06/2017 - Informativo Comerciário

 

Embed or link this publication

Description

06/2017 - Informativo Comerciário

Popular Pages


p. 1

A Comerciária Alexandra de Castro Soares         “CRhaepsaistir e Subverter” é eleita Nova diretoria toma posse dia 25 junho Página 4 Junho • 2017 • www.seci.com.br 15 de Junho dia de Conscientização sobre o respeito à pessoa idosa Página 2 Página 3

[close]

p. 2

 Junho • 2017 15/06 – Feriado de Corpus Christi Comerciários devem ter remuneração extra Neste feriado, poderão usar a mão de obra dos trabalhadores apenas os supermercados, açougues, casas de carnes, mercearias, varejões, sacolões e hortifrútis na cidade de Ipatinga. Mas, para isso é necessário respeitar algumas regras. São elas: • O horário máximo permitido para utilização da mão de obra neste dia é entre as 8h e 18h; • A empresa deve pagar uma remuneração extra, proporcional às horas trabalhadas no dia (ver tabela no site do SECI); • Protocolar a escala de trabalho no SECI até três dias antes do feriado; • Fornecer lanche para aqueles que tiverem jornada de até seis horas e um minuto diários; • Fornecer uma refeição para aqueles que trabalharem um período maior que seis horas e um minuto no dia. O lanche especial não anula o lanche previsto na Convenção (pão, manteiga, leite e café). A empresa que descumprir a CCT poderá ser multada no valor de um salário comercial em favor de cada empregado prejudicado. Em caso de dúvidas, entre em contato com o SECI através do número 31.3822-1240. 15 de junho Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa Imagine você trabalhar a vida toda. Criar seus filhos. Cuidar de entes queridos. E, quando chegar a uma idade avançada, precisar de outras pessoas para cuidar de você. Mas, ao invés de cuidados, receber apenas maus tratos, agressões verbais e físicas. Para falar deste assunto, que é um tabu, e conscientizar a sociedade desse problema, a Organização das Nações Unidas – ONU, e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa criou, em 2006, o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. Violência em números O canal Disque 100, é responsável por receber denúncias de violações de direitos. Ele registrou 12.454 denúncias de violência contra a pessoa idosa nos quatro primeiros meses de 2016 (de janeiro a abril). Desses: • 77% das denúncias são por negligência; • 51% violência psicológica; • 38% abuso financeiro e econômico ou violência patrimonial; • 26% violência física e maus tratos. Esses dados revelam uma triste realidade. Para que essas estatísticas mudem é necessário que todos façam sua parte. Tratando o idoso com respeito e dignidade. Ligue 100 para denunciar. Dia dos Namorados Horário de funcionamento do comércio DATAS HORÁRIO 10/06/2017 (sábado) 09h às 17h Total das horas excedentes: HORAS EXTRAS 04h 04 horas • O horário de trabalho não pode ultrapassar o previsto nessa tabela; • No sábado é obrigatório o fornecimento de almoço aos funcionários; • A empregada lactante têm direito de permanecer no seu horário normal de trabalho; • A multa por descumprimento corresponde ao valor de um salário comercial em favor do funcionário prejudicado. Folgas Para compensar as horas trabalhadas nas datas comemorativas negociadas em Convenção, as empresas devem dividir seus funcionários em duas turmas da seguinte maneira: DATA DA FOLGA 08/09/2017 (sexta-feira) TURMA A HORÁRIO DE TRABALHO FOLGA HORAS COMPENSADAS 08 horas 09/09/2017 (sábado) FOLGA 04 horas 11/09/2017 (segunda-feira) FOLGA Total de horas compensadas: 08 horas 20 horas DATA DA FOLGA 13/10/2017 (sexta-feira) TURMA B HORÁRIO DE TRABALHO FOLGA 14/10/2017 (sábado) FOLGA 16/10/2017 (segunda-feira) FOLGA Total de horas compensadas: HORAS COMPENSADAS 08 horas 04 horas 08 horas 20 horas É importante o trabalhador perguntar desde já à empresa em qual turma irá compensar suas horas extras para que possa planejar o seu feriado prolongado. A Convenção Coletiva está à disposição no site do SECI: www.seci.com.br, em “Acordos e Convenções”. Depósito Gomes paga quase 16 mil por descumprir direitos trabalhistas A Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT prevê que a jornada de trabalho semanal é de até 44 horas. O que passar desse horário é considerado hora extra e deve ser remunerada como tal. Por isso, um empregado da empresa entrou na Justiça para requerer seus direitos. Ele trabalhava quase 50h semanais. A cláusula 16ª da Convenção Coletiva do Trabalho no Comércio de Ipatinga – CCT, 2013/2015 estabelece que “todas as horas extras não compensadas serão remuneradas com um acréscimo de 100% (cem por cento) sobre o valor da hora normal”. Entretanto, a empresa não fazia o pagamento dessas horas. Consequentemente os reflexos no FGTS, 13º salário, férias e outros direitos trabalhistas não eram pagos. Outro direito requerido foi horas trabalhadas em feriados sem a devida remuneração. Por ter infringido esses e outros direitos a loja foi processada. A empresa terá que pagar quase R$16 mil ao trabalhador. Além desse valor a empresa terá de recolher o INSS e depositar o FGTS referente a multa. O SECI está de olho nos direitos dos comerciários de Ipatinga.

