Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

SEXTA-FEIRA 14 DE JULHO - 2017 | R$ 1,00 O Diário do Médio Piracicaba Edição: 4.154 - Ano XIX - Fechamento: 18h00 www.bomdiaonline.com Monlevade prevê aumento na arrecadação Página 5 Ônibus da saúde: serviço social ou palanque político? “Vítimas” relatam esquecimento. Prefeitura trabalha para que casos fiquem no passado. Página 5 SEMESTRE POSITIVO Cíntia Araújo/Acom CMJM Djalma fez levantamento do trabalho realizado. Página 5 Câmara aprova novas regras para diárias de viagens Página 3

[close]

p. 2

BOM DIAsexta-feira, 14 de julho de 2017 2.cidade EXPEDIENTE BOM DIA • Diretor Responsável: Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diretor Geral: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho • Reportagem Kátia Passos • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Tayana Duarte (Interiores com Estilo) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. ArcelorMittal abre inscrições para curso gratuito de informática Acom ArcelorMittal Projeto já formou dezenas no primeiro semestre João Monlevade - Estão abertas as inscrições para a Escola de Informática mantida pela ArcelorMittal Monlevade no Centro de Cultura e Memória (Cassino). Poderão se inscrever para o curso de informática básica crianças e adultos. As aulas começam em agosto e terminam em dezembro. A participação é totalmente gratuita, porém as vagas são limitadas e preenchidas por ordem de inscrição. Para se inscrever o interessado deve entrar em contato com o Centro de Cultura e Memória pelo telefone (31) 3859-1696. Os horários de aula serão informados no momento da inscrição, de acordo com o preenchimento das vagas. A Escola de Informática faz parte do projeto Cidadania Digital, desenvolvido pela ArcelorMittal Monlevade desde 2006, e já formou 1.150 alunos. O Centro de Cultura e Memória da ArcelorMittal Monlevade ainda oferece cursos de pintura em tela e tecido. As vagas também são limitadas e as inscrições também podem ser feitas pelo telefone 3859-1696. VAGA DE EMPREGO RCM CONTRATA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS Interessados enviar currículo para o e-mail pessoal1@rcmloc.com.br ou entregar diretamente na empresa. RCM Locação de Máquinas Ltda Av. Alberto Lima, 2554, Bairro Sion João Monlevade/MG Fone: (031) 3852-1234 Vereadores participam de discussão sobre segurança nas escolas João Monlevade - O presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), e os vereadores Pastor Carlinhos (PMDB) e Belmar Diniz (PT), participaram na manhã de quarta-feira (12), da reunião do Conselho Comunitário de Segurança Pública – Setor 1 (Consep). O encontro, que ocorreu no auditório da Associação Comercial e Industrial de João Monlevade (Acimon), teve como pauta o projeto “Rede de Escolas Protegidas”. Diretores e profissionais da educação da cidade, estiveram presentes na reunião, bem como representantes das polícias Militar e Civil. O secretário municipal de Educação, Teotino Damasceno, também participou do encontro. Conforme destacado pelo presidente do Consep Setor 1, Saulo Amaral do Nascimento, o projeto surgiu a partir de uma demanda das instituições de ensino, que é de promover cada vez mais e de forma constante a segurança dos profissionais da educação e, em especial, dos alunos. Diante disto, o conselho vem planejando junto à Polícia Militar a efetivação do projeto. “Vamos fazer de forma embrionária nas escolas que estão na região de atuação do Consep 1, mas nada impede que as demais instituições que estejam no campo de atuação dos Conseps 2 e 3 possam também desevolver”, explicou Saulo. Para que o projeto seja executado, três ações específicas irão ocorrer em breve. Uma delas é o agendamento de uma reunião com a Assistência Social do Fórum Milton Campos, para debater, dentre outros assuntos, a questão de infratores cumprirem medidas socioeducativas nas escolas. Esse assunto foi inclusive debatido de forma preocupante pelos profissionais das instituições de ensino. Outro ponto é uma capacitação que será ministrada pelos policiais e também pelo Corpo de Bombeiros Militar, para diretores, professores e servidores das escolas. Esta ação será feita dia 15 de agosto, às 7h30, no auditório do Colégio Kennedy. A terceira ação é disponibilizar para as escolas o contato do policial de turno responsável por determinada área. Cíntia Araújo/Acom CMJM FUNDADO EM JULHO DE 1998 Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com (31) 3852-2031 (31) 3852-8696 Vereadores participaram de discussões do Consep

