélio Antônio Leite, ainda contou com a presença de diversas autoridades, tais como o Prefeito João Mello, o vice-prefeito e ex-diretor da Cetril, Valdemar Cardoso de Moraes, vereadores, secretários municipais, representantes da Polícia Militar, Guarda Municipal, Marinha do Brasil, demais diretores, ex-diretores, funcionários e outros convidados. Durante discurso, Nélio agradeceu a presença de todos e disse que mesmo em um período de crise, no qual o setor elétrico está sendo bastante afetado, mais uma vez a Cetril teve um resultado positivo em suas contas e, junto com os demais membros da diretoria, propôs utilizar estas sobras para investimentos em melhorias de rede, compra de novos equipamentos e outras ações que visem melhorar cada vez mais os serviços prestados pela cooperativa. A proposta também foi aprovada pela maioria dos presentes. “Nos dedicamos todos os dias para uma gestão transparente e eficiente. Isso acontece porque contamos com um corpo técnico muito competente, funcionários dedicados e uma diretoria que sempre nos apoia. Os nossos gastos foram analisados por auditoria independente e agora realizamos esta Assembleia para que tudo possa acontecer da maneira mais honesta e democrática possível. Trabalhando desta forma, o resultado mais uma vez foi positivo e, com isso, pudemos novamente nos consolidarmos como uma das melhores cooperativas do Estado de São Paulo”, enfatizou Nélio Leite. Novo Conselho Fiscal da Cetril eleito por aclamação durante a AGO 2017 Autoridades e diretores presentes durante a Assembleia Geral Anual (AGO) 2017 Novo Conselho Fiscal Após os esclarecimentos e aprovações, no qual os cooperados também tiveram oportunidade de se manifestar e opinar sobre os assuntos, foi realizada a eleição e posse dos novos conselheiros fiscais. Apenas uma chapa se inscreveu e acabou sen- do eleita por aclamação, ficando composta pelos seguintes cooperados: Titulares – Leôncio Ribeiro da Costa, Paulo Kenji Sasaki e Richard Guimarães; Suplentes - Cleiton Rodrigo Domingues Lago, Vicente de Assis Vidal Domingues e Al- cides Machado de Oliveira. Cetril investe em atualização das Coordenadas do Sistema Georeferenciado Desde março de 2016 a Cetril vem reali- “Desde 1999 a Cetril possui todo o sistema zando um trabalho de atualização dos dados de distribuição computadorizado com georre- de ativos das redes de distribuição (postes, es- ferenciamento, sendo sua localização possível truturas, cabos, equipamentos, etc.) com a exe- de obter pelo mapa na tela do computador. cução do levantamento em campo das coorde- Porém, tínhamos muitas diferenças quando nadas de localização desses equipamentos e o comparávamos as coordenadas das localida- recadastramento dos mesmos. des em relação aos sistemas de coordenadas Essa atualização do sistema georreferen- disponibilizadas via satélite pela Internet. ciado irá acertar as coordenadas de toda a Agora, com a atualização das coordenadas por base geográfica e da localização desses ativos GPS, ficará muito mais precisa a localização que estão instalados em campo e referencia- dos ativos ou das unidades consumidoras para -los de acordo com a determinação da Aneel, os projetos ou para as ocorrências no sistema. utilizando o sistema de coordenadas geográfi- No futuro, também poderemos utilizar o siste- cas atual que é o DATUM SIRGAS 2000. ma de localização via satélite por tablet, para, Assim, além de obter uma localização por exemplo, enviar as equipes nos locais das mais precisa com o acerto das coordenadas ocorrências direcionando-as por GPS, agilizan- geográficas, será possível conferir a localiza- do assim o tempo de atendimento”, explicou o ção desses pontos e unidades consumidoras engenheiro Alberto Hilário Ferreira. nos mapas das redes de distribuição, que A previsão é que o sistema esteja total- também facilitará o trabalho para a localiza- mente recadastrado e suas coordenadas atu- ção das ocorrências de serviços de manuten- alizadas até julho deste ano, pois trata-se de ção nas redes de distribuição. um trabalho intenso e demorado, pois exige Com isso, a partir do Centro de Operação da informações precisas dos dados obtidos, uma Distribuição – COD, da Cetril, identifica-se o local vez que é necessário planilhar mais de 1890 de um problema na rede, por exemplo, e via radio, km de rede de distribuição de media e baixa orienta-se as equipes de manutenção com mais tensão, aproximadamente 35 mil postes e precisão para localizar o local da ocorrência. mais de 25 mil unidades consumidoras.

[close]

p. 4

4 Consumidores da Cetril terão que seguir novas Normas Técnicas Está em vigor desde o último dia 1º de maio as novas Normas Técnicas da Cetril para o fornecimento de energia elétrica. O objetivo deste novo manual é orientar os clientes da área de permissão da Cetril e estabelecer requisitos mínimos indispensáveis para ligação das unidades consumidoras individuais, como padrões de entrada, carga instalada, medidor e uma série de outras normas, ou seja, uma espécie de código que os consumidores da cooperativa precisam seguir. Os consumidores já atendidos, à princípio permanecem como estão, mas os novos terão que se adequar. As principais mudanças deste novo manual estão no fornecimento de energia elétrica secundária (NTC D 04), ou seja, que abrange a maior parte dos consumidores da Cetril, como imóveis residenciais, comércios e pequenas propriedades rurais. Os arquivos com as Normas Técnicas da Cetril, já estão disponíveis para serem baixados gratuitamente no site da Cetril: www.cetril.com.br, através do link downloads no canto direito do navegador, ir em Normas Técnicas, sendo que o novo manual vai do NTC D 01 ao NTC D 10. Qualquer dúvida, os consumidores podem entrar em contato pelo telefone: (15) 32489513 ou ir pessoalmente na sede da Cetril, localizada na Rua José Bonifácio, 100 – Centro de Ibiúna. Cetril alerta para os perigos dos geradores de energia elétrica Sistema tem que ter um responsável técnico e ser apresentado na Cetril Todos usuários da Cetril que possuem geradores próprios de energia elétrica precisam cadastrar tal equipamento junto à cooperativa, inclusive aqueles pequenos geradores portáteis. Caso contrário, estarão colocando em risco a vida dos nossos técnicos e os proprietários podem responder criminalmente se houver algum acidente em decorrência da reversão de energia proveniente da instalação irregular de um gerador. Isso porque, se houver um problema de falta de energia na rede da Cetril e o gerador particular for acionado, no momento que a nossa equipe estiver fazendo a manutenção, se não tiver um sistema de intertravamento instalado corretamente, a carga energiza a rede da Cetril e pode causar uma descarga elétrica em quem estiver trabalhando no conserto. De acordo com o engenheiro Alberto Hilário Ferreira, este é um assunto muito sério e que já causou diversos acidentes com mortes. “Todos que possuírem um sistema próprio de geração de energia elétrica precisam apresentar na Cetril um projeto assinado por um engenheiro ou técnico credenciado pelo CREA. Um dos quesitos mais importantes é o dispositivo de intertravamento, que impede a energização da nossa rede e evita eventuais acidentes com nossa equipe de manutenção”, alertou Alberto. Para os Sistemas de micro-geração (solar) existem regras próprias, também com apresentação de projeto. Aqueles que possuírem ou pretendem instalar geradores independentes eu suas propriedades e tiverem dúvidas sobre este assunto, devem procurar o setor técnico da Cetril o mais breve possível.

[close]

Comments

no comments yet