[close]

p. 3

Junho • 2017  Eleições Diretas? Escolha de governantes deve partir do povo Autor: Seci Em 2013, milhões de brasileiros foram às ruas protestar contra a corrupção. A mídia e os empresários além de incentivarem aquelas manifestações, bancaram financeiramente as suas lideranças. Mas, o que a maioria dos manifestantes não sabia era que estavam sendo usados. O objetivo da imprensa e das empresas que os apoiaram eram outros. Não era combater os corruptos e sim os direitos trabalhistas e as conquistas sociais. Em nome do combate à corrupção, em 2014 foram eleitos, de modo geral, os piores deputados e senadores dos últimos tempos. A maioria deles estão a serviço dos seus financiadores de campanha. Diz um ditado popular que “quem paga a banda, escolhe as músicas”. A esses financiadores de campanha não interessa a manutenção dos direitos dos trabalhadores e benefícios sociais. Cobram o retorno dos seus investimentos. É preciso aumentar os seus ganhos. O jogo da enganação continua. Em 2016, um congresso de corruptos, em nome da moralidade, tira Dilma Rousseff da presidência, acusando-a de pedaladas fiscais, para, em seu lugar colocar um corrupto. Mas isso não tem importância para o mercado. O que interessa é cortar direitos dos mais pobres e manter os privilégios dos ricos. A cada dia uma nova denúncia de corrupção. Os defensores da moralidade são desmascarados. Os batedores de panela que os aplaudiam sumiram. Os dias do governo ilegítimo de Temer estão contados. Mas, o plano diabólico do mercado continua. É preciso continuar as reformas. Para que isso aconteça, o novo presidente tem que ser eleito de forma indireta pelo congresso de corruptos, financiado pelo mercado. Diretas já A única maneira de barrar as reformas que tiram di- reitos dos trabalhadores e conquistas sociais da população, a forma de colocar realmente o Brasil nos eixos, é retirar Temer do poder e eleger, de forma direta, imediatamente, um novo presidente ou presidenta. Mas isso não será fácil. É preciso luta. É preciso ir para a rua. Nossos direitos Escala de horário de trabalho deve ser entregue ao empregado A empresa que utiliza escala de revezamento deve organizá-la mensalmente. Conforme previsto no artigo 67 da CLT e afixá-la em quadro sujeito à fiscalização. Não podendo alterar a escala após a sua publicação. A empresa deve entregar uma via desse documento a cada empregado, pelo menos três dias antes da entrada em vigor. Caso a empresa mude a folga do trabalhador após a publicação da escala e/ou não entregue uma cópia para o funcionário com a devida antecedência o empregado tem direito a uma multa no valor de 50% do salário comercial. Para mais informações, o trabalhador deve procurar o SECI. Convênios Multiclinica Mais Saúde A Clínica conta com diversas especialidades e tem consultas médicas a partir de R$45. Além de especialidades na área odontológica e exames. Confira a seguir todos os serviços oferecidos: Especialidades • Angiologia • Fonoaudiologia • Neurologia • Pneumologia • Cardiologia • Fisioterapia • Nutrição • Proctologia • Cirurgia Geral • Gastroenterologia • Oftalmologia • Psicologia • Clínica Geral • Geriatria • Ortopedia • Psiquiatria • Dermatologia • Ginecologia • Otorrinolaringologia • Reumatologia • Endocrinologia • Nefrologia • Pediatria • Urologia Odontologia • Cirúrgica • Dentística • Endodontia • Estética • Ortodontia • Periodontia Saúde Ocupacional • Atestado de Saúde Ocupacional • Audiometria • Elaboração dos Programas PCMSO e PPRA • Eletrocardiograma • Eletroencefalograma Telefone: (31) 3823-9598 Av. Juscelino Kubichek, 1050 - Bairro Jardim Panorama - Ipatinga/MG Para saber mais sobre esses e outros convênios, seja na área da educação e ou lazer, basta acessar o site do SECI, na aba “Seja Sócio”, item convênio. Caso prefira, pode comparecer na sede da entidade e retirar a tabela de convênios com uma das atendentes. Para utilizar os convênios é necessário ter o cartão de sócio dentro da data de validade. Caso não tenha, basta trazer a Identidade, CPF, Carteira de Trabalho, o comprovante de residência e o último contracheque e o CPF, RG ou Certidão de Nascimento do dependente. O cartão fica pronto na hora.