[close]

p. 3

BOM DIAsexta-feira, 14 de julho de 2017 CONECTE JÁ (31) 3851-0475 Av. Getúlio Vargas, 4.906 www.internetsuper.com.br 3.cidade Receita estimada para 2018 é de R$ 201 milhões Cristiano M da Costa Vereadores aprovam projeto que exige comprovação de gastos com diárias Orçamento proposto em 2018 é 5% maior que a previsão de arrecadação neste ano João Monlevade - Com uma votação tranquila e sem polêmicas, os vereadores de João Monlevade aprovaram na última quarta-feira (12), o projeto de lei que estabelece a Lei de Diretrizes Or- çamentárias (LDO) para o exercício de 2018 da Prefeitura de João Monlevade. Ao contrário de 2017, o orçamento deve parar de diminuir, porém, a recuperação ainda é pequena. A previsão é de que em 2018 o município arrecade R$ 201 milhões, enquanto a arrecadação prevista para esse ano era de R$ 190 milhões. Ou seja, crescimento de pouco mais de 5%. Os vereadores elogiaram a estimativa destacando que a prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho (PSDB) tem trabalhado com os pés no chão. O projeto não teve emendas e foi aprovado em turno único. Água do bairro Areia Preta estaria imprópria para o consumo João Monlevade - A água distribuída aos moradores do bairro Areia Preta está imprópria para o consumo. O líquido tem chegado às casas em tom de marrom, o que impossibilita o seu uso para tarefas básicas do dia a dia, como lavar roupas ou cozinhar. Em garrafas plásticas transparentes, o vereador Thiago Araújo (Titó-PDT) coletou amostras da água e levou para reunião da Câmara Municipal na tarde da última quarta-feira (12). Ele apontou que o problema tem acontecido há algumas semanas e vem se repetindo com frequência. A denúncia foi o principal assunto do dia. Até mesmo os vereadores da base do governo da prefeita Simone Carvalho (PSDB) pediram esclarecimentos sobre a questão. “Fui procurado pelos moradores do bairro Areia Preta, mas especificamente das ruas 26 e 27 que reclamaram sobre a coloração que a água tem chegado a algumas residências. De acordo com eles, a situação é recorrente”, falou Titó que procurou tanto a gerência da ArcelorMittal quanto do Departamento de Água e Esgoto (DAE) para pedir informações. O vereador explicou ainda que o abastecimento de água em parte do bairro Areia Preta é feito pela usina, enquanto a manutenção da rede é de responsabilidade do município. Segundo ele, a ArcelorMittal alegou que a coleta e o tratamento de água estão normais. O problema então, segundo o DAE, pode ter surgido devido às tubulações antigas do bairro. Endosando o discurso de Titó, o vereador Belmar Diniz (PT) chamou atenção ao fato de que João Monlevade ser conveniada com a Agência Reguladora de Serviços e Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae) e a que a instituição deveria fiscalizar a qualidade da água distribuída na cidade. Car- los Roberto Lopes (pastor Carlinhos-PMDB) também falou sobre a questão e ponderou que o município paga para que a agência reguladora cumpra o seu papel. Já Vanderlei Miranda (PR) lembrou que nos últimos dias a Arcelor emitiu comunicado informando sobre manutenção da Estação de Tratamento de Água. Ele, que afirmou que a usina poderia estar escondendo informações, citou também faltou que água em escolas e no Hospital Margarida. Finalizando os embates, o tucano Guilherme Nasser avaliou a situação no Areia Preta como série e pediu urgência na solução do problema. Santa Bárbara - Os vereadores aprovaram por unanimidade na quarta-feira (12), em reunião extraordinária no plenarinho da Câmara Municipal de Santa Bárbara, o projeto de Lei 013/2017 que dispõe sobre viagens oficiais e concessão de diárias aos vereadores e servidores. Pelo projeto, agora funcionários e vereadores terão que comprovar os gastos com apresentação de notas fiscais e terão ainda que fazer um relatório detalhado no prazo de cinco dias para o recebimento das diárias. O valor não foi aletrado e continua o mesmo desde 2013: R$ 350,00. Segundo o consultor Jurídico da Câmara, Diego Araújo Lima, as mudanças votadas em comparação à resolução existente são expressivas. “A resolução não exigia comprovantes e este projeto exige. Com isso, a Câmara passará a ter maior controle dos gastos realizados, dos locais que os vereadores e servidores irão, relatório detalhado do que fizeram e ainda terão que passar por uma análise da necessidade da viagem”, explicou ele. O consultor Jurídico garantiu que o projeto prevê ainda que caso o beneficiário da diária participe de algum evento que esteja já incluso café da manhã, almoço, lanche e jantar ele receberá só a metade do valor da diária, ou seja R$175,00. Pela lei aprovada, quem requerer a diária terá cinco dias úteis para apresentar um relatório detalhado das atividades realizadas para que o pagamento seja feito pela contabilidade. O presidente da Câmara, Juarez Camilo (PSDB), explicou que esse projeto de lei segue um pedido feito pelo Ministério Público para que a Câmara tenha maior controle. “Essa gestão, mais do que nunca, vem trabalhando com a maior lisura e compromisso de restabelecer a transparência total com os gastos realizados. Avisei a promotora Carla Fazuoli, que essa gestão se pauta pela austeridade e compromisso com o bem público. Quem vem acompanhando nosso trabalho nesses sete meses percebe que o Legislativo está caminhando de maneira séria e respeitosa com as leis e com o cidadão”, argumentou. Ele lembrou ainda que o uso das diárias não é crime e que todos – seja prefeito, vice-prefeito, secretários municipais ou servidores em geral – que precisem usar, têm esse direito. “Todos utilizam e posso garantir que o valor pago pela Câmara está dentro dos parâmetros e na média praticada na região. Com esse projeto teremos mais fiscalização do uso e quem utilizar terá consciência de que ele é responsável pelas informações que detalhar no relatório”, explicou.

[close]

p. 4

BOM DIAsexta-feira, 14 de julho de 2017 4.cidade Presidente da Câmara de João Monlevade faz balanço positivo sobre o primeiro semestre João Monlevade - O presidente da Câmara de João Monlevade, Djalma Bastos (PSD), aproveitou a reunião ordinária de quarta-feira ( 12), para agradecer os vereadores pelo empenho e trabalho desenvolvido neste primeiro semestre. Conforme previsto em Regimento Interno, haverá o recesso parlamentar. Contudo, os setores administrativos da Câmara funcionam normalmente, bem como os gabinetes dos vereadores. A primeira reunião ordinária do segundo semestre será dia 2 de agosto. Neste primeiro semestre, a Câmara desenvolveu o projeto Broto da Vida, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, Vigilância em Saúde e Associação dos Trabalhadores da Limpeza e Materiais Recicláveis de João Monlevade (Atlimarjom). Foram feitas campanhas Cíntia Araújo/Acom CMJM Djalma Bastos faz balanço positivo do primeiro semestre educativas sobre a coleta seletiva, palestras em escolas sobre desenvolvimento sustentável e ainda, a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente. Outro projeto de destaque é o Parlamento Jovem Minas. Desenvolvido pela Câmara em parceria com a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e PUC Minas, o projeto promove o incentivo à cidadania junto aos estudantes do ensino médio. A etapa municipal foi concluída este mês. Já as etapas regional e estadual serão desenvolvidas a partir de agosto. “E já estamos mobilizando escolas e entidades para desenvolver também a partir de agosto os projetos Câmara Mirim e Câmara da Melhor Idade”, esclareceu Djalma. Melhoria contínua no serviço de emissão de carteiras de identidade Ainda neste primeiro semestre vem sendo notado Festival de Inverno ocorre de 25 a 30 de julho Divulgação Kaquinho Big Dog é atração do dia 26 São Gonçalo do Rio Abaixo - De 25 a 30 de julho, a Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, por meio da Secretaria de Cultura, promove a 13° edição do Festival de Inverno. O evento promete aquecer a diversidade cultural do município com shows, oficinas, teatro, stand up, exposição, entre outras atrações. No dia, 26, Kaquinho Big Dog & Vovó Placidina apresentam um espetáculo de stand up comedy. Outro destaque do Festival é o cantor e composi- tor mineiro Chico Lobo, que se apresenta no dia 28, cantando músicas da viola mineira. Para encerrar, no domingo, 30, o grupo Teatro Navegantes de Maionetes exibe a peça ‘O organista’, comédia de teatro de bonecos que conta a história de vida de personagens históricos de Minas Gerais. Para todos os dias de evento é necessária a retirada de ingressos uma hora antes das sessões. A entrada é gratuita e as apresentações ocorrem no Centro Cultural. uma melhoria contínua nos serviços de emissão de carteiras de identidade, sediado na Câmara Municipal. Três servidoras trabalham no setor, e foram capacitadas por meio de curso junto à Polícia Civil. Quando lançado, em novembro, o setor emitia 10 identidades por dia.Agora, a média é de 20 documentos diários, entregues na mesma hora ao cidadão. “Os equipamentos são de extrema qualidade, adquiridos pela Câmara em prol da comunidade. Sabemos da grande demanda por este serviço em Monlevade e também na região. Por isto o setor vem recebendo atenção contínua da gestão da Casa”, afirmou o presidente da Câmara. Outra ação pioneira desenvolvida pelo Legislativo monlevadense é o trabalho de resgate histórico por meio do bicentenário da chegada de Jean Antoine Felix Dissandes de Monlevade. A Câmara fez o lançamento do selo comemorativo alusivo à data e, junto com parceiros, trabalha o assunto junto à comunidade. Mais recentemente foi iniciada a capacitação dos professores, para que a história seja trabalhada em sala de aula. Importante destacar que as comemorações sobre o bicentenário serão desenvolvidas este ano e também em 2018. Mais de 500 indicações de melhorias para Monlevade Especificamente sobre o trabalho dos vereadores, foram feitos neste primeiro semestre 508 indicações à Prefeitura. São pedidos de melhorias em infraestrutura, iluminação, asfaltamento e demais serviços prestados pela Prefeitura à comunidade. Segundo Djalma, isto demonstra o empenho dos vereadores, que visitam os bairros e buscam aproximar cada vez mais da população. “A Casa está sempre de portas abertas e cada vereador tem sua maneira de trabalhar. No entanto percebo uma atuação dos edis mais junto à comunidade, nas ruas, vivenciando os problemas da população. Isto é muito importante”, enfatizou Djalma Bastos. Por fim, o presidente da Câmara prometeu ainda mais trabalho para o segundo semestre do Legislativo. “O que destaca a Câmara de João Monlevade é justamente o trabalho conjunto de vereadores e servidores. Os projetos tradicionais são mantidos e sempre buscamos inovar com novas propostas. Agradeço a todos que permitem o desenvolvimento deste trabalho”, declarou. “Viver de arte não é fácil”, diz artista homenageado João Monlevade - O cantor e artista plástico Josagno Motta foi homenageado na noite da última quarta-feira (12), com uma Moção de Aplausos concedida pela Câmara Municipal de João Monlevade. A iniciativa é do vereador Thiago Araújo (Titó-PDT). Josagno destacou que a música toca a alma das pessoas e através de suas canções e de sua voz leva emoção ao público. Cíntia Araújo/Acom CMJM Josagno foi homenageado com uma Moção de Aplausos Ao agradecer a condecoração, o artista destacou a dificuldade no trabalho. “Viver de arte não é fácil. Estou imensamente agradecido pela homenagem. Todas as minhas conquistas vêm, primeiramente, de Deus. Quero agradecer a todas as pessoas que, ao longo da minha carreira, contribuíram para o meu desenvolvimento. vou continuar a trilhar a estrada do sucesso”, disse.