[close]

p. 4

Chapa “ERleeiçsõiesstdiorSeECsIubverter” é eleita com apoio da categoria No dia 26 de maio, os comerciários de Ipatinga foram às urnas para eleger os trabalhadores que irão representá-los pelos próximos quatro anos. A eleição ocorreu em toda a cidade através de onze urnas itinerantes e uma urna fixa na sede do SECI. Votaram os comerciários que fizeram o cartão de sócio do SECI até o dia 26 de novembro de 2016 e estavam em dia com a entidade. 98% dos votantes confirmaram a “Resistir e subverter” como sua representante, apenas 2% dos votantes optaram por votar em branco ou nulo. Chapa eleita A Chapa formada por dez empregados no comércio foi a única que se inscreveu para concorrer à direção e conselho fiscal do SECI. Essa Chapa escolheu como nome “Resistir e subverter” que é a bandeira de luta da entidade para este ano. Os trabalhadores e trabalhadoras que compõem a Chapa encaram essas palavras de ordem como a direção que deve ser seguida pela entidade também durante todo o próximo mandato. Diante dos problemas da categoria e das ameaças atuais de retiradas de direitos, principalmente com a terceirização, reformas trabalhista e previdenciária, esses comerciários pretendem resistir e subverter. Ou seja, barrar qualquer ameaça aos direitos e revolucionar a ordem imposta pelas grandes empresas, governo e mídia. Ademir Francisco Lopes Aurélio Moreira de Sousa (Bretas Supermercados) (Depósito Gomes) Antonio Ademir da Silva Cláudio M. F. Tomaz Clerilaine M.M. Narciso Dayane G. S. Miranda (Consul) (Consul) (Supermercado Coelho Diniz) (Supermercado Coelho Diniz) P•vrddeiroedPtoriaaereprdsasttoe,dirscsaaaitjtepudéaamdegsriadaadnainsatrdiipefvoCieaatnhsromtaosaaebçdppnõaolatearse:rsnatdecrrajoaaesbnmsatasrltaehains-aat-o t•coc•lefrrcal•uoMuilten•ádaDgicspitvrE•nptegmoizrndetcou•aInaadaadainDaiaivr,sagnasnmcaoAmblsloavgaueatttrorCcaleohctseiaauieeatisctnocefri-dslefrvoozienrolurmmtsoiletiuátnnicidahaemvasrgsrdsbuéaiactac-inçsa,cscaepiniõeailrpiarrfuniqnsi;paedaebodncpnierunardfdjatumcnsosldiasiaiesoesraatnsdomiroesaicenoopslnoàzroispad“ãpsceananhadsnos,ashocatr,proiaomnrp,rasaarençmoiaercacccrioceloeemasdaãdtTgndqmiãoaporeouaredrçaoocerudoougcnamanaeueaomaaifaeaoreouiomlntessndoqfdsmfdendbsabqoumloesptohrpoutlspiupmeaetaerrulalaoaêerrptoolihgoraténlrtscçnrteni”tnaoshoeaeaaedrarsmoiruaãtdtd,nesctnvss;cgojtooasasoboaedmacoaaieiooi,eatpsbsdacdaotipmdimnsacjpnimPmarrprasdioelsu;enoaotdonaheatlomoursreeqpnremthoeaesijrietiacceanutenphrúxontaemtsnofdoidoriéeeotiaearetaoob,ftarvmoncaosranioeeiúioçcidrrhlast;aicsstrssosndiãuáeodpéuedoclioedcso-rtoeoistrreaaserae-eodii-es,;a-isovseo,ssom,s,; I•cpiaRaçteiãfnoogrpaça;arraaasmesptlriaatréogsiarsedajeunsteegsoe- bç•ndpbadõeaearoBoenserassteujareafvepsamírdecbaceAnaairpafo,rcatelrisomhiemlaçraopsõdaaeeç,retosxãieceossoevomr,sc,iimCasaupbestoilçeaosslhlãoemrseeoaonctnraitEiidevaollmPsuoassass,mpIcCd;sáoaleoierntanqemnipdvuaavriiedaeçdocndanõopatoe-medrasireas-, d•asp•voeoaíInbstAcnirtiemmtreomeenanpaopsalspiuiridasfretierergecovoaaaaesdcrca;nioaicdçdrsoeãeemnoosnrtpedtieeeaesfsnuneddtnhaodocaçeoimõtnoereçnneasanbáçsjraatuiooslonhcddstouooa;-s t•iq•pirn•nmuaaIasEbIeniadpsnsatlfaltuealereuhnueabmodoqosgrua;ieisuufdtrneifrracitjnaaluadarshtrrneaooemaetpsnoCmaltducailroduâaoatsaamnbsodcetpósaeoeerdrresmglao,mocãefsfroodrpreCsircircamriemoh;áegmeraiuatisdoeodnrdesoiàc;csesiti--i- á•op•vtrfoaêiMeAsonrrasmipeao;cnoaspesrtnleaesirdaóaoroacspiasCsooeósdrarcciseviveaoisençsudrotsdeaasigsodPdefaSermadaEmqieaCudídeladIiolaodeissdeSs;caseoEcdunoCes-nId•et•m•çarseãatRppAeCeodoneenpoirdnatcdentoladiireitsovzferieneonadnqoisaruetçusiepoeasicstvparaor;ferreaemaanbsedqtutaaaoaounlsmschaSiaeaclcEpitaudfeclCçioliogctãarIpouaorerçaprsoidãasa.asoiors,saioceSneçomEsfamotiCerrtoulemIh-s;ao;asr- Geraldo Lúcio de Oliveira Ivany R. dos Santos (Casa Ipanema) (Ricardo Eletro) Sindicato filiado à Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs) e à Central Única dos Trabalhadores (CUT) José Marcos de Lima Magali Bicalho Faustino (Garcia Supermercados) (Polishop) Posse A cerimônia de posse acontecerá dia 25 de junho, às 10h30, no Sindicato dos Bancários, na R. Jacarandá, 612, Horto/Ipatinga. O sócio do SECI que quiser prestigiar a posse da nova diretoria tem até o dia 22 de junho para confirmar sua presença pelo telefone 31.3822-1240 ou pessoalmente no Sindicato. SECI Av. 28 de Abril, 621 - SL. 302 - Centro - Ipatinga/MG Telefax: (31) 3822-1240 E-mail: comunicacao@seci.com.br Site: www.seci.com.br COORDENADOR GERAL Cláudio M. F. Tomaz DIRETOR RESPONSÁVEL Antônio Ademir da Silva (11938-MG) REDATORA Vanessa Rayane Mourão Lage - 20307-MG DIAGRAMAÇÃO E IMPRESSÃO Gráfica Art Publish - 31. 3828-9020 Tiragem desta edição: 8.500 exemplares

[close]

Comments

no comments yet