[close]

p. 5

BOM DIAsexta-feira, 14 de julho de 2017 5.política Ônibus da saúde: serviço social ou palanque político? João Monlevade - Criado na gestão do ex-prefeito Carlos Moreira, o “Ônibus da Saúde” tem sido usado como trampolim na vida política de algumas pessoas e a função social que deveria desempenhar – que é o transporte de pacientes para tratamento médico fora do domicílio - tem sido deixada, em ocasiões esporádicas, de lado. O transporte gratuito é oferecido a quem precisar de tratamento médico mais específico em Belo Horizonte e a grande parte dos pacientes que utilizam dos serviços são pessoas carentes. A coordenação das viagens fica a cargo de monitores, estrategicamente escolhidos pelos prefeitos, já que a saúde, como todos sabem, é a menina dos olhos das administrações e um dos motes mais usados em campanhas políticas para garantir votos. Talvez seja por isso que os monitores dos ônibus se arriscam na carreira política e até obtêm sucesso nela. Em cargos de confianças, esses profissionais precisam ter jogo de cintura para lidar com os pacientes e fazer com que o serviço funcione – politicamente e socialmente. Prova disso foi a eleição a vereador, em 2008, de Marcos Zalem Rita – o Doró da Saúde. Um dos primeiros monitores do ônibus e recordista em votos (2.630) quando ocupou a cadeira no Legislativo. No entanto, sem popularidade e apático em sua função Foto ilustrativa Ônibus leva pacientes diariamente a Belo Horizonte na Câmara, perdeu destaque entre os eleitores e desistiu da vereança. Tentou se reeleger no ano passado, mas naufragou no pleito seguinte. Filiado ao PMDB e um dos cabos eleitorais mais ferrenhos da atual prefeita Simone Carvalho (PSDB), mesmo nocauteado nas urnas, Doró garantiu uma vaguinha no governo da tucana e está de volta a monitorar as viagens à capital. Junto dele, mais dois derrotados nas urnas: Rael Alves, também do PMDB e o ex-vereador tucano Evandro Dias dos Santos (Tuquinho do Povo). Um com 867 votos e o outro com 622. O destaque do trabalho do trio ganhou a mídia nos últimos dias quando denúncias sobre “esquecimento” de pacientes na capital começaram a pipocar. E as reclamações surgiram justamente de um ex-monitor do Ônibus da Saúde, o atual vereador Revetrie Teixeira (PMDB). O parlamentar, que é funcionário público efetivo na área da saúde se elegeu com o nome de “Revetrie do Ônibus”, e tem disparado críticas ao trabalho do trio, mesmo integrando a base do governo de Simone. Num jogo de morde e assopra, o peemedebista alega que a Secretaria de Saúde acumula dezenas de reclamações sobre os serviços do transporte. Diante da repercussão negativa dos fatos, a prefeita Simone Carvalho tratou de reunir os três monitores e exigir mais empenho. Ela também, em nota enviada à imprensa, desmentiu as alegações de Revetrie. No entanto, a reportagem apurou que procedem sim, os casos de pacientes esquecidos em BH pelos monitores. Num dos episódios, registrado no dia 13 de junho, um senhor de 79 anos e a filha dele precisaram voltar para João Monlevade de carona em um ônibus que seguia para Manhuaçu. A situação foi levada a conhecimento da secretária de Saúde. Segundo a filha do idoso, Maria da Conceição, ela e o pai viajaram com um monitor e voltariam com outro. Na parte da tarde, devido atraso na consulta do senhor, Maria tentou contato com o funcionário por diversas vezes. Todas, em vão. “É dever e obrigação do monitor estar ciente da condição que o paciente está. O meu pai estava em observação médica por causa do procedimento que passou. Espero que ninguém passe pelo o que eu passei”, enfatizou. Num outro caso, uma criança de 3 anos que passava por uma consulta oncológica e a mãe dela foram deixadas para trás e voltaram para João Monlevade, depois de muito custo, numa am- bulância da Prefeitura. O pai da menina, Vagner Aparecido Vasconcelos contou à reportagem que a ex-mulher ficou apavorada por ter sido deixada em BH. Ele também pontuou que após o ocorrido não foi procurado pela administração municipal para conversar sobre o assunto. “Muitas vezes os monitores falam que se o paciente não chegar no horário ele vai ficar para trás. Eles passam o número do telefone e pedem para ligar, mas muitos pacientes nem crédito têm. Se estão indo consultar no Ônibus da Saúde é porque a situação não está boa”, comentou Vagner. Os fatos são concretos, as reclamações existem e o que se espera são soluções. Cabe ao eleitor saber distinguir e denunciar sempre, para que erros desse tipo não sejam recorrentes. A torcida para que o Ônibus da Saúde preste o seu serviço social como tem que ser feito é maior do que o palanque político que querem transformá-lo. Prefeita vai manter comissionados A prefeita Simone Carvalho foi procurada para comentar a questão e questionada sobre o motivo do cargo dos monitores serem ocupados por comissionado. Por meio da sua Assessoria de Comunicação, ela alegou que a contratação dos cargos de confiança ocorre porque não está previsto no Plano de Cargos e Salários como funcionários concursados. A chefe do Executivo também descartou a designação de servidores de carreira para a função. “(...) se trata de cargos comissionados, exercidos através de um programa pactuado, o qual não é obrigatoriedade específica e exclusiva do Município. E, nessa parceria com os governos estadual e/ou federal, pode ser en- Arquivo BD Simone tem se reunido com monitores pedindo mais atenção e maior acolhimento aos pacientes cerrado pelos mesmos”, consta em resposta ao questionamento. Para minimizar as reclamações, Simone disse que tem se reunido com monitores e com a Secretária de Saúde, pedindo mais atenção e maior acolhimento aos pacientes, inclusive maior atenção do Serviço de Saúde Complementar. “Foi determinado que o setor forneça aos pacientes os contatos de todos os monitores, hospitais, clínicas e laboratórios, para que possam ser socorridos nas emergências que, porventura, venham a surgir. Ressalta-se que os ônibus da saúde transportam mais de 1.200 pacientes/mês, e busca-se não haver falhas para com nenhum deles”, finalizou.

[close]

p. 6

BOM DIAsexta-feira, 14 de julho de 2017 CONECTE JÁ (31) 3851-0475 Av. Getúlio Vargas, 4.906 www.internetsuper.com.br 6.cidade Escola de Informática forma 128 alunos e Simone determina abertura de mais 300 vagas João Monlevade - Nesta quarta-feira, 12, a Administração da prefeita Simone Carvalho Moreira (PSDB), através da Secretaria Municipal de Educação, entregou certificados aos primeiros 128 alunos da Escola de Informática e Cidadania de seu governo, em solenidade ocorrida na sede do Centro Comunitário do Cruzeiro Celeste. Em seu pronunciamento, o secretário de Educação, Teotino Damasceno Filho, agradeceu à prefeita pelo apoio, e parabenizou os formandos por mais uma importante conquista: a inclusão digital. A prefeita Simone Moreira lembrou sobre o início da Escola de Informática, quando o seu marido Carlos Moreira era o prefeito da cidade. E prosseguiu, dirigindo-se aos formandos: “Parabenizo a todos vocês por terem completado mais essa etapa no ciclo da vida, na certeza de que vocês estão escrevendo mais uma bela página na história da vida de cada um de vocês”. Simone lembrou que as inscrições para o curso de Informática para o segundo semestre estarão abertas de 24 de julho a 4 de agosto. Segundo a prefeita, nesse período, os interessados devem procurar a Escola na sede do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), casa do Bem Viver, na Avenida Nova York, 428, Cruzeiro Celeste, de 8h às Acom PMJM Durante pronunciamento, Simone anunciou mais 300 vagas para o 2º semestre 10h e de 14h às 16h. Os documentos necessários são xerox da carteira de identidade ou certidão de nascimento e xerox do comprovante de endereço (conta de luz, água ou telefone). A prefeita as- segurou que serão oferecidas 300 vagas, com as aulas começando no dia 7 de agosto. Saúde realiza campanha de combate às hepatites virais João Monlevade - A Secretaria Municipal de Saúde de João Monlevade, por meio do Programa Municipal IST/ HIV/AIDS, realiza a Campanha Julho Amarelo. O mês foi adotado pelo Ministério da Saúde para intensificar a luta e prevenção das hepatites virais. Em João Monlevade, serão desenvolvidas várias atividades, em diferentes pontos. As Divulgação Mês foi adotado para intensificar a luta e prevenção ações envolvem palestras, oferta de testagem para Hepatite B e C e distribuição de “kit de prevenção”. No próximo dia 18, a campanha ocorre na UFOP; no dia 24, na AMEPI; no dia 25, na Polícia Militar; e no dia 28, em frente à Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com o Ministério de Saúde, desde 2013, o número de mortes causadas pela hepatite viral é superior à soma total de mortes causadas por outras três epidemias: Aids, tuberculose e malária. As hepatites causadas por vírus são a 7ª causa de morte no mundo, sendo as hepatites B e C responsáveis por 95% das mortes.É estimado que existam 2,3 milhões de brasileiros infectados com hepatite C e, aproximadamente, um milhão com hepatite B. Aproximadamente 80% dos infectados não têm conhecimento da sua infecção. O Programa Municipal de IST/HIV/AIDS de João Monlevade fica localizado no Centro de Saúde Padre Hildebrando, à Rua 17, nº 28, no bairro Vila Tanque. Segundo a coordenadora do programa, Maria Luiza Soares Maciel, o teste rápido para Hepatites B e C, HIV/ AIDS e Sífilis é gratuito e sigiloso.Os resultados saem em 15 a 20 minutos após a realização. Os testes são realizados de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 10h30 e de 13h às 16h. Não é necessário pedido médico ou encaminhamento nem estar em jejum.

[close]

p. 7

BOM DIAsexta-feira, 14 de julho de 2017 7.polícia Superlotação em presídio preocupa vereadores João Monlevade - A superlotação no presídio de João Monlevade preocupa os vereadores da cidade. O assunto foi denunciado no início desta semana em matéria veiculada no site do jornal Bom Dia, depois que familiares de presos procuraram a reportagem para pedir ajuda em relação à questão. Segundo a matéria, além da superlotação, os detentos reclamam de condições precárias na unidade e cogitam uma rebelião caso nenhuma ação para minimizar os problemas seja tomada. Na tarde da última quarta-feira (12), a superlotação foi comentada pelo vereador Carlos Roberto Lopez (pastor Carlinhos –PMDB), durante a reunião ordinária Arquivo Bom Dia Presídio opera com número de presos superior à sua capacidade do Legislativo. Ele enfatizou que a situação na qual se encontra os presos é vergonhosa. “Indepen- dente de qualquer coisa são seres humanos que estão lá”, pontuou. Ele também alertou a popu- lação para o problema e disse que a população da cidade corre perigo, uma vez que será a primeira a ser prejudicada com uma eventual fuga em massa. Ainda segundo Pastor Carlinhos, espera-se uma posição do poder Judiciário da cidade sobre o caso. O presidente da Casa, o vereador Djalma Bastos (PSD) disse que conversou com o diretor da unidade prisional, Elisiário Almir dos Santos sobre o assunto. De acordo com Djalma, o gestor do presídio disse que a situação agora está sob controle. “Dentro do possível vai haver remanejamento de alguns detentos em virtude do excesso de lotação. Algumas adequações, segundo o diretor, precisam ser feitas imediatamente. Vamos fazer uma visita ao presídio para discutir com ele [o diretor], uma vez que a Câmara já autorizou a concessão do prédio para o próprio presídio.”, comentou.

[close]

p. 8

BOM DIAsexta-feira, 14 de julho de 2017 8.cidade Câmara de João Monlevade apresenta novo site e perfil em rede social João Monlevade - A Câmara de João Monlevade apresenta a partir desta sexta-feira, 14, um novo portal na internet. A página é oferecida pelo Interlegis, um programa do Senado Federal, que tem como objetivo fortalecer institucionalmente o Poder Legislativo brasileiro, por meio do estímulo à modernização, integração e cooperação, entre as casas legislativas nas esferas federal, estadual, municipal e distrital. O Novo portal é isento de custos de hospedagem endereço eletrônico do novo site é www.joaomonlevade.mg.leg.br. Um dos motivos des- ta mudança é que com a adesão ao Interlegis, o Poder Legislativo monlevadense não precisará mais arcar com custos de hospedagem ou manutenção do site. Por meio do novo portal, o cidadão terá acesso facilitado a toda legislação municipal, bem como poderá acompanhar os trabalhos da Câmara Municipal. Além disso, há no novo site uma página exclusiva sobre o bicentenário da chegada de Jean Antoine Felix Dissandes de Monlevade à região do Médio Piracicaba. Já consta no portal também os emails dos setores administrativos, bem como dos gabinetes dos vereadores. Perfil em rede social Outra novidade do Le- gislativo monlevadense é a criação de perfil na rede social Facebook. Segundo o presidente da Câmara, Djalma Bastos, a medida também é para promover maior interatividade com a população. “Sempre tivemos na Casa a cobertura da imprensa, que leva informações sobre a Câmara para a população. Agora vamos mais que informar o cidadão, vamos também interagir com ele. Sempre de forma respeitosa e objetiva”, destacou o presidente do Legislativo. João Monlevade sedia pela primeira vez o Startup Weekend João Monlevade - Nos dias 27, 28 e 29 de outubro, em João Monlevade, será realizada a 1ª edição do Startup Weekend evento de estímulo ao empreendedorismo em ideias ou projetos inovadores no modelo startup. A proposta é oferecer estratégias para a construção de uma startup do zero em apenas 54 horas. Participam da iniciativa empreendedores, desenvolvedores, designers e entusiastas, que se unem para compartilhar ideias, criar e fomentar novos projetos. A apresentação da Startup Weekend foi realizada na tarde da última quarta-feira (12), no auditório da Acimon, pelo gerente de Educação do Sicoob João Monlevade, Tiago Lacerda, e pelo Analista Técnico no Sebrae, André Fonseca. Eles explicaram a dinâmica do evento, que começa Arquivo Bom Dia Tiago Lacerda fez a apresentação da proposta na noite de sexta-feira, com o palco aberto para os participantes fazerem o pitch de suas ideias. As mais bem votadas são escolhidas. Durante o sábado e o domingo, os times focam em encontrar um modelo de negócios utilizando metodologias e ferramentas específicas. Durante a maior parte do tempo haverá mentores especialistas nesses temas convidados à dispo- sição dos participantes. No final do domingo, as equipes apresentam o que construíram e recebem feedbacks valiosos de investidores. O evento já foi realizado em 150 países e tem objetivo de reunir profissionais de diversas áreas, como marketing, empreendedorismo, tecnologia e designer, economia criativa e outras pessoas que buscam se reinventar. Prefeitura auxilia Mei na adesão ao parcelamento de débitos Santa Bárbara - O prazo para adesão ao parcelamento de débitos do Microempreendedor individual (Mei) começou no dia 3 de julho. De acordo com a Receita Federal, o programa possui duas modalidades de parcelamentos, convencional e especial, e foi disciplinado pelas Instruções Normativas RFB, de números nº 1.713/2017 e 1.714/2017. O parcelamento convencional permite que sejam parcelados todos os débitos declarados na DASN-Simei (INSS, ISS e ICMS), em até 60 parcelas mensais e prestação mínima de R$50. Neste tipo de parcelamento, não há prazo para adesão. Já o parcelamento especial admite parcelar débitos declarados na DASN-Simei até o período de apuração, que é maio de 2016, em até 120 parcelas mensais e prestação mínima de R$50. Neste caso, o prazo para adesão ao parcelamento especial termina no dia 2 de outubro, às 20h. Neste contexto, conforme a Receita Federal, somente produzirão efeitos os pedidos de parcelamento realizados com o correspondente pagamento tempestivo da 1ª prestação. É importante lembrar que a apresentação da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei), relativa aos períodos a serem parcelados, é condição para o parcelamento. Além disso, a critério do Mei, poderão ser parcelados débitos não exigíveis, para finalidade de contagem da carência para obtenção dos benefícios previdenciários. Assim sendo, os pedidos de parcelamento podem ser solicitados no Portal do Simples Nacional ou no Portal e-Cac. Entretanto, a Prefeitura, por meio da Sala do Empreendedor, auxilia o Mei para solicitar esta adesão. O horário de funcionamento é de 8h às 16h. Para mais informações, ligar no telefone: 3832-1500, ramal 7.

[close]

Comments

no comments yet